Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.157.530.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 24 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 3 ir para página          

  1 / 24 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888951
Autor: Wang, YH; Ke, XM; Zhang, CH; Yang, RP.
Título: Absorption mechanism of three curcumin constituents through in situ intestinal perfusion method
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;50(11):e6353, 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Chongqing Science and Technology Commission.
Resumo: This study aimed to investigate the absorption mechanism of three curcumin constituents in rat small intestines. Self-emulsification was used to solubilize the three curcumin constituents, and the rat in situ intestinal perfusion method was used to study factors on drug absorption, including drug mass concentration, absorption site, and the different types and concentrations of absorption inhibitors. Within the scope of experimental concentrations, three curcumin constituents were absorbed in rat small intestines through the active transport mechanism.
Descritores: Adjuvantes Farmacêuticos/farmacologia
Curcumina/análogos & derivados
Curcumina/farmacocinética
Inibidores Enzimáticos/farmacocinética
Absorção Intestinal
Intestino Delgado/metabolismo
-Valores de Referência
Fatores de Tempo
Desacopladores/farmacologia
Verapamil/farmacologia
Probenecid/farmacologia
Reprodutibilidade dos Testes
Cromatografia Líquida de Alta Pressão/métodos
Ratos Sprague-Dawley
Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/antagonistas & inibidores
2,4-Dinitrofenol/farmacocinética
Curcumina/química
Proteínas Associadas à Resistência a Múltiplos Medicamentos/análise
Proteínas Associadas à Resistência a Múltiplos Medicamentos/antagonistas & inibidores
Emulsões
Imagem de Perfusão/métodos
Absorção Intestinal/efeitos dos fármacos
Intestino Delgado/efeitos dos fármacos
Limites: Animais
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-939322
Autor: Moreira, Douglas de Souza.
Título: Caracterização molecular de transportadores ABC e análise dos níveis intracelulares de antimônio em populações de Leishmania spp. do Novo Mundo sensíveis e resistentes ao antimonial trivalente.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2012. 134 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Transportadores ABC (ATP-binding cassette) abrangem proteínas transmembrana, que utilizam a energia resultante da hidrólise de ATP, para transportar uma variedade de moléculas através de membranas biológicas, incluindo drogas quimioterapêuticas. Alguns membros dessa superfamília ABC estão associados com quimioresistência através da superexpressão de proteínas de resistência a múltiplas drogas (multidrug resistance associated protein – MRP). Uma dessas proteínas é a Pgp (P-glicoproteína), que está relacionada à resistência através da extrusão de compostos tóxicos da célula. O geneMRPA, um transportador da subfamília ABCC, está envolvido na resistência pelo sequestro do conjugado metal-tiol em vesículas próximas da bolsa flagelar da Leishmania. Neste estudo, formas promastigotas de populações sensíveis e resistentes ao antimonial trivalente(SbIII) de quatro espécies de Leishmania, L. (V.) guyanensis, L. (L.) amazonensis, L. (V.) braziliensis e L. (L.) infantum chagasi, foram analisadas quanto: a localização cromossômica, presença de amplificação extracromossomal e análise da amplificação do gene MRPA; níveis de mRNA dos genes MRPA e MRP; expressão da proteína Pgp e determinação do nível intracelular de SbIII

Ensaios de PFGE indicaram a associação de amplificação cromossomal e extracromossomal do gene MRPA com o fenótipo de resistência à droga nas espécies de Leishmania estudadas. Os resultados obtidos através de lise alcalina dos parasitos mostraram a presença de amplificação extracromossomal apenas na amostra resistente de L. (V.) braziliensis. Análises de Southern blot com as endonucleases BamHI e HindIII indicaram a presença de polimorfismos na sequência do gene MRPA em algumas amostras de Leishmania analisadas. Adicionalmente, foi observada amplificação desse gene nas populações de Leishmania resistentes ao SbIII. Ensaios de PCR quantitativo em tempo real mostraram aumento dos níveis de mRNA do gene MRPA nas populações resistentes de L. (L.) amazonensis e L. (V.) braziliensis, comparado com seus respectivos pares sensíveis. Os níveis de mRNA do gene MRP estão aumentados em todas as populações de Leishmania resistentes ao SbIII analisadas neste estudo. Os resultados de Western blot revelaram que a proteína Pgp está mais expressa nas populações resistentes de L. (V.) guyanensis e L. (L.) amazonensis. Os dados obtidosde quantificação dos níveis intracellulares de SbIII por espectrometria de absorção atômicaem forno de grafite mostraram uma redução no acúmulo de SbIII, nas populaçõesresistentes de L. (V.) guyanensis, L. (L.) amazonensis e L. (V.) braziliensis, quando comparadas às respectivas populações sensíveis. Nossos resultados indicam que os mecanismos de resistência ao antimônio são diferentes entre as espécies de Leishmania analisadas
Descritores: Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/fisiologia
Leishmania
Leishmaniose/tratamento farmacológico
Limites: Masculino
Humanos
Animais
Camundongos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.936 4, M835c, 2012. 017312e017313


  3 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-837233
Autor: Genvigir, Fabiana Dalla Vecchia.
Título: Efeito de hipolipemiantes sobre a expressão de genes envolvidos no transporte reverso do colesterol / Statin effects on expression of genes involved in reverse cholesterol transport.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. 141 p. tab, graf, ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A eficácia das estatinas em reduzir o risco de eventos coronarianos não é completamente explicada por seus efeitos em diminuir colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL-C). Um dos seus efeitos adicionais pode ser decorrente da modificação na concentração de lipoproteína de alta densidade (HDL), reconhecida como ateroprotetora, principalmente por seu papel no transporte reverso do colesterol (TRC). Os transportadores de membrana do tipo ATP-binding cassette, ABCA1 e ABCG1, e o scavenger receptor BI (SRBI) são proteínas importantes envolvidas no TRC e seus genes são regulados por vários fatores de transcrição, entre eles os liver-x-receptors (LXRs). Com a finalidade de avaliarmos os efeitos dos hipolipemiantes sobre expressão dos transportadores ABC e do receptor SRBI, a expressão de RNAm do ABCA1, ABCG1, SCARB1, NR1H3 (LXRα) e NR1H2 (LRXß) foi avaliada por PCR em tempo real em células das linhagens HepG2 (origem hepática) e Caco-2 (origem intestinal) tratadas com atorvastatina ou sinvastatina (10 µM) e/ou ezetimiba (até 5 µM) por até 24 horas. Além disso, a expressão desses genes também foi avaliada em células mononucleares do sangue periférico (CMSP) de 50 pacientes normolipidêmicos (NL) e 71 hipercolesterolêmicos (HC) tratados com atorvastatina (10mg/dia/4semanas, n=48) ou sinvastatina e/ou ezetimiba (10mg/dia/4 ou 8 semanas, n=23). A possível associação entre os polimorfismos ABCA1 C-14T e R219K e a expressão de RNAm em CMSP também foi avaliada por PCR-RFLP. O SCARB1 foi o gene mais expresso nas células HepG2 e Caco-2, seguido por NR1H2, NR1H3, ABCG1 e ABCA1 em HepG2 ou por ABCA1 e ABCG1 em Caco-2. O tratamento com estatinas (1 ou 10 µM) ou ezetimiba (5 µM), por 12 ou 24 horas, aumentou a expressão de RNAm do ABCG1, mas não de ABCA1 e SCARB1, em células HepG2. Ainda nesta linhagem, o aumento na transcrição dos genes NR1H2 e NR1H3 foi observado somente com a maior concentração de atorvastatina (10 µM) e, ao contrário, o tratamento com ezetimiba causou redução na transcrição de NR1H2, sem alteração de NR1H3. Em células Caco-2, o tratamento com atorvastatina ou sinvastatina por 12 ou 24 horas reduziu a quantidade do transcrito ABCA1 e não alterou a expressão do SCARB1 e do ABCG1, embora, para este último, tenha havido uma tendência à diminuição da expressão após tratamento com sinvastatina (p=0,07). Após tratamento com ezetimiba isolada (até 5 µM) nenhuma alteração de expressão de RNAm foi observada em células Caco-2; no entanto, após 24 horas de tratamento com sinvastatina e ezetimiba, foi reduzida a taxa de transcrição de ABCA1 e ABCG1, mas não de SCARB1. Ao contrário das linhagens celulares, em CMSP os genes NR1H2 e ABCG1 foram os mais expressos, seguidos pelos genes SCARB1 e ABCA1 e, finalmente, pelo NR1H3. Indivíduos HC tiveram maior expressão basal de NR1H2 e NR1H3, mas não de outros genes, quando comparados aos NL (p<0,05). Além disso, nos indivíduos HC, a expressão basal de ABCA1 foi maior em portadores do alelo -14T do polimorfismo ABCA1 -14C>T quando comparados aos portadores do genótipo -14CC (p=0,034). O tratamento com estatinas, com ezetimiba ou com a terapia combinada diminuiu a transcrição de ABCA1 e ABCG1. Para o SCARB1, NR1H2 e NR1H3, nenhuma alteração de expressão de RNAm em CMSP foi detectada após os tratamentos in vivo. Após todas as fases de tratamento, ABCA1 e ABCG1 e também NR1H2 e NR1H3 foram significativamente correlacionados entre si, mas nenhuma correlação com perfil lipídico sérico foi relevante. Coletivamente, esses resultados dão indícios de que os hipolipemiantes analisados (estatinas e ezetimiba) têm um importante papel na regulação da expressão de genes envolvidos no transporte reverso do colesterol e sugerem a existência de regulação tecido-específica para os dois transportadores ABC. Além disso, o efeito das estatinas ou da ezetimiba sobre a expressão do ABCA1, do ABCG1 ou do SCARB1 não sofreu influencia de alterações diretas da transcrição dos LXRs

The efficacy of statins in reducing the risk of coronary events is not completely explained by their effects in decreasing cholesterol low-density lipoprotein (LDL-C). One of their additional effects may result from the change in concentration of high-density lipoprotein (HDL), recognized as atheroprotective, mainly for the role in reverse cholesterol transport (RCT). The membrane transporters, as ATP-binding cassette, ABCA1 and ABCG1, and scavenger receptor BI (SRBI) are important proteins involved in the RCT and their genes are regulated by various transcription factors, including the liver-X-receptors (LXRs) . In order to evaluate the effects of lipid lowering on expression of ABC transporters and SRBI receptor, the mRNA expression of ABCA1, ABCG1, SCARB1, NR1H3 (LXRα) and NR1H2 (LRXß) was assessed by real time PCR in HepG2 (hepatic origin) and Caco-2 (intestinal origin) cells treated with atorvastatin or simvastatin (10 µM) and/or ezetimibe (up to 5 µM) for 24 hours. Furthermore, the expression of these genes was evaluated in peripheral blood mononuclear cells (PBMC) of 50 normolipidemic (NL) and 71 hypercholesterolemic (HC) patients treated with atorvastatin (10mg/d/4 weeks, n = 48) or simvastatin and/or ezetimibe (10mg/d/4 or 8 weeks, n = 23). The possible association between ABCA1 C-14T and R219K polymorphisms and mRNA expression in PBMC was also evaluated by PCR-RFLP. SCARB1 was the most expressed in HepG2 and Caco-2 cells, followed by NR1H2, NR1H3, ABCG1 and ABCA1 in HepG2 or by ABCG1 and ABCA1 in Caco-2. The treatment with statins (1 or 10 µM) or ezetimibe (5 µM) for 12 or 24 hours, increased mRNA expression of ABCG1 but not ABCA1 and SCARB1 in HepG2 cells. Moreover, in HepG2 cells, atorvastatin also upregulated NR1H2 and NR1H3 only at 10.0 µM, meanwhile ezetimibe downregulated NR1H2 but did not change NR1H3 expression. In Caco-2 cells, atorvastatin or simvastatin treatment for 12 or 24 hours reduced the amount of ABCA1 transcript and did not alter the ABCG1 and SCARB1 expressions, despite the tendency to decrease ABCG1 mRNA expression after simvastatin treatment (p = 0.07). After treatment with ezetimibe alone (up to 5 µM) no change in mRNA expression was observed in Caco-2 cells; however, after 24 hours- simvastatin and ezetimibe treatments decreased the transcription of ABCA1 and ABCG1, but not of SCARB1. Unlike cell lines, in PBMC, NR1H2 and ABCG1 were the most expressed, followed by SCARB1 and ABCA1 and finally by the NR1H3. HC patients showed higher NR1H2 and NR1H3 basal expressions, but not of other genes, compared to NL (p <0.05). Moreover, in HC individuals, the ABCA1 basal expression was higher in individuals carrying -14T allele of -14C> T polymorphism when compared with -14CC carriers (p = 0.034). Treatment with statins, ezetimibe, or combined therapy downregulated ABCA1 and ABCG1 expression. For SCARB1, NR1H2 and NR1H3, no change in mRNA expression in PBMC was detected after treatments. After all phases of treatment, ABCA1 and ABCG1 as well as NR1H2 and NR1H3 were significantly correlated, but no correlation with serum lipid profile was relevant. Collectively, these results provide evidences that the lipid lowering (statins and ezetimibe) have an important role in mRNA expression regulation of genes involved in reverse cholesterol transport and suggest the existence of tissue-specific regulation for the ABC transporters. Furthermore, the effect of statins or ezetimibe on ABCA1, ABCG1 or SCARB1 expression was not directly influenced by changes of LXR transcription
Descritores: Colesterol
Expressão Gênica
Hipolipemiantes
-Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP
Ezetimiba
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases
Hipercolesterolemia
Lipídeos
Farmacogenética
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Técnicas In Vitro
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T616.0756, G341e. 30100018629


  4 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-752532
Autor: Lima, Renilton Aires; Cândido, Eduardo Batista; Melo, Flávia Perrim de; Piedade, Josiane Barbosa; Vidigal, Paula Vieira Teixeira; Silva, Luciana Maria; Silva Filho, Agnaldo Lopes da.
Título: Gene expression profile of ABC transporters and cytotoxic effect of ibuprofen and acetaminophen in an epithelial ovarian cancer cell line in vitro / Perfil da expressão gênica dos transportadores ABC e efeito citotóxico do ibuprofeno e acetaminofen em uma linhagem celular de câncer epitelial de ovário in vitro
Fonte: Rev. bras. ginecol. obstet;37(6):283-290, 06/2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: PURPOSES: To determine the basic expression of ABC transporters in an epithelial ovarian cancer cell line, and to investigate whether low concentrations of acetaminophen and ibuprofen inhibited the growth of this cell line in vitro. METHODS: TOV-21 G cells were exposed to different concentrations of acetaminophen (1.5 to 15 μg/mL) and ibuprofen (2.0 to 20 μg/mL) for 24 to 48 hours. The cellular growth was assessed using a cell viability assay. Cellular morphology was determined by fluorescence microscopy. The gene expression profile of ABC transporters was determined by assessing a panel including 42 genes of the ABC transporter superfamily. RESULTS: We observed a significant decrease in TOV-21 G cell growth after exposure to 15 μg/mL of acetaminophen for 24 (p=0.02) and 48 hours (p=0.01), or to 20 μg/mL of ibuprofen for 48 hours (p=0.04). Assessing the morphology of TOV-21 G cells did not reveal evidence of extensive apoptosis. TOV-21 G cells had a reduced expression of the genes ABCA1, ABCC3, ABCC4, ABCD3, ABCD4 and ABCE1 within the ABC transporter superfamily. CONCLUSIONS: This study provides in vitro evidence of inhibitory effects of growth in therapeutic concentrations of acetaminophen and ibuprofen on TOV-21 G cells. Additionally, TOV-21 G cells presented a reduced expression of the ABCA1, ABCC3, ABCC4, ABCD3, ABCD4 and ABCE1 transporters. .

OBJETIVOS: Determinar a expressão básica dos transportadores ABC em uma linhagem celular do câncer epitelial de ovário, e investigar se o acetaminofen e o ibuprofeno em baixas concentrações são capazes de inibir o crescimento desta linhagem celular in vitro. MÉTODOS: A linhagem celular TOV-21 G foi exposta a diferentes concentrações de acetaminofen (1,5 a 15 µg/mL) e ibuprofeno (2,0 a 20 µg/mL), de 24 a 48 horas. O crescimento celular foi avaliado utilizando-se um ensaio de viabilidade celular. A morfologia celular foi determinada por meio da microscopia de fluorescência. O perfil de expressão gênica foi estabelecido por um painel de 42 genes da superfamília de transportadores ABC. RESULTADOS: Observou-se um decréscimo significativo no crescimento das células TOV-21 G expostas a 15 µg/mL de acetaminofen durante 24 (p=0,02) e 48 horas (p=0,01), ou a 20 µg/mL de ibuprofeno por 48 horas (p=0,04). Ao avaliar a morfologia das células cultivadas, não foi observada evidência de apoptose extensiva. A linhagem de células estudada subexpressa os genes de ABCA1, ABCC3, ABCC4, ABCD3, ABCD4 e ABCE1 na superfamília de transportadores ABC. CONCLUSÕES: Este estudo fornece evidências in vitro referentes aos efeitos inibidores do crescimento de concentrações terapêuticas do acetaminofen e ibuprofeno na linhagem celular testada. Além disso, as células TOV-21 G apresentaram uma expressão reduzida de genes dos transportadores ABCA1, ABCC3, ABCC4, ABCD3, ABCD4 e ABCE1. .
Descritores: Acetaminofen/farmacologia
Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/genética
Proliferação de Células/efeitos dos fármacos
Ibuprofeno/farmacologia
Neoplasias Epiteliais e Glandulares/genética
Neoplasias Epiteliais e Glandulares/patologia
Neoplasias Ovarianas/genética
Neoplasias Ovarianas/patologia
Transcriptoma/efeitos dos fármacos
-Linhagem Celular Tumoral
Sobrevivência Celular/efeitos dos fármacos
Células Tumorais Cultivadas
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-745976
Autor: Zingales, Bianca; Araujo, Rafael Gomes Aquino; Moreno, Margoth; Franco, Jaques; Aguiar, Pedro Henrique Nascimento; Nunes, Solange Lessa; Silva, Marcelo Nunes; Ienne, Susan; Machado, Carlos Renato; Brandão, Adeilton.
Título: A novel ABCG-like transporter of Trypanosoma cruzi is involved in natural resistance to benznidazole
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;110(3):433-444, 05/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP; . CNPq; . FAPEMIG; . PROEP/IOC/FIOCRUZ/CNPq.
Resumo: Benznidazole (BZ) is one of the two drugs used for Chagas disease treatment. Nevertheless therapeutic failures of BZ have been reported, which were mostly attributed to variable drug susceptibility among Trypanosoma cruzi strains. ATP-binding cassette (ABC) transporters are involved in a variety of translocation processes and some members have been implicated in drug resistance. Here we report the characterisation of the first T. cruzi ABCG transporter gene, named TcABCG1, which is over-expressed in parasite strains naturally resistant to BZ. Comparison of TcABCG1 gene sequence of two TcI BZ-resistant strains with CL Brener BZ-susceptible strain showed several single nucleotide polymorphisms, which determined 11 amino acid changes. CL Brener transfected with TcI transporter genes showed 40-47% increased resistance to BZ, whereas no statistical significant increment in drug resistance was observed when CL Brener was transfected with the homologous gene. Only in the parasites transfected with TcI genes there was 2-2.6-fold increased abundance of TcABCG1 transporter protein. The analysis in wild type strains also suggests that the level of TcABCG1 transporter is related to BZ natural resistance. The characteristics of untranslated regions of TcABCG1 genes of BZ-susceptible and resistant strains were investigated by computational tools.
Descritores: Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/genética
Resistência a Medicamentos/genética
Nitroimidazóis/farmacologia
Tripanossomicidas/farmacologia
Trypanosoma cruzi/efeitos dos fármacos
Trypanosoma cruzi/genética
-DNA de Protozoário/genética
Genótipo
Proteínas de Membrana Transportadoras/genética
Testes de Sensibilidade Parasitária
Filogenia
Limites: Animais
Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728807
Autor: Lima, Estelita Pereira; Goulart, Marília Oliveira Fonseca; Rolim Neto, Modesto Leite.
Título: Evaluation of the role of ATP-binding cassette transporters as a defence mechanism against temephos in populations of Aedes aegypti
Fonte: Mem. Inst. Oswaldo Cruz;109(7):964-966, 11/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: The role of ATP-binding cassette (ABC) transporters in the efflux of the insecticide, temephos, was assessed in the larvae of Aedes aegypti. Bioassays were conducted using mosquito populations that were either susceptible or resistant to temephos by exposure to insecticide alone or in combination with sublethal doses of the ABC transporter inhibitor, verapamil (30, 35 and 40 μM). The best result in the series was obtained with the addition of verapamil (40 μM), which led to a 2x increase in the toxicity of temephos, suggesting that ABC transporters may be partially involved in conferring resistance to the populations evaluated.
Descritores: Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/fisiologia
Aedes/efeitos dos fármacos
Resistência a Inseticidas
Insetos Vetores/efeitos dos fármacos
Inseticidas/farmacologia
Temefós/farmacologia
-Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/efeitos dos fármacos
Aedes/metabolismo
Bloqueadores dos Canais de Cálcio/farmacocinética
Bloqueadores dos Canais de Cálcio/farmacologia
Insetos Vetores/metabolismo
Resistência a Inseticidas/efeitos dos fármacos
Inseticidas/farmacocinética
Larva/efeitos dos fármacos
Larva/metabolismo
LETHAL DOSE ACADEMIES AND INSTITUTES
Temefós/farmacocinética
Verapamil/farmacocinética
Verapamil/farmacologia
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: lil-710927
Autor: Liu, Hui; Lin, Jia; Zhu, Xing Chun; Li, Yuan Hao; Fan, Mei; Zhang, Rong Rong; Fang, Ding Zhi.
Título: Effects of R219K polymorphism of ATP-binding cassette transporter 1 gene on serum lipids ratios induced by a high-carbohydrate and low-fat diet in healthy youth
Fonte: Biol. Res;47:1-6, 2014. tab.
Idioma: en.
Projeto: The National Natural Science Foundation of China.
Resumo: BACKGROUND: Diets are the important players in regulating plasma lipid profiles. And the R219K polymorphism at the gene of ATP-binding cassette transporter 1(ABCA1) was reported to be associated with the profiles. However, no efforts have been made to investigate the changes of lipid profiles after a high-carbohydrate and low-fat diet in different subjects with different genotypes of this polymorphism. This study was to evaluate the effects of ABCA1 R219K polymorphism on serum lipid and apolipoprotein (apo) ratios induced by a high-carbohydrate/low-fat (high-CHO) diet. After a washout diet of 54.1% carbohydrate for 7 days, 56 healthy young subjects (22.89 ± 1.80 years old) were given a high-CHO diet of 70.1% carbohydrate for 6 days. Height, weight, waist circumference, hip circumference, glucose (Glu), triglyceride (TG), total cholesterol (TC), high density lipoprotein cholesterol (HDL-C), low density lipoprotein cholesterol (LDL-C), apoA-1 and apoB-100 were measured on the 1st, 8th and 14th days of this study. Body mass index (BMI), waist-to-hip ratios (WHR), log(TG/HDL-C), TC/HDL-C, LDL-C/HDL-C and apoA-1/apoB-100 were calculated. ABCA1 R219K was analyzed by a PCR-RFLP method. RESULTS: The results indicate that the male subjects of all the genotypes had higher WHR than their female counterparts on the 1st, 8th and 14th days of this study. The male K carriers had higher log(TG/HDL-C) and TC/HDL-C than the female carriers on the 1st and 14th days, and higher LDL-C/HDL-C on the 14th day. When compared with that on the 8th day, TC/HDL-C was decreased regardless of the genotypes and genders on the 14th day. Log(TG/HDL-C) was increased in the males with the RR genotype and the female K carriers. Lowered BMI, Glu and LDL-C/HDL-C were found in the male K carriers, but only lowered BMI in the female K carriers and only lowered LDL-C/HDL-C in the females with the RR genotype. CONCLUSIONS: These results suggest that ABCA1 R219K polymorphism is associated differently in males and females with elevated log(TG/HDL-C) and decreased LDL-C/HDL-C induced by the high-CHO diet.
Descritores: Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/genética
Apolipoproteínas/sangue
Colesterol/sangue
Dieta com Restrição de Gorduras
Carboidratos da Dieta/metabolismo
Polimorfismo Genético/fisiologia
-Alelos
/sangue
APOLIPOPROTEIN B-ACETOLACTATE SYNTHASE/sangue
Apolipoproteínas A/sangue
Glicemia/análise
HDL-Colesterol/sangue
LDL-Colesterol/sangue
Genótipo
Metaboloma/genética
Fatores Sexuais
Triglicerídeos/sangue
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  8 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-705505
Autor: Moreira, Douglas de Souza.
Título: Caracterização molecular de transportadores ABC e análise dos níveis intracelulares de antimônio em populações de Leishmania spp. do Novo Mundo sensíveis e resistentes ao antimonial trivalente / Molecular characterization of ABC transporters and analysis of intracellular levels of antimony in populations of Leishmania spp. New World sensitive and resistant trivalent antimony.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2012. 134 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. centro de pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Transportadores ABC (ATP-binding cassette) abrangem proteínas transmembrana, que utilizam a energia resultante da hidrólise de ATP, para transportar uma variedade de moléculas através de membranas biológicas, incluindo drogas quimioterapêuticas. Alguns membros dessa superfamília ABC estão associados com quimioresistência através da superexpressão de proteínas de resistência a múltiplas drogas (multidrug resistance associated protein – MRP). Uma dessas proteínas é a Pgp (P-glicoproteína), que está relacionada à resistência através da extrusão de compostos tóxicos da célula. O geneMRPA, um transportador da subfamília ABCC, está envolvido na resistência pelo sequestro do conjugado metal-tiol em vesículas próximas da bolsa flagelar da Leishmania. Neste estudo, formas promastigotas de populações sensíveis e resistentes ao antimonial trivalente(SbIII) de quatro espécies de Leishmania, L. (V.) guyanensis, L. (L.) amazonensis, L. (V.) braziliensis e L. (L.) infantum chagasi, foram analisadas quanto: a localização cromossômica, presença de amplificação extracromossomal e análise da amplificação do gene MRPA; níveis de mRNA dos genes MRPA e MRP; expressão da proteína Pgp e determinação do nível intracelular de SbIII...
Descritores: Leishmania
Leishmaniose/tratamento farmacológico
Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/fisiologia
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Camundongos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.936 4, M835c, 2012. 017312e017313


  9 / 24 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-681121
Autor: Genvigir, Fabiana Dalla Vecchia.
Título: Efeito de hipolipemiantes sobre a expressão de genes envolvidos no transporte reverso do colesterol / Statin effects on expression of genes involved in reverse cholesterol transport.
Fonte: São Paulo; s.n; 2011. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A eficácia das estatinas em reduzir o risco de eventos coronarianos não é completamente explicada por seus efeitos em diminuir colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL-C). Um dos seus efeitos adicionais pode ser decorrente da modificação na concentração de lipoproteína de alta densidade (HDL), reconhecida como ateroprotetora, principalmente por seu papel no transporte reverso do colesterol (TRC). Os transportadores de membrana do tipo ATP-binding cassette, ABCA1 e ABCG1, e o scavenger receptor BI (SRBI) são proteínas importantes envolvidas no TRC e seus genes são regulados por vários fatores de transcrição, entre eles os liver-x-receptors (LXRs). Com a finalidade de avaliarmos os efeitos dos hipolipemiantes sobre expressão dos transportadores ABC e do receptor SRBI, a expressão de RNAm do ABCA1, ABCG1, SCARB1, NR1H3 (LXRα) e NR1H2 (LRXβ) foi avaliada por PCR em tempo real em células das linhagens HepG2 (origem hepática) e Caco-2 (origem intestinal) tratadas com atorvastatina ou sinvastatina (10 µM) e/ou ezetimiba (até 5 µM) por até 24 horas. Além disso, a expressão desses genes também foi avaliada em células mononucleares do sangue periférico (CMSP) de 50 pacientes normolipidêmicos (NL) e 71 hipercolesterolêmicos (HC) tratados com atorvastatina (10mg/dia/4semanas, n=48) ou sinvastatina e/ou ezetimiba (10mg/dia/4 ou 8 semanas, n=23). A possível associação entre os polimorfismos ABCA1 C-14T e R219K e a expressão de RNAm em CMSP também foi avaliada por PCR-RFLP. O SCARB1 foi o gene mais expresso nas células HepG2 e Caco-2, seguido por NR1H2, NR1H3, ABCG1 e ABCA1 em HepG2 ou por ABCA1 e ABCG1 em Caco-2. O tratamento com estatinas (1 ou 10 µM) ou ezetimiba (5 µM), por 12 ou 24 horas, aumentou a expressão de RNAm do ABCG1, mas não de ABCA1 e SCARB1, em células HepG2. Ainda nesta linhagem, o aumento na transcrição dos genes NR1H2 e NR1H3 foi observado somente com a maior concentração de atorvastatina (10 µM) e, ao contrário, o tratamento com ezetimiba...

The efficacy of statins in reducing the risk of coronary events is not completely explained by their effects in decreasing cholesterol low-density lipoprotein (LDL-C). One of their additional effects may result from the change in concentration of high-density lipoprotein (HDL), recognized as atheroprotective, mainly for the role in reverse cholesterol transport (RCT). The membrane transporters, as ATP-binding cassette, ABCA1 and ABCG1, and scavenger receptor BI (SRBI) are important proteins involved in the RCT and their genes are regulated by various transcription factors, including the liver-X-receptors (LXRs) . In order to evaluate the effects of lipid lowering on expression of ABC transporters and SRBI receptor, the mRNA expression of ABCA1, ABCG1, SCARB1, NR1H3 (LXRα) and NR1H2 (LRXβ) was assessed by real time PCR in HepG2 (hepatic origin) and Caco-2 (intestinal origin) cells treated with atorvastatin or simvastatin (10 µM) and/or ezetimibe (up to 5 µM) for 24 hours. Furthermore, the expression of these genes was evaluated in peripheral blood mononuclear cells (PBMC) of 50 normolipidemic (NL) and 71 hypercholesterolemic (HC) patients treated with atorvastatin (10mg/d/4 weeks, n = 48) or simvastatin and/or ezetimibe (10mg/d/4 or 8 weeks, n = 23). The possible association between ABCA1 C-14T and R219K polymorphisms and mRNA expression in PBMC was also evaluated by PCR-RFLP. SCARB1 was the most expressed in HepG2 and Caco-2 cells, followed by NR1H2, NR1H3, ABCG1 and ABCA1 in HepG2 or by ABCG1 and ABCA1 in Caco-2. The treatment with statins (1 or 10 µM) or ezetimibe (5 µM) for 12 or 24 hours, increased mRNA expression of ABCG1 but not ABCA1 and SCARB1 in HepG2 cells. Moreover, in HepG2 cells, atorvastatin also upregulated NR1H2 and NR1H3 only at 10.0 µM, meanwhile ezetimibe downregulated NR1H2 but did not change NR1H3 expression. In Caco-2 cells, atorvastatin or simvastatin treatment for 12 or 24 hours reduced the amount of ABCA1 transcript and did not ...
Descritores: Expressão Gênica
Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases/análise
-Lipoproteínas LDL
Lipoproteínas LDL/isolamento & purificação
Lipoproteínas LDL/química
Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP/análise
Responsável: BR40.1 - DBD - Divisão de Biblioteca e Documentacão do Conjunto das Químicas
BR40.1; T616.0756, G341e. T20734-F


  10 / 24 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-664737
Autor: Figueiredo, Roberta Marcondes Machado.
Título: Efeito dos ácidos graxos saturados, poli-insaturados e trans no desenvolvimento de aterosclerose e esteatose hepática em camundongos com ablação gênica do receptor de LDL / Effect of saturated, polyunsaturated and trans fatty acids on the development of atherosclerosis and hepatic steatosis of mice with ablation of the LDL receptor gene.
Fonte: São Paulo; s.n; 2012. [133] p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: A quantidade e o tipo de gordura alimentar exercem importante influência no desenvolvimento de doença cardiovascular (DCV) e podem contribuir para o desenvolvimento de esteatose hepática. Os ácidos graxos saturados e trans são consensualmente apontados como aterogênicos; já os poli-insaturados parecem exercer ação antiaterogênica. Com relação a esteatose hepática, sabe-se que os ácidos graxos saturados estão associados com o seu desenvolvimento; porém, a ação dos ácidos graxos trans na gênese e no desenvolvimento de esteatose hepática não está totalmente elucidada. Neste estudo, avaliou-se o efeito do consumo de dietas enriquecidas com ácidos graxos saturados (SAT), poli-insaturados (POLI) ou trans (TRANS) sobre componentes envolvidos na indução e na progressão da placa aterosclerótica, bem como sobre o desenvolvimento da doença hepática gordurosa não alcoólica. Métodos: Camundongos com ablação gênica para o receptor de LDL (LDLr-KO) foram alimentados com dietas hiperlipídicas (40% do valor calórico total sob a forma de gordura), enriquecidas com ácidos graxos SAT, POLI ou TRANS por 16 semanas e ao final submetidos a: 1) análises plasmáticas: colesterol total (CT), triglicérides (TG), insulina, glicose, aspartato aminotransferase (AST) e alanina aminotransferase (ALT), interleucina-6 (IL-6), fator de necrose tumoral-? (TNF-alfa) e perfil de lipoproteínas; 2) determinação da lesão aterosclerótica: área de lesão (Oil Red-O), conteúdo de ATP-binding cassette transporter A1 (ABCA1) e infiltrado de macrófagos (imuno-histoquímica), colocalização de ABCA1 e macrófagos (microscopia confocal) e conteúdo de colágeno (Picrosirius-Red) na raiz aórtica; 3) conteúdo de CT, colesterol éster (CE) e colesterol livre (CL) na aorta total; 4) macrófagos peritoneais foram tratados com lipopolissacarídeo...

Introduction: The amount and type of dietary fat play important roles on the development of cardiovascular disease (CVD) and on the development of hepatic steatosis. Saturated (SAT) and trans (TRANS) fatty acids are known as pro-atherogenic, while the polyunsaturated (POLY) fats seem to exert an antiatherogenic action. Regarding hepatic steatosis, it is known that SAT are associated with its development, however, the role of TRANS in the genesis and development of hepatic steatosis is not fully undestood. This study evaluated the effect of the intake of diets enriched with SAT, POLY or TRANS on the parameters involved in the progression of the atherosclerotic plaque and also on the development of the nonalcoholic fatty liver disease (NAFLD). Methods: LDL receptor knock-out (LDLR-KO) male mice were fed for 16 weeks a high fat diet (40% of calories as fat) enriched with SAT, POLY or TRANS, for 16 weeks. The following parameters were mesured: 1) plasma: total cholesterol (TC), triglyceride (TG), insulin, glucose, aspartate aminotransferase (AST) and alanine amino transferase (ALT), interleukin-6 (IL-6), tumor necrosis factor- ? (TNF-?) and lipoprotein profile; 2) atherosclerotic lesion - lesion area (Oil Red-O), ATP-binding cassette transporter A1 (ABCA1) content and macrophage infiltration (immunohistochemistry), co-localization of ABCA1 and macrophages (confocal microscopy) and collagen content (Picrosirius-Red); 3) TC, cholesteryl ester (CE) and free cholesterol (FC) content of the total aorta; 4) interleukin-6 and 10 (IL-6 and IL-10) and TNF-alfa in the culture medium of peritoneal macrophages after treatment with lipopolysaccharide (LPS); 5) liver: degree of fat liver disease, concentration of TC and TG and mRNA expression (RT-qPCR) of PPAR-gama, PPAR-gama, SREBP-1c, MTP, ABCA1 and CPT-1; 6)...
Descritores: Aterosclerose
Transportadores de Cassetes de Ligação de ATP
Colesterol
Dieta Hiperlipídica
Ácidos Graxos
Ácidos Graxos Insaturados
Fígado Gorduroso
Camundongos Knockout
Ácidos Graxos Trans
-Receptores de LDL
Limites: Animais
Camundongos
Responsável: BR66.1 - Divisão de Biblioteca e Documentação
BE66.1; W4.DB8/SP.USP/FM-2, F492ef, 2012



página 1 de 3 ir para página          
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde