Base de dados : LILACS
Pesquisa : D08.811.277.656.300.480.525.300 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-673687
Autor: Silveira, Elcia Maria Varize.
Título: Mecanismos envolvidos na resposta imune e inflamatória frente à implantação de membrana de cortical óssea bovina no tecido subcutâneo de camundongos: caracterização histomorfométrica, imunoenzimática e molecular / Mechanisms involved in immune and inflammatory response to implantation of bovine bone cortical membrane in subcutaneous tissue of mice: characterization histomorphometric, imunoenzimatic and molecular.
Fonte: Bauru; s.n; 2012. 138 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Os avanços relacionados à ciência dos biomateriais e engenharia tecidual buscam esclarecer os mecanismos envolvidos na resposta biológica associada ao uso desses dispositivos e sua interação com o sistema imune. Neste estudo, avaliou-se a resposta imune e inflamatória desenvolvida em camundongos frente à implantação de membrana de cortical óssea bovina no tecido subcutâneo, em implantação única e sequencial de duas membranas, assim como os possíveis mecanismos envolvidos no processo de reconhecimento e reabsorção desse biomaterial, de acordo com análise histomorfométrica, enzimática e molecular. Após a implantação da membrana, sinais de reabsorção que antes eram notados em pontos isolados, aos poucos se unem até sua completa degradação, observada somente após 15 dias. Todo o processo de reabsorção da membrana é acompanhado por uma reação inflamatória de magnitude moderada, seguida pelo declínio do número de leucócitos, surgimento de células gigantes multinucleadas e formação de uma cápsula de tecido conjuntivo fibroso. A cinética de TNF-α e MMP-2, MMP-8, MMP-9 e MMP-13 apresentou um padrão de produção decrescente, entretanto os níveis dos inibidores de metaloproteinases (TIMPs) e TGF-β parecem atuar de forma inversa. A velocidade de reabsorção após duas implantações consecutivas da membrana foi maior quando comparada ao grupo de animais que sofreu apenas uma implantação, porém os resultados do teste de hipersensibilidade do tipo tardia (DTH) demonstraram que a membrana é biocompatível, pois não elicitou resposta imunológica exacerbada após uma segunda implantação, confirmando então a natureza não imunogênica desse biomaterial. Finalmente, os animais CD14KO e MyD88KO apresentaram uma reabsorção mais lenta da membrana implantada, quando comparados aos animais C57Bl/6 (WT)...

Advances related to the biomaterials science and tissue engineering seek to clarify the mechanisms involved in the biological response associated with the use of those devices and their interaction with the immune system. This study evaluated the inflammatory and immune response developed in mice after implantation bovine bone cortical membrane in subcutaneous tissue, in both, unique and sequential implantation of 2 membranes, as the mechanisms involved in this biomaterial recognition and resorption process, on regards to histomorphometric, enzymatic and molecular analysis. After membrane implantation, previously observed signs of resorption in isolated spots, gradually unite until their complete degradation after 15 days. The whole membrane resorption process is accompanied by a moderate inflammatory reaction, followed by a decline in the leukocytes number, appearance of multinucleated giant cells and formation of a capsule of fibrous connective tissue. The kinetics of TNF-α, MMP-2, MMP-8, MMP-9 e MMP-13 showed a pattern of decreasing production, however, levels of metalloproteinases inhibitors (TIMPs) and TGF-β seem to act in reverse way. The resorption rate after two successive membrane implantations was higher when compared to the group which suffered only one implantation, however, the results of delayed test hypersensity (DTH) demonstrated that the membrane is biocompatible, that is, it does not elicited too high immune response after a second position, confirming the non immunogenic nature of this biomaterial. Eventually, CD14KO and MyD88KO strains showed a slower membrane resorption when compared to animals C57Bl/6, demonstrating that the CD14 and MyD88 molecules are involved in biomaterial recognition and play an important role in bovine cortical bone membrane resorption process, indicating that PAMPs and/or DAMPs are involved in biological response generated by this biomaterial.
Descritores: Materiais Biocompatíveis
Inflamação/imunologia
Tela Subcutânea/transplante
Transplante Ósseo/imunologia
-Citocinas/análise
Citocinas/imunologia
Regeneração Tecidual Guiada
Metaloproteinases da Matriz Associadas à Membrana/análise
Metaloproteinases da Matriz Associadas à Membrana/imunologia
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Masculino
Bovinos
Camundongos
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Queiroz, Lélia Maria Guedes
Texto completo
Id: lil-658965
Autor: Matos, Felipe Rodrigues de; Vasconcelos, Rodrigo Gadelha; Queiroz, Lélia Maria Guedes; Freitas, Roseana de Almeida.
Título: Expressão de MMPs, marcadores angiogênicos e proliferação celular em tumores odontogênicos / Expression of MMPs, angiogenic and proliferation cell markers in odontogenic tumors
Fonte: J. bras. patol. med. lab;48(5):375-381, out. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O conhecimento do comportamento biológico de lesões de natureza odontogênica é essencial para tornar a abordagem terapêutica adequada e estabelecer um prognóstico. A produção de metaloproteinases da matriz extracelular (MMPs), a angiogênese e a proliferação celular fornecem subsídios para o crescimento tumoral. O presente artigo tem como objetivo fazer uma revisão de literatura de pesquisas em tumores odontogênicos (TOs) selecionados a partir da nova classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2005 sobre a expressão de MMPs, marcadores angiogênicos e proliferação celular e verificar, nestes estudos, a relação desses marcadores quanto ao comportamento biológico dessas lesões. RESULTADOS: Nota-se que as MMPs -1, -2, -7, -9 e -26 encontram-se mais expressas no componente epitelial e estroma e, particularmente, a -13 em estroma. Uma maior angiogênese é observada em TOs mais agressivos. CD 105 foi mais expresso no TO ceratocístico (TOC) e CD34 em ameloblastomas sólidos (ASs). Relata-se elevada expressão do Ki-67 e p53 no TOC e no AS e baixo índice de proliferação celular no TO adenomatoide (TOA). CONCLUSÃO: Esses resultados mostram que as MMPs participam no processo de invasão e recorrência de algumas lesões odontogênicas, estando associadas ao comportamento biológico desses tumores. A angiogênese é fundamental para fornecer suporte à proliferação celular e esses dois eventos em conjunto estão correlacionados com diferentes níveis de comportamento biológico nos TOs, quando comparados com cistos de natureza odontogênica, o que pode sugerir o uso de inibidores angiogênicos como provável abordagem terapêutica nessas lesões.

INTRODUCTION AND OBJECTIVE: The study of biological behavior of odontogenic lesions is essential to the establishment of appropriate therapeutic approach and prognosis. The production of extracellular matrix metalloproteinases (MMPs), angiogenesis and cell proliferation contribute to tumor growth. This paper aims to review the literature on odontogenic tumors (OT) selected according to the new World Health Organization classification (WHO- 2005) by evaluating the expression of MMPs, angiogenic and cell proliferation. Furthermore, it aims to verify the relation between these markers and the biological behavior of these lesions. RESULTS: it was found that MMPs -1, -2, -7, -9 and -26 had a higher expression in both epithelial component and stroma, and 13 particularly in the stroma. Increased angiogenesis was observed in more aggressive OT. CD105 expression was higher in keratocystic odontogenic tumour (KOT) and CD34 in solid ameloblastomas (SA). It was observed a higher expression of Ki-67 and p53 in SA and KOT and a low cell proliferation rate in the adenomatoid odontogenic tumour (AOT). CONCLUSION: These results show that MMPs are involved in invasion and recurrence of some odontogenic lesions and are associated with the biological behavior of these tumors. Angiogenesis is critical to provide support to cell proliferation and these concomitant events are correlated with different levels of biological behavior in OT when compared to odontogenic cysts, hence the use of angiogenic inhibitors may be a potential therapeutic approach in these lesions.
Descritores: ANTIGENO KI-ABDOMEN, ACUTEABDOMINAL INJURIES
Matriz Extracelular
GENES PDIPETALONEMA INFECTIONS
Metaloproteinases da Matriz Associadas à Membrana/genética
Proliferação Celular
Tumores Odontogênicos/genética
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR14.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde