Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.395.550.895.800 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 3 [refinar]
Mostrando: 1 .. 3   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 3 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Martins, Marina Lobato
Texto completo
Id: lil-664757
Autor: Ferreira, Cibele Eponina Sanches; Martins, Marina Lobato; Brito-Melo, Gustavo Eustáquio Alvim; Carvalho, Luciana Debortoli de; Carneiro-Proietti, Anna Bárbara de Freitas; Namen-Lopes, Maria Sueli; Ribas, João Gabriel; Gonçalves, Denise Utsch; Barbosa-Stancioli, Edel Figueiredo.
Título: Thrombospondin-1 expression in human T-lymphotropic virus 1 asymptomatic carriers and patients with HTLV-associated myelopathy/tropical spastic paraparesis / Expressão de Trombospondina-1 em indivíduos infectados pelo HTLV-1 assintomáticos e pacientes portadores da mielopatia associada ao HTLV/Paraparesia Espástica Tropical
Fonte: Rev. patol. trop;41(3):271-276, jul.-set. 2012. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: O Vírus Linfotrópico de células T humanas tipo 1 (HTLV-1) está associado a uma mielopatia (chamada mielopatia associada ao HTLV - HAM/TSP). A trombospondina-1 (TSP-1) é uma proteína da matriz que interfere com a adesão, a motilidade, e a proliferação celular. Níveis deexpressão de RNA mensageiro (mRNA) da trombospondina-1 foram avaliados em indivíduos infectados por HTLV-1: 11 pacientes assintomáticos, 18 com mielopatia ou oligossintomáticos, e 13participantes não-infectados. O RNA de células mononucleares do sangue periférico foi submetido à análise de RT-PCR para trombospondina-1. O número de indivíduos que expressaram esta proteína foi maior no grupo com mielopatia/sintomas (14/18, p igual 0,007). Em geral, a tendência para valores mais elevados de mRNA de trombospondina-1 foi observada no grupo de infectados pelo vírus (p igual 0,062). Os níveis mais elevados de expressão do mRNA foram detectados no início dos sintomas clínicos da HAM/TSP. Estudos adicionais com maior número de amostras são necessários para elucidar melhor o papel desta proteína da matriz na rede inflamatória relacionada à HAM/TSP.
Descritores: Infecções por HTLV-I
Paraparesia Espástica Tropical/etiologia
Trombospondina 1
Responsável: BR15.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas


  2 / 3 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-571252
Autor: Costa, Giselle Calazans de Souza.
Título: Investigação de polimorfismos no gene humano da GLUT1: correlação com a infecção pelo HTLV-1 / Polymorphisms investigation at GLUT1 human gene: correlation with HTLV-1 infection.
Fonte: Salvador; s.n; 2008. 100 p. ilus, mapas, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: O HTLV-1 é o agente etiológico da Paraparesia Espástica Tropical/Mielopatia Associada ao HTLV-l (TSP/HAM) e da Leucemia/Linfoma das Células T do Adulto (A TLL). No entanto, o desenvolvimento de manifestações clínicas associadas ao HTL V -1 ocorre em 2-4 por cento da população infectada e ainda não se sabe por que esta infecção permanece assintomática na maioria dos portadores. Tem sido sugerido que o desfecho da infecção pode ocorrer devido a variações (mutações) em genes do hospedeiro e/ou do vírus. Recentemente, foi demonstrado que o HTL V é capaz de utilizar a glicoproteína transportadora de glicose do tipo 1 (GLUT 1) para infectar linfócitos T CD4+. Diversos estudos têm demonstrado uma associação entre mutações em regiões regulatórias de genes humanos e manifestação de doença. Polimorfismos no gene da GLUTl foram associados à susceptibilidade a nefropatia diabética, em pacientes com diabetes mellitus dos tipos 1 e 2 em diferentes populações. Com o objetivo de verificar possíveis correlações entre polimorfismos nas regiões regulatórias e codificante do gene humano da GLUTl com o desenvolvimento de TSP/HAM, analisamos os polimorfismos -2841A>T, XbaIG>T e HaeIIIT>C em indivíduos infectados pelo HTL V -1 e em indivíduos não-infectados de Salvador. Os SNPs XbaIG>T e HaeIIIT>C foram verificados por PCR/RFLP e o SNP-2841A>T, por seqüenciamento. Além disso, a carga provira I do HTLV -1 foi quantificada por PCR quantitativo em tempo real. Com o intuito de verificar a freqüência dos polimorfismos em GLUTl na população brasileira com diferentes etnias, foi realizada a análise dos polimorfismos XbaIG>T e HaeIIIT>C em Ameríndios da tribo Tiriyó; descendentes de europeus da região Sul do Brasil; descendentes de japoneses, descendentes de europeus e afro-descendentes da região Sudeste. As freqüências genotípicas para os polimorfismos analisados estavam de acordo com o esperado pelo Equilíbrio de Hardy¬Weinberg...

The HTLV-1 is the etiological agent of Tropical spastic paraparesis/HTLV-1associated mielopathy (TSP/HAM) and Adult T cell leukemia/lymphoma (ATLL).However, the development of HTLV-1 associated clinic manifestations occurs in 2-4% of the infected population and it is still an answered question why this infection remains asymptomatic at the most of the infected carriers. It has been suggested that the outcome of HTLV-1 associated disease manifestations may occur by individual and/or viral genetic variations (mutations). Recently, it was demonstrated that HTLV is able to use the Glucose transporter type 1 (GLUT1) to infect T CD4+ lymphocytes. Manystudies have demonstrating an association between mutations in regulatory regions of human genes and disease manifestations. Polymorphisms in the GLUT1 gene were associated with susceptibility to diabetic nephropathy in patients with types 1 and 2 diabetes mellitus in different populations. To evaluate the role of GLUT1 genepolymorphisms in the development of TSP/HAM in HTLV-1 infected individuals, we had analyzed the -2841A>T, XbaIG>T and HaeIIIT>C polymorphisms in HTLV-1infected and non-infected individuals from Salvador. The XbaIG>T and HaeIIIT>CSNP were analyzed by PCR/RFLP and the -2841A>T polymorphism, by sequencing. The proviral load of the HTLV-1 infected patients was analyzed by Real Time Quantitative PCR. We also analyzed the XbaIG>T and HaeIIIT>C polymorphisms in distinct Brazilian populations with different ethnic backgrounds: Amerindians from Tiriyó tribe, European descendants from Brazil South region; Japanese descendants,Europeans descendants and African descendants from Southeast region. Genotypic frequencies of the polymorphisms analyzed were in agreement with the expected by theHardy-Weinberg Equilibrium...
Descritores: Transportador de Glucose Tipo 1
Paraparesia Espástica Tropical
Polimorfismo Genético
Trombospondina 1
Vírus Linfotrópico T Tipo 1 Humano
Limites: Humanos
Responsável: BR344.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de SantAnna
BR344.1 Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Sant'Anna


  3 / 3 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-297044
Autor: Paredes, Franklin; Gómez, Marcelo; González A., Jorge; Moreira, Elba.
Título: Presencia de HTLV en la costa norte del Ecuador.
Fonte: s.l; s.n; s.f. [5] p.
Idioma: es.
Resumo: El virus linfotrópico humano de las células (HTLV) pertenece a la familia de los oncovirus; aunque lo encontramos en todo el mundo, hay áreas consideradas endémicas en Asia y América; este virus es transmitido a través de los fluidos humanos, tanto en forma horizontal como vertical. El HTLV fue el primer virus al que se asoció con una carcinogénesis, como es la leucemia de células T del Adulto (ATL); Además se le han asociado otras patologías posinfecciosas, como la Paraparesia Espástica Tropical (TSP), uveitis, enfermedades pulmonares y renales infecciones oportunistas. La TSP es usualmente lentamente progresiva, produce una inflamación crónica en el sistema nervioso central, especialmente en la médula dorsal...
Descritores: Sistema Nervoso Central
Infecções por Deltaretrovirus
Vírus Linfotrópico T Tipo 1 Humano
Trombospondina 1
Responsável: EC1.1 - BICME - Banco de Información Científico-Médica
EC1.1; 14597, i4195



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde