Base de dados : LILACS
Pesquisa : D04.210.500.745.745.654 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 16 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 2 ir para página        

  1 / 16 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Chadi, Gerson
Texto completo
Id: lil-725337
Autor: Albuquerque, Marco A. V.; Abath-Neto, Osório; Maximino, Jéssica R.; Chadi, Gerson; Zanoteli, Edmar; Reed, Umbertina C..
Título: Clinical aspects of patients with sarcoglycanopathies under steroids therapy / Aspectos clínicos de pacientes com sarcoglicanopatias sob efeito de corticoterapia
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;72(10):768-772, 10/2014. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
Resumo: Patients with sarcoglycanopathies, which comprise four subtypes of autosomal recessive limb-girdle muscular dystrophies, usually present with progressive weakness leading to early loss of ambulation and premature death, and no effective treatment is currently available. Objective To present clinical aspects and outcomes of six children with sarcoglycanopathies treated with steroids for at least one year. Method Patient files were retrospectively analyzed for steroid use. Results Stabilization of muscle strength was noted in one patient, a slight improvement in two, and a slight worsening in three. In addition, variable responses of forced vital capacity and cardiac function were observed. Conclusions No overt clinical improvement was observed in patients with sarcoglycanopathies under steroid therapy. Prospective controlled studies including a larger number of patients are necessary to determine the effects of steroids for sarcoglycanopathies. .

Pacientes com sarcoglicanopatias, que compreendem quatro subtipos de distrofias musculares de cinturas autossômicas recessivas, geralmente apresentam fraqueza progressiva, levando à perda precoce da deambulação e morte prematura, e não há tratamento eficaz disponível até o momento. Objetivo Descrever os aspectos clínicos e a evolução de seis crianças com sarcoglicanopatias tratados com corticosteróides por pelo menos um ano. Método Prontuários dos pacientes foram analisados retrospectivamente. Resultados Estabilização da força muscular foi observada em um paciente, uma ligeira melhora em dois, e um ligeiro agravamento em três. Além disso, foram observadas respostas variáveis de capacidade vital forçada e da função cardíaca. Conclusões Não houve melhora clínica evidente em pacientes com sarcoglicanopatias sob terapia com corticosteróides. Estudos prospectivos controlados incluindo maior número de pacientes são necessários para determinar os efeitos dos corticosteróides para sarcoglicanopatias. .
Descritores: Glucocorticoides/uso terapêutico
Prednisolona/uso terapêutico
Pregnenodionas/uso terapêutico
Sarcoglicanopatias/tratamento farmacológico
-Estudos Retrospectivos
Resultado do Tratamento
Limites: Criança
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Reed, Umbertina C
Texto completo
Id: lil-616902
Autor: Silva, Elaine C. da; Machado, Darlene L; Resende, Maria B. D; Silva, Renata F; Zanoteli, Edmar; Reed, Umbertina C.
Título: Motor function measure scale, steroid therapy and patients with Duchenne muscular dystrophy / Medida de função motora, corticoterapia e pacientes com distrofia muscular de Duchenne
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;70(3):191-195, Mar. 2012. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To assess the evolution of motor function in patients with Duchenne muscular dystrophy (DMD) treated with steroids (prednisolone or deflazacort) through the Motor Function Measure (MFM), which evaluates three dimensions of motor performance (D1, D2, D3). METHODS: Thirty-three patients with DMD (22 ambulant, 6 non-ambulant and 5 who lost the capacity to walk during the period of the study) were assessed using the MFM scale six times over a period of 18 months. RESULTS: All the motor functions remained stable for 14 months in all patients, except D1 for those who lost their walking ability. In ambulant patients, D2 (axial and proximal motor capacities) motor functions improved during six months; an improvement in D3 (distal motor capacity) was noted during the total follow-up. D1 (standing posture and transfers) and total score were useful to predict the loss of the ability to walk. CONCLUSIONS: The use of the MFM in DMD patients confirms the benefits of the steroid treatment for slowing the progression of the disease.

OBJETIVO: Avaliar a evolução da função motora de pacientes com distrofia muscular de Duchenne (DMD) em corticoterapia (predinisolona e deflazacort), por meio da escala Medida da Função Motora (MFM), que avalia três dimensões de funções motoras (D1, D2, D3). MÉTODOS: Trinta e três pacientes com DMD (22 deambulantes, seis cadeirantes e cinco que perderam a capacidade de andar ao longo do estudo) foram avaliados pela escala MFM em seis momentos durante 18 meses. RESULTADOS: Todas as funções motoras mantiveram-se estáveis durante 14 meses, exceto D1 para os pacientes que perderam a marcha. Nos pacientes deambulantes, a D2 (função motora axial e proximal) apresentou melhora durante seis meses. Melhora em D3 (função motora distal) também foi observada durante o seguimento. A D1 (postura em pé e transferências) e o escore total foram importantes para predizer a perda de marcha. CONCLUSÕES: O uso da MFM nos pacientes com DMD confirma os benefícios do tratamento com corticoides na diminuição da velocidade de progressão da doença.
Descritores: Glucocorticoides/uso terapêutico
Atividade Motora/fisiologia
Distrofia Muscular de Duchenne/tratamento farmacológico
Distrofia Muscular de Duchenne/fisiopatologia
Prednisolona/uso terapêutico
Pregnenodionas/uso terapêutico
-Avaliação da Deficiência
Progressão da Doença
Limites: Adolescente
Criança
Seres Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Reed, Umbertina Conti
Texto completo
Id: lil-562790
Autor: Parreira, Samara Lamounier Santana; Resende, Maria Bernadete Dutra; Zanoteli, Edmar; Carvalho, Mary Souza; Marie, Suely Kazue; Reed, Umbertina Conti.
Título: Comparison of motor strength and function in patients with Duchenne muscular dystrophy with or without steroid therapy / Comparação da força e função motora em pacientes com distrofia muscular de Duchenne com ou sem corticoterapia
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;68(5):683-688, Oct. 2010. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To compare muscle strength (MS) and motor function in patients with Duchenne muscular dystrophy (DMD) receiving steroids for different times against the natural evolution of DMD described by Scott et al. METHOD: 90 patients with DMD (aged 5- 12 years), receiving steroids for one to seven years, were evaluated by Medical Research Council Scale (MRC) and Hammersmith motor ability score. The relation between MS and motor abilities measurement from our data and Scott's ones were ascertained statistically. RESULTS: The relation between patient's age and Hammersmith scores revealed decrease of 0.76 point per year for age against decrease of 2.23 points on Scott's study. The relation between MRC scale and patient's age showed decrease of 0.80 point per year of age against decrease of 3.65 points on Scott's study. CONCLUSION: In patients with DMD aged five to 12 years the progression of the disease is delayed by steroids and the motor function is less reduced than muscular strength.

OBJETIVO: Comparar força muscular e função motora de pacientes com distrofia muscular de Duchenne (DMD) em corticoterapia com a evolução natural da doença descrita por Scott et al. MÉTODO: Noventa pacientes, entre 5 e 12 anos de idade, em corticoterapia por um até sete anos, foram avaliados quanto à força muscular (FM) (escala MRC) e função motora (Hammersmith motor ability score). A relação entre idade, FM e função motora e a comparação com o estudo de Scott et al foram determinadas estatisticamente. RESULTADOS: a relação idade/escore Hammersmith diminuiu 0,76 pontos a cada ano de aumento da idade (2,23 pontos na história natural). A relação idade/MRC decresceu 0,80 pontos a cada ano de aumento da idade (3,65 pontos na história natural). CONCLUSÃO: Nos pacientes em corticoterapia, a progressão da doença é mais lenta que na evolução natural em todas as faixas etárias avaliadas, sendo a FM mais comprometida que a função motora.
Descritores: Glucocorticoides/uso terapêutico
Atividade Motora/fisiologia
Força Muscular/fisiologia
Músculo Esquelético/fisiopatologia
Distrofia Muscular de Duchenne/fisiopatologia
-Fatores Etários
Anti-Inflamatórios/uso terapêutico
Progressão da Doença
Distrofia Muscular de Duchenne/tratamento farmacológico
Prednisolona/uso terapêutico
Pregnenodionas/uso terapêutico
Limites: Criança
Pré-Escolar
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-556891
Autor: Rossini, Bruno Almeida Antunes; Bogaz, Eduardo Amaro; Yonamine, Fernando Kaoru; Testa, José Ricardo Gurgel; Penido, Norma de Oliveira.
Título: Otite Média refratária como primeira manifestação de Granulomatose de Wegener / Refractory otitis media as the first manifestation of Wegener's Granulomatosis
Fonte: Braz. j. otorhinolaryngol. (Impr.);76(4):541-541, jul.-ago. 2010. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Anticorpos Anticitoplasma de Neutrófilos/sangue
Otite Média Supurativa/etiologia
Granulomatose com Poliangiite/complicações
-Ciclofosfamida/uso terapêutico
Imunossupressores/uso terapêutico
Imagem por Ressonância Magnética
Otite Média Supurativa/tratamento farmacológico
Pregnenodionas/uso terapêutico
Tomografia Computadorizada por Raios X
Granulomatose com Poliangiite/tratamento farmacológico
Limites: Adulto
Feminino
Seres Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Marie, Suely Kazue Nagahashi
Reed, Umbertina Conti
Texto completo
Id: lil-453920
Autor: Parreira, Samara Lamounier Santana; Resende, Maria Bernadete Dutra; Peduto, Marília Della Corte; Marie, Suely Kazue Nagahashi; Carvalho, Mary Souza; Reed, Umbertina Conti.
Título: Quantification of muscle strength and motor ability in patients with Duchenne muscular dystrophy on steroid therapy
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;65(2A):245-250, jun. 2007. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: An assessment protocol was applied to quantify and describe muscular strength and motor abilities of 32 patients with Duchenne muscular dystrophy (DMD), aged between 5 and 12 years on steroid therapy. METHOD: Assessments were made monthly for the first six months and with intervals of two months thereafter until the 14-month end point. The tests employed included: the Medical Research Council (MRC) scale; the Hammersmith motor ability score; maximum weight lift; timed rise from floor and nine-meter walk. RESULTS: The results showed that loss of muscular strength and motor abilities were slowed in comparison to that observed in the natural evolution of the disease according to the literature. CONCLUSION: We conclude that a swift and objective assessment may be performed using the MRC scale for lower limbs and trunk, the Hammersmith motor ability score, timed nine-meter walk and weight lifts.

OBJETIVO: Um protocolo de avaliação foi aplicado com o objetivo de quantificar e descrever evolutivamente a força muscular e as habilidades motoras de 32 pacientes com distrofia muscular de Duchenne (DMD), com idades variando de 5 a 12 anos, em corticoterapia. MÉTODO: As avaliações foram aplicadas mensalmente durante os primeiros seis meses e bimensais até completar um período de 14 meses. Os testes empregados foram: escala da "Medical Research Council" (MRC); Hammersmith "motor ability score"; levantamento da carga máxima de peso; cronometragem do tempo para levantar-se do chão e percorrer nove metros. RESULTADOS: Os resultados demonstraram que a perda da força muscular e das habilidades motoras foi mais lenta do que a observada na evolução natural da doença, como descrito na literatura internacional. CONCLUSÃO: Concluímos que uma rápida e objetiva avaliação pode ser executada utilizando a escala MRC para membros inferiores e tronco, Hammersmith motor ability score, cronometragem do tempo para percorrer 9 metros.e o levantamento de peso.
Descritores: Glucocorticoides/uso terapêutico
Atividade Motora/fisiologia
Força Muscular/fisiologia
Distrofia Muscular de Duchenne/tratamento farmacológico
-Anti-Inflamatórios/uso terapêutico
Seguimentos
Músculo Esquelético/fisiopatologia
Distrofia Muscular de Duchenne/fisiopatologia
Prednisolona/uso terapêutico
Prednisona/uso terapêutico
Pregnenodionas/uso terapêutico
Inquéritos e Questionários
Limites: Criança
Pré-Escolar
Feminino
Seres Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Solé, Dirceu
Texto completo
Texto completo
Id: lil-441740
Autor: Rizzo, Maria Cândida V; Solé, Dirceu.
Título: Inhaled corticosteroids in the treatment of respiratory allergy: safety vs. efficacy
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);82(5,supl):S198-S205, Nov. 2006. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJETIVO: Revisar os mecanismos moleculares de ação, eficácia e potenciais efeitos adversos relacionados aos corticosteróides inalados (CEI) em crianças com asma persistente. FONTES DOS DADOS: Artigos de língua inglesa da base de dados MEDLINE. Foram empregados os termos: corticosteroids, inhaled corticosteroids, asthma, children, beclomethasone, fluticasone, budesonide, ciclesonide, growth, adrenal insufficiency, bone mineral density, oral candidiasis. Foram selecionados guias de tratamento, artigos de revisão, estudos controlados, meta-análises e revisões sistemáticas que avaliaram a eficácia e os eventos adversos do tratamento com CEI. SíNTESE DOS DADOS: Estudos in vivo e in vitro mostram que os CEI disponíveis apresentam diferentes características farmacocinéticas e farmacodinâmicas que lhes conferem diferentes potenciais de ação. Os CEI também diferem quanto aos efeitos adversos sistêmicos e locais. Salienta-se a biodisponibilidade desses produtos como essencial para determinar a incidência de efeitos colaterais. Em linhas gerais, os CEI são capazes de controlar a asma, reduzindo o número de exacerbações, atendimentos médicos, hospitalizações e a necessidade de pulsos de corticosteróides orais. Também se observa melhora da função pulmonar, sobretudo nos pacientes com asma de início recente. O efeito adversos mais documentado é a desaceleração transitória do ritmo de crescimento. CONCLUSÕES: Os CEI são o principal agente antiinflamatório utilizado no tratamento da asma persistente. Quando administrados em doses baixas, mostram-se seguros e efetivos. O monitoramento dos pacientes permite a detecção precoce de eventuais efeitos adversos associados aos CEI.

OBJECTIVE: Review the molecular mechanisms of action, efficacy, and potential side effects associated with inhaled corticosteroids (ICS) in children with persistent asthma. SOURCES: Articles in English from MEDLINE. The following terms were used: corticosteroids, inhaled corticosteroids, asthma, children, beclomethasone, fluticasone, budesonide, ciclesonide, growth, adrenal insufficiency, bone mineral density, and oral candidiasis. Treatment guidelines, review articles, controlled trials, meta-analyses, and systematic reviews evaluating the efficacy and the adverse events of treatment with ICS were selected. SUMMARY OF THE FINDINGS: In vivo and in vitro studies show that the available ICS have different pharmacokinetic and pharmacodynamic properties that result in different action potentials. ICS also differ as to the systemic and local side effects. The bioavailability of these products is essential in order to determine the incidence of side effects. In general, ICS are capable of controlling asthma, reducing the number of exacerbations, medical consultations, hospitalizations, and the need of oral corticosteroid (applications) bursts. Improvement can also be seen in pulmonary function, especially in patients with recent onset asthma. The most documented adverse effect is transitory decrease of growth rate. CONCLUSIONS: ICS are the main anti-inflammatory agent used to treat persistent asthma. When administered in low doses, they seem to be safe and effective. Patient monitoring allows for early detection of possible side effects associated with ICS.
Descritores: Corticosteroides/uso terapêutico
Antiasmáticos/uso terapêutico
Anti-Inflamatórios/uso terapêutico
Asma/tratamento farmacológico
-Administração por Inalação
Corticosteroides/efeitos adversos
Androstadienos/efeitos adversos
Androstadienos/uso terapêutico
Antialérgicos/efeitos adversos
Antialérgicos/uso terapêutico
Antiasmáticos/efeitos adversos
Anti-Inflamatórios/efeitos adversos
Disponibilidade Biológica
Beclometasona/efeitos adversos
Beclometasona/uso terapêutico
Densidade Óssea/efeitos dos fármacos
Budesonida/efeitos adversos
Budesonida/uso terapêutico
Desenvolvimento Infantil/efeitos dos fármacos
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
Pregnenodionas/efeitos adversos
Pregnenodionas/uso terapêutico
Resultado do Tratamento
Limites: Seres Humanos
Criança
Adulto
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-304910
Autor: Sirimarco, Mauro Toledo; zucoloto, Sergio; Aprille, Francisco.
Título: Estudo comparativo dos efeitos de dois corticosteróides sintéticos, deflazacort e prednisos, na cicatrizaçäo de anastomoses colônicas de ratos / Comparative studies the effects at corticosteroids, prednisone and deflazacort at the rats healing of large bowel anastomosis
Fonte: Rev. bras. colo-proctol;21(3):167-195, jul.-set. 2001. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de comparar os efeitos de dois corticosteróides sintéticos a prednisona e o deflazacort, na cicatrizaçäo de anastomoses no intestino grosso, noventa ratos foram estudados. Trinta ratos receberam 1,25 mg/lg/dia de prednisona, trinta receberam 1,5mg/kg/dia de deflazacort e trinta animais (grupo controle) receberam soluçäo de cloreto de sódios a 0,9 por cento. As drogas foram administradas por gavagem desde sete dias antes da cirurgia até a adata do sacrifício. Os animais foram submetidos a ressecçäo segmentar do cólon distal e reconstituiçäo do trânsito intestinal por anastomose término-terminal, em plano único, com sutura contínua invaginante de polipropileno 6-0. De acordo com o sorteio do subgrupo a que pertenciam, os animais foram sacrificados com três, sete e quatorze dias. O peso corporal, a evoluçäo clínica, a cavidade abdominal, os aspectos macro e microscópicos da anastomose e a concentraçäo tecidual de hidroxiprolina de cada animal foram observados.
Descritores: Anti-Inflamatórios
Cicatrização
Colo
Glucocorticoides
Prednisona
Pregnenodionas
-Anastomose Cirúrgica
Hidroxiprolina
Intestino Grosso
Período Pós-Operatório
Ratos Wistar
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  8 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-273578
Autor: Aguilar-Nascimento, J. E. de; Silva, L. R. F. da; Teixeira, R. L; Oliveira, A. F. de.
Título: Deflazacort e cicatrizaçao de anastomoses colônicas: estudo experimental em ratos / Deflazacort and colonic anastomotic healing: an experimental study in rats
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);46(3):218-23, jul.-set. 2000. graf.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: O deflazacort é um novo corticóide com os mesmos efeitos antiinflamatórios dos demais, porém com menos efeitos colaterais. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos do deflazacort na cicatrizaçao de anastomoses colônicas. MATERIAL E MÉTODO: 75 ratos Wistar foram randomizados em três grupos para receberem os seguintes tratamentos por gavagem: grupo controle (N=24)= soluçao fisiológica; grupo deflazacort (N=25)= 0,1 mg/Kg/dia dessa droga e, grupo dexametasona (N=26)= 0,5 mg/Kg/dia substância. Após seis dias de tratamento, os animais foram submetidos à secçao colônica, seguida de anastomose primária em um ponto situado a 2 cm acima da reflexao peritoneal. O tratamento com as soluçoes foi mantido até o sacrifício, que ocorreu no 3o. ou no 6o. dia de PO. Observou-se na necrópsia sinais de peritonite e deiscência de sutura. Realizou-se o teste de pressao de ruptura das anastomoses e dosou-se nessa regiao a concentraçao de hidroxiprolina e proteinas. RESULTADOS: Nao houve diferença em relaçao à ocorrência de deiscência e peritonite. A pressao de ruptura foi semelhante no 3o. dia. No 6o. dia, ela foi maior (p <0.05) no grupo controle (180 [150-230] mmHg) que nos grupos deflazacort (150 [120-180] mmHg) e dexametasona (140 [100-180] mmHg). Nao ocorreu diferença entre os grupos na dosagem de hidroxiprolina. A dosagem de protéinas foi maior no grupo dexametasona que nos controles no 3o. PO. CONCLUSOES: O uso de corticóides determina queda na resistência da anastomose colônica. O deflazacort apresenta os mesmos efeitos deletérios da dexametasona na cicatrizaçao de anastomoses intestinais
Descritores: Anti-Inflamatórios/farmacologia
Colo/cirurgia
Pregnenodionas/farmacologia
Cicatrização/efeitos dos fármacos
-Anastomose Cirúrgica/métodos
Dexametasona/farmacologia
Hidroxiprolina/análise
Proteínas/análise
Distribuição Aleatória
Ratos Wistar
Ruptura
Resistência à Tração
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 16 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-269597
Autor: Antunes, Luiz Marcos; Fukuda, Yotaka; Testa, José Ricardo Gurgel.
Título: Tratamento clínico da paralisia de Bell: estudo comparativo com o uso de valaciclovir mais deflazacort versus deflazacort versus placebo / Clinical treatment of Bell's palsy: comparative study with the use of valaciclouir more deflazacort versus deflazacort versus placebo
Fonte: Acta AWHO;19(2):68-75, abr.-jun. 2000.
Idioma: pt.
Resumo: A paralisia de Bell é uma doença de causa ainda desconhecida que pode deixar seqüelas estéticas e funcionais, algumas vezes irreversíveis. Estudamos o tratamento clínico em 46 pacientes com paralisia de Bell na fase aguda, dividindo-os em grupo placebo, grupo deflazacort e grupo valaciclovir mais deflazacort. Encontramos uma idade média geral de 30 anos completos e pacientes com grau II à V na escala de House-Brackmann. Houve maior porcentagem de casos suprageniculados e com ausência de reflexo estapediano nos graus IV e V. Em relação às alterações no teste elétrico com o estimulador de Hilger, ao tempo de recuperação do reflexo estapediano, ao tempo de recuperação da paralisia facial e à presença ou ausência de seqüelas, houve resultados mais satisfatórios no grupo que utilizou valaciclovir mais deflazacort, embora estes resultados não foram estatisticamente significantes. Concluímos que o prognóstico da paralisia não se alterou de acordo com o tratamento clínico instituído.
Descritores: Aciclovir/uso terapêutico
Paralisia de Bell/tratamento farmacológico
Imunossupressores/uso terapêutico
Pregnenodionas/uso terapêutico
-Doença Aguda
Paralisia de Bell/diagnóstico
Método Duplo-Cego
Combinação de Medicamentos
Eletrodiagnóstico/métodos
Estimulação Elétrica/métodos
Prognóstico
Estapédio/fisiologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado
Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 16 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-88859
Autor: Silva, Marcia Ramos e; Costa, Maria Auxiliadora S; Rocha, Glyene Leite.
Título: Avaliaçäo da eficácia de um glicocorticoide (deflazacort) no tratamento de afecçöes dermatológicas / Evaluation of the effectiveness of a glucocorticoid (deflazacort) in the treatment of skin disorders
Fonte: Folha méd;100(3/4):13-5, mar.-abr. 1990. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Vinte pacientes com formas agudas e crônicas de eczema, dos quais cinco eram portadores de diabetes mellitus, foram tratados com deflazacort, um glicocorticóide de síntese que apresenta dissociaçäo enre o efeito antiinflamatório e alteraçöes no metabolismo mineral e dos carboidratos. No período de observaçäo de quatro semanas, a análise da evoluçäo clínica mostrou uma resposta moderada a excelente. Em relaçäo aos sintomas, houve melhora em 100% dos pacientes com edema, em 80% daqueles com pápulas, vesículas e eritema, em 75% dos que apresentavam escamas e em 50% dos pacientes com liquenificaçäo. Nos pacientes diabéticos näo houve modificaçäo dos parâmetros bioquímicos do sangue
Descritores: Eczema/tratamento farmacológico
Pregnenodionas/uso terapêutico
-Ensaios Clínicos como Assunto
Limites: Adulto
Meia-Idade
Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central



página 1 de 2 ir para página        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde