Base de dados : LILACS
Pesquisa : D04.210.500.745.640 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-471321
Autor: Barbosa, Adriana Dias Elpo; Morato, Gina Struffaldi.
Título: Influence of epipregnanolone on the modulation of rapid tolerance to ethanol by neurosteroids
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;29(4):337-345, dez. 2007. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The objective of the present study was to investigate the effect of epipregnanolone on the influence of neurosteroids on the development of rapid tolerance to the motor impairing and hypothermic effects of ethanol. METHOD: Experiment 1: on Day 1 groups of mice were pretreated with saline or with epipregnanolone. After 30 min each group was further divided in subgroups that received ethanol or saline. Thirty, 60 and 90 min after the injections the animals were tested on the rota-rod or the body temperature was measured. On Day 2 all groups received ethanol and a similar procedure was followed to evaluate rapid tolerance. Experiment 2 and 3: On Day 1 groups of mice were treated with epipregnanolone and after 15 min each group was divided into three groups in order to receive pregnenolone sulfate, dehydroepiandrosterone sulfate or saline. Thirty minutes later, each group was further divided into two subgroups in order to receive ethanol or saline, respectively, and 30, 60 and 90 min later the animals were tested as in the experiment 1. On Day 2 all groups received ethanol and a similar procedure was followed to evaluate rapid tolerance. RESULTS: Pretreatment with epipregnanolone (0.10-0.30 mg/kg) significantly blocked the development of tolerance to the motor impairing and hypothermic effects induced by ethanol in mice. Considering tolerance to ethanol-induced motor impairment, epipregnanolone (0.15 mg/kg) reversed the stimulatory action of dehydroepiandrosterone sulfate (0.15 mg/kg), but did not affect the actions of pregnenolone sulfate (0.08 mg/kg). Moreover, epipregnanolone prevented the inhibitory action of allotetrahydrodeoxycorticosterone (0.10 mg/kg). In relation to ethanol-induced hypothermia, the results showed that pretreatment with epipregnanolone (0.30 mg/kg) significantly prevented the stimulatory action of dehydroepiandrosterone sulfate and pregnenolone sulfate, as well as the inhibitory action of...

OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi o de investigar o efeito da epipregnanolona sobre a influência de neuroesteróides no desenvolvimento da tolerância rápida aos efeitos de incoordenação motora e hipotermia induzidos pelo etanol. MÉTODO: Experimento 1: no Dia 1, grupos de camundongos foram pré-tratados com salina ou com epipregnanolona. Após 30 min, cada grupo foi subdividido recebendo etanol ou salina. Aos 30, 60 e 90 min após as injeções, os animais foram testados no rota-rod ou a temperatura corporal foi avaliada. No Dia 2, todos os grupos receberam etanol e um procedimento similar foi seguido para avaliar a tolerância rápida. O pré-tratamento com a epipregnanolona (0,10-0,30 mg/kg) bloqueou significantemente o desenvolvimento da tolerância aos efeitos de incoordenação motora e hipotermia induzidos pelo etanol em camundongos. Experimento 2 e 3: no Dia 1, grupos de animais foram tratados com epipregnanolona e, após 15 min, cada grupo foi dividido em três grupos para receber sulfato de pregnanolona, sulfato de dehidroepiandrosterona ou salina. Após 30 min, cada grupo foi dividido em dois subgrupos para receber etanol ou salina, respectivamente, e após 30, 60 e 90 min os animais foram testados como no experimento 1. No Dia 2, todos os grupos receberam etanol e 30 min após foram testados como mencionado no experimento 1. RESULTADOS: Considerando a tolerância ao prejuízo motor induzido pelo etanol, a epipregnanolona (0,15 mg/kg) bloqueou a ação estimulatória do sulfato de dehidroepiandrosterona (0,15 mg/kg), mas não afetou a ação do sulfato de pregnanolona (0,08 mg/kg). Entretanto, a epipregnanolona bloqueou a ação inibitória da alotetrahidrodeoxicorticosterona (0,10 mg/kg). Em relação à hipotermia induzida pelo etanol, os resultados demonstraram que o pré-tratamento com epipregnanolona (0,30 mg/kg) bloqueou significantemente a ação estimulatória do sulfato de dehidroepiandrosterona e do sulfato de pregnanolona, bem como a ação...
Descritores: Anestésicos/farmacologia
Depressores do Sistema Nervoso Central/farmacologia
Etanol/farmacologia
Hipotermia/induzido quimicamente
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Pregnanolona/farmacologia
-Análise de Variância
Temperatura Corporal/efeitos dos fármacos
Modelos Animais de Doenças
Avaliação Pré-Clínica de Medicamentos
Interações Medicamentosas
Tolerância a Medicamentos
Desoxicorticosterona/análogos & derivados
Desoxicorticosterona/farmacologia
Pregnenolona/farmacologia
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde