Base de dados : LILACS
Pesquisa : D08.811.277.040.330.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 46 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 46 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1116836
Autor: Morse, Leslie R; Coker, Jennifer; Battaglino, Ricardo A.
Título: Statins and bonehealth: a mini review / Estatinas y salud ósea: una minirevisión
Fonte: Actual. osteol;14(1):31-35, Ene - Abr. 2018. tab.
Idioma: en.
Resumo: Statins are a widely prescribed class of medications that inhibit similar pathways as the anti-resorptive bisphosphonate drugs. Statins target the mevalonate pathway by blocking HMG-CoA reductase. Several recent meta-analyses concluded statins are osteoprotective in the general population. Here we present current literature exploring the mechanisms underlying the putative osteoprotective effects of statins. We also review recent clinical studies, ranging from observational cohort studies to randomized clinical trials, testing the effect of statins on bone health in various populations. (AU)

Las estatinas son un grupo de drogas prescriptas en forma habitual, con la capacidad de bloquear vías de señalización similares a las inhibidas por los amino-bisfosfonatos. Las estatinas inhiben la vía del mevalonato, a través del bloqueo de diferentes enzimas. Varios metaanálisis recientes llevaron a la conclusión de que las estatinas tienen capacidad osteoprotectora en la población general. En esta revisión presentamos la literatura actual describiendo los mecanismos que subyacen en el potencial efecto osteoprotector de las estatinas, como así también estudios observacionales y clínicos aleatorizados sobre el efecto de estatinas en la salud ósea en diversas poblaciones. (AU)
Descritores: Osteoporose/prevenção & controle
Densidade Óssea/efeitos dos fármacos
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/uso terapêutico
-Osteoblastos/efeitos dos fármacos
Osteoclastos/efeitos dos fármacos
Osteoporose/tratamento farmacológico
Osso e Ossos/metabolismo
Pós-Menopausa/efeitos dos fármacos
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/farmacologia
Proteínas de Ligação ao GTP/efeitos dos fármacos
Sinvastatina/administração & dosagem
Difosfonatos/uso terapêutico
Difosfonatos/farmacologia
Dislipidemias/tratamento farmacológico
Fraturas Ósseas/prevenção & controle
Atorvastatina/administração & dosagem
Ácido Mevalônico/farmacologia
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Camundongos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  2 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-728522
Autor: Piscoya Moncada, Judy Melissa; Gálvez Villacorta, Gustavo Vicente.
Título: Positividad anticuerpo antitransglutaminasa tisular humana en adultos histológicamente compatibles con enfermedad celíaca / Antitransglutaminase antibody positivity in adults histologically compatible with celiac disease
Fonte: Rev. gastroenterol. Perú;34(3):189-194, jul. 2014. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: Objetivo: Determinar la frecuencia de positividad de anticuerpo antitransglutaminasa tisular humana en pacientes adultos histológicamente compatibles con enfermedad celiaca. Material y método: El presente trabajo corresponde a un diseño analítico, transversal con régimen de investigación orientado, en el que se realizó una revisión de historias clínicas de pacientes del Servicio de Gastroenterología de la Clínica San Pablo, Lima, Perú, con resultados de biopsias compatible con enfermedad celíaca (EC) desde el año 1994 al 2011 y que además contó con valor de anticuerpo antitransglutaminasa tisular humana (AATG), calculándose la frecuencia de positividad del mismo. Resultados: Según criterios señalados por el presente estudio se trabajó sobre un total de 44 historias clínicas conformadas por 18 (40,9%) correspondientes a hombres y 26 (59,1%) a mujeres, con una edad media al momento del diagnóstico de 51 ± 16,23 años en general de las cuales 12 (27,27%) obtuvieron resultado positivo para AATG, 2 (4,54%) valores indeterminados y 30 (68,18%) resultados negativos con resultados histológico compatible con EC. Conclusión: No es frecuente la positividad del anticuerpo antitransglutaminasa tisular humana en pacientes adultos histológicamente compatibles con enfermedad celiaca.

Objective: To determine the frequency of positive results for antitransglutaminase antibody in adult patients histologically compatible with celiac disease. Material and methods: Cross sectional, descriptive study with research-oriented regime, which included medical records of Gastroenterology Service of San Pablo Clinic, Lima, Peru from 1994 to 2011 with biopsies histologically compatible with CD and antitransglutaminase antibodies to find the frequency of positive serology. Results: According to criteria established by the present study, we worked on a total of 44 medical records which included18 (40.9%) men and 26 (59.1%) women, mean age at diagnosis of 51 ± 16.23 years at the total. From all, 12 (27.27%) were positive for AATG, 2 (4.54%) values were indeterminate and 30 (68.18%) were negative with histological findings compatible with CD. Conclusion: It is not frequent positive results for antitransglutaminase antibody in adult patients histologically compatible with celiac disease.
Descritores: Anticorpos/sangue
Doença Celíaca/imunologia
Doença Celíaca/patologia
Proteínas de Ligação ao GTP/imunologia
Transglutaminases/imunologia
-Doença Celíaca/sangue
Estudos Transversais
Limites: Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  3 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-973476
Autor: Armstrong, Dinani Matoso Filho; Sikka, Gautam; Armstrong, Anderson da Costa; Saad, Karen Ruggeri; Freitas, William Rodrigues de; Berkowitz, Dan Ezra; Fagundes, Djalma José; Santhanam, Lakshmi; Taha, Murched Omar.
Título: Knockdown of transglutaminase-2 prevents early age-induced vascular changes in mice
Fonte: Acta cir. bras;33(11):991-999, Nov. 2018. graf.
Idioma: en.
Projeto: American Heart Association.
Resumo: Abstract Purpose: To determine whether the absence of transglutaminase 2 enzyme (TG2) in TG2 knockout mice (TG2-/-) protect them against early age-related functional and histological arterial changes. Methods: Pulse wave velocity (PWV) was measured using non-invasive Doppler and mean arterial pressure (MAP) was measured in awake mice using tail-cuff system. Thoracic aortas were excised for evaluation of endothelial dependent vasodilation (EDV) by wire myography, as well as histological analyses. Results: PWV and MAP were similar in TG2-/-mice to age-matched wild type (WT) control mice. Old WT mice exhibited a markedly attenuated EDV as compared to young WT animals. The TG2-/-young and old mice had enhanced EDV responses (p<0.01) as compared to WT mice. There was a significant increase in TG2 crosslinks by IHC in WT old group compared to Young, with no stain in the TG2-/-animals. Optical microscopy examination of Old WT mice aorta showed thinning and fragmentation of elastic laminae. Young WT mice, old and young TG2-/-mice presented regularly arranged and parallel elastic laminae of the tunica media. Conclusion: The genetic suppression of TG2 delays the age-induced endothelial dysfunction and histological modifications.
Descritores: Aorta Torácica/fisiologia
Envelhecimento/fisiologia
Endotélio Vascular/fisiologia
Transglutaminases/fisiologia
Proteínas de Ligação ao GTP/fisiologia
-Vasodilatação/fisiologia
Imuno-Histoquímica
Fatores Etários
Camundongos Knockout
Rigidez Vascular/fisiologia
Análise de Onda de Pulso
Pressão Arterial/fisiologia
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-846935
Autor: Gutiyama, Luciana Mayumi.
Título: RIC-8B, um fator trocador de nucleotídeo guanina (GEF), é essencial para a embriogênese / RIC-8B, a guanine nucleotide exchange factor (GEF), is essential for embryogenesisPalavras-chave em inglês Cilia.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 113 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Instituto de Química para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: RIC-8B é uma proteína que apresenta, in vitro, atividade de fator de troca de nucleotídeos guanina (GEF). No entanto, seu papel in vivo não é conhecido. Dados anteriores do nosso laboratório demonstraram que essa proteína interage especificamente com Gαolf, que é uma proteína G exclusiva do sistema olfatório, presente nos cílios dos neurônios olfatórios, onde ocorre a transdução de sinal ativada pelos odorantes. No camundongo adulto verificou-se, por meio de ensaios de hibridização in situ, que RIC-8B está presente somente em regiões de expressão de Gαolf: no epitélio olfatório maduro e no núcleo estriado do sistema nervoso central. Para avaliar a função fisiológica de RIC-8B in vivo, resolvemos gerar uma linhagem de camundongo knockout para Ric-8B. Verificamos que a linhagem é inviável devido à letalidade dos embriões já em fases precoces do desenvolvimento (por volta de E8,5 e E9,0). A coloração de embriões com X-gal mostra que RIC-8B é especificamente expressa em regiões que darão origem ao sistema nervoso, como na região ventral do tubo neural, e em regiões cefálicas. Interessantemente, mostramos que RIC-8B é expressa na placa do assoalho do tubo neural, de uma maneira muito semelhante ao padrão de expressão de Sonic Hedgehog (SHH), que apresenta um papel fundamental para a organização do sistema nervoso, entre outras funções. Nossos resultados indicam, portanto, que RIC-8B desempenha um papel crucial durante a embriogênese, e que este papel pode estar relacionado com o papel exercido por SHH. Além disso, como a via de sinalização de SHH ocorre em cílios primários nas células alvo, nossos dados levantam a interessante possibilidade de que RIC-8B apresenta funções relacionadas a cílios, tanto no camundongo adulto (neste caso nos cílios dos neurônios olfatórios) como no embrião (neste caso nos cílios primários)

RIC-8B is a protein that, in vitro, acts as a guanine nucleotide exchange factor (GEF). However, its role in vivo remains unknown. Previous data from our laboratory demonstrated that this protein is able to interact specifically with Gαolf, a G protein found only in the olfactory system. This G protein is located in the cilia from olfactory neurons, where odorant signaling occurs. In situ hybridization experiments showed that RIC-8B, in adult mice, is expressed only in regions where Gαolf is expressed, such as the olfactory epithelium and the nucleus striatum in the central nervous system. In order to determine the function of RIC-8B in vivo, we decided to generate a knockout mouse strain for Ric-8B. We found that this strain is not viable due to the lethality of embryos in the early stages of development (around days E8.5 and E9.0). X-gal staining of embryos shows that RIC-8B is specifically expressed in regions that originate the nervous system, such as the ventral neural tube and also cephalic regions. Interestingly, we show that RIC-8B is restrictedly expressed in the floor plate of the neural tube, in a pattern that is very similar to the one shown by Sonic Hedgehog (SHH). The SHH protein plays a fundamental role in the organization of the nervous system, among other functions. Therefore, our results indicate that RIC-8B plays an essential role during the embryogenesis, and that this role can be related to the role played by SHH. Furthermore, because the SHH signaling pathway occurs in primary cilia in the target cells, our data raise the interesting possibility that the role played by RIC-8B is related to ciliary functions, both in adult mice (in this case, in olfactory cilia), and in the embryo (in this case, in primary cilia)
Descritores: Desenvolvimento Embrionário/genética
Técnicas de Inativação de Genes
Olfato/fisiologia
-Proteínas de Ligação ao GTP
Nucleotídeos
Neurônios Receptores Olfatórios
Fenótipo
Proteínas/análise
Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa/métodos
Pesquisa com Células-Tronco
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Camundongos
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T 574.88, G984r. 30100020448


  5 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-846872
Autor: Amaral, Murilo Sena.
Título: Identificação de RNAs longos não-codificadores de proteínas regulados por micro-RNAs / Identification of long non-protein coding RNAs regulated by micro-RNAs.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 147 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Instituto de Química para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Estudos recentes têm revelado que a maior parte dos transcritos gerados em células humanas é composta por RNAs não-codificadores de proteínas (ncRNAs). Uma parte desses ncRNAs compreende a classe de RNAs curtos, que possuem menos que 200 nucleotídeos. Os micro-RNAs (miRNAs) fazem parte dessa classe e têm sido alvo de grande interesse, pois são preditos como possíveis reguladores de mais de 60% dos RNAs mensageiros (mRNAs) humanos. Outra classe dos ncRNAs é composta por ncRNAs longos (lncRNAs, com mais de 200 nucleotídeos), que são transcritos a partir de regiões intergênicas e intrônicas do genoma humano e possuem várias funções, muitas delas relacionadas ao controle da expressão de mRNAs. Recentemente, os lncRNAs têm sido caracterizados quanto à sua estrutura e função. No entanto, muito pouco se sabe sobre os mecanismos pelos quais os lncRNAs são regulados. Este trabalho teve como objetivo avaliar se lncRNAs são regulados por miRNAs em células humanas. Para tanto, identificamos lncRNAs ligados ao complexo de silenciamento induzido por RNA (RISC) em células da linhagem HeLa, utilizando um método aqui desenvolvido de geração de bibliotecas de cDNA direcionadas para sequenciamento em larga escala na plataforma 454/Roche. Em paralelo, sequenciamos os miRNAs ligados ao RISC nestas mesmas células. Os resultados obtidos mostram que centenas de lncRNAs de diversas classes se ligam ao RISC em células HeLa, juntamente com milhares de mRNAs e várias centenas de miRNAs. Entre os miRNAs, encontramos 37 que são preditos como alvejando os lncRNAs detectados. Estes miRNAs constituem possíveis reguladores dos lncRNAs e, portanto, nosso trabalho estabelece um mapa experimental de interações diretas entre lncRNAs e miRNAs. Dentre os lncRNAs identificados ligados ao RISC neste trabalho, destaca-se o TUG1, lincRNA sabidamente envolvido na regulação de genes relacionados à apoptose e ao ciclo celular. Mostramos por ensaio de super-expressão de miRNAs e qPCR que TUG1 é regulado pelo miRNA-148b, um dos miRNAs por nós detectados que possui um sítio alvo altamente conservado em mamíferos localizado na extremidade 3' de TUG1. Em conjunto, este trabalho contribui para o entendimento da regulação dos níveis de expressão de lncRNAs em células humanas e abre perspectivas para a modulação de miRNAs como estratégia de regulação dos níveis e das funções de lncRNAs

Recent studies have revealed that the largest fraction of the transcripts generated in human cells is composed of non-protein coding RNAs (ncRNAs). A portion of these RNAs encompasses the class of short RNAs, which are less than 200 nucleotides in length. Micro-RNAs (miRNAs) are part of this class and are of great interest, as they are predicted to target over 60% of the human messenger RNAs (mRNAs). Another class of ncRNAs is composed of long ncRNAs (lncRNAs, longer than 200 nucleotides), which are transcribed from intergenic and intronic regions of the human genome and have several functions, many of them related to the control of the mRNA expression. Recently, the structure and function of lncRNAs have been characterized. However, little is known about the mechanisms involved in lncRNA regulation. This work aimed to evaluate whether lncRNAs are regulated by miRNAs in human cells. For this purpose, we identified lncRNAs bound to the RNA-induced silencing complex (RISC) in HeLa cells using a method developed here for the generation of strand-specific cDNA libraries for large scale RNA-sequencing in the 454/Roche plataform. In parallel, we sequenced the miRNAs bound to RISC in these cells. Our results show that hundreds of lncRNAs from diverse classes are bound to RISC in HeLa cells, along with thousands of mRNAs and several hundred miRNAs. Among the miRNAs we identified 37 that are predicted to target the detected lncRNAs. These miRNAs are possible regulators of the lncRNAs, and therefore our work establishes an experimental map of direct interactions between lncRNAs and miRNAs. The lncRNA TUG1, a lincRNA involved in the regulation of genes related to apoptosis and cell cycle, was identified among the lncRNAs bound to RISC. We showed by miRNA over-expression and qPCR that TUG-1 is regulated by the miRNA-148b, which is one of the miRNAs detected in our sequencings and has a binding site highly conserved in mammals located at the TUG1 3` end. Taken together, our results contribute to the understanding of the regulation of the lncRNA expression levels in human cells and open perspectives for the modulation of miRNAs as a strategy to regulate the levels and functions of lncRNAs
Descritores: Proteínas de Ligação ao GTP
MicroRNAs/genética
RNA Longo não Codificante/análise
RNA Satélite
Análise de Sequência de RNA/métodos
-Western Blotting/métodos
Expressão Gênica/genética
Nucleotídeos/genética
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T 574.88, A485i. 30100025395-Q


  6 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771927
Autor: BAGHBANIAN, Mahmud; FARAHAT, Ali; VAHEDIAN, Hasan Ali; SHEYDA, Elham; ZARE-KHORMIZI, Mohamad Reza.
Título: THE PREVALENCE OF CELIAC DISEASE IN PATIENTS WITH IRON-DEFICIENCY ANEMIA IN CENTER AND SOUTH AREA OF IRAN
Fonte: Arq. gastroenterol;52(4):278-282, Oct.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Background - Celiac disease is an immune-mediated enteropathy due to a permanent sensitivity to gluten in genetically susceptible people. Iron-deficiency anemia is the most widely experienced anemia in humans. Iron-deficiency anemia additionally is a common extra intestinal manifestation of celiac disease. Objective - To investigate correlation between tTg levels and histological alterations and then to determine the prevalence of celiac disease in Center and South area patients of Iran with iron deficiency anemia. Methods - A total of 402 patients aged 12-78 years who presented with iron-deficiency anemia were included in this study. Hemoglobin, mean corpuscular volume and serum ferritin were determined. Venous blood samples for anti-tissue transglutaminase antibody immunoglobuline A and G were obtained from these patients. Upper gastrointestinal endoscopy was recommended to patients who had positive serology. Results - Of 402 patients with iron-deficiency anemia, 42 (10.4%) had positive serology for celiac disease. The small intestine biopsy of all patients with positive serology showed pathological changes (Marsh I, II & III). There was not significant difference in the mean hemoglobin level between iron-deficiency anemia patients with celiac disease and without celiac disease, duodenal biopsy results did not show significant relationship between the severity of pathological changes and levels of anti-tTG IgG (P -value: 0/869) but significant relationship was discovered between pathological changes and levels of anti-tTG IgA (P -value: 0/004). Conclusion - Screening of celiac disease by anti-tissue transglutaminase antibody should be completed as a routine investigation in patients with iron-deficiency anemia. Also physicians must consider celiac disease as a possible reason of anemia in all patients with iron deficiency anemia.

Contexto - A doença celíaca é uma enteropatia imunomediada, devido a uma sensibilidade permanente ao glúten em pessoas geneticamente suscetíveis. A anemia por deficiência de ferro é a anemia mais frequente em seres humanos e, além disso, é uma manifestação extra intestinal comum da doença celíaca. Objetivo - Investigar a correlação entre níveis de imunoglobulina de anticorpos anti-transglutaminase tissular A (anti-tTG IgA) e G (IgG anti-tTG) e alterações histológicas e, em seguida, determinar a prevalência de doença celíaca no Centro e Sul do Irã em pacientes com anemia por deficiência de ferro. Métodos - Foram incluídos neste estudo um total de 402 pacientes com idades entre 12-78 anos, que apresentavam anemia por deficiência de ferro. Hemoglobina, volume corpuscular médio e ferritina sérica foram determinados. Amostras de sangue venoso para imunoglobulina de anti-tTG IgA e IgG anti-tTG foram obtidas nestes pacientes. Endoscopia gastrointestinal foi recomendada para pacientes que tiveram sorologia positiva. Resultados - Dos 402 pacientes com anemia por deficiência de ferro, 42 (10,4%) tiveram sorologia positiva para doença celíaca. A biópsia do intestino delgado de todos os pacientes com sorologia positiva mostrou alterações patológicas (Marsh I, II e III). Não houve diferença significativa no nível de hemoglobina média entre os pacientes com deficiência de ferro com ou sem a doença celíaca. O resultado da biopsia duodenal não mostrou relação significativa entre a gravidade das alterações patológicas e níveis de IgG anti-tTG (P -valor: 0/869), mas descobriu-se relação significativa entre as alterações patológicas e níveis de anti-tTG IgA (P -valor: 0/004). Conclusão - A pesquisa de doença celíaca por dosagem de anticorpo anti-transglutaminase tissular deve ser completada como investigação de rotina em pacientes com anemia por deficiência de ferro. Os clínicos devem considerar a doença celíaca como um possível causa de anemia em todos os pacientes com anemia ferropriva.
Descritores: Anemia Ferropriva/diagnóstico
Doença Celíaca/diagnóstico
-Anemia Ferropriva/epidemiologia
Anemia Ferropriva/etiologia
Autoanticorpos/sangue
Doença Celíaca/complicações
Doença Celíaca/epidemiologia
Proteínas de Ligação ao GTP/sangue
Proteínas de Ligação ao GTP/imunologia
Imunoglobulina A/sangue
Imunoglobulina A/imunologia
Imunoglobulina G/sangue
Imunoglobulina G/imunologia
Irã (Geográfico)/epidemiologia
Prevalência
Transglutaminases/sangue
Transglutaminases/imunologia
Limites: Adolescente
Adulto
Idoso
Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771917
Autor: IŞIKAY, Sedat; HIZLI, Şamil; ÇOŞKUN, Serkan; YILMAZ, Kutluhan.
Título: INCREASED TISSUE TRANSGLUTAMINASE LEVELS ARE ASSOCIATED WITH INCREASED EPILEPTIFORM ACTIVITY IN ELECTROENCEPHALOGRAPHY AMONG PATIENTS WITH CELIAC DISEASE
Fonte: Arq. gastroenterol;52(4):272-277, Oct.-Dec. 2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Background - Celiac disease is an autoimmune systemic disorder in genetically predisposed individuals precipitated by gluten ingestion. Objective - In this study, we aimed to determine asymptomatic spike-and-wave findings on electroencephalography in children with celiac disease. Methods - A total of 175 children with the diagnosis of celiac disease (study group) and 99 age- and sex-matched healthy children as controls (control group) were included in the study. In order to determine the effects of gluten free diet on laboratory and electroencephalography findings, the celiac group is further subdivided into two as newly-diagnosed and formerly-diagnosed patients. Medical histories of all children and laboratory findings were all recorded and neurologic statuses were evaluated. All patients underwent a sleep and awake electroencephalography. Results - Among 175 celiac disease patients included in the study, 43 were newly diagnosed while 132 were formerly-diagnosed patients. In electroencephalography evaluation of patients the epileptiform activity was determined in 4 (9.3%) of newly diagnosed and in 2 (1.5%) of formerly diagnosed patients; on the other hand the epileptiform activity was present in only 1 (1.0%) of control cases. There was a statistically significant difference between groups in regards to the presence of epileptiform activity in electroencephalography. Pearson correlation analysis revealed that epileptiform activity in both sleep and awake electroencephalography were positively correlated with tissue transglutaminase levels (P=0.014 and P=0.019, respectively). Conclusion - We have determined an increased epileptiform activity frequency among newly-diagnosed celiac disease patients compared with formerly-diagnosed celiac disease patients and control cases. Moreover the tissue transglutaminase levels were also correlated with the presence of epileptiform activity in electroencephalography. Among newly diagnosed celiac disease patients, clinicians should be aware of this association and be alert about any neurological symptoms.

Contexto - A doença celíaca é uma doença sistêmica auto-imune em indivíduos geneticamente predispostos, precipitada pela ingestão de glúten. Objetivo - Neste estudo, tivemos como objetivo determinar achados de picos e onda assintomáticos na eletroencefalografia de crianças com doença celíaca. Métodos - Foi incluído um total de 175 crianças com o diagnóstico de doença celíaca (grupo de estudo) com idade e sexo correspondentes a 99 crianças saudáveis como controles (grupo controle) com o fim de determinar os efeitos da dieta livre de glúten nos resultados laboratoriais e na eletroencefalografia. O grupo de doença celíaca é subdividido em dois, com pacientes recém diagnosticados e anteriormente diagnosticados. Foram registrados históricos médicos e resultados laboratoriais de todas as crianças e foram avaliados os estados neurológicos. Todos os pacientes foram submetidos a um eletroencefalografia em sono e acordado. Resultados - Dos 175 pacientes com doença celíaca incluídos no estudo, 43 foram recém diagnosticados, enquanto 132 foram diagnosticados anteriormente. Na avaliação de eletroencefalografia dos pacientes a atividade epileptiforme foi determinada em 4 (9,3%) de recém diagnosticados e em 2 (1,5%) dos pacientes anteriormente diagnosticados; por outro lado, a atividade epileptiforme estava presente em apenas 1 (1,0%) dos casos de controle. Houve uma diferença estatisticamente significativa entre os grupos no que diz respeito à presença de atividade epileptiforme em eletroencefalografia. Análise de correlação de Pearson revelou que atividade epileptiforme na eletroencefalografia tanto no sono como na vigília foram positivamente correlacionados com níveis de transglutaminase tecidual (P=0,014 e P=0,019, respectivamente). Conclusão - Determinamos uma frequência de atividade epileptiforme aumentada entre pacientes recém diagnosticados com doença celíaca em comparação com pacientes anteriormente diagnosticados e casos de controle. Além disso, os níveis de transglutaminase tecidual também foram correlacionados com a presença de atividade epileptiforme na eletroencefalografia. Os clínicos devem estar cientes dessa associação e alertas sobre algum sintoma neurológico entre pacientes recentemente diagnosticados de doença celíaca.
Descritores: Doença Celíaca/fisiopatologia
Córtex Cerebral/fisiopatologia
Proteínas de Ligação ao GTP/sangue
Transglutaminases/sangue
-Estudos de Casos e Controles
Doença Celíaca/sangue
Doença Celíaca/enzimologia
Dieta Livre de Glúten
Eletroencefalografia
Limites: Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-744855
Autor: Martínez-Herrera, Eliana; Moreno-Mattar, Ornella; Dover, Robert V. H..
Título: El significado del capital social "individual" en diabéticos receptores de cuidado en un contexto urbano colombiano / The meaning of "individual" social capital for diabetics receiving care in a Colombian city / O significado do capital social "individual" em diabéticos que precisam de cuidados dentro de um contexto urbano colombiano
Fonte: Cad. saúde pública = Rep. public health;31(4):837-849, 04/2015. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Comprender el significado del capital social de la diabetes tipo 2 según género, dentro un contexto urbano colombiano. Investigación cualitativa del interaccionismo simbólico. 25 mujeres y 16 hombres, diabéticos, familiares, vecinos y personal asistencial participaron en seis grupos focales. Emergieron 850 códigos que se integraron en un set de 142 códigos de códigos para el ego, el alter y alter ego. Tres categorías y veinte subcategorías fueron identificadas para el diseño del "paradigma de la codificación". El significado no es igual para hombres y mujeres. Los vínculos sociales de las redes sociales, creados cotidianamente por la confianza y la solidaridad para el cuidado, son valorados de manera diferente, debido a experiencias y hechos sociales resultantes de la autoconfianza, la autoeficacia para el apoyo social principalmente y, la autoestima frente al manejo y control de la enfermedad. Los recursos sociales de un individuo son reificados para el manejo y cuidado de la enfermedad como estrategia para disminuir las inequidades en salud.

The aim of this study was to understand the meaning of social capital in relation to type 2 diabetes according to gender, within an urban setting in Colombia, based on a qualitative design for symbolic interactionism. Twenty-four women and 16 men with diabetes, family members, and healthcare personnel participated in six focus groups. A total of 850 codes emerged that comprised a set of 142 codes for ego, alter, and alter ego. Three categories and 20 subcategories were identified for the "coding paradigm design". The meaning differed between men and women. Social ties in social networks, created daily through trust and solidarity for care, were valued differently due to the social experiences and events resulting from self-confidence, self-efficacy for social support, and mainly self-esteem vis-à-vis management and control of the disease. An individual's social resources are reified for the management and care of the disease as a strategy to mitigate health inequalities. .

Compreender o significado do capital social, diabetes tipo 2 por sexo, um contexto urbano da Colômbia. pesquisa qualitativa do interacionismo simbólico. 25 mulheres e 16 homens, diabéticos, familiares, vizinhos e cuidadores participaram seis grupos focais. 850 códigos se que foram integrados em um conjunto de 142 codes para o ego, o alter e alter ego. Três categorias e vinte subcategorias foram identificados para o projeto de "codificação de paradigma". O significado não é o mesmo para homens e mulheres. Laços sociais das redes sociais criadas diariamente pela confiança e solidariedade são valorizados cuidado diferente, porque as experiências sociais e fatos resultantes da auto-confiança, auto-eficácia e de apoio social, principalmente, auto-gestão e controle em relação a doença. Os recursos sociais de um indivíduo são reificadas para a gestão o cuidado da doença como uma estratégia para reduzir as desigualdades na saúde.
Descritores: Analgésicos Opioides/química
Receptores Opioides kappa/agonistas
-Acetamidas/química
Acetamidas/farmacologia
Analgésicos Opioides/farmacologia
Arrestinas/metabolismo
Simulação por Computador
Bases de Dados de Compostos Químicos
Diterpenos/química
Diterpenos/farmacologia
Dinorfinas/química
Dinorfinas/farmacologia
Proteínas de Ligação ao GTP/metabolismo
HEKABORTION, INCOMPLETEABATTOIRS CELLS
Ensaios de Triagem em Larga Escala
Ligantes
Transporte Proteico
Receptores Opioides kappa/química
Receptores Opioides kappa/metabolismo
Transdução de Sinais
Relação Estrutura-Atividade
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, N.I.H., Extramural
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 46 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-736456
Autor: Langellier, Brent A.
Título: Consumption and expenditure on food prepared away from home among Mexican adults in 2006 / Consumo y gasto en alimentos preparados fuera de casa en adultos mexicanos en 2006
Fonte: Salud pública Méx;57(1):4-13, ene.-feb. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Objective. To describe food expenditure and consumption of foods prepared away from home among Mexican adults. Materials and methods. Data were from 45 241 adult participants in the National Health and Nutrition Survey 2006, a nationally-representative, cross-sectional survey of Mexican households. Descriptive statistics and multivariable linear and logistic regression were used to assess the relationship between location of residence, educational attainment, socioeconomic status and the following: 1) expenditure on all food and at restaurants, and 2) frequency of consumption of comida corrida or restaurant food and street food. Results. Food expenditure and consumption of food prepared away from home were positively associated with socioeconomic status, educational attainment, and urban vs. rural residence (p<0.001 for all relationships in bivariate analyses). Conclusions. Consumption of food prepared outside home may be an important part of the diet among urban Mexican adults and those with high socioeconomic status and educational attainment.

Objetivo. Describir los gastos en alimentos y el consumo de alimentos preparados fuera de casa en población mexicana. Material y métodos. Los datos fueron de 45 241 adultos mexicanos en la Encuesta Nacional de Salud y Nutrición de 2006, representativa al nivel nacional. Se utilizaron estadísticas descriptivas y regresión linear y logística para estimar la relación entre el lugar de residencia, el nivel educativo y el nivel socioeconómico, con el gasto en todos los alimentos y en restaurantes, y con la frecuencia de consumo de comida corrida, en restaurantes y de la calle. Resultados. El gasto en alimentos y el consumo de alimentos preparados se asociaron positivamente con el nivel socioeconómico, el nivel educativo y la residencia rural (p<0,001 para todas las relaciones). Conclusiones. El consumo de alimentos preparados puede ser una parte importante de la dieta de los adultos urbanos y de aquéllos con altos niveles socioeconómicos y educativos.
Descritores: Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização Acoplados a Proteínas G/química
Doenças Neurodegenerativas/patologia
Medula Espinal/metabolismo
Tirosina/química
-Anisomicina/química
Anticorpos/química
Comportamento
Western Blotting
Linhagem Celular
Linhagem Celular Tumoral
Células CHO
DNA
Relação Dose-Resposta a Droga
Eletrofisiologia
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização Acoplados a Proteínas G/fisiologia
Proteínas de Ligação ao GTP/metabolismo
Átrios do Coração/metabolismo
Ventrículos do Coração/citologia
Ventrículos do Coração/patologia
Immunoblotting
Imuno-Histoquímica
Inflamação
Microscopia Confocal
Microscopia de Fluorescência
MICE, INBRED CABDOMENABDOMINAL INJURIESBL
Células Musculares/metabolismo
NIH ABATTOIRSTABATTOIRS CELLS
Neurônios/metabolismo
Fosforilação
Estrutura Terciária de Proteína
Plasmídeos/metabolismo
Estresse Fisiológico
Nervo Isquiático/metabolismo
Medula Espinal/patologia
Xenopus laevis
Limites: Animais
Cricetinae
Feminino
Humanos
Masculino
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, N.I.H., Extramural
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 46 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-731151
Autor: Higuita, Lina Maria Serna; Nieto-Ríos, John Fredy; Daguer-Gonzalez, Salomon; Ocampo-Kohn, Catalina; Aristizabal-Alzate, Arbey; Velez-Echeverri, Catalina; Vanegas-Ruiz, Juan Jose; Ramirez-Sanchez, Isabel; Tobon, Jhon Jairo Zuleta; Zuluaga-Valencia, Gustavo Adolfo.
Título: Tuberculosis in renal transplant patients: The experience of a single center in Medellín-Colombia, 2005-2013 / Tuberculose em pacientes transplantados renais: experiência de um único centro em Medellín-Colômbia, 2005-2013
Fonte: J. bras. nefrol;36(4):512-518, Oct-Dec/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Tuberculosis is a common opportunistic infection in renal transplant patients. Objective: To obtain a clinical and laboratory description of transplant patients diagnosed with tuberculosis and their response to treatment during a period ranging from 2005 to 2013 at the Pablo Tobón Uribe Hospital. Methods: Retrospective and descriptive study. Results: In 641 renal transplants, tuberculosis was confirmed in 12 cases. Of these, 25% had a history of acute rejection, and 50% had creatinine levels greater than 1.5 mg/dl prior to infection. The disease typically presented as pulmonary (50%) and disseminated (33.3%). The first phase of treatment consisted of 3 months of HZRE (isoniazid, pyrazinamide, rifampicin and ethambutol) in 75% of the cases and HZME (isoniazid, pyrazinamide, moxifloxacin and ethambutol) in 25% of the cases. During the second phase of the treatment, 75% of the cases received isoniazid and rifampicin, and 25% of the cases received isoniazid and ethambutol. The length of treatment varied between 6 and 18 months. In 41.7% of patients, hepatotoxicity was associated with the beginning of anti-tuberculosis therapy. During a year-long follow-up, renal function remained stable, and the mortality rate was 16.7%. Conclusion: Tuberculosis in the renal transplant population studied caused diverse nonspecific symptoms. Pulmonary and disseminated tuberculosis were the most frequent forms and required prolonged treatment. Antituberculosis medications had a high toxicity and mortality. This infection must be considered when patients present with a febrile syndrome of unknown origin, especially during the first year after renal transplant. .

Introdução: A tuberculose é uma infecção oportunista comum em pacientes transplantados renais. Objetivo: Oferecer uma descrição clínica e laboratorial de pacientes transplantados com diagnóstico de tuberculose e sua resposta ao tratamento durante o período entre 2005 e 2013 no Hospital Pablo Tobón Uribe. Métodos: Estudo retrospectivo descritivo. Resultados: Em 641 transplantes renais, a tuberculose foi confirmada em 12 pacientes. Destes, 25% tinham histórico de rejeição aguda e 50% apresentaram níveis de creatinina superiores a 1,5 mg/dl antes da infecção. A patologia geralmente se apresentava como pulmonar (50%) e disseminada (33,3%). A primeira fase do tratamento consistiu de três meses de HZRE (isoniazida, pirazinamida, rifampicina e etambutol) em 75% dos casos e HZME (isoniazida, pirazinamida, moxifloxacina e etambutol) em 25% dos pacientes. Durante a segunda fase do tratamento, 75% dos pacientes receberam isoniazida e rifampicina e 25% isoniazida e etambutol. A duração do tratamento variou entre seis e 18 meses. Em 41,7% dos pacientes, hepatotoxicidade foi associada ao início do tratamento da tuberculose. Durante o seguimento de um ano a função renal manteve-se estável e a taxa de mortalidade foi de 16,7%. Conclusão: A tuberculose foi responsável por diversos sintomas inespecíficos na população de transplantados renais estudada. Tuberculose pulmonar e disseminada foram as formas mais frequentes de acometimento e necessitaram de tratamento prolongado. Medicamentos contra a tuberculose apresentaram alta toxicidade e mortalidade. Esta infecção deve ser considerada quando o paciente apresenta síndrome febril de origem desconhecida, especialmente durante o primeiro ano após o transplante renal. .
Descritores: Locus Cerúleo/efeitos dos fármacos
Entorpecentes/farmacologia
Inibição Neural/efeitos dos fármacos
Neurônios/efeitos dos fármacos
Canais de Potássio/metabolismo
-Bário/farmacologia
Cálcio/metabolismo
Encefalina Metionina/farmacologia
Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização Acoplados a Proteínas G
Proteínas de Ligação ao GTP/metabolismo
Heterozigoto
Homozigoto
Ativação do Canal Iônico/efeitos dos fármacos
Ativação do Canal Iônico/fisiologia
Locus Cerúleo/citologia
Locus Cerúleo/fisiologia
Camundongos Knockout
Potenciais da Membrana/efeitos dos fármacos
Potenciais da Membrana/fisiologia
Inibição Neural/fisiologia
Neurônios/fisiologia
Técnicas de Patch-Clamp
Subunidades Proteicas
Bloqueadores dos Canais de Potássio/farmacologia
Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização/antagonistas & inibidores
Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização/deficiência
Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização/genética
Canais de Potássio Corretores do Fluxo de Internalização/metabolismo
Canais de Potássio/deficiência
Canais de Potássio/genética
Limites: Animais
Feminino
Masculino
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Research Support, U.S. Gov't, P.H.S.
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde