Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.644.400.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 5 [refinar]
Mostrando: 1 .. 5   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 5 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1025676
Autor: Schulz, Mariane Leichsenring.
Título: Investigação dos processos biológicos associados à produção endógena de aldeídos reativos / Research on biological processes associated with endogenous production of reactive aldehydes.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019. 93 p. tab, ilus, graf.
Idioma: pt; fr.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Instituto de Química para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Os aldeídos são espécies reativas que podem ser produzidos endogenamente por processos como a lipoperoxidação, podendo reagir com lipídios, proteínas e DNA. Diversas evidências apontam para o envolvimento de aldeídos reativos na progressão de patologias como doenças cardiovasculares, arteriosclerose e doenças neurodegenerativas. Uma meta central do CEPIDRedoxoma é estudar a reatividade química de intermediários redox em ambientes biológicos e consequentes mudanças na estrutura e função de biomoléculas, entender como cada intermediário redox reage com biomoléculas específicas e os efeitos resultantes, essenciais para a concepção de biomarcadores e antioxidantes. O nosso grupo estuda os mecanismos de formação, detoxificação e reação com biomoléculas de aldeídos reativos endógenos e exógenos e seu papel em patologias como a esclerose lateral amiotrófica (ALS). Um dos mecanismos de detoxificação desses aldeídos é através da conjugação com a carnosina. Recentemente, foi observado que a suplementação de animais transgênicos ALS SOD G93A com carnosina via oral resultou em retardo da perda de peso e tendência de aumento da sobrevida dos animais. O presente projeto buscou investigar o possível papel da carnosina em animais modelo para ALS. Para isso as modificações em DNA induzidas por aldeídos reativos e a formação de adutos de carnosina-aldeídos foram analisadas através de metodologia HPLC-MS/MS. Assim observamos que ratos suplementados com carnosina apresentaram níveis significativamente menores de proteína carbonilada em músculo e fígado. Em fígadoforam vistos níveis menores de dois adutos de DNA, 8-oxodGuo e1,N2-HO-propanodGuo, em animais suplementados. Em cérebro foram detectados níveis menores de 1, N2-εdGuo. Com relação aos adutos carnosina-aldeídos, foi observado níveis significativamente maiores do aduto CAR-HHE na medula. Com embasamento nos resultados aqui apresentados, sugere-se a utilização de sequestradores de aldeídos como uma estratégia terapêutica em condições fisiopatológicas nas quais ao acúmulo dessas espécies está comprovado

Aldehydes are reactive species that can be produced endogenously by processes such as lipid peroxidation, which can react with lipids, proteins and DNA. Several evidences point to the involvement of reactive aldehydes in the progression of pathologies such as cardiovascular diseases, atherosclerosis and neurodegenerative diseases. A central goal of CEPID-Redoxoma is to study the chemical reactivity of redox intermediates in biological environments and consequent changes in the structure and function of biomolecules, to understand how each redox intermediate reacts with specific biomolecules and the resulting effects, essential for the design of biomarkers and antioxidants. Our group studies the mechanisms of formation, detoxification and reaction with biomolecules of endogenous and exogenous reactive aldehydes and their role in pathologies such as amyotrophic lateral sclerosis (ALS). One of the detoxification mechanisms of these aldehydes is through carnosine conjugation. Recently, we observed that oral carnosine supplementation in transgenic ALS SODG93A animals resulted in delayed weight loss and a tendency to increase the survival of the animals. The present project investigated the potential role of carnosine in animal models for ALS. Thus, reactive aldehydes induced DNA modifications and carnosine aldehyde adducts were analyzed by HPLC-MS/MS. We observed that rats supplemented with carnosine presented significantly lower levels of protein carbonylation in muscle and liver. Lower levels of two DNA adducts, 8-oxodGuo and 1, N2-HO-propanodGuo, were observed in liver of the supplemented animals. Lower levels of 1, N2-εdGuo were detected in the brain. Regarding the carnosine-aldehydeadducts, significantly higher levels of the CAR-HHE adduct were observed in spinal cord. The results presented here suggest the use of aldehyde scavengers as a therapeutic strategy under pathological conditions in which is proven the accumulation of these species
Descritores: Fenômenos Biológicos
Carnosina/efeitos adversos
Aldeídos/análise
Esclerose Amiotrófica Lateral/patologia
-Espectrometria de Massas/métodos
Cromatografia Líquida/métodos
Adutos de DNA
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Ratos
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T574.192, S388i. 30100026370-Q


  2 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-726357
Autor: James, Ruth Margaret; Cooper, Simon Brian; Robertson, Jacques; Martin, Daniel; Harris, Roger Charles; Sale, Craig.
Título: Effect of ß-alanine supplementation on 20 km cycling time trial performance
Fonte: Rev. bras. educ. fís. esp;28(3):395-403, Jul-Sep/2014. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: The effects of ß-alanine supplementation on high-intensity cycling performance and capacity have been evaluated, although the effects on longer duration cycling performance are unclear. Nineteen UK category 1 male cyclists completed four 20 km cycling time trials, two before and two after supplementation with either 6.4 g•d-1 ß-alanine (n = 10; BA) or a matched placebo (n = 9; P). Performance time for the 20 km time trial and 1 km split times were recorded. There was no significant effect of ß-alanine supplementation on 20 km time trial performance (BA-pre 1943 ± 129 s; BA-post 1950 ± 147 s; P-pre 1989 ± 106 s; P-post 1986 ± 115 s) or on the performance of each 1 km split. The effect of ß-alanine on 20 km time trial performance was deemed unclear as determined by magnitude based inferences. Supplementation with 6.4 g•d-1 of ß-alanine for 4 weeks did not affect 20 km cycling time trial performance in well trained male cyclists
Descritores: Ciclismo
Carnosina
Músculos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR13.2 - Biblioteca Central de Gragoatá


  3 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-539541
Autor: Cunha, Luiz Antônio da.
Título: Avaliação da influência do dipeptídeo N-Beta-alanil-L-histidina (L-carnosina) sobre a cinética de expansão de culturas de células diplóides humanas, estirpe MRC-5 / Evaluation of the influence of dipeptide N-Beta-alanyl-L-histidine (L-carnosine) on the kinetics of growth of cultures of human diploid cell strain MRC-5.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2007. xviii,88 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Instituto Oswaldo Cruz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Um acordo internacional de transferência de tecnologia, firmado em 2003, entre a FIOCRUZ e a GlaxoSmithKline permitiu o acesso de Bio-Manguinhos a um moderno processo produtivo da vacina tríplice viral (TVV) contra o sarampo, a caxumba e a rubéola. A produção dessa vacina é parte do compromisso de Bio-Manguinhos com o programa nacional de auto-suficiência em imunobiológicos, tido como uma meta prioritária da política de saúde pública do governo brasileiro. A tecnologia aplicada para a produção da TVV envolve o uso de células MRC-5 como substrato celular para a produção de vírus vacinais da rubéola, particularmente da cepa Wistar RA27/3. A estirpe MRC-5 é reconhecida como um dos mais importantes substratos celulares para a produção de vacinas virais, e também sido adotada como modelo de estudo para senescência celular in vitro. A senescência celular é um estágio fisiológico complexo pelo qual, invariavelmente, qualquer população de células somáticas normais passa após atingir um determinado número de mitoses. Esse estágio fisiológico é caracterizado nas células diplóides pela contenção da capacidade de se multiplicar e pelo desenvolvimento de alterações morfológicas peculiares, especialmente quando cultivadas in vitro. Com o objetivo de aprimorar o monitoramento de estirpes de células diplóides humanas (HDCS - do inglês Human Diplóide Cells Strains) e contribuir para o estabelecimento da base de conhecimento necessário para a futura aplicação no processo de produção de TVV em Bio-Manguinhos, nós avaliamos culturas de células MRC-5 condicionadas com carnosina, em três diferentes aspectos: cinética de crescimento, propagação da cepa vacinal, Wistar RA27/3, do vírus da rubéola e a expressão do marcador biológico de senescência, a enzima Beta-galactosidase AS (Beta-gal AS). A avaliação do potencial antioxidante e antisenescente atribuído a carnosina, um dipeptídeo ubíquo à fisiologia de todos os animais superiores, sobre as células MRC-5 pode contribuir...
Descritores: Envelhecimento
beta-Galactosidase
Carnosina
Diploide
Vírus da Rubéola
Vacinas
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas
BR15.1


  4 / 5 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Almeida, Solange Maria de
Vizioli, Mario Roberto
Boscolo, Frab Norberto
Texto completo
Id: lil-416871
Autor: Tanaka, Rosana Aramaki; Ramos, Flávia Maria de Moraes; Almeida, Solange Maria de; Vizioli, Mário Roberto; Bóscolo, Frab Norberto.
Título: Evaluation of radioprotective effect of carnosine (beta- alanyl-1- histidine) on the wound healing in rats
Fonte: J. appl. oral sci;13(3):253-258, July-Sept. 2005.
Idioma: en.
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito radioprotetor da carnosina (b-alanil-1-histidina) no processo de cicatrizacão em ratos. Para isto, 48 ratos machos foram submetidos a um procedimento cirúrgico para realizacão de uma ferida retangular na região dorsal anterior. Os animais foram divididos aleatoriamente em 4 grupos experimentais: controle, irradiado, carnosina irradiado e carnosina. Os grupos carnosina e carnosina irradiado foram exposto a uma dose de corpo todo de 6 Gy de radiacão gama, 72 horas após a cirurgia para confeccão da ferida. O grupo carnosina e carnosina irradiado, adicionalmente, ao procedimento cirúrgico e a irradiacão, receberam duas doses de solucão aquosa de carnosina, a primeira sendo injetada 48 horas após a cirurgia, e a segunda 1 hora e 30 minutos antes da irradiacão. A reparacão tecidual nos 4 grupos foi avaliada 4, 7, 14 e 21 dias após a realizacão da ferida, por métodos morfológicos, histoquímicos e histofísicos. Em todos os períodos examinados, pode ser observado que os animais do grupo carnosina irradiado apresentaram um melhor desenvolvimento do tecido de granulacão do que o grupo irradiado e muito similar ao do grupo controle. Logo, de acordo com as condicões experimentais usadas, foi possível concluir que a carnosina é uma substância radioprotetora efetiva.
Descritores: Carnosina
Radiação Ionizante
-Cicatrização
Protetores contra Radiação
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR28.1 - Serviço de Biblioteca e Documentação Professor Doutor Antônio Gabriel Atta


  5 / 5 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-147495
Autor: Jardim, Laura Bannach.
Título: Erros inatos do metabolismo e epilepsia / Inborn errors of metabolism and epilpsy
Fonte: J. Liga Bras. Epilepsia;6(1):21-6, 1993. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O autor revisa aqui erros inatos do metabolismo (EIM) que podem ter crises convulsivas entre suas manifestaçöes clínicas. Os mecanismos epileptogênicos distintos de cada EIM säo abordados ou ao menos sugeridos e, a seguir dá-se um roteiro de abordagem diagnóstica das convulsöes, com possível etiologia metabólica
Descritores: Epilepsia
Erros Inatos do Metabolismo/etiologia
Convulsões
-Acidose Láctica
Erros Inatos do Metabolismo dos Aminoácidos
Amônia
beta-Alanina/deficiência
Biotina/deficiência
Carnosina
Coenzimas/deficiência
Cobre/deficiência
Di-Hidroxifenilalanina/deficiência
Hipoglicemia
Erros Inatos do Metabolismo dos Metais
Molibdênio/deficiência
Porfirinas
Próteses e Implantes
Insuficiência Respiratória
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde