Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.383.663.283.909.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 25 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 25 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1057195
Autor: Yener, Yesín; YerLikaya, Fátima Hümeyra.
Título: Acrylamide reduces plasma antioxidant vitamin levels in rats due to increased oxidative damage / Acrilamida reduz os níveis de vitamina antioxidante no plasma em ratos devido ao aumento do dano oxidativo
Fonte: Rev. Nutr. (Online);33:e180232, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective Acrylamide is a potentially neurotoxic and carcinogenic chemical and naturally creates during the heating process of carbohydrate-rich foods, such as potato chips and breakfast cereals. Acrylamide might be ingested by people via consuming food that contains it. Therefore, we investigated the effect of acrylamidegiven orally to male and female rats on plasma retinoic acid and α-tocopherol and serum sialic acid and malondialdehyde levels. Method A total of 50 Wistar rats were used (25 female and 25 male, three-four weeks old). The rats of each sex were given 2 and 5mg/kg/day acrylamide via drinking water for 90 days. At the end of the treatment, the animals were euthanized by cervical dislocation. Blood specimens were collected through cardiac puncture, and serum and plasma samples were analysed using the high-performance liquid chromatography technique with a Ultraviolet detector. Results The analysis of the plasma and serum samples revealed that serum sialic acid and malondialdehyde levels in both sexes given 5mg/kg/day acrylamide were significantly increased, and the serum sialic acid levels were higher in female rats given 2mg/kg/day acrylamide. The plasma retinoic acid and α-tocopherol levels significantly decreased in both sexes given only the highest dose. Conclusion The results show that acrylamide causes an increase in oxidative stress and leads to a decrease in the levels of retinoic acid and α-tocopherol which play a role in the defense mechanism against this stress.

RESUMO Objetivo A acrilamida é um químico potencialmente neurotóxico e carcinogênico, sendo naturalmente criada durante o processo de aquecimento de alimentos ricos em carboidratos, como batatas fritas e cereais matinais. Dado que o composto pode ser ingerido através do consumo de alimentos, o presente trabalho teve por objetivo investigar o seu efeito, quando administrado oralmente a ratos, medindo-se os níveis plasmáticos de ácido retinoico e α-tocoferol, bem como os níveis séricos de ácido siálico e malondialdeído Métodos Foram utilizados cinquenta ratos Wistar, sendo metade de cada sexo, com idade entre três e quatro semanas. Os animais foram divididos em dois grupos, os quais receberam diferentes doses diárias de acrilamida, via água potável, durante noventa dias: o primeiro ingeriu 2mg/kg/dia; e o segundo, 5mg/kg/dia. Ao final do tratamento, os animais foram eutanasiados por meio de luxação cervical. Amostras de sangue foram coletadas através de punção cardíaca, assim como amostras de soro e plasma foram medidas usando-se a técnica de cromatografia líquida de alta performance com detector de Ultravioleta. Resultados A análise das amostras de plasma e soro revelou que os níveis de ácido siálico e malondialdeído, em ratos de ambos os sexos tratados com acrilamida de 5mg/kg/dia, foram significativamente aumentados, ao passo que os níveis séricos de ácido siálico foram maiores em ratas tratadas com 2mg/kg/dia de acrilamida. Já os níveis plasmáticos de ácido retinoico e α-tocoferol diminuíram significativamente em ratos de ambos os sexos, quando tratados com a dose mais elevada.Concl Conclusão Os resultados mostram que a acrilamida causa um aumento no estresse oxidativo e leva a uma diminuição nos níveis de ácido retinoico e α-tocoferol, que desempenham um papel no mecanismo de defesa contra esse estresse.
Descritores: Acrilamida
-Tretinoína
Biomarcadores
Ratos Wistar
Estresse Oxidativo
Ácido N-Acetilneuramínico
Tocoferóis
Malondialdeído
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  2 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-680455
Autor: Costa-Singh, Tainara; Bitencourt, Thiago Bergler; Jorge, Neuza.
Título: Caracterização e compostos bioativos do óleo da castanha-de-cutia (Couepia edulis) / Physical-chemical characterization of bioactive compounds of the oil from cutia nut (Couepia edulis)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;71(1):61-8, jan.-mar. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O óleo da castanha-de-cutia (Couepia edulis) foi extraído por prensagem a frio e caracterizado físico quimicamente por meio de métodos analíticos padrão para óleos e gorduras. Foram avaliados o teor de ácidos graxos livres, os índices de acidez, de peróxidos, de iodo, de refração e de saponificação e a matéria insaponificável. A estabilidade oxidativa foi determinada com o uso do equipamento Rancimat; o perfil de ácidos graxos, por cromatografia gasosa e por ressonância magnética nuclear de prótons (RMN-H1) por espectrometria. A análise da composição de tocoferóis foi realizada em cromatografia líquida de alta eficiência, e dos compostos fenólicos totais, por espectrofotometria UV-Vis. Por se tratar de óleo prensado a frio, os resultados dos índices de acidez e de peróxidos confirmaram a estabilidade das amostras prensadas, uma vez que o processo não interfere na qualidade do óleo. Quanto à composição química de ácidos graxos, evidenciaram-se maior percentual de ácidos graxos insaturados, aproximadamente 52,78%, e a presença de ácidos graxos conjugados. O óleo apresentou ainda relevante teor de compostos fenólicos totais, os quais constituem fonte viável de α- e γ-tocoferóis. Por ser fonte de compostos bioativos, há perspectivas de uso do óleo da castanha-de-cutia como matéria-prima para indústrias químicas e farmacêuticas.
Descritores: Fenômenos Químicos
Cromatografia Gasosa
Tocoferóis
Óleos
Responsável: BR76.1 - Biblioteca


  3 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-946986
Autor: Camili, Elisangela Clarete; Rodrigues, João Domingos; Ono, Elizabeth Orika.
Título: Giberelina, citocinina e auxina na qualidade química de bagas de uva 'Superior Seedless' / Gibberellin, citocinin and auxin on chemical quality of 'Superior Seedless' grape berries
Fonte: Biosci. j. (Online);29(6):1761-1770, nov./dec. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os experimentos foram conduzidos no município de Juazeiro/BA com a finalidade de avaliar o efeito de reguladores vegetais compostos por giberelina, citocinina e auxina na qualidade química de bagas de uva do cultivar Superior Seedless. No primeiro ensaio estudaram-se os efeitos de Stimulate (biorregulador) e X-Cyte (citocinina) associado a uma nova formulação comercial de giberelina (N-Large) e ao Pro-Gibb, produto usualmente utilizado como fonte de giberelina, aplicados via pulverização na fase de desenvolvimento das bagas (18, 21, 51 e 56 dias após a poda de produção). Para tanto se empregou os seguintes tratamentos: T1: Pro-Gibb; T2: Stimulate (Dose 1); T3: Stimulate (Dose 2); T4: Stimulate (Dose 3); T5: Pro-Gibb + X-Cyte (Dose Baixa - DB); T6: Pro-Gibb + X-Cyte (Dose Média - DM); T7: Pro-Gibb + X-Cyte (Dose Alta - DA); T8: N-Large; T9: N-Large + X-Cyte (DB); T10: N-Large + X-Cyte (DM); T11: N-Large + X-Cyte (DA). O segundo ensaio teve por objetivo verificar o efeito da nova formulação de giberelina (N-Large) associada ou não a citocinina (X-Cyte) também aplicados via pulverização direcionada aos cachos na fase de desenvolvimento das bagas (17, 55 e 66 dias após a poda de produção). Assim, os seguintes tratamentos foram empregados: T1: Pro-Gibb; T2: N-Large (DB); T3: N-Large (DM); T4: N-Large (DA); T5: N-Large (DB) + X-Cyte (DB); T6: N-Large (DB) + X-Cyte (DM); T7: N-Large (DB) + X-Cyte (DA); T8: N-Large (DM) + X-Cyte (DB); T9: N-Large (DM) + X-Cyte (DM); T10: N-Large (DM) + X-Cyte (DA); T11: N-Large (DA) + X-Cyte (DB); T12: N-Large (DA) + X-Cyte (DM); T13: N-Large (DA) + X-Cyte (DA). O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições, onde se considerou cada parcela uma repetição com três plantas úteis na mesma linha de plantas. Por ocasião da colheita, momento em que a média dos cachos apresentava teor de sólidos solúveis superior a 15 ºBrix, foram retiradas bagas para as análises de sólidos solúveis, pH, acidez titulável e, cálculo do ratio (SS/AT). Em ambos os ensaios os reguladores vegetais avaliados não proporcionaram alterações significativas nas características químicas das bagas de uva 'Superior Seedless'. Assim, a ausência de diferença de resposta entre o produto comercialmente empregado (Pro-Gibb) e os demais testados (Stimulate, X-Cyte e N-Large) os torna promissores no cultivo da uva 'Superior Seedless', fornecendo maior número de alternativas aos produtores da região do Vale do São Francisco.

Trials were carried out in Juazeiro, Bahia State, Brazil, aiming to test plant regulators composed by gibberellin, cytokine and auxin effects on chemical quality of Superior Seedless grape berries. The first trial studied the effects of Stimulate (bio regulator) and X-Cyte (cytokine) associated to a new gibberellin formulation (N-Large ) and associated to Pro-Gibb , which is a product used as source of gibberellin. Products were sprayed at berries development phase (18, 21, 51 and 56 days after spur-pruning). Treatments were: T1: Pro-Gibb ; T2: Stimulate (Dose 1); T3: Stimulate (Dose 2); T4: Stimulate (Dose 3); T5: Pro-Gibb + X-Cyte (Low Dose - DB); T6: Pro-Gibb + X-Cyte (Intermediate Dose - DM); T7: Pro-Gibb + X-Cyte (High Dose - DA); T8: N-Large ; T9: N-Large + X-Cyte (DB); T10: N-Large + X-Cyte (DM); T11: N-Large + X-Cyte (DA). The second trial aimed to assess the effect of the new gibberellin formulation (N-Large ) associated or not with cytokine (X-Cyte ) also sprayed straight over the bunches at berries development phase (17, 55 e 66 days after spur-pruning). Treatments were: T1: Pro-Gibb - blank; T2: N-Large (DB); T3: N-Large (DM); T4: N-Large (DA); T5: N-Large (DB) + X-Cyte (DB); T6: N-Large (DB) + X-Cyte (DM); T7: N-Large (DB) + X-Cyte (DA); T8: N-Large (DM) + X-Cyte (DB); T9: N-Large (DM) + X-Cyte (DM); T10: N-Large (DM) + X-Cyte (DA); T11: N-Large (DA) + X-Cyte (DB); T12: N-Large (DA) + X-Cyte (DM); T13: N-Large (DA) + X-Cyte (DA). Experimental design was random blocks with four repetitions with each repetition/parcel having three useful plants in the same row. At harvest, when bunches average had soluble solids over 15 ºBrix, berries were collected for soluble solids, pH, titratable acidity analysis as well as (SS/AT) ratio calculation. In both trials, plant regulators evaluated did not provide significant changes on chemical quality of 'Superior Seedless' grape berries. Therefore, the lack of differences on response between the commercially used product (Pro-Gibb) and the other
Descritores: Reguladores de Crescimento de Planta
Vitis
Citocininas
Giberelinas
-Produtos Agrícolas
Tocoferóis
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  4 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-497792
Autor: Angelo, Priscila Milene; Jorge, Neuza.
Título: Compostos fenólicos em alimentos: uma breve revisão / Phenolic compounds in foods: a brief review
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;66(1):1-9, jan.-abr. 2007. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os compostos fenólicos são estruturas químicas que representam hidroxilas e anéis aromáticos, nas formas simples ou de polímeros, que os confere o poder antioxidante. Esses compostos podem ser naturais ou sintéticos. Quando presentes em vegetais podem estar em formas livres ou complexadas a acúçares e proteínas. Dentre eles, destacam-se os flavonóides, os ácidos fenólicos, os taninos e os tocoferóis como os antioxidantes fenólicos mais comuns de fonte natural. Considerando-se a importância dos compostos fenólicos, o presente trabalho apresenta uma revisão sobre os fenólicos mais comuns em plantas e as principais metodologias usadas em análises de alimentos, na idendificação e quantificação desses compopstos. Há ainda a necessidade de estabelecer uma investigação sistemática para preparação de amostra e na determinação de fenólicos em alimentos, uma vez que as metologias correntemente utilizadas para análise de fenólicos não são totalmente padronizadas, tampouco divulgadas por orgãos oficias.
Descritores: Antioxidantes
Análise de Alimentos
Flavonoides
Taninos
Tocoferóis
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Baiäo, N. C
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747049
Autor: Pompeu, M. A; Baião, N. C; Lara, L. J. C; Rocha, J. S. R; Cardeal, P. C; Baião, R. C; Pereira, L. F. P; Teixeira, M. P. F; Barbosa, V. M; Cunha, C. E.
Título: Desempenho de frangos de corte alimentados com diferentes níveis de suplementação de vitamina E / Effect of vitamin E supplementation on the performance of broiler chickens
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):506-510, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.
Resumo: Objetivou-se a avaliação dos efeitos dos níveis de suplementação de vitamina E na ração para frangos de corte sobre o desempenho na fase inicial (um a 21 dias de idade) e de crescimento (21 a 39 dias de idade). Os tratamentos foram definidos pelos níveis de suplementação de vitamina E (DL-α tocoferol). As quantidades adicionadas às rações foram: 10; 30; 50; 75 e 100mg de vitamina E para cada kg de ração. Na fase inicial (experimento I), o menor nível de suplementação de vitamina E mostrou-se superior aos demais, apresentando efeito significativo (P≤0,05) sobre o peso médio aos 21 dias de idade e ganho de peso de um a 21 dias de idade. Na fase de crescimento (experimento II), não houve efeito significativo (P>0,05) dos níveis de suplementação de vitamina E sobre as variáveis estudadas. O nível mínimo de suplementação de vitamina E testado (10mg/kg) é suficiente para atender às exigências dos frangos de corte machos sobre o desempenho.(AU)

This study aimed to evaluate the effect of vitamin E supplementation on the performance of broiler chickens in the initial and growth phase, from one to 21 and 21 to 39 days of age, respectively. Five increasing levels of DL-α tocopherol supplementation (10, 30, 50, 75 and 100mg to each kg of diet) were added to the diet. In the initial phase (experiment I), the lowest vitamin E level was superior by presenting significant effect (P≤0.05) on body weight at 21 days of age and weight gain from one to 21 days old. In the growth phase (experiment II), there was no significant effect (P>0.05) of vitamin E supplementation on the variables studied. The minimum level of vitamin E supplementation tested is sufficient to attend the requirements of male broiler chickens.(AU)
Descritores: Vitamina E/administração & dosagem
Ganho de Peso
Galinhas/crescimento & desenvolvimento
Suplementos Nutricionais
Tocoferóis
Ração Animal/análise
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1048598
Autor: Souza, Jackson Mirellys Azevêdo; Leonel, Sarita; Silva, Marcelo de Souza; Ferreira, Rafael Bibiano; Ferraz, Rafael Augusto; Modesto, Joyce Helena; Tecchio, Marco Antonio.
Título: Use of plant growth regulators in fig tree seedling s 'roxo de valinhos' / Uso de reguladores vegetais em mudas de figueira 'Roxo de Valinhos'
Fonte: Biosci. j. (Online);35(2):441-449, mar./apr. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: The application of plant growth regulators can promote better development of the seedlings, essential for the success of fruit growing. The current study aims to evaluate the use of plant growth regulators in fig tree seedlings 'Roxo de Valinhos'. The experiment was carried out in a suspended nursery covered with plastic, using rooted cuttings of the cultivar Roxo de Valinhos. Four applications were made with a commercial product, known as Stimulate®, at doses of 0, 50, 100, 150, and 200 mL L-1. Using a randomized block experimental design, the study was subdivided into plots (doses X days of the last application [after 0, 7, 14 and 21]). The following traits were evaluated: stem and root length; stem diameter; root volume; leaf number; leaf area; stem, leaf and root dry mass; specific leaf area, leaf weight ratio; leaf area ratio; and chlorophyll total. Results indicated that the product promoted greater seedlings development at a dose range from 100 to 150 mL L-1. Different dose levels did not vary according to the days after product application. Furthermore, using such technique enabled seedlings of higher quality and vigour.

A aplicação de reguladores vegetais pode configurar uma técnica viável para promoção do melhor desenvolvimento das mudas, imprescindível para o sucesso da fruticultura. Deste modo, objetivou-se avaliar o uso de reguladores vegetais na produção de mudas da figueira 'Roxo de Valinhos'. O experimento foi realizado em viveiro suspenso com cobertura plástica, utilizando-se estacas enraizadas da cultivar Roxo de Valinhos. Foram realizadas quatro aplicações com o produto comercial Stimulate® nas concentrações de 0, 50, 100, 150, e 200 mL L-1. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados com parcelas subdivididas [concentrações X épocas de avaliação (após 0, 7, 14 e 21 dias da última aplicação)]. Avaliou-se: comprimento do ramo e da maior raiz; diâmetro do ramo; volume de raízes; número de folhas e área foliar; massa seca de folhas, ramos e raízes; área específica foliar, razão de peso foliar e razão da área foliar; e teores de clorofila total. O uso do produto, nas concentrações de 100 a 150 mL L-1, promoveu maior desenvolvimento das mudas. O efeito das diferentes doses não variou em função dos dias após aplicação do produto. O uso de tal técnica permite a obtenção de mudas de maior qualidade e vigor.
Descritores: Ficus
Citocininas
Tocoferóis
Giberelinas
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  7 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-797974
Autor: Lim, Kiatlin; Yap, Adrian U-Jin; Agarwalla, Shruti Vidhawan; Tan, Keson Beng-Choon; Rosa, Vinicius.
Título: Reliability, failure probability, and strength of resin-based materials for CAD/CAM restorations
Fonte: J. appl. oral sci;24(5):447-452, Sept.-Oct. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National University of Singapore.
Resumo: ABSTRACT Objective: This study investigated the Weibull parameters and 5% fracture probability of direct, indirect composites, and CAD/CAM composites. Material and Methods: Discshaped (12 mm diameter x 1 mm thick) specimens were prepared for a direct composite [Z100 (ZO), 3M-ESPE], an indirect laboratory composite [Ceramage (CM), Shofu], and two CAD/CAM composites [Lava Ultimate (LU), 3M ESPE; Vita Enamic (VE), Vita Zahnfabrik] restorations (n=30 for each group). The specimens were polished, stored in distilled water for 24 hours at 37°C. Weibull parameters (m= modulus of Weibull, σ0= characteristic strength) and flexural strength for 5% fracture probability (σ5%) were determined using a piston-on-three-balls device at 1 MPa/s in distilled water. Statistical analysis for biaxial flexural strength analysis were performed either by both one-way ANOVA and Tukey's post hoc (α=0.05) or by Pearson's correlation test. Results: Ranking of m was: VE (19.5), LU (14.5), CM (11.7), and ZO (9.6). Ranking of σ0 (MPa) was: LU (218.1), ZO (210.4), CM (209.0), and VE (126.5). σ5% (MPa) was 177.9 for LU, 163.2 for CM, 154.7 for Z0, and 108.7 for VE. There was no significant difference in the m for ZO, CM, and LU. VE presented the highest m value and significantly higher than ZO. For σ0 and σ5%, ZO, CM, and LU were similar but higher than VE. Conclusion: The strength characteristics of CAD/ CAM composites vary according to their composition and microstructure. VE presented the lowest strength and highest Weibull modulus among the materials.
Descritores: Zircônio/química
Desenho Assistido por Computador
Silicatos/química
Dióxido de Silício/química
Resinas Compostas/química
Cimentos de Resina/química
Tocoferóis/química
Restauração Dentária Permanente/métodos
-Valores de Referência
Estresse Mecânico
Propriedades de Superfície
Resistência à Tração
Fatores de Tempo
Fraturas dos Dentes
Teste de Materiais
Microscopia Eletrônica de Varredura
Probabilidade
Reprodutibilidade dos Testes
Análise de Variância
Maleabilidade
Falha de Restauração Dentária
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1002239
Autor: Morsy, Mohamed Darwesh; Bashir, Salah Omar; Al-Agamy, Dalia Fathy; Diaa, Hesham Ahmed.
Título: Protective effect of combined melatonin and alpha-tocopherol administration in spinal cord ischemia-reperfusion injury in rat / Efecto protector de la administración combinada de melatonina y alfa-tocoferol en la lesión por isquemia-reperfusión de la médula espinal en ratas
Fonte: Int. j. morphol;37(2):428-437, June 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: King Khalid University.
Resumo: Oxidative stress and inflammation are the key players in the development of motor dysfunction post-spinal cord ischemic reperfusion injury (SC-IRI). This study investigated the protective effect of concomitant pre-administration of melatonin and alpha-tocopherol on the early complications (after 48 hours) of spinal cord IRI injury in rats. Melatonin or α-tocopherol were preadministered either individually or in combination for 2 weeks, then rats were exposed SC-IRI. Neurological examinations of the hind limbs and various biochemical markers of oxidative stress and inflammation in the SC tissue were assessed. Solely pre-administration of either melanin or α-tocopherol significantly but partially improved motor and sensory function of the hind limbs mediated by partial decreases in SC levels of MDA, AOPP and PGE2 levels and activities of SOD, partial significant decreases in plasma levels of total nitrate/nitrite and significant increases in AC activity of GSH-Px. However, combination therapy of both drugs resulted in the maximum improvements in all neurological assessments tested and biochemical endpoints. In conclusion, by their synergistic antioxidant and antiinflammatory actions, the combination therapy of melatonin and α-tocopherol alleviates SC-IRI induced paraplegia.

El estrés oxidativo y la inflamación son claves en el desarrollo de la disfunción motora posterior a lesión isquémica de la médula espinal (SC-IRI). Este estudio investigó acerca del efecto protector de la administración previa concomitante de la melatonina y alfa-tocoferol en las complicaciones tempranas (después de 48 horas) de la lesión de IRI de la médula espinal en ratas. La melatonina o el α-tocoferol se administraron individualmente o en combinación durante 2 semanas, luego las ratas fueron expuestas a SC-IRI. Se evaluaron los exámenes neurológicos de las miembros pélvicos y diversos marcadores bioquímicos de estrés oxidativo e inflamación en el tejido subcutáneo. Solo la administración previa de melatonina o α-tocoferol mejoró parcial y significativamente la función motora y sensorial de los miembros pélvicos mediadas por disminuciones parciales en los niveles de SC de los niveles de MDA, AOPP y PGE2 y las actividades de la SOD, disminuciones significativas parciales en los niveles plasmáticos del total nitrato / nitrito y aumentos significativos en la actividad de AC de GSH-Px. Sin embargo, se observaron los mejores resultados durante la combinación de ambos fármacos en todas las evaluaciones neurológicas y en los puntos finales bioquímicos. En conclusión, debido a sus acciones antioxidantes y antiinflamatorias sinérgicas, la terapia de melatonina y α-tocoferol alivia la paraplejía inducida por SC-IRI.
Descritores: Traumatismo por Reperfusão/tratamento farmacológico
Isquemia do Cordão Espinal/tratamento farmacológico
Melatonina/administração & dosagem
Antioxidantes/administração & dosagem
-Paraplegia
Medula Espinal/efeitos dos fármacos
Medula Espinal/patologia
Dinoprostona/sangue
Ratos Sprague-Dawley
Estresse Oxidativo/efeitos dos fármacos
Tocoferóis/farmacologia
Melatonina/farmacologia
Nitritos/sangue
Antioxidantes/farmacologia
Limites: Animais
Ratos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  9 / 25 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Texto completo
Id: lil-696421
Autor: Monge-Rojas, Rafael; Campos Nunes, Hannia.
Título: Tabla de composicion de alimentos de Costa Rica: carotenoides y tocoferoles / Food composition table of Costa Rica: carotenoids and tocopherols.
Fonte: Tres Rios; Inciensa; 2013. 38 p. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Alimentos
Análise de Alimentos
Carotenoides
Neoplasias/prevenção & controle
Tabela de Composição de Alimentos
Tocoferóis
-Desnutrição
Epidemiologia
Responsável: BR1.1 - BIREME
BR1.1/4041.00


  10 / 25 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-965620
Autor: Arguello, Fernando Augusto Paes de Barros; Zervoudakis, Luciana Keiko Hatamoto; Zervoudakis, Joanis Tilemahos; Júnior, Moacir Ferreira Duarte; Tsuneda, Pedro Paulo; Marinho, Walter Augusto dos Santos; Silva, Luis Eduardo Senra e; Moraes, Juliana de Oliveira; Barbosa, Eleonora Araújo.
Título: Efeito da suplementação oral de selênio e tocoferol sobre a membrana plasmática espermática em touros da raça Brangus / Effect of oral supplementation of selenium and tocopherol on the spermatic plasma membrane in Brangus bulls
Fonte: Rev. bras. ciênc. vet;24(3):157-161, jul- set. 2017. il..
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se com o estudo avaliar o efeito da suplementação dietética com selênio e tocoferol sobre a integridade da membrana espermática e qualidade do sêmen fresco e criopreservado em reprodutores bovinos da raça Brangus. Foi avaliado o sêmen de 17 animais que foram divididos em grupo controle (GC) e grupo suplementados por via oral com 400 UI Tocoferol e 0,45 mg Selênio (GS). Os dados foram analisados através da Anova com nível de 5% de significância. Foi observado efeito significativo da suplementação sobre a integridade de membrana plasmática no sêmen fresco (GC 26,70% vs GS 35,71%; p=0.0164) e sêmen criopreservado (GC 8,74% vs GS 11,36%; p=0,0213). A suplementação, com selênio e tocoferol, promoveu efeito positivo sobre a integridade da membrana espermática dos animais da raça Brangus.
Descritores: Selênio
Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
Tocoferóis
Dieta
Limites: Bovinos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR409.1 - Biblioteca



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde