Base de dados : LILACS
Pesquisa : D03.633.100.964 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 18 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 18 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-523321
Autor: Leme, Marshal Costa; Gonçalves, Gentil Ferreira; Inoe, Ana Paula; Cunha, Celso Gontijo; Pachaly, José Ricardo.
Título: Avaliação do uso de Tiletamina e Zolapezam por via epidural em cães / Assessment of the epidural use of tiletamine and zolazepam in dogs / Evaluación del uso de tiletamina y zolazepam por vía epidural en perros
Fonte: Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR;11(1):21-26, Jan-Jul. 2008. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Dez cães receberam administração epidural da associação de cloridrato de tiletamina e zolazepam, entre as vértebras L7 e S1, avaliando-se a analgesia pela observação dos padrões respiratório e comportamental, e pela aplicação dos filamentos de von Frey nos coxins plantares e ao redor do esfíncter anal externo. Não foram observadas as manifestações sistêmicas características da administração parenteral de anestésicos dissociativos, e todos os animais manifestaram completa analgesia, sendo que o emprego dos filamentos de von Frey permitiu testes de sensibilidade cutânea sem causar lesões teciduais. A técnica empregada promoveu ataxia e paresia, que perduraram por 41,25 (± 2,18) minutos, acompanhadas por relaxamento do esfíncter anal externo dos cães. Outros estudos sobre os efeitos da administração epidural da associação de cloridrato de tiletamina e zolazepam deverão ser efetuados, no que diz respeito a quantificar e qualificar a analgesia nesse período, bem como avaliar a possibilidade de realização de intervenções cirúrgicas cruentas, com essa técnica.

Ten dogs received an epidural administration of tiletamine HCl and zolazepam, between vertebrae L7 and S1. The analgesia was evaluated by observation breathing and behavioral patterns, and by the use of von Frey filaments applied to the external anal sphincter and footpads. Systemic manifestations from parenteral administration of dissociative anesthetics were not observed, and all the animals showed complete analgesia. The technique promoted ataxia and paresis which persisted for 41.25 (±2.18) minutes, followed by external anal sphincter myorelaxation. The von Frey filaments allowed cutaneous sensibility tests without causing any tissue lesion. Other investigations searching the tiletamine HCL and zolazepam effects should be performed in order to quantify and qualify the analgesia in that period, as well as to evaluate the possibility of accomplishment of painful surgical procedures with this technique.

Diez perros recibieron administración epidural de la asociación de clorhidrato de tiletamina y zolazepam, entre las vértebras L7 y S1, evaluándose la analgesia por observación de los estándares respiratorio y de comportamiento, y por la aplicación de los filamentos de von Frey en los asientos plantares y alrededor del esfínter anal externo. No fueron observadas las manifestaciones sistémicas características de la administración parenteral de anestésicos disociativos, y todos los animales manifestaron completa analgesia, siendo que el empleo de filamentos de von Frey permitió testes de sensibilidad cutánea sin causar lesiones en tejidos. La técnica empleada promovió ataxia y paresia, que perduraron por 41,25 (±2,18) minutos, acompañadas por relajamiento del esfínter anal externo de los perros. Otros estudios sobre los efectos de la administración epidural de la asociación de clorhidrato de tiletamina y zolazepam deberán ser efectuados, por lo que respecta a cuantificar y calificar la analgesia en ese período, bien como evaluar la posibilidad de realización de procedimientos quirúrgicos cruentos, con esa técnica.
Descritores: Analgesia Epidural
Cães
Tiletamina/efeitos adversos
Zolazepam/efeitos adversos
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002810
Autor: Galante, Rafaela; Carvalho, Elizabeth Regina; Muniz, José A. P. C; Castro, Paulo H. G; Gris, Vanessa Nadine; Amora Júnior, Dorli S; Vilani, Ricardo G. D'Otaviano C.
Título: Comparison between total intravenous anesthesia with propofol and intermittent bolus of tiletamine-zolazepam in capuchin monkey (Sapajus apella) / Comparação entre anestesia total intravenosa com propofol e bolus intermitente de tiletamina-zolazepam em macaco-prego (Sapajus apella)
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;39(4):271-277, Apr. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Dissociative anesthesia results in stressful and long recovery periods in monkeys and use of injectable anesthetics in medical research has to be refined. Propofol has promoted more pleasure wake up from anesthesia. The objectives of this study were to investigate the use of intravenous anesthetic propofol, establishing the required infusion rate to maintain surgical anesthetic level and comparing it to tiletamine-zolazepam anesthesia in Sapajus apella. Eight healthy capuchin monkeys, premedicated with midazolam and meperidine, were anesthetized with propofol (PRO) or tiletamine-zolazepam (TZ) during 60 minutes. Propofol was infused continually and rate was titrated to effect and tiletamine-zolazepam was given at 5mg/kg IV bolus initially and repeated at 2.5mg/kg IV bolus as required. Cardiopulmonary parameters, arterial blood gases, cortisol, lactate and quality and times to recovery were determined. Recovery quality was superior in PRO. Ventral recumbency (PRO = 43.0±21.4 vs TZ = 219.3±139.7 min) and normal ambulation (PRO = 93±27.1 vs TZ = 493.7±47.8 min) were faster in PRO (p<0.05). Cardiopulmonary effects did not have marked differences between groups. Median for induction doses of propofol was 5.9mg/kg, varying from 4.7 to 6.7mg/kg, Mean infusion rate was 0.37±0.11mg/kg/min, varying during the one-hour period. In TZ, two animals required three and five extra doses. Compared to tiletamine-zolazepam, minor post-anesthetic adverse events should be expected with propofol anesthesia due to the faster and superior anesthetic recovery. (AU)

A anestesia dissociativa em primatas resulta em recuperação anestésica lenta e estressante, e, portanto, o uso de anestesia injetável em pesquisas médicas precisa ser refinado. Por outro lado, o propofol promove recuperação mais suave. Os objetivos desse estudo foram investigar o uso do anestésico intravenoso propofol, estabelecer a taxa de infusão contínua necessária para manter anestesia cirúrgica, e comparar tal técnica com a dissociativa tiletamina-zolazepam em Sapajus apella. Oito macacos-prego saudáveis foram pré-medicados com midazolam e meperidina, e posteriormente anestesiados com propofol (PRO) ou tiletamina-zolazepam (TZ) durante 60 minutos. O propofol foi administrado em infusão contínua, e a taxa foi titulada ao efeito, já a tiletamina-zolazepam foi administrada em 5mg/kg IV como bolus inicial, e repiques de 2,5mg/kg IV conforme necessário. Os parâmetros cardiopulmonares, hemogasometria arterial, cortisol, e lactato, além da qualidade e duração da recuperação anestésica foram determinados. A qualidade da recuperação anestésica foi superior em PRO. O tempo para atingir decúbito ventral (PRO = 43,0±21,4 vs TZ = 219,3±139,7 min) e ambulação normal (PRO = 93±27,1 vs TZ = 493,7±47,8 min) foram mais rápidos em PRO (p<0,05). As variáveis cardiopulmonares não diferiram entre os grupos. A mediana para dose de indução com propofol foi de 5,9mg/kg, variando de 4,7 a 6,7mg/kg. A taxa de infusão contínua média de propofol foi de 0,37±0,11mg/kg/min, variando ao longo dos 60 minutos. Em TZ, dois animais necessitaram de três e cinco repiques. Comparado à tiletamina-zolazepam, menos efeitos adversos pós-anestésicos devem ser esperados com o propofol, devido à recuperação mais suave e rápida.(AU)
Descritores: Período de Recuperação da Anestesia
Cebus/cirurgia
Anestesia Intravenosa/métodos
Anestesia Intravenosa/veterinária
-Tiletamina/administração & dosagem
Zolazepam/administração & dosagem
Propofol/administração & dosagem
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1002798
Autor: Pereira, Sóstenes A. R. S; Henrique, Fernanda V; Medeiros, Lylian K. G; Silva, Janaina K. C; Goes, Arcanjo B; Vaz, Antônio F. M; Souza, Almir P; Nóbrega Neto, Pedro I.
Título: Anesthetic quality and cardiovascular and respiratory effects of continuous intravenous infusion of tiletamine-zolazepam in bitches / Qualidade anestésica e efeitos cardiovascular e respiratória da infusão intravenosa contínua de tiletamina-zolazepam em cadelas
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;39(3):214-220, Mar. 2019. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The objective of this study was to evaluate the quality and recovery from anesthesia promoted by the tiletamine-zolazepam (TZ) combination administered intravenously (IV) continuously in bitches pre-medicated with acepromazine. Eight cross-bred, clinically healthy bitches weighing 13.7 ±1.9kg on average were used in this study. After a food fast of 12 h and a water fast of four hours, the animals were treated with acepromazine (0.1mg/kg, intramuscular) and, after 15 minutes, anesthesia was induced with a combination of tiletamine-zolazepam (2mg/kg, IV) immediately followed by continuous IV infusion thereof at a dose of 2mg/kg/h for 60 min. The following parameters were measured in all animals immediately before administration of acepromazine (M15), immediately before anesthetic induction (M0), and at 5, 10, 20, 30, 40, 50, and 60 min after initiation of continuous infusion (M5, M10, M20, M30, M40, M50, and M60): electrocardiography (ECG), heart rate (HR), mean arterial pressure (MAP), respiratory rate (RR), body temperature (BT), and arterial hemogasometry, with the last performed only at experimental times M15, M0, M30, and M60. A subcutaneous electrical stimulator was used to evaluate the degree of analgesia. Myorelaxation and quality of anesthetic recovery were also assessed, classifying these parameters as excellent, good, and poor. Anesthetic recovery time was recorded in minutes. HR increased significantly at time M10 in relation to that at M-15, and at times M5, M10, M40, and M50 in relation to that at M0. MAP decreased significantly at M20 and M30 compared with the baseline. BT decreased significantly at M50 compared with that at M0, but no hypothermia was observed. RR showed significant reduction at M5, M10, and M20 in relation to that at M-15, and at M5 and M10 in relation to that at M0, and bradypnoea was observed during the first 20 min after anesthetic induction. Significant decreases in the PR interval at times M10, M40, and M50 were observed in relation to that at M15. Amplitude of the R wave showed significant decrease at M20 compared with that at M-15. In the other ECG parameters, no significant difference was observed between the times evaluated. Hemogasometric parameters and analgesia did not show significant alterations. Myorelaxation and quality of anesthetic recovery were considered excellent. Recovery time was 15.1±7.7 min for positioning of sternal decubitus and 45.5±23.1 minutes for return of ambulation. Continuous IV administration of TZ combination does not produce satisfactory analgesia and does not cause severe cardiorespiratory and hemogasometric effects in bitches pre-medicated with acepromazine.(AU)

Objetivou-se avaliar a qualidade e a recuperação da anestesia promovida pela associação tiletamina-zolazepam, administrada por via intravenosa (IV) contínua, em cadelas pré-medicadas com acepromazina. Foram utilizadas oito cadelas, sem raças definidas, clinicamente sadias, pesando em média 13,7±1,9kg. Após jejum alimentar de 12 horas e hídrico de quatro horas, os animais foram medicados com acepromazina (0,1mg/kg, via intramuscular) e, após 15 minutos, a anestesia foi induzida com a associação tiletamina-zolazepam (2mg/kg, IV) seguida imediatamente pela infusão IV contínua da mesma, na dose de 2mg/kg/h, durante 60 minutos. Os parâmetros que foram mensurados em todos os animais, imediatamente antes da administração da acepromazina (M-15), imediatamente antes da indução anestésica (M0) e, aos 5, 10, 20, 30, 40, 50 e 60 minutos após o início da infusão contínua (M5, M10, M20, M30, M40, M50 e M60) foram os seguintes: eletrocardiografia (ECG), frequência cardíaca (FC), pressão arterial média (PAM), frequência respiratória (f), temperatura corpórea (TC) e hemogasometria arterial, esta sendo realizada apenas nos momentos M-15, M0, M30 e M60. Para avaliação do grau de analgesia foi empregado um estimulador elétrico subcutâneo. Também se avaliou o miorrelaxamento e a qualidade da recuperação anestésica, classificando estes parâmetros em: excelente, bom e ruim. O tempo de recuperação anestésica foi registrado em minutos. A FC aumentou significativamente no momento M10 em relação ao M-15, e nos momentos M5, M10, M40 e M50 em relação ao M0. A PAM diminuiu significativamente em M20 e M30 em comparação ao valor basal. A TC diminuiu significativamente em M50 em comparação ao M0, mas não foi observada hipotermia. A f apresentou uma redução significativa nos momentos M5, M10 e M20 em relação ao M-15, e em M5 e M10 em relação ao M0, sendo observado bradipneia durante os primeiros 20 minutos após a indução anestésica. Foram observadas diminuições significativas do intervalo PR nos momentos M10, M40 e M50, em relação ao M-15. A amplitude da onda R apresentou diminuição significativa em M20 em comparação ao M-15. Nos demais parâmetros da ECG não houve diferença significativa entre os momentos avaliados. Os parâmetros hemogasométricos e a analgesia não apresentaram alterações significativas. O miorrelaxamento e a qualidade da recuperação anestésica foram considerados excelentes. O período de recuperação foi de 15,1±7,7 minutos para posicionamento do decúbito esternal e 45,5±23,1 minutos para retorno da deambulação. A administração intravenosa contínua de tiletamina-zolazepam não produz analgesia satisfatória e não causa efeitos cardiorrespiratórios e hemogasométricos severos, em cadelas pré-tratadas com acepromazina.(AU)
Descritores: Tiletamina/farmacologia
Zolazepam/farmacologia
Período de Recuperação da Anestesia
Taxa Respiratória/efeitos dos fármacos
Frequência Cardíaca/efeitos dos fármacos
Adjuvantes Anestésicos
Anestesia Intravenosa/veterinária
Acepromazina/farmacologia
Limites: Animais
Feminino
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895462
Autor: Koproski, Letícia; Pachaly, José R.
Título: Contenção farmacológica do rato-do-bambu (Dactylomys dactylinus Desmarest, 1817) e relato de ocorrência da espécie na região Sul do Brasil / Chemical restraint of the Amazon Bamboo Rat (Dactylomys dactylinus Desmarest, 1817) and of the occurrence of the species in southern Brazil
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(6):608-612, jun. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Um exemplar de rato-do-bambu (Dactylomys dactylinus) subadulto saudável do sexo feminino, de vida livre, com massa corporal de 0,32 kg, recebeu por via intramuscular, em uma única injeção, doses de tiletamina, zolazepam, xilazina e atropina calculadas por meio de extrapolação alométrica interespecífica, a partir das recomendações usuais para o cão doméstico de 10,0 kg (tiletamina/zolazepam - 5,0mg/kg, xilazina - 1,0mg/kg) e atropina - 0,05mg/kg). O rato perdeu a reação postural de endireitamento em 2,3 minutos pós-injeção (MPI) e recuperou a capacidade de deambular normalmente em 135 MPI. A frequência cardíaca variou de 360 a 188 bpm (226±62), a frequência respiratória de 128 a 112mpm (120±5), e a temperatura retal de 36,2 a 33,5°C (34,4±1,0). A analgesia e o miorrelaxamento foram considerados bons para a realização de procedimentos indolores ou pouco dolorosos de curta duração, como exame físico, colheita de material biológico, biometria, exames de imagem e marcação. A associação de fármacos permitiu a manipulação segura do animal por 63 MPI. A recuperação foi considerada satisfatória, porém prolongada. Destaca-se que este é primeiro registro de ocorrência da espécie na Região Sul do Brasil, e o primeiro relato de contenção farmacológica desse roedor neotropical.(AU)

One subadult healthy free-living female Amazon Bamboo Rat (Dactylomys dactylinus), weighting 0.32 kg, received tiletamine HCl, zolazepam HCl, xilazine HCl and atropine sulfate, combined in a single intramuscular injection. All doses were calculated by interspecific allometric scaling, using as model a 10.0 kg domestic dog (tiletamine/zolazepam -5.0mg/kg), xylazine -1.0mg/kg), and atropine - 0.05mg/kg). Immobilization occurred in 2.3 minutes after injection (MAI) and returno to normal ambulation was observed in 135 MAI. Heart rate remained between 360 and 188 beats/minute (226±62), respiratory rate between 128 and 112 breaths/minute (120±5), and body temperature ranged from 36.2 to 33.5°C (34.4±1.0). Analgesia and myorelaxation were considered good for painless or mild painful fast procedures as physical examination, biological sampling, biometrics, imaging tests and tagging. The proposed anesthetic protocol was safe and effective, allowing safe manipulation of the animal during 63 MAI. The recovery was satisfactory, but prolonged. This is the first record of the species in Southern Brazil and the first report on its chemical restraint.(AU)
Descritores: Roedores/fisiologia
Anestésicos Combinados/análise
Anestesia Geral/métodos
Anestesia Geral/veterinária
-Atropina/administração & dosagem
Tiletamina/administração & dosagem
Xilazina/administração & dosagem
Zolazepam/administração & dosagem
Limites: Animais
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-967413
Autor: Erdmann, Renato Herdina; Moreira, Nei; Cubas, Zalmir Silvino; Moraes, Wanderlei de; Oliveira, Marcos José de; Zimmermann, Marcisnei Luiz; Ribeiro, Robrigo Neca; Blank, Marcel Henrique; Parchen, Helber Daniel.
Título: Contenção farmacológica da jaguatirica, Leopardus pardalis, para coleta de sêmen, pela associação de tiletamina-zolazepam e xilazina / Chemical restraint of ocelot, Leopardus Pardalis, for semen collection with the association of tiletamine-zolazepam and xylazine
Fonte: Biosci. j. (Online);29(5-Supplement 1):1731-1737, nov. 2013. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Foram avaliados os efeitos anestésicos da associação de cloridrato de tiletamina (7 mg/kg), cloridrato de zolazepam (7 mg/kg) e cloridrato de xilazina (1 mg/kg), doses calculadas para peso estimado, aplicados por via intramuscular profunda para a contenção farmacológica de machos de jaguatirica, (Leopardus pardalis. Linnaeus, 1758) (Felidae), submetidos à coleta de sêmen por eletroejaculação. Quatro animais foram anestesiados em quatro a cinco ocasiões diferentes, com intervalo mínimo de 30 dias, totalizando 17 procedimentos. Em algumas ocasiões, quando a contenção farmacológica inicial não propiciava segurança para a manipulação do animal, foi necessária a aplicação complementar de anestésicos, sendo então administrada 1/3 da dose inicial, fato necessário em apenas três (17,64%) do total de procedimentos. Após a administração das drogas, foram monitorados durante 80 minutos parâmetros como frequência cardíaca, frequência respiratória, temperatura retal, miorrelaxamento e nocicepção. O período de latência foi de 3,56±0,55 minutos após a injeção e o tempo para recuperação foi de 169,60±12,37 minutos. Não foi evidenciada diferença estatística (p>0,05) entre os animais e os momentos avaliados para reações dolorosas, miorrelaxamento, bem como para os parâmetros: frequências respiratória e cardíaca e temperatura retal. A associação de tiletamina-zolazepam e xilazina, nas doses de 7mg/kg e 1mg/kg respectivamente, proporcionou uma boa qualidade anestésica, curto período de latência, bom período anestésico hábil e com segurança para a realização do procedimento de eletroejaculação nas jaguatiricas, com boa qualidade do sêmen obtido.

The anesthetic effects of tiletamine hydrochloride (7 mg/kg), zolazepam hydrochloride (7 mg/kg) and xylazine (1 mg/kg) association, doses calculated by the estimated weight, were evaluated after deep intramuscular injection for pharmacological restraint of male ocelot (Leopardus pardalis. Linnaeus, 1758) (Felidae), subjected to semen collection by electroejaculation. Four animals were anesthetized on four to five different occasions with an interval of 30 days, totaling 17 procedures. In some instances, when the initial pharmacological restraint was not propitiated safety for handling the animal, it was necessary to apply supplementary anesthetics, and then administered 1/3 of the initial dose, fact necessary only in three procedures (17.64%). After the injection, parameters like heart rate, respiratory rate, rectal temperature, muscle relaxation and nociception was monitored for 80 minutes. The latency period was 3.56±0.55 minutes after injection and the time for recovery was 169.60±12.37 minutes. There was no significant statistical difference (p>0.05) between the animals and moments evaluated for painful reactions, muscle relaxant, as well as for the parameters: respiratory and heart rates and rectal temperature. The combination of tiletamine-zolazepam and xylazine at doses of 1mg/kg and 7mg/kg respectively, provided a good quality of anesthesia, short latency period, good viable anesthetic period and safety to proceed the electroejaculation in ocelots, with good quality of obtained semen.
Descritores: Sêmen
Zolazepam
Felidae
Anestesia
Responsável: BR396.1 - Biblioteca Central


  6 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-768145
Autor: Dias, W. O; Nishimura, L. T; Cerejo, S. A; Oliveira, L. T; Brunelo, A. T. J; Dias Junior, W; Honsho, C. S; Mattos Junior, E; Paulino Junior, D.
Título: Avaliação do perfil eletrocardiográfico pré e trans-anestesia em lobos-guará / Evaluation of electrocardiographic profile pre and trans-anesthesic in maned wolves
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(6):1599-1606, nov.-dez. 2015. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O presente estudo tem como objetivo avaliar o efeito da administração do Zolazepam/Tiletamina nas funções cardiorrespiratórias e eletrocardiográficas em lobos-guará (Chrysocyon brachyurus) mantidos em cativeiro. Foram utilizados dez lobos-guará clinicamente saudáveis (seis machos e quatro fêmeas), com média de peso 23,5±3,5kg, e idade de 6,5±2,8 anos. Os lobos eram mantidos em cativeiro e foram capturados pelos tratadores, proporcionando o mínimo de estresse possível para avaliação dos parâmetros pré-anestésicos. Foram avaliadas frequência cardíaca e respiratória, temperatura retal, pressão arterial média e eletrocardiografia. Após coleta dos parâmetros fisiológicos e eletrocardiográficos pré-anestesia, foi administrada a dose de 5,1±0,7mg/kg de Zolazepam/Tiletamina intramuscular. Depois da anestesia, colocaram-se os eletrodos do eletrocardiograma nos membros torácicos e pélvicos. Os animais eram monitorados durante uma hora, sendo que, a cada 10 minutos, era realizado o registro dos valores eletrocardiográficos, assim como os valores dos parâmetros fisiológicos e cardiorrespiratórios. Os resultados mostraram alteração significativa na amplitude da onda P entre 10 a 50 minutos pós-anestesia. Frequência cardíaca (153±20bmp), frequência respiratória (29±6mpm), temperatura corporal (38,4±1oC), pressão arterial média (114±20mmHg) e as outras variáveis eletrocardiográficas não apresentaram alterações. O aumento da amplitude da onda P nos animais deste trabalho sugeriu um aumento atrial, oriundo de doenças cardíacas ou simplesmente pelo aumento da frequência cardíaca durante a contenção.

The aim of this study was to assess the effects of the anesthetic combination of Tiletamine/Zolazepam on the cardiorespiratory function and electrocardiographic profile in captive maned wolves (Chrysocyon brachyurus). Ten maned wolves were used in this study (6 males and 4 females). All animals were healthy, with an average body weight of 23.5±3.5kg, and age of 6.5±2.8years. The wolves were conditioned to be physically restrained by their keepers in order to minimize stress during assessment of pre-anesthetic parameters. Data on heart and respiratory rates, rectal temperature, mean arterial blood pressure and electrocardiography were collected. Pre-anesthetic physiological an eletrocardiographic parameters were collected before the administration of 5.1±0.73mg/kg Tiletamine/Zolazepam intramuscularly. Under anesthesia, electrocardiogram electrodes were placed on thoracic and pelvic limbs and eletrocardiographic data was recorded every 10 minutes for approximately one hour, totaling 6 electrocardiograms. Heart rate 153±20bmp, respiratory rate 29±6mpm, rectal temperature 38,4±1oC, mean arterial blood pressure 114±20mmHg, and the other electrocardiographic parameters did not change; however, the P wave amplitude changed from 10 to 50 minutes after anesthesia. The increase in the P wave on the animals in this study suggested an atrial increase, probably due to cardiac disease or just by increasing the heart rate during the capture.
Descritores: Pressão Arterial
Frequência Cardíaca
Taxa Respiratória
Tiletamina/análise
Lobos
Zolazepam/análise
-Anestesia/veterinária
Eletrocardiografia/veterinária
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  7 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-718779
Autor: Tannus, Lílian Faria; Eurides, Duvaldo; Guimarães, Ednaldo Carvalho; Souza, Luiz Augusto de; Souza, Rafael Rocha de.
Título: Avaliação hematológica e bioquímica renal de coelhos sob anestesia no acuponto yintang com tiletamina e zolazepam / Renal hematological and biochemical evaluation on rabbits under anesthesia at the yintang acupoint with tiletamine and zolazepam / Evaluación hematológica y bioquímica renal en conejos bajo anestesia en el acupunto yintang con tiletamina y zolacepam
Fonte: Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR;16(2):149-153, jul-dez. 2013. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Seis animais foram submetidos à farmacupuntura com tiletamina e zolazepam intramuscular (Grupo I) e seis (Grupo II) receberam 10% da dose no acuponto yintang. Os do grupo GI permaneceram em decúbito lateral. Depois de 20 minutos, dois apresentaram sonolência com capacidade de locomoção durante todo período de avaliação e um permaneceu em decúbito esternal. Todos os coelhos do grupo II apresentavam aos 20 minutos em decúbito esternal. Notou-se em ambos os grupos a presença dos reflexos corneal, auricular, interdigital e palpebral. Nos animais do GI ocorreu aumento significativo dos leucócitos e nos dois grupos observou-se aumento de eritrócitos, hematócrito e plaquetas. A associação tiletamina-zolazepam, quando administrado no acupontoyintang ocasiona modificações moderadas dos parâmetros fisiológicos e alterações hematológicas, sem alterar as funções fisiológicas dos coelhos. Os fármacos injetados no acuponto permitem à contenção química dos animais durante 20 minutos.(AU)

Six rabbits were submitted to pharmacopuncture with intramuscular tiletamine (Group I) and six (Group II) received 10% of the dose in the yintang acupoint. Group I remained in lateral recumbency. After 20 minutes, two presented drowsiness with the capacity of locomotion throughout the assessment period, and one remained in sternal recumbency. All rabbits in Group II stayed 20 minutes in sternal recumbency. In both groups, the presence of corneal, ear, eyelid and interdigital reflections could be noticed. In the animals in GI, there was a significant increase in leukocytes, and both groups presented an increase in erythrocytes, hematocrit and platelet count. The tiletamine-zolazepam association, when administered in the yintang acupoint, causes moderate changes in physiological parameters and hematological changes without altering the physiological functions of rabbits. The drugs injected at the acupoint allow the chemical restraint of animals for 20 minutes.(AU)

Seis animales fueron sometidos a farmacupuntura con tiletamina y zolacepam intramuscular (Grupo I) y seis (Grupo II) recibieron 10% de la dosis en el acupunto yintang. Los del grupo GI permanecieron en decúbito lateral. Después de 20 minutos, dos presentaron somnolencia con capacidad de locomoción durante todo el período de evaluación y uno permaneció en decúbito esternal. Todos los conejos del grupo II presentaron a los 20 minutos decúbito esternal. Se observó en ambos los grupos la presencia de reflejos corneal, auricular, interdigital y de párpado. En los animales del GI ocurrió aumento significativo de leucocitos y en los dos grupos se observó aumento de eritrocitos, hematocrito y plaquetas. La asociación de tiletamina-zolacepam, cuando administrado en el acupunto yintang provoca cambios moderados de los parámetros fisiológicos y alteraciones hematológicas, sin alterar las funciones fisiológicas de los conejos. Los medicamentos inyectados en el acupunto permiten la contención química de los animales durante 20 minutos.(AU)
Descritores: Bioquímica/classificação
Hematologia/classificação
Coelhos/sangue
Coelhos/crescimento & desenvolvimento
-Anestesia/veterinária
Tiletamina
Zolazepam/administração & dosagem
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-670960
Autor: Spolti, Pâmela; Moraes, Aury N de; Tamanho, Renato B; Gehrcke, Martielo I; Souza Júnior, Júlio C; Oleskovicz, Nilson.
Título: Efeitos da associação de tiletamina/zolazepam ou cetamina S(+)/midazolam/tramadol para contenção química em bugios-ruivos (Allouatta guariba clamitans) / Effects of tiletamine/zolazepam or S(+) ketamine/midazolam/tramadol for chemical contention in red howler monkeys (Allouatta guariba clamitans)
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;33(2):236-240, fev. 2013. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Two protocols for chemical restraint in howler-redheads were evaluated. We used 12 healthy red howler monkeys, weighing 6.4±0.4 kg, which were fasted and without water six and two hours, respectively. The animals were divided into two groups that received intramuscular injection: TZ (n=6) which received tiletamine-zolazepam (Zoletil®) at a dose of 3.6mg/kg and CEMTRA (n=6) which received ketamine S (+), tramadol and midazolan (Cemtra®, pilot batch 001/10, Ouro Fino Saúde Animal Ltda, Cravinhos/SP, Brazil, comprising 100mg/ml of ketamine S (+), tramadol 20mg/ml and 10mg/ml of midazolam) in dose of 1ml of the association for each 10kg of body weight, equivalent doses of 10mg/kg, 1mg/kg and 2mg/kg, respectively. Prior to administration of drugs (M0) were evaluated: heart rate (HR), respiratory rate (RR), rectal temperature (RT), capillary refill time (CRT), systolic arterial pressure (SAP), hemoglobin oxygen saturation (SpO2 ), presence of salivation, degree of muscle relaxation and sedation, Bispectral index (BIS) and Signal Quality BIS (SQI), interdigital pinch response and latency times, ambulation and total recovery (TRT). The parameters were reassessed M5, M10, M20, M30, M40 and M50 (5, 10, 20, 30, 40 and 50 minutes after drug administration). In TZ animals were more responsive to the interdigital pinch over time. The animals of CEMTRA showed a higher degree of muscle relaxation and sedation. The RR of CEMTRA was lower after administration of treatment at all times in relation to M0. Among the groups RR of CEMTRA was lower compared to the TZ in M2 and M4. The total time of sedation and recovery was 48±4 min and 150.1±42.1 for the CEMTRA and 38±7 and 73.1±20.6 for the TZ. We conclude that both formulations are safe for containing chemical howler, and the CEMTRA showed better sedation and muscle relaxant.

Avaliaram-se dois protocolos para contenção química em bugios-ruivos. Para tal, foram utilizados 12 macacos bugios, hígidos, com peso médio de 6,4±0,4 kg, os quais foram submetidos a jejum alimentar e hídrico de seis e duas horas, respectivamente. Os animais foram alocados em dois grupos que receberam injeção via intramuscular: TZ (n=6), os quais receberam uma associação de tiletamina e zolazepam (Zoletil®) na dose de 3,6mg/kg e CEMTRA (n=6), que receberam cetamina S(+), midazolam e tramadol (Cemtra ®, lote piloto 001/10, Ouro Fino Saúde Animal Ltda., Cravinhos, SP-Brasil, constituído por 100mg/ml de cetamina S+, 20mg/ml de tramadol e 10mg/ml de midazolam) na dose de 1ml da associação para cada 10kg de peso corporal, correspondendo às doses de 10mg/kg, 1mg/kg e 2mg/kg, respectivamente. Anteriormente a administração dos fármacos (M0) foram avaliadas: frequência cardíaca (FC) e respiratória (f), temperatura retal (TR), tempo de preenchimento capilar (TPC), pressão arterial sistólica (PAS), saturação de oxigênio na hemoglobina (SpO2), presença de salivação, grau de miorrelaxamento e sedação, índice Bispectral (BIS) e Sinal de Qualidade do BIS (SQI), resposta ao pinçamento interdigital e tempos de latência, deambulação e de recuperação total (TRT). Os parâmetros foram reavaliados em M5, M10, M20, M30, M40 e M50 (5, 10, 20, 30, 40 e 50 minutos após a administração dos fármacos). No TZ os animais foram mais responsivos ao pinçamento interdigital ao longo dos tempos. Os animais do CEMTRA apresentaram maior grau de miorrelaxamento e de sedação. A f do CEMTRA foi menor após a administração do tratamento em todos os momentos em relação ao M0. Entre grupos a f do CEMTRA foi menor em relação ao TZ em M2 e M4. Os tempos totais de sedação e de recuperação foram de 48±4 e 150,1±42,1 min para o CEMTRA e de 38±7 e 73,1±20,6 para o TZ. Conclui-se que ambas as formulações são seguras para contenção química de bugios, sendo que o CEMTRA apresentou melhor sedação e miorrelaxamento.
Descritores: Alouatta/cirurgia
Anestesia Balanceada/veterinária
Animais Selvagens/metabolismo
Sedação Profunda
Sedação Profunda/veterinária
-Ketamina/administração & dosagem
Midazolam/administração & dosagem
Tiletamina/administração & dosagem
Tramadol/administração & dosagem
Zolazepam/administração & dosagem
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 18 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-529098
Autor: Machado, E. F. A; Normand, A. C. R; Nunes, L. A. S; Brenzikofer, R; Macedo, D. V.
Título: Effects of different general anesthetics on serum hemolysis and hepatic and muscular glycogenolysis in rats
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;42(11):1035-1038, Nov. 2009. tab.
Idioma: en.
Resumo: Anesthetics can affect the structure and biological function of tissues and systems differentially. The aim of the present study was to compare three injectable anesthetics generally used in experiments with animals in terms of the degree of hemolysis and glycogenolysis occurring after profound anesthesia. Twenty-four male Wistar rats (330-440 g) were divided into three groups (N = 8): chloral hydrate (CH), ketamine + xylazine (KX), Zoletil 50® (zolazepam and tiletamine) + xylazine (ZTX). After deep anesthesia, total blood was collected. The liver and white (WG) and red gastrocnemius (RG) muscles were also immediately removed. The degree of serum hemolysis was quantified on the basis of hemoglobin concentration (g/L). Hepatic and muscular glycogen concentrations (mmol/kg wet tissue) were quantified by the phenol-sulfuric method. The CH and KX groups exhibited serum hemolysis (4.0 ± 2.2 and 1.9 ± 0.9 g/L, respectively; P < 0.05) compared to the ZTX group, which presented none. Only KX induced elevated glycogenolysis (mmol/kg wet tissue) in the liver (86.9 ± 63.2) and in WG (18.7 ± 9.0) and RG (15.2 ± 7.2; P < 0.05). The CH and ZTX groups exhibited no glycogenolysis in the liver (164.4 ± 41.1 and 176.8 ± 54.4, respectively), WG (28.8 ± 4.4, 32.0 ± 6.5, respectively) or RG (29.0 ± 4.9; 25.3 ± 8.6, respectively). Our data indicate that ZTX seems to be an appropriate general anesthetic for studies that seek to simultaneously quantify the concentration of glycogen and serum biochemical markers without interferences. ZTX is reasonably priced, found easily at veterinary markets, quickly induces deep anesthesia, and presents a low mortality rate.
Descritores: Anestésicos Gerais/farmacologia
Glicogenólise/efeitos dos fármacos
Hemólise/efeitos dos fármacos
Glicogênio Hepático/metabolismo
Músculos/efeitos dos fármacos
-Biomarcadores/análise
Combinação de Medicamentos
Ketamina/farmacologia
Músculos/enzimologia
Ratos Wistar
Tiletamina/farmacologia
Xilazina/farmacologia
Zolazepam/farmacologia
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 18 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-506663
Autor: Juvenal, Julio C; Erdmann, Renato H; Moreira, Nei; Moraes, Wanderlei de; Cubas, Patrícia H; Delgado, Luis E. S; Carvalho, Anderson L; Pachaly, José R.
Título: Contenção farmacológica do gato-do-mato-pequeno, Leopardus tigrinus, para colheita de sêmen, pela associação de tiletamina zolazepam e xilazina / Chemical restraint of tigrinas, Leopardus tigrinus, for semen collection with allometrically scaled doses of tiletamine, zolazepam, and xylazine
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;28(11):541-546, nov. 2008.
Idioma: pt.
Resumo: Foram avaliados os efeitos anestésicos da associação de cloridrato de tiletamina, cloridrato de zolazepam e cloridrato de xilazina para contenção farmacológica de gatos-do-mato-pequenos, Leopardus tigrinus Schreber, 1775 (Felidae), submetidos à colheita de sêmen por eletroejaculação. Formularam-se três diferentes protocolos, sendo as doses calculadas individualmente, por meio de extrapolação alométrica interespecífica, com base nas indicações posológicas usuais para o cão doméstico com massa de 10,0 kg. No Protocolo 1 (n=10) a base para o cálculo alométrico foi 5,0mg/kg para tiletamina + zolazepam e 0,5mg/kg para xilazina; no Protocolo 2 (n=12,) foi 5,0mg/kg para tiletamina + zolazepam e 0,75mg/kg para xilazina; e no Protocolo 3 (n=11), foi 5,0mg/ kg para tiletamina + zolazepam e 1,0mg/kg para xilazina. Os animais foram anestesiados em três ocasiões, com intervalo mínimo de 30 dias. Após a administração dos fármacos, monitorizaram-se durante 120 minutos freqüência cardíaca, freqüência respiratória, temperatura retal, miorrelaxamento e nocicepção. Também foram avaliados período de latência, período anestésico hábil e contaminação do ejaculado por urina. De um total de 32 colheitas, houve contaminação por urina em 10 colheitas (31,2 por cento) e em 18 alíquotas (0,07 por cento), as quais foram desprezadas, não inviabilizando a análise e o processamento do sêmen. Observou-se pequeno aumento da temperatura retal durante a eletroejaculação, justificado pela contração muscular, ocorrendo redução da temperatura após o procedimento. As freqüências cardíaca e respiratória oscilaram durante o experimento, porém se mantiveram dentro dos padrões fisiológicos para a espécie. Nos três protocolos analisados não houve diferença significativa de sensibilidade de membros torácicos entre momentos antes e durante a eletroejaculação (pe"0,10), caracterizando assim a eficácia dos protocolos em propiciar analgesia e anestesia durante a colheita de sêmen por tal método.

This paper reports the anesthetic effects of the combination of tiletamine HCl, zolazepam HCl, and xylazine HCl in tigrinas, Leopardus tigrinus Schreber, 1775 (Fam. Felidae), submitted to semen collection by electroejaculation. Three different protocols and the individual anesthetic doses were calculated by interspecific allometric scaling, based on the usual recommendations for a 10.0 kg domestic dog: On Protocol 1 (n=10) the basis for calculation was 5.0mg/kg for tiletamine + zolazepam and 0.5mg/kg for xylazine; on Protocol 2 (n=12) 5.0mg/kg for tiletamine + zolazepam and 0.75mg/kg for xylazine; and on Protocol 3 (n=11) 5.0mg/kg for tiletamine + zolazepam and 1.0mg/kg for xylazine. The tigrinas were anesthetized on three different occasions with a minimum interval of 30 days. During 120 minutes after the drug administration cardiac and respiratory frequencies, rectal temperature, limb myorelaxation and sensitivity to deep pain were monitored. Latency period, anesthetic period, and contamination of the semen with urine were also monitored. From a total of 32 collections, 10 samples (31.2 percent) and 18 aliquots (0.07 percent) were contaminated and rejected, but this episodes were not detrimental for semen analysis and processing. A discrete increase in rectal temperature during electroejaculation caused by muscle contraction, followed by temperature decrease, was observed. Cardiac and respiratory frequency varied during the experiment, but remained within physiological standards for the species. The three tested protocols showed to be safe and effective to produce analgesia and anesthesia in L. tigrinus during semen collection by electroejaculation.
Descritores: Felidae
Sêmen
Tiletamina/efeitos adversos
Tiletamina/farmacologia
Xilazina/efeitos adversos
Xilazina/farmacologia
Zolazepam/efeitos adversos
Zolazepam/farmacologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde