Base de dados : LILACS
Pesquisa : D08.811.913.555.500.350.700 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-679164
Autor: Arquivos de Neuro-Psiquiatria; Longo, Gabriela S.; Pinhel, Marcela S.; Sado, Caroline L.; Gregorio, Michele L.; Amorim, Gisele S.; Florim, Greiciane S.; Mazeti, Camila M.; Martins, Denise P.; Oliveira, Fabio N.; Tognola, Waldir A.; Nakazone, Marcelo A.; Souza, Doroteia R. S..
Título: Exposure to pesticides and heterozygote genotype of GSTP1-Alw26I are associated to Parkinson's disease / Exposição a pesticidas e genótipo heterozigoto de GSTP1-Alw26I associam-se à doença de Parkinson
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;71(7):446-452, July/2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Objective This study aimed to analyze the frequency of GSTP1-Alw26I polymorphism and to estimate its association with toxic substances in Parkinson's disease (PD). Methods A study group with 154 patients - subdivided into familial and sporadic PD groups - and 158 elderly individuals without the disease (control group) were evaluated. GSTP1-Alw26I polymorphism was analyzed by polymerase chain reaction/restriction fragment length polymorphism (PCR-RFLP). Results Patients were significantly more exposed to pesticides compared with the control group (p=0.0004), and the heterozygote genotype associated to exposure to pesticides also prevailed in patients (p=0.0001). Wild homozygote genotype was related to tobacco use (p=0.043) and alcoholism (p=0.033) in familial PD patients. Conclusion Exposure to pesticides is associated to PD, whose effect can be enhanced when combined with the heterozygote genotype of GSTP1-Alw26I. Also, large genetic and environmental studies considering tobacco use, alcoholism, GSTP1 and PD are necessary to confirm our findings. .

Objetivo Analisar a frequência do polimorfismo GSTP1-Alw26I, assim como estimar sua associação com substâncias tóxicas na doença de Parkinson (DP). Métodos A casuística avaliada foi composta por um grupo de estudo, com 154 pacientes, subdivididos em DP familial e esporádica, e outro com 158 idosos sem a doença (grupo controle). O polimorfismo GSTP1-Alw26I foi analisado por reação em cadeia da polimerase/polimorfismo de comprimento do fragmento de restrição (PCR/RFLP). Resultados Os pacientes foram significativamente mais expostos a pesticidas, comparados com o grupo controle (p=0,0004), e o genótipo heterozigoto associado a exposição a pesticidas também prevaleceu nos pacientes (p=0,0001). O genótipo homozigoto selvagem apresentou relação com tabagismo (p=0,043) e etilismo (p=0,033) em pacientes com DP familial. Desse modo, a exposição a pesticidas está associada à DP, cujo efeito pode ser potencializado quando combinado ao genótipo heterozigoto de GSTP1-Alw26I. Estudos genético-ambientais envolvendo tabagismo, etilismo, GSTP1 e DP devem ser realizados em casuísticas numerosas, confirmando essa associação. .
Descritores: DNA-Citosina Metilases/genética
Glutationa S-Transferase pi/genética
Doença de Parkinson Secundária/induzido quimicamente
Doença de Parkinson Secundária/genética
Praguicidas/toxicidade
Polimorfismo Genético/genética
DNA Metiltransferases Sítio Específica (Adenina-Específica)/genética
-Estudos de Casos e Controles
Frequência do Gene
Heterozigoto
Reação em Cadeia da Polimerase
Fatores de Risco
Fatores Sexuais
Limites: Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde