Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.124.885 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 6 [refinar]
Mostrando: 1 .. 6   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 6 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-579171
Autor: Danilovic, Debora Lucia Seguro.
Título: Avaliação tireoidiana de pacientes infectados pelo vírus da hepatite C: correlação com polimorfismos do gene CTLA4 / Thyroid evaluation of patients infected by hepatitis C virus: correlation with polymorphisms of CTLA4 gene.
Fonte: São Paulo; s.n; 2010. [155] p. tab, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: INTRODUÇÃO: Manifestações auto-imunes são frequentes na infecção pelo vírus da hepatite C (VHC). Apesar da associação com doenças auto-imunes de tireóide (DAIT) ser controversa, sabe-se que distúrbios tireoidianos podem surgir ou piorar com tratamento com IFN e ribavirina. Os objetivos deste estudo foram avaliar a função tireoidiana em pacientes infectados pelo VHC, caracterizar distúrbios tireoidianos antes, durante e após tratamento com IFN e estudar as frequências dos genótipos dos polimorfismos do gene CTLA4, correlacionando-os com características clínicas e laboratoriais, presença de disfunção tireoidiana e evolução durante tratamento com IFN. MÉTODOS: Avaliação prospectiva de 112 indivíduos com infecção crônica pelo VHC, 30 tratados com IFN, e 183 controles. Realizaram-se avaliações clínica, hormonal e de auto-imunidade tireoidiana e ultra-sonografia de tireóide no início e durante tratamento. Avaliações de globulina transportadora de hormônios tireoidianos (TBG), de CXCL10 e de biópsia hepática foram feitas pré-tratamento. Análises dos polimorfismos do gene CTLA4 -318C>T, A49G e CT60 foram realizadas por PCR-RFLP e de AT(n) por análise de fragmento através de eletroforese capilar. RESULTADOS: A frequência de DAIT entre infectados por VHC não diferiu dos controles (10,7 vs 13,5%, p=0,585). Os limites de distribuição dos níveis de T3 (T3T) e T4 (T4T) totais foram superiores aos de referência (T3T 112-246 ng/dL; T4T 7,8-15,2 g/dL), assim como de TBG (17-47 mg/L). TBG correlacionou-se com T3T (r=0,654, p<0,001) e T4T (r=0,741, p<0,001). Heterogeneidade (p=0,027) e hipoecogenicidade de parênquima (p=0,002) foram mais frequentes nos pacientes com DAIT. Aumento de vascularização esteve presente em 49,2% dos infectados sem distúrbio tireoidiano. CXCL10 esteve aumentada nos infectados (p=0,006), mas não se relacionou com disfunção tireoidiana. Sua elevação correspondeu ao grau de atividade necro-inflamatória na biópsia hepática...

INTRODUCTION: Autoimmune disorders are frequent in patients infected by the hepatitis C virus (HCV). Although the association with autoimmune thyroid diseases (AITD) is controversial, thyroid disturbance could occur or worsen with IFN and ribavirin treatment. The aims of the study were evaluate thyroid function in HCV-infected patients, characterize thyroid disturbance prior and after IFN treatment and analyze the frequency of the genotypes of the polymorphisms of CTLA4 gene, and their relation to clinical and laboratorial features, presence of thyroid dysfunction and disturbance along IFN treatment. METHODS: Prospective evaluation of 112 chronically HCV-infected subjects, 30 treated with IFN, and 183 controls. Clinical, hormonal, thyroid autoimmunity and ultrasound exams were performed before and during treatment. Thyroxine-binding globulin (TBG), CXCL10 and hepatic biopsies were also evaluated before treatment. Analysis of polymorphisms of CTLA4 gene -318C>T, A49G and CT60 were made by PCR-RFLP and AT(n) polymorphism analysis by capillary electrophoresis in automatic sequencer. RESULTS: The frequency of AITD among HCV-infected subjects was similar to the rate among controls (10.7 vs 13.5%, p=0.585). Total T3 (T3T) and T4 (T4T) distributions were right shifted (T3T 112-246 ng/dL; T4T 7.8-15.2 g/dL), as was TBG (17-47 mg/L). TBG correlated to both T3T (r=0.654, p<0.001) and T4T (r=0.741, p<0.001). Thyroid heterogeneity (p=0.027) and hipoechogenicity (p=0.002) were associated with AITD and, most notably, increased vascularization was present in 49.2% of HCV-infected patients without thyroid disturbance. CXCL10 was higher in HCV-infected group (p=0.006) but was not related to thyroid dysfunction. Increase in CXCL10 levels were consistent with hepatic necroinflammatory activity (p=0.006) and correlated to T3T (r=0.388, p=0.003), T4T (r=0.444, p=0.001) and TBG (r=0.551, p<0.001). Nineteen percent of subjects treated with IFN presented autoimmune thyroiditis and...
Descritores: Doenças Autoimunes
Hepatite C
Interferon-alfa
Glândula Tireoide
Proteínas de Ligação a Tiroxina
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BR66.1; W4.DB8, D189av, FM-2, 2010


  2 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-324537
Autor: Mendonça, Susan C. L; Jorge, Paulo T.
Título: Estudo da função tiroideana em uma população com mais de 50 anos / Thyroid function studies in a population sample over 50 years of age
Fonte: Arq. bras. endocrinol. metab;46(5):557-565, out. 2002. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Com objetivo de analisar a freqüência de disfunção tiroideana e de identificar possíveis alterações hormonais decorrentes do envelhecimento, estudamos 198 indivíduos com idade variando de 50 a 85 anos e 106 filhos com idade entre 11 e 49 anos. A prevalência de disfunção tiroideana foi semelhante em ambos grupos (12,6por cento no grupo de estudo e 14,1 por cento entre os filhos). A presença de um ou dois anticorpos anti-tiroideanos positivos foi também semelhante entre os grupos (9,1 por cento e 12,3 por cento para os idosos e filhos respectivamente), embora sem correlação disfunção tiroideana. nos idosos. Os níveis séricos de T3 e FT4 foram significantemente menores entre os indivíduos mais velhos quando comparados com os filhos (1,27ñ0,27 x 1,39ñ0,31 ng/ml e 0,97ñ0,29 x 1,18ñ0,76 ng/dl, respectivamente). Não houve diferença entre os grupos quanto aos níveis de TSH, T4 total e TBG. Concluímos que a prevalência de disfunção tiroideana não foi diferente entre os grupos e que a presença de anticorpos antitiroideanos esteve associada com disfunção da tiróide apenas nos indivíduos mais jovens. A correlação inversa dos níveis de T3 e FT4 com a idade pode refletir uma adaptação à menor necessidade dos hormônios com o envelhecimento.
Descritores: Doenças da Glândula Tireoide/epidemiologia
-Adolescente
Idoso de 80 Anos ou mais
Anticorpos
Hormônios Tireóideos/sangue
Hipertireoidismo
Hipotireoidismo
Tireotropina
Proteínas de Ligação a Tiroxina
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Criança
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  3 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-272433
Autor: Carvalho, Gisah Amaral de.
Título: Descriçäo e elucidaçäo molecular de duas formas de deficiência completa da proteína ligadora da tiroxina (TBG) / Description and elucidation molecular the two forms of the complete thyroxine-binding globulin(TBG)deficiency.
Fonte: Säo Paulo; s.n; 1999. 40 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal de Säo Paulo. Escola Paulista de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Foram avaliados 21 pacientes braquicefálicos, com idade inferior a 10 anos, provenientes da Disciplina de Neurocirurgia da Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM), no período de 1994 a 1998, e submetido a avaliação pré-operatória com tomografia computadorizada helicoidal de crânio reconstrução tridimensional (TC3D), realizadas no Laboratório Fleury. A idade d pacientes foi considerada no momento do exame radiológico. Treze pacientes eram d sexo feminino, e oito do masculino. O paciente mais jovem tinha 14 dias de vida e mais velho dez anos. Doze pacientes eram portadores da síndrome de Crouzon, cinco d síndrome de Apert, um apresentava a síndrome de Jackson-Weiss, e três era braquicefalias isoladas. A base do crânio destes pacientes foi comparada com um grupo controle, estudado com TC3D, e provenientes do museu de Craniologia da Disciplina de Anatomia da UNIFESP-EPM. Nesses 63 crânios, foram estudadas sete distâncias e seis ângulos. Para compararmos as diferentes medidas nos dois grupos, usamos o teste de Mann-Whitney, e para compararmos as diferenças dentro do mesmo grupo, nas diferentes faixas etárias, usamos o teste de Kruskal-Wallis, complementado quando necessário, pelo teste de comparações múltiplas. Pudemos verificar que nos pacientes com braquicefalia, a distância interorbitária é muito grande ao nascimento, sugerindo um quadro de hipertelorismo. Com o passar da idade esta distância progressivamente se estabiliza igualando-se ao grupo normal. A distância násio-sela aumentou nos dois grupos, de maneira mais acentuada no grupo normal. O crescimento da fossa anterior do crânio nos portadores de braquicefalia, verificado através das distâncias sela-frontal e esfenofrontal, não demonstrou um crescimento significativo, determinando uma fossa anterior curta. A distância bipterional foi significantemente maior no grupo de braquicéfalos, desde o nascimento, demonstrando um fator compensatório ainda intra-útero. Os resultados das medidas das distâncias pteriorbitária direita e esquerda também foram significantes, demonstrando que nos portadores desta malformação, os ptérios estão anteriorizados. O inverso acontece com a distância ptérigo-básio, também diminuída no grupo afetado, demonstrando uma posteriorização desta estrutura. Com estes resultados pudemos concluir que a asa do esfenóide aderida aos processos pterigóides, atuam como duas lavancas, uma de cada lado, modulando o crescimento do ...(au)
Descritores: Hipotireoidismo
Biologia Molecular
Proteínas de Ligação a Tiroxina/deficiência
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central
BR1.2; 5561


  4 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-230527
Autor: Graf, Hans; Volaco, Haléxei; Martins, Silvia Saboia; Agostini, Lisandra Carla de.
Título: Carcinoma de tireóide: estudo retrosptectivo de 84 casos / Thyroid carcinoma: a retrospective study of 84 cases
Fonte: Rev. méd. Paraná;55(1/2):41-7, jan.-jun. 1998. graf.
Idioma: pt.
Resumo: Avaliamos 84 pacientescom carcinoma de tireóide atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná no período compreendido entre janeiro de 1990 e dezembro de 1996. A idade média dos pacientes foi de 40,6 anos (DP 17,4), com predomínio do sexo feminino (82 por cento). Encontramos em nossos pacientes uma elevada associaçäo com doença auto-imune de tereóide (8,5 por cento), 6 pacientes com tireoidite de Hashimoto e 1 com Doença de Graves concomitante. A palpaçäo da tereóide por ocasiäo do diagnóstico do carcinoma, revelou em 84 por cento dos pacientes um nódulo único, sendo a glândula multinodular nos outros 16 por cento. A cintilografia revelou nódulo hipocaptante em 82 por cento dos casos. A PAAF (punçäo aspirativa com agulha fina) diagnosticou a presença de neoplasia em cerca de 82 por cento das vezes. O precedimento cirúrgico foi tireoidectomia total em 90,5 por cento dos casos e subtotal nos restantes. O estudo anatomopatológico mostrou carcinoma papilífero em 64,3 por cento, carcinoma folicular em 32,1 por cento, carcinoma anaplásico em 2,4 por cento e carcinoma medular em 1,2 por cento dos pacientes. O controle para presença de metástase realizado com PCI (pesquisa de corpo inteiro) e/ou tireoglobulina sérica mostrou a presen
Descritores: Carcinoma
Metástase Neoplásica
Cintilografia
Glândula Tireoide
Proteínas de Ligação a Tiroxina
Responsável: BR16.1 - Biblioteca de Ciências da Saúde


  5 / 6 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-123175
Autor: Dávila S., Enrique; Mori Pacheco, Alberto; Ramos García, Sadit.
Título: Tiroxina libre y globulinas transportadoras en la exploración funcional del tiroides / Free thyroxine and binding globulin in evaluation of thyroid function
Fonte: Rev. Cuerpo Méd;13(1):44-7, 1990. ilus.
Idioma: es.
Resumo: 1. Se analizan las interrelaciones entre T4 total, tiroxina libre y globulinas transportadoras. 2. Se resalta la importancia del perfil tiroideo parcial en el diagnóstico correcto de la función tiroidea. 3. Se fundamenta la importancia de la relación T4/T4L en el establecimiento de los niveles de TBG. 4. Se analiza la incidencia de las 11 posibilidades diagnósticas que se pueden establecer con el perfil tiroideo parcial. 5. Se compara el diagnóstico por el Laboratorio con el diagnóstico Clínico
Descritores: Glândula Tireoide/fisiologia
Testes de Função Tireóidea/métodos
Proteínas de Ligação a Tiroxina/fisiologia
Tiroxina/fisiologia
-Peru
Soroglobulinas
Proteínas de Ligação a Tiroxina
Tiroxina
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  6 / 6 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-10281
Autor: Fuente, J. R. de la; Morse, R. M; Niven, R. G; Abboud, C. F; Jaing, N. S.
Título: Thyroid function in the alcoholic.
Fonte: Rev. invest. clín;34(3):211-4, 1982.
Idioma: en.
Resumo: Se estudio la funcion tiroidea y el eje hipotalamo-hipofisis-tiroides en 54 enfermos alcoholicos y los resultados se compararon con los obtenidos en un grupo de 42 sujetos sanos. Todos los pacientes se encontraron clinicamente eutiroideos y en ninguno se observo evidencia clinica de dano hepatico severo. Los niveles circulantes de T3 en los alcoholicos fueron menores que los encontrados en el grupo testigo. Se discuten los posibles mecanismos que pueden haber contribuido a este hallazgo. La secrecion de TSH inducida por TRH en 7 pacientes se encontro francamente disminuida. Estudios subsecuentes en esta misma direccion pueden aclarar el significado real de las observaciones aqui descritas
Descritores: Alcoolismo
Tiroxina
Proteínas de Ligação a Tiroxina
Tri-Iodotironina
Limites: Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde