Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.383.663.283.266.450.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 26 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 26 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-950449
Autor: Ilhan, Abdullah; Yolcu, Umit; Oztas, Emin; Erdem, Uzeyir.
Título: Therapeutic effects of proanthocyanidin and coenzyme Q10 on nitrogen mustard-induced ocular injury / Efeitos terapêuticos da proantocianidina e da coenzima q10 em lesão ocular induzida por mostarda de nitrogênio
Fonte: Arq. bras. oftalmol;81(3):226-231, May-June 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: Nitrogen mustard (NM) is a devastating casualty agent in chemical warfare. There is no effective antidote to treat NM-induced ocular injury. We aimed to assess the effects of proanthocyanidin (PAC) and coenzyme Q10 (CoQ10) on NM-induced ocular injury. Methods: Eighteen male rats were divided into the following 4 groups: NM, NM + PAC, NM + CoQ10, and control. The 3 NM groups received a single dose of NM (0.02 mg/μL) on the right eye to induce ocular injury. The control group received saline only. Thirty minutes after the application of NM, the NM + PAC group received PAC (100 mg/kg) via gastric gavage, while the NM + CoQ10 group received CoQ10 (10 mg/kg) via intraperitoneal injection. PAC and CoQ10 were administered once a day for 5 consecutive days. The rats were then sacrificed. Macroscopic images of the eyes were examined and eye tissues were collected for histology. Results: The treatment groups were compared to the control group with regard to both corneal opacity and lid injury scores. The findings were not significantly different for both the NM + PAC and NM + CoQ10 groups. In both the NM + PAC and NM + CoQ10 groups, the histological changes seen in the NM group demonstrated improvement. Conclusions: Our results indicate that PAC and CoQ10 treatments have therapeutic effects on NM-induced ocular injury in a rat model. PAC and CoQ10 may be novel options in patients with NM-induced ocular injury.

RESUMO Objetivo: A mostarda de nitrogênio (MN) é um agente de guerra química devastador. Não existe um antídoto eficaz para tratar lesões oculares induzidas por MN. Nosso objetivo foi avaliar os efeitos da proantocianidina (PAC) e da coenzima Q10 (CoQ10) na lesão ocular induzida por MN. Métodos: Dezoito ratos machos foram divididos em 4 grupos: MN, MN + PAC, MN + CoQ10 e Controle. Três grupos receberam uma dose única de MN (0,02 mg/μL) destilada no olho direito para gerar lesão ocular. Os animais do grupo controle receberam apenas solução salina. Trinta minutos após a aplicação de MN nos animais, o grupo MN + PAC recebeu PAC (100 mg/kg) por gavagem gástrica, enquanto a CoQ10 (10 mg/kg) foi administrada ao grupo MN + CoQ10 por meio de injeção intraperitoneal. A administração de PAC e de CoQ10 foi realizada uma vez por dia, durante 5 dias consecutivos. Os ratos foram, então, sacrificados. Imagens macroscópicas dos olhos foram examinadas e tecidos oculares foram coletados para histologia. Resultados: Os grupos de tratamento foram comparados ao grupo de controle quanto à opacidade da córnea e quanto aos escores de lesão da cobertura da córnea. Os resultados foram insignificantes para ambos os grupos. Ambos, o grupo MN+PAC e o grupo MN+CoQ10, apresentaram melhoras das alterações histológicas observadas no grupo MN. Conclusões: Nossos resultados indicam que os tratamentos com PAC e com CoQ10 têm efeitos terapêuticos sobre lesões oculares induzidas por MN em um modelo em ratos. A proantocianidina e a CoQ10 podem ser uma nova opção nesses casos.
Descritores: Queimaduras Químicas/tratamento farmacológico
Traumatismos Oculares/tratamento farmacológico
Ubiquinona/análogos & derivados
Proantocianidinas/uso terapêutico
Antioxidantes/uso terapêutico
-Distribuição Aleatória
Substâncias para a Guerra Química
Traumatismos Oculares/induzido quimicamente
Ubiquinona/uso terapêutico
Ratos Sprague-Dawley
Modelos Animais de Doenças
Mecloretamina
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1121989
Autor: Degirmenci, Alperen; Kara, Emine; Degirmenci, Beyza Unalan; Ozcan, Mutlu.
Título: Evaluation the Effect of Different Antioxidants Applied After Bleaching on Teeth Color Stability / Avaliação do efeito de diferentes antioxidantes aplicados após o clareamento na estabilidade da cor dos dentes
Fonte: Braz. dent. sci;23(4):1-9, 2020. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Vital bleaching is a popular treatment option for discolored teeth; but at post-treatment stage, loss of adhesion is highly reported. Literature focused on antioxidant application for the answer of this issue. The aim of this study was to compare the effects of six different antioxidants on color stability of bleached teeth. Material and Methods: This study included total of 84 extracted intact non-carious lower incisors. 35% hydrogen peroxide was applied on the labial surfaces of specimens in accordance with manufacturer's instructions. The bleached teeth were divided into 7 groups. No antioxidants were applied to the control group. For the experimental groups, the following antioxidants were applied for 10 minutes each: 5% proanthocyanidin, 5% sodium ascorbate, 5% lycopene, %5 green tea, %5 white tea and %5 α-tocopherol. CIE L*, a* and b* values of the teeth were measured by a spectrophotometer. One-way ANOVA was used to determine the differences among the groups. Multiple comparisons were examined with Tukey HSD. Results: The one-way ANOVA test revealed a statistically significant difference between the groups (p < 0.005). Highest color change was observed in lycopene group and the lowest in green tea group. Conclusion: Proanthocyanidin, white tea and green tea could be considered as post-bleaching antioxidant alternatives based on their herbal nature. (AU)

Objetivo: O clareamento vital é uma opção popular de tratamento para dentes descoloridos, mas na fase pós-tratamento, a perda de adesão é altamente relatada. A literatura enfocou a aplicação de antioxidantes para a resposta desta questão. O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos de seis diferentes antioxidantes na estabilidade da cor de dentes clareados. Material e Métodos: Este estudo incluiu um total de 84 incisivos inferiores extraídos, intactos e não cariados. Peróxido de hidrogênio a 35% foi aplicado nas superfícies labiais dos espécimes de acordo com as instruções do fabricante. Os dentes clareados foram divididos em 7 grupos. Nenhum antioxidante foi aplicado ao grupo controle. Para os grupos experimentais, os seguintes antioxidantes foram aplicados por 10 minutos cada: proantocianidina a 5%, ascorbato de sódio a 5%, licopeno a 5%, chá verde a 5%, chá branco a 5% e α-tocoferol a 5%. Os valores CIE L *, a * e b * dos dentes foram medidos por um espectrofotômetro. ANOVA um fator foi usada para determinar as diferenças entre os grupos. As comparações múltiplas foram examinadas com Tukey HSD. Resultados: O teste ANOVA revelou uma diferença estatisticamente significativa entre os grupos (p <0,005). A maior mudança de cor foi observada no grupo do licopeno e a menor no grupo do chá verde. Conclusão: Proantocianidina, chá branco e chá verde podem ser considerados como alternativas antioxidantes pós-clareamento com base em sua natureza fitoterápica. (AU)
Descritores: Chá
alfa-Tocoferol
Proantocianidinas
Licopeno
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  3 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888848
Autor: Marques, H P; Barbosa, S; Nogueira, D A; Santos, M H; Santos, B R; Santos-Filho, P R.
Título: Proteic and phenolics compounds contents in Bacupari callus cultured with glutamine and nitrogen sources / Conteúdo de proteínas e compostos fenólicos em calos de Bacupari cultivados com glutamina e fontes de nitrogênio
Fonte: Braz. j. biol;78(1):41-46, Feb. 2018. graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPEMIG; . CAPES.
Resumo: Abstract In this study was evaluated the influence of glutamine supplementation on the endogenous content of amino acids, proteins, total phenolics, flavonoids and proanthocyanidins in Bacupari callus. The explants were inoculated in MS medium, MS with half concentration of the nitrogen salts (MS½) and nitrogen-free MS, supplemented with glutamine (5, 10, 30 and 60mM) named as Gln5, Gln10, Gln30 and Gln60. Amino acids and proteins were analyzed after 20, 80 and 140 days and the secondary metabolites on the 140th day. There was no difference in the amino acids on the 20th day. On the 80th day the treatments MS and MS½ presented the lowest levels. On the 140th day MS and MS½ presented the lowest amino acid concentration and Gln10 the highest. Concerning proteins, there was difference only on the 140th day, being the highest concentrations observed in Gln5, and the lowest in MS½ treatment. Total phenolics content was higher in the treatment Gln60 and lowest in MS. Treatments Gln5, Gln10, Gln30 and MS½ were statistically equal. For flavonoids, the highest values occurred in the treatments Gln30, Gln60 and MS½ and the lowest in Gln5, Gln10 and MS. Similarly, for the proanthocyanidins the highest concentrations were observed in treatment Gln60 and the lowest in Gln5 and MS. In conclusion, the treatment with 60mM of glutamine favors the protein accumulation and production of secondary metabolites in Bacupari callus.

Resumo Nesse estudo foi avaliado o efeito da suplementação com glutamina no conteúdo endógeno de aminoácidos, proteínas, fenólicos totais, flavonoides e proantocianidinas em calos de Bacupari. Os explantes foram inoculados em meio MS, meio MS com metade da concentração de dos sais de nitrogênio (MS½) e meio MS sem nitrogênio suplementado com glutamina (5, 10, 30 e 60mM) denominados como Gln5, Gln10, Gln30 e Gln60. Os aminoácidos e as proteínas foram analisados após 20, 80 e 140 dias e os metabólitos secundários no 140° dia. Não houve diferença nos aminoácidos no 20° dia. No 80° dia os tratamentos MS e MS½ apresentaram os menores níveis. No 140° dia, MS e MS½ apresentaram as menores concentrações de aminoácidos e o Gln10 as maiores. A respeito das proteínas, houve diferença apenas no 140° dia, sendo as maiores concentrações observadas nos tratamentos Gln, e as menores no MS½. O conteúdo de fenólicos totais foi maior no tratamento Gln60 e menor no MS. Os tratamentos Gln5, Gln10, Gln30 e MS½ foram estatisticamente iguais. Para os flavonóides, os maiores valores ocorreram nos tratamentos Gln30, Gln60 e MS½ e os menores no Gln5, Gln10 e MS. Da mesma forma, para as proantocianidinas, as maiores concentrações foram observadas no tratamento Gln60 os menores no Gln5 e MS. Em conclusão, o tratamento com 60 mM de glutamina favorece o acúmulo de proteínas e a produção de metabólitos secundários em calos de Bacupari.
Descritores: Fenóis/análise
Clusiaceae/metabolismo
Clusiaceae/química
Glutamina/metabolismo
Glutamina/química
Nitrogênio/metabolismo
Nitrogênio/química
-Fenóis/química
Proteínas de Plantas/análise
Proteínas de Plantas/química
Flavonoides/metabolismo
Flavonoides/química
Proantocianidinas/química
Técnicas de Cultura de Tecidos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1103883
Autor: Ferreira, Andreza Camurça; Mendes, Talita Arrais Daniel; Lemos, Marcelo Victor Sidou; Paula, Déborah Maria Martins de; Lima, Karlos Eduardo Rodrigues; Martins, Luiz Filipe Barbosa.
Título: Efeito Biomodificador de Diferentes Agentes de Ligações Cruzadas nas Propriedades Mecânicas do Colágeno Dentinário / Biomodifying Effect of Different Cross-Linking Agents on the Mechanical Properties of Dentin Collagen
Fonte: Rev. bras. odontol;77(1):1-5, jan. 2020. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objetivo: avaliar o efeito biomodificador dos agentes de ligações cruzadas nas propriedades mecânicas do colágeno dentinário. Material e Métodos: Trata-se de um estudo laboratorial in vitro, nos quais foram confeccionadas 18 barras de dentina a partir de terceiros molares humanos extraídos e livres de cárie. Os espécimes foram desmineralizados em ácido fosfórico a 10%, por 5 horas, distribuídos aleatoriamente nos grupos distintos e mantidos em suas respectivas soluções de pré-tratamento: água destilada (AD), Proantocianidina a 6,5% (PAC6,5) e Cardanol a 6,5% (CAR6,5) por períodos de 1 hora. Foram realizados os testes de flexão de três pontos para obtenção do módulo de elasticidade (ME) e modificação de massa (MM). Foram submetidos ao teste de Kolmogorov-Smirnoff seguido, do teste de ANOVA à um critério e pós teste de Tukey para a MM, e Dunns para diferença de ME (p<0,05). Resultados: Os valores obtidos no ME mostraram mudanças estatísticas notáveis em todos os grupos testados, quando comparados ao controle negativo (p<0,001), assim como na variação de massa foram encontradas diferenças estatísticas nos valores médios entre os grupos testados (p=0,012). Conclusão: o uso da PAC6,5 irá melhorar as propriedades mecânicas do colágeno

Objective: to evaluate the biomodifying effect of cross-linking agents on the mechanical properties of the teeth. Material and Methods: this is an in vitro laboratory study, in which 18 bars of dentin were made from extracted, caries-free human third molars. The samples were demineralized in 10% phosphoric acid for 5 hours, randomly distributed in different groups and kept in their pre-treatment solutions: distilled water (AD), Proanthocyanidin at 6.5% (PAC6.5) and Cardanol at 6.5% (CAR6.5) for periods of 1 hour. Three-point bending tests were performed to obtain the modulus of elasticity (ME) and mass modification (MM). They were submitted to the Kolmogorov-Smirnoff test followed by the Kruskal-Wallis' test and the Tukey's post-test for mass modification, and Kruskal-Wallis' test after a Dunn's test for difference in the modulus of elasticity(p <0.05). Results: the values selected in the ME show possible statistical changes in all groups tested, when compared to the negative control (p<0.001), as well as the mass variation. Data were shown in the average values between the groups tested (p = 0.012). Conclusion: The use of PAC6.5 will improve the mechanical properties of the collection
Descritores: Colágeno
Colágeno/química
Proantocianidinas
-Água Destilada
Fenol
Responsável: BR485.1 - Biblioteca Mário Badan


  5 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038614
Autor: Huang, Y; Oikonomou, G; Hu, J; Li, Y; Du, X; Du, Y; Liu, Y; Zhang, P; Wang, P; Yu, H; Tu, J; Kakatsidis, N; Colina, A. H; He, B.
Título: Effect of feeding grape seed Proanthocyanidin extract on production performance, metabolic and anti-oxidative status of dairy cattle / Efeito da alimentação do extrato de semente de uva Proanthocyanidin sobre o desempenho da produção e o status metabólico e antioxidante de gado leiteiro
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(4):1207-1216, jul.-ago. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China.
Resumo: Aims to investigate the effects of grape seed proanthocyanidin extract (GSPE) on production performance, metabolism, and anti-oxidative status of Holstein dairy cattle in early lactation. Forty-eight multiparous Holstein dairy cattle were assigned to four groups (CON, G20, G40 and G80) and supplied with 0, 20, 40, and 80mg GSPE/kg of body weight/day. G20 significantly increased milk yield compared with other groups. Milk protein and non-fat-solids were increased in G20, G40 and G80 groups compared with the control group only at the 7th day during the experiment. No significant difference was observed in milk fat and somatic cell count, nor on parameters of energy metabolism in blood, liver function and kidney function between the four groups. There was no significant difference in glutathione peroxidase, superoxide dismutase, total antioxidant capacity, and hydrogen peroxide between the groups; but the malondialdehyde content of G20 significantly increased at day 14 in comparison with CON, and tended to increase at the 28th day. In conclusion, feeding 20mg GSPE/kg of body weight/day was associated with a significant increase in milk yield without detrimental effects on liver or kidney function and with substantial energy metabolism and antioxidant parameters improvement in early lactation dairy cattle.(AU)

O presente trabalho visa investigar os efeitos do extrato de semente de uva Proanthocyanidin (GSPE) sobre o desempenho da produção, o metabolismo e o status antioxidante de gado leiteiro Holstein em lactação precoce. Quarenta e oito vacas leiteiras multíparas Holstein foram divididas em quatro grupos (CON, G20, G40 e G80) e receberam 0, 20, 40 e 80mg de GSPE/kg de peso corporal/dia, respectivamente. O G20 aumentou significativamente o rendimento do leite em comparação com os outros grupos. A proteína e os sólidos não gordurosos do leite foram aumentados nos grupos G20, G40 e G80 somente no sétimo dia durante a experiência. Não foi observada diferença significativa na gordura do leite e na contagem de células somáticas, bem como nos parâmetros de metabolismo energético no sangue, na função hepática e na função renal entre os grupos em relação ao grupo controle. Não houve diferença significativa na glutationa peroxidase, na dimutase de superóxido, na capacidade antioxidante total e no peróxido de hidrogênio entre os grupos, mas o conteúdo malondialdeído do G20 aumentou significativamente no dia 14 em comparação com o CON, e tendia a aumentar no dia 28. Em conclusão, a alimentação de 20mg de GSPE/kg de peso corporal/dia foi associada a um aumento significativo no rendimento do leite, sem efeitos nocivos sobre a função hepática ou a renal, com o metabolismo de energia substancial e a melhoria dos parâmetros antioxidantes de gado leiteiro no início da lactação.(AU)
Descritores: Lactação/efeitos dos fármacos
Proantocianidinas
Leite
Extrato de Sementes de Uva/administração & dosagem
Antioxidantes/análise
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-951935
Autor: Al-Rasheed, Nawal Mohammed; El-Masry, Thanaa Ahmed; Tousson, Ehab; Hassan, Hanan Mohammad; Al-Ghadeer, Areej.
Título: Hepatic protective effect of grape seed proanthocyanidin extract against Gleevec-induced apoptosis, liver Injury and Ki67 alterations in rats
Fonte: Braz. J. Pharm. Sci. (Online);54(2):e17391, 2018. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Gleevec (imatinib) is an antineoplastic chemotherapeutic agent used in the treatment of many types of cancer. The current study was conducted to examine the possible modifying effects of grape seeds proanthocyandins extract (GSPE) against apoptosis, liver injury and Ki67 alterations induced by Gleevec in male rats. 40 male albino rats were equally divided into four groups (First and second groups were control and GSPE groups; third group was Gleevec group and fourth group was treated with Gleevec and GSPE). Gleevec induced elevations in P53 and depletion of Bcl2 levels in liver tissues were compared with the control group. Liver sections in rats treated with Gleevec exhibited marked cellular infiltrations, vacuolar degeneration hepatocytes, numerous apoptotic cells, and congestion in central and portal veins, as well as a significant increase in the proliferating of Ki67 after Gleevec injection as compared with control group. In contrast, treatment with Gleevec and GSPE showed a moderate to good degree of improvement in hepatocytes with a significant increase in Ki67, a decrease in P53 and an increase in Bcl2 levels in liver tissues compared to treatment with Gleevec. Therefore, Gleevec induces apoptosis, injury and Ki67 changes in rat liver, whereas GSPE modulates these alternations.
Descritores: Proantocianidinas/efeitos adversos
Extrato de Sementes de Uva/uso terapêutico
-Apoptose
Antígeno Ki-67/farmacologia
Mesilato de Imatinib/efeitos adversos
Fígado
Limites: Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1005753
Autor: Mendes, Talita Arrais Daniel; Pascoal, Samuel Chillavert Dias; Lemos, Marcelo Victor Sidou; Santiago, Sérgio Lima; Mendonça, Juliano Sartori.
Título: Ácido tânico como agente biomodificador de dentina / Tanic acid as biomodificator of collagen dentin
Fonte: J. Health Biol. Sci. (Online);7(2):182-186, abr.-jun. 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: a utilização de diferentes polifenóis no aumento das propriedades mecânicas do colágeno dentinário tem sido bastante empregada, sendo o ácido tânico um polifenol com propriedade biológica bastante pronunciada. Objetivo: avaliar o potencial biomodificador do ácido tânico (AT) em diferentes concentrações em colágeno dentinário. Métodos: os fatores sob investigação foram módulo de elasticidade, mensurado por meio de um ensaio de flexão de três pontos (n=10) e variação de massa (n=10), aferidos com uma balança de precisão, sendo, para tanto, avaliados os seguintes elementos: ácido tânico (0,1; 1 e 10%), proantocianidina (6,5%) e água destilada (controle). Resultados: quanto ao módulo de elasticidade, os grupos tratados com ácido tânico apresentaram valores, estatisticamente, superiores (p<0,05) aos demais grupos, não sendo observadas diferenças entre suas diferentes concentrações. Para os valores de variação de massa, os grupos que foram imersos em agentes biomodificadores apresentaram valores estatisticamente (p<0,05) superiores ao grupo controle. Conclusão: o ácido tânico se apresenta como um potencial agente biomodificador do colágeno dentinário, independente da concentração utilizada, aumentando o seu módulo de elasticidade e gerando um ganho de massa após uma hora de imersão.

Introduction: The use of different polyphenols in the increase of the mechanical properties of dentin collagen has been widely used, thus, tannic acid being a polyphenol with very pronounced biological proprieties. Objective: to evaluate the biomodifying potential of tannic acid (AT) in different concentrations in dentin collagen. Methods: the factors under investigation were modulus of elasticity, measured by a three-point bending test (n = 10), and mass variation (n = 10), measured by means of a precision scale, being the following substances evaluated: tannic acid (0.1, 1 and 10%), proanthocyanidin (6.5%) and distilled water (control). Results: As for the modulus of elasticity, the groups treated with tannic acid presented statistically higher values (p <0.05) in relation to the other groups, and no differences were observed between the different concentrations. For the values of mass variation, the groups that were immersed in biomodifiers showed statistically (p <0.05) values higher than the control group. Conclusion: tannic acid presents as a potential biomodifying agent of dentin collagen, regardless of the concentration used, increasing its modulus of elasticity and generating a mass gain after one hour of immersion.
Descritores: Colágeno
Cimentos Dentários
-Proantocianidinas
Polifenóis
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1780.2


  8 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1009119
Autor: Landmayer, Karin.
Título: Controle do desgaste com inibidores de proteases e agente de estabelecimento de ligações cruzadas entre fibrilas de colágeno na resistência de união do conjunto adesivo-resina composta à dentina erodida / Wear control with protease inhibitors and collagen cross-linking agent on bond strength of an adhesive plus a resin composite to eroded dentin.
Fonte: São Paulo; s.n; 20180000. 104 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Descritores:
Inibidores de Proteases
Adesivos Dentinários
Proantocianidinas
Dentina
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica


  9 / 26 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-947896
Autor: Sousa, Raquel M. F; Lira, Camila S; Rodrigues, Amanda O; Morais, Sérgio A. L; Queiroz, Carla R. A. A; Chang, Roberto; Aquino, Francisco J. T; Muñoz, Rodrigo A. A; Oliveira, Alberto de.
Título: Atividade antioxidante de extratos de folhas de ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata Mill. ) usando métodos espectrofotométricos e voltamétricos in vitro / Antioxidant activity of ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill. ) leaves extracts using spectrophotometric and voltammetric assays in vitro
Fonte: Biosci. j. (Online);30(3 Supplement):448-457, 2014. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Atualmente tem crescido a busca por plantas como fontes naturais de antioxidantes. Plantas com esta propriedade podem ser utilizadas para melhorar a qualidade de alimentos, seja para fins nutritivos ou de conservação, como também para a prevenção de doenças relacionadas ao aparecimento de radicais livres. A Pereskia aculeata Mill. (Ora-pro-nóbis) é uma espécie da família Cactaceae e suas folhas são consumidas por muitas pessoas. Neste contexto, este trabalho estudou o teor de fenóis totais (método Folin-Ciocalteau) e de proantocianidinas (vanilina sulfúrica), correlacionando-os com a atividade antioxidante (radical DPPH, sistema b-caroteno/ácido linoleico e voltametria por pulso diferencial) de extratos em acetona 80%, etanol 70% e água das folhas da espécie P. aculeata Mill., apresentando o extrato em acetona 80% maior teor de fenóis totais e proantocianidinas. Com relação à atividade antioxidante frente ao radical DPPH, o extrato em acetona 80% se apresentou ligeiramente melhor que o em etanol 70%. A técnica de voltametria por pulso diferencial mostrou que o extrato em acetona 80% apresenta constituintes com maior potencial redutor que o extrato em etanol 70%. Os dados obtidos a partir da voltametria corroboram com os resultados obtidos pelo método tradicional de DPPH. Os extratos em etanol 70% e em água apresentaram melhor atividade antioxidante pelo sistema b-caroteno/ácido linoleico, o que sugere a presença de outra classe de compostos que atuam na inibição do b- caroteno. Portanto, as folhas da espécie Pereskia aculeata podem ser consideradas como fonte potencial de compostos antioxidantes.

Currently, the search for plants as natural sources of antioxidants has been growing because they can be used to improve the nutritive or preservation properties of food, as soon as for the prevention of diseases related to free radicals. The Pereskiaaculeata Mill. (Ora-pro-nóbis,) is a specie of Cactaceae family and its leaves are consumed by many people. In this context, this paper studied the total phenols (Folin-Ciocalteu) and proanthocyanidins (vanillin sulfuric) correlating with the antioxidant activity (DPPH, b-carotene/linoleic acid system and differential pulse voltammetry) of extracts of 80% acetone, 70% ethanol and water of Pereskiaaculeata Mill. leaves. The 80% acetone extract showed higher total phenols and proanthocyanidins. Regarding to the antioxidant activity by DPPH radical scavenger, the 80% acetone extract was slightly better than 70% ethanol extract. The differential pulse voltammetry technique displayed that the 80% acetone extract presented constituents with greater reducing potential than the ones presented in 70% ethanol extract, what can corroborate the results obtained. The 70% ethanol and water extracts has shown better antioxidant activity by b-carotene/linoleic acid system, what probably suggests the presence of another compounds classes that are responsible for the inhibition the b-carotene. Therefore, the Pereskiaaculeata Mill. showed that its leaves may be considered as a potential source of antioxidant compounds.
Descritores: Plantas
Espectrofotometria
beta Caroteno
Proantocianidinas
-Fenóis
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  10 / 26 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-971930
Autor: Lemos, Marcelo Victor Sidou.
Título: Efeito de diferentes agentes naturais biomodificadores na adesão à dentina hígida e afetada por cárie.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2016. 52 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A Odontologia restauradora minimamente invasiva tem priorizado cavidades mais conservadoras. Por isso o uso de estratégias como a biomodificação da dentina com o intuito de melhorar as propriedades mecânicas da camada híbrida e de proteger as fibrilas colágenas da degradação, tem ganhado cada vez mais destaque. O presente estudo tem o objetivo de avaliar a influência de diferentes agentes naturais de biomodificação sobre a resistência de união (RU) resina dentina, nanoinfiltração e micropermeabilidade em dentina hígida e afetada porcárie. Os fatores sob investigação são (1) pré-tratamento dentinário: álcool absoluto(controle negativo), pro antocianidinas a 2%; cardanol-metacrilato a 2%, cardol a 2%,cardol-metacrilato a 2% e epigalocatequina-3-galato (EGCG) a 0,1%; (2) tipo desubstrato dentinário: dentina hígida e dentina afetada por cárie artificialmente.Microtração (n=6), micropermeabilidade dentinária (n=3) e nanoinfiltração interfacial(n=6), foram avaliados em uma máquina de ensaios universais, microscopia confocala laser e microscopia eletrônica de varredura, respectivamente. Os valores de RUem dentina hígida foram superiores nos grupos tratados com cardol-metacrilato eEGCG. Já em dentina afetada por cárie, o grupo pré-tratado com cardol-metacrilatoapresentou resultados superiores aos demais grupos...

Minimally invasive dentistry has been prioritizing more conservative cavitypreparations. For this reason, the employment of strategies as dentin biomodification,to ameliorate the mechanical properties of resin-dentin interface and to protectcollagen fibrils from biodegradation, is highlighted as a promising technique. Thepresent study aimed to evaluate the influence of different natural biomodificationagents on resin-dentin bond strength, nanoleakage and micropermeability at soundand caries-affected dentin. The variable investigated were (1) dentin pre-treatment:absolute ethanol (control), proanthocyanidins (PACs) 2%, cardol (from cashew nutshell liquid) 2%, cardol-methacrylate 2%, cardanol-methacrylate 2% andepigallocatechin-3-gallate (EGCG) 0.1%; and (2) dentin substrate: sound dentin andartificial caries-affected dentin. Microtensile bond strength (n=6), dentinmicropermeability (n=3) and interfacial nanoleakage (n=6) were assessed on auniversal testing machine, confocal-laser scanning microscope and scanningelectron microscope respectively. The bond strength on sound dentin was higher byusing cardol-methacrylate and EGCG. On caries-affected dentin, pre-treatment usingcardol-methacrylate achieved the highest bond strength...
Descritores: Dentina
Colágeno
Cárie Dentária
Proantocianidinas
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde
BR6.1



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde