Base de dados : LILACS
Pesquisa : D04.345 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1057090
Autor: Tatar, Bengu; Köse, Sükran; Ergun, Nadide Colak; Turken, Melda; Onlen, Yusuf; Yilmaz, Yusuf; Akhan, Sila.
Título: Response to direct-acting antiviral agents in chronic hepatitis C patients with end-stage renal disease: a clinical experience
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);65(12):1470-1475, Dec. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY OBJECTIVE The recent development of direct-acting antiviral agents (DAAs) has dramatically changed the treatment of chronic hepatitis C, and interferon-based regimes have become a poor treatment choice in clinical practice. Today DAAs offer shorter, well-tolerated, highly effective curative therapies. This study aimed to evaluate the effectiveness and safety of DAAs in patients with end-stage renal disease and HCV genotype 1 infection in real clinical practice. METHODS Thirty-six patients who attended our clinic, were diagnosed with chronic hepatitis C (CHC), undergoing hemodialysis, and fulfilled the criteria of age >18 years, genotype 1 infection, with a detectable HCV RNA level were considered for the study. Patients with GT1a infection received OBV/PTV/r plus DSV plus RBV for 12 weeks; GT1b infected patients received this regimen without RBV for 12 weeks. RESULTS The study was conducted on 33 patients. The mean age was 52.30 ±13.77 years, and 70 % of them were male. By the fourth week of treatment, HCV RNA levels decreased below 15 IU/ml in all patients. Sustained virologic response (SVR) 12 rate was 100%. Nine patients had side effects during treatment. Of the patients with side effects, 89.9% were in group 1a and 11.1% in group 1b. CONCLUSION In this study, treatment with OBV/PTV/r and DSV with or without RBV resulted in high rates of sustained virologic response in HCV GT1-infected patients with end-stage renal disease (ESRD). SVR was achieved in all patients with few side effects.

RESUMO O recente desenvolvimento de agentes antivirais de ação direta (DAAs) mudou drasticamente o tratamento da hepatite C crônica, e os regimes livres de interferon tornaram-se pobres escolhas para tratamento na prática clínica. Hoje os DAAs oferecem terapias curativas mais curtas, bem toleradas e altamente eficazes. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia e segurança dos DAAs em pacientes com doença renal em estágio terminal e infecção pelo genótipo 1 do HCV na prática clínica real. MÉTODOS Trinta e seis pacientes, que se inscreveram em nossa clínica com diagnóstico de hepatite C crônica (CHC), inclusive no programa de hemodiálise, e preencheram os critérios de idade >18 anos, foram considerados para infecção pelo genótipo 1 com nível detectável de RNA do HCV. Os pacientes com infecção por GT1a receberam OBV/PTV/r mais DSV mais RBV por 12 semanas. Os pacientes infectados com GT1b receberam este regime sem RBV por 12 semanas. RESULTADOS O estudo foi realizado em 33 pacientes. A idade média foi de 52,30±13,77 anos e 70% deles eram do sexo masculino. Na semana 4 do tratamento, os níveis de ARN do VHC diminuíram para menos de 15 UI/ml em todos os pacientes. A taxa de resposta virológica sustentada (RVS) 12 foi de 100%. Nove pacientes apresentaram efeitos colaterais durante o tratamento. Dos pacientes com efeitos colaterais, 89,9% estavam no grupo 1a e 11,1% no grupo 1b. CONCLUSÃO Neste estudo, o tratamento com OBV/PTV/r e DSV com ou sem RBV resultou em altas taxas de resposta virológica sustentada em pacientes infectados pelo VGC GT1 com doença renal em estágio final (ESRD). A RVS foi alcançada em todos os pacientes com poucos efeitos colaterais.
Descritores: Antivirais/uso terapêutico
Hepatite C Crônica/tratamento farmacológico
Falência Renal Crônica/virologia
-Ribavirina/uso terapêutico
Sulfonamidas/uso terapêutico
Fatores de Tempo
Uracila/análogos & derivados
Uracila/uso terapêutico
RNA Viral/sangue
Carbamatos/uso terapêutico
Resultado do Tratamento
Hepacivirus/efeitos dos fármacos
Hepacivirus/genética
Estatísticas não Paramétricas
Ritonavir/uso terapêutico
Hepatite C Crônica/virologia
Compostos Macrocíclicos/uso terapêutico
Quimioterapia Combinada
Resposta Viral Sustentada
Genótipo
Anilidas/uso terapêutico
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-744697
Autor: Provenzi, Valentina Oliveira; Rosa, Rafael Fabiano Machado; Rosa, Rosana Cardoso Manique; Roehe, Adriana Vial; Santos, Pedro Paulo Albino dos; Faulhaber, Fabrízia Rennó Sodero; Oliveira, Ceres Andréia Vieira de; Zen, Paulo Ricardo Gazzola.
Título: Tumor size and prognosis in patients with Wilms tumor / Tamanho tumoral e prognóstico em pacientes portadores de tumor de Wilms
Fonte: Rev. paul. pediatr;33(1):82-87, Jan-Mar/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: Investigate the relationship of the tumor volume after preoperative chemotherapy (TVAPQ) and before preoperative chemotherapy (TVBPQ) with overall survival at two and at five years, and lifetime. METHODS: Our sample consisted of consecutive patients evaluated in the period from 1989 to 2009 in an Onco-Hematology Service. Clinical, histological and volumetric data were collected from the medical records. For analysis, chi-square, Kaplan-Meier, log-rank and Cox regression tests were used. RESULTS: The sample consisted of 32 patients, 53.1% were male with a median age at diagnosis of 43 months. There was a significant association between TVAPQ>500mL and the difference between the TVBPQ and TVAPQ (p=0.015) and histologic types of risk (p=0.008). It was also verified an association between the difference between the TVBPQ and TVAPQ and the predominant stromal tumor (p=0.037). When assessing the TVAPQ of all patients, without a cutoff, there was an association of the variable with lifetime (p=0.013), i.e., for each increase of 10mL in TVAPQ there was an average increase of 2% in the risk of death. CONCLUSIONS: Although our results indicate that the TVAPQ could be considered alone as a predictor of poor prognosis regardless of the cutoff suggested in the literature, more studies are needed to replace the histology and staging by tumor size as best prognostic variable. .

OBJETIVO: Investigar a relação entre o volume do tumor após a quimioterapia pré-operatória (VTPOS) e antes da quimioterapia pré-operatória (VTPRE) com sobrevida geral aos dois e cinco anos e tempo de vida. MÉTODOS: A amostra foi composta por pacientes consecutivos avaliados de 1989 a 2009, em um serviço de onco-hematologia. Os dados clínicos, histológicos e volumétricos foram coletados a partir dos registros médicos. Para análise, usaram-se os testes qui-quadrado, Kaplan-Meier, log-rank e regressão de Cox. RESULTADOS: A amostra foi composta de 32 pacientes, 53,1% do sexo masculino, com mediana de idade ao diagnóstico de 43 meses. Houve associação significativa entre VTPOS >500 mL e a diferença entre o VTPRE e VTPOS (p=0,015) e os tipos histológicos de risco (p=0,008). Verificou-se também uma associação entre a diferença entre o VTPRE e VTPOS e o tumor de predomínio estromal (p=0,037). Quando se avaliou o VTPOS de todos os pacientes, sem um ponto de corte definido, observou-se associação dessa variável com o tempo de vida (p=0,013), isto é, para cada aumento de 10 mL no VTPOS houve um aumento médio de 2% no risco de morte. CONCLUSÕES: Embora os resultados indiquem que o VTPOS poderia ser considerado um preditor isolado de mau prognóstico, independentemente do ponto de corte sugerido na literatura, mais estudos são necessários para substituir a histologia e estadiamento pelo tamanho do tumor como melhor variável prognóstica. .
Descritores: Antineoplásicos Fitogênicos/farmacologia
Diterpenos/farmacologia
Resistência a Múltiplos Medicamentos/efeitos dos fármacos
Resistencia a Medicamentos Antineoplásicos/efeitos dos fármacos
Compostos Macrocíclicos/farmacologia
-Antineoplásicos Fitogênicos/química
Antineoplásicos Fitogênicos/isolamento & purificação
Proliferação de Células/efeitos dos fármacos
Relação Dose-Resposta a Droga
Ensaios de Seleção de Medicamentos Antitumorais
Diterpenos/química
Diterpenos/isolamento & purificação
Euphorbia/química
HTABORTION, INCOMPLETE CELLS
Conformação Molecular
Compostos Macrocíclicos/química
Compostos Macrocíclicos/isolamento & purificação
Fenótipo
Relação Estrutura-Atividade
Células Tumorais Cultivadas
Limites: Animais
Humanos
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde