Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.383.129.308.080 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 46 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 46 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-951945
Autor: Cheng, Kai; Sun, Shaoping; Gong, Xianfeng.
Título: Preparation, characterization, and antiproliferative activities of biotin-decorated docetaxel-loaded bovine serum albumin nanoparticles
Fonte: Braz. J. Pharm. Sci. (Online);54(2):e17295, 2018. tab, graf, ilus.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China; . Heilongjiang Returned Overseas Fund; . General Financial Grant from the China Postdoctoral Science Foundation; . Heilongjiang Postdoctoral Fund.
Resumo: ABSTRACT The aim of the present study was to characterize biotin-decorated docetaxel-loaded bovine serum albumin nanoparticles (DTX-BIO-BSA-NPs) and evaluate their antiproliferative activity in vitro. The particle size of prepared DTX-BIO-BSA-NPs was found to be always lower than 200 nm, with sizes of 166.9, 160.3, 159.0, 176.1 and 184.8 nm and the zeta potential was -29.51, -28.54, -36.54, -36.08 and -27.56 mV after redissolution with water for 0, 1, 2, 4 and 8 hours, respectively. The polydispersity index (PDI) was stable in the range of 0.170 - 0.178. In the in vitro drug-release study, the DTX-BIO-BSA-NPs targeted a human breast cancer cell line MCF-7 effectively. The x-ray diffraction spectrum and DSC curve of DTX-BIO-BSA-NPs suggested that docetaxel was in an amorphous or disordered crystalline phase in DTX-BIO-BSA-NPs. In vitro cytotoxicity results showed that DTX-BIO-BSA-NPs inhibits proliferation of MCF-7, SGC7901, LS-174T and A549 cells in a concentration-dependent manner after exposure to DTX-BIO-BSA-NPs for 48 hours. Taken together, these results indicate that DTX-BIO-BSA-NPs may have potential as an alternative delivery system for parenteral administration of docetaxel.
Descritores: Biotina
Soroalbumina Bovina/análise
-Tamanho da Partícula
Técnicas In Vitro/instrumentação
Varredura Diferencial de Calorimetria/métodos
Neoplasias/tratamento farmacológico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Silva, Luiz Antônio Franco da
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-987760
Autor: Silva, Luiz Antônio Franco da; Arnhold, Emmanoel; Ribeiro, Rogério Elias; Freitas, Sabrina Lucas Ribeiro de; Buso, Brenda Lee Silva; Rodrigues, Danilo Ferreira; Assis, Bruno Moraes.
Título: Comparative study of biotin supplementation on weight gain and occurrence of digital diseases in cattle (Bos taurus x Bos indicus) / Estudo comparativo da suplementação com biotina sobre o ganho de peso e ocorrência de enfermidades digitais em bovinos (Bos taurus x Bos indicus)
Fonte: Rev. bras. ciênc. vet;25(1):6-12, jan./mar. 2018. il..
Idioma: en.
Resumo: This study aimed to assess the weight gain and the incidence of foot diseases in male, crossbred (Bos taurus x Bos indicus) bovines that were supplemented with biotin. An amount of 240 animals, supplemented or not with biotin, allocated in 12 groups of 20 animals, was assessed for a period of six months. The study was conducted during three years and the groups were divided according to the forage available, corn, corn residue and sorghum silage, and initial weights between 100 and 200 kg and between 200 and 300 kg. The statistical analyses used were the Tukey's Test, in triple factorial scheme (type of silage x use of biotin x initial body weight) and the Fisher´s Exact Test, both at 5% significance level. The biotin supplementation in bovines did not influence weight gain and the incidence of foot diseases, however, when comparing only the type of forage, corn and sorghum silage provided higher weight gain than silage made of corn residue.

Esse estudo teve como objetivo avaliar o ganho em peso e a ocorrência de enfermidades digitais em bovinos do sexo masculino, mestiços (Bos taurus x Bos indicus) que foram suplementados com biotina. Avaliaram-se, por um período de seis meses, 240 bovinos, suplementados ou não com biotina, alocados em 12 grupos de 20 animais. O estudo foi realizado durante três anos e os grupos foram divididos de acordo com o volumoso disponibilizado, silagem de milho, de resíduo de milho e de sorgo, e pesos iniciais entre 100 e 200 kg e entre 200 e 300 kg. As análises estatísticas empregadas foram o Teste de Tukey, em esquema de fatorial triplo (tipo de silagem x uso da biotina x peso corporal inicial) e o Teste Exato de Fisher, ambas em nível de significância de 5%. A suplementação com biotina nos bovinos não exerceu influência sobre o ganho em peso e a ocorrência de enfermidades digitais, mas, quando se comparou apenas o tipo de volumoso, a silagem de milho e sorgo, pode se observar um maior ganho em peso que a silagem confeccionada de resíduo de milho.
Descritores: Silagem
Biotina
Ganho de Peso
Sorghum
Limites: Bovinos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR409.1 - Biblioteca


  3 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-875554
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde.
Título: Biotina para o tratamento da deficiência de biotinidase / Biotin for the treatment of biotinidase deficiency.
Fonte: Brasília; CONITEC; 2012.
Idioma: pt.
Resumo: A deficiência de biotinidase é um erro inato do metabolismo, de herança autossômica recessiva. Na deficiência de biotinidase, a biotina não pode ser liberada a partir de pequenos biotinilpeptídeos e da biocitina. Assim, pacientes com esta deficiência são incapazes de reciclar a biotina endógena ou de usar a biotina ligada às proteínas da dieta, conseqüentemente a biotina é perdida na urina. Os pacientes com deficiência de biotinidase apresentam uma grande variabilidade de manifestações clínicas da doença, bem como na idade de apresentação dos sintomas. O quadro clínico completo já foi relatado a partir de 7 semanas de vida, mas sintomas neurológicos mais discretos podem ocorrer mais cedo, ainda no período neonatal; no entanto, algumas crianças podem não desenvolver sintomas até a adolescência. As manifestações neurológicas como hipotonia muscular, letargia, crises convulsivas mioclônicas e ataxia são os sinais clínicos iniciais mais freqüentes. Com base no nível da atividade de biotinidase, os pacientes são classificados em três grupos principais: 1. Pacientes com deficiência de biotinidase profunda: possuem menos de 10% da média atividade sérica normal de biotinidase. 2. Pacientes com deficiência de biotinidase parcial: com 10-30% da média atividade sérica normal de biotinidase. 3. Pacientes com diminuição da afinidade da biotinidase pela biocitina: esses pacientes tem atividade enzimática normal aos testes, usualmente realizados; mas a testagem com substratos mais específicos evidencia a diminuição de afinididade. A TECNOLOGIA: Biotina - A biotina (ou vitamina H) é um composto pertencente ao grupo de vitaminas hidrossolúveis do complexo B, necessária em diversas funções metabólicas. EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: Além da análise dos estudos apresentados pelo demandante, a Secretaria-Executiva da CONITEC realizou busca na literatura por artigos publicados até o dia 01/05/2012. Busca na base de dados Medline/Pubmed(26): utilizando-se os termos "Biotinidase deficiency" [Mesh] e "Therapeutics" [Mesh], restringindo-se para estudos em humanos, identificou-se 9 estudos. Quando se utilizou os termos "Biotinidase deficiency" [Mesh] e "Treatment" [Mesh], restringindo-se para estudos em humanos, identificou-se 138 estudos. Busca na base de dados Embase(27): utilizando-se os termos "Biotinidase deficiency" e "Treatment", restringindo-se para estudos em humanos, identificou-se 155 estudos. Busca na base de dados Cochrane(28): utilizando-se o termo "Biotinidase deficiency", foram identificados 3 trabalhos: uma revisão sistemática sobre triagem neonatal de erros inatos do metabolismo, um estudo de custo-utilidade sobre estratégias de triagem neonatal, uma avaliação econômica sobre programas de triagem neonatal sistemática. Nenhuma metánalise sobre tratamento de Deficiência de Biotinidase foi identificada. Foram encontrados apenas relatos e série de casos, portanto nenhuma revisão sistemática ou ensaio clínico randomizado (ECR), que seriam as melhores evidências para avaliar a eficácia de uma tecnologia usada para tratamento. Foram revisados todos os artigos clínicos em língua inglesa, espanhola e portuguesa, sem restrição de data, que se referissem à abordagem terapêutica da Deficiência de Biotinidase em humanos (independente do sexo e idade). DELIBERAÇÃO FINAL: Os membros da CONITEC presentes na 1ª reunião extraordinária do dia 04/07/2012, por unanimidade, ratificaram a deliberação de recomendar a incorporação da Biotina para o Tratamento da Deficiência de Biotinidase, conforme Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas do Ministério da Saúde. DECISÃO: PORTARIA SCTIE/MS N° 34, de 27 de setembro de 2012 - Torna pública a decisão de incorporar o medicamento Biotina para o Tratamento da Deficiência de Biotinidase no Sistema Único de Saúde (SUS).
Descritores: Deficiência de Biotinidase/diagnóstico
Deficiência de Biotinidase/tratamento farmacológico
Biotina/uso terapêutico
Avaliação da Tecnologia Biomédica
-Brasil
Análise Custo-Benefício/economia
Triagem Neonatal
Sistema Único de Saúde
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Estudos de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-865050
Autor: Cortes, Arthur Rodriguez Gonzalez.
Título: Comparação imunoistoquímica das expressões das proteínas p27 e cjunna carcinogênese intra-oral / Immunohistochemical comparison between the p27 and c-jun proteins expression in the oral carcinogenesis.
Fonte: São Paulo; s.n; 2009. 61 p. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Símbolo: BR.
Descritores: Biotina/uso terapêutico
Imuno-Histoquímica
Proteínas Oncogênicas
Patologia Bucal
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica
BR97.1; T4.365


  5 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-795532
Autor: García, Ananías; García, Grégory Alfonso.
Título: Biotina y regulación transcripcional (génica) y epigenética en la especiae humana / Biotin and transcriptional (genetic) and epigenetic regulation in humans
Fonte: Repert. med. cir;20(3):158-168, 2011. Dibujos,, tablas.
Idioma: es.
Resumo: La biotina es una vitamina hidrosoluble del complejo B que se conoce como una coenzima para carboxilasas en la especie humana. Es evidente que está ligada en forma covalente con distintos residuos de lisina en las histonas, afectando así la estructura cromatínica, muy estudiada mediante la regulación génica y la herencia no-mendeliana transgeneracional, denominada epigenética. Esta nueva ciencia estudia las modificaciones de ADN y de las proteínas unidas a él (sobre todo histonas), que alteran la estructura de la cromatina sin modificar la secuencia nucleotídica del ADN. El objetivo de esta revisión es presentar una breve actualización sobre la biotina desde el punto de vista de regulación genética y epigenética, los roles derivados en la patogénesis de ciertas enfermedades y el entendimiento de los potenciales usos farmacológicos futuros...

Biotin is a water-soluble B-complex vitamin known as a coenzyme for carboxylases in humans. It is evident that it covalently attaches to various lysine residues in histones, thus affecting the chromatin structure which is widely studied by means of genetic regulation and non-Mendelian transgenerational inheritance termed epigenetics. This new science, studies the modifications of DNA binding proteins (mainly histones), which alter the chromatin structure without modifying the nucleotide sequence of DNA. The objective of this review is to present a short update on biotin from the genetic and epigenetic perspective; the derived roles played in the pathogenesis of certain diseases; and the understanding of potential future pharmacological uses...
Descritores: Biotina
Protamina Quinase
-Regulação da Expressão Gênica
Nutrição em Saúde Pública
Limites: Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CO304.1 - Biblioteca Arturo Aparicio Jaramillo


  6 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781415
Autor: Sá, A L de; Bahia, C P; Correa, V C; Dias, I A; Batista, C; Gomes-Leal, W; Pinho, A L S; Houzel, J C; Picanço-Diniz, C W; Pereira, A.
Título: Morphometric analysis of feedforward pathways from the primary somatosensory area (S1) of rats
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;49(6):e5115, 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . CAPES-Cofecub.
Resumo: We used biotinylated dextran amine (BDA) to anterogradely label individual axons projecting from primary somatosensory cortex (S1) to four different cortical areas in rats. A major goal was to determine whether axon terminals in these target areas shared morphometric similarities based on the shape of individual terminal arbors and the density of two bouton types: en passant (Bp) and terminaux (Bt). Evidence from tridimensional reconstructions of isolated axon terminal fragments (n=111) did support a degree of morphological heterogeneity establishing two broad groups of axon terminals. Morphological parameters associated with the complexity of terminal arbors and the proportion of beaded Bp vs stalked Bt were found to differ significantly in these two groups following a discriminant function statistical analysis across axon fragments. Interestingly, both groups occurred in all four target areas, possibly consistent with a commonality of presynaptic processing of tactile information. These findings lay the ground for additional work aiming to investigate synaptic function at the single bouton level and see how this might be associated with emerging properties in postsynaptic targets.
Descritores: Rede Nervosa/anatomia & histologia
Terminações Pré-Sinápticas
Córtex Somatossensorial/anatomia & histologia
-Anatomia Transversal
Biotina/análogos & derivados
Dextranos
Corantes Fluorescentes
Rede Nervosa/fisiologia
Vias Neurais/anatomia & histologia
Vias Neurais/fisiologia
Fotomicrografia
Terminações Pré-Sinápticas/fisiologia
Ratos Wistar
Valores de Referência
Córtex Somatossensorial/fisiologia
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: lil-772771
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Coordenação-Geral de Sangue e Hemoderivados.
Título: Triagem neonatal: deficiência de biotinidase / Newborn screening: biotinidase deficiency / Tamizaje neonatal: deficiencia de biotinidasa.
Fonte: Brasília; Ministério da Saúde; 2015. 31 p. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Tratamento Farmacológico
Deficiência de Biotinidase/diagnóstico
Deficiência de Biotinidase/mortalidade
Deficiência de Biotinidase/terapia
Recém-Nascido
Triagem Neonatal
-Biotina/uso terapêutico
Dieta
Prescrições de Medicamentos
Limites: Seres Humanos
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Publicações Governamentais
Responsável: BR599.1 - Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI)


  8 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-709352
Autor: Rafique, Muhammad.
Título: Emerging trends in management of propionic acidemia / Tendências emergentes no manejo da academia propiônica
Fonte: Arq. bras. endocrinol. metab;58(3):237-242, abr. 2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objetivo : To evaluate the therapeutic agents used during metabolic crises and in long-term management of patients with propionic acidemia (PA).Materials and methods : The records of PA patients were retrospectively evaluated.Results : The study group consisted of 30 patients with 141 admissions. During metabolic crises, hyperammonemia was found in 130 (92%) admissions and almost all patients were managed with normal saline, ≥ 10% dextrose, and restriction of protein intake. In 56 (40%) admissions, management was done in intensive care unit, 31 (22%) with mechanical ventilation, 10 (7%) with haemodialysis, 16 (11%) with vasopressor agents, and 12 (9%) with insulin. In the rescue procedure, L-carnitine was used in 135 (96%) patients, sodium bicarbonate in 116 (82%), sodium benzoate in 76 (54%), and metronidazole in 10 (7%), biotin in about one-quarter, L-arginine in one third, and antibiotics in three-quarter of the admissions. Blood/packed RBCs were used in 28 (20%) patients, platelets in 26 (18%), fresh frozen plasma in 8 (6%), and granulocyte-colony stimulating factors in 10 (7%) admissions. All patients were managed completely/partially with medical nutrition formula plus amino acid mixture, vitamins and minerals. For long-term management 24 (80%) patients were on L-carnitine, 22 (73%) on sodium benzoate, 6 (20%) on biotin, one half on alkaline therapy and 4 (13%) on regular metronidazole use. Almost all patients were on medical formula and regular follow-up.Conclusion : Aggressive and adequate management of acute metabolic crises with restriction of protein intake, stabilization of patient, reversal of catabolism, and removal of toxic metabolites are essential steps. Concerted efforts to ensure adequate nutrition, to minimize the risk of acute decompensation and additional therapeutic advances are imperative to improve the outcome of PA patients. Arq Bras Endocrinol Metab. 2014;58(3):237-42.

Objetivo : Avaliar os agentes terapêuticos usados durante as crises metabólicas e para o manejo de longo prazo de pacientes com academia propiônica (AP).Materiais e métodos : Avaliação retrospectiva das fichas médicas de pacientes com AP.Resultados : O grupo estudado consistiu de 30 pacientes com 141 hospitalizações. Durante as crises metabólicas, a hiperamonemia foi observada em 130 (92%) pacientes hospitalizados e quase todos foram tratados com solução salina regular, ≥ 10% dextrose e restrição da ingestão de proteína. Em 56 (40%) das hospitalizações, o manejo foi feito na unidade de terapia intensiva, 31(22%) com ventilação mecânica, 10 (7%) com hemodiálise, 16 (11%) com vasopressores e 12 (9%) com insulina. Para o resgate, a L-carnitina foi usada em 135 (96%) pacientes, o bicarbonato de sódio em 116 (82%), o benzoato de sódio em 76 (54%), o metronidazole em 10 (7%), a biotina em cerca de um quarto, a L-arginina em um quarto e antibióticos em três quartos dos pacientes hospitalizados. Sangue/concentrado de hemácias foram usados em 28 (20%), plaquetas em 26 (18%), plasma fresco congelado em 8 (6%) e fatores estimulantes de colônias de granulócitos em 10 (7%) pacientes hospitalizados. Todos os pacientes foram manejados completamente/parcialmente com fórmula de nutrição hospitalar mais uma mistura de aminoácidos, vitaminas e minerais. Para o manejo de longo prazo, 24 (80%) dos pacientes foram tratados com L-carnitina, 22 (73%) com benzoato de sódio, 6 (20%) com biotina, a metade com tratamento alcalino e 4 (13%) com uso regular de metronidazole. Quase todos os pacientes foram tratados com fórmulas médicas e acompanhamento regular.Conclusão : O manejo adequado e agressivo de crises metabólicas com restrição da ingestão de proteína, ...
Descritores: Acidemia Propiônica/terapia
-Anti-Infecciosos/uso terapêutico
Biotina/uso terapêutico
Carnitina/uso terapêutico
Dieta com Restrição de Proteínas
Hiperamonemia/sangue
Hiperamonemia/tratamento farmacológico
Assistência de Longa Duração
Metronidazol/uso terapêutico
Terapia Nutricional
Acidemia Propiônica/diagnóstico
Estudos Retrospectivos
Benzoato de Sódio/uso terapêutico
Bicarbonato de Sódio/uso terapêutico
Complexo Vitamínico B/uso terapêutico
Limites: Adolescente
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Seres Humanos
Lactente
Recém-Nascido
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-632453
Autor: Vilches-Flores, Alonso; Fernández-Mejía, Cristina.
Título: Efecto de la biotina sobre la expresión genética y el metabolismo / Effect of biotin upon gene expression and metabolism
Fonte: Rev. invest. clín;57(5):716-724, sep.-oct. 2005. ilus.
Idioma: es.
Resumo: During the last few decades, an increasing number of vitamin-mediated effects has been discovered at the level of gene expression in addition to their well-known roles as substrates and cofactors; the best recognized examples are the lipophilic vitamins A and D. Although little is known about water-soluble vitamins as genetic modulators, there are increasing examples of their effect on gene expression. Biotin is a hydro soluble vitamin that acts as a prosthetic group of carboxylases. Besides its role as carboxylase cofactor, biotin affects several systemic functions such as development, immunity and metabolism. In recent years, significant progress has been made in the identification of genes that are affected by biotin at the transcriptional and post-transcriptional levels as well as in the elucidation of mechanisms that mediate the effects of biotin on the gene expression. These studies bring new insights into biotin mediated gene expression and will lead to a better under-standing of biotin roles in the metabolism and in systemic functions.

En décadas recientes, diversas investigaciones han demostrado que las vitaminas afectan la expresión genética. Los casos mejor estudiados son los de las vitaminas A y D. Existe menos información para las vitaminas hidrosolubles sobre su efecto en la expresión de los genes, sin embargo, se sabe que éstas también los modifican. La biotina es una vitamina hidrosoluble que actúa como grupo prostético de las carboxilasas. Además de su función como cofactor de enzimas, participa en el desarrollo embrionario, en la proliferación celular, en funciones inmunológicas y en el metabolismo. Ha habido un notable avance en la identificación de genes cuya expresión está regulada por la biotina. Asimismo, se han investigado los mecanismos moleculares a través de los cuales la biotina efectúa estas acciones. Estos estudios brindan nuevas claves para entender el papel de la biotina en la expresión genética, en el metabolismo, y en otras funciones biológicas de esta vitamina.
Descritores: Biotina/fisiologia
Regulação da Expressão Gênica
Metabolismo
Limites: Animais
Seres Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública


  10 / 46 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-621926
Autor: Reyes G, Edwin; Reyes M, Edgar; Lareo, Leonardo.
Título: Uso de una conantokina y anticuerpos policlonales para identificar la subunidad NR2B del receptorn-metil-d-aspartato / The use of conantokin and polyclonal antibodies to identify the NR2B subunit of the n-methyl-d-aspartate receptor
Fonte: Rev. MVZ Córdoba;15(3):2147-2157, sept.-dic. 2010.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo. Proponer una metodología de identificación de la subunidad NR2B, mediante el uso de conantokina G, así como una adecuada extracción de la subunidad NR2B. Materiales y métodos. Se ensayaron dos metodologías para la extracción de la subunidad NR2B de cerebro de rata adulta, la primera buscó la extracción de la subunidad a partir de la membrana mediante la utilización del detergente deoxicolato de sodio y la segunda, garantizó primero la solubilización y eliminación de proteínas citoplasmáticas para luego realizar la extracción de la subunidad mediante el uso del mismo detergente, a partir del pellet generado en la centrifugación del extracto obtenido. Adicionalmente se biotiniló la conantokina G para evaluar su eficiencia en la identificación de la subunidad y comparar los resultados con los obtenidos por metodologías tradicionales como DOT-BLOT, WESTERN-BLOT, ELISA e Inmunohistoquímica. Resultados. La segunda metodología mostró mayor extracción de NR2B por lo que se seleccionó para la realización de los extractos posteriores. Los ensayos de identificación con la conantokina biotinilada evidenciaron interferencia en el reconocimiento, haciéndose necesaria la identificación de la presencia de la subunidad NR2B mediante el uso de anticuerpos policlonales en los ensayos mencionados. Conclusiones. Se propone que hay un impedimento de tipo estérico en el marcaje de la conantokina con la biotina lo que no favorece la interacción de este péptido con la subunidad.
Descritores: Biotina
Cérebro
N-Metilaspartato
Limites: Ratos
Responsável: CO140 - Facultad de Medicina Veterinária y Zootecnia



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde