Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.395.550.114.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888250
Autor: Adoni, Tarso.
Título: Anti-MOG syndrome: a road to be paved / Síndrome anti-MOG: um caminho a ser pavimentado
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;75(10):685-686, Oct. 2017.
Idioma: en.
Descritores: Autoanticorpos
Glicoproteína Mielina-Oligodendrócito
-Síndrome
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Comentário
Editorial
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888260
Autor: Costa, Bruna Klein da; Passos, Giordani Rodrigues dos; Becker, Jefferson; Sato, Douglas Kazutoshi.
Título: MOG-IgG associated optic neuritis is not multiple sclerosis / Neurite óptica associada ao MOG-IgG não é esclerose múltipla
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;75(10):687-691, Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Autoantibodies against myelin oligodendrocyte glycoprotein (MOG-IgG) have been reported in patients with inflammatory central nervous system disorders including isolated optic neuritis (ON). We compared our MOG-IgG ON patients with multiple sclerosis (MS) patients presenting with ON. Methods and results: Among the total of 38 patients with optic neuropathies, six patients with isolated ON were MOG-IgG positive and eight patients with ON fulfilled the diagnostic criteria for MS. All MS patients were negative for MOG-IgG using a cell-based assay. When compared with the MS group, the MOG-IgG patients were older (mean 47 years), more frequently male (ratio 2:1) and had a higher frequency of bilateral and/or recurrent ON. The brain magnetic resonance imaging of all MOG-IgG positive patients was normal or had only unspecific white matter T2 lesions. Conclusion: These findings suggest that MOG-IgG is a biomarker of an inflammatory demyelinating CNS disease distinct from MS.

RESUMO Autoanticorpos contra a glicoproteína da mielina do oligodendrócito (MOG-IgG) têm sido descritos em pacientes com neurite óptica (NO) isolada, entre outras doenças inflamatórias do sistema nervoso central. Comparamos os nossos pacientes com NO MOG-IgG positivos com pacientes com NO associada a esclerose múltipla (EM). Materias e métodos: De um total de 38 pacientes com neuropatia óptica, seis foram MOG-IgG positivos e oito preencheram critérios diagnósticos para EM. Todos os pacientes com EM foram negativos para MOG-IgG (ensaio baseado em células). Quando comparados ao grupo com EM, os pacientes MOG-IgG positivos apresentam idade mais avançada (mediana de 47 anos) e tiveram uma frequência maior de NO bilateral e/ou recorrente. Houve predomínio masculino (relação 2:1). A ressonância magnética de encéfalo de todos os pacientes MOG-IgG positivos foi normal ou demonstrou apenas lesões inespecíficas em T2. Conclusão: Nossos achados sugerem que o MOG-IgG é um biomarcador de doença desmielinizante diferente da EM.
Descritores: Autoanticorpos/sangue
Biomarcadores/sangue
Neurite Óptica/sangue
Glicoproteína Mielina-Oligodendrócito/imunologia
Esclerose Múltipla/sangue
-Autoanticorpos/imunologia
Imageamento por Ressonância Magnética
Neurite Óptica/complicações
Glicoproteína Mielina-Oligodendrócito/sangue
Esclerose Múltipla/complicações
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-712673
Autor: Sato, Douglas Kazutoshi; Callegaro, Dagoberto; Lana-Peixoto, Marco Aurélio; Nakashima, Ichiro; Fujihara, Kazuo.
Título: Seronegative Neuromyelitis Optica Spectrum - The challenges on disease definition and pathogenesis / O espectro da neuromielite optica seronegativa - os desafios na definição da doença e sua patogênese
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;72(6):445-450, 06/2014. graf.
Idioma: en.
Resumo: Neuromyelitis optica spectrum disorders (NMOSD) are characterized by severe optic neuritis and/or longitudinally extensive transverse myelitis, and some brain lesions are also unique to NMOSD. Serum autoantibodies against aquaporin-4 (AQP4) are detected in most cases of NMOSD. However, some patients with NMOSD remain seronegative despite repetitive testing during attacks with highly sensitive cell-based assays. The differential diagnosis of NMOSD is not restricted to multiple sclerosis and it includes many diseases that can produce longitudinally extensive myelitis and/or optic neuritis. We review the clinical features, imaging, and laboratory findings that can be helpful on the diagnostic work-up, discuss the differences between AQP4 antibody positive and negative patients with NMOSD, including features of NMOSD with antibodies against myelin oligodendrocyte glycoprotein.

O espectro da neuromielite óptica (NMOSD) é caracterizado por ataques graves de neurite óptica e mielite. Anticorpos séricos contra a aquaporina-4 (AQP4) são usualmente presentes nestes pacientes. Entretanto, alguns pacientes com NMOSD são seronegativos mesmo com testes repetidos em amostras obtidas durante ataques usando métodos altamente sensíveis baseados em células. O diagnóstico diferencial não é restrito à esclerose múltipla e inclui muitas doenças que podem produzir mielite longitudinalmente extensa e/ou neurite óptica. São abordadas as características clínicas, de imagem e de laboratório que podem ser úteis no diagnóstico, as diferenças entre os pacientes positivos para o anticorpo anti-AQP4 e os negativos, incluindo as características dos pacientes com NMOSD que possuem anticorpos contra a glicoproteína associada ao oligodendrócito.
Descritores: Neuromielite Óptica/diagnóstico
Neuromielite Óptica/imunologia
-/imunologia
AQUAPORIN ABBREVIATIONS AS TOPIC/imunologia
Autoanticorpos/imunologia
Diagnóstico Diferencial
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
Imageamento por Ressonância Magnética
Glicoproteína Mielina-Oligodendrócito/imunologia
Traumatismos da Medula Espinal/diagnóstico
Traumatismos da Medula Espinal/imunologia
Limites: Idoso
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde