Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.157.530.400.150.720 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Beiräo, P. S. L
Cruz, J. S
Texto completo
Id: lil-359901
Autor: Mudado, M. A; Rodrigues, A. L; Prado, V. F; Beirão, P. S. L; Cruz, J. S.
Título: CaV 3.1 and CaV 3.3 account for T-type Ca2+ current in GH3 cells
Fonte: Braz. j. med. biol. res = Rev. bras. pesqui. méd. biol;37(6):929-935, Jun. 2004. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: CNPq; . CAPES; . TWAS.
Resumo: T-type Ca2+ channels are important for cell signaling by a variety of cells. We report here the electrophysiological and molecular characteristics of the whole-cell Ca2+ current in GH3 clonal pituitary cells. The current inactivation at 0 mV was described by a single exponential function with a time constant of 18.32 ñ 1.87 ms (N = 16). The I-V relationship measured with Ca2+ as a charge carrier was shifted to the left when we applied a conditioning pre-pulse of up to -120 mV, indicating that a low voltage-activated current may be present in GH3 cells. Transient currents were first activated at -50 mV and peaked around -20 mV. The half-maximal voltage activation and the slope factors for the two conditions are -35.02 ñ 2.4 and 6.7 ñ 0.3 mV (pre-pulse of -120 mV, N = 15), and -27.0 ñ 0.97 and 7.5 ñ 0.7 mV (pre-pulse of -40 mV, N = 9). The 8-mV shift in the activation mid-point was statistically significant (P < 0.05). The tail currents decayed bi-exponentially suggesting two different T-type Ca2+ channel populations. RT-PCR revealed the presence of a1G (CaV3.1) and a1I (CaV3.3) T-type Ca2+ channel mRNA transcripts.
Descritores: Canais de Cálcio Tipo T
Hipófise
-Linhagem Celular
Células Clonais
Eletrofisiologia
Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa
RNA
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-260483
Autor: Oigman, Wille; Fritsch, Mario Toros.
Título: Antagonistas dos canais de cálcio / Antagonists of calcium channel
Fonte: Rev. bras. hipertens;5(2):104-9, abr.-jun. 1998. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Os antagonistas de canais de cálcio representam um grupo heterogêneo de drogas, divididos em quatro principais famílias: os diidropiridínicos, as fenilaquilaminas, os benzotiazepínicos e o tetralol. Essas drogas desempenham ações distintas sobre o sistema cardiovascular, podendo ser mais específicas e potentes na musculatura vascular arterial sistêmica, coronariana e miocárdica ou no sistema de condução cardíaca. São drogas neutras quanto ao metabolismo glicídico, lipídico, ou eletrolítico. Promovem regressão da hipertrofia ventricular esquerda e melhoram o desempenho diastólico do ventrículo esquerdo, porém algumas podem deteriorar a função sistólica na presença de falência miocárdica. A relação vale-pico é elevada na maioria das apresentações, excetuando-se a nifedipina na apresentação cápsulas, sendo consideradas frogas de prescrição uma vez ao dia. Recentemente, foi demonstrado, pela primeira vez, que um dos antagonistas de canais de cálcio, a nitrendipina reduziu a longo prazo a mortalidade por acidente vascular cerebral. A interação com outras medicações não é incomum, devendo-se dar atenção a esse fato, que, quando presente, pode trazer conseqüências clínicas indesejáveis.
Descritores: Bloqueadores dos Canais de Cálcio/farmacologia
-Bloqueadores dos Canais de Cálcio/administração & dosagem
Bloqueadores dos Canais de Cálcio/uso terapêutico
Canais de Cálcio Tipo L
Canais de Cálcio Tipo T
Interações Medicamentosas
Hipertensão/tratamento farmacológico
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde