Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.543.750.695.160.500.750.750 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1088980
Autor: Biterge-Sut, Burcu.
Título: A comprehensive analysis of the angiogenesis-related genes in glioblastoma multiforme vs. brain lower grade glioma / Uma análise abrangente dos genes relacionados à angiogênese no glioblastoma multiforme vs. glioma cerebral de baixo grau
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;78(1):34-38, Jan. 2020. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Brain tumors are one of the most common causes of cancer-related deaths around the world. Angiogenesis is critical in high-grade malignant gliomas, such as glioblastoma multiforme. Objective: The aim of this study is to comparatively analyze the angiogenesis-related genes, namely VEGFA, VEGFB, KDR, CXCL8, CXCR1 and CXCR2 in LGG vs. GBM to identify molecular distinctions using datasets available on The Cancer Genome Atlas (TCGA). Methods: DNA sequencing and mRNA expression data for 514 brain lower grade glioma (LGG) and 592 glioblastoma multiforme (GBM) patients were acquired from The Cancer Genome Atlas (TCGA), and the genetic alterations and expression levels of the selected genes were analyzed. Results: We identified six distinct KDR mutations in the LGG patients and 18 distinct KDR mutations in the GBM patients, including missense and nonsense mutations, frame shift deletion and altered splice region. Furthermore, VEGFA and CXCL8 were significantly overexpressed within GBM patients. Conclusions: VEGFA and CXCL8 are important factors for angiogenesis, which are suggested to have significant roles during tumorigenesis. Our results provide further evidence that VEGFA and CXCL8 could induce angiogenesis and promote LGG to progress into GBM. These findings could be useful in developing novel targeted therapeutics approaches in the future.

Resumo Os tumores cerebrais são uma das causas mais comuns de mortes relacionadas ao câncer em todo o mundo. A angiogênese tem caráter crítico em gliomas malignos de alto grau, como o glioblastoma multiforme. Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar comparativamente os genes relacionados à angiogênese, VEGFA, VEGFB, KDR, CXCL8, CXCR1 e CXCR2 em GBG vs. GBM para identificar distinções moleculares usando conjuntos de dados disponíveis no The Cancer Genome Atlas (TCGA). Métodos: Os dados de sequenciamento de DNA e expressão de mRNA para 514 pacientes com glioma cerebral de baixo grau (GBG) e 592 pacientes com glioblastoma multiforme (GBM) foram adquiridos do TCGA e as alterações genéticas e os níveis de expressão dos genes selecionados foram analisados. Resultados: Identificamos seis mutações KDR distintas nos pacientes GBG e 18 mutações KDR distintas nos pacientes GBM, incluindo mutações missense e nonsense, exclusão de mudança de quadro e região de emenda alterada. Além disso, VEGFA e CXCL8 foram significativamente super-expressos nos pacientes com GBM. Conclusões: VEGFA e CXCL8 são fatores importantes para a angiogênese, os quais parecem ter um papel significativo durante a tumorigênese. Nossos resultados fornecem evidências adicionais de que o VEGFA e o CXCL8 podem induzir a angiogênese e promover o GBG a progredir no GBM. Esses achados podem ser úteis no desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas direcionadas no futuro.
Descritores: Neoplasias Encefálicas/genética
Glioblastoma/genética
Carcinogênese/genética
Glioma/genética
Neovascularização Patológica/genética
-Valores de Referência
Expressão Gênica
Interleucina-8/análise
Mutação Puntual/genética
Glioblastoma/patologia
Receptores de Interleucina-8A/análise
Receptores de Interleucina-8B/análise
Receptor 2 de Fatores de Crescimento do Endotélio Vascular/análise
Fator A de Crescimento do Endotélio Vascular/análise
Fator B de Crescimento do Endotélio Vascular/análise
Glioma/patologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Xavier, Ricardo Machado
Texto completo
Id: lil-722291
Autor: Salim, Patricia Hartstein; Xavier, Ricardo Machado.
Título: Influência dos polimorfismos genéticos (IL10/CXCL8/CXCR2/ NF?B) na susceptibilidade das doenças reumatológicas autoimunes / Influence of genetic polymorphisms (IL-10/CXCL8/CXCR2/ NF?B) on the susceptibility of autoimmune rheumatic diseases
Fonte: Rev. bras. reumatol;54(4):301-310, Jul-Aug/2014. tab.
Idioma: pt.
Resumo: As doenças reumatológicas autoimunes, na maioria das vezes, possuem uma via genética comum para a autoimunidade. Vários genes foram associados com as doenças reumatológicas, para tanto iremos analisar somente alguns genes nos quais há várias evidências da existência de associação com risco ou proteção de doença autoimune. O fator de transcrição nuclear kappa B (NF-kappa B), o qual regula as respostas imunes e inflamatórias, está associado com esclerose sistêmica (ES), artrite reumatoide (AR) e lúpus eritematoso sistêmico (LES), assim como os genes CXCR2 e CXCL8. Já a interleucina 10 (IL-10), que é uma citocina anti-inflamatória, está associada com quase todas as doenças reumatológicas. Neste artigo, revisamos os potenciais papéis desses genes no sistema imunológico e em diversas doenças reumatológicas. Com relação à IL-10, diversos estudos foram realizados, porém em sua maioria contraditórios - alguns encontraram ausência de associação e outros encontraram associação em diferentes polimorfismos do genes. Já em relação ao NF-kappa B, somente foi estudado em AR e LES, e não foram observadas análises significativas relevantes. Os polimorfismos genéticos do gene CXCR2 foram associados com ES, mas não estão associados com AR e LES. Já os polimorfismos genéticos do gene CXCL8 não estão associados com ES, mas estão associados com AR.

The autoimmune rheumatologic disorders mostly have a common genetic path to the autoimmunity. Several genes have been associated with rheumatologic disorders; therefore, we are analyzing just the ones in those containing several evidences of the existence of association with the risk or protection from autoimmune disorder. The nuclear factor kappa beta (NF-kappa B), which regulates the autoimmune and anti-inflammatory responses, is associated with systemic sclerosis (SS), rheumatoid arthritis (RA) and systemic lupus erythematosus (SLE), just as the CXCR2 e CXCL8 genes. On the other hand, the interleukin-10 (IL-10), which is an anti-inflammatory cytokine, is associated with almost all rheumatologic disorders. In this article, we are reviewing the potential roles of these genes in the immune system and in several rheumatologic disorders. In relation to IL-10, several studies have been carried out, but most of them are controversial - some detected the absence of association, and others found association in different genetic polymorphisms. Conversely, in relation to NF-kappa B, it was studied just in RA and SLE, and no relevant significant analyses were observed. The genetic polymorphisms of the CXCR2 gene were associated with SS, but not with RA e SLE. On the other side, the genetic polymorphisms of the CXCL8 gene are not associated with SS, but with RA.
Descritores: Polimorfismo Genético
Doenças Autoimunes/genética
Doenças Reumáticas/genética
Predisposição Genética para Doença
-Doenças Reumáticas/imunologia
Interleucina-8/genética
NF-kappa B/genética
Interleucina-10/genética
Receptores de Interleucina-8B/genética
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde