Base de dados : LILACS
Pesquisa : D10.251.355.920 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 51 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 51 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1092117
Autor: Wendling, Aline Lage; Balbino, Karla Pereira; Ribeiro, Priscila Vaz de Melo; Epifânio, Andreza de Paula Santos; Marota, Luciane Domingos; Hermsdorff, Helen Hermana Miranda.
Título: Processed and ultra-processed food consumption are related to metabolic markers in hemodialysis subjects / Consumo de alimentos processados e ultraprocessados está relacionado a marcadores metabólicos em indivíduos em hemodiálise
Fonte: Rev. Nutr. (Online);33:e190138, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To investigate the consumption of processed and ultra-processed foods and evaluate its relationship with the nutritional and metabolic status of hemodialysis patients in a single center in Brazil. Methods This cross-sectional study enrolled 73 individuals in hemodialysis (50 men and 23 women, 21-87 years-old). Clinical and lifestyle variables were assessed by a semi-structured questionnaire and dietary data by food frequency questionnaire. Anthropometric and metabolic data are collected from medical records. Results Processed and ultra-processed foods represented 11.0% of daily caloric intake, 53.0% of trans fatty acid, and 12.5% of salt consumed in the study sample. Individuals who had high intake of this food group (≥128.4g/day, median intake) had higher serum phosphorus and pre-dialysis urea values (p=0.038; p=0.013, respectively). Also, individual with higher consumption of processed meat, sausages and ready prepared food had higher pre-dialysis serum urea (p=0.021), while serum potassium was higher among the subjects who consumed more sauces and salt-based seasonings (p=0.002). Conclusion Higher consumption of processed and ultra-processed foods was associated with important biomarkers of metabolic control for hemodialysis subjects, probably due to non-health dietary composition. Nutritional guidelines and intervention strategies must be promoted to reduce consumption of these food-group in thisspecific population.

RESUMO Objetivo Investigar o consumo de alimentos processados e ultraprocessados e avaliar sua relação com o estado nutricional e metabólico de pacientes em hemodiálise em um único centro brasileiro. Métodos Este é um estudo transversal com 73 indivíduos em hemodiálise (50 homens e 23 mulheres, 21-87 anos de idade). As variáveis clínicas e de estilo de vida foram avaliados por um questionário semi-estruturado, bem como dados dietéticos por questionário de frequência alimentar. Dados antropométricos e metabólicos foram coletados de registros médicos. Resultados Os alimentos processados e ultraprocessados representaram 11,0% das calorias diárias, 53,0% dos ácidos graxos trans e 12,5% de sódio consumido na amostra estudada. Os indivíduos que tiveram alta ingestão deste grupo alimentar (≥128,4 g/dia, ingestão mediana) apresentaram maiores valores de fósforo sérico e uréia pré-diálise (p=0,038; p=0,013, respectivamente). Também, indivíduos com maior consumo de carne processada, embutidos e refeições prontas apresentaram maior ureia sérica pré-diálise (p=0,021), enquanto o potássio sérico foi maior entre os indivíduos que consumiram mais molhos e temperos á base de sal (p=0,002). Conclusão O maior consumo de alimentos processados e ultraprocessados foi associado a importantes biomarcadores de controle metabólico para indivíduos em hemodiálise, provavelmente devido à composição dietética não saudável. Orientações nutricionais e estratégias de intervenção devem ser promovidas para reduzir o consumo desses alimentos nessa população específica.
Descritores: Falência Renal Crônica
-Nitrogênio da Ureia Sanguínea
Biomarcadores
Consumo de Alimentos
Estado Nutricional
Estudos Transversais
Diálise Renal
Ácidos Graxos Trans
Insuficiência Renal Crônica
Alimentos Industrializados
Estilo de Vida
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  2 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1057194
Autor: Wendling, Aline Lage; Balbino, Karla Pereira; Ribeiro, Priscila Vaz de Melo; Epifânio, Andreza de Paula Santos; Marota, Luciane Domingos; Hermsdorff, Helen Hermana Miranda.
Título: Processed and ultra-processed food consumption are related to metabolic markers in hemodialysis subjects / Consumo de alimentos processados e ultraprocessados está relacionado a marcadores metabólicos em indivíduos em hemodiálise
Fonte: Rev. Nutr. (Online);33:e190138, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective To investigate the consumption of processed and ultra-processed foods and evaluate its relationship with the nutritional and metabolic status of hemodialysis patients in a single center in Brazil. Methods This cross-sectional study enrolled 73 individuals in hemodialysis (50 men and 23 women, 21-87 years-old). Clinical and lifestyle variables were assessed by a semi-structured questionnaire and dietary data by food frequency questionnaire. Anthropometric and metabolic data are collected from medical records. Results Processed and ultra-processed foods represented 11.0% of daily caloric intake, 53.0% of trans fatty acid, and 12.5% of salt consumed in the study sample. Individuals who had high intake of this food group (≥128.4g/day, median intake) had higher serum phosphorus and pre-dialysis urea values (p=0.038; p=0.013, respectively). Also, individual with higher consumption of processed meat, sausages and ready prepared food had higher pre-dialysis serum urea (p=0.021), while serum potassium was higher among the subjects who consumed more sauces and salt-based seasonings (p=0.002). Conclusion Higher consumption of processed and ultra-processed foods was associated with important biomarkers of metabolic control for hemodialysis subjects, probably due to non-health dietary composition. Nutritional guidelines and intervention strategies must be promoted to reduce consumption of these food-group in thisspecific population.

RESUMO Objetivo Investigar o consumo de alimentos processados e ultraprocessados e avaliar sua relação com o estado nutricional e metabólico de pacientes em hemodiálise em um único centro brasileiro. Métodos Este é um estudo transversal com 73 indivíduos em hemodiálise (50 homens e 23 mulheres, 21-87 anos de idade). As variáveis clínicas e de estilo de vida foram avaliados por um questionário semi-estruturado, bem como dados dietéticos por questionário de frequência alimentar. Dados antropométricos e metabólicos foram coletados de registros médicos. Resultados Os alimentos processados e ultraprocessados representaram 11,0% das calorias diárias, 53,0% dos ácidos graxos trans e 12,5% de sódio consumido na amostra estudada. Os indivíduos que tiveram alta ingestão deste grupo alimentar (≥128,4 g/dia, ingestão mediana) apresentaram maiores valores de fósforo sérico e uréia pré-diálise (p=0,038; p=0,013, respectivamente). Também, indivíduos com maior consumo de carne processada, embutidos e refeições prontas apresentaram maior ureia sérica pré-diálise (p=0,021), enquanto o potássio sérico foi maior entre os indivíduos que consumiram mais molhos e temperos á base de sal (p=0,002). Conclusão O maior consumo de alimentos processados e ultraprocessados foi associado a importantes biomarcadores de controle metabólico para indivíduos em hemodiálise, provavelmente devido à composição dietética não saudável. Orientações nutricionais e estratégias de intervenção devem ser promovidas para reduzir o consumo desses alimentos nessa população específica.
Descritores: Insuficiência Renal Crônica
-Nitrogênio da Ureia Sanguínea
Consumo de Alimentos
Estado Nutricional
Estudos Transversais
Diálise Renal
Ácidos Graxos Trans
Alimentos Industrializados
Falência Renal Crônica
Estilo de Vida
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Ensaio Clínico
Responsável: BR13.3 - Biblioteca das Faculdades de Odontologia e Nutrição


  3 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Aued-Pimentel, Sabria
Id: lil-488422
Autor: Aued-Pimentel, Sabria.
Título: Avaliação de procedimentos analíticos para a determinação de lipídios e ácidos graxos em produtos alimentícios / Lipids and fatty acids in foodstuffs: comparison of analytical procedures.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 230 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo (Estado). Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Tendo em vista a informação nutricional no rótulo dos alimentos, diferentes procedimentos para a determinação de lipídios ou gordura total (GT), ácidos graxos saturados (AGS), polinsaturados (AGP) e trans (AGT) foram avaliados. Diferentes amostras de referência foram analisadas, sendo: óleo vegetal fornecido pelo Conselho Oleícola Internacional, Espanha; gordura vegetal parcialmente hidrogenada (GVPH), obtida do “Central Science Laboratory” do Reino Unido (FAPAS 27/04); ovo, leite, queijo, fórmula infantil e pudim de baunilha adquiridos da American Oil Chemist' Society, Estados Unidos, além de uma amostra comercial de biscoito de chocolate. Os métodos gravimétricos de extração de gordura empregados foram: hidrólise ácida (HA) e Bligh e Dyer ou Folch, Lees e Stanley (todas as amostras), hidrólise básica (HB) (Roese Gottlieb) (leite em pó e fórmula infantil), hidrólise mista (HM) (queijo em pó) e Soxhlet (ovo em pó e biscoito de chocolate), conforme Normas Analíticas do Instituto Adolfo Lutz e métodos da Association of Official Analytical Chemistry (AOAC). O teor de GT dos alimentos foi também determinado a partir da composição de ácidos graxos obtida por cromatografia gasosa com detector de ionização de chama (CG/DIC) conforme método AOAC 996.06 (ou 996.01), com modificações. Foram otimizadas as condições da análise por CG/DIC e comparados os procedimentos de determinação de GT, preparação de ésteres metílicos (IUPAC 2.301 e Hartman e Lago, modificados) e de cálculo para expressar a concentração dos ácidos graxos em g/100g do alimento. A precisão dos métodos foi avaliada pelos coeficientes de variação e a exatidão por comparações dos valores de referência com os obtidos experimentalmente utilizando o índice z, considerando os intervalos de variação aceitáveis dos estudos interlaboratoriais, e de 20% previsto no regulamento técnico brasileiro sobre informação nutricional. Foi aplicado ANOVA, teste de Tukey e teste-t (5% de significância). Os métodos de metilação apres...
Descritores: Cromatografia Gasosa
Determinação
Lipídeos
Ácidos Graxos
Ácidos Graxos Trans
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, A917a, 2007


  4 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Aued-Pimentel, Sabria
Texto completo
Id: biblio-933224
Autor: Aued-Pimentel, Sabria.
Título: Avaliação de procedimentos analíticos para a determinação de lipídios e ácidos graxos em produtos alimentícios.
Fonte: São Paulo; s.n; 2007. 230 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Tendo em vista a informação nutricional no rótulo dos alimentos, diferentes procedimentos para a determinação de lipídios ou gordura total (GT), ácidos graxos saturados (AGS), polinsaturados (AGP) e trans (AGT) foram avaliados. Diferentes amostras de referência foram analisadas, sendo: óleo vegetal fornecido pelo Conselho Oleícola Internacional, Espanha; gordura vegetal parcialmente hidrogenada (GVPH), obtida do “Central Science Laboratory” do Reino Unido (FAPAS 27/04); ovo, leite, queijo, fórmula infantil e pudim de baunilha adquiridos da American Oil Chemist' Society, Estados Unidos, além de uma amostra comercial de biscoito de chocolate. Os métodos gravimétricos de extração de gordura empregados foram: hidrólise ácida (HA) e Bligh e Dyer ou Folch, Lees e Stanley (todas as amostras), hidrólise básica (HB) (Roese Gottlieb) (leite em pó e fórmula infantil), hidrólise mista (HM) (queijo em pó) e Soxhlet (ovo em pó e biscoito de chocolate), conforme Normas Analíticas do Instituto Adolfo Lutz e métodos da Association of Official Analytical Chemistry (AOAC). O teor de GT dos alimentos foi também ...
Descritores: Cromatografia Gasosa
Determinação
Ácidos Graxos
Lipídeos
Ácidos Graxos Trans
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação
BR91.2; W4, A917a, 2007


  5 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-907838
Autor: Mereles, Laura; Michajluk, Javier; Wiszovaty, Lourdes; Piris, Patricia; Caballero, Silvia.
Título: Alimentos procesados como fuente de ácidos grasos trans totales en zonas urbanas de Paraguay / Processed foods as source of total trans fatty acids in urban areas of Paraguay
Fonte: Mem. Inst. Invest. Cienc. Salud (Impr.);15(3):19-26, Dic. 2017. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: Los lípidos de los alimentos cumplen un papel fundamental en nutrición humana. Con base en los potenciales efectos perjudiciales para la salud de las dietas altas en ácidos grasos trans (AGT) y la necesidad de contar con información sobre los niveles en alimentos de consumo local, se han investigado el contenido de AGT por espectrometría infrarroja, grasas totales y el porcentaje de AGT con respecto a lípidos totales en algunos alimentos procesados y materia prima grasa comercializados en cuatro ciudades de zonas urbanas del Paraguay. De los 28 tipos de alimentos analizados, el 84,7% contenía ≥0,2 gAGT/porción. Alrededor del 79% superó 5% de AGT totales en el contenido lipídico del alimento, nivel superior al recomendado actualmente por la OMS. En las muestras de materia prima grasa, se encontraron niveles excepcionalmente altos de AGT totales (77,6%) en comparación con los niveles recomendados (5%). Este trabajo presenta los primeros datos sobre el contenido de AGT en alimentos tradicionales de consumo en Paraguay como la chipa1, y destaca la importancia del control de la composición de los alimentos de venta local y sin etiquetado, así como la necesidad de apuntar a la reformulación de estos alimentos, con menores niveles de AGT con base en las recomendaciones nutricionales actuales a nivel mundial para la prevención de enfermedades cardiovasculares.

The food fats play a fundamental role in human nutrition. Based on the known adverse health effects of diets high in trans fatty acids (TFA) and the need for information on levels in food for local consumption, in this work we investigated the content of total lipids and total TFA in some processed foods and fat raw material commercialized in four cities in urban areas of Paraguay. Of the 28 types of foods analyzed, 84.7% contained ≥0.2 g TFA/serving. Approximately 79% exceeded 5% of total TFA in food fat, which is higher than those levelscurrently recommended by the WHO. In raw material fat samples, exceptionally high levels of total TFA were found (77.6%) compared to the recommended level (5%). This paper presents the first data on the content of TFA in traditional foods of consumption in Paraguay, as “chipa”, and highlights the importance of the control of the composition of the foods of local sale and without labeling, as well as the need to point to the reformulation of these foods, with lower levels of trans fatty acids based on the current nutritional recommendations worldwide for the prevention of cardiovascular diseases.
Descritores: Manipulação de Alimentos
Lipídeos
Ácidos Graxos Trans
-Espectroscopia de Luz Próxima ao Infravermelho
Responsável: PY3.1 - Biblioteca


  6 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1049722
Autor: Sansón, Marsia Dolores Serrano.
Título: Desenvolvimento de oleogéis à base de óleo de girassol alto oleico estruturados por monoestearato de sorbitana e cera de candelilla / Development of high oleic sunflower oil oleogel structured with candelilla wax and sorbitan monostearate.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 80 p. tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: As gorduras ricas em ácidos graxos saturados e/ou trans são ingredientes que brindam propriedades nos alimentos como textura, fusão e estabilidade. Porém, a relação entre seu consumo e enfermidades cardiovasculares, força a busca de novas alternativas. Uma alternativa potencial são os oleogéis, pois são um material plástico e com melhor balanço lipídico, do ponto de vista nutricional. Os oleogéis são sistemas coloidais onde uma fase orgânica líquida, representada por um óleo, é imobilizada por uma rede sólida tridimensional formada por agentes estruturantes. Atualmente, tem sido estudados oleogéis conformados com variados agentes estruturantes, com o intuito de encontrar a melhor opção. Além disso, alguns estudos indicam que o uso combinado de dois ou mais agentes estruturantes pode resultar no aumento de seu potencial de estruturação de óleos ou na possibilidade de customizar as propriedades adequadas para produção alimentar. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar a interação entre os componentes de oleogéis preparados com óleo de girassol alto oleico (HOSO), como base lipídica, e combinações de cera de candelilla (CW) e monoestearato de sorbitana (SMS), como agentes estruturantes. A avaliação dos oleogéis por meio dos diagramas de fases e a consistência, mostrou que há uma sinergia entre os componentes, na concentração de 8 e 4% de agentes estruturantes e 79-89% de cera de candelilla. Estes oleogéis mistos tiveram uma faixa de fusão maior do que os oleogéis não mistos. Sugerindo a construição de cristais mais estáveis, que demoraram mais tempo em fundir. A capacidade de retenção de óleo se mostrou adequada (99%) nas amostras contendo mais de 1% de agentes estruturantes e com mais de 40% de Cera de Candelilla. Nas imagens obtidas por PLM, foi observada uma variedade de tamanho de cristais, sugerindo que cada componente do oleogel formou um tipo de cristal. Com a elaboração de bigéis, foi notado que, para obter um produto satisfatoriamente espalhável ou para observar o aumento de sua consistência em comparação com o oleogel isoladamente, é necessária uma concentração maior do que 4% de agentes estruturantes no oleogel e/ou a adição de menos de 20% de água na formulação total. A estabilidade dos bigéis foi beneficiada pela goma xantana e pela mistura de 2:1 de goma xantana e goma guar na concentração de 0,3%. Dessa forma, o desenvolvimento de alimentos com teores reduzidos de gorduras saturadas e ao mesmo tempo livres de gorduras trans se faz possível com a formulação de oleogéis, o que poderá contribuir para melhorar a qualidade nutricional dos alimentos industrializados oferecidos à população

Fats rich in saturated and / or trans fatty acids provide properties in food such as texture, fusion and stability. But, since those fats increase cardiovascular disease risk, alternatives have been searched. A potential alternative is oleogels, as they are a plastic material with better lipid balance from a nutritional point of view. Oleogels are colloidal systems where a liquid organic phase, represented by an oil, is immobilized by a three-dimensional solid network formed by structuring agents. Currently, oleogels conformed with various structuring agents have been studied in order to find the best option. In addition, some studies indicate that the combined use of two or more structuring agents may result in increased oil structuring potential or the possibility of customizing the properties suitable for food production. Thus, the aim of this study is to evaluate the interaction between the components of oleogels prepared with high oleic sunflower oil (HOSO) as a lipid base and combinations of candelilla wax (CW) and sorbitan monostearate (SMS) as structuring agents. The evaluation of oleogels by phase diagrams and consistency (Yield value) showed that there is a synergy between the components, in the concentration of 8 and 4% of structuring agents and 79-89% of candelilla wax. These mixed oleogels had a higher melting range than unmixed oleogels. Suggesting the construction of more stable crystals, which took longer to fuse. Oil binding capacity was adequate (99%) in samples containing more than 1% of structuring agents and over 40% of candelilla wax. In the PLM images, a variety of crystal sizes were observed, suggesting that each oleogel component formed a crystal type. With the elaboration of bigels, it was noted that in order to obtain a satisfactorily spreadable product or to observe the increase of its consistency compared to the oleogel alone, a concentration greater than 4% of structuring agents in the oleogel and / or the addition of less than 20% water in the total formulation. The stability of the bigels was benefited by xanthan gum and the 2: 1 mixture of xanthan gum and guar gum at a concentration of 0.3%.Thus, the development of foods with reduced levels of saturated fat and at the same time free of trans fats is possible with the formulation of oleogels, which may contribute to improve the nutritional quality of processed foods offered to the population
Descritores: Óleos Vegetais/análise
Óleo de Girassol/farmacologia
-Ceras
Rhizophoraceae/classificação
Ácidos Graxos Trans
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T664.3, S229d. 30100022665-F


  7 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Cesar, Chester Luiz Galväo
Texto completo
Id: lil-535295
Autor: Castro, Michelle Alessandra de; Barros, Rodrigo Ribeiro; Bueno, Milena Baptista; César, Chester Luiz Galvão; Fisberg, Regina Mara.
Título: Trans fatty acid intake among the population of the city of São Paulo, Brazil / Consumo de ácidos graxos trans na população da cidade de São Paulo, Brasil / Consumo de ácidos grasos trans en la población de la ciudad de Sao Paulo, Sureste de Brasil
Fonte: Rev. saúde pública = J. public health;43(6):991-997, dez. 2009. tab.
Idioma: en.
Projeto: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; . CNPq.
Resumo: OBJECTIVE: To analyze the monounsaturated and polyunsaturated trans fatty acid intake among the general population. METHODS: A cross-sectional study was conducted in São Paulo, Southeastern Brazil, in 2003, on a representative sample of 2,298 male and female subjects, including 803 adolescents (12 to 19 years), 713 adults (20 to 59 years) and 782 elderly people (60 years or over). Food intake was measured using 24-hour recall. Mean trans fatty acid intake was described according to gender and age group. RESULTS: The mean trans fatty acid intake was 5.0 g/day (SE = 0.1), accounting for 2.4 percent (SE = 0.1) of total energy and 6.8 percent (SE = 0.1) of total lipids. The adolescents had the highest mean intake levels (7.4 g/day; 2.9 percent of energy) while the adults and the elderly had similar intake (2.2 percent of energy for both; 6.4 percent of lipids and 6.5 percent of lipids, respectively). The mean trans fatty acid intake among adult and elderly women (approximately 2.5 percent of energy and 7.0 percent of lipids) was higher than among men in the same age group. The food item with the highest contribution towards trans fatty acids was margarine, accounting for more than 30 percent of total intake, followed by filled cookies among adolescents and meat among adults and the elderly. CONCLUSIONS: The trans fatty acid intake is above the level recommended by the World Health Organization. Replacement of the trans fatty acids in manufactured food items may be an effective measure for reducing trans fatty acid intake in Brazil.

OBJETIVO: Analisar o consumo de ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados de configuração trans na população geral. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em São Paulo, SP, 2003, com amostra representativa de 2.298 indivíduos, sendo 803 adolescentes (12 a 19 anos), 713 adultos (20 a 59 anos) e 782 idosos (60 anos ou mais), de ambos os sexos. O consumo alimentar foi medido por meio do recordatório alimentar de 24 horas. Os valores médios de ingestão de ácidos graxos trans foram descritos segundo sexo e faixa etária. RESULTADOS: O consumo médio de ácidos graxos trans foi de 5,0g/dia (EP=0,1), correspondendo a 2,4 por cento (EP=0,1) do total calórico e 6,8 por cento (EP=0,1) do total de lipídios. Os adolescentes apresentaram as maiores médias de ingestão (7,4g/dia e 2,9 por cento energia), enquanto os adultos e idosos registraram ingestão semelhante (2,2 por cento energia; 6,4 por cento lipídios e 6,5 por cento lipídios, respectivamente). As médias de consumo de ácidos graxos trans entre mulheres adultas e idosas (aproximadamente 2,5 por cento energia e 7,0 por cento lipídios) foram maiores que as médias dos homens de mesma faixa etária. O alimento de maior contribuição para o consumo de ácidos graxos trans foi a margarina, representando mais de 30 por cento do total ingerido, seguido do biscoito recheado para os adolescentes e da carne bovina para os adultos e idosos. CONCLUSÕES: O consumo de ácidos graxos trans encontra-se acima do preconizado pela Organização Mundial da Saúde. A substituição dos ácidos graxos trans dos alimentos industrializados pode ser uma medida eficaz para a redução do consumo desse tipo de gordura no Brasil.

OBJETIVO: Analizar el consumo de ácidos grasos moninsaturados y polinsaturados de configuración trans en la población general. MÉTODOS: Estudio transversal realizado en Sao Paulo, Sureste de Brasil, 2003, con muestra representativa de 2.298 individuos, siendo 803 adolescentes (12 a 19 años), 713 adultos (20 a 59 años) y 782 ancianos (60 años o más), de ambos sexos. El consumo alimentario fue medido por medio del recordatorio alimentario de 24 horas. Los valores promedios de ingestión de ácidos grasos trans fueron descrito según sexo y grupo etario. RESULTADOS: El consumo promedio de ácidos grasos trans fue de 5,0 g/día (EP=0,1), correspondiendo a 2,4 por ciento (EP=0,1) del total calórico y 6,8 por ciento (EP=0,1) del total de lípidos. Los adolescentes presentaron los mayores promedios de ingestión (7,4g/día y 2,9 por ciento energía), mientras que los adultos y ancianos registraron ingestión semejante (2,2 por ciento energía; 6,4 por ciento lípidos y 6,5 por ciento lípidos, respectivamente). Los promedios de consumo de ácidos grasos trans entre mujeres adultas y ancianas (aproximadamente 2,5 por ciento energía y 7,0 por ciento lípidos) fueron mayores que los promedios de los hombres del mismo grupo etario. El alimento de mayor contribución para el consumo de ácidos grasos trans fue la margarina, representando más de 30 por ciento del total ingerido, seguido de la galleta rellena para los adolescentes y de la carne bovina para los adultos y ancianos. CONCLUSIONES: El consumo de ácidos grasos trans se encuentra por encima del preestablecido por la Organización Mundial de la Salud. La sustitución de los ácidos grasos trans de los alimentos industrializados puede ser una medida eficaz para la reducción del consumo de este tipo de grasa en Brasil.
Descritores: Ingestão de Energia/fisiologia
Ácidos Graxos Trans/administração & dosagem
-Distribuição por Idade
Brasil
Métodos Epidemiológicos
Margarina
Distribuição por Sexo
Adulto Jovem
Limites: Adolescente
Adulto
Criança
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Texto completo
Texto completo
Id: lil-705417
Autor: Salinas, Nancy; Romero, Leonor.
Título: Perfil de los ácidos grasos presentes en galletas y mezclas para tortas en venezuela / The fatty acid profile in cookies and cake mixes of venezuela
Fonte: An. venez. nutr;24(2):78-85, dic. 2011. tab.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo de esta investigación fue estudiar la composición de los ácidos grasos y posible presencia de trans (AGT) en galletas y mezclas para tortas de diferentes clasificaciones de mayor consumo en Venezuela. Se realizó el análisis proximal de cada producto alimenticio cumpliendo estos con las normas COVENIN y A.O.A.C. La identificación y cuantificación de los ácidos grasos presentes se realizó por cromatografía gaseosa (CG), previa metilación. Los principales ácidos grasos presentes en las galletas fueron laúrico (C12:0), mirístico (C14:0), palmítico (C16:0), esteárico (C18:0), oleico (C18:1Δ9c), linoleico (C18:2Δ9c,12c), linolénico (C18:3Δ9c,12c,15c) y Araquidico (C20:0), al igual que mostraron la presencia de los AGT elaídico (C18:1Δ9t), y ácido graso linolelaidico (C18:2Δ9t,12c) aunque este último solo en algunos productos. Se obtuvieron entre 42-63% en ácidos grasos saturados (AGS), 30-42% en ácidos grasos monoinsaturados AGMI), 6-17% para ácidos grasos poliinsaturados (AGPI) y entre 0,11-2% de AGT en las galletas, y en las mezclas para tortas entre 32-83% de AGS, 6-24% de AGMI, 8-43% AGPI, y 1,5-2% en AGT; con variaciones de acuerdo a la matriz y tipo de producto. Se concluye que los productos alimenticios estudiados presentan el mayor contenido de ácidos grasos en saturados, y el menor en AGT, considerándose "cero trans" de acuerdo a MERCOSUR; contribuyendo así en la creación de una base de datos nacional sobre la composición de ácidos grasos en estos productos(AU)

The objective of this research was to study the fatty acid composition and presence of trans (TFA) in cookies and cake mixes of different classifications of high consumption in Venezuela. Proximate analysis was performed for each food product compliance with standards COVENIN and AOAC. The identification and quantification of the fatty acids was performed by gas chromatography (GC) after methylation. The main fatty acids present in the cookies were: lauric (C12:0), myristic (C14:0), palmitic (C16:0), stearic (C18:0), oleic(C18: 1Δ9c), linoleic (C18: 2Δ9c, 12c), linolenic (C18: 3Δ9c,12c,15c) and arachidic (C20:0), as showed the presence of TFA elaidic (C18: 1Δ9t), linolelaidic fatty acid (C18: 2Δ9t,12c) although this last only for some products. Were obtained between 42-63% saturated fatty acids (SFA), 30-42%monounsaturated fatty acids MUFA), 6-17% for polyunsaturated fatty acids (PUFAs) and from 0.1 to 2% of TFA in biscuits , and cake mixes between 32-83% AGS, 6-24% of MUFA, 8-43% PUFA, and 1.5-2% in TFA, with variations according to the matrix and product type. It is concluded that food products studied showed the highest content of saturated fatty acids, and the lowest in AGT,considered "zero trans" according to MERCOSUR, thus contributing to the creation of a national database on the composition of fatty acids in these products(AU)
Descritores: Ácidos Graxos Trans
Biscoitos
Ácidos Graxos
Manipulação de Alimentos
Tecnologia de Alimentos
-Doenças Cardiovasculares
Dieta
Alimentos, Dieta e Nutrição
HDL-Colesterol
LDL-Colesterol
Obesidade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: VE557.1 - Biblioteca Fundación Bengoa


  9 / 51 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-2723
Autor: Chemin, Marília Pretto; Graff, Tânia Beatriz Acosta; Hauschildt, Ana Paula.
Título: Teor de lipídeos em sorvetes de diferentes marcas, comercializados no Rio Grande do Sul / Lipid content in ice cream of different brands, marketed in Rio Grande do Sul
Fonte: Hig. aliment;30(260/261):85-89, 30/10/2016. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Duas amostras de sorvete sabor baunilha foram produzidas, uma com substituição de parte da gordura por fibra vegetal insolúvel "Z Trim" (com reposição de sólidos) e outra sem substituição de gordura (tradicional). As amostras foram analisadas em relação às quantidades de gorduras totais, saturadas e trans, assim como amostras de sorvetes similares, de outras marcas, comercializados em municípios de diferentes regiões do Rio Grande do Sul. O objetivo foi verificar as quantidades de gorduras dos sorvetes encontrados no mercado e comparar com as informações declaradas nos rótulos. A amostra com fibra apresentou redução de 18% de gorduras totais e de 14% de gorduras saturadas. Para trans, a alteração não foi significativa porque a amostra tradicional foi produzida com gordura low trans. Constatou-se que a fibra é uma alternativa interessante para sorvetes. Quanto à rotulagem, ao comparar-se as informações declaradas com os resultados de análises, observou-se que cinco marcas estavam em desacordo com a RDC n° 360, de 23 de dezembro de 2003 da ANVISA (BRASIL, 2003a).

Two samples of vanilla ice cream were produced. In one, part of the fat was replaced by an insoluble dietary fiber called "Z Trim" (with solids replacement) and in the other it wasn't done (traditional sample). Both samples were analyzed for the amount of total fats, saturated fats and trans fats. Samples of similar ice cream, of various brands, marketed in cities of different regions of Rio Grande do Sul, were analyzed too. The objective was to verify the amounts found in the market and compare them with the values declared on labels. The sample with fiber decreases 18% total fats and 14% saturated fats. For trans, the change was not significant because the traditional sample was produced with low trans fat. It shows that the fiber is an interesting alternative for ice cream. As for labeling, when it was compared the declared information with the analysis results, it was observed that five brands were in disagreement with ANVISA.
Descritores: Substitutos da Gordura/administração & dosagem
Ácidos Graxos Trans/administração & dosagem
Rotulagem de Alimentos
Sorvetes
-Fibras na Dieta/administração & dosagem
Indústria Alimentícia
Amostragem
Gorduras/análise
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública


  10 / 51 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-844494
Autor: Tavella, Marina Vanesa; Tavella, Julio Marcelo; Gamboa-Santos, Juliana; Lamelo, María Julieta; Mastroianni, Mariela.
Título: Hacia una Argentina libre de grasas trans / Towards a trans fat free Argentina
Fonte: Rev. chil. nutr;43(4):408-415, dic. 2016. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: An unhealthy diet, consisting mainly of saturated and trans fats intake, is one of the strongest factors contributing to the development of cardiovascular disease. With an historical approach, this paper aims to describe policies regarding trans fats in Argentina. Main global strategies which inspired local interventions are included: from North Karelia memorable project, through the Global Strategy on Diet, Physical Activity and Health to the Argentinian experience which made it possible to replace 70% of partially hydrogenated oil from the market.

La mala alimentación, en particular el consumo de grasas saturadas y trans, es un factor de primer orden para el desarrollo de enfermedad cardiovascular. Mediante un relato histórico, el presente trabajo pretende describir las políticas referidas a grasas trans en Argentina. Se incluyen referencias a las principales estrategias mundiales que inspiraron intervenciones locales, desde el memorable proyecto de Karelia del Norte, pasando por la Estrategia Mundial sobre Régimen Alimentario, Actividad Física y Salud, hasta la experiencia Argentina que llevó a reemplazar el 70% del aceite parcialmente hidrogenado del mercado.
Descritores: Indústria Alimentícia
Ácidos Graxos Trans
Comportamento Alimentar
Dieta Saudável
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Artigo Clássico
Responsável: CL334.1 - Biblioteca UBO



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde