Base de dados : LILACS
Pesquisa : D04.210.500.247.222.284 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1555 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 156 ir para página                         

  1 / 1555 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Moura, Egberto Gaspar de
Amorim, Elias
Texto completo
Id: lil-796951
Autor: Brito-Filho, Sebastião Barreto de; Moura, Egberto Gaspar de; Santos, Orlando José dos; Sauaia-Filho, Euler Nicolau; Amorim, Elias; Santana, Ewaldo Eder Carvalho; Barros-Filho, Allan Kardec Dualibe; Santos, Rennan Abud Pinheiro.
Título: Effect of chronic ingestion of wine on the glycemic, lipid and body weight homeostasis in mice / Efeito da ingestão crônica de vinho sobre a homeostase glicêmica, lipídica e ponderal em camundongos
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;29(3):146-150, July-Sept. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: The health benefits associated with moderate wine consumption, as with ethanol and phenolic compounds, include different mechanisms still little understandable. Aim: Evaluate glycemic and weight variations, and the deposit of triglycerides, cholesterol and liver glycogen with red wine consumption. Methods: 60 ApoE knockout mice were divided into three groups of 20: Wine Group (WG), Ethanol Group (EG) and Water Group (WAG). They received daily: WG 50 ml of wine and 50 ml water; EG 6 ml ethanol and WAG 94 ml of water. All groups were followed for four months. The food intake was monitored daily, in the period from eight to ten hours and held every five days. The measurement of water intake was also made every five days. The weighing of the animals took place every ten days. Results: The WG had higher weight increase as compared to the other groups. The concentration of hepatic triglyceride was higher in WG (57%) and the EG group was lower (31.6%, p<0.01) than the control. The concentration of cholesterol was lower in the WG (23.6%), as well as EG (24.5%, p<0.05). The concentration of glycogen was higher in WG (16%) and fasting blood glucose was higher in EG compared to the other groups but not both demonstrated a statistically significant difference. Conclusion: The WG increased triglyceride and WAG decreased cholesterol. The triglyceride may be increased due to the high caloric value of wine or some unknown property that led to significant increase in subcutaneous andretroperitoneal fat in mice.

RESUMO Racional: Os benefícios para a saúde associados ao consumo moderado de vinho, como etanol e compostos fenólicos, incluem mecanismos diferentes ainda pouco compreensíveis. Objetivo: Avaliar as variações da glicemia, peso e depósito de triglicrideos, colesterol e glicogênio hepático com o uso de vinho tinto. Métodos: Sessenta camundongos ApoE knockout foram divididos em três grupos de 20: Grupo do Vinho (WG), grupo do Etanol (EG) Grupo Água (WAG). Cada grupo recebeu diariamente: WG 50 ml de vinho e 50 ml de água; EG 6 ml de etanol e WAG 94 ml de água. Resultados: O WG teve aumento de peso mais elevado em comparação com os outros grupos. A concentração de triglicerídeos foi maior no WG (57%) e no grupo EG inferior (31,6%) do que no controle (p <0,01). A concentração de colesterol foi inferior no WG (23,6%) e no EG (24,5%, p<0,05). A concentração de glicogênio foi maior no WG (16%); a glicemia capilar foi maior no EG em comparação com os outros grupos, mas não demonstrou diferença estatisticamente significativa. Conclusão: Triglicerídeos ficaram aumentados no WG e o colesterol diminuiu no WAG. Os triglicerídeos podem ter aumentado devido ao alto valor calórico do vinho ou alguma propriedade desconhecida que levou ao aumento significativo da gordura subcutânea e retroperitoneal nos camundongos.
Descritores: Glicemia/análise
Peso Corporal
Consumo de Bebidas Alcoólicas/fisiopatologia
Consumo de Bebidas Alcoólicas/sangue
Colesterol/sangue
Homeostase
-Triglicerídeos/sangue
Vinho
Doença Crônica
Camundongos Knockout
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Monte, Júlio Cesar Martins
Batista, Marcelo Costa
Texto completo
Id: biblio-1011997
Autor: Malbouisson, Isabelle; Quinto, Beata Marie; Durão Junior, Marcelino de Souza; Monte, Júlio Cesar Martins; Santos, Oscar Fernando Pavão dos; Narciso, Roberto Camargo; Dalboni, Maria Aparecida; Batista, Marcelo Costa.
Título: Lipid profile and statin use in critical care setting: implications for kidney outcome / Perfil lipídico e uso de estatina em terapia intensiva: implicações no desfecho renal
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(3):eAO4399, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To determine whether pre-hospital statin use is associated with lower renal replacement therapy requirement and/or death during intensive care unit stay. Methods: Prospective cohort analysis. We analyzed 670 patients consecutively admitted to the intensive care unit of an academic tertiary-care hospital. Patients with ages ranging from 18 to 80 years admitted to the intensive care unit within the last 48 hours were included in the study. Results: Mean age was 66±16.1 years old, mean body mass index 26.6±4/9kg/m2 and mean abdominal circumference was of 97±22cm. The statin group comprised 18.2% of patients and had lower renal replacement therapy requirement and/or mortality (OR: 0.41; 95%CI: 0.18-0.93; p=0.03). The statin group also had lower risk of developing sepsis during intensive care unit stay (OR: 0.42; 95%CI: 0.22-0.77; p=0.006) and had a reduction in hospital length-of-stay (14.7±17.5 days versus 22.3±48 days; p=0.006). Statin therapy was associated with a protective role in critical care setting independently of confounding variables, such as gender, age, C-reactive protein, need of mechanical ventilation, use of pressor agents and presence of diabetes and/or coronary disease. Conclusion: Statin therapy prior to hospital admission was associated with lower mortality, lower renal replacement therapy requirement and sepsis rates.

RESUMO Objetivo: Determinar se o uso pré-admissão hospitalar de estatina está associado com menor necessidade de diálise e/ou óbito durante internação em unidade de terapia intensiva. Métodos: Análise de coorte prospectiva. Foram incluídos consecutivamente 670 pacientes admitidos na unidade de terapia intensiva de um hospital acadêmico de cuidados terciários. Os pacientes incluídos deveriam ter entre 18 e 80 anos e ter sido admitidos na unidade de terapia intensiva nas últimas 48 horas. Resultados: A média da idade dos pacientes foi de 66±16,1 anos. O índice de massa corporal foi de 26,6±4/9kg/m2 e a circunferência abdominal média foi de 97±22cm. O grupo que fez uso de estatina pré-admissão hospitalar (18,2% dos pacientes) necessitou menos de terapia de substituição renal e/ou evoluiu para óbito (OR: 0,41; IC95%: 0,18-0,93; p=0,03). O grupo que fez uso de estatina também apresentou menor risco de evoluir com sepse durante a internação na unidade de terapia intensiva (OR: 0,42; IC95%: 0,22-0,77; p=0,006) e teve menor duração da hospitalização (14,7±17,5 dias versus 22,3±48 dias; p=0,006). A terapia pré-admissão hospitalar com estatina foi associada a papel protetor no cenário da terapia intensiva independentemente de variáveis confundidoras, como sexo, idade, proteína C-reativa, necessidade de ventilação mecânica, uso de vasopressores e diagnóstico de diabetes e/ou coronariopatia. Conclusão: A terapia com estatina antes da admissão hospitalar foi associada a menor mortalidade, menor necessidade de terapia de substituição renal e taxa de ocorrência de sepse.
Descritores: Triglicerídeos/sangue
Colesterol/sangue
Terapia de Substituição Renal/estatística & dados numéricos
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/uso terapêutico
Injúria Renal Aguda/terapia
HDL-Colesterol/efeitos dos fármacos
LDL-Colesterol/efeitos dos fármacos
-Valores de Referência
Proteína C-Reativa/análise
Estudos Prospectivos
Reprodutibilidade dos Testes
Fatores de Risco
Curva ROC
Resultado do Tratamento
Terapia de Substituição Renal/mortalidade
APACHE
Creatinina/sangue
Cuidados Críticos/métodos
Injúria Renal Aguda/mortalidade
Unidades de Terapia Intensiva
Tempo de Internação
HDL-Colesterol/sangue
LDL-Colesterol/sangue
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Coelho, Humberto Eustáquio
Texto completo
Id: biblio-1012003
Autor: Magalhães, Fernanda Oliveira; Uber-Bucek, Elizabeth; Ceron, Patricia Ibler Bernardo; Name, Thiago Fellipe; Coelho, Humberto Eustáquio; Barbosa, Claudio Henrique Gonçalves; Carvalho, Tatiane; Groppo, Milton.
Título: Chronic treatment with hydroalcoholic extract of Plathymenia reticulata promotes islet hyperplasia and improves glycemic control in diabetic rats / Tratamento crônico com extrato hidroalcoólico de Plathymenia reticulata promove hiperplasia de ilhotas e controle glicêmico em ratos diabéticos
Fonte: Einstein (Säo Paulo);17(3):eAO4635, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To investigate the anti-hyperglycemic effects of Plathymenia reticulata hydroalcoholic extract and related changes in body weight, lipid profile and the pancreas. Methods: Diabetes was induced in 75 adult male Wistar rats via oral gavage of 65mg/Kg of streptozotocin. Rats were allocated to one of 8 groups, as follows: diabetic and control rats treated with water, diabetic and control rats treated with 100mg/kg or 200mg/kg of plant extract, and diabetic and control rats treated with glyburide. Treatment consisted of oral gavage for 30 days. Blood glucose levels and body weight were measured weekly. Animals were sacrificed and lipid profile and pancreatic tissue samples analyzed. Statistical analysis consisted of ANOVA, post-hoc Tukey-Kramer, paired Student's t and χ2 tests; the level of significance was set at 5%. Results: Extract gavage at 100mg/kg led to a decrease in blood glucose levels in diabetic rats in the second, third (198.71±65.27 versus 428.00±15.25) and fourth weeks (253.29±47.37 versus 443.22±42.72), body weight loss (13.22±5.70 versus 109.60±9.95) and lower cholesterol levels (58.75±3.13 versus 80.11±4.01) in control rats. Extract gavage at 200mg/Kg led to a decrease in glucose levels on the fourth week in diabetic rats, body weight loss in the second, third and fourth weeks in control rats, and lower cholesterol levels in diabetic and control rats. Islet hyperplasia (p=0.005) and pancreatic duct dilation (p=0.047) were observed in diabetic and control rats. Conclusion: Plathymenia extract reduced blood glucose levels in diabetic rats, and body weight in control rats, and promoted pancreatic islet hyperplasia in diabetic and control rats.

RESUMO Objetivo: Avaliar o efeito anti-hiperglicêmico do extrato hidroalcoólico de Plathymenia reticulata, alterações no peso, lipídeos e efeito sobre o pâncreas. Métodos: O diabetes foi induzido pela administração de estreptozotocina 65mg/kg, em 75 ratos Wistar adultos machos, divididos em 8 grupos diferentes: ratos diabéticos e controle + água, ratos diabéticos e controle + 100mg/kg ou 200mg/kg de extrato, ratos diabéticos e controle + gliburida. O tratamento foi realizado por gavagem (oral) por 30 dias. Níveis de glicose e peso foram verificados semanalmente. Os animais foram sacrificados, e amostras de lipídeos e do pâncreas foram analisadas. A análise estatística incluiu ANOVA, post-hoc Tukey-Kramer, teste t de Student pareado e teste do χ2, com nível de significância de 5%. Resultados: O extrato 100mg/kg promoveu redução nos níveis de glicose sanguínea em ratos diabéticos na segunda, terceira (198,71±65,27 versus 428,00±15,25) e quarta semanas (253,29±47,37 versus 443,22±42,72), perda de peso (13,22±5,70 versus 109,60±9,95) e diminuição do colesterol (58,75±3,13 versus 80,11±4,01) em ratos controle. Com extrato de 200mg/kg, houve redução dos níveis de glicose na quarta semana, nos ratos diabéticos; de peso na segunda, terceira e quarta semanas, nos ratos controle; e de colesterol nos animais diabéticos e controle. Ocorreram hiperplasia de ilhotas (p=0,005) e dilatação dos ductos pancreáticos (p=0,047) em ratos diabéticos e controles. Conclusão: O extrato de Plathymenia reduziu os níveis de glicose em ratos diabéticos e de peso em ratos controle, além de ter promovido hiperplasia de ilhotas pancreáticas em diabéticos e controles.
Descritores: Extratos Vegetais/farmacologia
Diabetes Mellitus Experimental/tratamento farmacológico
Hipoglicemiantes/farmacologia
Fabaceae
-Glicemia/análise
Peso Corporal/efeitos dos fármacos
Colesterol
Ratos Wistar
Estreptozocina
Folhas de Planta
Diabetes Mellitus Experimental/induzido quimicamente
Modelos Animais de Doenças
Hiperplasia/patologia
Fitoterapia
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1039734
Autor: Kunz, Regina Inês; Capelassi, Angélica Novi; Alegre-Maller, Ana Cláudia Paiva; Bonfleur, Maria Lúcia; Ribeiro, Lucinéia de Fátima Chasko; Costa, Rose Meire; Natali, Maria Raquel Marçal.
Título: Sericin as treatment of obesity: morphophysiological effects in obese mice fed with high-fat diet / Sericina como tratamento da obesidade: efeitos morfofisiológicos de camundongos obesos por dieta hiperlipídica
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eAO4876, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To investigate the effects of sericin extracted from silkworm Bombyx mori cocoon on morphophysiological parameters in mice with obesity induced by high-fat diet. Methods Male C57Bl6 mice aged 9 weeks were allocated to one of two groups - Control and Obese, and fed a standard or high-fat diet for 10 weeks, respectively. Mice were then further subdivided into four groups with seven mice each, as follows: Control, Control-Sericin, Obese, and Obese-Sericin. The standard or high fat diet was given for 4 more weeks; sericin (1,000mg/kg body weight) was given orally to mice in the Control-Sericin and Obese-Sericin Groups during this period. Weight gain, food intake, fecal weight, fecal lipid content, gut motility and glucose tolerance were monitored. At the end of experimental period, plasma was collected for biochemical analysis. Samples of white adipose tissue, liver and jejunum were collected and processed for light microscopy analysis; liver fragments were used for lipid content determination. Results Obese mice experienced significantly greater weight gain and fat accumulation and had higher total cholesterol and glucose levels compared to controls. Retroperitoneal and periepididymal adipocyte hypertrophy, development of hepatic steatosis, increased cholesterol and triglyceride levels and morphometric changes in the jejunal wall were observed. Conclusion Physiological changes induced by obesity were not fully reverted by sericin; however, sericin treatment restored jejunal morphometry and increased lipid excretion in feces in obese mice, suggesting potential anti-obesity effects.

RESUMO Objetivo Investigar os efeitos da sericina extraída de casulos de Bombyx mori na morfofisiologia de camundongos com obesidade induzida por dieta hiperlipídica. Métodos Camundongos machos C57Bl6, com 9 semanas de idade, foram distribuídos em Grupos Controle e Obeso, que receberam ração padrão para roedores ou dieta hiperlipídica por 10 semanas, respectivamente. Posteriormente, os animais foram redistribuídos em quatro grupos, com sete animais cada: Controle, Controle-Sericina, Obeso e Obeso-Sericina. Os animais permaneceram recebendo ração padrão ou hiperlipídica por 4 semanas, período no qual a sericina foi administrada oralmente na dose de 1.000mg/kg de massa corporal aos Grupos Controle-Sericina e Obeso-Sericina. Parâmetros fisiológicos, como ganho de peso, consumo alimentar, peso das fezes em análise de lipídios fecais, motilidade intestinal e tolerância à glicose foram monitorados. Ao término do experimento, o plasma foi coletado para dosagens bioquímicas e fragmentos de tecido adiposo branco; fígado e jejuno foram processados para análises histológicas, e amostras hepáticas foram usadas para determinação lipídica. Resultados Camundongos obesos apresentaram ganho de peso e acúmulo de gordura significativamente maior que os controles, aumento do colesterol total e glicemia. Houve hipertrofia dos adipócitos retroperitoneais e periepididimais, instalação de esteatose e aumento do colesterol e triglicerídeos hepáticos, bem como alteração morfométrica da parede jejunal. Conclusão O tratamento com sericina não reverteu todas as alterações fisiológicas promovidas pela obesidade, mas restaurou a morfometria jejunal e aumentou a quantidade de lipídios eliminados nas fezes dos camundongos obesos, apresentando-se como potencial tratamento para a obesidade.
Descritores: Fármacos Antiobesidade/uso terapêutico
Sericinas/uso terapêutico
Obesidade/tratamento farmacológico
-Fatores de Tempo
Triglicerídeos/análise
Peso Corporal/efeitos dos fármacos
Trânsito Gastrointestinal/efeitos dos fármacos
Ganho de Peso/efeitos dos fármacos
Tecido Adiposo/patologia
Colesterol/análise
Reprodutibilidade dos Testes
Resultado do Tratamento
Fármacos Antiobesidade/farmacologia
Sericinas/farmacologia
Ingestão de Alimentos/efeitos dos fármacos
Fígado Gorduroso/patologia
Dieta Hiperlipídica/efeitos adversos
Teste de Tolerância a Glucose
Fígado/metabolismo
Camundongos Endogâmicos C57BL
Camundongos Obesos
Obesidade/etiologia
Obesidade/fisiopatologia
Limites: Animais
Masculino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1056065
Autor: Hospital das ClínicasNogueira, Marcel; Hospital das ClínicasOtuyama, Leonardo Jun; Hospital das ClínicasRocha, Priscilla Alves; Hospital das ClínicasPinto, Vanusa Barbosa.
Título: Pharmaceutical care-based interventions in type 2 diabetes mellitus: a systematic review and meta-analysis of randomized clinical trials / Intervenções farmacêuticas no diabetes mellitus tipo 2: uma revisão sistemática e metanálise de ensaios clínicos randomizados
Fonte: Einstein (Säo Paulo);18:eRW4686, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To investigate the impact of pharmaceutical care-based interventions on type 2 diabetes mellitus . Methods PubMed®, Cochrane and Web of Science data bases were searched for randomized controlled clinical trials. Studies evaluating pharmaceutical care-based interventions in type 2 diabetes mellitus published between 2012 and 2017 were included. Glycated hemoglobin was defined as the primary endpoint; blood pressure, triglycerides and cholesterol as secondary endpoints. The random effects model was used in meta-analysis. Results Fifteen trials involving 2,325 participants were included. Meta-analysis revealed considerable heterogeneity (I2>97%; p<0.001), reduction in glycated hemoglobin (-1.07%; 95%CI: -1.32; -0.83; p<0.001), glucose (-29.91mg/dL; 95%CI: -43.2; -16.6; p<0.001), triglyceride (19.8mg/dL; 95%CI: -36.6; -3.04; p=0.021), systolic blood pressure (-4.65mmHg; 95%CI: -8.9; -0.4; p=0.032) levels, and increased HDL levels (4.43mg/dL; 95%CI: 0.16; 8.70; p=0.042). Conclusion Pharmaceutical care-based clincal and education interventions have significant impact on type 2 diabetes mellitus . The tools Summary of Diabetes Self-Care Activities and the Morisky Medication Adherence Scale may be useful to monitor patients.

RESUMO Objetivo Identificar o impacto das intervenções providenciadas pelo cuidado farmacêutico no diabetes mellitus tipo 2. Métodos Buscas por ensaios clínicos randomizados controlados foram realizadas nas bases PubMed®, Cochrane e Web of Science . Foram incluídos estudos publicados entre 2012 e 2017, que avaliaram o impacto do cuidado farmacêutico no diabetes mellitus tipo 2. A hemoglobina glicada foi o desfecho primário, e os secundários foram pressão arterial, triglicérides e colesterol. O modelo de efeitos aleatórios foi utilizado na metanálise. Resultados Foram incluídos 15 estudos envolvendo 2.325 participantes. A metanálise demonstrou heterogeneidade elevada (I2>97%; p<0,001), redução nos níveis de hemoglobina glicada (-1,07%; IC95%: -1,32; -0,83; p<0,001), glicose (-29,91mg/dL; IC95%: -43,2; -16,6; p<0,001), triglicérides (19,8mg/dL; IC95%: -36,6; -3,04; p=0,021), pressão arterial sistólica (-4,65mmHg; IC95%: -8,9; -0,4; p=0,032) e aumento do colesterol HDL (4,43mg/dL; IC95%: 0,16; 8,70; p=0,042). Conclusão As intervenções clínicas e educacionais providenciadas pelo cuidado farmacêutico têm impacto significativo no diabetes mellitus tipo 2. Ferramentas como o Summary of Diabetes Self-Care Activities e a Morisky Medication Adherence Scale podem ser úteis no acompanhamento dos pacientes.
Descritores: Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
-Pacientes Ambulatoriais/estatística & dados numéricos
Farmacêuticos
Assistência Farmacêutica/estatística & dados numéricos
Autocuidado/estatística & dados numéricos
Triglicerídeos/sangue
Glicemia/análise
Pressão Sanguínea
Hemoglobina A Glicada/análise
Colesterol/sangue
Educação de Pacientes como Assunto/estatística & dados numéricos
Diabetes Mellitus Tipo 2/tratamento farmacológico
Diabetes Mellitus Tipo 2/sangue
Adesão à Medicação/estatística & dados numéricos
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Metanálise
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1047334
Autor: Martucci, Luiz Felipe; Vecchiatto, Bruno; Evangelista, Fabiana Sant'Anna.
Título: Repercussões do destreinamento físico no sistema cardiovascular, massa corporal e perfil lipídico / Repercussions of physical detraining on cardiovascular system, body mass and lipid profile
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;29(4,Supl):408-414, out.-dez. 2019. tab, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O presente manuscrito teve por objetivo a revisão de literatura sobre os efeitos do destreinamento (DT) no sistema cardiovascular e em fatores de risco cardiovasculares, tais como massa corporal, adiposidade e perfil lipídico. Para isso, uma ampla pesquisa da literatura nas bases de dados PubMed, Scopus e Web of Science foi realizada, e o conjunto de dados mostrou que o DT promove reversão das adaptações cardiovasculares obtidas com o treinamento físico, tais como redução do VO2máx, do débito cardíaco máximo, do volume sistólico, do volume sanguíneo e da massa ventricular. Além disso, o DT induz aumento da frequência cardíaca de repouso e submáxima, da resistência vascular periférica e da pressão arterial. O curso temporal para que tais efeitos cardiovasculares ocorram é amplo, podendo ocorrer a partir da segunda semana de DT até três meses após o DT. O DT também gera prejuízos aos fatores de risco cardiovasculares, tais como aumento da massa corporal e da adiposidade, aumento do colesterol total, LDL e VLDL, e redução do HDL. Enquanto os efeitos na massa corporal aparecem após quatro semanas de DT, as mudanças no perfil lipídico são mais precoces, com apenas uma semana de DT

The objective of this manuscript is to review the literature about the effects of detraining (DT) on the cardiovascular system and on cardiovascular risk factors such as body mass, adiposity and lipid profile. For this, a wide literature search in the PubMed, Scopus and Web of Science databases was performed, and the data showed that DT promotes the reversal of cardiovascular adaptations obtained with physical training, such as reduction in VO2 max, cardiac output, ejection fraction, blood volume and ventricular mass. In addition, DT induces an increase in resting and submaximal heart rates, peripheral vascular resistance and blood pressure. The timeframe for such cardiovascular effects to be seen is long, which may occur from the second week of DT to 3 months after DT. DT also causes damage to cardiovascular risk factors by inducing an increase in body mass and adiposity, an increase in total cholesterol, LDL and VLDL, and a reduction in HDL. While effects on body mass appear after 4 weeks of DT, changes in lipid profile appear earlier, with only 1 week of DT
Descritores: Sistema Cardiovascular
Exercício Físico
-Consumo de Oxigênio
Índice de Massa Corporal
Colesterol
Fatores de Risco
Atletas
Pressão Arterial
Frequência Cardíaca
HDL-Colesterol
LDL-Colesterol
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  7 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-414458
Autor: Chacra, Ana Paula Marte; Martinez, Tânia da Rocha Leme.
Título: Estatinas: descobrindo novos mecanismos responsáveis na estabilização da placa aterosclerótica vulnerável / Statins: discovering new explanatory mechanisms in the atherosclerotic plaque stabilization
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;12(4):705-716, jul.-ago. 2002. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Evidências de estudos clínicos têm demonstrado o efeito benéfico das estatinas na prevenção tanto primária como secundária das doenças coronárias. Contudo, o benefício clínico observado parece não resultar apenas do efeito das estatinas na redução dos lipídeos plasmáticos. Estudos experimentais e clínicos indicam que as estatinas apresentam efeitos independentes da redução do coleste- rol, também denominados de efeitos pleiotrópicos, que envolvem o restabelecimento da função endotelial, a redução do estresse oxidativo e da inflamação vascular, além de reduzir a instabilidade da placa aterosclerótica instável. Muitos desses efeitos resultam da inibição da síntese de componentes intermediários do metabolismo do colesterol denominados de compostos isoprenóides, que participam de várias vias de sinalização intracelular. Evidências observacionais e de estudo controlado sugerem que o uso precoce das estatinas, após o evento coronário agudo, pode mudar a história natural das síndromes isquêmicas agudas...
Descritores: Arteriosclerose
Colesterol
Estresse Oxidativo
Endotélio
Hipercolesterolemia
Inflamação
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Solimene, Maria Cecília
Texto completo
Id: lil-414455
Autor: Solimene, Maria Cecília.
Título: Características da placa vulnerável em mulheres e adultos jovens / Characteristics of the vulnerable plaque in women and young adults
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;12(4):672-679, jul.-ago. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: A doença arterial coronária, principal causa de morte no Mundo Ocidental, sempre foi considerada pouco freqüente em duas populações: os jovens e as mulheres.Esse conceito não mais se justifica, pois, na atualidade, é crescente o número de indivíduos jovens e mulheres com angina, infarto do miocárdio e morte de origem coronária. Entretanto, há muito se sabe da possibilidade de a aterosclerose ocorrer em jovens, até mesmo em crianças. Autópsias realizadas em menores de 30 anos, falecidos de morte violenta, revelaram a presença de placas fibrosas e placas ateroscleróticas nas artérias coronárias. Em alguns estudos populacionais, essas lesões foram relacionadas aos fatores de risco coronário, em especial a níveis elevados de colesterol total e de colesterol ligado à lipoproteína de baixa densidade, níveis baixos de colesterolligado à lipoproteína de alta densidade, tabagismo, obesidade e aumentos da pressão arterial. Em relação às mulheres, a mudança do estilo de vida na era moderna, as dietas ricas em carboidratos e gorduras e, em particular, o crescente hábito de fumar vêm atuando de forma a diminuir ou até mesmo anular o efeito protetor dos estrógenos contra a doença coronária, antes da menopausa. Anualmente, o infarto do miocárdio é uma das principais causas de morte no sexo feminino e a mortalida- de na mulher jovem com infarto é o dobro da do homem da mesma idade. No presente trabalho, a autora descreve as características histológicas da placa aterosclerótica nos jovens e nas mulheres, correlacionando-as aos aspectos clínicos da doença...
Descritores: Arteriosclerose
Colesterol
Doença das Coronárias
Infarto do Miocárdio/mortalidade
-Fumar
Hiperlipidemias
Obesidade
Estudos Epidemiológicos
Hipertensão
Pressão Arterial
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  9 / 1555 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Chagas, Antonio Carlos Palandri
Luz, Protásio Lemos da
Texto completo
Id: lil-414442
Autor: Magalhães, Carlos C; Chagas, Antonio Carlos Palandri; Luz, Protásio Lemos da.
Título: Importância do HDL-colesterol como preditor de risco para eventos cardiovasculares / The importance of HDL-cholesterol as predictor of risk for cardiovascular events
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;12(4):560-568, jul.-ago. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: O HDL-colesterol tem demonstrado ser um importante preditor de risco cardiovascular em vários estudos epidemiológicos e clínicos, em decorrência de sua relação inversa com a doença arterial coronária, e principalmente pacientes que apresentam HDL-colesterol baixo têm risco comparável ou até mesmo mais importante que aqueles com LDL-colesterol alto.O benefício clínico do tratamento do HDL-colesterol baixo já foi demonstrado em estudos publica dos nos últimos anos, como LCAS, AFCAPS/TexCAPS e VA-HIT. A presença dessa alteração lipídica em pacientes submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica também já foi demonstrada nos estudos da Cleveland Clinic ("HDL-Cholesterol Levei Predicts Survival in Men after CABG"), no estudo sueco (publicado por Linden e colaboradores) e no LOCAT,que demonstraram mortalidade cardiovascular expressiva na associação com pacientes portadores de HDL-colesterol baixo...
Descritores: HDL-Colesterol
Doenças Cardiovasculares/cirurgia
Doenças Cardiovasculares/mortalidade
Evolução Clínica
Revascularização Miocárdica
-Arteriosclerose
Colesterol
Doença das Coronárias
Infarto do Miocárdio
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  10 / 1555 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-796509
Autor: Fonseca, Francisco Antônio Helfenstein; Izar, Maria Cristina de Oliveira.
Título: Fisiopatologia das síndromes coronarianas agudas / PATHOPHYSIOLOGY OF ACUTE CORONARY SYNDROMES
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;26(2):74-77, abr.-jun.2016. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: As síndromes coronarianas agudas decorrem principalmente de ruptura da placa vulnerável ou de erosão superficial do endotélio. A crescente exposição ao tratamento com estatinas tem diminuído o conteúdo lipídico e inflamatório das placas, resultando em progressivaredução dos infartos com oclusão completa do vaso e mesmo de recorrência de eventoscoronarianos. Por outro lado, com a maior longevidade e crescente prevalência de obesidadee diabetes, a erosão endotelial tem se tornado mais presente, notadamente nasapresentações com oclusões transitórias ou parciais das coronárias, sugeridas pela maior incidência de infartos sem supradesnível de segmento ST e angina instável. O avanço da compreensão do papel do colesterol e da inflamação tem proporcionado uma nova visãoterapêutica das síndromes coronarianas agudas, que incluem melhora da microcirculação, diminuição de massa infartada e melhor remodelamento ventricular...

Acute coronary syndromes mainly occur due to the rupture of vulnerable plaque or superficial endothelial erosion. The increasing exposure of treatment with statins has decreased theinflammatory and lipid content of the plaques, resulting in progressive reduction of myocardial infarction with complete vessel occlusion and even recurrence of coronary events. On theother hand, the increased longevity and the higher prevalence of obesity and diabetes have been associated with endothelial erosion, mainly in transient or partial coronary occlusion, suggested by higher incidence of non-ST elevation myocardial infarction or unstable angina.Advances in understanding the role of cholesterol and inflammation have provided a new therapeutic vision of acute coronary syndromes, including improvement of microcirculation,decreased infarct mass, and better ventricular remodeling...
Descritores: Doença da Artéria Coronariana/fisiopatologia
Inflamação/complicações
Isquemia Miocárdica/mortalidade
Síndrome Coronariana Aguda/fisiopatologia
-Colesterol/efeitos adversos
Fatores de Risco
Hipertensão/complicações
Hipertensão/diagnóstico
Infarto do Miocárdio/complicações
Infarto do Miocárdio/diagnóstico
Vasos Coronários
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt



página 1 de 156 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde