Base de dados : LILACS
Pesquisa : D09.408.620.569.070.125.600 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Labruna, Marcelo Bahia
Texto completo
Id: lil-742977
Autor: Krawczak, Felipe da Silva; Reis, Ilka Afonso; Silveira, Julia Angélica da; Avelar, Daniel Moreira; Marcelino, Andreza Pain; Werneck, Guilherme Loureiro; Labruna, Marcelo Bahia; Paz, Gustavo Fontes.
Título: Leishmania, Babesia and Ehrlichia in urban pet dogs: co-infection or cross-reaction in serological methods?
Fonte: Rev. Soc. Bras. Med. Trop;48(1):64-68, jan-feb/2015. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); . Programa de Apoio à Pesquisa (PAPES VI) da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ); . Programa de Apoio à Pesquisa (PAPES VI) da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).
Resumo: INTRODUCTION: The present study was designed to assess the occurrence of co-infection or cross-reaction in the serological techniques used for detecting the anti-Leishmania spp., -Babesia canis vogeli and -Ehrlichia canis antibodies in urban dogs from an area endemic to these parasites. METHODS: The serum samples from dogs were tested for the Babesia canis vogeli strain Belo Horizonte antigen and Ehrlichia canis strain São Paulo by immunofluorescence antibody test (IFAT) and by anti-Leishmania immunoglobulin G (IgG) antibody detection to assess Leishmania infection. We used the following four commercial kits for canine visceral leishmaniasis: ELISA, IFAT, Dual Path Platform (DPP) (Bio Manguinhos(r)/FIOCRUZ/MS) and a rK39 RDT (Kalazar Detect Canine Rapid Test; Inbios). RESULTS : Of 96 serum samples submitted to serological assays, 4 (4.2%) were positive for Leishmania as determined by ELISA; 12 (12.5%), by IFAT; 14 (14.6%) by rK39 RDT; and 20 (20.8%), by DPP. Antibodies against Ehrlichia and Babesia were detected in 23/96 (23.9%) and 30/96 (31.2%) samples, respectively. No significant association was identified between the results of tests for detecting Babesia or Ehrlichia and those for detecting Leishmania (p-value>0.05). CONCLUSIONS: In the present study, we demonstrated co-infection with Ehrlichia or Babesia and Leishmania in dogs from Minas Gerais (Brazil); we also found that the serological tests that were used did not cross-react. .
Descritores: Apoptose/fisiologia
Regulação Enzimológica da Expressão Gênica/fisiologia
Poli(ADP-Ribose) Polimerases/genética
Retina/enzimologia
Retina/crescimento & desenvolvimento
-Animais Recém-Nascidos
Fator de Indução de Apoptose/metabolismo
Western Blotting
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Imuno-Histoquímica
Marcação In Situ das Extremidades Cortadas
Camundongos Endogâmicos BALB C
MICE, INBRED CABDOMENABDOMINAL INJURIESBL
Nucleossomos
Poli Adenosina Difosfato Ribose/metabolismo
Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa
RNA Mensageiro/metabolismo
Limites: Animais
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-742887
Autor: Compostella, Leonida; Russo, Nicola; D’Onofrio, Augusto; Setzu, Tiziana; Compostella, Caterina; Bottio, Tomaso; Gerosa, Gino; Bellotto, Fabio.
Título: Abnormal heart rate variability and atrial fibrillation after aortic surgery / Variabilidade anormal da frequência cardíaca e fibrilação atrial após cirurgia aórtica
Fonte: Rev. bras. cir. cardiovasc = Braz. j. cardiovasc. surg. (impr.);30(1):55-62, Jan-Mar/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Complete denervation of transplanted heart exerts protective effect against postoperative atrial fibrillation; various degrees of autonomic denervation appear also after transection of ascending aorta during surgery for aortic aneurysm. Objective: This study aimed to evaluate if the level of cardiac denervation obtained by resection of ascending aorta could exert any effect on postoperative atrial fibrillation incidence. Methods: We retrospectively analysed the clinical records of 67 patients submitted to graft replacement of ascending aorta (group A) and 132 with aortic valve replacement (group B); all episodes of postoperative atrial fibrillation occurred during the 1-month follow-up have been reported. Heart Rate Variability parameters were obtained from a 24-h Holter recording; clinical, echocardiographic and treatment data were also evaluated. Results: Overall, 45% of patients (group A 43%, group B 46%) presented at least one episode of postoperative atrial fibrillation. Older age (but not gender, abnormal glucose tolerance, ejection fraction, left atrial diameter) was correlated with incidence of postoperative atrial fibrillation. Only among a subgroup of patients with aortic transection and signs of greater autonomic derangement (heart rate variability parameters below the median and mean heart rate over the 75th percentile), possibly indicating more profound autonomic denervation, a lower incidence of postoperative atrial fibrillation was observed (22% vs. 54%). Conclusion: Transection of ascending aorta for repair of an aortic aneurysm did not confer any significant protective effect from postoperative atrial fibrillation in comparison to patients with intact ascending aorta. It could be speculated that a limited and heterogeneous cardiac denervation was produced by the intervention, creating an eletrophysiological substrate for the high incidence of postoperative atrial fibrillation observed. .

Introdução: Denervação completa do coração transplantado exerce efeito protetor contra a fibrilação atrial no pós-operatório; vários graus de denervação autonômica aparecem também após a transecção da aorta ascendente durante a cirurgia de aneurisma da aorta. Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar se o nível de denervação cardíaca obtida por ressecção da aorta ascendente poderia exercer algum efeito sobre a incidência de fibrilação atrial no pós-operatório. Métodos: Foram analisados retrospectivamente os prontuários de 67 pacientes submetidos a enxerto de substituição de aorta torácica (grupo A) e 132 com a substituição da valva aórtica (grupo B). Foram relatados todos os episódios de fibrilação atrial pós-operatória ocorridos durante 1 mês de seguimento. Parâmetros de variabilidade da frequência cardíaca foram obtidos a partir de 24 h de gravação do Holter; dados clínicos, ecocardiográficos e de tratamento também foram avaliados. Resultados: No geral, 45% dos pacientes (grupo A 43%, grupo B 46%) apresentaram pelo menos um episódio de fibrilação atrial no pós-operatório. Idade mais avançada (mas não gênero, tolerância à glicose anormal, fração de ejeção, diâmetro do átrio esquerdo) foi correlacionada com a incidência de fibrilação atrial pós-operatória. Apenas em um subgrupo de pacientes com transecção aórtica e sinais de maior desarranjo autonômico (parâmetros de variabilidade da frequência cardíaca abaixo da mediana e a média de frequência cardíaca acima do percentil 75), indicando possivelmente denervação autonômica mais profunda, foi observada menor incidência de fibrilação atrial pós-operatória (22% vs. 54%). Conclusão: Transecção da aorta ascendente para correção de um aneurisma da aorta não confere qualquer efeito protetor significativo de fibrilação atrial no pós-operatório em comparação com pacientes com aorta ascendente intacta. Pode-se especular que uma denervação cardíaca limitada e heterogênea foi produzida pela ...
Descritores: Encéfalo/fisiologia
Proteínas do Tecido Nervoso/fisiologia
Poli Adenosina Difosfato Ribose/antagonistas & inibidores
Acidente Vascular Cerebral/fisiopatologia
-Fator de Indução de Apoptose/fisiologia
Northern Blotting
Cálcio/metabolismo
Morte Celular/fisiologia
Ácido Glutâmico/efeitos dos fármacos
Ácido Glutâmico/fisiologia
Mitocôndrias/metabolismo
Proteínas do Tecido Nervoso/metabolismo
Ligação Proteica
Poli(ADP-Ribose) Polimerases/metabolismo
Poli(ADP-Ribose) Polimerases/fisiologia
Receptores de N-Metil-D-Aspartato/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, N.I.H., Extramural
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-197246
Autor: Miranda, E. A; Murcia, G. de; Murcia, J. Ménissier de.
Título: Large-scale production and purification of recombinant protein from an insect cell/baculovirus system in Erlenmeyer flasks: application to the chicken poly(ADP-ribose) polymerase catalytic domain
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;30(8):923-8, Aug. 1997. ilus.
Idioma: en.
Resumo: A simple and inexpensive shaker/Erlenmeyer flask system for largescale cultivation of insect cells is described and compared to a commercial spinner system. On the basis of maximum cell density, average population doubling time and overproduction of recombinant protein, a better result was obtained with a simpler and less expensive biorector consisting of Erlenmeyer flasks and an ordinary shaker waterbath. Routinely, about 90 mg of pure poly(ADP-ribose) polymerase catalytic domain was obtained for a total of 3 x 10(9) infected cells in three liters of culture.
Descritores: ADP Ribose Transferases
Baculoviridae
Técnicas In Vitro
Insetos/citologia
Poli Adenosina Difosfato Ribose
Polinucleotídeo Adenililtransferase/isolamento & purificação
Proteínas Recombinantes/isolamento & purificação
Limites: Animais
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde