Base de dados : LILACS
Pesquisa : D08.811.277.656.300.760.875 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 106 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 11 ir para página                         

  1 / 106 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1146303
Autor: Reis, Vanessa de Assis; Isabella, Bruno Oliveira; Paula, Marcelo Loula Novais; Barreto, Ana Terra Fonseca.
Título: Mixoma Atrial Esquerdo Envolvendo Manifestações Multissistêmicas em Paciente Idosa / Left Atrial Myxoma Involving Multisystemic Manifestations in an Eldery Female Patient
Fonte: ABC., imagem cardiovasc;33(4):eabc86, 20200000.
Idioma: pt.
Descritores: Estenose Coronária/diagnóstico por imagem
Complexo de Carney/cirurgia
Infarto do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST/diagnóstico por imagem
Átrios do Coração/patologia
Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos/reabilitação
-Ecocardiografia/métodos
Ecocardiografia Doppler/métodos
Imagem do Acúmulo Cardíaco de Comporta/métodos
Ativador de Plasminogênio Tecidual/química
Assistência ao Convalescente
Eletrocardiografia/métodos
Oclusão Coronária/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Feminino
Idoso
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1145411
Autor: Ferreira, Lucio da Silva; Oliveira, Jefferson Carlos de; Olivo, Vania Claudia.
Título: Habilidades dos enfermeiros no uso terapêutico do alteplase em unidade de pronto atendimento / Abilities of nurses in therapeutic use of alteplase in emergency care unit / Habilidades de enfermeros en el uso terapéutico de alteplase en una unidad de atención de emergencia
Fonte: Nursing (Säo Paulo);23(269):4751-4764, out.2020.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: avaliar as habilidades dos enfermeiros, no uso terapêutico do Alteplase, como terapia fibrinolítica, em pacientes com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio. Método: A pesquisa foi realizada por meio de um estudo descritivo transversal, quantitativo, realizado por meio de questionário como instrumento de coleta, contendo 10 questões de múltipla escolha elaboradas pelo autor. A amostra foi constituída por 24 enfermeiros. A coleta de dados foi realizada em julho de 2019, com CAAE n° 13159219.7.0000.5493. Os dados foram analisados e tratados por meio da análise descritiva. Resultado: Os resultados mostraram que os participantes da pesquisa possuem habilidades para o manuseio e aplicabilidade da terapia fibrinolítica, Alteplase, em pacientes acometidos por infarto agudo do miocárdio. Conclusão:Os resultados obtidos demonstram que os enfermeiros possuem habilidade para o manuseio, administração, aplicabilidade do Alteplase, bem como na avaliação dos sintomas e contraindicações do medicamento em pacientes acometidos por Infarto Agudo do Miocárdio. Entretanto, foi identificado uma porcentagem que apresentam dificuldades na execução de todas as atividades. Portanto, o estudo contribuirá na elaboração de protocolos aos profissionais da área da saúde envolvidos de modo direto ou indireto aos cuidados aos pacientes que necessitam desta intervenção farmacológica como tratamento.(AU)

Objective: to evaluate the abilities of nurses in the therapeutic use of Alteplase, as fibrinolytic therapy, in patients diagnosed with acute myocardial infarction. Method: The research was carried out by means of a transversal, quantitative descriptive study, carried out by means of a questionnaire as a collection instrument, containing 10 multiple choice questions elaborated by the author. The sample consisted of 24 nurses. The data collection was carried out in July 2019, with CAAE No. 13159219.7.0000.5493. The data were analyzed and treated through descriptive analysis. Result: The results showed that the research participants have skills for the handling and applicability of fibrinolytic therapy, Alteplase, in patients affected by acute myocardial infarction. Conclusion: The results show that the nurses have skills in the handling, administration and applicability of Alteplase, as well as in the evaluation of the symptoms and contraindications of the drug in patients affected by Acute Myocardial Infarction. However, it was identified a percentage that present difficulties in performing all activities. Therefore, the study will contribute in the elaboration of protocols to the professionals of the health area involved in a direct or indirect way to the care of patients who need this pharmacological intervention as treatment.(AU)

Objetivo: evaluar las capacidades de las enfermeras en el uso terapéutico de la Alteplasa, como terapia fibrinolítica, en pacientes diagnosticados con infarto agudo de miocardio. Material y método: La investigación se realizó mediante un estudio descriptivo cuantitativo transversal, realizado mediante un cuestionario como instrumento de recopilación, que contenía 10 preguntas de opción múltiple preparadas por el autor. La muestra constaba de 24 enfermeras. La recopilación de datos se llevó a cabo en julio de 2019, con el CAAE Nº 13159219.7.0000.5493. Los datos fueron analizados y tratados mediante un análisis descriptivo. Resultado: Los resultados mostraron que los participantes en la investigación tienen habilidades en el manejo y la aplicabilidad del tratamiento fibrinolítico, Alteplase, en pacientes afectados por un infarto agudo de miocardio. Conclusión: Los resultados muestran que las enfermeras tienen aptitudes para el manejo, la administración y la aplicabilidad del Alteplase, así como para la evaluación de los síntomas y las contraindicaciones del fármaco en los pacientes afectados por un infarto agudo de miocardio. Sin embargo, se identificó un porcentaje que presenta dificultades para realizar todas las actividades. Por lo tanto, el estudio contribuirá a la elaboración de protocolos para los profesionales de la salud que participan directa o indirectamente en la atención de los pacientes que necesitan esta intervención farmacológica como tratamiento.(AU)
Descritores: Terapêutica
Terapia Trombolítica/enfermagem
Ativador de Plasminogênio Tecidual
Infarto do Miocárdio
-Enfermagem em Emergência
Serviços Médicos de Emergência
Limites: Humanos
Responsável: BR21.2 - BVS Enfermería


  3 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097386
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.
Título: Informe diário de evidências COVID-19: busca realizada em 22 de maio de 2020 / COVID-19 daily evidence report: search conducted on May 22, 2020.
Fonte: Brasília; s.n; 22 maio 2020.
Idioma: pt.
Resumo: O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 21 artigos e 13 protocolos.
Descritores: Pneumonia Viral/tratamento farmacológico
Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico
Progressão da Doença
Betacoronavirus/efeitos dos fármacos
-Piperacilina/uso terapêutico
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Vacinas/provisão & distribução
Cloroquina/uso terapêutico
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Corticosteroides/uso terapêutico
Ritonavir/uso terapêutico
Combinação de Medicamentos
Lopinavir/uso terapêutico
Cloridrato de Fingolimode/uso terapêutico
Tazobactam/uso terapêutico
Hidroxicloroquina/uso terapêutico
Insulina/uso terapêutico
Anticoagulantes/uso terapêutico
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Ensaio Clínico Fase I
Estudo de Avaliação
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097411
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.
Título: Informe diário de evidências COVID-19: busca realizada entre 24 e 26 de abril de 2020 / COVID-19 daily evidence report: search conducted between April 24 and 26, 2020.
Fonte: Brasília; s.n; 26 abr. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 25 artigos e 47 protocolos.
Descritores: Pneumonia Viral/tratamento farmacológico
Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico
Betacoronavirus/efeitos dos fármacos
-Avaliação da Tecnologia Biomédica
Hidrocortisona/uso terapêutico
Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico
Vacinas/uso terapêutico
Oxigenação por Membrana Extracorpórea/instrumentação
Cloroquina/uso terapêutico
Estudos Transversais/instrumentação
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Azitromicina/uso terapêutico
Ritonavir/uso terapêutico
Dipiridamol/uso terapêutico
Combinação de Medicamentos
Lopinavir/uso terapêutico
Hidroxicloroquina/uso terapêutico
Anticoagulantes/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Estudo de Avaliação
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097412
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.
Título: Informe diário de evidências COVID-19: busca realizada em 23 de abril de 2020 / COVID-19 daily evidence report: search conducted on April 23, 2020.
Fonte: Brasília; s.n; 23 abr. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 14 artigos.
Descritores: Pneumonia Viral/tratamento farmacológico
Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico
Betacoronavirus/efeitos dos fármacos
-Cloroquina/uso terapêutico
Imunoglobulinas Intravenosas/uso terapêutico
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Corticosteroides/uso terapêutico
Progressão da Doença
Combinação de Medicamentos
Hidroxicloroquina/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Metanálise
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1117634
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.
Título: Informe diário de evidências COVID-19: busca realizada em 8 de julho de 2020 / Daily evidence report COVID-19: search conducted on July 8, 2020.
Fonte: Brasília; s.n; 8 jul. 2020.
Idioma: pt.
Resumo: O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 16 artigos e 11 protocolos.
Descritores: Pneumonia Viral/tratamento farmacológico
Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico
Betacoronavirus/efeitos dos fármacos
-Antivirais/uso terapêutico
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Imunoglobulinas/uso terapêutico
Vacinas/uso terapêutico
Cloroquina/uso terapêutico
Colchicina/uso terapêutico
Estudos Transversais/instrumentação
Estudos de Coortes
Interferon-alfa/uso terapêutico
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Corticosteroides/uso terapêutico
Azitromicina/uso terapêutico
Ritonavir/uso terapêutico
Lopinavir/uso terapêutico
Fibrinolíticos/uso terapêutico
Hidroxicloroquina/uso terapêutico
Antibacterianos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Estudo de Avaliação
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-394933
Autor: Devito, Fernando; Sousa, Amanda G. M. R; Berti, Sergio; Mattos, Luiz Alberto P; Feres, Fausto; Abizaid, Alexandre; Staico, Rodolfo; Chaves, Aurea; Abizaid, Andrea C. L. S; Sousa, José Eduardo M. R.
Título: Reperfusão mecânica no infarto agudo do miocárdio / Percutaneous coronary intervention in acute myocardial infarction
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;11(4):853-865, jul.-ago. 2001. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A recanalização da artéria epicárdica culpada foi o grande avanço no tratamento do infarto agudo do miocárdio. A estratégia farmacológica com fibrinolíticos permitiu a obtenção de amplo benefício clínico, documentado pela redução da mortalidade em diversos estudos. A utilização endovenosa dessas drogas, entretanto, também exibe limitações, entre outras o baixo porcentual de patência do vaso culpado, com fluxo veloz e persistente. A obtenção desse fluxo TIMI 3 correlaciona-se diretamente com maior sobrevida, adquirindo grande importância em qualquer estratégia de reperfusão no infarto agudo do miocárdio. Paralelamente, a estratégia mecânica de reperfusão no infarto agudo do miocárdio demonstrou sua vantagem em relação aos fibrinolíticos, já na angioplastia com balão, nos estudos clínicos da década de 90. Assim sendo, a intervenção percutânea, nessa condição, promove maior sobrevida, menor reinfarto e menor necessidade de nova revascularização, com maior segurança. A incorporação dos stents coronarianos ampliou tais benefícios, tanto pelo alto perfil de segurança de implante como pela redução da reestenose. Mais recentemente, atenção especial foi dada à microcirculação e à reperfusão tecidual completa no infarto agudo do miocárdio, permitindo a introdução de novos fármacos (inibidores da glicoproteína IIb/IIIa), que, com sinergismo, potencializaram a vantagem da angioplastia primária, na otimização dos resultados apresentados. Recentemente, com o estudo CADILLAC, a Cardiologia Intervencionista sintetiza a estratégia mecânica de reperfusão no infarto agudo do miocárdio, que, no momento, direciona nossas condutas.
Descritores: Estreptoquinase
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Fibrinolíticos/uso terapêutico
Infarto do Miocárdio/cirurgia
Infarto do Miocárdio/terapia
-Fatores de Tempo
Stents
Angioplastia
Diabetes Mellitus
Choque Cardiogênico
Inibidores da Agregação de Plaquetas
Metanálise
Perfusão
Reperfusão Miocárdica
Limites: Humanos
Idoso
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  8 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-894214
Autor: Bayona-Ortíz, Hernán; Díaz-Cruz, Camilo Andrés; Góez-Mogollón, Lina; Useche-Gómez, Nicolás; Valencia-Mendoza, María Camila; Jeanneret-López, Valerie; Díaz-Campos, Andrés.
Título: Observational study of thrombolytic treatment for acute stroke in patients older and younger than 80 years: experience from one hospital in Bogotá, Colombia, 2007-2014 / Estudio observacional sobre tratamiento trombolítico del infarto cerebral agudo en pacientes mayores y menores de 80 años: experiencia de un hospital en Bogotá, Colombia, 2007-2014
Fonte: Med. UIS;30(3):21-30, sep.-dic. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: We depict the experience with the use of thrombolysis for acute ischemic stroke in a tertiary center in South America. Objective: To describe the main outcomes in our population of patients aged less and older than 80 years treated with recombinant tissue plasminogen activator. Materials and Methods: Retrospective observational study. We described the main variables and the difference in outcome accounting for age. Results: 70 patients were included. 51.4% of the patients were women, 22.8% were older than 80 years. The average window time was 70 minutes and the average door-to-needle time was 90 minutes. Hypertension, dyslipidemia and previous stroke were the most common risk factors. Favorable outcome Modified Rankin Scale ≤2 was present in 25% of the patients older than 80 years and 53.7% in the population younger than 80 years (p=0.009). Mortality was present in 31.2% of the patients older than 80 years and in 5.5% of the patients younger than 80 years (p=0.005). Symptomatic intra-cerebral hemorrhage was found in 6.25% of the patients older than 80 years (p=0.65), compared to 3.7% in the younger than 80 years. Conclusions: We found that intravenous thrombolysis still had benefit in people older than 80 years. Significant differences in symptomatic intra-cerebral hemorrhage were not found, however, a greater mortality in patients older than 80 years was. These findings of our experience of recombinant tissue plasminogen activator use in real life are consistent with other latinamerican publications. MÉD.UIS. 2017;30(3):21-30.

Resumen Introducción: Describimos la experiencia con el uso de trombólisis para el infarto cerebral isquémico agudo en un centro terciario en América del Sur. Objetivos: Describir los principales resultados en nuestra población de pacientes menores y mayores de 80 años tratados con activador recombinante de plasminógeno tisular. Materiales y Métodos: Estudio observacional retrospectivo. Se describieron las principales variables y se determinaron los resultados según la edad. Resultados: Se incluyeron 70 pacientes. Se encontró que 51,4% eran mujeres y 22,8% eran mayores de 80 años. El tiempo de ventana promedio estuvo en 70 minutos, así como el de puerta-aguja de 90 minutos. La hipertensión, dislipidemia y accidente cerebrovascular previo fueron los factores de riesgo más comunes. En el 25% de los pacientes mayores de 80 años y el 53,7% de los menores de 80 años, tuvieron un resultado favorable en la Escala Modificada de Rankin ≤ 2 (p = 0,009). La mortalidad estuvo presente en el 31,2% de los pacientes mayores de 80 años y en el 5,5% de los pacientes menores de 80 años (p = 0,005). La hemorragia intracerebral sintomática fue de 6,25% en los pacientes mayores de 80 años, frente a los menores de 80 años 3,7% (p = 0,65). Conclusiones: Se encontró que la trombólisis todavía presenta beneficio en personas mayores de 80 años. No se encontraron diferencias en cuanto a la hemorragia intra-cerebral sintomática, pero se presentó una mayor mortalidad en los mayores de 80 años. En esta experiencia el uso de rt-PA en la vida real es consistente con otras publicaciones latinoamericanas. MÉD.UIS. 2017;30(3):21-30.
Descritores: Terapia Trombolítica
Acidente Vascular Cerebral
-Idoso
Idoso Fragilizado
Ativador de Plasminogênio Tecidual
Dislipidemias
Fibrinolíticos
Hipertensão
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: CO48.1 - Biblioteca Médica


  9 / 106 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Carvalho, Emília Campos de
Texto completo
Id: lil-734115
Autor: Vasques, Christiane Inocencio; Santos, Daniella Soares dos; Reis, Paula Elaine Diniz dos; Simino, Giovana Paula Rezende; Carvalho, Emília Campos de.
Título: Drogas utilizadas na desobstrução de catéter venosocentral de longa permanência em oncologia: revisão sistemática / Fármacos utilizados para desobstrucción de catéter venoso central de larga permanecia en oncología: revisión sistemática / Drugs used for long-term central venous catheter desobstruction in oncology: systematic review
Fonte: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min;3(3):873-882, set.-dez.2013.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo desta revisão sistemática da literaturafoi identificar quais drogas e doses efetivas são utilizadas para tratar aobstrução de catéter venoso central de longa permanência (CVC-LP), visto que é uma complicação frequente relacionadaao dispositivo. A busca foi realizada com descritores controlados e não-controlados nas bases de dadosLILACS, CINAHL,Cochrane e Pubmed e cinco drogas foram identificadas. Os resultados apontaram que a uroquinase desobstrui 50% doscatéteres tratados; já a alteplase se mostrou superior. A reteplase numa dose de 0,2 UI/mL é capaz de desobstruir 60%dos catéteres tratados. No entanto, a tenecteplasee alfimeprase foram superiores às demais drogas emrelação ao tempode desobstrução. Conclui-se que vários estudos clínicos disponíveis na literatura buscaram avaliar a eficácia das drogas,analisadas por este estudo, para desobstrução de CVC-LP. Dentre essas drogas, destaca-se que a classe dos ativadores deplasminogênio tecidual, tais como alfimeprase e tenecteplase, é mais eficaz que a uroquinase e, portanto, é mais indicadapara desobstrução de CVC-LP.
Descritores: Ativador de Plasminogênio Tecidual
Cateteres Venosos Centrais
Cateterismo Venoso Central
Cuidados de Enfermagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR21.1 - Biblioteca J Baeta Vianna- Campus Saúde UFMG


  10 / 106 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-650641
Autor: Maniva, Samia Jardelle Costa de Freitas; Freitas, Consuelo Helena Aires de.
Título: Uso de alteplase no tratamento do acidente vascular encefálico isquêmico agudo: o que sabem os enfermeiros? / Use of alteplase in the treatment of acute ischemic stroke: what nurses know? / Uso de alteplase en el tratamiento del accidente cerebrovascular isquémico agudo: ¿lo que saben los enfermeros?
Fonte: Rev. bras. enferm;65(3):474-481, maio-jun. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo objetivou analisar o conhecimento de enfermeiros acerca do uso de alteplase no tratamento do acidente vascular encefálico (AVE) isquêmico agudo. Estudo descritivo-exploratório realizado em uma unidade de AVE de um hospital público localizado na cidade de Fortaleza-CE, durante o mês de outubro de 2010. Participaram do estudo dez enfermeiros, com idade média de 25 anos. Os benefícios da medicação foram apresentados em justaposição com as limitações do uso. Estratégias para ampliar a utilização de alteplase foram apontadas pelos enfermeiros. O conhecimento da realidade investigada contribui na construção do saber de enfermagem e pode auxiliar o enfermeiro que presta assistência direta ao paciente que se submete a este tratamento.

The study aimed at analyzing the knowledge of nurses about the use of alteplase in the treatment of acute ischemic stroke. An exploratory descriptive study was conducted in a stroke unit of a public hospital in the city of Fortaleza, Brazil, in the month of October 2010. The study included ten nurses, with a mean age of 25 years. The benefits of medication were presented in juxtaposition with the limitations of use. Strategies to expand the use of alteplase were pointed out by nurses. The knowledge of the investigation may contribute to the construction of nursing knowledge and help nurses who provide direct care to patients who undergo this treatment.

El estudio tuvo como objetivo analizar el conocimiento de los enfermeros sobre el uso de alteplase en el tratamiento del accidente cerebrovascular isquémico agudo. Estudio exploratorio descriptivo, realizado en una unidad de accidente cerebrovascular de un hospital público en la ciudad de Fortaleza, en el mes de octubre de 2010. Participaron diez enfermeros del estudio, con edad media de 25 años. Los beneficios de la medicación se presentaron en yuxtaposición con las limitaciones de uso. Las estrategias para ampliar el uso de alteplase han sido señaladas por los enfermeros. El conocimiento de la realidad investigada puede contribuir en la construcción del conocimiento de enfermería y ayudar a los enfermeros que prestan atención directa a los pacientes que se someten a este tratamiento.
Descritores: Isquemia Encefálica/tratamento farmacológico
Competência Clínica
Fibrinolíticos/uso terapêutico
Enfermagem
Acidente Vascular Cerebral/tratamento farmacológico
Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
-Isquemia Encefálica/complicações
Acidente Vascular Cerebral/etiologia
Limites: Adulto
Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 11 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde