Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.124.486.485.114.224.060.250 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 24 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 24 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-731269
Autor: Restrepo, Juan Pablo; Molina, María del Pilar.
Título: Perfuração do colo por colite amebiana invasiva durante terapia anti-TNF para espondiloartrite / Colonic perforation due to invasive amebic colitis during anti-TNF therapy for spondyloarthritis
Fonte: Rev. bras. reumatol;54(6):483-485, Nov-Dec/2014. graf.
Idioma: pt.
Resumo: O bloqueio do TNF tem tido sucesso no tratamento de algumas doenças reumáticas, como a espondiloartrite. Relatam-se muitas complicações infecciosas com a terapia anti-TNF, principalmente infecções bacterianas, micobacterianas, virais e fúngicas. A Entamoeba histolytica é um protozoário extracelular que causa principalmente colite e abscesso hepático, sendo que a perfuração intestinal é uma complicação rara, com alta mortalidade. O TNF é considerado o principal mediador da imunidade celular contra a amebíase. Inicialmente, é quimiotático para a E. histolytica, potencializando sua adesão ao enterócito por meio da lectina galactose-inibível, e depois ativando os macrófagos para matarem a ameba pela liberação de NO; assim, o bloqueio do TNF poderia ser prejudicial, aumentando a virulência amebiana. Descreve-se o caso de uma mulher de 46 anos com espondiloartrite que apresentou uma perfuração do colo por colite amebiana invasiva durante uso de anti-TNF.

TNF blockade has been successful in the treatment of some rheumatic diseases such as spondyloarthritis. Many infectious complications have been reported with anti-TNF therapy, mainly bacterial, mycobacterial, viral and fungal infections. Entamoeba histolytica is an extracellular protozoan parasite that mainly causes colitis and hepatic abscess; bowel perforation is an uncommon complication with high mortality. TNF is considered the principal mediator of cell immunity against amebiasis. Initially, it is chemotactic to E. histolytica, enhancing its adherence to enterocyte via galactose inhibitable lectin, and then activating macrophages to kill ameba though the release of NO, so that TNF blocking could be harmful, increasing amebic virulence. We describe the case of a 46-year-old woman with spondyloarthritis who presented a colonic perforation due to invasive amebic colitis during anti-TNF use.
Descritores: Colite/complicações
Colite/parasitologia
Disenteria Amebiana/induzido quimicamente
Entamoeba histolytica
Entamebíase/induzido quimicamente
Adalimumab/efeitos adversos
Perfuração Intestinal/parasitologia
Anti-Inflamatórios/efeitos adversos
-Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores
Espondilartrite/tratamento farmacológico
Disenteria Amebiana/complicações
Entamebíase/complicações
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899480
Autor: Zengin, Orhan; Onder, Mustafa Erkut; Alkan, Samet; Kimyon, Gezmiş; Hüseynova, Nergis; Demir, Zeynep Hanım; Kısacık, Bünyamin; Onat, Ahmet Mesut.
Título: Three cases of anti-TNF induced myositis and literature review / Três casos de miosite induzida pelo anti-TNF e revisão da literatura
Fonte: Rev. bras. reumatol;57(6):590-595, Nov.-Dec. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Anti-tumor necrosis factor drugs are frequently preferred in the treatment of rheumatologic diseases and other inflammatory diseases. The development of myositis after using anti-tumor necrosis factor drugs is a rare clinical condition. Here we aimed to report cases who developed myositis after using anti-tumor necrosis factor drugs and review the current literature. We report two cases of rheumatoid arthritis and a case of ankylosing spondylitis developed idiopathic inflammatory myopathy following anti-tumor necrosis factor therapy. In conclusion, myositis could develop during anti-tumor necrosis factor therapy, so these patients should be evaluated carefully initially for myositis and should be closely monitored due to the potential for developing myositis in treatment process.

Resumo Os fármacos antifator de necrose tumoral (anti-TNF) são frequentemente preferidos no tratamento de doenças reumatológicas e outras doenças inflamatórias. O desenvolvimento de miosite após o uso de anti-FNT é uma condição clínica rara. Este estudo objetivou descrever casos de pacientes que desenvolveram miosite após o uso de anti-TNF e fazer uma revisão da literatura atual. Descrevem-se dois casos de artrite reumatoide (AR) e um caso de espondilite anquilosante (EA) que desenvolveram miopatia inflamatória idiopática após o tratamento com anti-TNF. Em conclusão, pode haver desenvolvimento de miosite durante o tratamento com anti-TNF, de modo que esses pacientes devem ser cuidadosamente avaliados inicialmente à procura de miosite e devem ser cuidadosamente monitorados em razão do potencial de desenvolvimento de miosite no processo de tratamento
Descritores: Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores
Antirreumáticos/efeitos adversos
Adalimumab/efeitos adversos
Etanercepte/efeitos adversos
Miosite/induzido quimicamente
-Artrite Reumatoide/tratamento farmacológico
Espondilite Anquilosante/tratamento farmacológico
Adalimumab/administração & dosagem
Etanercepte/administração & dosagem
Miosite/diagnóstico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899450
Autor: Brunelli, Juliana Barbosa; Bonfiglioli, Karina Rossi; Silva, Clovis A; Kozu, Katia Tomie; Goldenstein-Schainberg, Claudia; Bonfa, Eloisa; Aikawa, Nadia Emi.
Título: Latent tuberculosis infection screening in juvenile idiopathic arthritis patients preceding anti-TNF therapy in a tuberculosis high-risk country / Rastreamento da infecção latente por tuberculose em pacientes com artrite idiopática juvenil previamente à terapia anti-TNF em um país de alto risco para tuberculose
Fonte: Rev. bras. reumatol;57(5):392-396, Sept.-Oct. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; . Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Resumo: Abstract Objectives: To evaluate, in an endemic country, the long-term efficacy of latent tuberculosis infection (LTBI) screening and primary prophylaxis in patients with JIA receiving TNF blockers. Methods: This was a retrospective cohort that included JIA patients eligible to anti-TNF therapy. Patients were screened for LTBI prior to anti-TNF using tuberculin skin test (TST), chest X-ray and history of exposure to TB. Subjects were regularly followed at 2-month intervals. Results: Sixty-nine JIA patients with current age of 17.4 ± 5.8 years, mean disease duration of 5.0 ± 4.9 years were included. Forty-seven patients received a single anti-TNF, while 22 patients switched to another anti-TNF once or twice: 57 were treated with etanercepte, 33 patients with adalimumab and 3 infliximab. LTBI screening was positive in three patients: one had TST-positive and history of TB exposure and two had solely TST-positive. No active TB was diagnosed during the study period (median of follow-up was 3.8 years). Conclusion: Long-term evaluation revealed that LTBI screening and primary prophylaxis before anti-TNF treatment was effective in a high-risk country and TST was the most sensitive parameter to identify these patients.

Resumo Objetivo: Avaliar, em um país endêmico, a eficácia em longo prazo do rastreamento à procura de infecção latente por tuberculose (ILTB) e profilaxia primária em pacientes com AIJ em uso de bloqueadores do TNF. Métodos: Trata-se de uma coorte retrospectiva que incluiu pacientes com AIJ elegíveis para a terapia anti-TNF. Os pacientes foram rastreados à procura de ILTB previamente ao uso de anti-TNF por meio do teste tuberculínico (TT), radiografia de tórax e história de exposição à TB. Os indivíduos foram acompanhados regularmente em intervalos de dois meses. Resultados: Incluíram-se 69 pacientes com AIJ com idade atual de 17,4 ± 5,8 anos, com média de duração da doença de 5 ± 4,9 anos; 47 pacientes receberam um único anti-TNF, enquanto 22 foram transferidos para outro anti-TNF uma ou duas vezes: 57 foram tratados com etanercepte, 33 com adalimumabe e três com infliximabe. O rastreamento à procura de ILTB foi positivo em três pacientes: um era TT positivo e tinha história de exposição à TB e dois apenas eram TT positivo. Não foi diagnosticado caso de TB ativa durante o período de estudo (mediana de seguimento de 3,8 anos). Conclusão: A avaliação em longo prazo revelou que o rastreamento à procura de ILTB e a profilaxia primária antes do tratamento com anti-TNF foram eficazes em um país de alto risco para TB e o TT foi o parâmetro mais sensível para identificar esses pacientes.
Descritores: Artrite Juvenil/tratamento farmacológico
Antirreumáticos/uso terapêutico
Tuberculose Latente/diagnóstico
Adalimumab/uso terapêutico
Infliximab/uso terapêutico
-Artrite Juvenil/complicações
Estudos Retrospectivos
Seguimentos
Resultado do Tratamento
Doenças Endêmicas
Tuberculose Latente/complicações
Tuberculose Latente/prevenção & controle
Antituberculosos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-899427
Autor: Hwang, Jiwon; Kim, Hye-Mi; Jeong, Hyemin; Lee, Jaejoon; Ahn, Joong Kyong; Koh, Eun-Mi; Kang, Eun-Suk; Cha, Hoon-Suk.
Título: Higher body mass index and anti-drug antibodies predict the discontinuation of anti-TNF agents in Korean patients with axial spondyloarthritis / O maior índice de massa corporal e a presença de anticorpos antifármacos predizem a interrupção no uso de agentes anti-TNF em pacientes sul-coreanos com espondiloartrite axial
Fonte: Rev. bras. reumatol;57(4):311-319, July.-Aug. 2017. tab.
Idioma: en.
Projeto: Ministry of Health & Welfare, Republic of Korea.
Resumo: ABSTRACT Objective: The development of anti-drug antibodies against tumor necrosis factor inhibitors is a likely explanation for the failure of TNF-inhibitors in patients with spondyloarthritis. Our study determined the existence and clinical implications of ADAbs in axial spondyloarthritis patients. Methods: According to the Assessment of SpondyloArthritis International Society classification criteria for axial spondyloarthritis, patients treated with adalimumab or infliximab were recruited consecutively. Serum samples were collected at enrollment to measure anti-drug antibodies and drug levels. Results: Of 100 patients, the mean duration of current TNF inhibitor use was 22.3 ± 17.9 months. Anti-drug antibodies were detected in 5 of 72 adalimumab users compared to 5 of 28 infliximab users (6.9% vs. 17.9%). Anti-drug antibodies-positive patients had a significantly higher body mass index than anti-drug antibodies-negative patients among both adalimumab (28.4 ± 5.9 kg/m2 vs. 24.3 ± 2.9 kg/m2, respectively, p = 0.01) and infliximab users (25.9 ± 2.8 kg/m2 vs. 22.6 ± 2.8 kg/m2, respectively, p = 0.02). During the median 15-month follow-up period, drug discontinuation occurred more frequently in the anti-drug antibodies-positive group than the anti-drug antibodies-negative group (30.0% vs. 6.5%, respectively, p = 0.04). In logistic regression, anti-drug antibodies positivity (OR = 5.85, 95% CI 1.19-28.61, p = 0.029) and body mass index (OR = 4.35, 95% CI 1.01-18.69, p = 0.048) were associated with a greater risk of stopping TNF inhibitor treatment. Conclusions: Our result suggests that the presence of anti-drug antibodies against adalimumab and infliximab as well as a higher body mass index can predict subsequent drug discontinuation in axial spondyloarthritis patients.

RESUMO Objetivo: O desenvolvimento de anticorpos antifármacos (ADAb) contra o fator de necrose tumoral (TNF) é uma explicação provável para a falha dos anti-TNF em pacientes com espondiloartrites (EspA). O presente estudo determinou a presença e as implicações clínicas dos ADAb em pacientes com EspA axiais. Métodos: De acordo com os critérios de classificação para EspA axial da Assessment of SpondyloArthritis International Society, recrutaram-se consecutivamente pacientes tratados com adalimumabe ou infliximabe. Coletaram-se amostras de soro no momento da entrada no estudo para medir os níveis de ADAb e de fármaco. Resultados: Dos 100 pacientes, a duração média de uso dos anti-TNF atuais foi de 22,3 ± 17,9 meses. Os ADAb foram detectados em cinco de 72 pacientes em uso de adalimumabe, em comparação com cinco de 28 usuários de infliximabe (6,9% vs. 17,9%). Os pacientes ADAb-positivos tinham um índice de massa corporal maior do que aqueles ADAb-negativos, tanto entre indivíduos em uso de adalimumabe (28,4 ± 5,9 kg/m2 vs. 24,3 ± 2,9 kg/m2, respectivamente, p = 0,01) quanto de infliximabe (25,9 ± 2,8 kg/m2 vs. 22,6 ± 2,8 kg/m2 respectivamente, p = 0,02). Durante o período médio de seguimento de 15 meses, a suspensão do fármaco ocorreu com maior frequência no grupo ADAb-positivo do que no grupo ADAb-negativo (30,0% vs. 6,5%, respectivamente, p = 0,04). Na regressão logística, a positividade no ADAb (OR = 5,85, IC 95% 1,19 a 28,61, p = 0,029) e o IMC (OR = 4,35, IC 95% 1,01 a 18,69, p = 0,048) esteve associada a um maior risco de interromper o tratamento com anti-TNF. Conclusões: Os resultados do presente estudo sugerem que a presença de ADAb contra o adalimumabe e o infliximabe, bem como um IMC mais alto, pode predizer a subsequente interrupção do fármaco em pacientes com EspA axial.
Descritores: Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores
Antirreumáticos/imunologia
Espondilartrite/sangue
Adalimumab/imunologia
Infliximab/imunologia
-Índice de Massa Corporal
Modelos Logísticos
Antirreumáticos/sangue
Espondilartrite/tratamento farmacológico
República da Coreia
Adalimumab/sangue
Infliximab/sangue
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Laurindo, Iêda Maria Magalhäes
Texto completo
Id: biblio-899483
Autor: Yonekura, Claudia Leiko; Oliveira, Rene Donizeti Ribeiro; Titton, David C; Ranza, Roberto; Ranzolin, Aline; Hayata, André L; Duarte, Ângela; Silveira, Inês G; Carvalho, Hellen M. da S. de; Moraes, Júlio C. Bertacini de; Abreu, Mirhelen Mendes de; Valim, Valéria; Bianchi, Washington; Brenol, Claiton Viegas; Pereira, Ivanio A; Costa, Izaias; Macieira, José C; Miranda, José R. S; Guedes-Barbosa, Luiz S; Bertolo, Manoel B; Sauma, Maria Fátima Lobato da C; Silva, Marília B. G; Freire, Marlene; Scheinberg, Morton A; Toledo, Roberto A; Oliveira, Sheila K. F; Fernandes, Vander; Pinheiro, Marcelo M; Castro, Glaucio; Vieira, Walber Pinto; Baaklini, Cesar Emile; Ruffino-Netto, Antonio; Pinheiro, Geraldo da Rocha Castelar; Laurindo, Ieda Maria Magalhães; Louzada-Junior, Paulo.
Título: Incidence of tuberculosis among patients with rheumatoid arthritis using TNF blockers in Brazil: data from the Brazilian Registry of Biological Therapies in Rheumatic Diseases (Registro Brasileiro de Monitoração de Terapias Biológicas - BiobadaBrasil) / Incidência de tuberculose em pacientes com artrite reumatoide em uso de bloqueadores do TNF no Brasil: dados do Registro Brasileiro de Monitoração de Terapias Biológicas BiobadaBrasil
Fonte: Rev. bras. reumatol;57(supl.2):s477-s483, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objectives To assess the incidence of tuberculosis and to screen for latent tuberculosis infection among Brazilians with rheumatoid arthritis using biologics in clinical practice. Patients and methods This cohort study used data from the Brazilian Registry of Biological Therapies in Rheumatic Diseases (Registro Brasileiro de Monitoração de Terapias Biológicas - BiobadaBrasil), from 01/2009 to 05/2013, encompassing 1552 treatments, including 415 with only synthetic disease-modifying anti-rheumatic drugs, 942 synthetic DMARDs combined with anti-tumor necrosis factor (etanercept, infliximab, adalimumab) and 195 synthetic DMARDs combined with other biologics (abatacept, rituximab and tocilizumab). The occurrence of tuberculosis and the drug exposure time were assessed, and screening for tuberculosis was performed. Statistical analysis: Unpaired t-test and Fisher's two-tailed test; p < 0.05. Results The exposure times were 981 patient-years in the controls, 1744 patient-years in the anti-TNF group (adalimumab = 676, infliximab = 547 and etanercept = 521 patient-years) and 336 patient-years in the other biologics group. The incidence rates of tuberculosis were 1.01/1000 patient-years in the controls and 2.87 patient-years among anti-TNF users (adalimumab = 4.43/1000 patient-years; etanercept = 1.92/1000 patient-years and infliximab = 1.82/1000 patient-years). No cases of tuberculosis occurred in the other biologics group. The mean drug exposure time until the occurrence of tuberculosis was 27(11) months for the anti-TNF group. Conclusions The incidence of tuberculosis was higher among users of synthetic DMARDs and anti-TNF than among users of synthetic DMARDs and synthetic DMARDs and non-anti-TNF biologics and also occurred later, suggesting infection during treatment and no screening failure.

Resumo Objetivos Avaliar incidência de tuberculose e triagem para tuberculose latente em brasileiros com artrite reumatoide em uso de agentes biológicos na prática clinica. Pacientes e métodos Estudo de coorte com dados do Registro Brasileiro de Monitoração de Terapias Biológicas (BiobadaBrasil), de 01/2009 a 05/2013, abrangeu 1.552 tratamentos, 415 somente com drogas modificadoras do curso da doença (MMCDs) sintéticas, 942 MMCDs sintéticas em associação com anti-TNF (etanercepte, infliximabe, adalimumabe) e 195 MMCDs sintéticas em associação com outros biológicos (abatacepte, rituximabe e tocilizumabe). Avaliaram-se ocorrência de tuberculose, tempo de exposição às drogas e triagem para TB. Análise estatística: teste t não pareado e teste de Fisher bicaudal; p < 0,05. Resultados O tempo de exposição dos controles foi de 981 pacientes-ano, do grupo de anti-TNF foi de 1.744 pacientes-ano (adalimumabe = 676, infliximabe = 547 e etanercepte = 521 pacientes-ano) e o de outros biológicos de 336 pacientes-ano. A incidência de TB foi de 1,01/1.000 pacientes-ano nos controles e de 2,87 pacientes-ano nos usuários de anti-TNF (adalimumabe = 4,43/1.000 pacientes-ano; etanercepte = 1,92/1.000 pacientes-ano e infliximabe = 1,82/1.000 pacientes-ano). Não houve casos de tuberculose no grupo de outros biológicos. O tempo médio de exposição até a ocorrência de tuberculose foi de 27(11) meses para o grupo anti-TNF. Conclusões A incidência de tuberculose foi maior nos usuários de MMCDs sintéticas e anti-TNF do que nos usuários de MMCDs sintéticas e de MMCDs sintéticas e biológicos não anti-TNF, e também mais tardia, sugerindo infecção durante o tratamento, e não falha na triagem.
Descritores: Artrite Reumatoide/tratamento farmacológico
Tuberculose/induzido quimicamente
Fatores Biológicos/uso terapêutico
Fator de Necrose Tumoral alfa/uso terapêutico
Receptores do Fator de Necrose Tumoral/uso terapêutico
-Tuberculose/epidemiologia
Brasil/epidemiologia
Estudos de Casos e Controles
Sistema de Registros
Incidência
Estudos de Coortes
Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores
Adalimumab/uso terapêutico
Infliximab/uso terapêutico
Etanercepte/uso terapêutico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-887079
Autor: Natividade, Natallia Barreiros de; Felix, Paulo Antonio Oldani; Lerer, Claudio.
Título: Guillain-Barré syndrome in a patient on adalimumab for the treatment of psoriasis
Fonte: An. bras. dermatol;92(5,supl.1):85-87, 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The use of TNF-α inhibitors for the treatment of moderate to severe psoriasis and psoriatic arthritis is increasingly more frequent. The authors report a case of Guillain-Barré syndrome as a late manifestation of the treatment with adalimumab. Although unusual, this is relevant for professionals who prescribe biologic drugs. We also stress the importance of investigating the past and family medical history regarding demyelinating diseases before starting treatment.
Descritores: Psoríase/tratamento farmacológico
Linfotoxina-alfa/antagonistas & inibidores
Síndrome de Guillain-Barré/induzido quimicamente
Adalimumab/efeitos adversos
Anti-Inflamatórios/efeitos adversos
-Psoríase/complicações
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Levy, Roger Abramino
Texto completo
Id: biblio-837917
Autor: Vasconcellos, Jaqueline Barbeito de; Pereira, Daniele do Nascimento; Vargas, Thiago Jeunon de Sousa; Levy, Roger Abramino; Pinheiro, Geraldo da Rocha Castelar; Cursi, Ígor Brum.
Título: Paradoxical psoriasis after the use of anti-TNF in a patient with rheumatoid arthritis
Fonte: An. bras. dermatol;91(5,supl.1):137-139, Sept.-Oct. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The use of tumor necrosis factor antagonists (anti-TNF) has become a usual practice to treat various inflammatory diseases. Although indicated for the treatment of psoriasis, anti-TNF may paradoxically trigger a psoriasiform condition. We present a case of a female patient who, during the use of infliximab for rheumatoid arthritis, developed psoriasis. In an attempt to switch anti-TNF class, we observed a cumulative worsening of the lesions requiring suspension of the immunobiological agent and the introduction of other drugs for clinical control. The therapeutic challenge of this paradoxical form of psoriasis is the focus of our discussion. The use of another anti-TNF in these patients is a matter of debate among experts.
Descritores: Artrite Reumatoide/tratamento farmacológico
Psoríase/induzido quimicamente
Psoríase/patologia
Fator de Necrose Tumoral alfa/antagonistas & inibidores
Antirreumáticos/efeitos adversos
Infliximab/efeitos adversos
-Pele/patologia
Adalimumab/efeitos adversos
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-906984
Autor: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos.
Título: Certolizumabe pegol para o tratamento de espondiloartrite axial / Certolizumab pegol for the treatment of axial spondyloarthritis.
Fonte: Brasília; CONITEC; dez. 2017. graf, mapas, tab.
Idioma: pt.
Resumo: CONTEXTO: A Espondiloartrite axial (EA) caracteriza-se pela inflamação do esqueleto axial, entesite e acometimento de outros órgãos, que podem levar ao desenvolvimento de uveíte e inflamação intestinal crônica e pode ser dividida em duas doenças distintas: espondilite anquilosante e espondiloartrite axial não radiográfica. O SUS oferece tratamento para a EA e outras espondilopatias, preconizado por Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para essas condições. TECNOLOGIA: Certolizumabe pegol (Cimzia®). INDICAÇÃO: Espondiloartrite axial. PERGUNTA: O certolizumabe pegol (CP) é tão eficaz e seguro quanto os anti-TNF disponíveis no SUS (adalimumabe, etanercepte, infliximabe e golimumabe) para o tratamento de EA? EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: A busca do demandante incluiu cinco estudos (1 revisão não sistemática, 3 revisões sistemáticas e 1 ensaio clínico randomizado) cuja busca apresentou limitações. Nova busca foi realizada e foram incluídos 8 estudos (2 relatos do ECR RAPID-SpAx controlado por placebo e 6 revisões sistemáticas com meta-análise indireta). Das revisões, três relataram que o CP é igualmente eficaz, quando comparado a outros anti-TNF. Migliore et al. (2015) mostraram que o CP foi menos eficaz no alcance de ASAS20, quando comparado indiretamente a outros anti-TNF, porém, apresentou importante viés de seleção e baixa qualidade metodológica (Amstar). Quanto à segurança, Corbett et al. (2016) relataram que o CP é igualmente seguro quando comparado a outros anti-TNF. Minozzi et al. (2016) relataram que o CP é menos seguro que o golimumabe e etanercepte, sem significância estatistica. Singh et al. (2012) relataram maior risco de infecções e efeitos adversos graves com o uso de CP, comparado com outros biológicos, com diferença estatística significante. AVALIAÇÃO ECONÔMICA: Custo-minimização e os custos considerados foram restritos aos de aquisição dos anti-TNF. O demandante estimou para o CP, no primeiro ano de tratamento, um custo 13% inferior ao adalimumabe, 54% inferior ao infliximabe, 13% inferior ao etanercepte e 10% inferior ao golimumabe. Nos anos subsequentes o CP teria custo 25% inferior ao adalimumabe, 47% inferior ao infliximabe, 25% inferior ao etanercepte e 22% inferior ao golimumabe. AVALIAÇÃO DE IMPACTO ORÇAMENTÁRIO: Horizonte temporal de cinco anos, a partir de 2017. População inicial de 12.792 pessoas em 2014, recebendo medicamentos biológicos para EA. Taxas de: 17% de entrada, 3% de troca, 14% de saída e market share de 3 à 10%. A incorporação do CP economizaria cerca de R$13,6 milhões no período entre 2017-2021. MONITORAMENTO DO HORIZONTE TECNOLÓGICO: Apremilast, brodalumabe, ixequizumabe e ustequinumabe estão em fase 3 de desenvolvimento clínico para o tratamento da EA mas ainda não tiveram registro aprovado pela: Anvisa, EMA ou FDA para EA. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Eficácia e segurança do CP foram embasadas em apenas um ECR (RAPID-axSpA) de boa qualidade metodológica. Até o momento, não há estudos que comparam diretamente os medicamentos anti-TNF entre si, todos utilizam placebo. Os estudos de comparação indireta, com boa qualidade metodológica, mostraram que o CP apresentou eficácia clínica semelhante aos anti-TNF disponíveis no SUS e a avaliação econômica do demandante aponta uma economia para o SUS. RECOMENDAÇÃO DA CONITEC: A CONITEC, em sua 57ª reunião ordinária, no dia 06 de julho de 2017, recomendou que a matéria fosse submetida à consulta pública com recomendação inicial favorável à incorporação no SUS do CP para EA em pacientes com doença ativa (tanto axial quanto periférica) e com falha terapêutica inicial com o uso de AINE. Considerou-se que o CP tem eficácia semelhante, segurança coerente aos demais anti-TNF disponíveis no SUS e menor custo de tratamento. CONSULTA PÚBLICA: Foram recebidas 102 contribuições, sendo 4 contribuições técnicocientíficas e 98 de experiência ou opinião de pacientes, familiares, amigos ou cuidadores de pacientes, profissionais de saúde ou pessoas interessadas no tema. Todas as contribuições (100%) foram totalmente concordantes com a recomendação inicial da Conitec (Concordo totalmente com a recomendação preliminar) e destacaram, principalmente, a importância da incorporação de mais uma opção terapêutica para pacientes com Espondiloartrite Axial. Das 41 contribuições que apresentaram comentários, a importância da opção terapêutica foi o aspecto mais ressaltado (65%), seguido da eficácia (20%) e da experiência com o medicamento (15%). DELIBERAÇÃO FINAl: Os membros da CONITEC presentes na 60ª reunião ordinária, no dia 05 de outubro de 2017, deliberaram, por unanimidade, por recomendar a incorporação no SUS do certolizumabe pegol para tratamento da espondiloartrite axial em pacientes com doença ativa (tanto axial quanto periférica) e com falha terapêutica inicial com o uso de AINE, mediante Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas. Foi assinado o Registro de Deliberação nº 299/2017. DECISÃO: Incorporado o certolizumabe pegol para o tratamento da espondiloartrite axial mediante Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas, no âmbito do Sistema Único de Saúde ­ SUS, dada pela Portaria nº 54, publicada no DOU nº 243 do dia 20 de dezembro de 2017, seção 1, pág. 99.(AU)
Descritores: Adalimumab/uso terapêutico
Certolizumab Pegol/uso terapêutico
Etanercepte/uso terapêutico
Infliximab/uso terapêutico
Espondilartrite/tratamento farmacológico
-Brasil
Análise Custo-Benefício
Avaliação em Saúde/economia
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Sistema Único de Saúde
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Relatório Técnico
Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-904892
Autor: Rozenfeld Levites, Marcelo; Subtil de Paula, Pedro; Bogea Müller de Almeida, Laura; Polesel FedericiI, Viviane.
Título: Acurácia do teste imunoquímico fecal (pesquisa de sangue oculto) na triagem do câncer colorretal / Accuracy of the fecal immunochemical test (occult blood test) in colorectal cancer screening
Fonte: Diagn. tratamento;23(2):[50]-[51], abr.-jun. 2018. fig, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Adalimumab
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
Psoríase
Pele
Espondilite Anquilosante
Responsável: BR171 - APM/Unidade de Publicações


  10 / 24 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-904891
Autor: Del Pintor Bidoia, Fernanda; Vinicius Mendes Roncada, Eduardo; Vasconcelos Schaefer, Luiza; Aparecida Milanez Morgado de Abreu, Marilda; Shimizu, Gisele Keiko Machado; Gasparini, Katarine Tronco.
Título: Psoríase pustulosa palmoplantar como efeito paradoxal do uso de adalimumabe: relato de caso / Palmoplantar pustular psoriasis as a paradoxical effect of adalimumab use: case report
Fonte: Diagn. tratamento;23(2):45-49, abr.-jun. 2018. fig, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Contexto: A psoríase é uma doença crônica com taxa de prevalência variável no mundo, e com uma infinidade de opções terapêuticas para o seu tratamento. Para as formas mais graves ou associadas a outras comorbidades, vem se destacando o uso dos imunobiológicos. Dentre estes, os antagonistas do fator de necrose tumoral alfa apresentam grande espectro de uso em todo o território nacional. Descrição do caso: Homem de 36 anos de idade, tabagista, fez uso de infliximabe por dois anos devido a espondilite anquilosante, com insucesso terapêutico, mas sem efeitos adversos. Devido à má resposta clínica, a medicação foi substituída por adalimumabe e, após quatro anos de uso deste imunobiológico, o paciente evoluiu com lesões eritematosas-descamativas encimadas por pústulas estéreis na região palmoplantar. Não tinha história pessoal ou familiar de psoríase, sendo realizado o diagnóstico de efeito paradoxal ao uso da medicação imunobiológica, caso raro. Discussão: Os efeitos adversos dos imunobiológicos incluem infecções, reativação de infecções latentes, insuficiência cardíaca, efeito paradoxal. Este último consiste no aparecimento de psoríase em pacientes que usavam imunobiológicos devido a outras doenças de base; exacerbação de uma psoríase já em tratamento; ou surgimento de novas formas de psoríase. São reações raras, porém causam grande prejuízo na qualidade de vida do paciente, podendo até interferir no tratamento em andamento. Conclusões: Os efeitos paradoxais são divididos entre lesões de novo nos pacientes ou exacerbação de uma patologia previamente existente. Isso dificulta o diagnóstico do efeito adverso e, muitas vezes, retarda o tratamento do paciente. Buscamos, com este relato, alertar os médicos sobre a doença e seu tratamento.
Descritores: Adalimumab
Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos
Psoríase
Pele
Espondilite Anquilosante
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR171 - APM/Unidade de Publicações



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde