Base de dados : LILACS
Pesquisa : D04.210.500.745.745.725 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-471321
Autor: Barbosa, Adriana Dias Elpo; Morato, Gina Struffaldi.
Título: Influence of epipregnanolone on the modulation of rapid tolerance to ethanol by neurosteroids
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;29(4):337-345, dez. 2007. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The objective of the present study was to investigate the effect of epipregnanolone on the influence of neurosteroids on the development of rapid tolerance to the motor impairing and hypothermic effects of ethanol. METHOD: Experiment 1: on Day 1 groups of mice were pretreated with saline or with epipregnanolone. After 30 min each group was further divided in subgroups that received ethanol or saline. Thirty, 60 and 90 min after the injections the animals were tested on the rota-rod or the body temperature was measured. On Day 2 all groups received ethanol and a similar procedure was followed to evaluate rapid tolerance. Experiment 2 and 3: On Day 1 groups of mice were treated with epipregnanolone and after 15 min each group was divided into three groups in order to receive pregnenolone sulfate, dehydroepiandrosterone sulfate or saline. Thirty minutes later, each group was further divided into two subgroups in order to receive ethanol or saline, respectively, and 30, 60 and 90 min later the animals were tested as in the experiment 1. On Day 2 all groups received ethanol and a similar procedure was followed to evaluate rapid tolerance. RESULTS: Pretreatment with epipregnanolone (0.10-0.30 mg/kg) significantly blocked the development of tolerance to the motor impairing and hypothermic effects induced by ethanol in mice. Considering tolerance to ethanol-induced motor impairment, epipregnanolone (0.15 mg/kg) reversed the stimulatory action of dehydroepiandrosterone sulfate (0.15 mg/kg), but did not affect the actions of pregnenolone sulfate (0.08 mg/kg). Moreover, epipregnanolone prevented the inhibitory action of allotetrahydrodeoxycorticosterone (0.10 mg/kg). In relation to ethanol-induced hypothermia, the results showed that pretreatment with epipregnanolone (0.30 mg/kg) significantly prevented the stimulatory action of dehydroepiandrosterone sulfate and pregnenolone sulfate, as well as the inhibitory action of...

OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi o de investigar o efeito da epipregnanolona sobre a influência de neuroesteróides no desenvolvimento da tolerância rápida aos efeitos de incoordenação motora e hipotermia induzidos pelo etanol. MÉTODO: Experimento 1: no Dia 1, grupos de camundongos foram pré-tratados com salina ou com epipregnanolona. Após 30 min, cada grupo foi subdividido recebendo etanol ou salina. Aos 30, 60 e 90 min após as injeções, os animais foram testados no rota-rod ou a temperatura corporal foi avaliada. No Dia 2, todos os grupos receberam etanol e um procedimento similar foi seguido para avaliar a tolerância rápida. O pré-tratamento com a epipregnanolona (0,10-0,30 mg/kg) bloqueou significantemente o desenvolvimento da tolerância aos efeitos de incoordenação motora e hipotermia induzidos pelo etanol em camundongos. Experimento 2 e 3: no Dia 1, grupos de animais foram tratados com epipregnanolona e, após 15 min, cada grupo foi dividido em três grupos para receber sulfato de pregnanolona, sulfato de dehidroepiandrosterona ou salina. Após 30 min, cada grupo foi dividido em dois subgrupos para receber etanol ou salina, respectivamente, e após 30, 60 e 90 min os animais foram testados como no experimento 1. No Dia 2, todos os grupos receberam etanol e 30 min após foram testados como mencionado no experimento 1. RESULTADOS: Considerando a tolerância ao prejuízo motor induzido pelo etanol, a epipregnanolona (0,15 mg/kg) bloqueou a ação estimulatória do sulfato de dehidroepiandrosterona (0,15 mg/kg), mas não afetou a ação do sulfato de pregnanolona (0,08 mg/kg). Entretanto, a epipregnanolona bloqueou a ação inibitória da alotetrahidrodeoxicorticosterona (0,10 mg/kg). Em relação à hipotermia induzida pelo etanol, os resultados demonstraram que o pré-tratamento com epipregnanolona (0,30 mg/kg) bloqueou significantemente a ação estimulatória do sulfato de dehidroepiandrosterona e do sulfato de pregnanolona, bem como a ação...
Descritores: Anestésicos/farmacologia
Depressores do Sistema Nervoso Central/farmacologia
Etanol/farmacologia
Hipotermia/induzido quimicamente
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Pregnanolona/farmacologia
-Análise de Variância
Temperatura Corporal/efeitos dos fármacos
Modelos Animais de Doenças
Avaliação Pré-Clínica de Medicamentos
Interações Medicamentosas
Tolerância a Medicamentos
Desoxicorticosterona/análogos & derivados
Desoxicorticosterona/farmacologia
Pregnenolona/farmacologia
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-435707
Autor: Debatin, Thaize; Barbosa, Adriana Dias Elpo.
Título: Effect of isopregnanolone on rapid tolerance to the anxiolytic effect of ethanol / Influência da isopregnenolona na tolerância rápida ao efeito ansiolítico do etanol
Fonte: Rev. bras. psiquiatr;28(1):18-23, mar. 2006. ilus.
Idioma: en; pt.
Resumo: OBJETIVE: It has been shown that neurosteroids can either block or stimulate the development of chronic and rapid tolerance to the incoordination and hypothermia caused by ethanol consumption. The aim of the present study was to investigate the influence of isopregnanolone on the development of rapid tolerance to the anxiolytic effect of ethanol in mice. METHOD: Male Swiss mice were pretreated with isopregnanolone (0.05, 0.10 or 0.20 mg/kg) 30 min before administration of ethanol (1.5 g/kg). Twenty-four hours later, all animals we tested using the plus-maze apparatus. The first experiment defined the doses of ethanol that did or did not induce rapid tolerance to the anxiolytic effect of ethanol. In the second, the influence of pretreatment of mice with isopregnanolone (0.05, 0.10 or 0.20 mg/kg) on rapid tolerance to ethanol (1.5 g/kg) was studied. CONCLUSIONS: The results show that pretreatment with isopregnanolone interfered with the development of rapid tolerance to the anxiolytic effect of ethanol.

OBJETIVO: Estudos prévios têm mostrado que os neuroesteróides podem bloquear ou estimular o desenvolvimento da tolerância rápida e crônica aos efeitos de incoordenação e hipotermia produzidos pelo etanol. O objetivo do presente estudo foi investigar a influência da isopregnenolona sobre o desenvolvimento da tolerância rápida ao efeito ansiolítico do etanol em camundongos. MÉTODO: Camundongos suíços, machos, foram pré-tratados com isopregnenolona (0,05, 0,10 ou 0,20 mg/kg) 30 minutos antes da administração de etanol (1,5 g/kg). Após 24 horas, todos os animais foram testados no labirinto em cruz elevado. O primeiro experimento foi realizado com o intuito de selecionar uma dose de etanol que produzisse tolerância rápida ao efeito ansiolítico do etanol. No segundo experimento, o objetivo foi investigar o efeito da isopregnenolona (ISO; 0,05, 0,10 ou 0,20 mg/kg) sobre a tolerância rápida ao etanol (1,5 g/kg). CONCLUSÕES: Os resultados mostram que o tratamento prévio com isopregnenolona interferiu no desenvolvimento da tolerância rápida ao efeito ansiolítico etanol.
Descritores: Ansiolíticos/efeitos adversos
Ataxia/induzido quimicamente
Etanol/efeitos adversos
Hipotermia/induzido quimicamente
Pregnenolona/efeitos adversos
Tolerância a Medicamentos/fisiologia
-Análise de Variância
Aprendizagem em Labirinto/efeitos dos fármacos
Atividade Motora/efeitos dos fármacos
Receptores de GABA-A/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Masculino
Camundongos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-341964
Autor: Marques, Marlice Aparecida Sipoli; Pereira, Henrique Marcelo Gualberto; Aquino Neto, Francisco Radler de.
Título: Controle de dopagem de anabolizantes: o perfil esteroidal e suas regulações / Control of doping with anabolic agents: the steroid profile and its regulations
Fonte: Rev. bras. med. esporte;9(1):15-24, jan.-fev. 2003. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: O conceito de perfil esteroidal é discutido neste artigo. As principais vias biossintéticas säo apresentadas. A importância do monitoramento do perfil esteroidal é demonstrada dentro da clínica médica e da medicina esportiva. Parâmetros da literatura para a identificaçäo de dopagem por esteróides endógenos säo apresentados, assim como os fatores que acarretam alterações no perfil esteroidal normal. É dada atençäo especial a essa última abordagem
Descritores: Hormônio Adrenocorticotrópico
Androstenodiona
Anabolizantes/farmacocinética
Anabolizantes/metabolismo
Biotransformação
Doping nos Esportes
Hidrocortisona
Pregnenolona
Progesterona
Detecção do Abuso de Substâncias
-Medicina Esportiva
Limites: Humanos
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-314393
Autor: Martínez, Federico; Espinosa García, María T; García, Cecilia; Maldonado, Guadalupe; Milán, Rebeca; Uribe, Aída; Flores Herrera, Oscar.
Título: Metabolismo energético y esteroidogénico de la plancenta humana / Energetic and steroidogenic metabolism at the human placenta
Fonte: Rev. Fac. Med. UNAM;44(5):201-206, sept.-oct. 2001. tab.
Idioma: es.
Resumo: Las células del sinciciotrofoblasto obtienen el ATP a través de la glucólisis anaerobia. Sin embargo, aunque las mitocondrias de la placenta sintetizan ATP, éste no participa en los procesos citoplasmáticos. Nuestros datos muestran la presencia de una ATP-difosfohidrolsa (apirasa) asociada a las mitocondrias de la placenta, que se inhibe por vanadato y FSBA. En este trabajo proponemos la hipótesis de que la apirasa y el ATP que sintetizan las mitocondrias de las células del sinciciotrofoblasto están asociados al transporte de colesterol necesario para la síntesis de progesterona, y que el uso del ATP y la actividad de la apirasa están asociados a los puntos de unión mitocondriales.
Descritores: Trifosfato de Adenosina
Apirase
Colesterol
Placenta
Progesterona
-Mitocôndrias
Pregnenolona
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: MX1.1 - CENIDSP - Centro de Información para Decisiones en Salud Pública


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-43757
Autor: Ravanal, Marillac; Contreras, Patricio; Serron Ferre, Maria.
Título: Separación y caracterización por cromatografía líquida de alta resolución de delta**4-3 ceto esteroides sintetizados a partir de 3H-pregnenolona por un tumor suprarrenal ectópico tratado con ketoconazol / High resolution liquid chromatography separation of delta**4-3-keto steroids synthesized from 3H-pregnenolone by an ectopic adrenal tumor treated with ketoconazole
Fonte: Rev. méd. Chile;115(2):129-34, Feb. 1987. tab, ilus.
Idioma: es.
Descritores: Neoplasias das Glândulas Suprarrenais/metabolismo
Técnicas In Vitro
Cetoconazol/farmacologia
Cetosteroides/biossíntese
Pregnenolona/metabolismo
-Cromatografia Líquida/métodos
Limites: Humanos
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde