Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.383.742.175 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 130 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 130 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097411
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.
Título: Informe diário de evidências COVID-19: busca realizada entre 24 e 26 de abril de 2020 / COVID-19 daily evidence report: search conducted between April 24 and 26, 2020.
Fonte: Brasília; s.n; 26 abr. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 25 artigos e 47 protocolos.
Descritores: Pneumonia Viral/tratamento farmacológico
Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico
Betacoronavirus/efeitos dos fármacos
-Avaliação da Tecnologia Biomédica
Hidrocortisona/uso terapêutico
Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico
Vacinas/uso terapêutico
Oxigenação por Membrana Extracorpórea/instrumentação
Cloroquina/uso terapêutico
Estudos Transversais/instrumentação
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Azitromicina/uso terapêutico
Ritonavir/uso terapêutico
Dipiridamol/uso terapêutico
Combinação de Medicamentos
Lopinavir/uso terapêutico
Hidroxicloroquina/uso terapêutico
Anticoagulantes/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Estudo de Avaliação
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-601811
Autor: Siqueira, Maria Eduarda Menezes de; Segundo Neto, Erly Medeiros Vieira; Kelendjian, Juliana Fernandes; Smanio, Paola Emanuela Pogio.
Título: Valor diagnóstico da cintilografia miocárdica em pacientes com doença coronariana multiarterial / Diagnostic value of myocardial radionuclide imaging in patients with multivessel coronary disease
Fonte: Arq. bras. cardiol;97(3):194-198, set. 2011. graf, tab.
Idioma: pt.
Resumo: FUNDAMENTO: A cintilografia de perfusão miocárdica (CPM) é um método não invasivo extremamente útil na avaliação de isquemia em portadores de doença coronária. Entretanto, persiste o conceito de que não seria um bom método para os portadores de doença coronária multiarterial. OBJETIVO: Avaliar o valor da CPM com gated-SPECT na identificação de isquemia induzida por estresse farmacológico em pacientes com diagnóstico de doença coronária obstrutiva multiarterial. MÉTODOS: Foram incluídos 68 pacientes com diagnóstico de doença coronária obstrutiva multiarterial pela cineangiocoronariografia (cine) para realização de CPM sob estímulo farmacológico com dipiridamol. Os exames foram analisados por dois médicos nucleares sem prévio conhecimento do resultado da cine. RESULTADOS: Dos pacientes, 64 (92,8 por cento) apresentaram alteração nas imagens de perfusão e 4 (7,2 por cento) apresentaram perfusão normal, sendo que, destes, três apresentaram alterações funcionais na análise do gated-SPECT. CONCLUSÃO: A CPM mostrou-se de grande valor na identificação de pacientes portadores de doença coronária multiarterial, já que a maioria dos pacientes apresentou alterações perfusionais sugestivas de isquemia.

BACKGROUND: Myocardial perfusion radionuclide imaging (MPRI) is a noninvasive method extremely useful for evaluating ischemia in patients with coronary disease. However, the idea that this method would not be effective for patients with multivessel coronary disease is still entertained. OBJECTIVE: Assess the value of MPRI with gated-SPECT for tracing pharmacological stress-induced ischemia in patients with multivessel obstructive coronary disease. METHODS: We evaluated 68 patients with multivessel obstructive coronary disease applying coronary angiography for performing MPRI under pharmacologic stress with dipyridamole. The tests were analyzed by two nuclear medicine physicians without prior knowledge of the result of the coronary angiography. RESULTS: Gated-SPECT revealed that, out of the patients, 64 (92.8 percent) showed images of perfusion abnormalities and 4 (7.2 percent) showed normal perfusion, given that three of the latter showed functional changes. CONCLUSION: MPRI has shown high value for identifying patients with multivessel coronary disease, since most patients had perfusion abnormalities indicative of ischemia.
Descritores: Tomografia Computadorizada por Emissão de Fóton Único de Sincronização Cardíaca
Doença da Artéria Coronariana
Dipiridamol
Coração
Imagem de Perfusão do Miocárdio
Vasodilatadores
-Doença da Artéria Coronariana/patologia
Vasos Coronários
Estudos Transversais
Eletrocardiografia
Disfunção Ventricular Esquerda
Limites: Feminino
Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Alves, Alexandre
Texto completo
Texto completo
Id: lil-470049
Autor: Smanio, Paola Emanuela Poggio; Carvalho, Antonio Carlos; Tebexreni, Antonio Sergio; Thom, Anneliese; Rodrigues, Filadelfo; Meneghelo, Romeu; Mastrocolla, Luiz; Alves, Alexandre; Piegas, Leopoldo Soares; Paola, Angelo Amato de.
Título: Doença arterial coronariana em diabéticas do tipo 2 assintomáticas: estudo comparativo entre o teste ergométrico, o teste cardiopulmonar e a cintilografia de perfusão miocárdica com dipiridamol na identificação de isquemia / Coronary artery disease in asymptomatic type-2 diabetic women: a comparative study between exercise test, cardiopulmonary exercise test, and dipyridamole myocardial perfusion scintigraphy in the identification of ischemia
Fonte: Arq. bras. cardiol;89(5):290-297, nov. 2007. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: FUNDAMENTO: A doença cardiovascular é a principal causa de morbi-mortalidade nos diabéticos. A isquemia do miocárdio é freqüentemente assintomática levando ao diagnóstico tardio e pior prognóstico. Sabe-se que a mulher diabética tem risco de morte cardiovascular maior em relação ao sexo masculino. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de doença arterial coronariana (DAC) em diabéticas assintomáticas. Comparar os resultados do teste ergométrico (TE), do teste cardiopulmonar (TCP) e da cintilografia do miocárdio sob estímulo farmacológico com dipiridamol (CM) com os achados da cinecoronariografia (CINE) verificando o método de maior acurácia na identificação de DAC significativa. MÉTODOS: Foram avaliadas 104 diabéticas que realizaram TE, TCP e CM no período de dois meses da CINE. As cintilografias com MIBI-99mTc foram realizadas pela técnica de gated-SPECT. A análise estatística foi realizada pelos testes x² de Pearson e t de Student, sendo realizada, ainda, análise de regressão logística. RESULTADOS: A prevalência de DAC no grupo estudado foi de 32,7 por cento. No TE, o teste eficaz (p=0,045), a incompetência cronotrópica (p=0,031) e o tempo de esforço realizado (p=0,022) apresentaram associação significativa com DAC. No TCP, o VO2pico e a FC atingida apresentaram associação com DAC (p=0,004 e p=0,025). A maioria das variáveis da CM mostrou importante associação com DAC (todas com p=0,001). CONCLUSÃO: Os resultados obtidos sugerem elevada prevalência de DAC em pacientes diabéticas assintomáticas, devendo ser essa uma população investigada do ponto de vista cardiovascular. Dos métodos diagnósticos não-invasivos que foram empregados, o que mostrou ter maior poder de discriminação em relação às portadoras de DAC foi a CM com dipiridamol.

BACKGROUND: Cardiovascular disease is the leading cause of morbidity and mortality among diabetic individuals. Myocardial ischemia is frequently asymptomatic, thus leading to a late diagnosis and worse prognosis. Diabetic women are known to have a cardiovascular death risk higher than that in men. OBJECTIVE: To assess the prevalence of coronary artery disease (CAD) in asymptomatic diabetic women. To compare the results of exercise test (ET), cardiopulmonary exercise test (CPET), and dipyridamole myocardial perfusion scintigraphy (MPS) with the findings of coronary angiography, (ANGI) in order of identify the most accurate method in the detection of significant CAD. METHODS: A total of 104 diabetic women were assessed with ET, CPET and MPS in the period within two months from the ANGI. MIBI-99mTc scintigraphy was performed using the gated-SPECT technique. Pearson's chi-square, Student's t tests were used for the statistical analysis and also the logistic regression analysis. RESULTS: The prevalence of CAD in the group studied was 32.7 percent. For the ET, an effective test (p=0.045), the chronotropic incompetence (p=0.031), and the exercise time performed (p=0.022) showed a significant association with DAC. For CPET, peak VO2 and HR achieved were associated with CAD (p=0.004 and p=0.025, respectively). Most of the MPS variables showed a significant association with CAD (p=0.001, for all). CONCLUSION: The results obtained may suggest a high prevalence of CAD in diabetic women. Thus, this population should be investigated from the cardiovascular point of view even without cardiac symptom. Of the noninvasive diagnostic methods used, dipyridamole MPS was the one that showed the highest discrimination power in relation to diabetic women with CAD.
Descritores: Doença da Artéria Coronariana
/complicações
DIABETES MELLITUS, TYPE TEMEFOS/complicações
Angiopatias Diabéticas
Dipiridamol
Vasodilatadores
-Brasil/epidemiologia
Distribuição de Qui-Quadrado
Angiografia Coronária/normas
Doença da Artéria Coronariana/epidemiologia
Angiopatias Diabéticas/epidemiologia
Teste de Esforço/normas
Isquemia Miocárdica/epidemiologia
Isquemia Miocárdica
Prevalência
Compostos Radiofarmacêuticos
Limites: Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id: lil-115170
Autor: Zular, Artur; Oliveira, Creso Benedito da Conceiçäo; Deila Togna, Dorival Júlio; Orozco Bermudez, Cesar Walter.
Título: Diagnóstico de insuficiência coronariana com dipiridamol / Diagnosis of the congestive heart failure with dipiridamol.
Fonte: s.l; s.n; 1989. 57 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Vasodilatadores
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Dipiridamol
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico
Circulação Coronária/diagnóstico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR79.1 - CIC - Centro de Informação Cardiovascular Mendonça de Barros
BR79.1/MWG370/E68d


  5 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-538332
Autor: Szarf, Gilberto; Azevedo, Guilherme Sant'Anna A; Pinto, Ibraim M; Fernandes, Juliano de Lara.
Título: Ressonância magnética cardiovascular na doença arterial coronária / Role of cardiovascular magnetic resonance in coronary artery disease
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;19(3):303-312, jul.-set. 2009. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: A ressonância magnética cardiovascular avançou de forma bastante rápida na última década, sobretudo na avaliação da doença arterial coronaria. Com o advento de técnicas de imagem cada vez mais rápidas e com maior resolução espacial, hoje é possível à ressonância avaliar diversos componentes da doença arterial coronária em um único exame de curta duração. Destacam-se nesta avaliação a possibilidade de estudar a perfusão miocárdica para detecção da relevância funcional de estenoses coronárias, a avaliação de contratilidade em repouso e no repouso e no estresse farmacológico com dobutamina, e a presença ou ausência de viabilidade miocárdica. Além de integrar todos esses elementos diagnósticos em um único exame com alta sensibilidade e especificidade, a ressonância magnética cardiovascular ainda fornece dados prognósticos de curto e longo prazos, tornando o método um dos mais completos para a prática clínica da avaliação da doença arterial coronária.
Descritores: Doença das Coronárias
Ecocardiografia sob Estresse
Espectroscopia de Ressonância Magnética
Isquemia Miocárdica
-Adenosina/administração & dosagem
/métodos
AVALIACAO/métodos
Dipiridamol/administração & dosagem
Dobutamina/administração & dosagem
Limites: Humanos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  6 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-414482
Autor: Piegas, Leopoldo Soares; Rossi Neto, João Manoel.
Título: Terapêutica antiplaquetária e anticoagulante / Antiplatelet and anticoagulation therapy
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;13(2):234-239, mar.-abr. 2003. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A aterosclerose é a principal base patológica para os pacientes com doença isquêmica do coração. O tratamento da angina estável tem dois propósitos maiores: o primeiro, é prevenir o óbito e o infarto, e, portanto, aumentar a "qualidade" de vida, incluindo, entre outros tratamentos, a terapêutica antiplaquetária e antitrombótica; e o segundo é reduzir os sintomas de angina e de isquemia recorrente, que deve melhorar a qualidade de vida. A aspirina deve ser usada de rotina em todos os pacientes com doença isquêmica do coração (crônica ou aguda) com ou sem sintomas manifestos e na ausência de contra-indicações. O clopidogrel é formalmente indicado na angina crônica nos casos de intolerância à aspirina. A ticlopidina não foi avaliada especificamente na doença arterial coronária crônica. O dipiridamol pode aumentar a isquemia miocárdica induzida pelo exercício, não devendo ser usado como agente antiplaquetário. A combinação de anticoagulação oral e aspirina deve ser considerada em pacientes com situações especiais, incluindo aqueles que sofreram evento cardiovascular na vigência de monoterapia com aspirina.
Descritores: Doença das Coronárias
Angina Pectoris
Anticoagulantes
Doença da Artéria Coronariana/etiologia
Doença da Artéria Coronariana/patologia
Doença da Artéria Coronariana/terapia
Inibidores da Agregação de Plaquetas/administração & dosagem
Inibidores da Agregação de Plaquetas/uso terapêutico
Isquemia Miocárdica/terapia
-Qualidade de Vida
Ticlopidina
Aspirina
Fatores de Risco
Dipiridamol
Combinação de Medicamentos
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1052559
Autor: Gomes, Rafael Alessandro Ferreira; Moreira, Isabelle Conceição Albuquerque Machado; Cardoso, Otávio Guilherme de Moraes; Melo, Alexandre Gomes de Souza; Macêdo Junior, Aluísio Roberto Andrade.
Título: Infarto Agudo do Miocárdio após Cintilografia Miocárdica com Dipiridamol / Acute myocardial infarction after myocardial scintigraphy with dipyridamole
Fonte: ABC., imagem cardiovasc;33(1):[e000RC66], 2020.
Idioma: pt.
Descritores: Vasodilatadores/efeitos adversos
Doença da Artéria Coronariana/diagnóstico por imagem
Dipiridamol/efeitos adversos
Infarto do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST/induzido quimicamente
-Cintilografia/efeitos adversos
Eletrocardiografia
Infarto do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-894876
Autor: Santeliz, Sonia; Caicedo, Peter; Giraldo, Elidiosmar; Alvarez, Carmen; Yustiz, María-Daniela; Rodríguez-Bonfante, Claudina; Bonfante-Rodríguez, Romina; Bonfante-Cabarcas, Rafael.
Título: Dipyridamole potentiated the trypanocidal effect of nifurtimox and improved the cardiac function in NMRI mice with acute chagasic myocarditis
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;112(9):596-608, Sept. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Popular Power for Science and Technology; . Universidad Centroccidental Lisandro Alvarado.
Resumo: BACKGROUND As chronic Chagas disease does not have a definitive treatment, the development of alternative therapeutic protocols is a priority. Dipyridamole (DPY) is an alternative to counteract the pathophysiological phenomena involved in Chagas cardiomyopathy. OBJECTIVE To evaluate the therapeutic efficacy of DPY associated with nifurtimox (Nfx) in epimastigote axenic cultures and in mice with acute Chagas disease. METHODS NMRI adult male mice were divided into nine groups: three healthy and six Trypanosoma cruzi-infected groups. Mice received vehicle, Nfx or DPY, alone or combined. The doses assayed were Nfx 10 and 40 mg/kg and DPY 30 mg/kg. The treatment efficacy was evaluated by clinical, electrocardiographic, parasitological, biochemical and histopathological methods. FINDINGS In vitro, DPY and Nfx had a trypanocidal effect with IC50 values of 372 ± 52 and 21.53 ± 2.13 µM, respectively; DPY potentiated the Nfx effect. In vivo, Nfx (40 mg/kg) with or without DPY had a therapeutic effect, which was reflected in the 84-92% survival rate and elimination of parasitaemia and heart tissue amastigotes. Nfx (10 mg/kg) had a subtherapeutic effect with no survival and persistence of amastigotes, inflammation and fibrosis in heart tissue; adding DPY increased the survival rate to 85%, and all tested parameters were significantly improved. MAIN CONCLUSION DPY has a trypanocidal effect in vitro and enhances the Nfx therapeutic effect in an in vivo murine model.
Descritores: Tripanossomicidas/uso terapêutico
Cardiomiopatia Chagásica/tratamento farmacológico
Dipiridamol/uso terapêutico
Nifurtimox/uso terapêutico
-Doença Aguda
Modelos Animais de Doenças
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 130 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1009348
Autor: Cruz, Fernanda Saboya; Linhares Filho, Jaime Paula Pessoa; Vieira, Marcelo Luiz Campos.
Título: Doppler-ecocardiografia na avaliação de isquemia e viabilidade / Doppler echocardiography in the evaluation of ischemia and viability
Fonte: In: Consolim-Colombo, Fernanda M; Saraiva, José Francisco Kerr; Izar, Maria Cristina de Oliveira. Tratado de Cardiologia: SOCESP / Cardiology Treaty: SOCESP. São Paulo, Manole, 2019. p.355-355.
Idioma: pt.
Descritores: Ecocardiografia sob Estresse/ética
Síndrome Coronariana Aguda/diagnóstico
Síndrome Coronariana Aguda/tratamento farmacológico
Isquemia/diagnóstico por imagem
-Ecocardiografia Doppler em Cores
Dipiridamol/administração & dosagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Livro-Texto
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt
BR44.1; WG200, C755t


  10 / 130 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-908058
Autor: Figueredo López, Matías Emilio.
Título: Manejo y tratamiento dental quirúrgico de pacientes en terapia con antiagregantes plaquetarios: revisión de la literatura / Management and dental surgical treatment of patients under antiplatelet therapy: a review of the literature
Fonte: Rev. Asoc. Odontol. Argent;105(2):70-77, jun. 2017.
Idioma: es.
Resumo: El temor a desarrollar un sangrado excesivo lleva a los especialistas a suspender el tratamiento con antiagregantes plaquetarios -de rutina en pacientes con patología cardíaca isquémica, fibrilación atrial y stents coronarios, entre otros- antes de un procedimiento quirúrgico. La interrupción pone en riesgo la vida del paciente, pues estas terapias se utilizan para la prevención de accidentes trombóticos. Este trabajo se propuso realizar una revisión bibliográfica de los pacientes en terapia con antiagregantes plaquetarios sometidos a procedimientos quirúrgicos odontológicos. Labúsqueda se efectuó por medio del portal PubMed a partir de palabras clave como exodontia, aspirin, antiplatelet therapy y clopidogrel. Se incluyeron aquellos artículos que hacen referencia a la indicación y el manejo de la terapia con antiagregantes plaquetarios –en monoterapia o terapia dual– antes deuna cirugía dentoalveolar. El riesgo de sangrado intraoperatorio es ciertamente mayoren los pacientes en terapia con antiagregantes plaquetarios. Sin embargo, el sangrado posoperatorio no lo es, puespuede ser controlado satisfactoriamente con medidas locales. Además, la prevención del peligro de sangrado no compensael riesgo de tromboembolismo que implica la suspensión dela terapia.Los procedimientos quirúrgicos en pacientes con antiagregantes plaquetarios pueden llevarse a cabo de forma segura,sin alteración o modificación de la terapia, siempre y cuando se tomen las medidas pertinentes de hemostasia, y mientras sean realizados por un profesional con la experiencia necesaria. De todas formas, se aconseja consultar al médico especialista antes de interrumpir cualquier terapia.

The fear of developing an excessive bleeding leads thespecialists to discontinue the treatment with antiplatelet drugsbefore a surgical procedure increasing the risk of thromboembolicevents in patients. These therapies are used routinely forthe prevention of thrombotic events in patients with ischemicheart disease, atrial fibrillation and coronary stents, amongothers.The aim was to review the literature about the case ofpatients under antiplatelet therapy in need of surgical dentalprocedures. The following search terms were used in PubMed:exodontia, aspirin, antiplatelet therapy, clopidogrel. Articlesthat made a reference to the indication and management ofboth mono and dual antiplatelet therapy in patients who areundergoing dentoalveolar surgery were included.The risk of intraoperative bleeding is certainly greater forpatients on therapy with antiplatelet agents. However this isnot due to postoperative bleeding that can be satisfactorilycontrolled with local measures and this increased risk is notworth the risk of thromboembolism which the interruption ofthe therapy involves.Surgical procedures in patients receiving antiplateletagents can be safely carried out without alteration or modification of the therapy. It is important to implementappropriate hemostasis measures and the procedures haveto be conducted by a dentist with adequate experience inthis type of cases. Similarly, it is advisable to consult aphysician to decide if therapy discontinuation is appropriate.
Descritores: Assistência Odontológica para Doentes Crônicos/métodos
Isquemia Miocárdica/complicações
Inibidores da Agregação de Plaquetas/uso terapêutico
Fatores de Risco
Extração Dentária/normas
-Aspirina/farmacologia
Doenças Cardiovasculares/complicações
Dipiridamol/uso terapêutico
Hemostáticos/normas
Hemorragia Bucal/prevenção & controle
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Revisão
Responsável: AR29.1 - Biblioteca



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde