Base de dados : LILACS
Pesquisa : D05.750.395.616 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 127 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 13 ir para página                         

  1 / 127 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088957
Autor: Leonardo, Fabio Henrique Luiz; Gonçalves, Allan C. Pieroni.
Título: Fifteen years of experience with frontalis suspension using polytetrafluoroethylene (Gore-Tex®) suture in blepharoptosis repair / 15 anos de experiência em suspensão frontal com fio de politetrafluoretileno (Gore-Tex®) na correção de ptose palpebral
Fonte: Arq. bras. oftalmol;83(1):39-42, Jan.-Feb. 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To review the outcomes of frontalis suspension surgeries with the use of polytetrafluoroethylene in patients with blepharoptosis. Methods: A retrospective observational study analyzed the outcomes of frontalis suspension surgeries performed in a single institution from 2003 to 2018. All procedures were performed with closed incision and single pentagon techniques. Outcomes were classified as satisfactory or unsatisfactory, with satisfactory defined as a margin reflex distance of >3 mm and <1 mm between eyelids and unsatisfactory as hypocorrection, surgical complications, and asymmetry. Results: We included a total of 76 eyelids from 52 patients in our study. Within a mean postoperative follow-up of 16.8 ± 18.5 months (range, 3-95), 59 (77.6%) eyelids had a satisfactory outcome, and 17 (22.4%) were unsatisfactory (8 cases of asymmetry, 3 granulomas, 3 suture extrusions, 2 abscesses, and 1 case of cellulitis). Nine eyelids from the unsatisfactory group required reoperation. Among the patients with a follow-up of ³12 months (38 surgeries), lasting results were observed in most eyelids, except for 2 late-onset suture extrusions. Conclusion: The use of polytetrafluoroethylene in frontalis suspension surgery was shown to be predictable, safe, and lasting. Our findings support previous studies that have shown adequate functional results and low complication rates.

RESUMO Objetivo: Revisar os resultados de cirurgias de sus pensão ao músculo frontal com o uso de fio de politetrafluoretileno em pacientes com blefaroptose. Métodos: Em um estudo observacional retrospectivo, foram analisados os resultados das cirurgias de músculo frontal de uma instituição, realizadas entre 2003 e 2018. Todos os procedimentos foram realizados com incisão fechada e técnica de pentágono. Os desfechos foram classificados como satisfatórios ou insatisfatórios com definição satisfatória definida como distância margem-reflexo >3mm e <1mm entre as pálpebras e insatisfatória como hipocorreção, complicações cirúrgicas e assimetria. Resultados: Incluímos um total de 76 pálpebras de 52 pacientes em nosso estudo. Com um tempo médio de seguimento pós-operatório de 16,8 ± 18,5 meses (intervalo 3-95), 59 (77,6%) pálpebras apresentaram desfecho satisfatório e 17 (22,4%) insatisfatórios (8 casos de assimetria, 3 granulomas, 3 extrusões de sutura, 2 abscessos e 1 caso de celulite). Nove pálpebras do grupo insatisfatório necessitaram de reoperação. Entre os pacientes com seguimento ³12 meses (38 cirurgias), resultados duradouros foram observados na maioria dos casos, exceto por 2 extrusões de sutura de surgimento tardio. Conclusão: O uso de politetrafluoretileno na cirurgia de músculo frontal mostrou ser previsível, seguro e duradouro, Nossos achados corroboram com estudos prévios que mostraram resultados funcionais adequados e baixos índices de complicação.
Descritores: Politetrafluoretileno/uso terapêutico
Blefaroptose/cirurgia
Blefaroplastia/métodos
Pálpebras/cirurgia
Músculos Oculomotores/cirurgia
-Complicações Pós-Operatórias
Reoperação
Estudos Retrospectivos
Técnicas de Sutura
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1117025
Autor: Madison R, Annette; Honold G, Francisca; Castro V, Fernanda; Escobar B, Juan; Rivas P, Violeta; Barrera M, Francisco.
Título: Prevención de resangrado de várices esofágicas en pacientes con cirrosis a quienes se les aplicó stents de diámetro pequeño vs terapia médica basada en titulación hemodinámica / Prevention of rebleeding from esophageal varices in patients with cirrhosis receiving small-diameter stents vs hemodynamically controlled medical therapy
Fonte: Gastroenterol. latinoam;29(2):81-86, 2018. tab.
Idioma: es.
Descritores: Pressão Venosa/efeitos dos fármacos
Varizes Esofágicas e Gástricas/terapia
Hemorragia Gastrointestinal/prevenção & controle
-Politetrafluoretileno/uso terapêutico
Propranolol/uso terapêutico
Recidiva
Varizes Esofágicas e Gástricas/etiologia
Stents
Reprodutibilidade dos Testes
Medicina Baseada em Evidências
Quimioterapia Combinada
Hemorragia Gastrointestinal/etiologia
Isossorbida/uso terapêutico
Cirrose Hepática/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: CL61.1 - Biblioteca Central Campus Sur


  3 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-608205
Autor: Tostes, Rodrigo Otávio Gontijo; Ferreira, Felipe Pacheco Martins; Andrade Júnior, João Carlos Cisneiros Guedes de; Lima, José Cesário da Silva Almada; Almeida, Patrícia Noronha de; Meira, Alexandre Alcides Mattos de; Ferreira, Eduardo de Melo; Coelho, Anna Cristina de Freitas.
Título: Filling the nasal dorsum with Gore-tex in rhinoplasties / Uso do Gore-tex para preenchimento do dorso nasal em rinoplastias
Fonte: Rev. bras. cir. plást;26(3):461-465, July-Sept. 2011. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Many autogenous and exogenous materials have been frequently used for the production of grafts and implants in rhinoplasties. The ideal graft or implant should be biocompatible, biointegrated, non-absorbable, and easily moldable and should not cause an inflammatory response. Gore-tex, an expandable form of polytetrafluoroethylene (PTFE) has been used since the 1970s for vascular graft production. Although Gore-tex is extremely versatile and has extensive uses and low complication rates, the demonstration of Gore-tex use in aesthetic surgery is very limited in medical literature. METHODS: We performed a retrospective study of 7 patients who received Gore-tex implants in order to fill the nasal dorsum from January 2005 to December 2007. All patients were assessed for aesthetic and functional factors and for the presence or absence of complications. RESULTS: All patients had good postoperative evolution, with great satisfaction in terms of aesthetic and functional aspects and no complications. CONCLUSIONS: Gore-tex is a satisfactory synthetic material as it is inexpensive, easily moldable, has good biocompatibility, and has shown no incidence of extrusion or infection in implants used for nasal dorsum filling in previously reported cases.

INTRODUÇÃO: Muitos materiais autógenos e exógenos vêm sendo utilizados com frequência para confecção de enxertos e implantes nas rinoplastias. O enxerto ou implante ideal deve ser biocompatível, biointegrável, não-absorvível, facilmente moldável e não deve causar resposta inflamatória. O Gore-tex, uma forma expansível do politetrafluoretileno (PTFE), é usado desde a década de 1970 na confecção de próteses vasculares. Apesar de seu uso ser extremamente versátil e extenso, oferecendo baixas taxas de complicação, a demonstração na literatura médica de seus resultados, quando usado na cirurgia estética, é muito restrita. MÉTODO: Realizado estudo retrospectivo sobre a evolução de 7 pacientes submetidos a implantes de Gore-tex visando ao preenchimento do dorso nasal, no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2007. Todos os pacientes foram avaliados quanto a fatores estéticos e funcionais, e quanto à presença ou não de complicações. RESULTADOS: Todos os pacientes tiveram boa evolução pós-operatória, com grande satisfação do ponto de vista estético e funcional, e sem complicações. CONCLUSÕES: O Gore-tex mostrou-se um material sintético satisfatório, de baixo custo, facilmente moldável, com boa biocompatibilidade e com incidência nula de extrusão ou infecção para implantes de preenchimento de dorso nasal nos casos apresentados.
Descritores: Pacientes
Politetrafluoretileno
Próteses e Implantes
Rinoplastia
Cirurgia Plástica
Estudos Retrospectivos
Transplantes
Estética
-Politetrafluoretileno/normas
Politetrafluoretileno/uso terapêutico
Próteses e Implantes/normas
Rinoplastia/métodos
Cirurgia Plástica/métodos
Nariz
Nariz/cirurgia
Nariz/transplante
Transplantes/cirurgia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
História do Século XXI
Tipo de Publ: Revisão
Estudo de Avaliação
Responsável: BR32.1 - Serviço de Biblioteca e Informação Biomédica


  4 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1038114
Autor: Fuziy, Rogério Aoki; Artigiani Neto, Ricardo; Caetano Junior, Elesiario Marques; Alves, Ana Karina Soares; Lopes Filho, Gaspar Jesus; Linhares, Marcelo Moura.
Título: Comparative study of four different types of intraperitoneal mesh prostheses in rats
Fonte: Acta cir. bras;34(7):e201900703, 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose: To compare four types of mesh regarding visceral adhesions, inflammatory response and incorporation. Methods: Sixty Wistar rats were divided into four groups, with different meshes implanted intraperitoneally: polytetrafluoroethylene (ePTFE group); polypropylene with polydioxanone and oxidized cellulose (PCD); polypropylene (PM) and polypropylene with silicone (PMS). The variables analyzed were: area covered by adhesions, incorporation of the mesh and inflammatory reaction (evaluated histologically and by COX2 immunochemistry). Results: The PMS group had the lowest adhesion area (63.1%) and grade 1 adhesions. The ePTFE and PM groups presented almost the total area of their surface covered by adherences (99.8% and 97.7% respectively) The group ePTFE had the highest percentage of area without incorporation (42%; p <0.001) with no difference between the other meshes. The PMS group had the best incorporation rate. And the histological analysis revealed that the inflammation scores were significantly different. Conclusions: The PM mesh had higher density of adherences, larger area of adherences, adherences to organs and percentage of incorporation. ePTFE had the higher area of adherences and lower incorporation. The PMS mesh performed best in the inflammation score, had a higher incorporation and lower area of adherences, and it was considered the best type of mesh.
Descritores: Próteses e Implantes/efeitos adversos
Telas Cirúrgicas/normas
Aderências Teciduais/patologia
Hérnia Incisional/cirurgia
Inflamação/patologia
-Polipropilenos/efeitos adversos
Politetrafluoretileno/efeitos adversos
Complicações Pós-Operatórias/prevenção & controle
Silicones/efeitos adversos
Telas Cirúrgicas/efeitos adversos
Teste de Materiais
Vísceras/fisiologia
Celulose Oxidada/efeitos adversos
Aderências Teciduais/prevenção & controle
Ratos Wistar
Estatísticas não Paramétricas
Parede Abdominal
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-966307
Autor: Mariotto, Lígia Gabrielle Sanches; Vidal, Carla Larissa; Castro, Denise Tornavoi de; Catirse, Alma Blásida Concepcion Elizaur Benitez; Almeida, Rossana Pereira de; Reis, Andréa Cândido dos.
Título: Bond strength of resin cements to novel materials to intracanal posts applications / Resistência de união de cimentos resinosos a novos materiais para pinos intrarradiculares
Fonte: Braz. dent. sci;21(4):445-450, 2018. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Evaluate the bond strength of resin cements to new materials for application in intraradicular posts. Material and Methods: Five materials were evaluated: fiberglass, PET, polyethylene, polyacetal and PTFE. Two commercial resin cements (Rely X U200 and Rely X Arc) were applied on the test specimens of the materials (9x3mm) and the bonding was evaluated through the shear bond strength test, where the chisel operated with a load of 1kN and a velocity of 0.5mm/min at the cement/material interface. The data were analyzed by the Shapiro-Wilk test, followed by the two-way analysis of variance, performed with the Bonferroni post-test (α=0.05). Results: The glass fiber was statistically different from all evaluated materials (p0.05). Comparing the two cements, a statistical difference was found between Rely X U200 and Arc only for the glass fiber (p=0). Conclusion: PET, polyethylene, polyacetal and PTFE exhibited reduced bond strength compared to the glass fiber (AU)

Objetivo: Avaliar a resistência de união de cimentos resinosos a novos materiais para aplicação em pinos intrarradiculares. Material e método: Foram avaliados cinco materiais: fibra de vidro, PET, polietileno, poliacetal e PTFE. Dois cimentos resinosos comerciais (Rely X U200 e Rely X Arc) foram aplicados sobre os corpos de prova dos materias (9x3mm) e a resistência de união foi avaliada através do teste de cisalhamento, onde o cinzel atuou com carga de 1kN e velocidade de 0,5mm/min na interface cimento/material. Verificada a normalidade dos dados através do teste Shapiro-Wilk, foi realizada a análise de variância de dois fatores com pós-teste de Bonferroni (α=0,05). Resultados: a fibra de vidro foi diferente estatisticamtente de todos os materiais avaliados (p0,05). Comparando-se os dois cimentos, foi encontrada diferença estatística entre o Rely X U200 e Arc apenas para a fibra de vidro (p=0). Conclusão: PET, polietileno, poliacetal e PTFE apresentaram resistência de união reduzida comparando-se à fibra de vidro. (AU)
Descritores: Politetrafluoretileno
Polietilenotereftalatos
Cimentos de Resina
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  6 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-874022
Autor: Vieira, Evanice Menezes Marçal; Ueno, Camila Ferreira Satie; Valva , Vivian Neves; Goulart, Maria das Graças Vilela; Nogueira, Terezinha de Oliveira; Gomes, Mônica Fernandes.
Título: Regeneração óssea cranioplastia e complicações em clínicas coelhos com diabetes induzida por aloxana
Fonte: Braz. oral res;22(2):184-191, 2008. tab.
Idioma: en.
Resumo: ESTA pesquisa avaliou o Processo de Reparação óssea Defeitos cirúrgicos criados em hum dos Ossos parietal de coelhos diabéticos Utilizando a técnica de Regeneração óssea Guiada Parágrafo se observar OS Efeitos do nd aloxano Indução do diabetes mellitus. Vinte e quatro coelhos Adultos Foram divididos em Três Grupos de estudo: Controle (C), diabético (D ) e diabético Associada à politetrafluoretileno expandido (PTFE) de membrana (D- PTFE). Para Indução do diabetes , OS Uma animais receberam dose de aloxano monohidratado (90 mg / kg ) por via intravenosa OU NA auricular veia femoral. No grupo D , a membrana de PTFE coberto Ambos , Assoalho e nd Superfície do Defeito ósseo. Nos Grupos C e D, o Defeito ósseo preenchido com coágulo sangüíneo foi. Os espécimes fixados em formol Foram 10 Por Cento e Preparados Para análise histomorfométrica . Os resultados Mostraram Que hum 90 mg / kg dose de aloxano monohidratado promover Foi Suficiente Para de diabetes mellitus , Quando administrado na Veia auricular. Regeneração óssea Foi menor Não grupo diabético comparado com QUANDO OS Grupos controle e diabético PTFE, Mas não houve Diferença estatisticamente significante Entre os Dois Grupos experimentais (D e D- PTFE). Como complicações oral e clínica geral Entre os diabéticos Foram Perda de peso , poliúria , polifagia e gengivite crônica da sepultura do IPT (AU)
Descritores: CIRURG DCRANIO
CICATRIZACAO DE FERIDAS SFISIOL
REGENERACAO OSSEA SFISIOL
DDIABETES
-Análise de Variância
Materiais Biocompatíveis
Modelos Animais de Doenças
Politetrafluoretileno
Distribuição Aleatória
DDIABETES
OSSO PARIETAL SCIRURG
ROGAS DPANCREAS SEF
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-867791
Autor: Pereira, Rodrigo de Paula.
Título: Resistência á fratura de diferentes selamentos de orifício de acesso ao parafuso de fiação e da porcela de cobertura de restaurações metalo-cerâmicas parafusadas implantossuportadas / Fracture resistance of different sealings of the screw access hole and of ceramic veneer of the metal-ceramic screw-retained implant-supported restorations.
Fonte: Araraquara; s.n; 2013. 119 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia de Araraquara para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O objetivo deste estudo foi: A) avaliar a influência de diferentes materiais obturadores do canal de acesso ao parafuso sobre a resistência à fratura da resina de selamento, B) avaliar a influência do selamento do orifício de acesso ao parafuso (OAP) sobre a resistência à fratura da porcelana de cobertura. Para a confecção dos corpos-de-prova das duas partes do estudo foram usados componentes protéticos do tipo UCLA anti-rotacional (Biomet 3i) para implantes de hexágono externo com plataforma de 5,0 mm de diâmetro. Na primeira parte do estudo, foram testadas as resinas compostas fotopolimerizáveis Z100 e P60 (3M – ESPE) para selar o OAP, e como materiais de obturação do canal foram utilizados algodão hidrófilo, fita de politetrafluoretileno (fita veda rosca) e guta-percha. Os corpos-de-prova foram fundidos em liga de NiCr, e uma camada de 2,0 mm de espessura de porcelana feldspática foi aplicada sobre a face onde estava localizado o orifício de acesso ao parafuso. A porcelana do OAP foi jateada com óxido de alumínio, condicionada com ácido fluorídrico 10 %, e recebeu aplicação de silano e agente adesivo. Após a condensação do material obturador, o orifício foi selado com a resina composta, de acordo com o grupo experimental proposto e efetuado o teste de resistência à fratura por meio de uma força axial compressiva aplicada no centro da superfície do selamento até a fratura. Os valores foram analisados estatisticamente por meio da ANOVA um fator e teste de Tukey (p≤0,05). O melhor selamento foi observado com a resina P-60 associada ao algodão. Na segunda parte do estudo, foram confeccionadas 30 coroas metalo-cerâmicas implanto-suportadas, correspondentes a um molar inferior, e divididas igualmente nos seguintes grupos: 1) coroas parafusadas com o orifício de acesso selado através do O objetivo deste estudo foi: A) avaliar a influência...
Descritores: Cerâmica
Resinas Compostas
Prótese Dentária
Prótese Dentária Fixada por Implante
Reparação de Restauração Dentária
Resistência de Materiais
Politetrafluoretileno
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves
BR39.2, P436r. 2144


  8 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-864059
Autor: Monteiro, Adriana do Socorro Ferreira(aut).
Título: Efeito do plasma rico em plaquetas associado ao enxerto autógeno na tíbia de coelhos: estudo histomorfométrico, radiográfico e biomecânico / Platelet rich plasma effects associated to autogenous graft in rabbit tibias: a histomorfometric, radiographic and biomechanical study.
Fonte: s.l; s.n; s.d. 122 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia de São José dos Campos para obtenção do grau de Doutor.
Descritores: Plaquetas
Regeneração Óssea
Transplante Ósseo
Plasma
Politetrafluoretileno
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação
BR243.1; tD7, M764e


  9 / 127 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-847254
Autor: Dayube, Ulisses Ribeiro Campos; Furtado, Thayane Silveira Mata; Paula, Diego Philipe Siqueira De; Mello, Bruno Freitas; Bortoli, João Paulo Abreu De; Shibli, Jamil Awad.
Título: Preservação do rebordo alveolar com perda óssea vestibular associada a biomaterial e membrana PTFE densa intencionalmente exposta ao meio bucal / Preservation of the alveolar ridge with buccal bone loss associated with biomaterial and d-PTFE membrane intentionally exposed to the buccal environment
Fonte: ImplantNewsPerio;2(3):433-440, mai.-jun. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O uso de membranas em casos de regeneração óssea guiada tornou-se comum e representa um recurso para ganho de tecido ósseo. As membranas de politetrafluoretileno denso (d-PTFE) são uma opção quando há necessidade de mantê-las expostas ao meio bucal. Neste estudo, relata-se a utilização de uma membrana d-PTFE para regeneração óssea em alvéolo pós-extração em região estética.

The use of membranes in cases of guided bone regeneration has become common and represents a resource for bone tissue gain. Dense polytetrafl uoroethylene (d-PTFE) membranes are an option when there is a need to keep them exposed in the oral cavity. In this study, we report the use of a d-PTFE membrane for bone regeneration in the post-extraction socket in the esthetic zone.
Descritores: Materiais Biocompatíveis
Regeneração Óssea
Transplante Ósseo/métodos
Politetrafluoretileno/uso terapêutico
Cirurgia Bucal/métodos
Tomografia Computadorizada por Raios X
Limites: Humanos
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR510.1 - Biblioteca Central


  10 / 127 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-845641
Autor: Aravena C, Carlos; Olavarría L, Christian; Zúñiga P, Jorge; Sauvalle C, Marcel; Cantillano P, Pablo.
Título: Tiroplastía de medialización con Gore-Tex®: experiencia de 8 años en Hospital Clínico de la Universidad de Chile / Medialization thyroplasty with Gore-Tex®: 8 years experience in Clinical Hospital of the University of Chile
Fonte: Rev. otorrinolaringol. cir. cabeza cuello;77(1):9-15, mar. 2017. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: La parálisis de cuerda vocal causa disfonía y puede ser complicación posterior a ciertas cirugías. Existen diversos tratamientos, uno de ellos es la tiroplastía de medialización, procedimiento realizado con anestesia local, permitiendo un fino ajuste de la voz. Objetivo: Analizar la experiencia en tiroplastía de medialización con Gore-tex® en el Hospital Clínico de la Universidad de Chile entre los años 2008-2016. Material y método: Estudio descriptivo, retrospectivo, con revisión de fichas clínicas de los pacientes que fueron sometidos a tiroplastía de medialización. Para el análisis de los datos se utilizará la prueba Wilcoxon. Resultados: Se analizaron datos de 21 pacientes, correspondientes a 24 tiroplastías de medialización. La edad promedio fue 54,2 años, 13 parálisis fueron secundarias a cirugía y 8 idiopáticas. En 17 pacientes se obtuvo la encuesta VHI-10 en el pre y posoperatorio, con valores promedio de 33,2y 17,4 (p =0,0003). Cinco pacientes requirieron de algún procedimiento complementario, entre 4 y 22 meses poscirugía: inyección de grasa, de Radiesse y refuerzo con otra prótesis de Gore-teX®. Conclusión: La tiroplastía de medialización es excelente para tratar la parálisis de cuerda vocal unilateral no recuperada en forma espontánea, siendo la encuesta VHI-10 una buena herramienta para evaluar la calidad de la voz.

Introduction: Vocal cord paralysis can cause hoarseness and coud be a complications to following certain surgeries. In its treatment, there are several alternatives, one of them is the medialization thyroplasty. This procedure, is performed under local anesthesia, allowing the fine-tune of the voice. Aim: To analyze the experience in Medialization Thyroplasty with Gore-tex in the Clinical Hospital of the University of Chile between 2008 and 2016. Material and method: Retrospective and descriptive, with the review of patient's clinical records who were treated with medialization thyroplasty. The data analysis is done using Wilcoxon test. Results: Data from 21 patients, corresponding to 24 medialization thyroplasty. The average age was 54.2 years old, 13 paralysis were secondary to surgeries and 8 were Idiopathic. In 17 patients it was posible to get the VHI-10 survey in the pre and postoperative, with an average value of 33.2 and 17.4 (p =0.0003). Five patients required some additional procedure, between 4 and 22 months post surgery: injection of fat, Radiesse and installation of a new Gore-tex prosthesis Conclusions: Medialization thyroplasty is an excellent method to treat paralysis of unilateral vocal cord in cases when is not recovered spontaneously, being the VHI-10 survey a good tool for assessing voice quality.
Descritores: Procedimentos Cirúrgicos Otorrinolaringológicos/métodos
Politetrafluoretileno
Próteses e Implantes
Paralisia das Pregas Vocais/cirurgia
-Estudos Retrospectivos
Inquéritos e Questionários
Resultado do Tratamento
Paralisia das Pregas Vocais/fisiopatologia
Qualidade da Voz
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 13 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde