Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.256 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 426 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 43 ir para página                         

  1 / 426 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747062
Autor: Vasconcellos, C. H. F; Fontes, D. O; Lara, L. J. C; Corrêa, G. S. S; Silva, M. A; Vidal, T. Z. B; Fernandes, I. S; Rocha, J. S. R.
Título: Avaliação de níveis de glicina+serina em dietas de frangos de corte com reduzido teor de proteína bruta / Evaluation of glycine+serine levels in low crude protein diets for broiler chickens
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):499-505, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente ao acaso para avaliar os efeitos de diferentes níveis de glicina+serina (gli+ser) total em dietas de baixa proteína bruta (PB) sobre o desempenho e características de carcaça de frangos de corte de um a 21 dias de idade. Foram utilizadas 750 aves, distribuídas em cinco tratamentos, cinco repetições e 30 aves por unidade experimental. As dietas utilizadas continham 190g/kg de PB e níveis de gli+ser de 16,7; 19,2; 21,7 e 24,2g/kg; a dieta controle continha 230g/kg de PB. Avaliaram-se os efeitos dos níveis de glicina+serina sobre o desempenho e composição de carcaça. Os dados foram submetidos à análise de variância e os resultados obtidos com as dietas de baixos níveis proteicos com diferentes níveis de gli+ser foram comparados à dieta controle pelo teste de Dunnett. Os níveis de gli+ser apresentaram efeito linear sobre a conversão alimentar, ganho de peso e peso aos 21 dias, sendo o nível de 24,2g/kg de gli+ser com resultado semelhante à dieta controle. A redução proteica aumentou o conteúdo de extrato etéreo na carcaça.(AU)

A completely randomized experimental design was carried out to evaluate the effects of total gly+ser levels in low crude protein diets on performance and body composition of male broiler chickens from 1 to 21 days of age. Seven hundred and fifty broiler chickens were used in each one of the production phases. The birds were randomly allotted to five treatments and five replicates. The diets contained 190g/kg crude protein (CP) and total gly+ser levels of 16.7; 19.2; 21.7 and 24.2g/kg; and a control diet with 230 g/kg CP. The effect of glycine+serine levels on performance and body composition was evaluated. Data were subjected to analysis of variance and the results obtained with the diets of low crude protein levels with different levels of Gly + Ser were compared to the control diet by Dunnett's test. The gly+ser levels improved the feed linearly: weight gain ratio; weight gain and final weight. The broilers fed 24.2g/kg gly+ser diet showed a performance similar to broilers fed control diets. The carcass fat increased with CP reduction.(AU)
Descritores: Serina/administração & dosagem
Proteínas na Dieta/administração & dosagem
Ganho de Peso
Galinhas
Glicina/administração & dosagem
Ração Animal
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747052
Autor: Souza, A. M; Melo, J. F. B; Moreira, E. M. S; Souza, E. M.
Título: The effect of mango waste meal in the protein: carbohydrate ratio on performance and body composition of pacamã fish (Lophiosilurus alexandri) / Efeito do farelo residual da manga na relação proteína: carboidrato sobre o desempenho e a composição corporal do pacamã Lophiosilurus alexandri
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):527-534, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: We evaluated the inclusion of peeled-mango waste meal as a source of carbohydrate in the protein:carbohydrate ratio (CP:CH) on performance and chemical composition of pacamã (Lophiosilurus alexandri) juveniles. One hundred and fifty fish (11.31±0.96g) were stocked in sixteen 500 L tanks, fed three times daily (10% of live weight), in a system with water recirculation with biofilter. The treatments consisted of four experimental diets with decreasing levels of the ratio between crude protein and carbohydrate (1.40, 0.94, 0.56 and 0.29), with four replications per treatment. At the end of 60 days, we evaluated animal performance (final average weight gain, specific growth rate, total apparent feed intake, carcass yield, survival) and physicochemical composition of the carcass. The protein:carbohydrate ratios affected all performance variables (P<0.05), except for survival (P>0.05). The carcass chemical composition variables were modified, except for mineral matter, pH and moisture. Mango meal can be used at the proportion of up to 15% in the diet for pacamã, establishing a CP:CHO ratio of 1.40 without impairing animal performance and the carcass chemical composition.(AU).

Avaliou-se a inclusão do farelo residual de manga sem casca como fonte de carboidrato na relação proteína:carboidrato (PB:CHO) sobre o desempenho e a composição química da carcaça em juvenis de pacamãs. Foram utilizados 150 peixes (11,31±0,96g) estocados em 16 caixas de 500L, alimentados três vezes ao dia (10% peso vivo), em um sistema de recirculação de água com biofiltro. Os tratamentos consistiram em quatro dietas experimentais com níveis decrescentes da relação entre proteína bruta e carboidrato (1,40; 0,94; 0,56 e 0,29), com quatro repetições cada tratamento. Ao final de 60 dias, foram avaliados o desempenho zootécnico (ganho de peso médio final, taxa de crescimento específico, consumo total de ração aparente, conversão alimentar aparente, rendimento de carcaça, sobrevivência) e a composição físico-química da carcaça. As relações de proteína:carboidrato afetaram todas as variáveis de desempenho (P<0,05), com exceção da sobrevivência (P>0,05). Os valores da composição química da carcaça foram alterados, com exceção da matéria mineral, do pH e da umidade. A farinha de manga pode ser utilizada na proporção de até 15% na ração de pacamã, estabelecendo uma relação 1,40 PB:CHO, sem prejudicar o desempenho zootécnico e a composição química da carcaça.(AU)
Descritores: Composição Corporal
Peixes-Gato/crescimento & desenvolvimento
Carboidratos da Dieta
Proteínas na Dieta
Mangifera
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747067
Autor: Medeiros, F. F; Silva, A. M. A; Carneiro, H; Araújo, D. R. C; Morais, R. K. O; Moreira, M. N; Bezerra, L. R.
Título: Fontes proteicas alternativas oriundas da cadeia produtiva do biodiesel para alimentação de ruminantes / Alternative protein sources derived from the biodiesel production chain for feeding to ruminants
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):519-526, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar a degradação e a produção de gás de diferentes fontes proteicas geradas na cadeia produtiva do biodiesel em substituição à silagem de milho. Os tratamentos foram: coprodutos de Gossyypium hirsutum, Ricinus communis, Moringa oleifera, Jatropha curcas, Helianthus annus. Os produtos foram analisados mediante a técnica semiautomática de produção de gases in vitro. O coproduto da moringa apresentou maior taxa de degradação, quando comparado aos demais alimentos, porém apresentou baixa produção de gás e se tornou mais eficiente, sendo, portanto, indicado como o melhor nível (27,06%) de substituição à silagem de milho. O coproduto da mamona e o do algodão produziram a maior quantidade de gás em 48h de incubação. Todos os coprodutos estudados podem ser utilizados na dieta de ruminantes como alimento proteico até 30% de substituição à silagem de milho.(AU)

This study aimed to assess the degradation and gas production of different protein sources generated in the biodiesel production chain replacing corn silage. The treatments were byproducts Gossyypium hirsutum, Ricinus communis, Moringa oleifeira, Jatrophacurcas, and Helianthusannus. The products were analyzed by semi-automated technique of gas production in vitro. The coproduct moringa showed higher degradation rate compared to other foods, but showed low gas production, making it more efficient, being nominated as the best level of 27.06% by replacing corn silage. The byproducts of castor oil and cottonseed produced the largest amount of gas in 48 h of incubation. All studied byproducts can be used in the diet of ruminants as a protein food up to 30% by substitution of corn silage.(AU)
Descritores: Rúmen
Ruminantes
Proteínas na Dieta/administração & dosagem
Biocombustíveis
-Ricinus
Gossypium
Moringa oleifera
Helianthus
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  4 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747066
Autor: Mendonça, B. P. C; Lana, R. P; Detmann, E; Goes, R. H. T. B; Castro, T. R.
Título: Torta de crambe na terminação de bovinos de corte em confinamento / Crambe meal in finishing of beef cattle in feedlot
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):583-590, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Foram utilizados cinco novilhos nelore com peso inicial médio de 335±12kg, mantidos em baias individuais, para determinação do consumo e da digestibilidade, e 40 novilhos com peso corporal médio de 345±14kg, mantidos em baias coletivas, para avaliação do desempenho. A dieta definitiva foi constituída de 82% de concentrado e 18,2% de silagem de sorgo na base da matéria seca, e os níveis de inclusão da torta de crambe foram 0 (controle), 5, 10, 15 e 20%. Os ingredientes do concentrado foram sorgo moído, casca de soja, caroço de algodão, resíduo da colheita de soja, torta de crambe e núcleo mineral proteico. Houve efeito linear decrescente de nível de inclusão de torta de crambe sobre o peso corporal, e crescente, sobre o consumo de extrato etéreo, e houve efeito cúbico sobre o consumo de fibra em detergente neutro corrigido para cinzas e proteína (CFDNcp), em que o maior valor foi observado da dieta controle e o menor na dieta contendo 20% de torta de crambe. Os consumos de MS, PB, ureia, PB de ureia e CNFcp, bem como as digestibilidades e os ganhos de peso, não foram afetados pelos tratamentos. Conclui-se que a torta de crambe pode ser utilizada em até 20% de inclusão na matéria seca de dietas de bovinos de corte em confinamento.(AU)

Five Nellore steers with average initial weight of 335±12kg were kept in individual pens for determining consumption and digestibility and 40 steers with average body weight of 345 ± 14kg were kept in collective pens for performance assessment. The final diet was 82% of concentrate and 18.2% of sorghum silage on dry matter basis and the levels of inclusion of crambe pie were 0 (control), 5, 10, 15 and 20%. The concentrate ingredients were ground sorghum, soy hulls, whole cottonseed, soybean crop residue, crambe pie and protein + mineral nucleus. There was a decreasing linear effect of level of inclusion of crambe pie on the body weight, increasing linear effect on consumption of ether extract and cubic effect on consumption of neutral detergent fiber corrected for ashes and protein (NDFap), in which the highest value was observed in the control diet and the smallest in the diet containing 20% of crambe. The consumptions of DM, CP, urea, CP of urea and NFCap, as well as the digestibility and weight gain were not affected by treatments. It can be concluded that crambe meal can be utilized up to 20% of inclusion in dry matter in beef cattle diets in feedlot.(AU)
Descritores: Proteínas na Dieta
Ganho de Peso
Crambe (Planta)
Ração Animal
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  5 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-747035
Autor: Miranda, P. A. B; Fialho, M. P. F; Saliba, E. O. S; Oliveira, L. O. F; Costa, H. H. A; Lopes, V. E. S; Silva, J. J.
Título: Consumo, degradabilidade in situ e cinética ruminal em bovinos suplementados com diferentes proteinados / Intake, degradability in situ and ruminal kinetics in cattle supplemented with different protein supplements
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec;67(2):573-582, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivou-se avaliar o efeito de combinações de diferentes fontes de nitrogênio não proteico com fontes de carboidratos como suplemento para bovinos sobre o consumo, degradabilidade in situ, taxa de passagem e cinética ruminal em bovinos. Os tratamentos consistiram nos seguintes suplementos proteinados: CSUENC = casca de soja + ureia encapsulada; CSUREIA = casca de soja + ureia; MTAMIR = milho triturado + amireia; MTURENC = milho triturado + ureia encapsulada, MTUREIA = milho triturado + ureia. Os animais foram alimentados com feno de Brachiaria brizantha cv. Marandu como fonte de volumoso. O ensaio foi conduzido em delineamento quadrado latino 5x5 (cinco suplementos, cinco animais, cinco períodos). Não houve diferenças para consumo de nutrientes (P>0,05), exceto para consumo de proteína bruta g/kgPV0,75, em que se verificou maior consumo no tratamento CSUENC. Para frações fibrosas, foram obtidas maiores ingestões de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido (kg/dia; % PV; g/kgPV0,75), hemicelulose (% PV; g/kgPV0,75) quando alimentados com CSUREIA em relação àqueles com MTUREIA (P<0,05). Os tratamentos constituídos pelos diferentes proteinados não afetaram a degradabilidade in situ das frações nutricionais (P>0,05), exceto para fração potencialmente degradável da celulose. A concentração de nitrogênio amoniacal no líquido ruminal foi influenciada pela composição dos proteinados (P<0,05), sendo superior para os tratamentos MTUREIA e MTURENC em relação à CSURENC. As combinações entre diferentes fontes de nitrogênio não proteico e de carboidratos nos diferentes suplementos não modificam o consumo e a degradabilidade da forragem. Dessa forma, a escolha dos ingredientes para formulação de proteinados deve ser realizada considerando-se disponibilidade e preços desses suplementos.(AU)

The aim of this study was to evaluate the effect of combinations of different sources of non-protein nitrogen with carbohydrate sources as supplement feed to cattle on intake, in situ degradability and passage rate. Treatments consisted of the following protein supplements: CSUENC= soybean hulls + encapsulated urea; CSUREIA = soybean hulls + urea; MTAMIR = ground corn + starea; MTURENC = ground corn + encapsulated urea; MTUREIA = ground corn + urea. The animals were fed with Brachiaria brizantha cv. Marandu as roughage. The experiment was conducted in a latin square design (five supplements, five animals, five periods). The treatments did not affect the intake of nutrients (P>0.05), although a higher intake of crude protein (g/kgBW0.75) was observed by animals fed with CSUENC. A higher intake of NDF, ADF (kg/day, %BW; g/kgBW0.75) and hemicellulose (% PV; g/kgBW0.75) was observed by animals fed with CSUREIA when compared to those with MTUREIA (P<0.05). The degradability of nutritional fractions was not affected by any of the treatments (P>0.05), except for the potentially degradable cellulose. The ammoniacal nitrogen concentration in rumen fluid was influenced by the protein source (P<0.05) and was higher for MTUREIA and MTURENC treatments in relation to CSURENC. The tested combinations of different sources of non-protein nitrogen with different carbohydrates did not affect the forage intake or degradability. Therefore, the choice of the ingredients for protein supplement formulation should be made considering other factors as availability and price of these supplements.(AU)
Descritores: Rúmen/metabolismo
Proteínas na Dieta/administração & dosagem
Cinética
Suplementos Nutricionais/análise
Digestão/fisiologia
Limites: Animais
Bovinos
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  6 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013777
Autor: Santos, Helânia Virginia Dantas dos; Araújo, Izabelle Silva de.
Título: Impacto do aporte proteico e do estado nutricional no desfecho clínico de pacientes críticos / Impact of protein intake and nutritional status on the clinical outcome of critically ill patients
Fonte: Rev. bras. ter. intensiva;31(2):210-216, abr.-jun. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Avaliar a associação do estado nutricional e do consumo proteico com o desfecho clínico de pacientes críticos em uso de terapia nutricional enteral em uma unidade de terapia intensiva. Métodos: Estudo retrospectivo de caráter observacional analítico, realizado por meio da coleta de dados secundários registrados nos prontuários de pacientes ≥ 18 anos, internados na unidade de terapia intensiva e que receberam terapia nutricional enteral exclusiva por pelo menos 72 horas em 2017. O estado nutricional foi avaliado pelo índice de massa corporal e pela circunferência do braço. Para a estimativa das necessidades proteicas, foi considerada a recomendação da American Society for Parenteral and Enteral Nutrition. A adequação nutricional foi realizada por meio da coleta diária do volume da fórmula enteral prescrita e administrada. Nas análises, utilizaram-se testes paramétricos e não paramétricos e foi considerado significante p < 0,05. Resultados: Dos 188 pacientes avaliados, 71,3% eram do sexo masculino, com idade mediana de 48,5 anos (31,0 - 63,75). O principal diagnóstico clínico foi o trauma (46,3%) e a eutrofia foi o estado nutricional mais frequente (54,8%), segundo o índice de massa corporal, e de 46,4% pela circunferência braquial. A adequação proteica esteve insuficiente em 56,4% dos pacientes e apenas 46,8% atingiram a recomendação proteica mínima. A ocorrência de mortalidade esteve associada ao diagnóstico nutricional, ao índice de massa corporal (p = 0,023) e à circunferência do braço (p = 0,041), assim como a adequação proteica (p = 0,012). Conclusão: O estado nutricional e o consumo proteico estiveram associados de forma siginificante ao desfecho clínico dos pacientes críticos.

ABSTRACT Objective: To evaluate the association of nutritional status and protein intake with the clinical outcomes of critically ill patients receiving enteral nutrition therapy in an intensive care unit. Methods: A retrospective observational analytical study was performed by collecting secondary data recorded in medical records of patients ≥ 18 years of age who were admitted to the intensive care unit and who received exclusive enteral nutrition therapy for at least 72 hours in 2017. Nutritional status was assessed by body mass index and arm circumference. For the estimation of protein requirements, the recommendation of the American Society for Parenteral and Enteral Nutrition was considered. Nutritional adequacy was assessed by the daily collection of prescribed and administered enteral formula. In the analyses, parametric and nonparametric tests were used, and significance was set at p <0.05. Results: Of the 188 patients evaluated, 71.3% were male. The median age of the patients was 48.5 years (31.0 - 63.75). The main clinical diagnosis was trauma (46.3%), and eutrophic was the most frequent nutritional status (54.8% according to body mass index and 46.4% according to arm circumference). Protein adequacy was not attained in 56.4% of patients, and only 46.8% reached the minimum protein recommendation. The occurrence of mortality was associated with nutritional diagnosis, body mass index (p = 0.023), arm circumference (p = 0.041) and protein adequacy (p = 0.012). Conclusion: Nutritional status and protein intake were significantly associated with the clinical outcomes of critically ill patients.
Descritores: Proteínas na Dieta/administração & dosagem
Estado Nutricional
Nutrição Enteral/métodos
Cuidados Críticos/métodos
-Avaliação Nutricional
Estudos Retrospectivos
Estado Terminal/terapia
Unidades de Terapia Intensiva
Pessoa de Meia-Idade
Necessidades Nutricionais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1013772
Autor: Azevedo, José Raimundo Araújo de; Lima, Hugo Cesar Martins; Montenegro, Widlani Sousa; Souza, Suellen Christine de Carvalho; Nogueira, Ivna Raquel Olimpio Moreira; Silva, Marilia Martins; Muniz, Nicolli de Araujo.
Título: Comparação entre ingestão ideal de calorias mais alto teor de proteínas e ingestão calórico-proteica recomendada em pacientes críticos: um ensaio clínico fase II, prospectivo, randomizado e controlado / Optimized calorie and high protein intake versus recommended caloric-protein intake in critically ill patients: a prospective, randomized, controlled phase II clinical trial
Fonte: Rev. bras. ter. intensiva;31(2):171-179, abr.-jun. 2019. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Avaliar as diferenças entre os desfechos da terapia nutricional com ingestão ideal de calorias mais alto teor proteico e do padrão de cuidados nutricionais em pacientes críticos adultos. Métodos: Randomizamos pacientes com previsão de permanecer na unidade de terapia intensiva por pelo menos 3 dias. No grupo com ingestão ideal de calorias mais alto teor proteico, a necessidade de ingestão calórica foi determinada por calorimetria indireta e a ingestão proteica foi estabelecida em níveis de 2,0 a 2,2g/kg/dia. O grupo controle recebeu calorias em nível de 25kcal/kg/dia e 1,4 a 1,5g/kg/dia de proteínas. O desfecho primário foi o escore do sumário do componente físico obtido aos 3 e 6 meses após a randomização. Os desfechos secundários incluíram força de preensão manual quando da alta da unidade de terapia intensiva, duração da ventilação mecânica e mortalidade hospitalar. Resultados: A análise incluiu 120 pacientes. Não houve diferença significante entre os dois grupos em termos de calorias recebidas. Contudo, a quantidade de proteínas recebidas pelo grupo com nível ideal de calorias mais alto teor de proteínas foi significantemente mais alta do que a recebida pelo grupo controle. O escore do sumário componente físico aos 3 e 6 meses após a randomização não diferiu entre ambos os grupos, assim como não diferiram os desfechos secundários. Entretanto, após ajuste para covariáveis, um delta proteico negativo (proteínas recebidas menos a necessidade proteica predeterminada) se associou com escore do sumário do componente físico mais baixo nas avaliações realizadas 3 e 6 meses após a randomização. Conclusão: Neste estudo, a estratégia com ingestão calórica ideal mais elevado teor proteico não pareceu melhorar a qualidade de vida física em comparação aos cuidados nutricionais padrão. Contudo, após ajuste para covariáveis, um delta proteico negativo se associou com escores do sumário do componente físico mais baixos nas avaliações realizadas aos 3 e aos 6 meses após a randomização. Esta associação ocorreu independentemente do método de cálculo do alvo proteico.

ABSTRACT Objective: To evaluate differences in outcomes for an optimized calorie and high protein nutrition therapy versus standard nutrition care in critically ill adult patients. Methods: We randomized patients expected to stay in the intensive care unit for at least 3 days. In the optimized calorie and high protein nutrition group, caloric intake was determined by indirect calorimetry, and protein intake was established at 2.0 to 2.2g/kg/day. The control group received 25kcal/kg/day of calories and 1.4 to 1.5g/kg/day protein. The primary outcome was the physical component summary score obtained at 3 and 6 months. Secondary outcomes included handgrip strength at intensive care unit discharge, duration of mechanical ventilation and hospital mortality. Results: In total, 120 patients were included in the analysis. There was no significant difference between the two groups in calories received. However, the amount of protein received by the optimized calorie and high protein nutrition group was significantly higher compared with the control group. The physical component summary score at 3 and 6 months did not differ between the two groups nor did secondary outcomes. However, after adjusting for covariates, a negative delta protein (protein received minus predetermined protein requirement) was associated with a lower physical component summary score at 3 and 6 months postrandomization. Conclusion: In this study optimized calorie and high protein strategy did not appear to improve physical quality of life compared with standard nutrition care. However, after adjusting for covariates, a negative delta protein was associated with a lower physical component summary score at 3 and 6 months postrandomization. This association exists independently of the method of calculation of protein target.
Descritores: Ingestão de Energia
Proteínas na Dieta/administração & dosagem
Apoio Nutricional/métodos
Cuidados Críticos/métodos
-Qualidade de Vida
Respiração Artificial/estatística & dados numéricos
Estudos Prospectivos
Mortalidade Hospitalar
Estado Terminal
Unidades de Terapia Intensiva
Pessoa de Meia-Idade
Necessidades Nutricionais
Limites: Humanos
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Ensaio Clínico Fase II
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-2700
Autor: Fochat, Romário Costa; Paes, Santiago Tavares; Raposo, Nádia Rezende Barbosa; Chicourel, Elisabeth Lemos.
Título: Qualidade da dieta de estudantes de uma universidade pública brasileira / Diet quality of students at a brazilian public university
Fonte: Rev. APS;19(1):95-105, jan. 2016.
Idioma: pt.
Resumo: O objetivo deste estudo transversal foi avaliar as dietas de acadêmicos de uma universidade pública brasileira quanto à adequação energética, ao consumo de macro e micronutrientes e de fibras alimentares. A pesquisa foi realizada de março/2010 a dezembro/2011, utilizando-se o Registro Alimentar de três dias e o software Dietpro5i para a coleta e a determinação da composição das dietas, respectivamente. O estudo envolveu 278 indivíduos distribuídos em quatro grupos: Educação Física/feminino (n=66), Educação Física/masculino (n=69), Farmácia/feminino (n=79) e Farmácia/masculino (n=64). Realizou-se estatística descritiva e ANOVA/post hoc de Tukey (SPSS vs.14.0). Em todos os grupos, observou-se uma dieta hiperenergética, hiperproteica, hiperglicídica, adequada quanto à contribuição calórica dos macronutrientes e em ferro e deficiente em cálcio e fibras alimentares. Observou-se que 39,3% de todos os indivíduos apresentaram consumo insuficiente de zinco. Comparando estatisticamente os grupos, destaca-se que o maior consumo energético médio pertence ao grupo Educação Física/masculino (3.760,3±686,6 kcal/dia; p<0,002 para todos os grupos), sendo que 53,1% deles realizavam uma dieta hipercalórica. Esse grupo também apresentou o maior consumo médio de proteínas (1,7±0,7 g/kg/dia), carboidratos (358,8±91,4 g/dia), ferro (13,9±4,5 mg/dia) (p<0,05 para esses componentes de todos os grupos) e zinco (12,1±5,3 mg/dia; p=0,004 para Farmácia/masculino). Do grupo Farmácia/feminino, observou-se o menor consumo médio de cálcio (601,1±227,0 mg/dia; p<0,022 para homens de ambos os cursos), enquanto o grupo Farmácia/masculino apresentou o maior percentual de indivíduos com dieta deficiente em fibras alimentares (85,8%; p=0,022 para Farmácia/feminino). Essas constatações sinalizam algumas inadequações alimentares, as quais podem constituir um fator de risco, a longo prazo, para a saúde dessa população.

The aim of this study was to evaluate students' diets at a Brazilian public university with regard to energetic adequacy and the consumption of macronutrients, micronutrients, and dietary fiber. This research was conducted from March/2010 to December/2011, using the Three-day Diet Record and Dietpro5i software, to collect and analyze the diet composition information. It was composed of 278 subjects, divided into four groups: Physical Education/ female (n=66), Physical Education/male (n=69), Pharmacy/female (n=79), and Pharmacy/male (n=64). Descriptive statistics and ANOVA/post hoc Tukey were performed (SPSS vs.14.0). All groups presented diets with high contents in energy, carbohydrates, and protein; adequate for macronutrient caloric contribution and iron; and low in calcium and dietary fiber. It was observed that 39.3% of all individuals presented low zinc consumption. Statistically comparing the groups, what stands out is that the highest mean energy consumption was found in the Physical Education/male group (3.760.3±686.6 kcal/ day; p<0.002 among all groups), and 53.1% of them were under a high-energy diet. This group also presented the highest mean consumption for protein (1.7±0.7 g/kg/ day), carbohydrates (358.8±91.4 g/day), iron (13.9±4.5 mg/day) (p<0.05 for this component among all groups), and zinc (12.1±5.3 mg/day; p=0.004 for Pharmacy/male). Pharmacy/female presented the lowest mean calcium consumption (601.1±227.0 mg/day; p<0.022 for both male groups), while the Pharmacy/male group presented the highest percentage of individuals with deficient dietary fiber intake (85.8%; p=0.022 for Pharmacy/ female). Some results indicate dietary inadequacy, which can become a risk factor for this population's health in the long term.
Descritores: Estudantes de Ciências da Saúde
Consumo de Alimentos
-Cálcio na Dieta
Proteínas na Dieta
Registros de Dieta
Alimentos, Dieta e Nutrição
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR378.1 - Biblioteca Central


  9 / 426 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1001179
Autor: Álvarez Caro, Francisco; Rodríguez Fernández, Sandra; Barrio Traspaderne, Elvira; González García, Javier; García Norniella, Begoña; Gómez Farpón, Ángela.
Título: Síndrome de enterocolitis inducida por proteínas alimentarias por ingesta de kiwi como causa de evento potencialmente grave inexplicado en una niña / Food Protein Induced Enterocolitis Syndrome due to ingestion of kiwi causing potentially severe unexplained event in a child
Fonte: Arch. argent. pediatr;117(2):178-180, abr. 2019.
Idioma: es.
Resumo: El síndrome de enterocolitis inducida por proteínas alimentarias es una alergia alimentaria no mediada por inmunoglobulina E que se manifiesta clínicamente con vómitos profusos y repetitivos, en ocasiones, asociados a diarrea, y puede llegar a asociar deshidratación y letargia, con riesgo de desarrollo de shock. A pesar de su potencial gravedad, el índice de sospecha de este síndrome es bajo, lo que demora su diagnóstico, especialmente, en aquellos casos que son desencadenados por alimentos sólidos. La presencia de vómitos y la duración de más de un minuto son los datos clave que pueden diferenciarlo de los episodios breves, resueltos e inexplicados. Se presenta el caso de una lactante de 6 meses de vida con diagnóstico final de síndrome de enterocolitis inducida por proteínas alimentarias por ingesta de kiwi.

Food protein-induced enterocolitis syndrome (FPIES) is a non-IgE food allergy manifesting as profuse, repetitive vomiting, sometimes with diarrhea, leading to dehydration and lethargy that can be severe and lead to shock. Despite the potential severity, awareness of FPIES is low and diagnosis is often delayed, especially in those triggered by solid foods. Presence of vomits and duration of more than 1 minute are the key differential factors to distinguish FPIES from brief resolved unexplained events. We report a case of a 6-month-old infant finally diagnosed as having kiwi induced FPIES.
Descritores: Vômito
Proteínas na Dieta
Actinidia
Enterocolite
Hipersensibilidade
Limites: Humanos
Lactente
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica


  10 / 426 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-950044
Autor: Tramonti, Nidia; Lema, Jimena; Araujo, María B; Basilico, Hugo; Villasboas, Rosa M; Laborde, Santiago; D'Isa, Gabriela; Caminiti, Carolina.
Título: Resultados de la implementación de un protocolo de soporte nutricional en grandes quemados pediátricos internados en la Unidad de Cuidados Intensivos / Results of the implementation of a nutritional support protocol for major burn pediatric patients hospitalized in the Intensive Care Unit
Fonte: Arch. argent. pediatr;116(4):515-521, ago. 2018. graf, tab.
Idioma: en; es.
Resumo: Introducción: "Gran quemado" es quien sufre lesiones por daño térmico que afectan más del 30% de su superficie corporal (SC). El hipercatabolismo secundario causa pérdida de masa magra y retraso de la cicatrización de heridas. Objetivo: Describir y analizar los resultados de la implementación de un protocolo de soporte nutricional en niños quemados graves internados en una Unidad de Cuidados Intensivos durante las primeras 6 semanas evolutivas. Población y métodos: Diseño analítico, prospectivo, observacional y longitudinal. Se midieron peso, talla, porcentaje de SC quemada, días de internación en la Unidad de Cuidados Intensivos y mortalidad. Se analizaron tasa metabólica basal por calorimetría indirecta y fórmula de Schofield, cobertura de aporte energético y proteico, prealbúmina, proteína C reactiva, vitaminas A, D, E, cobre y zinc semanales. Resultados: Se incluyeron 18 pacientes (media: 3,9 años, 49% de SC quemada). Se alcanzó la media de objetivo energético en la segunda semana y el requerimiento proteico en la semana 6. Doce pacientes requirieron nutrición parenteral complementaria sin complicaciones. Se hallaron parámetros de hipermetabolismo, que se normalizaron a las 4-6 semanas del ingreso, excepto la proteína C reactiva. Las vitaminas A y E y elementos traza (zinc y cobre) estaban descendidos al ingreso con mejoría posterior. La vitamina D persistió en valores bajos. Un paciente falleció. Conclusiones: La implementación del protocolo permitió lograr el aporte de la totalidad del requerimiento energético; la cobertura del requerimiento proteico se postergó hasta la semana 6. Es necesario hacer hincapié en resolver las limitaciones para alcanzar este último.

Introduction. "Major burn" is used to describe a person who suffers thermal damage affecting more than 30% of his/her total body surface area (TBSA). The secondary hypercatabolism causes lean body mass loss and delayed wound healing. Objective. To describe and analyze the results of implementing a nutritional support protocol for pediatric burn patients hospitalized in the intensive care unit in the first 6 weeks. Population an d methods. Analytical, prospective, observational, and longitudinal design. Weight, height, %TBSA, length of stay in the intensive care unit, and mortality were measured. The basal metabolic rate was measured by indirect calorimetry and the Schofield equation, and protein and energy intake, prealbumin, C-reactive protein, vitamins A, D, E, copper, and zinc levels were analyzed every week. Results. Eighteen patients were included (mean: 3.9 years old, 49%TBSA). The mean energy target was achieved by week 2 and protein requirements were met by week 6. Twelve patients required complementary parenteral nutrition and there were no complications. Hypermetabolism parameters were observed, which returned to normal 4-6 weeks after hospitalization, except for C-reactive protein. Vitamins A and E and trace elements (zinc and copper) were reduced at the time of admission and showed a subsequent improvement. Vitamin D remained low. One patient died. Conclusions. Implementing the protocol was useful to cover the total energy requirement; the coverage of protein requirements was delayed until week 6. It is necessary to focus on solving limitations to achieve the latter.
Descritores: Queimaduras/complicações
Nutrição Parenteral/métodos
Apoio Nutricional/métodos
Necessidades Nutricionais
-Queimaduras/mortalidade
Ingestão de Energia
Proteínas na Dieta/administração & dosagem
Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica
Proteínas/metabolismo
Estudos Prospectivos
Estudos Longitudinais
Hospitalização
Tempo de Internação
Limites: Humanos
Recém-Nascido
Lactente
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Tipo de Publ: Estudo Observacional
Responsável: AR94.1 - Centro de Información Pediatrica



página 1 de 43 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde