Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.467.984.100 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-751062
Autor: Osório, Cynthia Aparecida Bueno de Toledo.
Título: Identificação e validação de marcadores moleculares das vias de sinalização WNT, PI3K e processo EMT para risco de progressão de carcinoma ductal in situ de mama / Identification and validation of molecular markers of WNT and PI3K signaling pathway and EMT process for the risk of progression of ductal carcinoma in situ of the breast.
Fonte: São Paulo; s.n; 2013. 98 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Antônio Prudente para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: O carcinoma ductal da mama é o tipo histológico mais freqüente, sendo que o in situ (CDIS) representa uma neoplasia com incidência crescente, devido aos métodos de detecção precoce de lesões mamárias não palpáveis. Essa neoplasia da mama inclui um grupo heterogêneo de tumores pré-invasivos, com potencial maligno distinto, que podem progredir rapidamente para a forma invasiva, ou não apresentarem evolução, após um longo período da doença. Um estudo prévio (CASTRO et al. 2008) aplicou o conceito de divergência molecular em grupos de lesões que mimetizam a progressão do câncer de mama [epitélio normal (EN), carcinoma ductal in situ (CDIS) puro, componente in situ de lesão que coexiste com invasão (CDIS-CDI) e do carcinoma ductal invasivo (CDI)], utilizando as metodologias de microdissecção a laser e cDNA microarray. O padrão de expressão gênica do grupo de células epiteliais tumorais do componente in situ do CDIS-CDI é semelhante ao grupo de células tumorais do CDI e diferente do grupo de células CDIS puro, cujos aspectos morfológicos são semelhantes ao componente in situ do CDIS-CDI. Isso sugeriu que as modificações moleculares das células do componente in situ do CDIS-CDI, já estejam presentes antes da manifestação morfológica de invasão e que os genes diferentemente expressos entre os dois grupos de células de lesões pré-invasivas, sejam potenciais preditores de risco de progressão do CDIS puro. Assim, nós avaliamos 28 genes das vias de sinalização WNT, PI3K e processo EMT, previamente selecionados do estudo anterior (CASTRO et al. 2008) através de RT-PCR quantitativo (RT-qPCR), em células tumorais capturadas de amostras congeladas do CDIS puro e do componente in situ do CDIS-CDI. Esse trabalho confirmou a diferença de expressão em células epiteliais entre os dois grupos de lesões pré-invasivas, em 14 (70%) de 20 genes avaliados, que apresentaram dados confiáveis nos ensaios de TLDA, sendo que 13 genes apresentaram maior expressão em CDIS...

Among breast tumors, ductal breast carcinoma is the most common histologic type. Ductal carcinoma in situ (DCIS) has increasing incidence, mainly due to early detection methods of non-palpable breast lesions. DCIS includes a heterogeneous group of pre-invasive tumors, with distinct malignant potential, which can either rapidly progress to the invasive form, or show no progression after a long period of surveillance. In a previous study from the group (CASTRO et al. 2008) based on the expression pattern of epithelial cells, using laser capture microdissection and cDNA microarray, the concept of molecular divergence was applied to groups of breast lesions which mimic the progression of breast cancer [cells from normal epithelium, cells from pure ductal carcinoma in situ (DCIS), cells from in situ component that coexists with invasive lesion (DCIS-IDC) and cells from invasive ductal carcinoma (IDC)]. The gene expression pattern of the cells from the in situ component of DCIS-IDC is more similar to the group of IDC tumor cells other than to the group of pure DCIS of cells, which presents higher similarity in terms of morphological features to the in situ component of DCIS-IDC. This suggests that the molecular changes of the cells from the in situ component of DCIS-IDC are already present before morphological manifestations of invasion and that the genes differentially expressed between the two groups of cells of pre-invasive lesions, are potential predictors of risk of progression of pure DCIS. Thus, we evaluated 28 previously selected genes of WNT signaling pathway, PI3K and EMT process (CASTRO et al. 2008) by quantitative RT-PCR (RT-qPCR) in tumor cells captured from in situ lesions of pure DCIS and DCIS-IDC from frozen samples. This work confirmed the difference in expression of epithelial cells between the two groups of preinvasive lesions, in 14 (70%) of the 20 genes evaluated, by reliable TLDA assays. Most genes (13 genes) showed higher expression in pure...
Descritores: Análise de Sequência com Séries de Oligonucleotídeos
Carcinoma Ductal de Mama/diagnóstico
Carcinoma Ductal de Mama/genética
Imuno-Histoquímica
Perfilação da Expressão Gênica
Proteína Wnt1
-Biomarcadores Tumorais
Limites: Humanos
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR30.1 - Biblioteca
BR30.1



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde