Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.644.360.262.150.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 38 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 38 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-394813
Autor: Neves, Adriana da Costa; Mesquita, Ricardo Alves; Novelli, Moacir Domingos; Toddai, Edna; Sousa, Suzana Orsini Machado de.
Título: Comparison between immunohistochemical expression of cyclin D1 and p21 and histological malignancy graduation of oral squamous cell carcinomas
Fonte: Braz. dent. j;15(2):93-98, 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: A proposição desse trabalho foi correlacionar a expressão das proteínas ciclina D1 e p21 em 28 casos de carcinomas epidermóides de boca, e comparar a expressão das mesmas com os escores histológicos de malignidade atribuídos para essa neoplasia. A expressão das proteínas foi obtida através da utilização da técnica imuno-histoquímica da Streptoavidina-Biotina. A análise estatística revelou não haver correlação entre a expressão da ciclina D1 e do p21 nos carcinomas epidermóides estudados. Não houve correlação entre os números médios de núcleos ciclina D1 e p21 positivos e os escores histológicos de malignidade atribuídos para os carcinomas estudados. Entretanto, houve uma ligeira tendência de maior expressão da ciclina D1 nos tumores de alto grau de malignidade, isso provavelmente ocorreu devido a maior atividade proliferativa desses tumores. Já a alta expressão encontrada para o p21 nos tumores estudados sugere que ele sozinho parece ser um ineficiente supressor tumoral.
Descritores: Boca/lesões
Carcinoma de Células Escamosas/diagnóstico
Ciclina D1/administração & dosagem
-Neoplasias Bucais/terapia
/uso terapêutico
PROTEINA ONCOGENICA PABORTION APPLICANTS(RAS)/uso terapêutico
Responsável: BR501.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde / Sede Botânico


  2 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-910442
Autor: Fernandes, JC; Alves, APNR; Scopim-Ribeiro, R; Fenerich, BA; Simões, BP; Rego, EM; Machado-Neto, JA; Traina, F.
Título: Increased levels of cyclin D1 negatively impacts on acute lymphoblastic leukemia overall survival
Fonte: Appl. cancer res;38:1-4, jan. 30, 2018. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Background: Cyclin D1 is a protein essential for transition from G1 to S phase during cell cycle progression, which has an oncogenic potential and is highly expressed in several human malignancies. However, in view of the heterogeneity of the findings in the literature, the prognostic value of cyclin D1 expression still needs to be validated in different cohorts of adult acute lymphoblastic leukemia (ALL) patients. Methods: Bone marrow samples from 13 healthy donors and 45 adult patients with acute lymphoblastic leukemia were included. Cyclin D1 gene expression was evaluated by quantitative PCR. For statistical analysis, Mann­Whitney test, Fisher's exact test, Chi-squared test and Cox regression were used, as appropriate. All p values were two-sided with a significance level of 5%. Results: Cyclin D1 mRNA levels were similar between primary cells from ALL patients and healthy donors. In ALL patients, high cyclin D1 expression was associated with older age at the diagnosis, presence of BCR-ABL1, and lower white blood cell counts. Importantly, increased cyclin D1 expression was an independent factor that predicted worse overall survival in our adult ALL cohort. Conclusion: Increased levels of cyclin D1 negatively impacted on ALL survival outcome, suggesting that this gene is involved in the malignant phenotype of ALL.
Descritores: Prognóstico
Sobrevida
Ciclina D1
Leucemia-Linfoma Linfoblástico de Células Precursoras
Limites: Humanos
Adulto
Responsável: BR30.1 - Biblioteca


  3 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-994875
Autor: Silva-Feistner, Marcos; Ortiz-Lazo, Elena; González, Sergio.
Título: Genética molecular del melanoma lentiginoso acral / Molecular genetics of acral lentiginous melanoma
Fonte: Rev. chil. dermatol;34(2):60-67, 2018. ilus, tab.
Idioma: es.
Resumo: En la última década se ha avanzado en la caracterización genética y mapeo molecular del melanoma cutáneo con el objetivo de identificar y comprender mejor los mecanismos patogénicos propios de cada subgrupo y así desarrollar tratamientos específicos. El melanoma lentiginoso acral (MLA) constituye un subtipo de melanoma con características clínicas, epidemiológicas, histopatológicas, pronósticas y terapéuticas distintivas y su perfil mutacional no es la excepción. A diferencia del melanoma ubicado en zonas fotoexpuestas, el MLA presenta una baja tasa de mutaciones BRAF (15%) y mayor frecuencia de amplificaciones y ganancias genéticas de KIT (15-30%), CCND1 (15-40%) y TERT (20%). En esta revisión se describen las características más relevantes del MLA con énfasis en el rol que cumplen los principales genes que participan en la patogenia del MLA.

Over the last decade, the genetic characterization and molecular mapping of cutaneous melanoma has been developed in order to identify and better understand the pathogenic mechanisms of each subgroup and to develop specific treatments. Acral lentiginous melanoma (ALM) is a melanoma subtype with distinctive clinical, epidemiological, histopathological, prognostic and therapeutic features and its mutational profile is not an exception. Unlike melanoma located in photoexposed areas, MLA has a low rate of BRAF mutations (15%) and a higher frequency of amplifications and genetic gains at KIT (15-30%), CCND1 (15-40%) and TERT (20%). In this review we will describe the most relevant characteristics of MLA with emphasis on the role of the main genes involved in its pathogenesis.
Descritores: Neoplasias Cutâneas/genética
Melanoma/genética
-Prognóstico
Neoplasias Cutâneas/patologia
Telomerase/genética
Proteínas Proto-Oncogênicas c-kit/genética
Ciclina D1/genética
Melanoma/patologia
Mutação
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: CL126.2 - Biblioteca Médica Dr. Profesor Hernán Alessandri R.


  4 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-881984
Autor: Garcia, Natália Galvão.
Título: Avaliação da expressão de ß-catenina e ciclina D1 como biomarcadores preditivos para o câncer de lábio / Evaluation of ß-catenin and cyclin D1 expression as predictive biomarkers for lip cancer.
Fonte: Bauru; s.n; 2016. 117 p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Um dos objetivos da pesquisa científica, atualmente, é encontrar biomarcadores que possam auxiliar na definição da probabilidade de progressão das lesões orais displásicas, e ainda sejam capazes de identificar os principais agentes moleculares envolvidos na carcinogênese de um determinado tipo de tumor. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar a expressão de ß-catenina, ciclina D1 e Ki-67 em 15 espécimes de epitélio oral normal, 45 queilites actínicas displásicas e em 30 carcinomas espinocelulares de lábio. Essa amostra foi constituída por pacientes tratados na Faculdade de Medicina de Botucatu (Brasil) e no Hospital Clínico San Cecílio de Granada (Espanha). O grau de displasia epitelial e de diferenciação tumoral foi classificado com base nos critérios definidos pela Organização Mundial da Saúde. A avaliação dos biomarcadores foi realizada por meio da técnica imunohistoquímica, dividindo a espessura do epitélio em quatro compartimentos (basal, suprabasal, terço médio e terço superior) para o grupo controle e para as queilites actínicas e em três compartimentos (basal, suprabasal e região interna) para o grupo dos carcinomas espinocelulares de lábio. Para a comparação da média de expressão de cada marcador, nas diferentes localizações do epitélio foi utilizado o teste estatístico de Kruskal-Wallis. Para a correlação da expressão dos três marcadores entre os grupos foi utilizada a correlação de Spearman, com nível de significância de 5%. Os resultados demonstraram uma perda discreta da expressão membranosa de ß-catenina na camada basal das queilites actínicas com displasia epitelial intensa (Cis) e nos carcinomas espinocelulares de lábio, assim como uma expressão citoplasmática e nuclear, discreta e diretamente proporcional à desorganização epitelial nas camadas basal e suprabasal das queilites actínicas e carcinomas espinocelulares de lábio. Notou-se também um aumento da expressão de ciclina D1 e Ki-67 na camada basal à medida que aumentava a desorganização epitelial. Houve uma associação estatisticamente significativa da expressão de ciclina D1 e Ki-67 na camada suprabasal do grupo controle (p=0,030) e das queilites actínicas (p=0,001) e ainda na região interna dos carcinomas espinocelulares de lábio (p=0,000). Não houve correlação significativa entre as expressões nucleares de ß-catenina e de ciclina D1. Nossos resultados reforçam que a ß-catenina, a ciclina D1 e o Ki-67, podem ser utilizados como biomarcadores preditivos para o câncer de lábio. Além disso, sugerem que a ß-catenina e a ciclina D1 participam da carcinogênese labial, em eventos independentes da via de sinalização/Wnt.(AU)

One of the goals of scientific research today is to find predictive biomarkers that can help define the probability of progression of dysplastic oral lesions, and are still able to identify key molecular agents involved in the carcinogenesis of a particular type of tumor. The objective of this study was to investigate ß-catenin, cyclin D1 and Ki-67 expression in 15 specimens of normal oral epithelium, 45 dysplastic actinic cheilitis and 30 squamous cell carcinoma of the lip. This sample consisted of patients treated at the Botucatu Medicine School (Brazil) and the Clinical Hospital San Cecilio of Granada (Spain). The degree of epithelial dysplasia and tumor differentiation was classified based on the criteria defined by the World Health Organization. The evaluation of biomarkers was performed by immunohistochemical technique, dividing the thickness of the epithelium into four compartments (basal, suprabasal, middle third and upper third) for the control group and actinic cheilitis and three compartments (basal, suprabasal and inner region) to the group of squamous cell carcinoma of the lip. For comparing the average expression of each marker in different locations of the epithelium we used the statistical test of Kruskal-Wallis. For the correlation of the three markers expression between the groups was used Spearman, with 5% significance level. The results showed a slight loss of membranous expression of ß-catenin in the basal layer of actinic cheilitis with severe epithelial dysplasia (Cis) and squamous cell carcinoma of the lip, and a cytoplasmic and nuclear expression, slight and directly proportional to the epithelial disorganization in layers basal and suprabasal of actinic cheilitis and squamous cell carcinoma of the lip. It was also noted an increase in expression of cyclin D1 and Ki-67 in the basal layer as increased epithelial disorganization. There was a statistically significant association of cyclin expression D1 and Ki-67 in the suprabasal layer of the control group (p=0.030) and actinic cheilitis (p=0.001) and also in the inner region of squamous cell carcinoma of the lip (p=0.000). There was no significant correlation between the nuclear expression of ß-catenin and cyclin D1. Our results emphasize that ß-catenin, cyclin D1 and Ki-67 can be used as predictive biomarkers for lip cancer. Moreover, they suggest that ß-catenin and cyclin D1 acts on the lip carcinogenesis, in independent events signaling pathway/Wnt.(AU)
Descritores: beta Catenina/análise
Carcinoma de Células Escamosas/patologia
Queilite/patologia
Ciclina D1/análise
Neoplasias Labiais/patologia
-Biomarcadores Tumorais/análise
Estudos de Casos e Controles
Imuno-Histoquímica
Mucosa Bucal/patologia
Prognóstico
Valores de Referência
Reprodutibilidade dos Testes
Estatísticas não Paramétricas
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  5 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-867039
Autor: Saturno, Juvaní Lago.
Título: Análise imuno-histoquímica da Bcl-2, Bcl-6, c-Myc e ciclina D1 em linfomas de células B da região oral / Immunohistochemical analysis of Bcl-2, Bcl-6, c-Myc and Cyclin D in B cell lymphomas of the oral region.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 55 p. ilus, tab, graf. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Mestre.
Símbolo: BR.
Resumo: Neste trabalho foram analisados 30 casos de linfomas de células B da região oral, fixados em solução de formaldeído e incluídos em parafina, através da técnica de imuno-histoquímica para as proteínas c-Myc, Bcl-2, Bcl-6 e ciclina D1. Dos casos analisados 40% foram positivos para a marcação para c-Myc, 33,3% para a marcação para ciclina D1, 83,3% para a marcação para Bcl-2 e 53,3% para a marcação para Bcl-6. Todos os casos foram diagnosticados como linfomas difusos de grandes células B, o subtipo de linfoma com a maior casuística. A análise destas proteínas é de fundamental importância para o diagnóstico e direcionamento do tratamento de doenças hematopoiéticas, pois estão envolvidas em vários processos de controle da transcrição gênica, do ciclo celular e dos processos apoptóticos e o aumento do conhecimento sobre sua ação em diferentes subtipos de linfomas pode corroborar outros estudos

In this study, 30 cases of formalin-fixed and paraffin-embedded B-cell lymphomas of the oral region were submitted to immunohistochemistry for the detection of proteins c-Myc, Bcl-2, Bcl-6 and cyclin D1. Fourty percent (40%) of the studied cases were positive for c-Myc, 10% for cyclin D1, 83.3% for Bcl-2 and 53.3% for Bcl-6. The analysis of these proteins has fundamental importance for the diagnosis and treatment course of hematopoietic diseases, because they are involved in various processes controlling gene transcription and cell cycle. All cases were diffuse large B-cell lymphomas, the subtype with the highest incidence. The analysis of these proteins is very important for the diagnosis and treatment course of hematopoietic diseases, because they are involved in various processes controlling gene transcription, cell cycle and apoptotic processes and an increase in the knowledge of their action in different subtypes of lymphomas can corroborate to other studies
Descritores: Ciclina D1/análise
Ciclina D1/uso terapêutico
Imuno-Histoquímica/métodos
Proteínas/uso terapêutico
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica
BR97.1; T4.934


  6 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-863629
Autor: Sales, Katiuchia Uzzun.
Título: Ativação e bloqueio, da via de sinalização do PI3K, em células cultivadas de carcinoma epidermóide: correlação com a expressão das proteínas Akt, β - catenina, Ciclina D1 e PTEN / Activation and blockade, by way of signalling of PI3K, in squamous cell carcinoma of cultured cells: correlation with expression proteins.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 115 p. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a ", "_1": "Universidade de São Paulo", "_2": "Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Símbolo: BR.
Descritores: beta Catenina
Carcinoma de Células Escamosas
Ciclina D1
Fator de Crescimento Epidérmico
Proteína Oncogênica v-akt
Patologia Bucal
PTEN Fosfo-Hidrolase
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica
BR97.1; T3.964


  7 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-863587
Autor: Aburad, Arlindo Tadeu Teixeira.
Título: Expressão das proteínas ciclina D1, c-jun e do retinoblastoma e pesquisa do HPV em carcinomas epidermóides bucais / Expression of cyclin D1, c-jun, retinoblastoma protein and research of HPV in oral scamous cell carcinoma.
Fonte: São Paulo; s.n; 2006. 88 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo para obtenção do grau de Doutor.
Descritores: Carcinoma de Células Escamosas
Ciclina D1
Imuno-Histoquímica
Reação em Cadeia da Polimerase
Retinoblastoma
Proteína do Retinoblastoma
Responsável: BR97.1 - Serviço de Documentação Odontológica
BR97.1; TD65, A167e, 2006


  8 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Andrade, Gisele Braziliano
Machado, Rosangela Zacarias
Texto completo
Id: lil-731257
Autor: Andrade, Gisele Braziliano; Barreto, Wanessa Teixeira Gomes; Santos, Luciana Ladislau dos; Ribeiro, Laura Raquel Rios; Macedo, Gabriel Carvalho de; Sousa, Keyla Carstens Marques de; André, Marcos Rogério; Machado, Rosangela Zacarias; Herrera, Heitor Miraglia.
Título: Pathology of dogs in Campo Grande, MS, Brazil naturally co-infected with Leishmania infantum and Ehrlichia canis / Patologia de cães naturalmente coinfectados por Leishmania infantum e Ehrlichia canis em Campo Grande, MS, Brasil
Fonte: Rev. bras. parasitol. vet;23(4):509-515, Oct-Dec/2014. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Different parasites that commonly occur concomitantly can influence one another, sometimes with unpredictable effects. We evaluated pathological aspects of dogs naturally co-infected with Leishmania infantum and Ehrlichia canis. The health status of the dogs was investigated based on histopathological, hematological and biochemical analyses of 21 animals infected solely with L. infantum and 22 dogs co- infected with L. infantum and E. canis. The skin of both groups showed chronic, predominantly lymphohistioplasmacytic inflammatory reaction. The plasmacytosis in the lymphoid tissues was likely related with the hypergammaglobulinemia detected in all the dogs. The disorganization of extracellular matrix found in the reticular dermis of the inguinal region and ear, characterized by the substitution of thick collagen fibers for thin fibers, was attributed to the degree of inflammatory reaction, irrespective of the presence of parasites. In addition, the histopathological analysis revealed that twice as many dogs in the co-infected group presented Leishmania amastigotes in the ear skin than those infected solely with Leishmania, increasing the possibility of becoming infected through sand fly vectors. Our findings highlight the fact that the health of dogs infected concomitantly with L. infantum and E. canis is severely compromised due to their high levels of total plasma protein, globulins, alkaline phosphatase and creatine kinase, and severe anemia.

A infecção simultânea por parasitas de diferentes espécies pode resultar em alterações imprevisíveis. O presente estudo avaliou a patologia de cães naturalmente coinfectados por Leishmania infantum e Ehrlichia canis. A saúde dos cães foi investigada pelas análises histopatológicas, hematológicas e bioquímicas de 21 cães infectados somente por L. infantum e 22 cães coinfectados por L. infantum e E. canis. Observou-se uma reação inflamatória crônica, predominantemente linfohistioplasmocítica, na pele dos dois grupos. A plasmocitose, encontrada nos tecidos linfóides, provavelmente estava relacionada com a hipergamaglobulinemia observada em todos os cães amostrados. A desorganização da matriz extracelular da derme da região inguinal e da orelha, demonstrada pela substituição das fibras de colágeno espessas por fibras finas, foi relacionada com o grau de reação inflamatória, independente da presença de parasitas. Ainda, observamos duas vezes mais animais do grupo coinfectado apresentando formas amastigotas na pele de orelha pela histopatologia comparado ao número de cães infectados apenas por Leishmania, tornando-os desta forma mais infectivos aos vetores. Nossos resultados ressaltam que a saúde de cães coinfectados estava severamente comprometida devido aos altos níveis de proteína plasmática total, globulinas, fosfatase alcalina, creatina quinase e anemia acentuada.
Descritores: Ciclina D1/genética
Genes Supressores de Tumor
Ligases/genética
Proteínas Supressoras de Tumor
Ubiquitina-Proteína Ligases
Doença de von Hippel-Lindau/genética
-Northern Blotting
Carcinoma de Células Renais/genética
Perfilação da Expressão Gênica
Regulação Neoplásica da Expressão Gênica
Neoplasias Renais/genética
Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos
Oxigênio/farmacologia
Transfecção
Células Tumorais Cultivadas
Proteína Supressora de Tumor Von Hippel-Lindau
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 38 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-730767
Autor: Andrade, Fernanda Gonçalves de.
Título: Estudo das alterações na expressão gênica dos ependimomas / Study of gene expression alterations in ependymomas.
Fonte: São Paulo; s.n; 2014. [168] p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Ependimomas são tumores gliais raros. Podem ser encontrados em qualquer localização do sistema nervoso central e, apesar de histologia similar, parecem apresentar alterações genômicas distintas. As variáveis clínicas são intercorrelacionadas e, geralmente, incapazes de predizer o curso da doença. O objetivo do presente estudo foi analisar a expressão aumentada de genes e proteínas em ependimomas e correlacionar com dados clínicos dos pacientes. Foram estudados casos de pacientes com ependimoma submetidos à ressecção cirúrgica no Hospital das Clínicas, Universidade de São Paulo, no período entre 1996 e 2011 (33 amostras de tecido congelado para análise de expressão gênica por PCR quantitativo em tempo real e 149 amostras com tecido incluído em parafina, correspondentes a 121 casos devido a recidivas, para análise de proteína por imuno-histoquímica de tissue microarrays). As reações de imuno-histoquímica foram analisadas semiquantitativamente e graduadas com um índice de marcação calculado pelo produto da porcentagem de núcleos marcados pela intensidade de marcação. Oitenta e um casos eram adultos (média de 27,2 anos). Havia 60 casos intracranianos e 61 intramedulares, dos quais 10 eram mixopapilares, 92 grau II e 19 grau III. Ressecção completa foi possível em 62% dos casos e recidiva foi confirmada em 41,1%. Observou-se menor tempo para recidiva em crianças e tumores intracranianos, supratentoriais (p < 0,001 em ambos), histologia anaplásica e ressecções incompletas (p < 0,05 em ambos). Os seguintes genes foram selecionados em dados públicos de SAGE e literatura: ARMC3, CCND1, CHST5, DNALI1, FGFRL1, GNA13, IGF2, MSX1, NOTCH1 e RSPH3. ARMC3, RSHL3, CHST5 e DNALI1 apresentaram maiores níveis de expressão em ependimomas intramedulares (p < 0,05), e FGFRL1, NOTCH1 e CCND1 nos casos supratentoriais (p < 0,01). IGF2 apresentou maiores níveis de expressão em crianças e CHST5 em adultos (p < 0,05 em ambos). Foram observados maiores níveis de expressão de FGFRL1...

Ependymomas are rare glial cell-derived tumors. They can be found in any central nervous system localization and despite the histological similarity, they seem to display distinct genomic abnormalities. Clinical variables are intercorrelated and they are usually unable to predict the disease course. We aimed to analyze increased gene and protein expression in ependymomas and to correlate with patients' clinical data. We studied patients with ependymoma submitted to surgical resections at Hospital das Clinicas, University of São Paulo, from 1996 to 2011 (33 fresh-frozen samples for gene expression analysis by quantitative real-time PCR and 149 formalin-fixed, paraffin-embedded samples, relative to 121 patients due to relapses, for protein analysis by tissue microarray immunohistochemistry). Immunohistochemical reactions were analyzed semi-quantitatively and scored with a labeling index (LI) calculated as the product of the percentage of the positively stained nuclei by the intensity of staining. Eighty-one cases were adults (mean 27.2 years). There were 60 intracranial and 61 spinal cases, of which 10 tumors were myxopapillary, 92 were grade II and 19 were grade III. Gross total resection was achieved in 62% of cases and relapse was confirmed in 41.4% of cases. We observed a shorther time to relapse in children and supratentorial intracranial tumor localization (p<0.001 for both), anaplastic histology and incomplete resections (p<0.05 for both). The following genes were selected based on public SAGE database and literature: ARMC3, CCND1, CHST5, DNALI1, FGFRL1, GNA13, IGF2, MSX1, NOTCH1 and RSPH3. ARMC3, RSHL3, CHST5 and DNALI1 presented higher expression levels in intramedullary ependymomas (p < 0.05) and FGFRL1, NOTCH1 and CCND1 in supratentorial cases (p < 0.01). IGF2 presented higher expression levels in pediatric cases and CHST5 in adults cases (p < 0.05 in both). Higher expression levels of FGFRLI1 (p < 0.05), CCND1 and IGF2...
Descritores: Ciclina D1
Ependimoma/genética
Expressão Gênica
Estudos de Associação Genética
Glioma/genética
Imuno-Histoquímica
Biomarcadores Tumorais
Prognóstico
Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
Análise Serial de Tecidos
-Neoplasias Encefálicas
Neoplasias da Medula Espinal/genética
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Pessoa de Meia-Idade
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação


  10 / 38 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-727664
Autor: Xia, D.Y.; Liu, L.; Hao, M.W.; Liu, Q.; Chen, R.A.; Liang, Y.M..
Título: A combination of STI571 and BCR-ABL1 siRNA with overexpressed p15INK4B induced enhanced proliferation inhibition and apoptosis in chronic myeloid leukemia
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;47(12):1096-1101, 12/2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: p15INK4B, a cyclin-dependent kinase inhibitor, has been recognized as a tumor suppressor. Loss of or methylation of the p15INK4B gene in chronic myeloid leukemia (CML) cells enhances myeloid progenitor formation from common myeloid progenitors. Therefore, we examined the effects of overexpressed p15INK4B on proliferation and apoptosis of CML cells. Overexpression of p15INK4B inhibited the growth of K562 cells by downregulation of cyclin-dependent kinase 4 (CDK4) and cyclin D1 expression. Overexpression of p15INK4B also induced apoptosis of K562 cells by upregulating Bax expression and downregulating Bcl-2 expression. Overexpression of p15INK4B together with STI571 (imatinib) or BCR-ABL1 small interfering RNA (siRNA) also enhanced growth inhibition and apoptosis induction of K562 cells. The enhanced effect was also mediated by reduction of cyclin D1 and CDK4 and regulation of Bax and Bcl-2. In conclusion, our study may provide new insights into the role of p15INK4B in CML and a potential therapeutic target for overcoming tyrosine kinase inhibitor resistance in CML.
Descritores: Apoptose/efeitos dos fármacos
Benzamidas/farmacologia
Proliferação de Células/efeitos dos fármacos
/metabolismo
CYCLIN-DEPENDENT KINASE INHIBITOR PABNORMALITIES, DRUG-INDUCED/metabolismo
Proteínas de Fusão bcr-abl/metabolismo
Leucemia Mielogênica Crônica BCR-ABL Positiva/tratamento farmacológico
Piperazinas/farmacologia
Pirimidinas/farmacologia
RNA Interferente Pequeno/farmacologia
-Antineoplásicos/farmacologia
Benzamidas/metabolismo
Ciclina D1/efeitos dos fármacos
Ciclina D1/metabolismo
/efeitos dos fármacos
CYCLIN-DEPENDENT KINASE ABBREVIATIONS AS TOPIC/efeitos dos fármacos
/metabolismo
CYCLIN-DEPENDENT KINASE ABBREVIATIONS AS TOPIC/metabolismo
/genética
CYCLIN-DEPENDENT KINASE INHIBITOR PABNORMALITIES, DRUG-INDUCED/genética
Combinação de Medicamentos
Resistencia a Medicamentos Antineoplásicos
Regulação para Baixo/efeitos dos fármacos
Proteínas de Fusão bcr-abl/antagonistas & inibidores
Proteínas de Fusão bcr-abl/genética
Expressão Gênica/genética
KAMDINOCILLIN PIVOXIL CELLS
Leucemia Mielogênica Crônica BCR-ABL Positiva/metabolismo
Piperazinas/metabolismo
Inibidores de Proteínas Quinases/farmacologia
/efeitos dos fármacos
PROTO-ONCOGENE PROTEINS C-BCL-TEMEFOS/efeitos dos fármacos
/metabolismo
PROTO-ONCOGENE PROTEINS C-BCL-TEMEFOS/metabolismo
Pirimidinas/metabolismo
/efeitos dos fármacos
BCL-TEMEFOS-ASSOCIATED X PROTEIN/efeitos dos fármacos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde