Base de dados : LILACS
Pesquisa : D09.408.348.075 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1128579
Autor: Rotava, Priscila Aparecida; Favero, Juliana da Silva; Garcia, Keth Ribeiro; Angeli, Valeria Weiss.
Título: Profile of depigmenting cosmetics and dermatological products on the market
Fonte: Rev. ciênc. farm. básica apl;41:[11], 01/01/2020. graf, tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The skin is the largest and most exposed organ of the human body, therefore subject to diseases and alteration of its appearance. Among these alterations, the cutaneous hyperchromia may be cited. Currently, the market offers numerous products with depigmenting action to the treatment of such disorders. The aim of this work was to analyze depigmenting products commercialized in establishments in the city of Bento Gonçalves (RS, Brazil) and websites of cosmetic companies. It was found 45 products with depigmenting action and, from these, 59 different active agents were identified. The main active compounds found were kojic acid, arbutin, ascorbic acid, hydroquinone and glycolic acid. Another observed data was that in 78% of the studied products the active substances were being used in combination. The most used vehicles were also studied as a reference to the use of sunscreen in the treatment of cutaneous hyperchromia. The present work had identified in the market a variety of products with depigmentation action and, because of this, it aims to serve as a reference to the healthcare professionals, especially at the prescribing moment, looking for the best results, with regards to treatment efficiency and safety.(AU)
Descritores: Pigmentação da Pele/efeitos dos fármacos
Hiperpigmentação/tratamento farmacológico
Cosméticos
Fármacos Dermatológicos/análise
-Arbutina
Ácido Ascórbico
Pironas
Brasil
Combinação de Medicamentos
Glicolatos
Hidroquinonas
Limites: Humanos
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-741263
Autor: Harwani, Dharmesh.
Título: Regulation of gene expression: Cryptic β-glucoside (bgl) operon of Escherichia coli as a paradigm
Fonte: Braz. j. microbiol;45(4):1139-1144, Oct.-Dec. 2014. ilus.
Idioma: en.
Resumo: Bacteria have evolved various mechanisms to extract utilizable substrates from available resources and consequently acquire fitness advantage over competitors. One of the strategies is the exploitation of cryptic cellular functions encoded by genetic systems that are silent under laboratory conditions, such as the bgl (β-glucoside) operon of E. coli. The bgl operon of Escherichia coli, involved in the uptake and utilization of aromatic β-glucosides salicin and arbutin, is maintained in a silent state in the wild type organism by the presence of structural elements in the regulatory region. This operon can be activated by mutations that disrupt these negative elements. The fact that the silent bgl operon is retained without accumulating deleterious mutations seems paradoxical from an evolutionary view point. Although this operon appears to be silent, specific physiological conditions might be able to regulate its expression and/or the operon might be carrying out function(s) apart from the utilization of aromatic β-glucosides. This is consistent with the observations that the activated operon confers a Growth Advantage in Stationary Phase (GASP) phenotype to Bgl+ cells and exerts its regulation on at least twelve downstream target genes.
Descritores: Escherichia coli/enzimologia
Escherichia coli/genética
Regulação da Expressão Gênica
beta-Glucosidase/genética
beta-Glucosidase/metabolismo
-Arbutina/metabolismo
Álcoois Benzílicos/metabolismo
Escherichia coli/crescimento & desenvolvimento
Escherichia coli/metabolismo
Glucosídeos/metabolismo
Óperon
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Zelante, Flavio
Id: lil-279981
Autor: Simionato, Maria Regina Lorenzetti; Zelante, Flávio.
Título: Análise fisiológica de cepas orais de streptococus sanguis I, Streptococcus sanguis II e Streptococcus mitis / Physiological analysis of oral strains of Streptococus sanguis I, Streptococus II and Streptococus mitis
Fonte: Rev. microbiol;20(2):190Ä6, jun. 1989. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo: Apesar do grande número de estudos, permanecem, ainda, contradiçöes a respeito de aspectos fisiológicos, sorológicos e genéticos de S.sanguis e S.mitis, que refletem em sua classificaçäo.Assim, foram verificadas 72 características fisiológicas de cepas de S.mitis e de S.sanguis biotipos I e II isolados de placa dental.Os resultados, além de revelarem a caracterizaçäo fisiológica das cepas, demonstraram a importância das provas de produçäo de ácidos a partir de arbutina, celobiose e salicina, hidrólise de arginina e tolerância a 40 por cento de bile para a sua diferenciaçäo.Dessa forma, foi sugerida a inclusäo destes testes nos esquemas de identificaçäo dessas espécies, em adiçäo aos comumente utilizados.Além disso, as cepas padräo utilizadas demonstraram, em algumas provas, comportamento oposto às de idêntico biotipo isoladas de placa dental, sendo preconizado, entäo, que os estudos taxonômicos näo devam se basear unicamente no comportamento das cepas padräo.
Descritores: Arbutina
Fenômenos Fisiológicos Bacterianos
Celobiose
Técnicas In Vitro
Streptococcus sanguis
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Relatório Técnico
Relatos de Casos
Responsável: BR734.1 - Biblioteca Central Cesar Lattes - BCCL


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-263374
Autor: Silva, Elton Clementino da.
Título: Desenvolvimento e avaliação da estabilidade de formulações contendo arbutina, associada ou não ao ácido glicólico / Development and evaluation of biopharmaceutical stability containning arbutin, associated or not to glycolic acid.
Fonte: São Paulo; s.n; 1998. 181 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A arbutina, hidroquinona-ß-D-glucopiranosídio, encontrada naturalmente em extratos vegetais, ou obtida sinteticamente, é um despigmentante cutâneo de citotoxicidade e irritabilidade reduzidas e com pequena possibilidade de hipopigmentação irreversível. Estas características justificam o interesse por sua utilização como despigmentante da cútis. Os objetivos deste trabalho foram o desenvolvimento e estudo de estabilidade de géis creme de uso cosmético, contendo arbutina associada ou não ao ácido glicólico; a avaliação da estabilidade destas formulações e a eficácia do efeito despigmentante destes ingredientes ativos. Foram preparados géis creme, não iônicos, os quais foram acrescidos de ácido glicólico 2,6 e 10 por cento p/p nos valores de pH de 3, 4 e 5 (1ª etapa), arbutina 2 por cento p/p associado ou não ao ácido glicólico 10 por cento p/p em valor de pH igual a 5 (2ª e 3ª etapas)...
Descritores: Arbutina/farmacologia
Cosméticos
Géis
Melaninas
Melanócitos
Pigmentação da Pele
-Cromatografia em Camada Delgada
Estabilidade de Medicamentos
Concentração de Íons de Hidrogênio
Fenômenos Fisiológicos da Pele
Espectrofotometria
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; 668.55


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-231595
Autor: Zegpi T., Emilia; Navarrete, Nelson; Honeyman Mauro, Juan.
Título: Arbutin: un nuevo depigmentante: estudio terapéutico en pacientes portadoras de melasma / Arbutin: a new depigmentant: therapeutic study in melasma carrier patients
Fonte: Rev. chil. dermatol;14(2):90-3, 1998. tab.
Idioma: es.
Resumo: En este trabajo se presentan los resultados de un estudio clínico terapéutico abierto, en el cual se incluyeron 10 pacientes portadoras de melasma que fueron tratadas con un nuevo preparado depigmentante: el producto fue utilizado en dos concentraciones (2 por ciento y 5 por ciento), asociado con ácido glicólico al 10 por ciento, por un período de 60 días. La respuesta fue muy buena y no se observaron efectos secundarios
Descritores: Arbutina/administração & dosagem
Melanose/tratamento farmacológico
-Administração Tópica
Arbutina/efeitos adversos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde