Base de dados : LILACS
Pesquisa : D09.947.875.359 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-938314
Autor: Santos, Paula Fernandes.
Título: Caracterização dos genes que codificam a enzima dihidrolipomida desidrogenase (TcLip DH) e a proteína transportadora de hexoses (TcrHT1) em cepas do Trypanosoma Cruzi sensíveis e resistentes ao benzonidazol.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2008. 114 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A glicose e outras hexoses são importantes para o funcionamento das células eucariotas. Os transportadores de hexoses são proteínas transmembrana que levam o substrato para dentro da célula. Na glicólise, o açúcar captado é convertido em piruvato e este, por sua vez, é convertido a acetil-CoA para o ciclo do ácido cítrico. A conversão do piruvato a acetil-CoA conta com a participação da enzima lipoamida desidrogenase(LipDH), uma flavoenzima homodimérica da família das FAD-dissulfeto oxiredutase que é também importante para o mecanismo de oxiredução da célula. Murta et al. (2008, in press), utilizando a metodologia Differential Display (DD) selecionaram os genes que codificam o transportador de hexoses (TcrHT1) e a enzima lipoamida desidrogenase (TcLipDH) como genes mais expressos em uma cepa do T. cruzi com resistência induzida in vitro ao benzonidazol BZ e, que, portanto, seriam alvos em potencial para quimioterapia. Neste estudo, a fim de caracterizar os genes TcrHT1 e TcLipDH, foram analisados os níveis de mRNA; a organização genômica, a amplificação e a presença de polimorfismos; o nível de expressão ou atividade da proteína e a localização cromossômica em cepas do T. cruzi sensíveis e resistentes ao BZ.

Ensaios de Northern blot e PCR em Tempo Real confirmaram os resultados de DD e mostraram que ambos estão cerca de 2X mais expressos na cepa com resistência induzida in vitro ao BZ, 17LER, quando comparada a seu par sensível, 17WTS. Por Southern blot confirmamos que o gene TcLipDH possui duas cópias e o TcrHT1, um arranjo em “tandem” e não estão amplificados no genoma de nenhuma cepa resistente. Além disso, foi encontrado um polimorfismo para o gene TcrHT1 que não está relacionado ao fenótipo de resistência a drogas e sim com o zimodema ao qual as cepas analisadas pertencem. Os resultados de Western blot mostraram que a enzima TcLipDH está igualmente expressa em todas as cepas analisadas à exceção da cepa 17LER na qual a proteína está 2X menos expressa em comparação à 17WTS. Devido à dificuldade de obter anticorpos anti-TcrHT1, os ensaios de Western blotting foram substituídos pelo ensaio de atividade enzimática no qual constatamos que a eficiência de captação de glicose é 40% menor na cepa 17LER quando comparada à 17WTS. A localização cromossômica desses genes não está relacionada à resistência e é zimodema-dependente para o gene TcrHT1. Análises de bioinformática permitiram contextualizar evolutivamente ambos os genes e geraram informações interessantes sobre filogenia e anotação no genoma
Descritores: Doença de Chagas/genética
Di-Hidrolipoamida Desidrogenase/síntese química
Hexoses/síntese química
Trypanosoma cruzi/genética
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.936 3, S237c, 2008. 012800


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664646
Autor: Santos, Paula Fernandes.
Título: Caracterização dos genes que codificam a enzima dihidrolipomida desidrogenase (TcLip DH) e a proteína transportadora de hexoses (TcrHT1) em cepas do Trypanosoma Cruzi sensíveis e resistentes ao benzonidazol / Characterization of genes encoding the enzyme dihidrolipomida dehydrogenase (TcLip DH) and hexose transporter protein (TcrHT1) of Trypanosoma cruzi in strains sensitive and resistant to benznidazole.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2008. 114 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A glicose e outras hexoses são importantes para o funcionamento das células eucariotas. Os transportadores de hexoses são proteínas transmembrana que levam o substrato para dentro da célula. Na glicólise, o açúcar captado é convertido em piruvato e este, por sua vez, é convertido a acetil-CoA para o ciclo do ácido cítrico. A conversão do piruvato a acetil-CoA conta com a participação da enzima lipoamida desidrogenase(LipDH), uma flavoenzima homodimérica da família das FAD-dissulfeto oxiredutase que é também importante para o mecanismo de oxiredução da célula. Murta et al. (2008, in press), utilizando a metodologia Differential Display (DD) selecionaram os genes que codificam o transportador de hexoses (TcrHT1) e a enzima lipoamida desidrogenase (TcLipDH) como genes mais expressos em uma cepa do T. cruzi com resistência induzida in vitro ao benzonidazol BZ e, que, portanto, seriam alvos em potencial para quimioterapia. Neste estudo, a fim de caracterizar os genes TcrHT1 e TcLipDH, foram analisados os níveis de mRNA; a organização genômica, a amplificação e a presença de polimorfismos; o nível de expressão ou atividade da proteína e a localização cromossômica em cepas do T. cruzi sensíveis e resistentes ao BZ.

Ensaios de Northern blot e PCR em Tempo Real confirmaram os resultados de DD e mostraram que ambos estão cerca de 2X mais expressos na cepa com resistência induzida in vitro ao BZ, 17LER, quando comparada a seu par sensível, 17WTS. Por Southern blot confirmamos que o gene TcLipDH possui duas cópias e o TcrHT1, um arranjo em “tandem” e não estão amplificados no genoma de nenhuma cepa resistente. Além disso, foi encontrado um polimorfismo para o gene TcrHT1 que não está relacionado ao fenótipo de resistência a drogas e sim com o zimodema ao qual as cepas analisadas pertencem. Os resultados de Western blot mostraram que a enzima TcLipDH está igualmente expressa em todas as cepas analisadas à exceção da cepa 17LER na qual a proteína está 2X menos expressa em comparação à 17WTS. Devido à dificuldade de obter anticorpos anti-TcrHT1, os ensaios de Western blotting foram substituídos pelo ensaio de atividade enzimática no qual constatamos que a eficiência de captação de glicose é 40% menor na cepa 17LER quando comparada à 17WTS. A localização cromossômica desses genes não está relacionada à resistência e é zimodema-dependente para o gene TcrHT1. Análises de bioinformática permitiram contextualizar evolutivamente ambos os genes e geraram informações interessantes sobre filogenia e anotação no genoma
Descritores: Di-Hidrolipoamida Desidrogenase
Doença de Chagas/genética
Hexoses/síntese química
Trypanosoma cruzi/genética
Limites: Humanos
Animais
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.936 3, S237c, 2008. 012800


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Chibante, Antonio Monteiro da Silva
Texto completo
Id: lil-642176
Autor: Neves, Denise Duprat; Chibante, Antonio Monteiro da Silva; Miranda, Simone.
Título: Importância da dosagem da amilase e da glicose na rotina de investigação da causa dos derrames pleurais / Importance of glucose and amylase concentration in the routine investigation of a pleural effusion
Fonte: Pulmäo RJ;13(4):241-245, 2004. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A dosagem da glicose e amilase vem sendo realizada na rotina de investigação da causa de derrames pleurais. Nosso objetivo é verificar a contribuição destas para o diagnóstico final. Método: estudamos 192 toracocenteses subseqüentes com derrame pleural, entre agosto 1995 e dezembro de 2000. Foram excluídos aqueles nos quais um diagnóstico de certeza não foi possível e pacientes já incluídos anteriormente. As propriedades do teste diagnóstico foram calculadas após identificar o valor discriminatório de maior acurácia pela curva ROC. Resultados: houve predomínio do sexo masculino e a média de idade foi de 50 anos (DP de 19,8). O rendimento de ambas as dosagens para o diagnóstico diferencial entre transudato e exsudato foi ruim. A glicose, com valor discriminatório de < 90mg/dL, mostrou uma sensibilidadede 94% e especificidade de 65% para o diagnóstico da tuberculose. A amilase (valor < 52U/L), para o diagnóstico diferencial entre neoplasia e um grupo composto por tuberculose, parapneumônico e transudato mostrou uma sensibilidade de 56% e especificidade de 58%. Conclusões:a dosagem da glicose e da amilase no líquido pleural não são úteis, isoladamente, para se estabelecer a causa do derrame pleural em nosso meio e não devem ser solicitadas de rotina no início da investigação. Contudo, em casos especiais podem ser de grande ajuda.
Descritores: Amilases
Derrame Pleural/diagnóstico
Glucose
-Estudos Transversais
Glicosídeo Hidrolases
Hexoses
Doenças Pleurais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR674.1 - IDT - Biblioteca do Instituto de Doenças do Tórax


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-305941
Autor: Alarcón, Oscar; Carnevali de Tata, E; Ramírez de Fernández, M; Alarcón, Angel.
Título: Niveles séricos de mucoproteínas y de proteínas combinadas con hexosas o con ácido siálico en escolares enfermos residentes en la ciudad de Mérida (Venezuela) / Mucoproteins serum levels and combination proteins with hexoses or with sialic acid the sick student resinding at the Mérida city (Venezuela)
Fonte: Rev. Fac. Farm. (Merida);40:158-165, 2000.
Idioma: es.
Resumo: En el presente trabajo se cuantificó el contenido sérico de las mucoproteínas y de las proteínas combinadas con hexosas (PBH) o con ácido siálico (PAS) en 440 escolares portadores de diversas patologías (GRUPO DE CASOS) y se comparó con los hallazgos obtenidos en 160 escolares sanos con características similares a los casos (GRUPO TESTIGO). Los valores de mucoproteínas, PBH y PAS en los escolares sanos fueron 15ñ9, 112ñ20 y 66ñ12 mg/dL, respectivamente, los cuales se utilizaron para comparar con los casos. En los escolares enfermos no tratados los niveles de estas seroglicoproteínas difieren significativamente (p<0.05), dependiendo de la patología en estudio, al comparar con los valores normales y de los escolares tratados. En las piodermitis y en las parasitosis se encuentran valores de PBH inferiores al rango normal, igual fenómeno se detectó con las mucoproteínas en las hepatitis virales e infecciones agudas. Cuando los tratamientos son adecuados, los valores alterados de las glicoproteínas rápidamente retornan a la normalidad. Se concluye que la determinación de estas seroglicoproteínas puede ser un auxiliar útil para evaluar la respuesta de los pacientes al tratamiento (s) y en casos de diagnóstico difícil, tal como sucede en los escolares ictéricos
Descritores: Hexoses
Mucoproteínas
Ácido N-Acetilneuramínico
-Venezuela
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Relatos de Casos
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-228636
Autor: Preller, Ana; Guixe, Victoria; Torres, Juan Carlos; Hofer, Hans W; Ureta, Tito.
Título: The separation and identification of picomole amounts of intermediates of glucose metabolism by high performance liquid chromatography on pellicular resins
Fonte: Biol. Res;25(2):73-8, 1992. graf.
Idioma: en.
Resumo: A column (CarboPac PA1, Dionex) containing an anion-exchange pellicular resin was used for the separation of phosphoryl-hexoses derived from labeled glucose microinjected into individual frog oocytes or from cultures of Escherichia coli. Intermediates were identified by: a) comparison of retention times with those of authentic commercial compounds; b) the use of internal labeled standards; c) incubation of samples with specific enzymes and noting the disappearance of one radioactive peak and appearance of another at a new retention time
Descritores: Cromatografia Líquida de Alta Pressão/métodos
Glucose/metabolismo
-Anuros
Escherichia coli/metabolismo
Hexoses/isolamento & purificação
Microinjeções
Oócitos/metabolismo
Resinas
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Feminino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde