Base de dados : LILACS
Pesquisa : D09.947.875.359.448 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 857 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 86 ir para página                         

  1 / 857 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1147408
Autor: Litwak, León E; Carreño, Nancy; Carnero, Rodrigo; Dain, Alejandro; Grosembacher, Luis A; Musso, Carla; Proietti, Adrián; Rista, Lucas; Rovira, Gabriela; Rubin, Graciela; Ruiz, María L; Saleme, Antonio; Trifone, Liliana; Costa Gil, José E.
Título: Monitoreo continuo de glucosa: indicaciones, interpretación de datos y toma de decisiones terapéuticas. Recomendaciones de expertos / Continuous glucose monitoring: indications, data interpretation and making therapeutic decisions. Expert recommendations
Fonte: Rev. Soc. Argent. Diabetes;54(3):140-154, sept.-dic. 2020. graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: Las herramientas para evaluar el grado de control glucémico se modificaron últimamente. La emoglobina glicosilada (HbA1c), parámetro de referencia (gold standard), refleja el control glucémico de los últimos tres meses de manera retrospectiva, sin expresar la variabilidad glucémica. El automonitoreo glucémico capilar (AGC) brinda información inmediata y prospectiva, pero dispone de pocos datos glucémicos para generar promedios y desviaciones estándares representativas. No detecta tendencias y tiene limitaciones para obtener datos nocturnos o durante la actividad física. Es invasivo y muchas veces rechazado. Contrariamente, el monitoreo continuo de glucosa (MCG) mide la glucosa instantáneamente, y muestra sus tendencias y su variabilidad en forma continua, incorporando nuevas métricas de control. Mediante el perfil ambulatorio de glucosa (PAG) se analizan los patrones del control glucémico durante el sueño, los ayunos prolongados, la actividad física y las intercurrencias, expresándolos como curvas con sus desviaciones estándar durante períodos de horas (8 a 24 horas) o días (7, 14, 30 y 90 días). El PAG contiene las siguientes métricas: porcentaje de tiempo en rango TIR (del inglés, time in range), porcentaje de tiempo por encima del rango TAR (del inglés, time above range), porcentaje de tiempo por debajo del rango o hipoglucemia TBR (del inglés, time below range) y coeficiente de variabilidad (%CV). La información continua permite tomar decisiones inmediatas, ya sea con la ingesta de carbohidratos o con la aplicación de insulina. El MCG con terapéuticas insulínicas inyectables (TII) o bomba portable de insulina (BPI) es una herramienta muy útil y complementaria para el tratamiento de la diabetes mellitus tipo 1 (DM1) y la DM2 en la insulinoterapia. Su utilización se asoció con descensos significativos en la HbA1c, disminución de la variabilidad glucémica, reducción de las hipoglucemias totales y nocturnas, y mejoría de la calidad de vida en estos pacientes. Nuestro propósito como grupo de expertos es generar una guía práctica para regular la implementación del MCG.

The tools to assess the degree of glycemic control were modified lately. Glycosylated hemoglobin (HbA1c), the gold standard, reflects the glycemic control of the last 3 months retrospectively, without expressing glycemic variability. Selfblood glucose monitoring (SBGM) provides immediate and prospective information, but has little glycemic data to generate representative averages and standard deviations. It does not detect trends and has limitations to obtain nocturnal data or during physical activity. It is invasive and often rejected. On the contrary, continuous glucose monitoring (CGM), allows to measure glucose instantly, shows your trends and variability continuously, incorporating new control metrics. The ambulatory glucose profile (AGP) analyzes the patterns of glycemic control during sleep, prolonged fasting, physical activity and intercurrences, expressing them as curves with their standard deviations during periods of hours (8 to 24 hours) or days (7, 14, 30 and 90 days). The AGP contains the following metrics: percentage time in range (TIR), percentage time above range mg/dl (TAR), percentage time below range or hypoglycemia (TBR) and coefficient of variation (%CV). CGM with IIT or continuous subcutaneous insulin infusion (CSII), is a very useful and complementary tool for the treatment of DM1 and DM2 in insulin therapy. Its use was associated with significant decreases in HbA1c, decreased glycemic variability, reduction of total and nocturnal hypoglycemia and improvement of the quality of life in these patients. Our aim as a group of experts is to generate a practical guide to regulate the implementation of the CGM.
Descritores: Diabetes Mellitus Tipo 1
-Exercício Físico
Glucose
Hipoglicemia
Insulina
Atividade Motora
Limites: Humanos
Responsável: AR423.1 - Biblioteca


  2 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1131469
Autor: Borges, L. A; Ruas, J. R. M; Rocha Júnior, V. R; Carvalho, C. C. S; Monção, F. P; Gomes, V. M; Rigueira, J. P. S; Pinheiro, P. G. M; Sales, E. C. J; Rufino, L. D. A; Silva, E. A; Queiroz, D. S; Ferreira, H. C.
Título: Effects of short-term feed restriction on the physiological parameters and metabolites of F1 Holstein x Zebu cows in different stages of lactation / [Efeitos da restrição alimentar de curto prazo sobre os parâmetros fisiológicos e metabólicos de vacas F1 Holstein x Zebu em diferentes estágios da lactação]
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);72(4):1545-1554, July-Aug. 2020. tab.
Idioma: en.
Projeto: Finep; . MCTI; . Epamig; . Foundation for Research Support of the State of Minas Gerais; . Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.
Resumo: This study aimed to evaluate the effects of different nutritional plans on the productive, physiological and metabolic parameters of F1 ½ Holstein x ½ Zebu cows in different stages of lactation. Sixty lactating cows were allotted to a completely randomized 5 x 3 factorial design with five feed allowances and three lactation periods. The dry matter intake, milk yield and heart rate were reduced by 5.69kg, 2.41kg and 10.36 beats/min (morning) and 10.25 beats/min (afternoon) for each 1% feed restriction, respectively. There was no difference in the concentration of glucose, total protein, albumin, cholesterol and non-esterified fatty acids for cows subjected to different feed allowances, with means of 95.25, 7.98, 2.95, 121.68 and 0.45mg/dL, respectively. Feed restriction of up to 2.50% BW is a cost reduction strategy that does not alter milk yield, regardless of the stage of lactation.(AU)

Objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes planos nutricionais sobre as características produtivas, fisiológicas e metabólicas de vacas F1 ½ Holandês x ½ Zebu. Foram utilizadas 60 vacas em lactação, seguindo-se o delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 5 x 3, com cinco níveis de oferta de dieta e três períodos de lactação. À medida que se aumentou 1% na restrição da oferta da dieta, houve redução linear de 5,69kg no consumo de matéria seca pelos animais, 2,41kg na produção de leite, bem como de 10,36bat/min (manhã) e 10,25 bat/min (tarde) na frequência cardíaca dos animais. Não houve diferença para a concentração de glicose, proteínas totais, albumina, colesterol e NEFA com a restrição na oferta da dieta dos animais, sendo a média de 95,25, 7,98, 2,95, 121,68 e 0,45mg/dL, respectivamente. Recomenda-se a restrição de até 2,50% de peso corporal como estratégia de redução dos custos em todos os estágios em lactação, visando não alterar, economicamente, a produção de leite.(AU)
Descritores: Lactação
Colesterol/análise
Dietoterapia/veterinária
Glucose/análise
-Ácidos Graxos não Esterificados
Taxa Respiratória
Limites: Animais
Feminino
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-787625
Autor: Lim, Hong Jin; Hasan, Mohd Shahnaz; Chinna, Karuthan.
Título: Faster onset time of supraclavicular brachial plexus block using local anesthetic diluted with dextrose / Tempo mais rápido de início do bloqueio do plexo braquial supraclavicular usando anestésico local diluído com dextrose
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(4):341-345tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background and objectives: A high sodium concentration is known to antagonize local anesthetics when infiltrated around neural tissue. Thus, we hypothesized that the onset time for sensory and motor blockade, in supraclavicular brachial plexus block using ropivacaine diluted with dextrose would be shorter than with saline. Methods: Patients scheduled for upper limb surgery were randomized to receive ultrasound guided supraclavicular brachial plexus block with 0.5% ropivacaine. Evaluation of sensory and motor blockade was performed every 5 min for 60 min. Patients were followed-up on postoperative day 1, and between days 7 and 10 for the presence of any complications. Twenty-five patients in each group were analyzed. Results: Mean time for onset of analgesia for the dextrose group was 37.6 ± 12.9 min while the mean time for the saline group was 45.2 ± 13.9 min with a p-value of 0.05. The effect size was 0.567, which was moderate to large. No major complications were observed. Conclusion: We conclude that there was a decrease in onset time of analgesia when dextrose was used as a diluent instead of saline for ultrasound guided supraclavicular block.

Resumo Justificativa e objetivos: A alta concentração de sódio é conhecida por antagonizar anestésicos locais quando infiltrado em torno de tecido neural. Portanto, a nossa hipótese foi a de que o tempo de início para os bloqueios sensorial e motor, em bloqueio do plexo braquial supraclavicular com ropivacaína diluída com dextrose, seria menor do que com solução salina. Métodos: Os pacientes agendados para cirurgia em membro superior foram randomizados para receber bloqueio do plexo braquial supraclavicular com ropivacaína a 0,5%g guiado por ultrassom. A avaliação dos bloqueios sensorial e motor foi feita a cada cinco minutos durante 60 minutos. Os pacientes foram acompanhados no pós-operatório no primeiro dia e entre os dias 7-10 para presença de qualquer complicação. Foram analisados 25 pacientes em cada grupo. Resultados: A média do tempo para o início da analgesia no grupo dextrose foi de 37,6 ± 12,9 minutos, enquanto que no grupo solução salina foi de 45,2 ± 13,9 minutos, com um valor-p de 0,05. O tamanho do efeito foi 0,567, o que foi de moderado a grande. Complicações maiores não foram observadas. Conclusão: Concluímos que houve uma redução do tempo de início da analgesia quando dextrose em vez de solução salina foi usada como diluente para bloqueio supraclavicular guiado por ultrassom.
Descritores: Bloqueio do Plexo Braquial/métodos
Amidas/uso terapêutico
Glucose/administração & dosagem
Anestésicos Locais/uso terapêutico
-Fatores de Tempo
Cloreto de Sódio/administração & dosagem
Método Simples-Cego
Seguimentos
Ropivacaina
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-829707
Autor: Zhao, De-An; Bi, Ling-Yun; Huang, Qian; Zhang, Fang-Min; Han, Zi-Ming.
Título: Isoflurane provides neuroprotection in neonatal hypoxic ischemic brain injury by suppressing apoptosis / Isoflurano fornece neuroproteção em lesão cerebral hipóxico-isquêmica neonatal por inibição da apoptose
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(6):613-621, Nov.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background and objectives: Isoflurane is halogenated volatile ether used for inhalational anesthesia. It is widely used in clinics as an inhalational anesthetic. Neonatal hypoxic ischemia injury ensues in the immature brain that results in delayed cell death via excitotoxicity and oxidative stress. Isoflurane has shown neuroprotective properties that make a beneficial basis of using isoflurane in both cell culture and animal models, including various models of brain injury. We aimed to determine the neuroprotective effect of isoflurane on hypoxic brain injury and elucidated the underlying mechanism. Methods: A hippocampal slice, in artificial cerebrospinal fluid with glucose and oxygen deprivation, was used as an in vitro model for brain hypoxia. The orthodromic population spike and hypoxic injury potential were recorded in the CA1 and CA3 regions. Amino acid neurotransmitters concentration in perfusion solution of hippocampal slices was measured. Results: Isoflurane treatment caused delayed elimination of population spike and improved the recovery of population spike; decreased frequency of hypoxic injury potential, postponed the onset of hypoxic injury potential and increased the duration of hypoxic injury potential. Isoflurane treatment also decreased the hypoxia-induced release of amino acid neurotransmitters such as aspartate, glutamate and glycine induced by hypoxia, but the levels of γ-aminobutyric acid were elevated. Morphological studies showed that isoflurane treatment attenuated edema of pyramid neurons in the CA1 region. It also reduced apoptosis as evident by lowered expression of caspase-3 and PARP genes. Conclusions: Isoflurane showed a neuro-protective effect on hippocampal neuron injury induced by hypoxia through suppression of apoptosis.

Resumo Justificativa e objetivos: Isoflurano é um éter volátil halogenado usado para anestesia por via inalatória. É amplamente usado na clínica como um anestésico para inalação. A lesão hipóxico-isquêmica neonatal ocorre no cérebro imaturo e resulta em morte celular tardia via excitotoxicidade e estresse oxidativo. Isoflurano mostrou ter propriedades neuroprotetoras que formam uma base benéfica para o seu uso tanto em cultura de células quanto em modelos animais, incluindo vários modelos de lesão cerebral. Nosso objetivo foi determinar o efeito neuroprotetor de isoflurano em hipóxia cerebral e elucidar o mecanismo subjacente. Métodos: Fatias de hipocampo, em fluido cerebrospinal artificial (CSFA) com glicose e privação de oxigênio, foram usadas como um modelo in vitro de hipóxia cerebral. O pico de população ortodrômica (PPO) e o potencial de lesão hipóxica (PLH) foram registrados nas regiões CA1 e CA3. A concentração de neurotransmissores de aminoácidos na solução de perfusão das fatias de hipocampo foi medida. Resultados: O tratamento com isoflurano retardou a eliminação do PPO e melhorou a recuperação do PPO; diminuiu a frequência do PLH, retardou o início do PLH e aumentou a duração do PLH. O tratamento com isoflurano também diminuiu a liberação de neurotransmissores de aminoácidos induzida pela hipóxia, como aspartato, glutamato e glicina, mas os níveis de ácido γ-aminobutírico (GABA) estavam elevados. Estudos morfológicos mostram que o tratamento de edema com isoflurano atenuou o edema de neurônios piramidais na região CA1. Também reduziu a apoptose, como mostrado pela expressão reduzida da caspase-3 e genes PARP. Conclusões: Isoflurano mostrou um efeito neuroprotetor na lesão neuronal no hipocampo induzida por hipóxia através da supressão de apoptose.
Descritores: Hipóxia Encefálica/prevenção & controle
Isquemia Encefálica/patologia
Apoptose/efeitos dos fármacos
Fármacos Neuroprotetores/farmacologia
Anestésicos Inalatórios/farmacologia
Isoflurano/farmacologia
-Hipóxia Encefálica/patologia
Ratos Sprague-Dawley
Região CA1 Hipocampal/patologia
Região CA3 Hipocampal/patologia
Glucose/deficiência
Hipocampo/patologia
Animais Recém-Nascidos
Limites: Animais
Feminino
Gravidez
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-777411
Autor: Yagan, Özgür; Tas, Nilay; Küçük, Ahmet; Hanci, Volkan.
Título: A comparison of different densities of levobupivacaine solutions for unilateral spinal anaesthesia / Uma comparação das diferentes densidades das soluções de levobupivacaína para raquianestesia unilateral
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(2):157-164, Mar.-Apr. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT BACKGROUND AND OBJECTIVES: The aim of the study was to compare the block characteristics and clinical effects of dextrose added to levobupivacaine solutions at different concentrations to provide unilateral spinal anaesthesia in lower extremity surgery. METHODS: This prospective, randomised, double-blind study comprised 75 ASA I-II risk patients for whom unilateral total knee arthroscopy was planned. The patients were assigned to three groups: in Group I, 60 mg dextrose was added to 7.5 mg of 0.5% levobupivacaine, in Group II, 80 mg and in Group III, 100 mg. Spinal anaesthesia was applied to the patient in the lateral decubitus position with the operated side below and the patient was kept in position for 10 min. RESULTS: The time for the sensorial block to achieve T12 level was slower in Group I than in Groups II and III (p < 0.05, p< 0.00). The time to full recovery of the sensorial block was 136 min in Group I, 154 min in Group II and 170 min in Group III. The differences were statistically significant (p < 0.05). The mean duration of the motor block was 88 min in Group I, 105 min in Group II, and 139 min in Group III and the differences were statistically significant (p < 0.05). The time to urination in Group I was statistically significantly shorter than in the other groups (p < 0.00). CONCLUSIONS: The results of the study showed that together with an increase in density, the sensory and motor block duration was lengthened. It can be concluded that 30 mg mL-1 concentration of dextrose added to 7.5 mg levobupivacaine is sufficient to provide unilateral spinal anaesthesia in day-case arthroscopic knee surgery.

RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Comparar as características do bloqueio e os efeitos clínicos da adição de dextrose às soluções de levobupivacaína em diferentes concentrações para proporcionar raquianestesia unilateral em cirurgia de extremidade inferior. MÉTODOS: Estudo prospectivo, randômico e duplo-cego conduzido com 75 pacientes, estado físico ASA I-II, programados para artroplastia unilateral total do joelho. Os pacientes foram divididos em três grupos: no Grupo-I, 60 mg de dextrose foram adicionados a 7,5 mg de levobupivacaína a 0,5%; no Grupo II, 80 mg e no Grupo III, 100 mg. A raquianestesia foi aplicada ao paciente posicionado em decúbito lateral, com o lado operado abaixo, e o paciente foi mantido em posição durante 10 minutos. RESULTADOS: O tempo para o bloqueio sensorial atingir o nível T12 foi mais lento no Grupo-I do que nos grupos II e III (p < 0,05,p < 0,00). O tempo de recuperação total do bloqueio sensorial foi de 136 minutos no Grupo-I, 154 minutos no Grupo-II e 170 minutos no Grupo III. As diferenças foram estatisticamente significativas (p < 0,05). A média da duração do bloqueio motor foi de 88 minutos no Grupo-I, 105 minutos no Grupo-II e 139 minutos no Grupo-III e as diferenças foram estatisticamente significativas (p< 0,05). O tempo de micção foi significativamente menor no Grupo-I do que nos outros grupos (p < 0,00). CONCLUSÕES: Os resultados do estudo mostraram que, junto com um aumento da densidade, a duração dos bloqueios sensorial e motor foi prolongada. Pode-se concluir que uma concentração 30 mg mL-1 de dextrose adicionada a 7,5 mg de levobupivacaína é suficiente para proporcionar raquianestesia unilateral para artroscopia do joelho em regime ambulatorial.
Descritores: Artroscopia/métodos
Bupivacaína/análogos & derivados
Glucose/administração & dosagem
Raquianestesia/métodos
-Fatores de Tempo
Bupivacaína/administração & dosagem
Método Duplo-Cego
Estudos Prospectivos
Relação Dose-Resposta a Droga
Levobupivacaína
Articulação do Joelho/cirurgia
Anestésicos Locais/administração & dosagem
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1120229
Autor: Tornquist, Debora; Tornquist, Luciana; Reuter, Cézane P; Renner, Jane D. P; Burgos, Miria S.
Título: Efeitos de um programa de intervenção interdisciplinar sobre o agrupamento de variáveis cardiometabólicas em adolescentes com excesso de peso / Effects of an interdisciplinary intervention program on the grouping of cardiometabolic variables in adolescents with excessive weight
Fonte: Rev. bras. ciênc. mov;2(28):16-22, abr.-jun. 2020. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O estudo tem por objetivo investigar alterações nas características de agrupamento de variáveis cardiometabólicas relacionados a resistência à insulina em resposta à um programa de intervenção interdisciplinar em adolescentes com excesso de peso. Estudo realizado em adolescentes co m excesso de peso, composto por grupo controle (n=19) e grupo intervenção (n=20), o qual p articipou de programa interdisciplinar de seis meses. Foi avaliado o índice de massa corporal, a circun ferência da cintura, pressão arterial sistólica e diastólica; realizada coleta sanguínea para avaliação da glicose, insulina e ácido úrico e calculado o índice HOMA-IR, antes e após o programa. Foi realizada análise fatorial exploratória por meio de análise de componentes principais, tendo sido consideradas cargas fatoriais associadas os valores ≥ 0,50. No período pré intervenção, três componentes fatoriais explicavam a variabilidade das variáveis em ambos os grupos, sendo a composição dos componentes igual entre estes, em que variáveis antropométricas e de pressão arterial compunham o fator 1; o segundo componente dizia respeito as variáveis relacionadas à resistência à insulina, insulina e HOMA-IR; e o terceiro comp onente era composto da glicemia e ácido úrico. Pós intervenção, dois componentes explicavam em ambos grupos e a composição era distinta, sendo que no grupo intervenção insulina e HOMA-IR passaram a fazer p arte do fator 1; já no grupo controle, a glicemia correlacionou-se negativamente com os indicadores antropométricos e de pressão arterial no componente 1; e glicemia, insulina, HOMA -IR e ácido úrico associaram-se no fator 2. Conclui-se que o programa de intervenção promoveu modificação no agrupamento das variáveis cardiometabólicas de adolescentes obesos, em que as variáveis insulina e HOMA-IR passaram a pertencer ao fator 1. Não foi encontrado nenhum fator central que ex p licasse o agrupamento das variáveis em nenhuma das análises, confirmando assim, a complexa relação en tre as variáveis analisadas...(AU)

The aim of the study was to investigate changes in the characteristics of grouping of cardiometabolic variables related to insulin resistance in response to an interdisciplin ary in tervention program in overweight adolescents. This study was performed in overweight adolescents, composed o f a control group (n = 19) and an intervention group (n = 20), who participated in a six month interdisciplinary program. Body mass index, waist circumference, systolic and diastolic blo o d p ressure were evaluated; blood collection for glucose, insulin and uric acid assessment and HOMA-IR index, before and after the program. An exploratory factorial analysis was performed through analy sis o f m ain components, and factorial loads associated with values ≥ 0.50 were considered. In the p re -interv en tion period, three factorial components explained the variability of the variables in bo th gro ups, an d t he composition of the components was equal, where anthropometric and blood pressure variables comprised factor 1; the second component related to the variables related to insulin resistance, insulin an d HOMAIR; and the third component was composed of glycemia and uric acid. Post-intervention, two components explained in both groups and the composition was distinct, and in the interventio n gro up , in sulin an d HOMA-IR became part of factor 1; in the control group, glycemia was negatively co rrelated wit h t he anthropometric and blood pressure indicators in component 1; and glycemia, insulin, HOMA-IR and uric acid were associated with factor 2. It was concluded that the intervention program promoted modification in the grouping of the cardiometabolic variables of obese adolescents, in which the insulin and HOMA-IR variables belonged to the factor 1. No central factor was found to explain the grouping of variables in an y of the analyzes, thus confirming the complex relationship between the analyzed variables...(AU)
Descritores: Resistência à Insulina
Análise Fatorial
Adolescente
Sobrepeso
Manejo da Obesidade
Obesidade
-Ácido Úrico
Glicemia
Pressão Sanguínea
Obesidade Mórbida
Índice de Massa Corporal
Controle
Circunferência da Cintura
Pressão Arterial
Glucose
Indicadores e Reagentes
Insulina
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1552.1 - Biblioteca Central


  7 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1129301
Autor: Lima Sobrinho, Pedro Soares de; Gomes, Veruska Dilyanne Silva; Amâncio, Alda Lúcia de Lima; Jordão Filho, José; Cavalcanti, Cácio Ribeiro; Silva Neto, Manuel Rosa da.
Título: Medições morfométricas aplicadas na avaliação do peso corporal de pirarucus (Arapaima gigas) / Morphometric measurements applied in the body weight evaluation of pirarucu (Arapaima gigas) / Mediciones morfométricas aplicadas en la evaluación del peso corporal de arapaimas (Arapaima gigas)
Fonte: Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online);23(1, cont.):e2305, 20200000. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Estudos morfométricos são amplamente utilizados em espécies terrestres de grande porte. O pirarucu é uma espécie de peixe carnívoro de rápido crescimento alcançando 10 kg durante seu primeiro ano de vida em ambiente de cultivo. Objetivou-se avaliar correlações entre peso e medidas corporais de pirarucus visando elaborar equações para estimar o peso desses, por meio da coleta de medidas morfométricas. Como também comparar a concentração de glicose sanguínea de acordo com o peso. Foram avaliados 16 exemplares com pesos médios variando entre 23,58 e 52,87kg. De cada animal foram obtidos o peso (kg), comprimento total (cm), comprimento padrão (cm), comprimento da cabeça (cm), diâmetro ao final da cabeça (cm), diâmetro mediano (cm), diâmetro anterior nadadeira anal (cm), altura (cm), largura (cm) e glicose sanguínea (dm/L). Foi observada correlação positiva entre todas as variáveis. A mais alta correlação foi obtida ao relacionar o peso e o comprimento total, no entanto, dentre as correlações mais fortes, foram selecionadas o peso x diâmetro médio (r = 0,9669, p< 0,01) e peso x diâmetro anterior a nadadeira anal (r = 0,9671, p< 0,01) para ser submetidas à análise de regressão polinomial devido a maior facilidade de mensuração durante a contenção do animal, levando em consideração o seu porte elevado. Deste modo, conclui-se que foi possível estimar o peso por meio de equações de regressão utilizando o diâmetro mediano (y=0,577x + 57,669, r2 = 0,93) e diâmetro anterior à nadadeira anal (y=0,7253x + 42,518, r2 = 0,93). A glicose sanguínea diminuiu com o aumento do peso dos pirarucus.(AU)

Morphometric studies are widely used in large terrestrial species. Pirarucu is a fast-growing carnivorous fish species reaching 10 kg during its first year of life in a farming environment. The purpose of this study was to evaluate correlations between weight and body measures of pirarucu to develop equations to estimate their weight through the collection of morphometric measures, as well as comparing blood glucose concentration according to weight. A total of 16 specimens with average weights ranging from 23.58 to 52.87 kg were evaluated. Weight (kg), total length (cm), standard length (cm), head length (cm), diameter at the end of the head (cm), median diameter (cm), diameter before anal fin (cm), height (cm), width (cm), and blood glucose (dm/L) were measured from each specimen. A positive correlation was observed among all variables. The highest correlation was obtained by relating weight and total length; however, among the strongest correlations, weight x average diameter (r = 0.9669, p <0.01), and weight x diameter before anal fin (r = 0.9671, p <0.01) were subjected to polynomial regression analysis due to being of easier measurement during animal containment, taking into account its size. Thus, it can be conclude that it is possible to estimate weight using regression equations using the median diameter (y = 0.577x + 57.669, r2 = 0.93) and diameter before the anal fin (y = 0.7253x + 42.518, r2 = 0.93). It could also be noted that blood glucose decreased with increasing weight of pirarucu.(AU)

Estudios morfométricos son ampliamente utilizados en especies terrestres de gran porte. El arapaima es una especie de pez carnívoro de rápido crecimiento que alcanza los 10 kg durante su primer año de vida en un ambiente de cultivo. El objetivo fue evaluar correlaciones entre el peso y las medidas corporales de arapaimas buscando elaborar ecuaciones para estimar su peso, mediante la recolección de medidas morfométricas. Además de comparar la concentración de glucosa sanguínea según el peso. Se evaluaron 16 ejemplares con pesos promedio que oscilaron entre 23,58 y 52,87 kg. De cada animal se obtuvo el peso (kg), longitud total (cm), longitud estándar (cm), longitud de la cabeza (cm), diámetro al final de la cabeza (cm), diámetro mediano (cm), diámetro de la aleta anal anterior (cm), altura (cm), ancho (cm) y glucosa sanguínea (dm/L). Se observó una correlación positiva entre todas las variables. La correlación más alta se obtuvo al relacionar el peso y la longitud total, sin embargo, entre las correlaciones más fuertes, se seleccionó el peso x diámetro promedio (r = 0.9669, p<0.01) y peso x diámetro antes de la aleta anal (r = 0.9671, p<0.01) para ser sometido a análisis de regresión polinomial debido a la facilidad de medición durante la contención del animal, teniendo en cuenta su gran tamaño. Así, se concluye que fue posible estimar el peso por medio de ecuaciones de regresión utilizando el diámetro mediano (y = 0.577x + 57.669, r2 = 0.93) y el diámetro antes de la aleta anal (y = 0.7253x + 42.518, r2 = 93). La glucosa sanguínea redujo con el aumento de peso de los arapaimas.(AU)
Descritores: Peso Corporal
Pesos e Medidas Corporais
Peixes/anatomia & histologia
Glucose
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-441188
Autor: Brandão, Franmir Rodrigues; Gomes, Levy de Carvalho; Chagas, Edsandra Campos.
Título: Respostas de estresse em pirarucu (Arapaima gigas) durante práticas de rotina em piscicultura / Stress responses of pirarucu (Arapaima gigas) during routine aquaculture practices
Fonte: Acta amaz;36(3):349-356, jul.-set. 2006. graf.
Idioma: pt.
Projeto: Embrapa; . CNPq.
Resumo: O pirarucu é um peixe nativo da bacia Amazônica com respiração aérea obrigatória. Em condições de criação, atinge até 10 kg em um ano, sendo um dos peixes com maior potencial para criação na Amazônia. O objetivo deste estudo foi avaliar as respostas de estresse em pirarucu quando submetido a práticas comuns em sistema de criação. Para isso, foram realizados três diferentes experimentos: 1) transporte; 2) adensamento; e 3) exposição à amônia. Foram analisados parâmetros do metabolismo energético (glicose e lactato), hormonal (cortisol), e de hematologia (hematócrito). Em todos os protocolos testados foram observadas alterações nos parâmetros fisiológicos do pirarucu. As respostas de estresse durante o transporte foram similares às do adensamento, porém, a magnitude das repostas ao adensamento foi maior. A exposição à amônia não causou alteração imediata nos parâmetros fisiológicos, havendo latência nas respostas de estresse. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que as alterações nos parâmetros metabólicos ocorrem no momento de maior intensidade de manejo, e provavelmente podem ser reduzidas com adoção de boas práticas na criação.

Pirarucu is an obligatory air breathing fish native to the Amazon basin. In rearing conditions it reaches up to 10 kg in one year, being one of the fish with the greatest potential for farming in the Amazon. The aim of this study was to verify stress responses in pirarucu during routine aquaculture practices. Three experiments were carried out: 1) transport; 2) crowding; and 3) exposure to ammonia. Parameters of the energy metabolism (glucose and lactate), hormonal (cortisol), and hematological (hematocrit) were analyzed. All experiments caused alterations in the physiological parameters of pirarucu. The stress responses during transport are similar to crowding. However, the magnitude of the responses to crowding was higher. Ammonia exposure does not cause an immediate alteration in the physiological parameters, with a latency period in the stress responses. From the observed results it is possible to conclude that alterations in the metabolic parameters occur during the more intense management periods and probably can be prevented adopting best management practices.
Descritores: Estresse Fisiológico
Hidrocortisona
Ácido Láctico
Glucose
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde


  9 / 857 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1141546
Autor: Terrasa, Sergio Adrián.
Título: Las inyecciones intra-articulares con dextrosa fueron efectivas para aliviar el dolor y mejorar la funcionalidad de pacientes con disfunción témporo-mandibular / Intra-articular injections with dextrose were effective in relieving pain and improving functionality in patients with temporomandibular dysfunction
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;23(4):002099, 2020. tab.
Idioma: es.
Descritores: Dor Facial/tratamento farmacológico
Transtornos da Articulação Temporomandibular/tratamento farmacológico
Glucose/uso terapêutico
-Argentina
Dor Facial/classificação
Transtornos da Articulação Temporomandibular/fisiopatologia
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Manejo da Dor/métodos
Proloterapia
Glucose/administração & dosagem
Injeções Intra-Articulares
Lidocaína/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  10 / 857 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-476616
Autor: Gomes, Levy de Carvalho.
Título: Physiological responses of pirarucu (Arapaima gigas) to acute handling stress
Fonte: Acta amaz;37(4):629-633, 2007. graf.
Idioma: en.
Projeto: Embrapa MP2; . CNPq.
Resumo: Pirarucu (Arapaima gigas) is an obligatory air-breathing fish from the Amazon basin. Previous study showed that pirarucu juveniles present a latency period in their response to moderate stress (transportation). Therefore the objective of this study was to verify the effects of a prolonged air exposure stress in lactate, glucose, cortisol, haematocrit, haemoglobin, and liver glycogen in pirarucu. Thirty-six fish were handled by netting and subjected to air exposure for 75-min. Six fish were sampled before handling and at 0, 6, 24, 48, and 96h after handling. Fish cortisol, lactate and haematocrit rose after handling, returning to previous unstressed values on the following sampling (6h after handling). Glucose increased significantly after handling and that was maintained for 24 h. There were no changes in haemoglobin and liver glycogen as a consequence of handling. The results demonstrate a quick response when exposed to an acute stressor and a fast recovery, suggesting that pirarucu does not use their glycogen reserves during an acute stress. The results suggest that pirarucu exhibit physiological stress responses to handling similar in magnitude to those previously documented for many teleostean fishes, including salmonids.

O pirarucu (Arapaima gigas) é um peixe de respiração aérea obrigatória da bacia Amazônica. Estudo prévio demonstrou que juvenis de pirarucu apresentam um período de latência em sua resposta de estresse a um estresse moderado (transporte). Desta forma, o objetivo deste estudo foi verificar os efeitos de uma exposição aérea prolongada no lactato, glicose, cortisol, hematócrito, hemoglobina e glicogênio do fígado em pirarucu. Trinta e seis peixes foram manuseados com um puçá e expostos ao ar por 75-min. Seis peixes foram amostrados antes do manuseio e 0, 6, 24, 48, e 96h após o manuseio. O cortisol, lactato e hematócrito aumentaram após o manuseio, retornando para valores semelhantes ao de antes do manuseio na amostragem seguinte (6 h após o manuseio). A glicose aumentou significativamente após o manuseio e o aumento se manteve até a amostragem de 24h. Não houve mudança significativa na hemoglobina e no glicogênio como conseqüência do manuseio. Os resultados demonstram que o pirarucu apresenta uma rápida resposta e uma rápida recuperação quando exposto a um estressor agudo e sugerem que o pirarucu não usa suas reservas de glicogênio nesta situação. Os resultados indicam que o pirarucu apresenta uma resposta fisiológica de estresse similar em magnitude com muitos outros teleósteos, incluindo os salmonídeos.
Descritores: Estresse Fisiológico
Hidrocortisona
Ecossistema Amazônico
Ácido Láctico
Biologia de Ecossistemas de Água Doce
Peixes
Glucose
Glicogênio
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde



página 1 de 86 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde