Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.132.960 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 37 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 37 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bondan, Eduardo Fernandes
Bernardi, Maria Martha
Texto completo
Id: lil-796044
Autor: Bondan, Eduardo Fernandes; Martins, Maria de Fátima Monteiro; Dossa, Pietro Domingues; Viebig, Lígia Bocamino; Cardoso, Carolina Vieira; Martins Júnior, João Lopes; Bernardi, Maria Martha.
Título: Propentofylline reduces glial scar development following gliotoxic damage in the rat brainstem / Propentofilina reduz o desenvolvimento da cicatriz glial após dano gliotóxico no tronco encefálico de ratos
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;74(9):730-736, Sept. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Propentofylline is a xanthine derivative that depresses activation of glial cells, whose responses contribute to neural tissue damage during inflammation. Ethidium bromide injection into the central nervous system induces local oligodendroglial and astrocytic loss, resulting in primary demyelination, neuroinflammation and blood-brain barrier disruption. Surviving astrocytes present a vigorous reaction around the injury site with increased immunoreactivity to glial fibrillary acidic protein (GFAP). Objective This study aimed to evaluate the effect of propentofylline administration on astrocytic response following gliotoxic injury. Method Wistar rats were injected with ethidium bromide into the cisterna pontis and treated or not with propentofylline (12.5mg/kg/day, intraperitoneal) during the experimental period. Brainstem sections were collected from 15 to 31 days after gliotoxic injection and processed for GFAP immunohistochemistry. Results and Conclusion Results demonstrate that propentofylline decreased astrocytic activation until the 21st day, suggesting that this drug may have a role in reducing glial scar development following injury.

RESUMO A propentofilina é uma xantina que deprime a ativação das células gliais, cujas respostas contribuem para o dano neural durante inflamação. A injeção de brometo de etídio no sistema nervoso central induz a perda oligodendroglial e astrocitária, resultando em desmielinização, neuroinflamação e ruptura da barreira hematoencefálica. Os astrócitos sobreviventes apresentam vigorosa reação ao redor da lesão com aumento da imunorreatividade à proteína glial fibrilar ácida (GFAP). Objetivo Este estudo objetivou avaliar o efeito da propentofilina sobre a resposta astrocitária após injúria gliotóxica. Método Ratos Wistar foram injetados com brometo de etídio na cisterna basal e tratados ou não com propentofilina (12.5mg/kg/dia, intraperitoneal). Amostras do tronco encefálico foram coletadas dos 15 aos 31 dias pós-injeção do gliotóxico e processadas para estudo ultraestrutural e imuno-histoquímico para GFAP. Resultados e Conclusão Os resultados demonstram que a propentofilina reduziu a ativação astrocitária até o 21o dia, sugerindo que essa droga pode atuar na redução da cicatriz glial após injúria.
Descritores: Xantinas/farmacologia
Tronco Encefálico/efeitos dos fármacos
Astrócitos/efeitos dos fármacos
Fármacos Neuroprotetores/farmacologia
-Fatores de Tempo
Tronco Encefálico/metabolismo
Imuno-Histoquímica
Astrócitos/metabolismo
Reprodutibilidade dos Testes
Doenças Desmielinizantes/metabolismo
Doenças Desmielinizantes/prevenção & controle
Resultado do Tratamento
Ratos Wistar
Modelos Animais de Doenças
Etídio/toxicidade
Proteína Glial Fibrilar Ácida/análise
Proteína Glial Fibrilar Ácida/efeitos dos fármacos
Gliotoxina/toxicidade
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bondan, Eduardo Fernandes
Bernardi, Maria Martha
Texto completo
Id: biblio-888375
Autor: Bondan, Eduardo Fernandes; Vieira, Carolina Cardoso; Martins, Maria de Fátima Monteiro; Kirsten, Thiago Berti; Bernardi, Maria Martha.
Título: Propentofylline decreases hypothalamic astrogliosis induced by hypercaloric diet in the rat / A propentofilina diminui a astrogliose hipotalâmica induzida pela dieta hipercalórica no rato
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;76(4):252-256, Apr. 2018. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Obesity is associated with a chronic and low-grade inflammatory response in the hypothalamus, where astrogliosis occurs with the upregulation of the astrocyte structural protein GFAP. As propentofylline (PPF) has inhibitory effects on astrocyte and microglial activation during inflammation, this study aimed to investigate if this xanthine derivative could decrease the astrocyte reaction induced by a hypercaloric diet (HD). Male Wistar rats were divided into four groups: NDS - rats receiving a normocaloric diet (ND) and daily saline solution; NDP - rats receiving ND and daily PPF (12.5 mg/kg/day, intraperitoneal route); HDS - rats receiving HD and saline solution, HDP - rats receiving HD and PPF. On the 21st day, rats were anesthetized, and perfused, and brains were collected for GFAP immunohistochemical study in the hypothalamus. Results showed that HD induced increased weight gain and hypothalamic astrogliosis. Propentofylline decreased the expression of GFAP in the HDP group, although it did not affect the weight gain induced by this diet.

RESUMO A obesidade está associada com uma resposta inflamatória crônica e de baixo grau no hipotálamo, onde ocorre astrogliose com a superexpressão da proteína astrocitária GFAP. Como a propentofilina (PPF) possui efeitos inibitórios sobre a ativação astrocitária e microglial durante a inflamação, este estudo visou a investigar se esta xantina podia diminuir a reação astrocitária induzida pela dieta hipercalórica (HD). Ratos Wistar machos foram divididos em 4 grupos: NDS- ratos recebendo dieta normocalórica (ND) e solução salina diária; NDP- ratos recebendo ND e PPF diária (12.5 mg/kg/dia, via intraperitoneal); HDS- ratos recebendo HD e solução salina, HDP- ratos recebendo HD e PPF. No 21° dia, os ratos foram perfundidos e os encéfalos, coletados para estudo imuno-histoquímico para a GFAP no hipotálamo. Os resultados mostram que a HD induziu aumento do ganho de peso e astrogliose no hipotálamo. A PPF diminuiu a expressão de GFAP no grupo HD, embora não tenha afetado o ganho de peso induzido por esta dieta.
Descritores: Xantinas/administração & dosagem
Dieta Hiperlipídica/efeitos adversos
Proteína Glial Fibrilar Ácida/análise
Gliose/etiologia
Doenças Hipotalâmicas/etiologia
-Ratos Wistar
Gliose/prevenção & controle
Doenças Hipotalâmicas/prevenção & controle
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973938
Autor: Zhang, Mingxiao; Dai, Qinxue; Liang, Dongdong; Li, Dan; Chen, Sijia; Chen, Shuangdong; Han, Kunyuan; Huang, Luping; Wang, Junlu.
Título: Involvement of adenosine A1 receptor in electroacupuncture-mediated inhibition of astrocyte activation during neuropathic pain / Envolvimento do receptor de adenosina A1 na inibição da ativação de astrócitos mediada por eletroacupuntura durante a dor neuropática
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;76(11):736-742, Nov. 2018. graf.
Idioma: en.
Projeto: Natural Science Foundation of China; . Wenzhou Public Welfare Science and Technology Plan.
Resumo: ABSTRACT Neuropathic pain is a chronic pain condition caused by damage or dysfunction of the central or peripheral nervous system. Electroacupuncture (EA) has an antinociceptive effect on neuropathic pain, which is partially due to inhibiting astrocyte activation in the spinal cord. We found that an intrathecal injection of 8-cyclopentyl-1,3-dipropylxanthine (DPCPX), a selective adenosine A1 receptor antagonist, reversed the antinociceptive effects of EA in a chronic constriction injury-induced neuropathic pain model. The expression of GFAP in L4-L6 spinal cord was significantly upgraded, while DPCPX suppressed the effect of the EA-mediating inhibition of astrocyte activation, as well as wiping out the EA-induced suppression of cytokine content (TNF-α). These results indicated that the adenosine A1 receptor is involved in EA actions during neuropathic pain through suppressing astrocyte activation as well as TNF-α upregulation of EA, giving enlightenment to the mechanisms of acupuncture analgesia and development of therapeutic targets for neuropathic pain.

RESUMO A dor neuropática é uma condição de dor crônica causada por dano ou disfunção do sistema nervoso central ou periférico. A eletroacupuntura (EA) tem um efeito antinociceptivo durante a dor neuropática, que é parcialmente devido à inibição da ativação de astrócitos na medula espinhal. Descobrimos que a injeção intratecal de 8-ciclopentil-1,3-dipropilxantina (DPCPX), um antagonista seletivo do receptor de adenosina A1, reverteu os efeitos antinociceptivos da EA no modelo de dor neuropática induzida por lesão por constrição crônica (CCI). A expressão da GFAP na medula espinal L4-L6 foi significativamente melhorada, enquanto a DPCPX suprimiu o efeito da inibição mediadora da EA na ativação de astrócitos, bem como eliminou a supressão induzida pela EA do conteúdo de citocina (TNF-α). Esses resultados indicam que o receptor de adenosina A1 está envolvido nas ações da EA durante a dor neuropática, suprimindo a ativação astrocitária, bem como o aumento da TNF-α na EA, fornecendo esclarecimentos sobre os mecanismos de analgesia da acupuntura e o desenvolvimento de alvos terapêuticos para dor neuropática.
Descritores: Medula Espinal/efeitos dos fármacos
Xantinas/farmacologia
Eletroacupuntura/métodos
Astrócitos/metabolismo
Receptor A1 de Adenosina/metabolismo
Neuralgia/terapia
-Nervo Isquiático/lesões
Medula Espinal/metabolismo
Xantinas/administração & dosagem
Injeções Espinhais
Astrócitos/efeitos dos fármacos
Ratos Sprague-Dawley
Receptor A1 de Adenosina/administração & dosagem
Modelos Animais de Doenças
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-877070
Autor: Báez Báez, Frank Emilio; Martínez Soto, Eduardo Bjorn; Torres Matus, Roberto José.
Título: Determinación de la actividad inhibitoria de la xantina oxidasa en diez especies vegetales / Determination of the inhibitory activity of xanthine oxidase in ten plant species.
Fonte: León; s.n; 2007. 43 p. graf..
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional Autónoma de Nicaragua para obtenção do grau de Especialista.
Resumo: El presente estudio tiene como objetivo principal determinar la actividad inhibitoria en la xantina - oxidasa de 10 especies vegetales de Nicaragua, así como, la preparación de extractos etanolicos de cada una de las especies vegetales valorándolas, según su potencial inhibitorio en la enzima xantina-oxidasa, mediante espectrofotometría ultravioleta-visible.
Descritores: Alcaloides
Inibidores Enzimáticos
Medicina Tradicional
Plantas Medicinais
Xantinas
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Bondan, Eduardo Fernandes
Bernardi, Maria Martha
Texto completo
Id: lil-746451
Autor: Bondan, Eduardo Fernandes; Martins, Maria de Fátima Monteiro; Bernardi, Maria Martha.
Título: Propentofylline reverses delayed remyelination in streptozotocin-induced diabetic rats
Fonte: Arch. endocrinol. metab. (Online);59(1):47-53, 02/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective The diabetic state induced by streptozotocin injection is known to impair oligodendroglial remyelination in the rat brainstem following intracisternal injection with the gliotoxic agent ethidium bromide (EB). In such experimental model, propentofylline (PPF) recently showed to improve myelin repair, probably due to its neuroprotective, antiinflammatory and antioxidant effects. The aim of this study was to evaluate the effect of PPF administration in diabetic rats submitted to the EB-demyelinating model. Materials and methods Adult male rats, diabetic or not, received a single injection of 10 microlitres of 0.1% EB solution into the cisterna pontis. For induction of diabetes mellitus the streptozotocin-diabetogenic model was used (50 mg/kg, intraperitoneal route – IP). Some diabetic rats were treated with PPF (12.5 mg/kg/day, IP route) during the experimental period. The animals were anesthetized and perfused from 7 to 31 days after EB injection and brainstem sections were collected for analysis of the lesions by light and transmission electron microscopy. Results Diabetic rats injected with EB showed larger amounts of myelin-derived membranes in the central areas of the lesions and considerable delay in the remyelinating process played by surviving oligodendrocytes and invading Schwann cells after the 15th day. On the other hand, diabetic rats that received PPF presented lesions similar to those of non-diabetic animals, with rapid remyelination at the edges of the lesion site and fast clearance of myelin debris from the central area. Conclusion The administration of PPF apparently reversed the impairment in remyelination induced by the diabetic state. Arch Endocrinol Metab. 2015;59(1):47-53 .
Descritores: Astrócitos/efeitos dos fármacos
Doenças Desmielinizantes/tratamento farmacológico
Diabetes Mellitus Experimental/tratamento farmacológico
Bainha de Mielina/fisiologia
Fármacos Neuroprotetores/farmacologia
Xantinas/farmacologia
-Modelos Animais de Doenças
Doenças Desmielinizantes/patologia
Diabetes Mellitus Experimental/induzido quimicamente
Etídio/toxicidade
Microscopia Eletrônica de Transmissão
Macrófagos/efeitos dos fármacos
Mesencéfalo/patologia
Regeneração Nervosa/efeitos dos fármacos
Fármacos Neuroprotetores/administração & dosagem
Ponte/patologia
Ratos Wistar
Estreptozocina
Células de Schwann/efeitos dos fármacos
Xantinas/administração & dosagem
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-623459
Autor: Meinus, C.; Schmalisch, G.; Hartenstein, S.; Proquitté, H.; Roehr, C. C..
Título: Eventos cardiorrespiratórios adversos após vacinação primária de recém-nascidos de muito baixo peso / Adverse cardiorespiratory events following primary vaccination of very low birth weight infants
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);88(2):137-142, mar.-abr. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Examinar a relação entre vacinação primária de recém-nascidos pré-termo e razões de prevalência de fatores associados a eventos cardiorrespiratórios indesejados, seguindo recomendações do Comitê Consultivo de Práticas de Imunização do Centers for Disease Control and Prevention para imunização de recém-nascidos pré-termo aos 2 meses de idade cronológica. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 2 anos de recém-nascidos de muito baixo peso que receberam vacinação primária. Foram registrados eventos cardiorrespiratórios maiores, como apneia, bradicardia, dessaturação de SpO2, e eventos menores, como instabilidade de temperatura, comportamento inapropriado e reações locais. Foi calculada a razão de prevalência com intervalo de confiança de 95% para fatores associados entre recém-nascidos com e sem eventos cardiorrespiratórios. RESULTADOS: Foram estudados 80 recém-nascidos (mediana de peso ao nascer [:intervalo]: de 970 g [:428-1.490]:), idade gestacional de 27,4 semanas (23,3-33). Ocorreram reações adversas em 35 (44%): eventos menores em 19 (24%) pacientes, eventos maiores em 28 (35%). Recém-nascidos com eventos maiores tiveram idade gestacional significativamente menor (p = 0,008) e incidência mais alta de displasia broncopulmonar (71% versus 48%; p < 0,05). Em recém-nascidos de muito baixo peso com eventos maiores, o número de casos de dessaturação de O2 antes da vacinação foi 3,40 (1,41-8,23) vezes maior, e o tratamento com metilxantina para síndrome de apneia e bradicardia foi 8,05 (2,50-25,89) vezes maior em comparação com recém-nascidos sem eventos maiores. CONCLUSÃO: Eventos cardiorrespiratórios maiores ocorreram em mais de 1/3 de todos os recém-nascidos de muito baixo peso após a vacinação. Os fatores associados foram baixa idade gestacional, displasia broncopulmonar, tratamento com metilxantina e dessaturação de O2 persistente antes da vacinação. A vacinação primária de recém-nascidos de muito baixo peso deve ser realizada sob monitoramento contínuo de parâmetros vitais.

OBJECTIVE: To examine the relationship between primary vaccination of preterm infants and prevalence ratios of associated factors for unwanted cardiorespiratory events, following the recommendation of the Centers for Disease Control and Prevention Advisory Committee on Immunization Practices for immunization of preterm infants at 2 months of chronological age. METHODS: Two-year retrospective study of very low birth weight infants receiving their primary vaccination. Major cardiorespiratory events, such as apnea, bradycardia, SpO2 desaturation, and minor adverse events, such as temperature instability, poor handling and local reactions, were recorded. Prevalence ratio with 95% confidence interval for associated factors between infants with and without cardiorespiratory events was calculated. RESULTS: Eighty neonates were studied (median [:range]: birth weight 970 g [:428-1,490]:), gestational age of 27.4 weeks (23.3-33). Adverse reactions occurred in 35 (44%): minor events in 19 (24%) patients, major events in 28 (35%). Infants with major events had significantly lower gestational age (p = 0.008) and a higher incidence of bronchopulmonary dysplasia (71% vs. 48%; p < 0.05). In very low birth weight infants with major events, O2 desaturations before vaccination were 3.40 (1.41-8.23) times higher and treatment with methylxanthines for apnea and bradycardia syndrome was 8.05 (2.50-25.89) times higher compared to infants without major events. CONCLUSION: Major cardiorespiratory events occurred in over 1/3 of all very low birth weight infants after vaccination. Associated factors were low gestational age, bronchopulmonary dysplasia, methylxanthine treatment, and persisting O2 desaturations before vaccination. Primary vaccination of very low birth weight infants should be performed under continuous monitoring of vital parameters.
Descritores: Apneia/epidemiologia
Displasia Broncopulmonar/epidemiologia
Recém-Nascido de muito Baixo Peso
Consumo de Oxigênio/fisiologia
Vacinação/efeitos adversos
-Apneia/tratamento farmacológico
Displasia Broncopulmonar/complicações
Idade Gestacional
Recém-Nascido Prematuro
Consumo de Oxigênio/efeitos dos fármacos
Estudos Retrospectivos
Fatores de Risco
Fármacos do Sistema Respiratório/uso terapêutico
Xantinas/uso terapêutico
Limites: Feminino
Humanos
Lactente
Recém-Nascido
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Menani, J. V
Texto completo
Id: lil-505425
Autor: Faria, D. R. G de; Santana, J. S; Menani, J. V; Paula, P. M de.
Título: Antidipsogenic effects of central adenosine-5'-triphosphate
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;42(1):105-113, Jan. 2009. graf.
Idioma: en.
Conferência: Apresentado em: Miguel R. Covian Symposium, 4, Ribeirão Preto, May 23-25, 2008.
Projeto: FAPESP.
Resumo: Besides other physiological functions, adenosine-5'-triphosphate (ATP) is also a neurotransmitter that acts on purinergic receptors. In spite of the presence of purinergic receptors in forebrain areas involved with fluid-electrolyte balance, the effect of ATP on water intake has not been investigated. Therefore, we studied the effects of intracerebroventricular (icv) injections of ATP (100, 200 and 300 nmol/µL) alone or combined with DPCPX or PPADS (P1 and P2 purinergic antagonists, respectively, 25 nmol/µL) on water intake induced by water deprivation. In addition, the effect of icv ATP was also tested on water intake induced by intragastric load of 12 percent NaCl (2 mL/rat), acute treatment with the diuretic/natriuretic furosemide (20 mg/kg), icv angiotensin II (50 ng/µL) or icv carbachol (a cholinergic agonist, 4 nmol/µL), on sodium depletion-induced 1.8 percent NaCl intake, and on food intake induced by food deprivation. Male Holtzman rats (280-320 g, N = 7-11) had cannulas implanted into the lateral ventricle. Icv ATP (300 nmol/µL) reduced water intake induced by water deprivation (13.1 ± 1.9 vs saline: 19.0 ± 1.4 mL/2 h; P < 0.05), an effect blocked by pre-treatment with PPADS, but not DPCPX. Icv ATP also reduced water intake induced by NaCl intragastric load (5.6 ± 0.9 vs saline: 10.3 ± 1.4 mL/2 h; P < 0.05), acute furosemide treatment (0.5 ± 0.2 vs saline: 2.3 ± 0.6 mL/15 min; P < 0.05), and icv angiotensin II (2.2 ± 0.8 vs saline: 10.4 ± 2.0 mL/2 h; P < 0.05), without changing icv carbachol-induced water intake, sodium depletion-induced 1.8 percent NaCl intake and food deprivation-induced food intake. These data suggest that central ATP, acting on purinergic P2 receptors, reduces water intake induced by intracellular and extracellular dehydration.
Descritores: Trifosfato de Adenosina/administração & dosagem
Ingestão de Líquidos/efeitos dos fármacos
Fosfato de Piridoxal/análogos & derivados
Privação de Água/fisiologia
Xantinas/administração & dosagem
-Trifosfato de Adenosina/farmacologia
Ingestão de Líquidos/fisiologia
Ingestão de Alimentos/efeitos dos fármacos
Ingestão de Alimentos/fisiologia
Injeções Intraventriculares
Fosfato de Piridoxal/administração & dosagem
Fosfato de Piridoxal/farmacologia
Ratos Sprague-Dawley
Receptores Purinérgicos P1/agonistas
Receptores Purinérgicos P1/antagonistas & inibidores
/agonistas
RECEPTORS, PURINERGIC PTEMEFOS/agonistas
/antagonistas & inibidores
RECEPTORS, PURINERGIC PTEMEFOS/antagonistas & inibidores
Xantinas/farmacologia
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-471502
Autor: Lemos Junior, Hernani Pinto de.
Título: Vamos tomar um cafezinho? / Let's take a coffee?
Fonte: Diagn. tratamento;12(3):120-121, jul-dez. 2007. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Cafeína
-Café
Cafeína/uso terapêutico
Xantinas
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  9 / 37 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-308617
Autor: Costa, Soraya Matoso Lettieri Germano.
Título: Brometo de ipratrópio inalatório em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica: revisäo sistemática de ensaios clínicos aleatórios com metanálises / Inhaled ipratropium bromide in stable patients with chronic obstrutive pulmonry disease: systematic review of randomised controlled trials with meta-analysis.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 2001. [100] p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Säo Paulo. Escola Paulista de Medicina. Curso de Pneumologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Contexto: A terapia broncodilatadora é considerada o tratamento de primeira escolha na doença pulmonar crônica (DPOC). 0 uso apropriado de drogas broncodilatadoras melhora a obstruçao ao fluxo aéreo e reduz a dispnéia em pacientes com DPOC. Este conceito é evidenciado por numerosos estudos que mostram melhora da funçao pulmonar, assim como a reduçao dos sintomas, seguindo-se à administraçao de diferentes classes de broncodilatadores em pacientes com DPOC. Duas classes de broncodilatadores inalatórios, anticolinérgicos e beta agonistas, sao utilizadas nos pacientes com DPOC. Os dois grupos de drogas diferem no seu mecânismo de açao no sistema respiratório. 0 brometo de ipratrópio é agente anticolinérgico quaternário, sintético, derivado da atropina. 0 mecanismo de açao dos agentes anticolinérgicos é por inibiçao dos receptores colinérgico dos músculos expiratórios e estaria mais indicado na DPOC, por seu maior tônus brônquico colinérgico. Objetivo: Avaliar todas as evidências relatadas nos estudos clínicos relacionados com a eficácia do brometo de ipratrópio inalatório em relaçao ao placebo, beta adrenérgico, xantina e corticóide em pacientes com DPOC estável. Tipo de estudo: Revisao sistemática de estudos clínicos aleatórios com metanálise. Local: Disciplina de Pneumologia do Departamento de Medicina, da Universidade Federal de Sao Paulo - Escola Paulista de Medicina, Sao Paulo. Amostra. Critérios de inclusao: TIPO DE ESTUDO: ensaios clínicos aleatórios com brometo de ipratrópio inalatório. PARTICIPANTES: pacientes com DPOC estável. INTERVENÇAO: uso de brometo de ipratrópio inalatório comparado com grupo controle (placebo ou xantina ou corticoide ou beta adrenérgico). Critérios de exclusao: ensaios clínicos que preencheram os critérios de inclusao cuja descriçao do sigilo da alocaçao foi inadequada. Amostragem. Identificaçao: As fontes utilizadas nesta revisao foram localizadas através das bases de dados eletrônicas e com o registro de ensaios clínicos aleatórios do Grupo Vias Aéreas da Colaboraçao Cochrane (1999), Medline (19961999), Embase (1992-1999), Lilacs (1982-1999) e Excepta. Seleçao: dois revisores independentes, avaliando os critérios de inclusao e exclusao. Variáveis analisadas: a) Capacidade de exercício, avaliada pelo teste da caminhada, teste de exercício incremental e "endurance" na esteira ou cicloergômetro; b) exacerbaçao: aumento da dispnéia; c) avaliaçao da dispnéia pela escala de Borg; d) teste de funçao pulmonar, VEF, previsto...(au)
Descritores: Corticosteroides
Agonistas Adrenérgicos beta
Ipratrópio
Pneumopatias Obstrutivas
Metanálise
Xantinas
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central
BR1.2; 6945


  10 / 37 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-269885
Autor: Ostuni, Alicia.
Título: Empleo de medicamentos para el tratamiento de la enfermedad pulmonar obstructiva crónica (EPOC) / Use of medicines in the treatment of chronic obstructive pulmonary disease (COPD)
Fonte: Temas enferm. actual;8(37):11-3, jun. 2000. ilus.
Idioma: es.
Resumo: La autora menciona algunos de los medicamentos utilizados habitualmente para el tratamiento de la Enfermedad Pulmonar Obstructiva Crónica. describe la acción de los broncodilatadores y sus principales efectos
Descritores: Broncodilatadores/farmacologia
Pneumopatias Obstrutivas/tratamento farmacológico
-Agonistas Adrenérgicos beta/uso terapêutico
Broncodilatadores/efeitos adversos
Broncodilatadores/classificação
Ipratrópio/efeitos adversos
Ipratrópio/uso terapêutico
Pneumopatias Obstrutivas/enfermagem
Xantinas/efeitos adversos
Xantinas/uso terapêutico
Limites: Humanos
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde