Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.383.606.385.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-440377
Autor: Matos Neto, Ranulfo Pinheiro de; Petrilli, Antônio Sérgio; Silva, Célia Maria Campos; Campos Filho, Orlando; Oporto, Victor Manuel; Gomes, Lourdes de Fátima Gonçalves; Paiva, Marcelo Goulart; Carvalho, Antônio Carlos Camargo; Moisés, Valdir Ambrósio.
Título: Função sistólica do ventrículo esquerdo pela ecocardiografia em crianças e adolescentes com osteossarcoma tratados com doxorrubicina com e sem dexrazoxane / Left ventricular systolic function assessed by echocardiography in children and adolescents with osteosarcoma treated with doxorubicin alone or in combination with dexrazoxane
Fonte: Arq. bras. cardiol;87(6):763-771, dez. 2006. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar o comportamento da função sistólica do ventrículo esquerdo (VE) pela ecocardiografia em pacientes com osteossarcoma tratados com doxorrubicina com e sem dexrazoxane. MÉTODOS: Foram estudados 55 pacientes com osteossarcoma com ou sem metástase submetidos à quimioterapia (QT) com seis ciclos de doxorrubicina, divididos em dois grupos, conforme o uso de dexrazoxane. Grupo I: 37 pacientes, os quais receberam dexrazoxane (28 do sexo masculino, com média de idade de 15,4 anos). Grupo II: 18 pacientes, que não receberam dexrazoxane (15 do sexo masculino, com média de idade de 15,1 anos). Foram realizadas quatro avaliações ecocardiográficas: 1) antes do início da QT (avaliação inicial); 2) até duas semanas após o terceiro ciclo; 3) até duas semanas após o quinto ciclo e 4) até quatro semanas após o sexto ciclo da QT (avaliação final). A função sistólica do VE foi avaliada pela porcentagem de encurtamento (PE) com o ecocardiograma. Alteração da função contrátil ou toxicidade miocárdica foi definida com valores de PE iguais ou inferiores a 29 por cento e/ou diminuição da PE, em valor absoluto, igual ou superior a 10 unidades do valor inicial de cada paciente. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre os grupos quanto à idade, sexo e raça. A dose cumulativa de doxorrubicina foi significantemente maior no grupo II em todas as fases do tratamento: 174 x 203 mg/m²; 292 x 338 mg/m² e 345 x 405 mg/² (p < 0,0001). A ocorrência de disfunção sistólica do VE, de acordo com os critérios previamente definidos, foi de sete indivíduos no grupo I (18,92 por cento) e de dois no grupo II (11,1 por cento), diferença não significativa (p=0,248). A análise de variância com medidas repetidas não mostrou diferença significativa nas médias da PE ao longo do período de estudo (p=0,967). Entretanto foi encontrada diferença significativa (p=0,029) entre as médias da PE dos grupos I e II nas avaliações 2 (35,67 x 37,21 por cento), 3 (34,95 x 38,47 por cento) e 4...

OBJECTIVE: To evaluate left ventricular (LV) systolic function by means of echocardiography in patients with osteosarcoma treated with doxorubicin alone or in combination with dexrazoxane. METHODS: The study analyzed 55 patients with osteosarcoma, with or without metastasis, undergoing a six-cycle chemotherapy regimen of doxorubicin, who were divided into two groups according to dexrazoxane use. Group I: Thirty-seven patients who did not receive dexrazoxane (28 males, average age 15.4 years). Group II: Eighteen patients who did receive dexrazoxane (15 males, average age 15.1 years). Four echocardiographic evaluations were performed: 1) before the beginning of the chemotherapy (initial evaluation); 2) up to two weeks after the third cycle; 3) up to two weeks after the fifth cycle; and 4) up to four weeks after the sixth cycle of chemotherapy (final evaluation). The left ventricular systolic function was assessed by the fractional percentage of systolic shortening (FS percent) on echocardiography. Alterations in the contractile function or cardiac toxicity were defined as FS percent values equal to or lower than 29 percent, and/or by a drop in FS percent by an absolute value equal to or greater than 10 units of the baseline value of each patient. RESULTS: No significant difference as to age, gender, and race was observed between the groups. The cumulative dose of doxorubicin was significantly higher in group II throughout all phases of the treatment: 174 x 203 mg/m²; 292 x 338 mg/m² and 345 x 405 mg/² (p < 0.0001). According to previously established criteria, the incidence of LV systolic dysfunction was not significantly different (p=0.248) between patients in group I (18.92 percent) and patients in group II (11.1 percent). The variance analysis with repeated measurements did not show significant differences in the means of fractional percentage of systolic percentage (FS percent) throughout the study (p=0.967). However, a significant difference (p=0.029) was...
Descritores: Antineoplásicos/administração & dosagem
Neoplasias Ósseas/tratamento farmacológico
Doxorrubicina/administração & dosagem
Osteossarcoma
Razoxano/administração & dosagem
Função Ventricular Esquerda/efeitos dos fármacos
-Protocolos de Quimioterapia Combinada Antineoplásica
Antineoplásicos/efeitos adversos
Doxorrubicina/efeitos adversos
Ecocardiografia
Estudos Prospectivos
Função Ventricular Esquerda/fisiologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-411426
Autor: Cáceres, W; Báez, L; Aponte, I; Rodríguez, N; Maldonado, A.
Título: Current role of chemotherapy protectors in cancer treatment
Fonte: Bol. Asoc. Méd. P. R;89(10/12):184-188, Oct.-Dec. 1997.
Idioma: en.
Resumo: The administration of full doses of chemotherapy according to an established schedule improves the response rate and duration of response in cancer patients. However, frequently there are delays in therapy due to dose-limiting side effects and chemotherapy could affect permanently normal tissues. This has led to the development of chemotherapy protectors and of rescue agents in the past years. We will discuss some of these new agents and their use in cancer treatment. Some of these agents include amifostine (Ethyol), dexrazoxane (Zinecard), mesna (Mesnex), leucovorin, G-CSF, GM CSF, recombinant erythropoietin and thrombopoietin. Oncologists must learn the adequate use of different strategies in reducing chemotherapy toxicity in order to improve both the quality and quantity of life of cancer patients
Descritores: Antineoplásicos/efeitos adversos
Neoplasias/tratamento farmacológico
-Amifostina/uso terapêutico
Doenças Hematológicas/induzido quimicamente
Doenças Hematológicas/prevenção & controle
Gastroenteropatias/induzido quimicamente
Gastroenteropatias/prevenção & controle
Fatores de Crescimento de Células Hematopoéticas/uso terapêutico
Leucovorina/uso terapêutico
Mesna/uso terapêutico
Nefropatias/induzido quimicamente
Nefropatias/prevenção & controle
Proteínas Recombinantes/uso terapêutico
Razoxano
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-310400
Autor: Souza, Cármino A; Vigorito, Afonso C; Aranha, Francisco J. P; Oliveira, Gislaine B; Eid, Kátia A. B; Ruiz, Milton A.
Título: Terapêutica citoprotetora em pacientes tratados com químio e/ou radioterapia anti neoplásica / Cytoprotective therapy in patients treated with chemotherapy and/or antineoplasic radiotherapy
Fonte: Rev. bras. hematol. hemoter;22(2):123-128, maio-ago. 2000. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Nos últimos anos, vários agentes citoprotetores têm sido desenvolvidos para proteger células normais dos efeitos tóxicos da quimioterapia e radioterapia. O agente citoprotetor ideal seria aquele capaz de permitir a intensificaçäo da dose dos quimioterápicos; proteger um amplo espectro de órgäos e tecidos quando do tratamento com diversos fármacos quimioterápicos; conferir proteçäo específica aos tecidos normais; preservar o efeito anti-tumoral e ter pequena e/ou controlável toxicidade e efeitos colaterais. Um citoprotetor deve ser administrado antes da quimioterapia citotóxica, ao contrário dos fatores estimuladores de colônia e do Leucovorin, que säo administrados após quimioterapia como resgate à medula óssea e estimular a sua recuperaçäo. Do ponto de vista prático existem três agentes citoprotetores: dois citoprotetores quimio-específicos (Dexrazoxane e Mesna) e um citoprotetor de amplo espectro (Amifostina). Os autores discutem as principais propriedades e utilidades destas drogas utilizadas em Onco Hematologia.
Descritores: Mesna
Razoxano
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR408.3 - Biblioteca


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-175400
Autor: Hernández Trillo, Gerardo.
Título: Papel de la quimioterapia en el cáncer de colon / Role of chemotherapy in colonic cancer
Fonte: Cir. gen;13(3):110-3, jul.-sept. 1991. tab.
Idioma: es.
Descritores: Amsacrina/uso terapêutico
Vacina BCG/uso terapêutico
Cisplatino/uso terapêutico
Neoplasias do Colo/tratamento farmacológico
Etoposídeo/uso terapêutico
Fluoruracila/uso terapêutico
Interferon-alfa/uso terapêutico
Interleucina-2/uso terapêutico
Leucovorina/uso terapêutico
Metotrexato/uso terapêutico
Mitomicinas/uso terapêutico
Razoxano/uso terapêutico
Semustina/uso terapêutico
Estreptozocina/uso terapêutico
Tamoxifeno/uso terapêutico
Tioguanina/uso terapêutico
Vincristina/uso terapêutico
Cloreto de Vinil/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-31986
Autor: Mom, A. M; Chouela, A; Pérez, V; Aresca, S; Pellerano, G; Fuentes, G; Chouela, E; Pecorini, V; Bozzini, M; Catterberg, G; Perffetti, D; Lubranno, C; Salermo, M.
Título: Razoxane y teleroentgen radiación en psoriasis resistentes al PUVA y al metotrexato / Razoxane and teleroentgentherapy in psoriasis resistent to PUVA and methotrexate
Fonte: Rev. argent. dermatol;65(3):228-31, jul.-sept. 1984.
Idioma: es.
Resumo: Se describe la experiencia clínica con el uso de Razoxone ICRF 159, una nueva droga antitumoral, en el tratamiento de 57 pacientes con formas severas de psoriasis. Esta medicación demostró ser efectiva sobre todo en las formas generalizadas eritrodérmicas y con compromisos articulares. Es bien tolerada y parece estar libre de hepatotoxicidad; sin embargo puede producir depresión medular, efecto que está directamente relacionado con la dosis. Se investigó su asociación con teleroentgenterapia por su propiedad radiopotenciadora
Descritores: Psoríase/tratamento farmacológico
Razoxano/uso terapêutico
-Química
Metotrexato/uso terapêutico
Terapia PUVA
Limites: Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-27413
Autor: Oliveira, M. M. de; Nakamura, I. T; Joussef, A. C; Giannotti Filho, Oswaldo.
Título: Intratumor chemotherapy in combination with a systemic antimetastatic drug in the treatment of Lewis-lung carcinoma
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;18(3):293-302, 1985. tab.
Idioma: en.
Descritores: Protocolos de Quimioterapia Combinada Antineoplásica/uso terapêutico
Antineoplásicos/uso terapêutico
Neoplasias Pulmonares/tratamento farmacológico
-Flavonas/administração & dosagem
Compostos de Nitrosoureia/administração & dosagem
Razoxano/administração & dosagem
Limites: Camundongos
Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde