Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.395.550.200.200 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 95 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 95 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-742216
Autor: Acero, Liliana.
Título: Internacionalização, ciência e saúde: a medicina regenerativa global e os mercados paralelos / Internationalization, science and health: global regenerative medicine and the parallel markets
Fonte: Ciênc. saúde coletiva;20(2):433-440, 02/2015.
Idioma: pt.
Resumo: A medicina regenerativa implica em uma mudança de paradigma, a regeneração do organismo ao nível celular ou tecidual – um assunto contemporâneo controverso e de difícil estandardização. O artigo apresenta um resumo das tendências científicas, econômicas, sociais e de regulamentação global nessa área, analisadas em relação a dilemas teóricos relevantes em antropologia médica e sociologia da ciência e da saúde. Em especial, aqueles que tratam da construção de um ‘aparato coletivo de sentido’ para as novas entidades biológicas e ontológicas, a formação da cidadania biológica e a governança pela incerteza. Apresentam-se, também, evidências empíricas sobre um fenômeno chave para a governança e a regulamentação, qual seja a instalação de uma nova demanda transnacional em pesquisa e saúde através de mercados paralelos de óvulos e de terapias celulares em experimentação. Utilizam-se dados qualitativos coletados para uma pesquisa mais abrangente, resenhas jornalísticas e entrevistas com lideranças internacionais. Conclui-se com uma reflexão sobre a importância da governança internacional em ensaios clínicos e dos caminhos a serem explorados, visando uma harmonização da diversidade de práticas normativas.

Regenerative medicine involves a paradigm change due to organism regeneration at cellular and tissue level – a controversial contemporary issue and difficult to regulate. This article presents a summary of the main scientific, economic, social and regulatory global trends, analyzed according to relevant theoretical dilemmas in medical anthropology and in the sociology of science and health. This is especially true of the construction of a ‘collective frame of reference’ on the new biological and ontological entities, the shaping of biological citizenship, and governance through uncertainty. Empirical evidence is also presented on a key aspect in regulation and governance, namely the emergence of a new transnational demand in health research through the establishment of parallel markets for ova and experimental cellular therapies. Qualitative data collected for a broader research paper is analyzed, as well as journal reviews and information gathered during interviews with international leaders. The paper concludes with a discussion on the importance on international governance of clinical trials and on further exploration, towards a multilevel harmonization of a diversity of normative practices.
Descritores: Junções Aderentes/metabolismo
Caderinas/metabolismo
Células Ciliadas Auditivas/metabolismo
Equilíbrio Postural/fisiologia
Sáculo e Utrículo/metabolismo
-Junções Aderentes/ultraestrutura
Animais Recém-Nascidos
Contagem de Células
Células Cultivadas
Células Ciliadas Auditivas/citologia
Células Ciliadas Auditivas/ultraestrutura
Células Ciliadas Vestibulares/citologia
Células Ciliadas Vestibulares/metabolismo
Células Ciliadas Vestibulares/ultraestrutura
Camundongos Transgênicos
Sáculo e Utrículo/embriologia
Sáculo e Utrículo/ultraestrutura
Limites: Humanos
Animais
Masculino
Feminino
Adulto
Camundongos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Estudo Comparativo
Research Support, N.I.H., Extramural
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-895408
Autor: Magalhães, Larissa Fernandes; Magalhães, Geórgia Modé; Calazans, Sabryna Gouveia; Crivellenti, Leandro Zuccolloto; Lima, Gabriela Piovan; Medeiros-Ronchi, Alessandra Aparecida.
Título: Imunomarcação da transição epitélio-mesenquima na neoplasia mamária primária de cadelas e sua metástase em linfonodo / Epithelial to mesenchymal transition immunostaining in canine primary mammary tumor and lymph node
Fonte: Pesqui. vet. bras = Braz. j. vet. res;37(12):1479-1482, dez. 2017. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Os carcinomas mamários em cães apresentam alta capacidade metastática o que confere menor sobrevida para os pacientes com este tipo de neoplasia. O fenótipo transição epitélio-mesênquima, caracterizado pela troca dos filamentos intermediários de citoqueratina por vimentina, além da perda da proteína de adesão entre células (E-caderina) está relacionado com a maior ocorrência de metástase. Diante disto, objetivou-se avaliar, por meio de imunomarcações, a expressão de vimentina, citoqueratina e E-caderina nos tumores mamários caninos e suas metástases em linfonodo, a fim de avaliar o comportamento celular frente a esta neoplasia. Foram analisados cinco casos de neoplasias mamárias primárias caninas e suas respectivas metástases em linfonodos. Foram comparadas as médias de imunomarcações do grupo de neoplasias primárias com as médias do grupo metástase. Não houve diferença estatística nas imunomarcações da citoqueratina (p=0,1407) e E-caderina (p= 0,312) entre os grupos, apesar da média de expressão da E-caderina ter sido maior no grupo de metástases. A expressão da vimentina foi maior nos sítios das metástases (p=0,0462). Conclui-se que a expressão de vimentina aumenta no foco da metástase em relação aos seus respectivos tumores primários mamários caninos, caracterizando alteração estrutural celular, conferindo um fenótipo transição epitélio-mesênquima. Além da E-caderina apresentar fortes indícios de aumento no foco da metástase caracterizando maior adesão.(AU)

Mammary carcinomas in dogs have a high metastatic capacity which gives a shorter survival rate for patients with this type of tumor. The epithelial-mesenchymal transition phenotype, characterized by the trade of intermediary filaments of cytokeratin by vimentin, also by the loss of the adhesion protein between cells (E-cadherin) is associated with metastasis. Due to this fact, it was aimed to evaluate, by immunostaining, the expression of vimentin, cytokeratin and E-cadherin in canine mammary tumors and the metastasis in lymph node, in order to assess the cell behavior when facing this cancer. Five cases of canine mammary tumors and metastasis in lymph node were evaluated. The averages of immunostainings of the group of primary neoplasms were compared with the averages of the lymph node group. The results showed that immunostaining for cytokeratins (p=0,1407) and E-caderina (p=0,312) were not significant between the groups, despite the expression mean of cadherin was higher in the metastase group. The expression of vimentin (p=0,04) was greater at sites of metastases. It is concluded that the expression of vimentin increases in the focus of the metastase in relation to their respective primary canine mammary tumors, characterizing cellular structural alteration, conferring a transient epithelial-mesenchymal phenotype. And cadherin present strong evidence of increased focus on metastasis characterizing increased adhesion.(AU)
Descritores: Vimentina/análise
Caderinas/análise
Neoplasias Mamárias Animais/fisiopatologia
Neoplasias Mamárias Animais/patologia
Epitélio/imunologia
Queratinas/análise
-Imuno-Histoquímica/veterinária
Linfonodos
Metástase Linfática
Limites: Animais
Feminino
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  3 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-934247
Autor: Souza, Waldemir Fernandes de.
Título: Perda da adesão célula-célula mediada pela E-caderina em câncer colo-retal: vias de sinalização envolvidas.
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2009. xvi,81 p. ilus, tab.
Idioma: pt; pt.
Tese: Apresentada a Instituto Nacional de Câncer para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Durante a progressão do câncer colo-retal, alguns eventos são cruciais para iniciar o processo metastático. Estes eventos envolvem a desorganização dos contatos célula-célula, aumento da motilidade e invasividade celular, os quais fazem parte de um programa morfogenético conhecido como transição epitélio-mesenquimal (TEM). A adesão célula-célula é controlada por um sistema de proteínas de membrana, conhecido como complexo juncional apical, o qual é formado pelas junções tight e aderentes. A glicoproteína transmembrana E-caderina é a principal proteína das junções aderentes e desempenha um importante papel na regulação da organização e manutenção da adesão célula-célula, e de sinais intracelulares que medeiam a proliferação e motilidade celular. No entanto, os mecanismos celulares e moleculares que regulam a desorganização das junções aderentes mediada pela Ecaderina, no câncer colo-retal, ainda não estão definidos. No presente estudo usando uma linhagem celular de câncer de cólon humano, Caco-2, foram avaliadas as vias de sinalização envolvidas na perda de adesão célula-célula mediada pela Ecaderina e aumento do potencial migratório causado por TPA e EGF, assim como o envolvimento da Na+/K+-ATPase na desorganização das junções aderentes induzida pela ouabaína. Nossos resultados mostraram que os tratamentos com 200 nM de TPA e 100 ng/mL de EGF causaram desorganização das junções aderentes, e este evento foi modulado de forma diferencial pelas proteínas ERK1/2 e Src. A proteína ERK1/2 participando da modulação nos períodos iniciais dos tratamentos e a proteína Src atuando em resposta tardia. Além disso, o tratamento com estes agentes induziu um aumento da motilidade celular, sendo este efeito revertido pelo tratamento com o inibidor de Src, o PP1. Por outro lado, o tratamento com 10 e 100 μM de ouabaína também causou alterações morfológicas das junções aderentes e redistribuição da E-caderina. Este efeito parece ser modulado pela proteína ERK1/2, considerando o aumento da atividade desta proteína analisado em paralelo. Adicionalmente, foi observado que a ouabaína causou redução dos níveis protéicos a subunidade 1 da Na+/K+-ATPase e um aparente acúmulo citoplasmático da b-mas não da a-catenina. Em conclusão, nossos resultados indicam que a desorganização da adesão célula-célula mediada pela E-caderina, provocada por TPA e EGF, pode ser modulada inicialmente por ERK1/2 e posteriormente pela Src, sendo esta última também responsável pelo aumento da motilidade celular. E, além disso, os experimentos com ouabaína mostraram um papel importante da subunidade b1 da Na+/K+-ATPase na desorganização das junções aderentes e da proteína ERK1/2 como moduladora deste evento. Nossos resultados podem contribuir para o entendimento dos mecanismos que medeiam a desorganização dos contatos célula-célula mediado pela E-caderina e, de forma geral, da progressão do carcinoma colo-retal.

During tumor development, some events are crucial to trigger the metastatic process. These events involve the disassembly of cell-cell contacts, increase of cell motility and invasivity, which are part of a morphogenetic program called epithelial mesenchymal transition (EMT). The cell-cell adhesion is controlled by a system of membrane proteins, known as the apical junctional complex, which is constituted for tight and adherent junctions. The transmembrane glycoprotein E-cadherin is the main adherens junction protein that plays a critical role in the organization and maintenance of cell-cell adhesion, and regulates intracellular signals to mediate cell proliferation and motility. Nevertheless, the cellular and molecular mechanisms that regulate the disassembly of the E-cadherin-mediated adherens junction in colorectal cancer, remain to be defined. In present study, using a human colon cancer cell line, Caco-2, we evaluate cell signaling pathways involved with the disassembly of Ecadherin- mediated cell-cell adhesion and the migratory potential caused by TPA and EGF. Furthermore, the roles of Na+/K+-ATPase on the adherens junction disassembly caused by ouabain, as well as cellular events involved also were analyzed. Our results show that treatment with 200 nM TPA and 100 ng/mL EGF caused adherens junction disruption in an event differentially modulated by ERK1/2 and Src proteins. ERK1/2 protein modulates adherens junction disassembly in early periods of treatment whereas Src protein in a later response. Besides, treatment with these agents induced an increase of cell motility, a process modulated by Src. On the other hand, treatment with 10 and 100 μM ouabain also caused morphological alterations of adherens junction and E-cadherin redistribution, and these events seem to be modulated by ERK1/2, considering the increased activity of this protein analyzed in parallel. Additionally, we observed reduction of protein levels of the Na+/K+-ATPase b1-subunit and apparent accumulation of b-catenin, but not a-catenin at the cytoplasm, after treatment with ouabain. In conclusion, our results indicate that disassembly of E-cadherin-mediated cell-cell adhesion, promoted by TPA and EGF may be initially modulated by ERK1/2 and subsequently by Src. This later protein was also responsible by regulate the increase of cell motility induced by these agents. Furthermore, we showed that ouabain induces adherens junction disassembly concomitantly to decreasing protein levels of the Na+/K+-ATPase b1- subunit, and these events may be modulated by ERK1/2. Our findings may contribute for the understanding of mechanisms that mediate disassembly of E-cadherinmediated cell-cell contacts and of a general manner on the progression of colorectal carcinoma.
Descritores: Junções Aderentes
Caderinas
Neoplasias Colorretais
Trocadores
MAP Quinases Reguladas por Sinal Extracelular
Quinases da Família src
Limites: Masculino
Feminino
Humanos
Responsável: BR440.1 - Biblioteca Geraldo Matos de Sá . Hospital do Câncer I
BR440.1


  4 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-933369
Autor: Silva Neto, Jacinto da Costa.
Título: Análise da DNA-ploidia em carcinoma lobular de mama.
Fonte: São Paulo; s.n; 2008. 122 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a São Paulo(Estado) Secretaria da Saúde. Coordenadoria de Controle de Doenças. Programa de Pós-Graduação em Ciências para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O carcinoma mamário apresenta elevados números relacionados à incidência e prevalência nas mulheres em vários países. No Brasil, é a neoplasia com um dos maiores índices de mortalidade. O tipo de carcinoma mamário mais freqüente é o ductal invasor seguido do carcinoma lobular. Embora essas neoplasias tenham características próprias, há ainda muitas questões a serem dirimidas. Sabe-se que os carcinomas lobulares apresentam alto risco de desenvolvimento bilateral e recorrência; estão relacionadas à expressão hormonal e têm desfecho lento. Sabe-se que o carcinoma lobular não tem positividade para a proteína E-caderina, cuja ausência de expressão imuno-histoquímica tem sido usada para diferenciá-la do carcinoma ductal. O padrão do conteúdo de DNA no carcinoma lobular tem sido objeto de controvérsias, com trabalhos descrevendo-o como predominantemente diplóide e outros, ao contrário, aneuplóide. O objetivo deste estudo foi analisar os padrões da DNA-ploidia em carcinomas lobulares invasivos de mama, E-caderina negativos, e correlacioná-los com fatores prognósticos de notória importância: expressão da proteína p53, Cerb-B2, receptores de estrógeno, tamanho dos tumores, comprometimento linfonodal, metástases a distância e pós-cirúrgica. Para isso foi realizado um estudo retrospectivo, com 50 casos examinados no Departamento de Anatomia Patológica do Hospital do Câncer A. C. Camargo, São Paulo-SP. Essas mulheres foram tratadas com cirurgia e as que apresentaram comprometimento axilar, receberam terapia adjuvante com quimioterapia, radioterapia e hormônioterapia. As medianas dos tempos de seguimento, com início no tratamento inicial (cirurgia) até o evento foi: grupo que foram a óbito 50 ± 27,6 meses; grupo com perda de seguimento 33 ± 56,0 meses; grupo de censura por interrupção do tempo para análise 79 ± 45,3 meses. A idade média foi de 54 anos (variando de 34 a 80 anos). A análise ...
Descritores: Neoplasias da Mama
Carcinoma Lobular
Caderinas/ultraestrutura
Carcinoma Lobular/patologia
Citometria por Imagem/métodos
Responsável: BR1763.1 - Biblioteca
BR91.2; W4, S586ad, 2008; BR76.1


  5 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-893027
Autor: Santibáñez, Natalia; Fernández, Alejandra; Fernández, Javier; Martínez, René; Fawaz, Juan Pablo; Olate, Sergio; Haidar, Ziyad S.
Título: Inmunoexpresión de E-cadherina y vimentina en mucosa oral normal, displasia epitelial oral y carcinoma oral de células escamosas / Immunoexpression of E-cadherin and vimentin in normal oral mucosa, oral epithelial displasia and oral squamous cell carcinoma
Fonte: Int. j. morphol;35(2):596-602, June 2017. ilus.
Idioma: es.
Resumo: El objetivo fue evaluar la inmunoexpresión de E-cadherina y Vimentina en mucosa oral normal (MON), displasia epitelial oral (DEO) y carcinoma oral de células escamosas (COCE). Se realizó un estudio descriptivo de una serie de casos analizandolos mediante técnica de inmunohistoquímica contra E-cadherina y Vimentina 16 muestras de MON, 16 de DEO y 19 de COCE. La inmunotinción fue evaluada cualitativamente considerando extensión e intensidad para E-cadherina e intensidad para Vimentina. El análisis de la extensión e intensidad de la inmunotinción de E-cadherina y Vimentina según diagnóstico reveló una asociación estadísticamente significativa (p<0,001). Siendo la expresión de E-cadherina más alta en MON, seguido por DEO y más baja en COCE, inversamente a lo que se observó con Vimentina. El presente estudio reveló la subregulación del marcador molecular E-cadherina junto con la expresión aberrante por parte de células epiteliales del marcador mesenquimal Vimentina en muestras de MON, DEO y COCE.

The aim was to evaluate the expression of E-cadherin and Vimentin in oral epithelial dysplasia (OED) and oral squamous cell carcinoma (OSCC), in comparison with normal oral mucosa (NOM) in a descriptive case study using immunohistochemistry. A total of fifty-one (N=51) histological samples were included; as follows: n = 16 (NOM), n = 16 (OED) and n = 19 (OSCC). All samples were analyzed using immunohistochemistry against the expression of E-cadherin and Vimentin. Immunostaining was qualitatively evaluated by extent and intensity of its expression for E-cadherin and intensity for Vimentin. Extension and intensity analysis of E-cadherin and Vimentin immunostaining according to group revealed a statistically significant association (r<0.001). E-cadherin expression was found to be highest in NOM followed by OED and lowest in OSCC, inverse to what was observed with Vimentin. The present study revealed the down regulation of the molecular marker E-cadherin, suggestive of reduction in dysplastic cells on comparison to NOM cells, and aberrant expression of the mesenchymal marker Vimentin by epithelial cells in samples of NOM, OED and OSCC; questioning their value as a prognostic marker.
Descritores: Carcinoma de Células Escamosas/imunologia
Carcinoma de Células Escamosas/metabolismo
Neoplasias Bucais/imunologia
Neoplasias Bucais/metabolismo
-Caderinas/imunologia
Caderinas/metabolismo
Transição Epitelial-Mesenquimal
Imuno-Histoquímica
Lesões Pré-Cancerosas/imunologia
Lesões Pré-Cancerosas/metabolismo
Vimentina/imunologia
Vimentina/metabolismo
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Rados, Pantelis Varvaki
Texto completo
Id: biblio-888684
Autor: Lima, Taiane Berguemaier de; Klein, Isadora Peres; Oliveira, Márcia Gaiger de; Rados, Pantelis Varvaki; Sant'Ana Filho, Manoel; Visioli, Fernanda.
Título: Analysis of the Epithelium-Mesenchymal Transition Process on Oral Squamous Cell Carcinomas
Fonte: Braz. dent. j;28(5):543-547, Sept.-Oct. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The aim of this study is to evaluate the immunohistochemical expression of E-cadherin, N-cadherin and Bmi-1, and their association with clinical parameters and with the degree of histopathological differentiation in oral squamous cell carcinomas. 65 squamous cell carcinoma samples were used for constructing a tissue microarray block, and then immunohistochemistry was performed for different markers. A semi-quantitative analysis of the amount of positive tumor cells was performed by two blind and calibrated observers (Kappa>0.75). The statistical Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests were used to evaluate the data. The correlation between variables was investigated by the Spearman test, and the significance level set at p<0.05. We observed higher expression of Bmi-1 in tumors located in the palate (p<0.0001). In addition, poorly differentiated tumors had a greater amount of Bmi-1 positive cells (p=0.0011). Regarding the other correlations between variables, no significant associations were detected. In conclusion, poorly differentiated squamous cell carcinomas located in the palate have higher immunostaining of Bmi-1, which can characterize activation of the Epithelial-Mesenchymal Transition process in these tumors.

Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre a expressão imunoistoquímica de E-caderina, N-caderina e Bmi-1, com os parâmetros clínicos e o grau de diferenciação em carcinomas espinocelulares bucais. Sessenta e cinco amostras foram selecionadas para a construção de um bloco de microarranjo tecidual, e a técnica de imunoistoquímica foi realizada para os diferentes marcadores. Uma análise semi-quantitativa das células tumorais positivas foi realizada por dois observadores calibrados e cegos (Kappa>0.75). Os testes estatísticos Mann-Whitney e Kruskal-Wallis foram utilizados para a análise dos dados e a correlação entre as variáveis foi investigada com o teste de Spearman. O nível de significância foi determinado em p <0.05. Observamos maior expressão de Bmi-1 em tumores localizados em palato (p <0.0001). Além disso, tumores pobremente diferenciados apresentaram maior quantidade de células positivas para Bmi-1 (p=0.0011). Não encontramos outras correlações ou associações significativas. Em conclusão, carcinomas espinocelulares pobremente diferenciados e localizados no palato apresentam maior marcação imunoistoquímica de Bmi-1, o que pode caracterizar a ativação do processo de transição epitélio-mesênquima nesses tumores.
Descritores: Carcinoma de Células Escamosas/patologia
Transição Epitelial-Mesenquimal
Neoplasias Bucais/patologia
-Biomarcadores Tumorais/metabolismo
Caderinas/metabolismo
Imuno-Histoquímica
Complexo Repressor Polycomb 1/metabolismo
Análise Serial de Tecidos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Araujo, E. G
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-878684
Autor: Menezes, L. B; Fioravanti, M. C. S; Oliveira, F. A; Silva, M. S. B; Franco, L. G; Sales, T. P; Andrascko, M. M; Guimarães, L. L. B; Miguel, M. P; Araújo, E. G.
Título: Histological evaluation and E-cadherin and ß-catenin expression in kidney of dogs submitted to renal ischemia and reperfusion after chlorpromazine administration / Avaliação histológica e imunomarcação de E-caderina e ß-catenina em rins de cães submetidos a isquemia e referfusão renal após administração de clorpromazina
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);69(5):1206-1214, set.-out. 2017. ilus, tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Renal ischemia can be associated with some urological procedures, such as renovascular surgery or kidney transplantation, that are often followed by acute renal failure. The aim of this study was to verify the E-cadherin and ß-catenin localization in canine kidney in different times of renal ischemia and reperfusion after chlorpromazine application. Twelve dogs were randomly distributed equally into two groups. GroupA with ischemia and reperfusion without chlorpromazine and groupB with ischemia and reperfusion treated by chlorpromazine. GroupB received intravenous chlorpromazine, 15 min before the artery obstruction, which lasted 1 hour. After this period, the clamps in the renal arteries were released and the organ remained in reperfusion for 2 hours. In each group, anti-E-cadherin and anti-ß-catenin antibodies were made in six tissue samples from renal parenchyma. E-cadherin and ß-catenin are differentially expressed in segments from cortex and medulla in dog's kidneys and the use of chlorpromazine did not alter the expression of both proteins. Occlusion of the left renal artery in dogs causes morphological alterations mainly in proximal convoluted tubules, beginning 30min after the start of ischemia and being aggravated after two hours of reperfusion. These results reveal that chlorpromazine did not change kidneys' histological aspect nor E-cadherin and ß-catenin expression.(AU)

A lesão renal isquêmica pode estar associada a procedimentos urológicos, tais como cirurgia renovascular, cirurgia renal extracorpórea ou transplante renal. Essa injúria, muitas vezes, é seguida de insuficiência renal aguda. O objetivo deste trabalho foi observar a localização da E-caderina e da ß-catenina em rim de cães, além de relacionar a expressão dessas proteínas das junções de aderência em diferentes tempos de isquemia e reperfusão com ou sem a aplicação de clorpromazina. Para tanto, foram utilizados 12 cães, distribuídos aleatoriamente em dois grupos de seis indivíduos: grupo A, com isquemia e reperfusão sem tratamento por clorpromazina, e o grupo B, com isquemia e reperfusão tratado por clorpromazina. No procedimento cirúrgico, foi realizada uma incisão paracostal esquerda para identificação e isolamento do rim esquerdo e da artéria renal esquerda. Após o isolamento da artéria, os animais de todos os grupos tiveram o vaso ocluído. Os animais do grupo B receberam clorpromazina via endovenosa, na dose de 5mg/kg, 15min antes da clampagem do vaso, que durou uma hora. Após este período, as artérias renais foram desobstruídas e os órgãos permaneceram em reperfusão por duas horas. Em cada grupo, foram extraídas seis amostras de parênquima renal, com utilização de agulha tru-cut, para marcação com anticorpos anti-E-caderina e anti-ß-catenina por meio de imunoistoquímica. E-caderina e ß-catenina são diferencialmente expressas em segmentos do córtex e da medula em rim de cães e o uso da clorpromazina não alterou a expressão das duas proteínas.(AU)
Descritores: beta Catenina/análise
Caderinas/análise
Isquemia/veterinária
Necrose Tubular Aguda/veterinária
Insuficiência Renal/veterinária
-Adesão Celular
Imuno-Histoquímica/veterinária
Rim/anatomia & histologia
Limites: Animais
Cães
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  8 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-869350
Autor: Fortín, Pedro Luis; Briend, María Susana; Morales, Sergio Daniel; Pombo, María Teresa; Osnaghi, Liset.
Título: Expresión de E-cadherina y factor de crecimiento epidérmico en leucoplasias orales / Expression of E-cadherin and epidermal growth factor in oral leukoplakia
Fonte: Rev. ADM = ADM;74(1):32-39, ene.-feb. 2017. tab, ilus.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: se define a las leucoplasias orales como una placa blancaque no puede desprenderse por raspado y que no puede clasifi carse comoninguna otra lesión. Son lesiones con potencial maligno, relacionadascon la presencia de displasia epitelial. Estos cambios preneoplásicospueden ser evidenciados histológicamente como también a travésde técnicas que pongan en evidencia los diferentes cambios a nivelmolecular. La E-cadherina es una glicoproteína membranosa quedesempeña papeles importantes en el mantenimiento de la adhesióncélula-célula, la preservación de la polaridad del tejido epitelial y laintegridad estructural. Los factores de crecimiento epidérmico son unconjunto de moléculas de naturaleza proteica, biorreguladores, cuyafuncionalidad fundamental radica en el control del ciclo celular. Elobjetivo del presente trabajo es identifi car y comparar parámetros histológicosy moleculares predictores de riesgo de transformación malignaen leucoplasias orales. Material y métodos: El estudio correspondea un diseño observacional descriptivo. Se seleccionaron muestras de26 biopsias de leucoplasias orales, las cuales fueron evaluadas contécnica histológica de rutina y tinción con hematoxilina y eosina, luegosometidas a inmunomarcación con factor de crecimiento epidérmico yE-cadherina, donde se evaluó la intensidad de tinción y cambios en laexpresión de cada marcador, así como la localización en los diferentessubtipos celulares. Resultados: De las 26 leucoplasias observadas,16 mostraron histología con cambios hiperplásicos y 10 con cambiosdisplásicos leves a moderados. La expresión de E-cadherina no mostróalteraciones signifi cativas en leucoplasias sin displasia, sólo hubopérdida de expresión en aquellas leucoplasias con cambios displásicosde alto grado, en concordancia a los hallazgos histológicos...

Introduction: oral leukoplakia is defined as a white plaque thatcannot be removed by scraping and cannot be classifi ed as any otherdisease entity. They are potentially malignant lesions related to thepresence of epithelial dysplasia. These preneoplastic changes can bedetected histologically, as well as through techniques that demonstratediff erent changes at the molecular level. E-cadherin is a membraneglycoprotein that plays a major role in maintaining cell-cell adhesion,preserving structural integrity and the polarity of epithelial tissue.Epidermal growth factors are a group of bio-regulatory proteins,whose primary function is to control the cell cycle. The aim of thisstudy is to identify and compare the parameters for histological andmolecular markers for malignant transformation in oral leukoplakia.Material and methods: The study was observational and descriptive indesign. Samples were selected from 26 oral leukoplakia biopsies, whichwere routinely evaluated for histology and stained with hematoxylinand eosin, then subjected to immunostaining with epidermal growthfactor and E-cadherin, with the intensity of staining and changes inthe expression of each marker being evaluated. Results: Of the 26leukoplakia examined, 16 showed hyperplastic changes and 10 mildto moderate dysplastic changes. The expression of E-cadherin showedno signifi cant changes in non-dysplastic leukoplakia, while a lossof expression was found in only those leukoplakias with high-gradedysplastic changes, which was consistent with the histological fi ndings...
Descritores: Caderinas/fisiologia
Fator de Crescimento Epidérmico/imunologia
Lesões Pré-Cancerosas/etiologia
Leucoplasia Oral/imunologia
-Argentina
Biópsia/métodos
Transformação Celular Neoplásica
Epidemiologia Descritiva
Imuno-Histoquímica/métodos
Estudos Observacionais como Assunto
Análise Estatística
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  9 / 95 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-869339
Autor: Cháirez Atienzo, Perla; Vega Memije, María Elisa; García Vázquez, Francisco Javier; Cuevas González, Juan Carlos.
Título: Expresión de E-cadherina y células de Langerhans en verruga vulgar y papiloma bucal / Expression of E-cadherin and Langerhans cells in verruca vulgaris and oral papilloma
Fonte: Rev. ADM = ADM;73(6):291-296, nov.-dic. 2016. ilus, graf.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: la verruga vulgar y el papiloma bucal son lesiones provocadas por el virus papiloma humano se pueden encontrar presentes en la mayoría de las superfi cies cutáneas y mucosas, su comportamiento biológico es benigno. Las proteínas de adhesión como la E-cadherina, se encargan de mantener la organización y morfología celular, disminuyen su expresión epitelial en ciertas lesiones potencialmente cancerizables, y favorecen la migración e invasión celular ocasionando posiblesmetástasis. Las células de Langerhans, son células presentadoras deantígeno que activan el sistema inmunológico para proteger al organismocontra patógenos o sustancias extrañas. Objetivo: Determinar el grado de expresión de E-cadherina y de células de Langerhans en verruga vulgar y papiloma bucal. Material y métodos: Se realizó un estudio descriptivo y retrospectivo, en el cual se incluyeron 16 bloques con tejido incluido en parafi na con diagnóstico de verruga vulgar, ycuatro diagnosticados como papiloma bucal, todos los casos fueron corroborados con la tinción de hematoxilina y eosina. La determinacióndel grado de expresión de las células de Langerhans y E-cadherina se realizó por medio de la técnica de inmunohistoquímica, la valoraciónse llevó a cabo de manera semicuantitativa, y se realizó estadísticadescriptiva. Resultados: La expresión de E-cadherina en verruga vulgar fue intensa tanto en cantidad como intensidad, mientras que en papiloma bucal fue moderada también en ambos casos; las células de Langerhans mostraron una inmunotinción moderada en las lesiones de verruga vulgar en intensidad y cantidad; en el caso de papiloma bucal esta inmunotinción en intensidad y cantidad fue leve. . Conclusiones:Los resultados mostraron que las proteínas de adhesión E-cadherinano pierden su expresión en la verruga vulgar y papiloma bucal, lo cualconfi rma su benignidad...

Introduction: verruca vulgaris and oral papilloma are lesions causedby the human papillomavirus. They can be found on most skin and mucosalsurfaces, and their biological behavior is benign. Adhesion proteinssuch as E-cadherins are responsible for maintaining cell morphologyand organization; they decrease the expression in certain potentiallycancerous epithelial lesions and promote cell migration and invasion,causing possible metastasis. Langerhans cells are antigen-presentingcells that activate the immune system to protect the body againstpathogens or foreign substances. Objective: To determine the degreeof expression of E-cadherin and Langerhans cells in verruca vulgarisand oral papilloma. Material and methods: We performed a descriptiveand retrospective study involving 16 paraffi n-embedded tissue blocksof diagnosed cases of verruca vulgaris and 4 paraffi n-embedded tissueblocks identifi ed as oral papilloma. The diagnosis was previouslyconfi rmed by hematoxylin and eosin staining. The degree of expressionof Langerhans cells and E-Cadherin was determined by immunohistochemistry,while the evaluation was carried out semiquantitatively,with descriptive statistics being performed. Results: The expression ofE-cadherin in verruca vulgaris was strong in terms of both quantityand intensity, whereas in the case of oral papilloma it was moderatefor both. Langerhans cells showed moderate immunostaining for bothintensity and quantity in verruca vulgaris-type lesions, while for oralpapilloma, the immunostaining was also mild in both cases. Conclusions:The results suggest that the expression of E-cadherin adhesionproteins does not diminish in verruca vulgaris and oral papilloma,which confi rms their benignity...
Descritores: Caderinas/classificação
Caderinas/fisiologia
Células de Langerhans/fisiologia
Infecções por Papillomavirus/epidemiologia
Infecções por Papillomavirus/etiologia
Verrugas/epidemiologia
Verrugas/etiologia
-Distribuição por Idade e Sexo
Epidemiologia Descritiva
Imuno-Histoquímica/métodos
Papillomaviridae/patogenicidade
Estudos Retrospectivos
Análise Estatística
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  10 / 95 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lopes, Fernanda Ferreira
Id: biblio-863596
Autor: Lopes, Fernanda Ferreira.
Título: Expressão imuno-histoquimica da E-caderina e da B-catenina em carcinoma epidermóide oral com e sem metástase nodal / Imuno-histoquímica expression of the E-caderina and the B-catenina in verbal epidermóide carcinoma with and without metástase nodal.
Fonte: Natal; s.n; 2006. 119 p. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a UFRN para obtenção do grau de Doutor.
Símbolo: BR.
Descritores: beta Catenina
Caderinas
Carcinoma de Células Escamosas/diagnóstico
Carcinoma de Células Escamosas/patologia
Imuno-Histoquímica/métodos
Metástase Linfática/diagnóstico
Metástase Linfática/patologia
Neoplasias Bucais/diagnóstico
Neoplasias Bucais/patologia
-Estatísticas não Paramétricas
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos
BR1264.1; TD65, L864e



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde