Base de dados : LILACS
Pesquisa : D10.212.302.199 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 34 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 34 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Carvalho, Antônio Fernandes de
Texto completo
Id: lil-644382
Autor: Silva, Cláudia Aparecida de Oliveira e; Brandão, Sebastião Cesar Cardoso; Carvalho, Antônio Fernandes de; Oliveira, Juraci Alves de.
Título: Avaliação da sensibilidade do método rápido de Scharer, visual e espectrofotométrico para determinação da atividade da fosfatase alcalina residual em manteiga / Evaluation of the sensitivity of visual and spectrophotometric Scharer rapid test for determining residual alkaline phosphatase activity in butter
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;70(3):341-348, set. 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A determinação da fosfatase alcalina (ALP) residual é usada na indústria de laticínios há mais de 60 anos para verificar a eficiência da pasteurização. Estudos sobre a atividade dessa enzima em manteiga são escassos no Brasil, cuja avaliação é obrigatória somente para leite pasteurizado. Avaliou-se a sensibilidade do teste rápido de Scharer, modalidades visual e espectrofotométrica, para efetuar a análise da atividade da ALP em manteiga em comparação com a técnica fluorimétrica, cujo limite estabelecido pela Food and Drugs Administration (FDA) é de 350,0 mU/kg de produto. As amostras de manteigas foram preparadas com creme pasteurizado e adicionando-se quantidades de 0,000%; 0,010%; 0,015%; 0,025%; 0,050% e 0,100% (v/v) de creme cru. Pelo teste rápido de Scharer visual foi possível detectar a atividade residual da enzima a partir de concentrações de 0,050% de creme cru. Sua sensibilidade não foi condizente com a do método fluorimétrico, que detectou valores médios de 348,9 mU/kg no produto fabricado com 0,015% de creme cru. A técnica espectrofotométrica demonstrou maior sensibilidade, com detecção de creme cru na concentração de 0,015%, correspondente ao limite estabelecido pela FDA. Modificações técnicas no teste rápido de Scharer são necessárias para melhorar a sensibilidade analítica do ensaio.
Descritores: Fosfatase Alcalina
Manteiga
Pasteurização
Tratamento Térmico
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  2 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-544602
Autor: Machado, Bruna Aparecida Souza; Druzian, Janice Izabel.
Título: Análise da estabilidade e da composição em ácidos graxos em manteiga de garrafa produzida artesanalmente / Stability and fatty acids composition evaluation in bottled butter craftsmanly produced
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;68(2):201-208, maio-ago. 2009. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: A manteiga de garrafa é constituída de gordura anidra e, portanto, muito susceptível à oxidação lipídica, cujo processo de fabricação é artesanal e sem adequado controle das etapas de processamento. O objetivo desse estudo foi de determinar a composição de ácidos graxos, principalmente quanto às gorduras saturadas e dos isômeros trans, em amostras de manteiga de garrafa de produção artesanal e comercializadas em diferentes regiões da Bahia, Brasil. Foi também avaliada a estabilidade dessas amostras no período de sete meses, estocadas em geladeira a 5ºC, determinando-se o índice de peróxido e acidez. Os teores de saturados nas amostras analisadas variaram de 67,13 a 69,22% e os de insaturados de 23,73 a 24,28%. Os teores de ácidos graxos 18:1 trans variaram de 3,69 a 3,94%. Todas as amostras de manteiga avaliadas apresentaram elevados índices de peróxido no tempo inicial (2,01-2,31mEq/Kg) com pouca alteração após sete meses de estocagem (2,10-2,42 mEq/Kg). O mesmo comportamento foi observado para os teores de acidez, passando de 0,53-0,62% de ácido oléico para 0,54-0,61% após sete meses de estocagem. Apesar de a produção ser artesanal, os resultados demonstram estreita similaridade quanto às características de identidade entre as manteigas de garrafa comercializadas em diferentes microrregiões da Bahia.
Descritores: Análise de Alimentos
Lipídeos
Manteiga
Ácidos Graxos
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  3 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-886199
Autor: Angelis-Pereira, Michel Cardoso de; Barcelos, Maria de Fátima Píccolo; Pereira, Juciane de Abreu Ribeiro; Pereira, Rafaela Corrêa; Souza, Raimundo Vicente de.
Título: Effect of different commercial fat sources on brain, liver and blood lipid profiles of rats in growth phase
Fonte: Acta cir. bras;32(12):1013-1025, Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Purpose: To investigate the fatty acid content of different fat sources and evaluate the effect of them on plasma and hepatic lipids and on the fatty acid profile of the brain tissue of Wistar rats. Methods: Thirty male albino Wistar rats received for 59 days, the following diets: diet added of margarine with low content of polyunsaturated fatty acids (PUFA); diet added of margarine with high content of PUFA; diet added of butter; diet added of hydrogenated vegetable fat; diet added of soybean oil. Fatty acid profile of the lipid sources, blood and hepatic lipids fractions and fatty acid profile of the brain tissue were determined. Results: Margarine consumption of provided different responses as to concentrations of blood and hepatic lipid fractions. Intake of butter and hydrogenated increased LDL-c/HDL-c ratio, being the steepest increase promoted by hydrogenated vegetable fat, which also raised LDL-c levels expressively. All fats used in the treatments reduced the cerebral concentration of docosahexaenoic acid when compared to soybean oil (control). Conclusion: The different fat sources commonly consumed by population provided different responses in vivo. This is particularly relevant considering the role of these lipids in the incidence and prevention of cardiovascular diseases.
Descritores: Encéfalo/metabolismo
Manteiga/análise
Ácidos Graxos Insaturados/metabolismo
Lipídeos/sangue
Fígado/metabolismo
Margarina/análise
-Triglicerídeos/sangue
Colesterol/sangue
Ratos Wistar
Dieta
Metabolismo dos Lipídeos
Ácidos Graxos Insaturados/química
Crescimento
Hidrogenação
Fígado/química
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-964175
Autor: Novack, Mariana Moura Ercolani; Fuke, Gitane; Nörnberg, José Laerte.
Título: Ácido linoléico conjugado (cla) presente nos produtos lácteos e sua relação com a saúde humana / Conjugated linoleic acid (cla) present in dairy products and its relationship to human health
Fonte: Hig. aliment;27(226/227):95-100, 30/12/2013. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O ácido linoléico conjugado (CLA) compreende um conjunto de isômeros posicionais e geométricos do ácido linoléico, formado no rúmen pela biohidrogenação incompleta de ácidos graxos poli-insaturados da dieta. Podemos encontrar o CLA em diversos alimentos, principalmente nos produtos lácteos e derivados como a manteiga, iogurte, queijo. Sendo que nos produtos lácteos, a soma de CLA presente varia de acordo com a raça, condições de alimentação e subsequente processo. O CLA vem sendo estudado de forma constante e exaustiva quanto às suas propriedades benéficas à saúde, entre esses benefícios destacam-se: anticarcinogênese, antiaterosclerose, inibição de radicais livres, alteração na composição e no metabolismo do tecido adiposo, imunomodulação, atividade antibacteriana, antidiabéticas, aumento da mineralização óssea, redução de lipídeos sanguíneos como colesterol total e triacilglicerol. A presente revisão abordou o ácido linoléico conjugado (CLA) presente nos produtos lácteos e sua relação com a saúde humana.

The conjugated linoléico acid (CLA) is a group of positional and geometric isomers of linoléico acid, formed in the rumen by incomplete biohydrogentaion of polyunsaturated fatty acids in the diet. We can find the CLA found in many foods, especially dairy products and derivatives such as butter, yogurt, cheese. Since dairy products, the amount of CLA present varies with the breed, feeding conditions and subsequent proceedings. The CLA has been studied consistently and thoroughly as to their beneficial health properties, among these benefits include: anticarcinogenesis, antiaterosclerose, inhibition of free radicals, changes in composition and adipose tissue metabolism, immunomodulation, antibacterial, antidiabetic, increased bone mineralization, lower blood lipids such as cholesterol and triacylglycerols. This review focuses on conjugated linoléico acid (CLA) present in dary products and its relationship to human health.
Descritores: Iogurte
Manteiga
Consumo de Alimentos
Queijo
Ácidos Linoleicos Conjugados
Leite
Boas Práticas de Fabricação
-Qualidade dos Alimentos
Alimentos Integrais
Laticínios
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  5 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-943140
Autor: OLIVEIRA, JOSÉ GERALDO DE.
Título: MANTEIGA LIGHT.
Fonte: BELO HORIZONTE; REDE MINAS; 2002. 1v p.
Idioma: pt.
Descritores: Manteiga
Alimentos Industrializados
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; Digital 998, DVD, 2002. 015119


  6 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-876113
Autor: Francelino, Patrícia Estolano; Rosa, Claudineli Cássia Bueno da; Wobeto, Carmen.
Título: Qualidade microbiológica de manteigas extra qualidade / Microbiological quality of extra quality butters
Fonte: Hig. aliment;31(272/273):68-71, 30/10/2017.
Idioma: pt.
Resumo: A manteiga é um produto lácteo fabricado a partir do creme de leite pasteurizado. É necessária uma série de condições e cuidados, desde a obtenção da matéria-prima até a sua comercialização, para evitar o comprometimento da sua qualidade e evitar danos à saúde do consumidor. Nessa perspectiva, este trabalho avaliou a qualidade microbiológica de diferentes marcas de manteiga extra qualidade comercializadas no norte do Mato Grosso. Foram determinados coliformes totais, termotolerantes e Escherichia coli, bolores e leveduras. Todas as marcas avaliadas apresentaram resultados negativos para coliformes. Os resultados da contagem de bolores e leveduras variaram de 1,0x102 a 8,37x104 UFC/g.(AU)
Descritores: Manteiga/microbiologia
Contaminação de Alimentos/análise
Microbiologia de Alimentos
-Escherichia coli/isolamento & purificação
Amostras de Alimentos
Fungos/isolamento & purificação
Método de Tubulação Múltiplo
Leveduras/isolamento & purificação
Limites: Humanos
Responsável: BR908


  7 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-772200
Autor: Reyes, Mónica; Lezama, Yurina; Alvarez, Yuriana; Scorza, Tosca; Martínez, Nina.
Título: Efectos de una dieta rica en mantequilla en la estructura/función plaquetaria y endotelio de corazón y páncreas / Effects of a diet rich in butter on the structure / function and platelet endothelial heart and pancreas
Fonte: Med. interna (Caracas);31(1):26-30, 2015. ilus, graf.
Idioma: es.
Descritores: Coração/efeitos da radiação
Dieta Hiperlipídica/efeitos adversos
Endotélio/efeitos da radiação
Manteiga/análise
Manteiga/efeitos adversos
Pâncreas/efeitos da radiação
Plaquetas/citologia
Testes de Função Plaquetária/métodos
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha


  8 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-661529
Autor: Silva, Luciana Jatobá e; Peixoto, Rodolfo de Moraes; Krewer, Cristina da Costa; Zocche, Fernando; Costa, Mateus Matiuzzi da.
Título: Qualidade microbiológica de manteiga de garrafa comercializada no município de Petrolina, PE / Microbiological quality of bottled butter commercialized in the city of Petrolina, PE
Fonte: Hig. aliment;26(206/207):145-148, mar.-abr. 2012. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A manteiga de garrafa é um alimento muito apreciado nos estados do Nordeste do Brasil, onde sua produção ocorre predominantemente de forma artesanal. Nesse trabalho, objetivou-se avaliar a qualidade microbiológica da manteiga de garrafa produzida e comercializada no município de Petrolina, PE.
Descritores: Contaminação de Alimentos
Manipulação de Alimentos
Microbiologia de Alimentos
Manteiga/microbiologia
Alimentos de Rua
-Brasil
Coliformes
Comércio
Klebsiella/isolamento & purificação
Salmonella/isolamento & purificação
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  9 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-640764
Autor: Cavalcanti, Zaida do Rego; Albuquerque Filho, Alfredo Pereira Leite de; Pereira, Carlos Alberto de Castro; Coletta, Ester Nei Aparecida Martins.
Título: Bronquiolite associada à exposição a aroma artificial de manteiga em trabalhadores de uma fábrica de biscoitos no Brasil / Bronchiolitis associated with exposure to artificial butter flavoring in workers at a cookie factory in Brazil
Fonte: J. bras. pneumol;38(3):395-399, maio-jun. 2012. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Relatar quatro casos de bronquiolite decorrente de exposição a aroma artificial de manteiga em uma fábrica de biscoitos no Brasil. MÉTODOS: Descrevemos os achados clínicos, espirométricos e tomográficos nos quatro pacientes, assim como achados de biópsia pulmonar em um dos pacientes. RESULTADOS: Os quatro pacientes eram homens jovens, não fumantes, e desenvolveram obstrução persistente ao fluxo aéreo (relação VEF1/CVF reduzida e VEF1 de 25-44% do previsto) após 1-3 anos de exposição a diacetil, sem a utilização de equipamentos de proteção individual, em uma fábrica de biscoitos. A TCAR mostrou achados indicativos de bronquiolite. Em um paciente, a biópsia pulmonar cirúrgica mostrou bronquiolite obliterante associada a células gigantes. CONCLUSÕES: A bronquiolite decorrente de exposição a flavorizantes artificiais deve ser considerada em trabalhadores com obstrução ao fluxo aéreo no Brasil.

OBJECTIVE: To report the cases of four patients with bronchiolitis caused by exposure to artificial butter flavoring at a cookie factory in Brazil. METHODS: We described the clinical, tomographic, and spirometric findings in the four patients, as well as the lung biopsy findings in one of the patients. RESULTS: All four patients were young male nonsmokers and developed persistent airflow obstruction (reduced FEV1/FVC ratio and FEV1 at 25-44% of predicted) after 1-3 years of exposure to diacetyl, without the use of personal protective equipment, at a cookie factory. The HRCT findings were indicative of bronchiolitis. In one patient, the surgical lung biopsy revealed bronchiolitis obliterans accompanied by giant cells. CONCLUSIONS: Bronchiolitis resulting from exposure to artificial flavoring agents should be included in the differential diagnosis of airflow obstruction in workers in Brazil.
Descritores: Manteiga
Bronquiolite/etiologia
Indústria Alimentícia
Aromatizantes/toxicidade
Exposição por Inalação/efeitos adversos
Doenças Profissionais/etiologia
Exposição Ocupacional/efeitos adversos
-Albuterol/toxicidade
Asma Ocupacional/diagnóstico
Brasil
Bronquiolite/diagnóstico
Diagnóstico Diferencial
Doenças Profissionais/diagnóstico
Limites: Adulto
Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 34 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-583004
Autor: Valenzuela B, Alfonso; Yáñez, Carmen Gloria; Golusda V, Constanza.
Título: ¿Mantequilla o margarina? diez años después / Butter or margarine? ten years after
Fonte: Rev. chil. nutr;37(4):505-513, dic. 2010. tab.
Idioma: es.
Resumo: Margarines are industrial products obtained mainly from the soft hydrogenation of vegetable and marine oils. Originally developed as substitutes of butter, margarines are presently highly demanded and consumed because today industrial procedures allow the manufacture of products, which resemble butter, being however, less expensive and more stable than milk fat. Ten years ago (1999) we analyzed the composition of the different spread margarines expended in Chile in relation to its fat origin and content, fatty acid composition, trans isomers, cholesterol and vitamin content. Ai this time four types of margarines were expended: manufactured from vegetable fat; from animal fat (hydrogenated fish oil); vegetable fat and VTF (virtually trans free); and vegetable fat dietetic and VTF. To day, the scenario is substantially different. Twenty-eight, different spread margarines are commercialized in Chile, corresponding to a wide variety of products having different amount and composition of fat and additives. Although the classification of each margarine is difficult due the variety of hem, we intended to separate the different products in five categories: "Traditional", those having 80 percent fat or less with no other additives different than those regulated; "Light": those products that contain less than 80 percent fat and added of additives different than those regulated; "With milk": added of skimmed milk; "With butter", and ; "With functionality": margarines added of omega-3 fatty acids, fiber, or phytosterols. Because the wide variety of margarine expended in Chile, it is difficult to decide which product may be better than butter. However, as a generally rule, those margarine manufactured exclusively from vegetable oils, containing no cholesterol and trans fatty acids, with a high content of omega-6 and omega-3 fatty acids, and eventually with less than 80 percent fat, may be considered a product nutritionally more recommendable than butter.

Las margarinas son productos industriales obtenidos a partir de la hidrogenación de aceites vegetales y marinos. Originalmente se desarrollaron como sustitutos de la mantequilla. Actualmente son productos de alta demanda y consumo debido a que los procedimientos industriales actuales permiten la obtención de productos muy similares a la mantequilla, de menor costo y más estables que la grasa láctea. Hace diez años atrás (1999) nuestro grupo realizó un análisis de la composición de ácidos grasos, de isómeros trans, de colesterol y del contenido de vitaminas de las diferentes margarinas de mesa en potes que se comercializaban en Chile. En aquella época solo había disponible cuatro tipos de margarinas: manufacturadas con grasa hidrogenada de origen vegetal; con grasa hidrogenada de origen animal (aceite de pescado hidrogenado), con grasa vegetal tipo VTF (virtually trans free), y con grasa vegetal VTF dietética. Actualmente, el escenario es sustancialmente diferente. En Chile se comercializan veintiocho tipos diferentes de margarinas de mesa en potes y que corresponden a una amplia variedad que incluye diferente composición de grasa y de aditivos. Aunque la clasificación es difícil debido a la gran variedad, hemos separado los diferentes productos en cinco categorías: "Tradicionales", aquellas margarinas con un 80 por ciento de grasa, o menos, pero que no son adicionadas de ningún aditivo salvo los regulados; "Light", aquellas que contienen menos de 80 por ciento de grasa, adicionadas de aditivos diferentes a los regulados; "Con leche", productos adicionados de leche descremada; "Con mantequilla", y; "Con funcionalidad", esto es margarinas adicionadas de ácidos grasos omega-3, fibra, o fitoesteroles. Debido a la gran variedad de margarinas que se comercializan en Chile, es difícil decidir qué producto es mejor que la mantequilla. Sin embargo, como regla general, aquellas margarinas manufacturadas exclusivamente con aceites vegetales, que no contienen colesterol...
Descritores: ACIDOS GRASOS OMEGA-ABATTOIRS
ACIDOS GRASOS OMEGA-ABDOMEN, ACUTE
Manteiga/análise
Margarina/análise
Avaliação Nutricional
Ácidos Graxos Trans
Responsável: CL334.1 - Biblioteca UBO



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde