Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.644.276.910.650 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-842060
Autor: Conceição, Mariana L; Alvarenga, Marina L; Souza, Jaqueline B; Mattos, Luiz Henrique L; Rodrigues, Celso A; Watanabe, Marcos J; Hussni, Carlos Alberto; Alves, Ana Liz G.
Título: Plasma rico em plaquetas: estudo comparativo entre a dupla centrifugação e o filtro E-PET (Equine Platelet Enhancement Therapy) / Comparative study of double spin and use of E-PET filter (Equine Platelet Enhancement Therapy) to obtain platelet rich plasma in horses
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(3):215-220, Mar. 2017. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O plasma rico em plaquetas (PRP) consiste em uma alta concentração de plaquetas em um pequeno volume de plasma, sendo, em média, quatro vezes maior que a concentração sérica. O uso de PRP é justificado pela alta concentração de fatores de crescimento presentes em grânulos no interior das plaquetas, que possuem diversas funções como proliferação celular, quimiotaxia, angiogênese e diferenciação celular, que ampliam o poder de reparação tecidual. Há diversos protocolos para obtenção do PRP em equinos descritos na literatura, dentre os quais destacam-se os de dupla centrifugação, os automatizados e os filtros. Há diferenças substanciais no conteúdo do PRP dependendo do seu método de obtenção, principalmente no que se diz respeito à quantidade de leucócitos, plaquetas e concentração de fatores de crescimento. Sendo assim, o objetivo deste estudo foi comparar a utilização do concentrado de plaquetas obtido por protocolo de dupla centrifugação e o obtido pelo filtro E-PET (Equine Platelet Enhancement Therapy), levando-se em consideração a concentração plaquetária e leucocitária final, a quantificação de fatores de crescimento (TGFß e PDGF-BB) e a facilidade de realização entre tais métodos. Utilizou-se nove animais para a obtenção de PRP por dupla centrifugação e através do filtro E-PET, não havendo diferença estatística (p>0,05) entre os métodos de obtenção em relação à concentração plaquetária e leucocitária, entretanto, houve diferença estatística (p=0,002; p=0,004, respectivamente) em relação a concentração de TGFß e PDGF-BB. Dessa forma, concluiu-se que o filtro E-PET mostrou-se um método mais efetivo, sendo possível sua utilização à campo, além de proporcionar uma maior concentração de fatores de crescimento TGFß e PDGF-BB.(AU)

The platelet-rich plasma (PRP) consists of a high concentration of platelets in a small volume of plasma, four times greater (average) than the serum concentration. The use of PRP is justified by the high concentration of growth factors present in granules in the platelets, which have several functions such as cell proliferation, chemotaxis, angiogenesis and differenciation, which extend the power of tissue repair. There are several protocols to obtain PRP in horses described in the literature, among which are highlighted the double centrifugation, automated and filters. There are substantial differences in the PRP content depending on its method of production, especially when it concerns the amount of leukocytes, platelets and concentration of growth factors. Thus, the aim of this study was to compare the use of platelet concentrates obtained by double centrifugation protocol and obtained by the filter E-PET (Equine Platelet Enhancement Therapy) taking into account the platelet and leukocyte final concentration, the quantification of growth factors (TGFß and PDGF-BB) and the facility to do those methods. Nine horses were used to obtain PRP by double centrifugation and through the E-PET filter, with no statistical difference (p>0.05) between the methods relative to the platelet and leukocyte concentration; however, there was statistical difference (p=0.002 and p=0.004 respectively) compared with the concentration of TGFß and PDGF-BB. It was concluded that the E-PET filter proved to be a more effective method possible to use in the field and to provide a higher concentration of growth factors (TGFß and PDGF-BB).(AU)
Descritores: Centrifugação/métodos
Cavalos/sangue
Plasma Rico em Plaquetas
-Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis
Fatores de Crescimento Transformadores
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-727667
Autor: Shang, J.L.; Cheng, Q.; Yang, W.F.; Zhang, M.; Cui, Y.; Wang, Y.F..
Título: Possible roles of COX-1 in learning and memory impairment induced by traumatic brain injury in mice
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;47(12):1050-1056, 12/2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: People who suffer from traumatic brain injury (TBI) often experience cognitive deficits in spatial reference and working memory. The possible roles of cyclooxygenase-1 (COX-1) in learning and memory impairment in mice with TBI are far from well known. Adult mice subjected to TBI were treated with the COX-1 selective inhibitor SC560. Performance in the open field and on the beam walk was then used to assess motor and behavioral function 1, 3, 7, 14, and 21 days following injury. Acquisition of spatial learning and memory retention was assessed using the Morris water maze on day 15 post-TBI. The expressions of COX-1, prostaglandin E2 (PGE2), interleukin (IL)-6, brain-derived neurotrophic factor (BDNF), platelet-derived growth factor BB (PDGF-BB), synapsin-I, and synaptophysin were detected in TBI mice. Administration of SC560 improved performance of beam walk tasks as well as spatial learning and memory after TBI. SC560 also reduced expressions of inflammatory markers IL-6 and PGE2, and reversed the expressions of COX-1, BDNF, PDGF-BB, synapsin-I, and synaptophysin in TBI mice. The present findings demonstrated that COX-1 might play an important role in cognitive deficits after TBI and that selective COX-1 inhibition should be further investigated as a potential therapeutic approach for TBI.
Descritores: Lesões Encefálicas/complicações
Córtex Cerebral/lesões
Ciclo-Oxigenase 1/fisiologia
Inibidores de Ciclo-Oxigenase/uso terapêutico
Aprendizagem/efeitos dos fármacos
Transtornos da Memória/tratamento farmacológico
Pirazóis/uso terapêutico
-Western Blotting
Fator Neurotrófico Derivado do Encéfalo/metabolismo
Descorticação Cerebral
Ciclo-Oxigenase 1/metabolismo
Modelos Animais de Doenças
Dinoprostona/análise
Dinoprostona/metabolismo
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Hipocampo/metabolismo
/sangue
INTERLEUKIN-ABDOMEN, ACUTE/sangue
Aprendizagem em Labirinto/efeitos dos fármacos
Transtornos da Memória/etiologia
Transtornos da Memória/metabolismo
MICE, INBRED CABDOMENABDOMINAL INJURIESBL
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/metabolismo
Recuperação de Função Fisiológica/efeitos dos fármacos
Sinaptofisina/análise
Sinaptofisina/metabolismo
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-716353
Autor: Souza, Maria V. de; Pinto, José de O; Costa, Marcela M. da; Santos, Eliziária C dos; Garcia, Silvana L. R; Oliveira, Leandro L. de.
Título: Quantificação de fatores de crescimento na pele de equinos tratada com plasma rico em plaquetas / Quantification of growth factors in horse skin treated with platelet-rich plasma
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;34(6):599-612, jun. 2014. graf, tab.
Idioma: pt.
Projeto: CAPES; . FAPEMIG; . CNPq.
Resumo: O plasma rico em plaquetas (PRP) é um produto derivado da centrifugação do sangue total, sendo rico em fatores bioativos, como os de crescimento. Apesar da ampla utilização em processos cicatriciais, há controvérsia sobre a eficácia da terapia na cicatrização cutânea. O objetivo desse estudo foi quantificar e comparar a concentração dos fatores TGF-β1 e PDGF-BB no PRP, plasma sanguíneo e pele, durante diferentes fases do processo de cicatrização da pele tratada ou não com PRP [...] Também foram obtidas amostras de sangue com EDTA em todos os tempos mencionados. A quantificação dos fatores de crescimento TGF-β1 e PDGF-BB na pele, PRP e plasma sanguíneo foi realizada pela técnica ELISA.Os dados foram analisados estatisticamente pelo teste t, correlação de Pearson e regressão, utilizando nível de significância de 5 por cento. Não houve diferença entre os grupos, nos valores dos dois fatores de crescimento mensurados na pele, nos diferentes tempos. Também não houve correlação entre a quantidade dos fatores de crescimento presentes na pele e no plasma. Por outro lado, correlação positiva foi observada entre PRP e pele no grupo tratado, para os fatores de crescimento TGF-β1 (r=0,31) e PDGF-BB (r=0,38), bem como entre ambos os fatores de crescimento presentes no PRP (r=0,81). Considerando as concentrações dos fatores de crescimento no T0, os maiores valores cutâneos (p<0,05) do TGF-β1, em ambos os grupos, ocorreram nos tempos T3 e T5. Valores mais elevados (p<0,05) do PDGF-BB ocorreram no T4 (GT) e T5 (GC). No plasma não houve alteração nas concentrações desses fatores em relação ao T0, o que sugere que o PRP não acarreta efeito sistêmico, quando os procedimentos adotados na presente pesquisa são utilizados. A administração local de PRP no volume estudado, 12 h após indução cirúrgica de ferida cutânea na região glútea de equinos não ocasiona maiores concentrações dos fatores de crescimento TGF-β1 e PDGF-BB no plasma sanguíneo e pele, durante o processo de cicatrização.

Platelet-rich plasma (PRP) is a product derived from total blood centrifugation, rich in bioactive factors, such as growth factors. Despite largely used in healing processes, there is a controversy whether the therapy is effective in promoting skin healing. The objective of this study was to quantify and compare the concentrations of the factors TGF-β1 and PDGF-BB in PRP, blood plasma and skin, at different phases of the healing process of skin treated or not with PRP. [...] Quantification of TGF-β1 and PDGF-BB growth factors on the skin, PRP, and blood plasma was carried out by the ELISA technique. Data were statistically analyzed by the t test, Pearson correlation and regression, at a significance level of 5 percent. No difference was found between the groups in the values of the two growth factors measured on the skin, at the different times. Also, no correlation was found between the amount of growth factors present in the skin and plasma. On the other hand, a positive correlation was observed between PRP and skin in the treated group, for the growth factors TGF-β1 (r=0.31) and PDGF-BB (r=0.38), as well as between both growth factors present in PRP (r=0.81). Considering the growth factor concentrations at T0, the highest skin values (p<0.05) of TGF-β1, in both groups, occurred at T3 and T5. Higher values (p<0.05) of PDGF-BB occurred at T4 (TG) and T5 (CG). No plasma changes occurred at the concentration of these factors in relation to T0, suggesting that PRP does not cause a systemic effect when the procedures adopted in this research are used. Local administration of PRP in the volume studied, 12 h after surgical induction of cutaneous wound gluteal equine does not cause higher concentrations of the growth factors TGF-β1 and PDGF-BB in the plasma and skin during the healing process.
Descritores: Biópsia/veterinária
Cicatrização
Fator de Crescimento Transformador beta1/isolamento & purificação
Cavalos
Plasma Rico em Plaquetas/fisiologia
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/isolamento & purificação
-Regeneração
Fenômenos Fisiológicos da Pele
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Alves, José Bento
Texto completo
Id: lil-689828
Autor: Abreu, Fernando Antonio Mauad de; Ferreira, Cynthia Lopes; Silva, Gerluza Aparecida Borges; Paulo, Camila de Oliveira; Miziara, Melissa Nunes; Silveira, Frank Ferreira; Alves, Jose Bento.
Título: Effect of PDGF-BB, IGF-I Growth Factors and their Combination Carried by Liposomes in Tooth Socket Healing
Fonte: Braz. dent. j;24(4):299-307, July-Aug/2013. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: This work evaluated the bone-forming potential of the platelet-derived growth factor isoform BB (PDGF-BB), insulin-like growth factor I (IGF-I), and mixed PDGF-BB/IGF-I delivered in liposomes compared with phosphate buffered saline (PBS), in the healing process of rat tooth sockets. One hundred and twelve Wistar rats were randomized into 7 groups of 16 animals each and were evaluated at 3, 7, 14 and 21 days after extraction of the maxillary second molars. The left sockets were treated with PBS (P), empty liposome (L), IGF-I in PBS (IP), IGF-I in liposome (IL), PDGF-BB in PBS (PDP), PDGF-BB in liposome (PDL) and both growth factors (GFs) together within liposomes (PDIL). The right sockets were filled with blood clot (BC). Histological and histomorphometric analyses were used to evaluate the formation of new bone and blood vessels. Immunohistochemistry was performed to evaluate the expression of osteocalcin and vascular endothelial growth factor (VEGF) during bone repair. Data were tested statistically using a Tukey's test according to a Dunn's analysis and Mann-Whitney U test followed by Kruskal-Wallis one-way analysis. Results were considered significant when p<0.05. A significantly higher percentage of bone trabeculae and a higher number of blood vessels were observed in the IL, PDL and PDIL groups (p<0.05). However, these GF-liposome groups had statistically similar results. Immunohistochemical assays first detected osteocalcin and VEGF expression at 3 days followed by a peak at 7 days. Lower immunoreactivity levels were observed in the BC, L, P, IP and PDP groups compared with the IL, PDL and PDIL groups (p<0.05). The results suggest that GFs carried by liposomes, either in isolated or mixed forms, enhanced the healing process in rat tooth sockets. The differential expression of the osteogenic markers VEGF and osteocalcin in the early phases of bone healing support these findings.

Este trabalho avaliou o potencial de formação óssea do fator de crescimento derivado de plaquetas na isoforma BB (PDGF-BB), fator de crescimento semelhante à insulina I (IGF-I), e a mistura PDGF-BB/IGF-I administrada em lipossomas comparando com tampão fosfato salino (PBS), no processo de cicatrização de alvéolos dentários de ratos. Cento e doze ratos Wistar foram distribuídos aleatoriamente em 7 grupos de 16 animais cada e foram avaliados aos 3, 7, 14 e 21 dias após a extração dos segundos molares maxilares. Os alvéolos esquerdos foram tratados com PBS (P), lipossomas vazios (L), IGF-I em PBS (IP), IGF-I em lipossomas (IL), PDGF-BB em PBS (PDP), PDGF-BB em lipossomas (PDL) e ambos os fatores de crescimento (GFs) em associação dentro de lipossomas (PDIL). Os alvéolos direitos foram preenchidos com coágulo sanguíneo (BC). As análises histomorfométrica e histológica foram utilizadas para avaliar a formação de novo osso e vasos sanguíneos. Imunohistoquímica foi realizada para avaliar a expressão de osteocalcina e o fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) durante o reparo ósseo. Os dados foram testados estatisticamente utilizando o teste de Tukey em acordo com análise de Dunn e o teste Mann-Whitney U seguido pela análise de um passo de Kruskal-Wallis. Os resultados foram considerados significantes quando p<0,05. Uma percentagem altamente significativa de osso trabecular e alto número de vasos sanguíneos foram observados nos grupos IL, PDL e PDIL (p<0,05). Todavia, esses grupos lipossoma-GF tiveram resultados similares estatisticamente. Ensaios de imunohistoquímica inicialmente detectaram a expressão de osteocalcina e VEGF aos 3 dias, seguida por um pico aos 7 dias. Niveis mais baixos de imunorreatividade foram observados em BC, L, P, PI e PDP quando comparados com os grupos IL, PDL e PDIL (p<0,05). Os resultados sugerem que GFs carreados por lipossomas, na forma isolada ou em combinação, aceleram o processo de cicatrização em alvéolos dentários de rato. A expressão diferencial dos marcadores osteogênicos VEGF e osteocalcina, nas fases iniciais de cicatrização óssea, confirma esses achados.
Descritores: Fator de Crescimento Insulin-Like I/administração & dosagem
Lipossomos
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/administração & dosagem
Alvéolo Dental/patologia
Cicatrização/efeitos dos fármacos
-Fator de Crescimento Insulin-Like I/farmacologia
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/farmacologia
Ratos Wistar
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-617421
Autor: Belal, Mahmoud Helmy.
Título: Recombinant human platelet-derived growth factor-BB: a promising role for fibroblast cell attachment in chronic periodontitis. A concentration-dependent effect on human cell adhesion: SEM study / Fator recombinante de crescimento-BB derivado de plaquetas humanas: um papel promissor para inserção de fibroblastos na periodontite crônica. Efeito dependente da concentração na adesão de células humanas: estudo com microscopia eletrônica
Fonte: Rev. clín. pesq. odontol. (Impr.) = J. dent. clin. res;5(3):225-240, set.-dez. 2009. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The present study is aimed to test minimum threshold rhPDGF-BB concentration required to obtain greater root surface biocompatibility and most suitable condition for fibroblast cell attachment and growth in chronic periodontitis. MATERIAL AND METHOD: Proximal surfaces of twenty selected periodontitis teeth were prepared and divided into four groups (ten specimens/each): - I: untreated diseased (control); II: scaling & root planning (SRP); III: SRP then rhPDGF-BB application (50ng/ml); IV: SRP then rhPDGF-BB application (25ng/ml). Fibroblasts were pooled on root specimens, then specimens were incubated. Results of both cell count and shape were assessed by SEM and evaluated repeatedly within a representative standard area. RESULTS: Group II: showed a comparable negative effect, since no significant differences found.Group III: showed a significant positive effect, higher than both groups I & II but lower than group IV. Group IV: demonstrated the best results for cell quantity & quality, where it had favorable significant differences when compared to all others. CONCLUSION: rhPDGF-BB with 25ng/ml concentration showed a more positive effect in getting higher fibroblast cell count & more healthy cell shape than rhPDGF-BB (50ng/ml). A promising role of rhPDGF-BB (25ng/ml) as good modulating agent for fibroblast cell attachment in chronic periodontitis may be suggested.

OBJETIVO: O presente estudo objetivou testar o limite de concentração rhPDGF-BB requerido para obter maior biocompatibilidade com a superfície da raiz e a condição mais adequada para a inserção das células fibroblásticas e crescimento na periodontite crônica . MATERIAL E MÉTODO: Superfícies proximais de 20 dentes com periodontite selecionados foram preparados e divididos em quatro grupos (dez espécimes em cada grupo). I: dentes não tratados (controle): II: curetagem e alisamento radicular; III. aplicação de SRP seguido de rhPDGF (40ng/ml); aplicação de IV: SRP seguido de rh PDGF-BB. Os fibroblastos foram semeados em espécimes radiculares, seguindo-se incubação dos espécimes. Os resultados da contagem celular e forma foram observados pela SEM e avaliados repetidamente dentre de área padrão representativa. RESULTADOS: O Grupo II demonstrou um efeito negativo comparativamente, uma vez que não ocorreram diferenças significativas. O Grupo III mostrou um efeito positivo significativo, maior do que ambos grupos I e II, porém menor do que o Grupo IV. O Grupo IV mostrou o melhor resultado para a quantidade e qualidade celular, onde apresentou diferenças favoráveis quando comparados com todos os outros. CONCLUSÃO: rhPDGF-BB com 25 ng/ml de concentração demonstrou efeito mais positivo na contagem de fibroblastos e as células apresentaram forma mais sadia do que no rhPDGFBB com 50ng/ml. Sugere-se que o rhPDGF-BB apresenta boas possibilidades como um bom agente modulador para inserção de fibroblastos na periodontite crônica.
Descritores: Fibroblastos
Técnicas In Vitro
Periodontite Crônica/tratamento farmacológico
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/administração & dosagem
-Análise de Variância
Células Cultivadas
Microscopia Eletrônica de Varredura
Propriedades de Superfície
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-312631
Autor: Sant'Ana, Adriana Campos Passanezi.
Título: Efeitos da aplicaçäo de diferentes fatores de crescimento (PDGF-BB, IGF e TGF-ß1) isolados ou combinados na taxa de proliferaçäo e na adesäo de fibroblastos derivados de ligamento periodontal humano a fragmentos radiculares tratados ou näo com ácido cítrico e tetraciclina após a raspagem / Effects of the application of differents growth factors (PDGF-BB), IGF-1 e TGF-ß1) alone or combined in the rate of proliferation and in the adhesion of fibroblasts derivatives of human periodontal ligament to radicular fragments treated or not with.
Fonte: Bauru; s.n; 2001. 144 p. ilus, tab. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de Säo Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru para obtenção do grau de Doutor.
Símbolo: BR.
Resumo: A utilizaçäo de fatores de crescimento no tratamento periodontal tem sido amplamente estudada. No entanto, sua aplicabilidade no tratamento de seres humanos ainda näo foi estabelecida. Os objetivos deste trabalho foram determinar os efeitos da aplicaçäo de PDGF-BB, IGF-1, TGF-ß1 e sua combinaçäo na proliferaçäo de células cultivadas originadas do ligamento periodontal de humano (células FL2). Além disso, analisou-se a adesäo dessas células a fragmentos radiculares periodontalmente comprometidos tratados previamente ou näo por associaçäo de ácido cítrico e tetraciclina após a raspagem. Para tanto, foi estabelecida cultura primária de fibroblastos obtidos de 3§ molares retidos e/ou impactados extraídos de pacientes saudáveis. Para analisar a taxa de proliferaçäo celular, foram plaqueadas 72 placas de Petri contendo inicialmente 103 células aleatoriamente divididas em 4 grupos que receberam a adiçäo de PDGF-BB (grupo 1), TGF-ß1 (grupo 2), IGF-1 (grupo 3) ou de sua combinaçäo (grupo 4) ao meio de cultura e 2 grupos controle (sem adiçäo de fatores de crescimento) e contadas em triplicatas após 1, 3, 5 e 7 dias. Paralelamente, foram obtidos 30 fragmentos de dentes extraídos de 14 pacientes com perda de inserçäo à sondagem > 6 mm aleatoriamente distribuídos em 10 grupos de acordo com o tratamento: raspagem (grupo 1), raspagem e aplicaçäo dos fatores de crescimento isolados ou em combinaçäo (grupos 2-5), raspagem e condicionamento ácido (grupo 6) ou raspagem, condicionamento ácido e aplicaçäo dos fatores de crescimento isolados ou em combinaçäo (grupos 7-10). Os resultados obtidos foram estatisticamente avaliados pelo teste ANOVA e por métodos descritivos. Os resultados demonstraram que o TGF-ß1 apresentou os melhores efeitos na proliferaçäo de células do ligamento periodontal em cultura, enquanto que na adesäo das células aos fragmentos a combinaçäo dos três fatores apresentou resultados mais favoráveis, com diferenças estatisticamente significantes (p<0,05) em relaçäo aos grupos tratados sem o condicionamento ácido radicular, com exceçäo do grupo tratado através da combinaçäo. Esses dados sugerem que a aplicaçäo de fatores de crescimento, especialmente do TGF-ß1 associado ou näo ao PDGF-BB e IGF-1, poderia ser favorável à regeneraçäo dos tecidos periodontais perdidos com o processo de doença periodontal
Descritores: Ligamento Periodontal
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/isolamento & purificação
-Fator de Crescimento Insulin-Like I
Fator de Crescimento Transformador beta
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta
BR28.1; Sa59e


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Taga, Rumio
Id: lil-271850
Autor: Oliveira, Mônica Dourado Barbosa de; Passanezi, Euloir; Greghi, Sebastiäo Luiz de Aguiar; Campos Junior, Aguinaldo; Náhas, Deoclécio; Taga, Rumio.
Título: Rat connective tissue response to implant of human dental root treated with citric acid and human recombinant platelet-derived growth factor-BB (rhPDGF-BB)
Fonte: Rev. Fac. Odontol. Bauru;7(1/2):73-8, jan.-jun. 1999. tab.
Idioma: en.
Resumo: This study assessed the conective tissue response to periodontitis-affected root surface after treatment with PDGF-BB, comparing this therapy with root planning and surface demineralization with citric acid. After surface therapy all the rats and collected 3,7 and 15 days after implantation. Histologic and morphometric analysis included counts of cell densities and evaluation of the rapairing tissue adjacent to specimens. It was concluded that root specimen pathogenicity was reduced by citric acid demineralization. It seems that PDGF-BB stimulated connective tissue repair and fiber deposition during the first week
Descritores: Tecido Conjuntivo/cirurgia
Doenças Periodontais/tratamento farmacológico
-Ácido Cítrico/uso terapêutico
Condicionamento Ácido do Dente/métodos
Desmineralização do Dente/tratamento farmacológico
Substâncias de Crescimento
Proteínas Proto-Oncogênicas c-sis/uso terapêutico
Raspagem Dentária/métodos
Regeneração Tecidual Guiada/métodos
Limites: Animais
Ratos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde