Base de dados : LILACS
Pesquisa : D05.750.716.822.308.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 100 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 100 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1022877
Autor: Ortuño, Duniel; Mellado, Beatriz; Prado, Sebastián; Vargas, Juan Pablo; Rada, Gabriel.
Título: Restauraciones de lesiones cervicales no cariosas: un protocolo de revisión sistemática para la práctica clínica / Restorations of non-carious cervical lesions: a review protocol systematic for clinical practice
Fonte: ARS med. (Santiago, En línea);43(2):33-41, 2018. Tab.
Idioma: es.
Resumo: Las lesiones cervicales no cariosas son condiciones patológicas no bacterianas localizadas en el límite amelocementario de los dientes. Los principales biomateriales descritos para el tratamiento restaurador de estas lesiones son: vidrios ionómeros, vidrios ionómeros modificados con resinas, compómeros y resinas compuestas. El objetivo de este protocolo, consiste en establecer los elementos metodológicos de una revisión sistemática que evaluará el comportamiento clínico de restauraciones cervicales realizadas con estos biomateriales. Métodos: El protocolo fue diseñado, y será reportado, en línea con Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses Protocols (PRISMA-P 2015). Se realizará una búsqueda sensible en MEDLINE, EMBASE, Cochrane Central Register of Controlled Trials y ClinicalTrials.gov, sin restricción por lenguaje o publicación, para identificar ensayos controlados aleatorizados que comparen dos o más tratamientos restauradores en lesiones cervicales no cariosas. Los desenlaces a evaluar serán la retención de las restauraciones y caries secundaria, según criterios RYGE/USPHS. Al menos dos investigadores realizarán de manera independiente la selección de los ensayos y la extracción de los datos. El riesgo de sesgo será evaluado utilizando la herramienta recomendada por la colaboración Cochrane. Si es posible, se realizará un metanálisis y los datos serán presentados en tablas de resúmenes de resultados mediante el método Grading of Recommendations Assesment, Development and Evaluation (GRADE). Fortalezas y debilidades: Esta revisión sistemática entregará evidencia actualizada sobre el comportamiento de cuatro biomateriales en el tratamiento de lesiones cervicales no cariosas. La principal limitación proviene de la baja cantidad o deficiencias metodológicas de los estudios primarios. Número de registro (PROSPERO): CRD42017071114.(AU)

Non-carious cervical lesions constitute a group of non-bacterial pathological conditions of the dental structure located at amelocementary junction. The main dental materials that have been described for the restorative treatment of these lesions are: ionomer glass, resin modified ionomer glass, compomers and composite resins. The objective of this protocol, is to establish the methodological elements of a systematic review, that will evaluate the clinical behavior of cervical restorations performed with four dental biomaterials. Methods: The protocol was designed, and will be reported, in line with Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyzes Protocols (PRISMA-P 2015). We will conduct a sensitive search in MEDLINE, EMBASE, Cochrane Central Register of Controlled Trials and ClinicalTrials.gov, without language or publication restrictions, in order to identify randomized controlled trials comparing two or more restorative treatments in non-carious cervical lesions. The evaluated outcomes will be retention of restorations and secondary caries, according to RYGE/USPHS criteria. At least two reviewers will independently select studies and extract data. The risk of bias will be assessed using the tool recommended by the Cochrane Collaboration. If possible, a meta-analysis will be performed and the data will be presented in summary tables of results using the Grading of Recommendations Assesment, Development and Evaluation (GRADE) approach. Strength and Limitations: This systematic review will provide updated evidence on the behavior of four different dental biomaterials in the treatment of non-carious cervical lesions. The main limitation might arise from the low number or methodological limitations of primary studies. Register number (PROSPERO): CRD42017071114.(AU)
Descritores: Lesões do Pescoço
Vidro
-Metanálise
Resinas Compostas
Compômeros
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: 57788
Responsável: CL10.1 - Biblioteca Biomédica


  2 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-661327
Autor: Pithon, Matheus Melo; Santos, Mayana de Moura; Fernandes, Aline Birra Nolasco; Santos, Rogério Lacerda dos.
Título: Avaliação da liberação de flúor de compósitos ortodônticos: superBond Instant® e Color Change® / Assessment of release of fluoride composites orthodontic: superBond Instant® and Color Change®
Fonte: Rev. odontol. Univ. Cid. São Paulo (Online);24(3), set.-dez. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: O objetivo deste estudo é testar a hipótese de que não há diferença no desempenho de compósitos ortodônticos entre si quanto à liberação de flúor. Métodos: Os materiais foram divididos em 3 grupos: 2 compósitos ortodônticos utilizados para colagem de bráquetes ortodônticos: Grupo SI (SuperBond Instant, OrthoSource) e Grupo CC (Color Change, OrthoSource) e 1 cimento de ionômero de vidro (CIV) convencional utilizado para cimentação de bandas ortodônticas; Grupo S (Sumo, OrthoSource), como controle. A liberação de flúor foi medida durante 28 dias (1h, 24h, 1, 3, 7, 14, 21 e 28 dias), através de eletrodo íon seletivo conectado a um analisador de íons. Os dados foram submetidos aos testes não paramétricos de Kruskal-Wallis e de Mann-Whitney, a um nível de significância de 5%. Resultados: Os resultados evidenciaram que os materiais atingiram o pico máximo de liberação de flúor com 24h após presa inicial. Houve diferença estatística entre os grupos SI e CC com o grupo S em todos os tempos avaliados (p < 0.05). Houve diferença estatística entre os grupos SI e CC nos tempos de 1h, 24h, 3, 7, 14 e 21 dias (p < 0.05). Conclusão: A hipótese foi rejeitada. O compósito Color Change apresentou desempenho melhor comparado ao SuperBond Instant, porém ambos apresentaram uma liberação de flúor pouco expressiva comparados ao CIV convencional.

Introduction: The objective of this study is to test the hypothesis that there is no difference in performance of orthodonticcomposites in terms of their fluoride release. Methods: The materials were divided into three groups:two composites used for orthodontic Bonding of orthodontic brackets: Group SI (Instant SuperBond, Ortho-Source) and Group CC (Color Change, OrthoSource) and a glass ionomer cement (GIC) used for conventionalcementing orthodontic bands: Group S (Sumo, OrthoSource) as the control. Fluoride release was measuredduring 28 Days (1h, 24h, 1, 3, 7, 14, 21 and 28 Days), by ion selective electrode connected to an ion analyzer.The data were subjected to nonparametric tests of Kruskal-Wallis and Mann-Whitney, with a significance levelof 5%. Results: The results showed that the materials reached the peak of fluoride release after 24 hours afterinitial set. Statistical difference between groups SI and DC with the group S at all times evaluated (p <0.05).Statistical difference between groups SI and CC in 1h, 24h, 3, 7, 14 and 21 Days (p <0.05). Conclusion: Thehypothesis was rejected. Color Change composite performance was better compared to SuperBond Instant, butboth had a very expressive fluoride release compared to conventional GIC.
Descritores: Compômeros
Flúor
Cimentos de Ionômeros de Vidro
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-874749
Autor: Lund, Rafael Guerra(edt); Carvalho, Rodrigo Varella de(edt); Rodrigues-Junior, Sinval Adalberto(edt).
Título: Sealing ability of different adhesive restorative materials
Fonte: Rev. odontol. UNESP (Online);38(4):204-210, jul.-ago. 2009. tab.
Idioma: en.
Resumo: The purpose of this study was to evaluate the sealing ability of different adhesive restorative materials to bovine enamel and dentin. Ninety standard sauce-shaped Class V cavities with 3 mm of diameter × 2 mm of depth were prepared in the buccal and lingual faces of 45 bovine incisors. The gingival margin was located in dentin and the incisal margin in enamel. Teeth were randomly divided in 9 groups (n = 10) and restored with the following materials: fve fowable composites, one microflled composite, one microhybrid composite, one compomer; and one resin-modifed glass ionomer cement (RMGIC). The restorations were made based on the manufacturer's instructions for adhesive treatment and restorative procedure. After polishing, the teeth were thermocycled and immersed in 2% basic fuchsin for 24 hours. Teeth were, then, serially sectioned generating 3 slices of 1 mm that were observed in a stereomicroscope under × 40 magnifcation. The degree of dye leakage was recorded as follows: 0 - no leakage; 1 - leakage up to half the cavity; 2 - leakage in more than half of the cavity; 3 - extensive dye leakage, reaching the deepest portion of the cavity. Data was statistically analyzed using Kruskal-Wallis non-parametric test complemented with Bonferroni?s test when the difference between means was signifcant (alfa = 0,05). Extensive dye leakage was observed in dentin margins. The results were statistically higher than in enamel margins (Mann-Whitney U test (p < 0.001)). Compomer restorations produced the highest marginal sealing in dentin, differing from all other groups. The highest degree of dye leakage in enamel was produced by the microflled composite. The majority of the materials exhibited leakage-free margins in up to 70% of the specimens. Both, materials and substrate signifcantly infuenced the sealing ability.

O objetivo deste estudo foi avaliar o selamento marginal de materiais restauradores adesivos diferentes ao esmalte e à dentina bovina. Noventa cavidades Classe V, padronizadas na forma de pires, com 3 mm de diâmetro × 2 mm de profundidade foram preparadas nas superfícies vestibular e palatina de 45 incisivos bovinos, com margem gengival localizada em dentina e margem incisal em esmalte. Os dentes foram aleatoriamente divididos em 9 grupos (n = 10) e restaurados com os seguintes materiais: cinco resinas fow, uma resina composta microparticulada, uma resina composta microhíbrida, um compômero e um CIVMR. As restaurações foram confeccionadas com base nas instruções dos fabricantes para tratamento adesivo e procedimento restaurador. Depois do polimento, os dentes foram termociclados e imersos em fucsina básica a 2% por 24 horas. Os dentes foram seccionados seriadamente gerando 3 fatias de 1 mm que foram observadas em estereomicroscópio sob magnifcação de 40×. O grau de penetração do corante foi registrado conforme segue: 0 - sem infiltração; 1 - infiltração atingindo metade da cavidade; 2 - infiltração em mais da metade da cavidade; 3 - infiltração extensa, atingindo a porção mais profunda da cavidade. Os dados foram submetidos ao teste não paramétrico de Kruskal-Wallis complementado com o teste de Bonferroni quando a diferença entre as médias foi signifcante (alfa = 0,05). Infiltração extensa foi observada nas margens dentinárias. Os resultados foram estatisticamente superiores aos produzidos em margens em esmalte (Mann-Whitney U (p < 0,001)). Restaurações de compômero produziram o maior selamento marginal em dentina, diferindo de todos os outros grupos. O maior grau de infiltração do corante em esmalte foi produzido pela resina composta microparticulada. A maioria dos materiais apresentou margens livres de infiltração em até 70% dos espécimes. Ambos, materiais e substratos influenciaram signifcativamente no selamento das restaurações.
Descritores: Compômeros
Resinas Compostas
Cimentos de Ionômeros de Vidro
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  4 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-874479
Autor: Bertolini, Martinna de Mendonça e; lazzetti, Gelsomina; Jacob, Silvana do Couto; Luiz, Ronir Raggio; Groisman, Sonia.
Título: Efeito da solução de NaOH como fator acelerador no processo de degradação de compósitos / The effect of NaOH solution accelerator as a factor in process of degradation of composites
Fonte: Perionews;3(3):224-229, jul.-ago. 2009.
Idioma: pt.
Resumo: As resinas compostas, a princípio somente aplicadas em dentes anteriores, vêm sofrendo uma série de modificações em sua composição, a fim de que supram as demandas do mercado no que diz respeito aos padrões estéticos dos tratamentos restauradores, inclusive em dentes posteriores. A proposta deste estudo foi avaliar cinco marcas de resinas para dentes posteriores com relação a sua resistência à flexão (RF) em função do tempo e da solução de armazenagem; utilizando um meio com pH 13 (NaOH) como fator acelerador no processo de degradação dos materiais testados. Foram utilizadas quatro resinas condensáveis ( Fill Magic-Vigodent, Alert-Jeneric, Pentron, Prodigy-Kerr, Sinergy-Coltene) e uma resina híbrida (TPH -Caulk Dentsplay) como controle. Para cada situação (material - solução tempo) foram confeccionados dez corpos-de-prova perfazendo um total de 475. Os mesmos foram fabricados de acordo com as instruções do fabricante em moldes determinados pela especificação da ISO. Para determinar a força de fratura foi utilizada uma máquina de ensaios universal (MTS modelo 810) a uma velocidade de 0,5 mm/min., no Laboratório de Ensaios Mecânicos, do Instituto Militar de Engenharia. Os dados foram analisados através do teste estatístico Anova e foi aplicado um teste de comparação múltipla apropriado. Os resultados preliminares sugerem que, em água destilada, a saliva e o tempo de armazenagem têm influência significativa na RF, e que o NaOH mostrou ser um meio eficiente para aceleração de processo de degradação, permitindo que os estudos a curto prazo reflitam resultados normalmente encontrados após longos períodos de armazenagem em soluções tradicionalmente utilizadas
Descritores: Compômeros
Resinas Compostas
Resistência de Materiais
Responsável: BR510.1 - Biblioteca Central


  5 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-873622
Autor: Brito, Alexandre Costa Reis; Couto, Cintia Fernandes do; Gouveia, Cresus Vinícius Depes de.
Título: Avaliação Comparativa da Resistência à Compressão e Termociclagem de uma Resina Direta e Duas Resinas Laboratoriais / Comparative Assessment of the Compressive Strength and Thermocycling of One Direct Composite Resin and Two Indirect Composite Resins
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;8(2):171-174, maio-ago. 2008. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a resistência à compressão de duas resinaslaboratoriais encontradas no mercado, a Artglass® e a Targis® euma resina composta direta, a TPH®, como grupo comparador.Método: Com o auxílio de matrizes com forma de um conesegmentado confeccionadas em aço inoxidável, com as medidasinternas de 8,0mm de diâmetro na base, 9,0mm na porção superiore 4,0mm de altura, foram confeccionados trinta corpos de prova,sendo dez de cada material a ser avaliado. Metade das amostraspassou pelo processo de termociclagem. Os corpos de prova forammantidos em água destilada por 72 horas e submetidos a umacarga axial por ação de uma ponta de extremidade arredondadacom 2mm de diâmetro, adaptada a uma máquina de teste universalEMIC 500. Foi utilizada uma velocidade de 0,5mm/min, com umacélula de capacidade de carga de 200Kgf.Resultados: A carga e o ponto de fratura foram registrados namáquina. As médias dos resultados foram calculadas em Kgf. Aresina composta TPH® ofereceu significativamente menorresistência à compressão que os outros dois materiais avaliados(p<0,05); Artglass® e Targis®, não apresentaram diferençaestatisticamente significativa entre si.Conclusão: O processo de termocicalgem não influenciou naresistência à compressão dos materiais Artglass® e Targis®. Nocaso do TPH®, há evidência estatisticamente significativa (p<0,05)de que os corpos de prova que não sofreram termociclagemapresentaram, em média, maior resistência à compressão queàqueles que passaram pelo processo de termociclagem (t=2,103;g.l. = 8; valor-p = 0,035).
Descritores: Resinas Compostas
Força Compressiva
Cimentação
Compômeros/análise
Prótese Dentária
-Análise de Variância
Técnicas In Vitro
Análise Estatística
Estatísticas não Paramétricas
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Estudo Comparativo
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos


  6 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Campos, Edson Alves de
Id: biblio-873369
Autor: Campos, Edson Alves de; Santos, Larissa Clementino da Rocha; Farias, Caroline Leão Cordeiro de; Toledo, Benedicto Egbert Corrêa de.
Título: Influência de corantes sobre a translucidez de resina composta convencional, resina composta flow e compômeros / Influency of corants on the translucence of convencional composite resin, flowable composite resin and compomers
Fonte: JBC j. bras. clin. odontol. integr;10(54):235-242, jul.-set. 2006. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Um dos principais objetivos da Odontologia Restauradora é a execução de restaurações que sejam imperceptíveis, obtendo uma harmonia destas com a estética natural dos elementos dentários. Isto é conseguido pela reprodução das características ópticas dos dentes, fato que tem se tornado possível cada vez mais devido às inúmeras pesquisas e introdução de novos materiais restauradores estéticos no mercado. Uma propriedade importante para obtenção desta característica natural das restaurações é a translucidez do material utilizado. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de pigmentos (corantes) contidos no chá, evidenciador de placa, e no cigarro, sobre a translucidez de alguns materiais restauradores estéticos disponíveis comercialmente (resina composta flow, resina composta convencional e compômero). As medidas de translucidez foram realizadas em vários períodos de tempo (0, 1, 10, 30 e 90 dias de imersão) e os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e teste estatístico de Tukey. Com base nestes resultados, constatou-se que uma maior translucidez foi obtida com a resina flow (M2). Em relação aos meios de imersão, observou-se que o evidenciador de placa (meio de imersão I2) foi o que proporcionaou uma maior redução dos valores de translucidez dos materiais quando comparado com o chá preto (I1) e o cigarro (I3). Concluiu-se também que a translucidez apresentou-se decrescente em relação aos períodos de tempo para todos os materiais utilizados
Descritores: Resinas Compostas
Compômeros/efeitos adversos
Pigmentação
-Materiais Dentários
Estética Dentária
Pigmentação em Prótese
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  7 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Mondelli, Rafael Francisco Lia
Id: biblio-872589
Autor: Cefaly, Daniela Francisca Gigo; Valarelli, Fabrício Pinelli; Seabra, Bárbara Gomes de Melo; Mondelli, Rafael Francisco Lia; Navarro, Maria Fidela de Lima.
Título: Effect of time on the diametral tensile strength of resin-modified restorative glass ionomer cements and compomer / Efeito do tempo na resistência à tração diametral de cimentos de ionômero de vidro modificados por resina e compômero
Fonte: Braz. dent. j;12(3):201-204, set.-dez. 2001. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: O objetivo desse estudo foi analisar a resistência à tração diametral de três cimentos de ionômero de vidro modificados por resina - Vitremer, Fuji II LC e Photac Fil e um compômero - Dyract. Os materiais foram testados após 1 hora, 1 dia e 1 semana. A máquina de testes Kratos foi utilizada a uma velocidade de 0,5 mm/min. Os dados foram analizados pelos testes ANOVA a dois critérios e teste de Tukey e mostrou diferenças estatisticamente significantes entre os materiais. Os materias testados apresentaram um aumento na resistência de 1 hora para 1 semana, como segue: Vitremer (19,22-27,29), Fuji II LC (23,91-28,67), Photac Fil (19,35-22,86) e Dyract (28,83-46,95). O dyract apresentou as maiores resistências
Descritores: Compômeros
Colagem Dentária
Cimentos de Ionômeros de Vidro
-Resinas Compostas
Teste de Materiais
Resistência à Tração
Fatores de Tempo
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-858462
Autor: Ribeiro, José Carlos Rabelo; Fontana, Ueide Fernando; Moysés, Marcos Ribeiro; Reis, Andréa Candido dos; Dias, Sérgio Candido; Ribeiro, João Gustavo Rabelo.
Título: Avaliação da solubilidade e desintegração de cimentos de ionômero de vidro modificado por resina e compômeros em função de proteção superficial / Evaluation of the solubility and desintegration of resin modified glass ionomer cements and compomers using surface protection
Fonte: Rev. odontol. UNESP;35(4):247-252, out.-dez. 2006. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O cimento de ionômero de vidro foi desenvolvido a partir da união de dois outros materiais, o cimento de silicato e o cimento policarboxilato de zinco. Mesmo com a evoluçãodesses materiais, a propriedade solubilidade/desintegração ainda está pouco clara na literatura. O objetivo deste trabalho foi avaliar comparativamente a solubilidade e desintegração de cimentos de ionômero de vidro modificados por resina e de compômeros, bem como, a necessidade ou não deaplicação de agentes de proteção sobre suas superfícies. Os materiais utilizados foram: M1-Vitremer (3M Co.); M2-Fuji II LC (GCAmerica Inc.); M3-Dyract (Dentsply); e M4-Compoglass (Vivadent). Os agentes de proteção superficial utilizados foram: P1-Fluroshield (Dentsply) e P2-FinishingGloss (3M Co.). Estes materiais foram submetidos a testes de solubilidade e desintegração de acordo com a norma ISO 7489 de 1986. Aos resultados foram aplicadas transformações angulares e submetidos à análise de variância (p < 0,05) a dois critérios fixos e teste de homogeneidade. Os cimentos de ionômero de vidro modificados por resina e os compômeros apresentaram diferentes valores de solubilidade e desintegração. O menor valor foi obtido pelo Dyract, seguido peloFuji II LC e Compoglass com valores intermediários e Vitremer com o maior valor. Concluiu-se que os materiais submetidos à proteção superficial apresentaram menores valores de solubilidade e desintegração que os não protegidos; os agentes protetores, Finishing Gloss e Fluroshield mostraram-se eficazes para proteção superficial dos cimentos de ionômero de vidro modificadospor resina e compômeros
Descritores: Compômeros
Cimentos de Ionômeros de Vidro
Cimentos de Resina
Solubilidade
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves


  9 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Miranda, Mauro Sayäo de
Rabello, Tiago Braga
Id: biblio-857463
Autor: Miranda, Mauro Sayão de; Dias, Kátia Regina H. Cervantes; Correia, Sandra Cristina Simões; Capanema, Rogério Esberard; Rabello, Tiago Braga.
Título: Efeito do jato profilático de bicarbonato de sódio sobre a superfície de materiais restauradores estéticos / The effect of the prophylactic jet on the surface of restorative materials
Fonte: Rev. bras. odontol;60(4):240-3, jul.-ago. 2003. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foi avaliado, em Microscopia Eletrônica de Varredura, o efeito do jato profilático de bicarbonato de sódio sobre os materiais: Durafil, Z100, TPH, Concise, Heliomolar Chelon-fil e Dyract AP, com e sem a proteção do selante de superfície Fortify, por 15, 30 ou 60 segundos. Os autores concluíram que a aplicação do jato altera a superfície dos materiais. A partir de 30 segundos, todos os materiais tiveram o contorno alterado com perda de substância
Descritores: Cimentos de Ionômeros de Vidro/metabolismo
Compômeros/metabolismo
Resinas Compostas/metabolismo
Materiais Dentários/normas
Microscopia Eletrônica de Varredura
Bicarbonato de Sódio/farmacologia
Bicarbonato de Sódio/uso terapêutico
Responsável: BR1141.1 - Biblioteca Central


  10 / 100 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Conceiçäo, Ewerton Nocchi
Id: biblio-852014
Autor: Fritscher, Angélica Maria Genehr; Araujo, Daniela Farias; Conceição, Ewerton Nocchi; Pacheco, João Felipe Mota.
Título: Avaliação da infiltração marginal de materiais ionoméricos em esmalte e dentina de dentes decíduos / Evaluation of marginal leakage of glass ionomer restorative materials on enamel and dentin in primary teeth
Fonte: JBP, j. bras. odontopediatr. odontol. bebê;3(12):130-8, mar.-abr. 2000. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Este trabalho avaliou in vitro a infiltração marginal em esmalte e dentina de dentes decíduos de três materiais ionoméricos: duas resinas modificadas por poliácidos Dyract AP (Dentsply) e F2000 (3M) e um ionômero de vidro modificado por resina composta Vitremer (3M). Foram utilizados 33 molares decíduos hígidos divididos em 3 grupos. As cavidades foram confeccionadas nas faces proximais e a parede gengival foi estendida até a junção amelo-cementária. Os materiais foram utilizados segundo as instruções dos fabricantes. Após a confecção das restaurações, as amostras foram armazenadas em água e mantidas em estufa a 37ºC por 24 horas. Foi realizada termociclagem com 500 ciclos nas temperaturas de 5ºC e 55ºC. Os dentes foram selados e imersos em azul de metileno a 0,55 por cento por 24 horas. O seccionamento foi feito no sentido mésio-distal, com o auxílio de uma cortadeira de precisão. A extensão da penetração do corante foi observada em microscopia ótica com 25 vezes de aumento na parede gengival em dentina, e na parede oclusal em esmalte. Os níveis de penetração do corante foram classificados de 0 a 3. Os resultados foram submetidos à análise estatística através do teste Kruskal-Wallis e comparações múltiplas ao nível de significância de 1 por cento e ao teste Qui-quadrado. Os três materiais utilizados não impediram completamente a infiltração marginal em esmalte e dentina. Com relação à infiltração marginal em esmalte, o F2000 apresentou um comportamento estatisticamente superior ao Vitremer e ao Dyract AP; com relação à infiltração marginal em dentina, o Vitremer apresentou um comportamento estatisticamente superior ao F2000 e ao Dyract AP que também foram diferentes entre si; com relação à infiltração marginal independente do substrato esmalte/dentina e com relação à ausência e presença de infiltração, o Vitremer e o F2000 foram semelhantes estatisticamente entre si e superiores ao Dyract AP
Descritores: Compômeros
Infiltração Dentária
Cimentos de Ionômeros de Vidro
-Esmalte Dentário
Dentina
Técnicas In Vitro
Dente Decíduo
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde