Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.124.050.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 237 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 24 ir para página                         

  1 / 237 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1289283
Autor: Pérez Díaz, Pedro; Abellán Huerta, José; Jurado Román, Alfonso; Sánchez Pérez, Ignacio; Lluva, María Thiscal López; Frías García, Raquel; Martínez del Río, Jorge; Morón Alguacil, Alfonso; Lozano Ruiz-Poveda, Fernando.
Título: Biomarcadores inflamatorios y extensión de aterosclerosis coronaria en pacientes con síndrome coronario agudo: Estudio observacional prospectivo en un hospital general universitario / Circulating markers of inflammation and severity of coronary atherosclerosis in acute coronary syndrome: Prospective observational study in a general university hospital
Fonte: Rev. colomb. cardiol;27(6):630-636, nov.-dic. 2020. tab.
Idioma: es.
Resumo: Resumen Objetivo: Encontrar una relación entre los niveles de proteína C reactiva (PCR) y fibrinógeno, y la extensión de la aterosclerosis en el síndrome coronario agudo. Métodos: Estudio observacional prospectivo, en el que se incluyeron 873 pacientes con síndrome coronario atendidos en un hospital entre 2016 y 2018. Se analizaron niveles de PCR y fibrinógeno, marcadores metabólicos y extensión de la aterosclerosis coronaria. Resultados: No se halló correlación positiva entre los niveles de PCR y fibrinógeno y los marcadores metabólicos, así como tampoco con enfermedad de uno, dos y tres vasos (p 0,829; p 0,810). Conclusiones: Los niveles sanguíneos de PCR y fibrinógeno se relacionan con la tasa de eventos cardiovasculares, pero no se ha podido demostrar que exista relación entre estos y la severidad de la aterosclerosis coronaria.

Abstract Objective: To determine whether there is a relationship between C - reactive protein and fibrinogen levels and the extent of atherosclerosis in acute coronary syndrome. Methods: A prospective observational study was conducted that include 873 patients with coronary syndrome treated in a hospital between the years 2016 and 2018. An analysis was made that included C - reactive protein and fibrinogen levels, metabolic markers, extent of coronary atherosclerosis. Results: No positive correlation was found between the C - reactive protein and fibrinogen levels and the metabolic markers, nor with one, two, or three vessel disease (P=.829; P=.810). Conclusions: Although blood C-Reactive Protein and fibrinogen levels are associated with the rate of cardiovascular events, this study was unable to demonstrate whether there is a relationship between these and the severity of the coronary atherosclerosis.
Descritores: Proteína C-Reativa
-Fibrinogênio
Vasos Coronários
Aterosclerose
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CO369.9 - SCC - Sociedad Colombiana de Cardiologia y Cirugía Cardiovascular


  2 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Azevedo, Ramiro Anthero de
Martins, José Luiz
Texto completo
Id: biblio-837538
Autor: Vicentine, Fernando Pompeu Piza; Gonzalez, Adriano Miziara; Azevedo, Ramiro Anthero de; Benini, Barbara Burza; Linhares, Marcelo Moura; Lopes-Filho, Gaspar de Jesus; Martins, Jose Luiz; Salzedas-Netto, Alcides Augusto.
Título: Pediatric liver transplantation with ex-situ liver transection and the application of the human fibrinogen and thrombin sponge in the wound area / Transplante hepático pediátrico com transecção hepática ex-situ e aplicação da esponja de fibrinogênio e trombina humana na área cruenta
Fonte: ABCD arq. bras. cir. dig;29(4):236-239, Oct.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Background: Surgical strategy to increase the number of liver transplants in the pediatric population is the ex-situ liver transection (reduction or split). However, it is associated with complications such as hemorrhage and leaks. The human fibrinogen and thrombin sponge is useful for improving hemostasis in liver surgery. Aim: Compare pediatric liver transplants with ex-situ liver transection (reduction or split) with or without the human fibrinogen and thrombin sponge. Methods: Was performed a prospective analysis of 21 patients submitted to liver transplantation with ex-situ liver transection with the application of the human fibrinogen and thrombin sponge in the wound area (group A) and retrospective analysis of 59 patients without the sponge (group B). Results: The characteristics of recipients and donors were similar. There were fewer reoperations due to bleeding in the wound area in group A (14.2%) compared to group B (41.7%, p=0.029). There was no difference in relation to the biliary leak (group A: 17.6%, group B: 5.1%, p=0.14). Conclusion: There was a lower number of reoperations due to bleeding of the wound area of ​​the hepatic graft when the human fibrinogen and thrombin sponge were used.

RESUMO Racional: Estratégia cirúrgica para aumentar o número de transplantes hepáticos na população pediátrica é a transecção hepática ex-situ (redução ou split). No entanto, ela está associada com complicações, tais como hemorragia e fístulas. A esponja de fibrinogênio e trombina humana é útil para melhorar a hemostasia nas operações hepáticas. Objetivo: Comparar transplantes hepáticos pediátricos com transecção hepática ex-situ (redução ou split) com ou sem a esponja de fibrinogênio e trombina humana. Métodos: Foi realizada análise prospectiva de 21 pacientes submetidos ao transplante de fígado com transecção hepática ex-situ com a aplicação da esponja de fibrinogênio e trombina humana na área cruenta (grupo A) e análise retrospectiva de 59 pacientes sem a esponja (grupo B). Resultados: As características dos receptores e doadores eram semelhantes. Observou-se menor número de reoperações devido à hemorragia na área da cruenta no grupo A (14,2%) em comparação com o grupo B (41,7%, p=0,029). Não houve diferença em relação à fístula biliar (grupo A: 17,6%, grupo B: 5,1%, p=0,14). Conclusão: Houve menor número de reoperações por sangramento da área cruenta do enxerto hepático quando a esponja de fibrinogênio e trombina humana foi utilizada.
Descritores: Fibrinogênio/administração & dosagem
Tampões de Gaze Cirúrgicos
Transplante de Fígado
Ferida Cirúrgica/tratamento farmacológico
Hepatectomia/métodos
Fígado/cirurgia
-Trombina/administração & dosagem
Estudos Prospectivos
Estudos Retrospectivos
Limites: Humanos
Criança
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-414456
Autor: Izar, Maria Cristina de Oliveira; Fonseca, Francisco Antonio Helfenstein; Ihara, Sílvia Saiuli Miki; Relvas, Waldir Gabriel Miranda.
Título: A biologia molecular e os avanços na prevenção da ruptura da placa vulnerável / Molecular biology as a tool in the prevention of vulnerable plaque rupture
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;12(4):680-693, jul.-ago. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica,complexa, que afeta seletivamente a rede arterial, resultando de uma ação combinada de fatores genéticos e ambientais, e a ruptura da placa e a trombose subseqüente são eventos desencadeantes das síndromes coronárias agudas. A biologia molecular, como ferramenta, contribui para o desenvolvimento de estratégias que permi- tam o reconhecimento da placa vulnerável e promovam sua estabilização. Novas abordagens genômicas têm permitido a identificação de grupos de genes que determinam tanto a suscetibilidade como a resistência à aterosclerose e às complicações trombóticas. O conhecimento do perfil dos polimorfismos genéticos poderá facilitar o rastreamento dos indivíduos com placas vulneráveis e viabilizar novas abordagens terapêuticas e melhor prognóstico clínico. Portanto, alguns genes que afetam o metabolismo lipídico, a hemostasia, a inflamação, a função endotelial, o sistema renina-angiotensina-aldosterona, a resistência à insulina e o estresse oxidativo aparecem como novas perspectivas para genes candidatos. O estudo da expressão gênica diferencial, por meio de técnicas como DD/RT-PCR, SAGE ou "cDNA array", permitirá analisar um painel de genes, cujas interações das proteínas por eles codificadas resultam no desfecho do processo de ruptura da placa. Finalmente, a possibilidade de emprego da terapia gênica para corrigir doenças de herança mendeliana ou na prevenção de doenças de cunho degenerativo apresenta-se como uma proposta promissora no advento das novas técnicas que farão parte da Medicina do futuro...
Descritores: Arteriosclerose
Trombose
Estresse Oxidativo
Hemostasia
Biologia Molecular
Inflamação
-Citocinas
Interleucina-6
Interleucina-1
Interleucina-10
Hipercolesterolemia
Fibrinogênio
Infarto do Miocárdio
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  4 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-414454
Autor: Maia, Lilia Nigro; Costa, Osana Coelho; Lemos, Maria Angélica; Nicolau, José Carlos.
Título: Evidências epidemiológicas da inflamação e emprego dos marcadores inflamatórios da placa vulnerável / Epidemiological evidences of infammation and the use of the inflammatory markers of vulnerable plaque
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;12(4):662-671, jul.-ago. 2002.
Idioma: pt.
Resumo: A década passada foi caracterizada pelo crescente interesse na idéia de que a aterosclerose é uma doença inflamatória e pelo achado de que níveis séricos de marcadores da inflamação podem ser utilizados para prognosticar o risco de eventos cardiovasculares. Mais recentemente, vários estudos epidemiológicos, prospectivos e de grande escala têm demonstrado que muitos desses marcadores inflamatórios, como as moléculas de adesão celular solúveis, as proteínas de fase aguda, como a proteína C-reativa, a proteína A amilóide sé rica e o fibrinogênio, algumas citocinas, como a interleuci- na-1, a interleucina-6 e a interleucina-10 (antiinflamatória), e o fator de necrose tumoral-alfa, entre outros, são fortes preditores de risco cardiovascular futuro, tanto em indivíduos saudáveis como naqueles com doença cardiovascular conhecida, e tanto em homens como em mulheres, jovens ou idosos. Progressos nesse campo aumentam nossa capacidade de prognosticar o risco de tais eventos, fornecem novas direções potenciais para o tratamento da aterosclerose, e prometem contribuir para uma nova era da Medicina cardiovascular preventiva...
Descritores: Arteriosclerose
Estudos Epidemiológicos
Inflamação
Proteína C-Reativa
-Fumar
Interleucina-6
Interleucina-10
Fibrinogênio
Infarto do Miocárdio
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  5 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1281201
Autor: Silva, Kaohana Thaís da; Magro-Érnica, Natasha; Garbin-Júnior, Eleonor Álvaro; Griza, Geraldo Luiz; Pasqualotto, Larissa Nicole; Pavelski, Maicon Douglas.
Título: Cirurgia Odontológica em Paciente Portador de Hipofibrinogenemia / Dental Surgery In Patient With Hypofibrinogenemia
Fonte: Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac;17(2):13-18, abr.-jun. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: O fibrinogênio é uma proteína do sangue, fundamental na fase final de coagulação sanguínea. A hipofibrinogenemia é uma doença hemorrágica rara, em que ocorre uma deficiência quantitativa na produção do fibrinogênio. Os sintomas variam de acordo com a quantidade de fibrinogênio produzido pelo organismo e sua capacidade de funcionamento. Pacientes diagnosticados com essa condição que necessitem de cirurgia odontológica demandam de planejamento multidisciplinar. O presente estudo teve por objetivo relatar a conduta pré, trans e pós-operatória de um paciente portador de hipofibrinogenemia, com necessidade de cirurgia odontológica para exodontia de terceiros molares. O procedimento foi planejado pelo cirurgião-dentista em conjunto com o hematologista, em que os devidos cuidados foram adotados para segurança e conforto do paciente. A cirurgia foi realizada sem intercorrências e com sangramento compatível a não portadores dessa alteração... (AU)

Fibrinogen is an essential blood protein involved in the final stage of blood coagulation. The hypofibrinogenemia is a rare bleeding disorder that promotes a quantitative deficiency in the fibrinogen production. Symptoms vary according to the quantity of fibrinogen synthesis and its function in the organism. Patients diagnosed with this condition will demand multidisciplinary treatment planning in erder to have oral surgery procedures. The aim of this study was to report pre, trans, and postoperative management of a patient with hypofibrinogenemia requering oral surgery for third molars extraction. The procedure was planned by the dental surgeon in conjunction with the hematologist, where due care was taken for patient safety and comfort. The surgery was performed without complications, and bleeding was compatible with those who did not... (AU)
Descritores: Cirurgia Bucal
Coagulação Sanguínea
Cuidados Pré-Operatórios
Fibrinogênio
Fenda Labial
Dente Serotino
Limites: Humanos
Masculino
Adolescente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR310.1 - Biblioteca Professor Guilherme Simões Gomes


  6 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1089599
Autor: Zhang, Yi; Cao, Junyan; Deng, Yinan; Huang, Yiming; Li, Rong; Lin, Guozhen; Dong, Min; Huang, Zenan.
Título: Pretreatment plasma fibrinogen level as a prognostic biomarker for patients with lung cancer
Fonte: Clinics;75:e993, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: National Natural Science Foundation of China.
Resumo: Many researchers have shown that pretreatment plasma fibrinogen levels are closely correlated with the prognosis of patients with lung cancer (LC). In this study, we thus performed a meta-analysis to systematically assess the prognostic value of pretreatment plasma fibrinogen levels in LC patients. A computerized systematic search in PubMed, EMBASE, Web of Science and China National Knowledge Infrastructure (CNKI) was performed up to March 15, 2018. Studies with available data on the prognostic value of plasma fibrinogen in LC patients were eligible for inclusion. The pooled hazard ratios (HRs) and odd ratios (ORs) with 95% confidence intervals (CIs) were used to evaluate the correlation between pretreatment plasma fibrinogen levels and prognosis as well as clinicopathological characteristics. A total of 17 studies with 6,460 LC patients were included in this meta-analysis. A higher pretreatment plasma fibrinogen level was significantly associated with worse overall survival (OS) (HR: 1.57; 95% CI: 1.39-1.77; p=0.001), disease-free survival (DFS) (HR: 1.53; 95% CI: 1.33-1.76; p=0.003), and progression-free survival (PFS) (HR: 3.14; 95% CI: 2.15-4.59; p<0.001). Furthermore, our subgroup and sensitivity analyses demonstrated that the pooled HR for OS was robust and reliable. In addition, we also found that a higher fibrinogen level predicted advanced TNM stage (III-IV) (OR=2.18, 95% CI: 1.79-2.66; p<0.001) and a higher incidence of lymph node metastasis (OR=1.74, 95% CI: 1.44-2.10; p=0.02). Our study suggested that higher pretreatment plasma fibrinogen levels predict worse prognoses in LC patients.
Descritores: Fibrinogênio/metabolismo
Carcinoma Pulmonar de Células não Pequenas/sangue
Neoplasias Pulmonares/sangue
-Prognóstico
Fibrinogênio/análise
Biomarcadores/sangue
Análise de Sobrevida
China
Carcinoma Pulmonar de Células não Pequenas/metabolismo
Carcinoma Pulmonar de Células não Pequenas/mortalidade
Intervalo Livre de Doença
Intervalo Livre de Progressão
Neoplasias Pulmonares/metabolismo
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Metanálise
Revisão Sistemática
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-434895
Autor: Fronza, Marcio; Wrasse, Micheli; Brum Junior, Liberato; Sangoi, Maximiliano S; Dalmora, Sérgio L.
Título: Evaluation of the changes on hemostatic parameters induced by valdecoxib in male Wistar rats / Avaliação dos efeitos do valdecoxibe sobre os parâmetros hemostáticos de ratos Wistar
Fonte: Rev. bras. hematol. hemoter;28(1):28-32, jan.-mar. 2006. ilus, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: The effects of the cyclooxygenase (COX)-2 selective inhibitor, valdecoxib, on blood coagulation parameters were evaluated, along with aspirin in male Wistar rats. Groups of animals were administered a daily oral dose of 10 mg/kg rat of valdecoxib, 100 mg/kg rat of aspirin and the vehicle alone during 4 weeks. Blood samples were collected at the end of 1, 2, 3 and 4 weeks of administration period and the plasma concentrations of valdecoxib were determined by RP-HPLC giving mean values of 101.1, 113.5, 164.0 and 184.6 ng/mL, respectively. The same plasma samples were used for the analysis of hematological parameters and the results compared to the controls. Valdecoxib induced significant activated partial thromboplastin time reduction (18 percent) after 2 weeks and prothrombin time reduction (12.2 percent) after 3 weeks (P<0.05). There were no significant changes in the platelet count and fibrinogen levels. The anti-factor Xa and anti-factor IIa activities showed slight reductions, but only significant for the anti-factor Xa on the 3rd week (6.7 percent). The results showed that valdecoxib at the dose tested with the plasmatic concentrations induced some changes in the hemostatic function of rats, which can be helpful to understand the side effects and the safe use of the drug.

Avaliaram-se os efeitos do valdecoxibe, um inibidor seletivo da cicloxigenase-2 (COX-2), sobre os parâ­metros sangüíneos da coagulação em ratos Wistar utilizando-se paralelamente a aspirina. Os animais foram divididos em grupos e submetidos à administração oral diária de 10 mg/kg animal para o valdecoxib, 100 mg/kg animal para a aspirina e veículo para o grupo controle, durante quatro semanas. A coleta do sangue foi efetuada após uma, duas, três e quatro semanas, e as concentrações plasmáticas do valdecoxibe determinadas por cromatografia líquida, obtendo-se valores médios de 101,1 - 113,5 - 164 e 184,6 ng/ml, respectivamente. As amostras de plasma foram também usadas para as análises hematológicas e os resultados comparados aos dos controles. O valde­coxibe apresentou redução significativa no TTPA (18 por cento) após duas semanas, e redução do TP (12,2 por cento) após três semanas (P<0.05). Os efeitos observados na contagem de pla­quetas e nos níveis plasmáticos de fibrinogênio não foram significativos. As atividades anti-fator Xa e anti-fator IIa apresentaram redução, porém os resultados foram significativos somente para o anti-fator Xa na terceira semana (6,7 por cento). Os resultados experimentais com as concentrações plasmáticas alcan­çadas demonstram que o valdecoxibe pode induzir alterações nos parâ­metros hematológicos dos ratos. Esses dados poderão contribuir para a melhor compreensão dos efeitos colaterais e uso do fármaco com segurança.
Descritores: Prostaglandina-Endoperóxido Sintases
-Tempo de Tromboplastina Parcial
Contagem de Plaquetas
Tempo de Protrombina
Coagulação Sanguínea
Fibrinogênio
Hemostáticos
Aspirina
Cromatografia Líquida
Ratos Wistar
Dosagem
Parâmetros de Referência
Responsável: BR408.1 - Biblioteca da Faculdade de Medicina - BFM


  8 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Caramelli, Bruno
Texto completo
Id: lil-107901
Autor: Santos Filho, Raul Dias dos; Tranchesi Júnior, Bernardino; Caramelli, Bruno; Barbosa, Vânia; Gebara, Otávio; Albuquerque, Cícero P de; Vinagre, Carmem; Maranhäo, Raul; Pileggi, Fúlvio.
Título: Influência da lipoproteína (a) trombólise com rt-PA no infarto do miocárdio / The influence of lipoprotein (a) in thrombolysis with rt-PA for myocardial infarction
Fonte: Arq. bras. cardiol;57(1):9-12, jul. 1991. tab, ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico
Infarto do Miocárdio/tratamento farmacológico
Lipoproteínas/sangue
Terapia Trombolítica
-Radioimunoensaio
Aspirina/administração & dosagem
Ativador de Plasminogênio Tecidual/administração & dosagem
Injeções Intravenosas
Administração Oral
Fibrinogênio/análise
Infarto do Miocárdio/sangue
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 237 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1136295
Autor: Hayiroglu, Mert Ilker; Çinar, Tufan; Tekkesin, Ahmet Ilker.
Título: Fibrinogen and D-dimer variances and anticoagulation recommendations in Covid-19: current literature review
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);66(6):842-848, June 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY INTRODUCTION Severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2) is a newly described virus responsible for the outbreak of the coronavirus disease 2019 (Covid-19), named by the World Health Organization (WHO) in February/2020. Patients with Covid-19 have an incidence of acute respiratory distress syndrome (ARDS) of 15.9-29% and sepsis is observed in all deceased patients. Moreover, disseminated intravascular coagulation (DIC) is one of the major underlying causes of death among these patients. In patients with DIC, there is a decrease in fibrinogen and an increase in D-dimer levels. Some studies have shown that fibrinogen and one of its end products, D-dimer, might have a predictive value for mortality in patients with non-Covid sepsis secondary to complications of DIC. Therefore, anticoagulation, considering its mortality benefits in cases of non-Covid sepsis, may also have an important role in the treatment of Covid-19. METHODS We reviewed the literature of all studies published by April 2020 on patients infected with Covid-19. Our review was limited to D-dimer and fibrinogen changes and anticoagulation recommendations. RESULTS Anticoagulation therapy can be started following the DIC diagnosis in Covid-19 patients despite the bleeding risks. In addition, the current evidence suggests a routine use of anticoagulation, particularly in patients with higher D-dimer levels (> 3.0 μg/mL). CONCLUSION Covid-19 is a systemic, hypercoagulable disease requiring more studies concerning treatment. Aanticoagulation is still an issue to be studied, but D-dimer rise and disease severity are the indicative factors to start treatment as soon as possible.

RESUMO INTRODUÇÃO O coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2) é o vírus responsável pelo surto recentemente batizado de doença pelo coronavirus 2019 (Covid-19) pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em fevereiro/2020. Os doentes com Covid-19 têm uma incidência de síndrome de dificuldade respiratória aguda (SDRA) de 15,9-29% e sepse é observada em todos os pacientes que vêm a óbito. Além disso, a coagulação intravascular disseminada (DIC) é uma das principais causas subjacentes de morte entre esses pacientes. Em pacientes com DIC, ocorre com uma diminuição do fibrinogênio e um aumento dos níveis de dímero D. Alguns estudos mostraram que o fibrinogênio e um dos seus produtos finais, o dímero D, podem ter um valor preditivo para a mortalidade em pacientes com sepse não relacionada à Covid-19 decorrente de complicações da DIC. Portanto, a anticoagulação, considerando seus benefícios quanto à mortalidade na sepse não relacionada à Covid-19, pode também ter um papel importante no tratamento da Covid-19. MÉTODOS Realizamos uma revisão de todos os estudos publicados até abril de 2020 sobre pacientes infectados com Covid-19. A nossa revisão limitou-se a alterações no dímero D, nos fibrinogênios e recomendações de anticoagulantes. RESULTADOS A terapêutica anticoagulante pode ser iniciada após o diagnóstico de DIC em pacientes com Covid-19 apesar dos riscos de hemorragia. Além disso, a evidência atual sugere o uso rotineiro da anticoagulação, principalmente em pacientes com níveis mais elevados de dímero D (> 3, 0 µg/mL). CONCLUSÃO A Covid-19 é uma doença sistêmica e hipercoagulável que requer mais estudos em relação ao tratamento. A anticoagulação ainda é uma questão a ser estudada, mas o aumento de dímeros D e a gravidade da doença são os fatores indicativos para o início do tratamento o mais rápido possível.
Descritores: Pneumonia Viral/complicações
Transtornos da Coagulação Sanguínea/terapia
Transtornos da Coagulação Sanguínea/virologia
Fibrinogênio/análise
Infecções por Coronavirus/complicações
Coronavirus
Pandemias
Anticoagulantes/uso terapêutico
-Produtos de Degradação da Fibrina e do Fibrinogênio/análise
Biomarcadores/análise
Infecções por Coronavirus
Betacoronavirus
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 237 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Portal, Vera Lucia
Texto completo
Id: lil-787317
Autor: Menti, Eduardo; Zaffari, Denise; Galarraga, Thais; Lessa, João Regis da Conceição e; Pontin, Bruna; Pellanda, Lucia Campos; Portal, Vera Lúcia.
Título: Early Markers of Atherosclerotic Disease in Individuals with Excess Weight and Dyslipidemia / Marcadores Precoces de Doença Aterosclerótica em Indivíduos com Excesso de Peso e Dislipidemia
Fonte: Arq. bras. cardiol;106(6):457-463tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Excessive weight is a cardiovascular risk factor since it generates a chronic inflammatory process that aggravates the endothelial function. Objective: To evaluate the endothelial function in individuals with excess weight and mild dyslipidemia using brachial artery flow-mediated dilation (BAFMD), and the association of endothelial function with anthropometric and biochemical variables. Methods: Cross-sectional study that included 74 individuals and evaluated anthropometric variables (body mass index [BMI], waist-hip ratio [WHR], waist circumference [AC], and percentage of body fat [PBF]), biochemical (blood glucose, insulinemia, ultrasensitive C-reactive protein, fibrinogen, total cholesterol, HDL-cholesterol, triglycerides, and LDL-cholesterol) and endothelial function (BAFMD, evaluated by ultrasound). The statistical analysis was performed with SPSS, version 16.0. To study the association between the variables, we used chi-square, Student's t and Mann-Whitney tests, and Pearson's correlation. Logistic regression analyzed the independent influence of the factors. Values of p < 0.05 were considered significant. Results: The participants had a mean age of 50.8 years, and 57% were female. BMI, WC, WHR, and PBF showed no significant association with BAFMD. The male gender (p = 0.02) and higher serum levels of fibrinogen (p = 0.02) were significantly and independently associated with a BAFMD below 8%. Conclusions: In individuals with excess weight and mild untreated dyslipidemia, male gender and higher levels of fibrinogen were independently associated with worse BAFMD.

Resumo Fundamento: O excesso de peso é um fator de risco cardiovascular, pois gera um processo inflamatório crônico que agrava a função endotelial. Objetivo: Avaliar a função endotelial de indivíduos com excesso de peso e dislipidemia leve através da dilatação da artéria braquial mediada pelo fluxo (DABMF) e sua associação com variáveis antropométricas e bioquímicas. Métodos: Estudo transversal com inclusão de 74 indivíduos e avaliação de variáveis antropométricas (índice de massa corporal [IMC], razão cintura-quadril [RCQ], circunferência abdominal [CA] e percentual de gordura corporal [PGC]), bioquímicas (glicemia, insulinemia, proteína C reativa ultrassensível, fibrinogênio, colesterol total, HDL-colesterol, triglicerídeos e LDL-colesterol) e função endotelial (DABMF, avaliada por ultrassonografia). A análise estatística foi realizada pelo programa SPSS, versão 16.0. Para estudar a associação entre as variáveis, foram utilizados os testes do qui-quadrado, t de Student, Mann-Whitney e correlação de Pearson. Regressão logística analisou a influência independente dos fatores. Valores de p < 0,05 foram considerados significativos. Resultados: Os participantes tinham uma média de idade de 50,8 anos e 57% eram do gênero feminino. O IMC, a CA, a RCQ e o PGC não mostraram associação significativa com a DABMF. O gênero masculino (p = 0,02) e níveis séricos mais elevados de fibrinogênio (p = 0,02) estiveram significativamente e independentemente associados a uma DABMF inferior a 8%. Conclusões: Em indivíduos com excesso de peso e dislipidemia leve não tratada, o gênero masculino e níveis mais elevados de fibrinogênio foram associados de forma independente com uma pior DABMF.
Descritores: Fibrinogênio/análise
Endotélio Vascular/fisiopatologia
Aterosclerose/sangue
Dislipidemias/fisiopatologia
Sobrepeso/fisiopatologia
-Fluxo Sanguíneo Regional/fisiologia
Peso Corporal
Artéria Braquial/fisiopatologia
Biomarcadores/sangue
Fatores Sexuais
Antropometria
Tecido Adiposo/fisiopatologia
Colesterol/sangue
Estudos Transversais
Fatores de Risco
Aterosclerose/etiologia
Dislipidemias/complicações
Sobrepeso/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 24 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde