Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.543.750.705.852.760.345 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 8 [refinar]
Mostrando: 1 .. 8   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 8 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888712
Autor: Gibertoni, Fabrício; Sommer, Meire Ellen Ligia; Esquisatto, Marcelo Augusto Marretto; Amaral, Maria Esméria Corezola do; Oliveira, Camila Andrea de; Andrade, Thiago Antônio Moretti de; Mendonça, Fernanda Aparecida Sampaio; Santamaria-Jr, Milton; Felonato, Maíra.
Título: Evolution of Periodontal Disease: Immune Response and RANK/RANKL/OPG System
Fonte: Braz. dent. j;28(6):679-687, Nov.-Dec. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).
Resumo: Abstract The aim of this study was to evaluate markers of bone loss and immune response present in evolution of periodontal disease. One hundred and two Wistar rats were divided into three animals groups: PD0, without ligation and PD15 days and PD60 days, submitted to ligation placement with a sterile 3-0 silk cord in the cervical region of the upper first molar on both sides. Samples were obtained from the gingival tissue for histomorphometric analysis, immunohistochemical analysis of RANK, RANKL, OPG, characterization of the inflammatory infiltrate, quantification of nitric oxide, MCP-1, RANTES, IP10 chemokines, and expression of the TGF-b1, VEG, and bFGF. The number of inflammatory cells in gingival tissue was higher in PD60 samples. The collagen content and the area occupied by birefringent collagen fibers were lower for PD60. Differential leukocyte counting showed that there was a significantly higher polymorphonuclear influx in group PD15, while PD60 showed a greater number of lymphocytes. PD60 showed higher RANTES, IP-10, MCP-1 gene transcripts, as well as a higher nitric oxide concentration. Clinical evaluation revealed that the PD60 group presented an increase in furcal area. In conclusion, in this animal model the increase of RANK/RANKL and HGF markers is related to a specific immune response, and probably contributed to the evolution of periodontal disease. Investigating the effect of these biomarkers can help in targeted therapy for bone resorption, since blocking these can inhibit bone loss.

Resumo Este estudo avaliou marcadores de perda óssea e da resposta imune presentes na evolução da doença periodontal. Cento e dois ratos Wistar foram divididos em três grupos de animais: PD0, sem ligadura e PD15 dias e PD60 dias, submetidos a colocação de ligadura com um fio de seda estéril 3-0 na região cervical do primeiro molar superior em ambos os lados. Foram obtidas amostras de tecido gengival para análise histomorfométrica, análises imunohistoquímicas de RANK, RANKL, OPG, caracterização do infiltrado inflamatório, quantificação de óxido nítrico, expressão de quimiocinas MCP-1, RANTES, IP10 e do TGF-b1, VEGF e bFGF . O número de células inflamatórias no tecido gengival foi maior nas amostras PD60. O teor de colágeno na área ocupada pelas fibras de colágeno birrefringentes foram menores para PD60. A contagem diferencial de leucócitos mostrou que houve um influxo polimorfonuclear significativamente maior no grupo PD15, enquanto que PD60 mostrou número maior de linfócitos. PD60 apresentou transcritos de genes RANTES, IP-10, MCP-1 mais elevados, bem como uma maior concentração de óxido nítrico. A avaliação clínica revelou que o grupo PD60 apresentou aumento da área óssea exposta na região da furca. Em conclusão, neste modelo animal o aumento dos marcadores RANK/RANKL e HGF está relacionado a uma resposta imunológica específica e provavelmente contribuiu para a evolução da doença periodontal. Investigar o efeito destes biomarcadores pode ajudar na terapia dirigida para a reabsorção óssea, uma vez que bloquear estes pode inibir a perda óssea.
Descritores: Doenças Periodontais/imunologia
Ligante RANK/metabolismo
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B/metabolismo
Osteoprotegerina/metabolismo
-Doenças Periodontais/metabolismo
Imuno-Histoquímica
Western Blotting
Ratos Wistar
Quimiocinas/metabolismo
Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa
Inflamação/metabolismo
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888648
Autor: Arnez, Maya Fernanda Manfrin; Ribeiro, Larissa Soares Nogueira; Barretto, Gabriel Dessotti; Monteiro, Patrícia Maria; Ervolino, Edilson; Stuani, Maria Bernadete Sasso.
Título: RANK/RANKL/OPG Expression in Rapid Maxillary Expansion
Fonte: Braz. dent. j;28(3):296-300, May-June 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The aim of this study was to evaluate osteoclastogenesis signaling in midpalatal suture after rapid maxillary expansion (RME) in rats. Thirty male Wistar rats were randomly assigned to two groups with 15 animals each: control (C) and RME group. RME was performed by inserting a 1.5-mm-thick circular metal ring between the maxillary incisors. The animals were euthanized at 3, 7 and 10 days after RME. qRT-PCR was used to evaluate expression of Tnfsf11 (RANKL), Tnfrsf11a (RANK) and Tnfrsf11b (OPG). Data were submitted to statistical analysis using two-way ANOVA followed by Tukey test (a=0.05). There was an upregulation of RANK and RANKL genes at 7 and 10 days and an upregulation of the OPG gene at 3 and 7 days of healing. Interestingly, an increased in expression of all genes was observed over time in both RME and C groups. The RANKL/OPG ratio showed an increased signaling favoring bone resorption on RME compared to C at 3 and 7 days. Signaling against bone resorption was observed, as well as an upregulation of OPG gene expression in RME group, compared to C group at 10 days. The results of this study concluded that the RANK, RANK-L and OPG system participates in bone remodeling after RME.

Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a sinalização osteoclastogenese na sutura palatina após a expansão rápida da maxila (ERM) em ratos. Um total de 30 ratos Wistar machos foram divididos aleatoriamente em dois grupos com 15 animais cada: controle (C) e grupo ERM. ERM foi realizada através da inserção de um anel de metal circular de 1,5 mm de espessura entre os incisivos superiores. Os animais foram sacrificados aos 3, 7 e 10 dias após a RME. qRT-PCR foi utilizado para avaliar a expressão de Tnfsf11 (RANKL), Tnfrsf11a (RANK) e TNFRSF11b (OPG). Os dados foram submetidos à análise de variância de duas vias, seguido pelo teste de Tukey (a=0,05). Houve uma regulação positiva de genes RANK e RANKL aos 7 e 10 dias e uma regulação positiva do gene OPG aos 3 e 7 dias de tratamento. Curiosamente, foi observado um aumento na expressão de todos os genes ao longo do tempo nos grupos ERM e C. O RANKL/OPG mostrou um aumento na sinalização favorecendo a reabsorção óssea no ERM em comparação com o C nos períodos de 3 e 7 dias. Foi observada uma sinalização contra a reabsorção óssea, assim como, uma regulação favorável da expressão do gene OPG no grupo ERM, comparado ao grupo C aos 10 dias. Os resultados deste estudo permitem concluir que o sistema RANK, RANK-L e OPG participa de remodelação óssea após a ERM.
Descritores: Maxila/cirurgia
Osteogênese
Osteoprotegerina/genética
Técnica de Expansão Palatina/instrumentação
Ligante RANK/genética
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B/genética
-Remodelação Óssea
Expressão Gênica
Maxila/metabolismo
Ratos Wistar
Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real
Transdução de Sinais
Regulação para Cima
Cicatrização
Limites: Animais
Masculino
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-781822
Autor: Verde, María E; Bermejo, Daniela; Gruppi, Adriana; Grenón, Miriam.
Título: Effect of bisphosphonates on the levels of RANKL and OPG in gingival crevicular fluid of patients with periodontal disease and post-menopausial osteoporosis
Fonte: Acta odontol. latinoam;28(3):215-221, 2015. ilus, tab.
Idioma: en.
Resumo: El sistema receptor activador del factor nuclear kappa-B ligando (RANKL)/RANK/Osteoprotegerina (OPG) ha sido propuestos como esencial para la biología osteoclástica, yaque ha sido identificado como participante clave en la regulación fisiológica y patológica del sistema óseo. El estudio del sistema RANKL-RANK-OPG ha facilitado la comprensiónde los mecanismos intervinientes en el proceso de remodelación ósea, especialmente en la osteoporosis post-menopáusica y la enfermedad periodontal. Los bisfosfonatos se han convertido en el pilar principal deltratamiento y prevención de la osteoporosis post-menopáusica.Ellos inhiben la formación y disolución de los cristales de fosfato de calcio en el hueso y también inhiben a lososteoclastos reduciendo el recambio óseo. Actualmente, varios trabajos de investigación asocian la osteoporosis con el inicio y la progresión de la enfermedad periodontal. Aunque la etiología de ambas es diferente, lapérdida de masa ósea comparte varias características y la terapéutica utilizada para la osteoporosis puede serconsidera de valor para el tratamiento de la enfermedad periodontal. El objetivo de este estudio fue evaluar el efecto del consumo de bifosfonatos en fluido crevicular (FC) sobre los niveles de RANKL, OPG y la relación RANKL/OPG en pacientes post-menopáusicas con enfermedad periodontal y osteoporosis/ osteopenia.Se estudiaron 66 sitios periodontalmente activos obtenidos depacientes mujeres post-menopáusicas con edades entre 45-70 años de edad con enfermedad periodontal y osteoporosis/ osteopenia. La toma del FC se realizó mediante tiras de papel de filtro estériles. Para determinar la concentración de RANKL y OPG se utilizó el ensayo de ELISA comercial siguiendo las instrucciones delfabricante. Los valores obtenidos de las citoquinas y su relación fueron comparados con el Test U de Mann-Whitney...
Descritores: Difosfonatos/efeitos adversos
Doenças Periodontais/complicações
Ligante RANK
Osteoporose Pós-Menopausa/complicações
Osteoprotegerina
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B
-Argentina
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/métodos
Líquido do Sulco Gengival
Perda do Osso Alveolar/etiologia
Análise Quantitativa
Análise Estatística
Faculdades de Odontologia
Limites: Seres Humanos
Masculino
Adulto
Feminino
Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudos de Avaliação
Responsável: AR29.1 - Biblioteca


  4 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-769812
Autor: CALASANS-MAIA, Mônica Diuana; MELO, Bruno Raposo de; ALVES, Adriana Terezinha Neves Novellino; RESENDE, Rodrigo Figueiredo de Brito; LOURO, Rafael Seabra; SARTORETTO, Suelen Cristina; GRANJEIRO, José Mauro; ALVES, Gutemberg Gomes.
Título: Cytocompatibility and biocompatibility of nanostructured carbonated hydroxyapatite spheres for bone repair
Fonte: J. appl. oral sci;23(6):599-608, Nov.-Dec. 2015. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective The aim of this study was to investigate the in vitro and in vivo biological responses to nanostructured carbonated hydroxyapatite/calcium alginate (CHA) microspheres used for alveolar bone repair, compared to sintered hydroxyapatite (HA). Material and Methods The maxillary central incisors of 45 Wistar rats were extracted, and the dental sockets were filled with HA, CHA, and blood clot (control group) (n=5/period/group). After 7, 21 and 42 days, the samples of bone with the biomaterials were obtained for histological and histomorphometric analysis, and the plasma levels of RANKL and OPG were determined via immunoassay. Statistical analysis was performed by Two-Way ANOVA with post-hoc Tukey test at 95% level of significance. Results The CHA and HA microspheres were cytocompatible with both human and murine cells on an in vitro assay. Histological analysis showed the time-dependent increase of newly formed bone in control group characterized by an intense osteoblast activity. In HA and CHA groups, the presence of a slight granulation reaction around the spheres was observed after seven days, which was reduced by the 42nd day. A considerable amount of newly formed bone was observed surrounding the CHA spheres and the biomaterials particles at 42-day time point compared with HA. Histomorphometric analysis showed a significant increase of newly formed bone in CHA group compared with HA after 21 and 42 days from surgery, moreover, CHA showed almost 2-fold greater biosorption than HA at 42 days (two-way ANOVA, p<0.05) indicating greater biosorption. An increase in the RANKL/OPG ratio was observed in the CHA group on the 7th day. Conclusion CHA spheres were osteoconductive and presented earlier biosorption, inducing early increases in the levels of proteins involved in resorption.
Descritores: Alginatos/farmacologia
Materiais Biocompatíveis/farmacologia
Regeneração Óssea/efeitos dos fármacos
Durapatita/farmacologia
Nanoestruturas/uso terapêutico
-Contagem de Células
Ácido Glucurônico/farmacologia
Ácidos Hexurônicos/farmacologia
Teste de Materiais
Osteoblastos/efeitos dos fármacos
Osteoprotegerina/sangue
Ratos Wistar
Reprodutibilidade dos Testes
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B/sangue
Fatores de Tempo
Alvéolo Dental/efeitos dos fármacos
Difração de Raios X
Limites: Animais
Seres Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-640701
Autor: Netto, Claudia Cardoso; Vieira, Vivian Cristine Correia; Marinheiro, Lizanka Paola Figueiredo; Agellon, Sherry; Weiler, Hope; Maróstica Jr., Mário Roberto.
Título: Are skeletally mature female rats a suitable model to study osteoporosis? / Ratas esqueleticamente maduras são um modelo satisfatório para estudar osteoporose?
Fonte: Arq. bras. endocrinol. metab;56(4):259-264, June 2012. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To analyze if female Wistar rats at 56 weeks of age are a suitable model to study osteoporosis. MATERIALS AND METHODS: Female rats with 6 and 36 weeks of age (n = 8 per group) were kept over a 20-week period and fed a diet for mature rodents complete in terms of Ca, phosphorous, and vitamin D. Excised femurs were measured for bone mass using dual-energy x-ray absorptiometry, morphometry, and biomechanical properties. The following serum mar-kers of bone metabolism were analyzed: parathyroid hormone (PTH), osteocalcin (OC), osteoprotegerin (OPG), receptor activator of nuclear factor Κappa B ligand (RANKL), C-terminal peptides of type I collagen (CTX-I), total calcium, and alkaline phosphatase (ALP) activity. RESULTS: Rats at 56 weeks of age showed important bone metabolism differences when compared with the younger group, such as, highest diaphysis energy to failure, lowest levels of OC, CTX-I, and ALP, and elevated PTH, even with adequate dietary Ca. CONCLUSION: Rats at 26-week-old rats may be too young to study age-related bone loss, whereas the 56-week-old rats may be good models to represent the early stages of age-related changes in bone metabolism.

OBJETIVO: Avaliar se ratas Wistar com 56 semanas de idade são um modelo satisfatório para estudar osteoporose. MATERIAIS E MÉTODOS: Ratas com 6 e 36 semanas de idade (n = 8 por grupo) foram criadas por um período de 20 semanas e alimentadas com dieta completa em Ca, fósforo e vitamina D para ratas adultas. Os fêmures foram analisados quanto à massa óssea pela técnica de absortiometria por dupla fonte de raios-X, morfometria e propriedades biomecânicas; os marcadores séricos do metabolismo ósseo analisados foram paratormônio (PTH), osteocalcina (OC), osteoprotegerina (OPG), fator receptor ativador nuclear Κappa B ligante (RANKL), peptídeos C-terminal de colágeno tipo I (CTX-I), cálcio total e atividade da fosfatase alcalina (FA). RESULTADOS: As ratas com 56 semanas de vida apresentaram uma importante diferença no metabolismo ósseo quando comparadas ao grupo das ratas jovens, como, por exemplo, maior energia para quebrar a diáfise do fêmur, menores níveis de OC, CTX-I e ALP e maiores níveis de PTH mesmo com dieta adequada em cálcio. CONCLUSÃO: As ratas com 26 semanas de vida podem ser consideradas muito jovens para estudar a perda óssea relacionada à idade, porém, as ratas com 56 semanas de vida podem representar um bom modelo dos estágios iniciais das alterações associadas à idade no metabolismo ósseo.
Descritores: Modelos Animais de Doenças
Osteoporose/metabolismo
-Absorciometria de Fóton
Fatores Etários
Envelhecimento/fisiologia
Fosfatase Alcalina/sangue
Densidade Óssea
Biomarcadores/sangue
Cálcio/sangue
Fêmur/metabolismo
Fêmur/fisiopatologia
Osteoporose/fisiopatologia
Reprodutibilidade dos Testes
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B/sangue
Fatores de Tempo
Limites: Animais
Feminino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-605603
Autor: Bezerra, Bruna Aguiar do Amaral.
Título: Imunoexpressão de fatores reguladores da osteoclastogênese na doença periodontal em humanos e sua relação com os parâmetros clínicos / Immunoexpression of factors regulating osteoclastogenesis in periodontal disease in humans and its relationship with clinical parameters.
Fonte: Natal; s.n; 2011. 113 p. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Rio Grande do Norte para obtenção do grau de Doutor.
Símbolo: BR.
Resumo: A doença períodontal é uma infecção oral iniciada por periodonlopatógenos que desencadeiam a resposta imune culminando com a destruição tecidual. Essa destruição é mediada pelo hospedeiro através da indução da produção e ativação de enzimas lííicas, citocinas e da estimulação da osteoclastogênese. O objetivo deste estudo foi comparar a expressão imuno-histoquímica dos fatores envolvidos na reabsorção óssea, RANKL (Ligante do Receptor Ativador do Fator Nuclear kappa B), OPG (Osteoprotegerina) e TNF-a (Fator de Necrose Tmnoral Alfa) entre a gengiva clinicamente saudável, a gengivite e a periodontite crônica, corretacionando-os com os parâmetros clínicos periodontais. A amostra consistiu de 83 casos, sendo 12 de gengivas clinicamente saudáveis. 42 de gengivite e 29 de periodontite, oriundos de 74 pacientes adolescentes e adultos com idade média de 35 anos, sem alterações sistêmicas e não fumantes, predominantemente do sexo feminino e da raça parda. Não houve diferença estatisticamente significativa para expressão do anticorpo anti-RANKL (p=0,58t) e da razão RANK.L/OPG (p=Ü,334) quando se comparou as três condições clínicas, mas o anti-OPG e anti-TNF-a mostraram diferenças estatisticamente significativas entre os tipos de lesão (p=0,001 epO.001, respectivamente), revelando maior imunoexpressão na periodontite. Nos casos de periodontite, a variável perda de inserção clínica (P1C) mostrou diferença estatisticamente significativa e correlação positiva, respectivamente, com a imunomarcação dos anticorpos anti-RANKL (p=0,002; p=0,00! e r=0,642), anti-OPG (p=0,018; p=Ü,014 e 1=0,451), anti-TNF-a (p=0,032; p=0,0t4 e r=0,453) e com a razão percentual de RANKL/OPG {p=0,018; p=0,002 e r=0,544)...

Periodontal disease is an mfection initiated by oral periodontal pathogens tliat Trigger an immune response culminating in tissue destruction, This destruction is mediated by tine host by inducing the production and activation oflytic en/.ynies, cytokines and the stimiilalion of osteoclastogenesis. The aim of this shidy was to compare the imnujnohistochemical expression of factors involved in boné resorption, RANKL (Ligand Receptor Activator of Nuclear Factor kappa B), OPG (Osteoprotegerin) and TNF-tx (tumor necrosis factor alpha) between the gingival healthy, gingivitis and chronic periodontitis and correlate them with clinica! parameíers. The sampie consisted of 83 cases and 12 ciinicalíy heaithy gums, 42 gingivitis and 29 periodontitis, from 74 adoiescent and adult patients with a mean age of 35 years, without systemic changes and non-smokers, predominantly fema!e and race brown. There was no statistically significant difference for the expression of anti-RANKL {p = 0.581) and RANKL / OPG ratio (p = 0.334) when comparing the three conditions, but the anti-OPG and anti-TNF-a showed statistically significam between the types of injury (p = 0.001 and p <0.0017 respectively), showing greatest expression in periodontitis. In cases of periodontitis. the variable clinicai attachtnent loss (P1C) was statistically significant and positive correlation, respectively, with immunostainingof anti-RANKL {p = 0.002, p = 0.0ÓI and r = 0.642), anti-OPG (p = 0.018, p = 0.014 and r = 0.451), ami-TNF-a (p = 0.032, p = 0.014 and r = 0.453) and the percentage ratio of RANKL / OPG (p = 0.018, p = 0.002 and r = 0.544)...
Descritores: Citocinas
Doenças Periodontais/etiologia
Imuno-Histoquímica
Osteoprotegerina
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B
Reabsorção Óssea/patologia
-Estatísticas não Paramétricas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos
BR1264.1; D64, B574i, TESE


  7 / 8 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-602584
Autor: Bezerra, Bruna Aguiar do Amaral.
Título: Imunoexpressão de fatores reguladores da osteoclastogênese na doença periodontal em humanos e sua relação com os parâmetros clínicos / Immunoexpression of factors regulating osteoclastogenesis in periodontal disease in humans and its relationship to the parameters of clinical.
Fonte: Natal, RN; s.n; 20110808. 114 p. (BR).
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Rio Grande do Norte para obtenção do grau de Doutor.
Símbolo: BR.
Resumo: A doença períodontal é uma infecção oral iniciada por periodonlopatógenos que desencadeiam a resposta imune culminando com a destruição tecidual. Essa destruição é mediada pelo hospedeiro através da indução da produção e ativação de enzimas lííicas, citocinas e da estimulação da osteoclastogênese. O objetivo deste estudo foi comparar a expressão imuno-histoquímica dos fatores envolvidos na reabsorção óssea, RANKL (Ligante do Receptor Ativador do Fator Nuclear kappa B), OPG (Osteoprotegerina) e TNF-a (Fator de Necrose Tmnoral Alfa) entre a gengiva clinicamente saudável, a gengivite e a periodontite crônica, corretacionando-os com os parâmetros clínicos periodontais. A amostra consistiu de 83 casos, sendo 12 de gengivas clinicamente saudáveis. 42 de gengivite e 29 de periodontite, oriundos de 74 pacientes adolescentes e adultos com idade média de 35 anos, sem alterações sistêmicas e não fumantes, predominantemente do sexo feminino e da raça parda. Não houve diferença estatisticamente significativa para expressão do anticorpo anti-RANKL (p=0,58t) e da razão RANK.L/OPG (p=Ü,334) quando se comparou as três condições clínicas, mas o anti-OPG e anti-TNF-a mostraram diferenças estatisticamente significativas entre os tipos de lesão (p=0,001 epO.001, respectivamente), revelando maior imunoexpressão na periodontite. Nos casos de periodontite, a variável perda de inserção clínica (P1C) mostrou diferença estatisticamente significativa e correlação positiva, respectivamente, com a imunomarcação dos anticorpos anti-RANKL (p=0,002; p=0,00! e r=0,642), anti-OPG (p=0,018; p=Ü,014 e 1=0,451), anti-TNF-a (p=0,032; p=0,0t4 e r=0,453) e com a razão percentual de RANKL/OPG {p=0,018; p=0,002 e r=0,544). A mobilidade dentária (MB) apresentou diferença estatisticamente significativa somente com a imunoexpressão do anti-RANKL (p=G,Q26). e a profundidade de sondagem (PS) apresentou correlação positiva com o anti-RANKL (p=0.028 e r=0.4G9), ambos nos casos de periodontite...
Descritores: Citocinas
Doenças Periodontais/diagnóstico
Doenças Periodontais/etiologia
NF-kappa B
Osteoprotegerina
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B
Reabsorção Óssea/patologia
-Imuno-Histoquímica
Estatísticas não Paramétricas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1264.1 - Biblioteca Setorial Prof Alberto M Campos
BR1264.1; D64, 574i, Tese


  8 / 8 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-590726
Autor: Leite, Fábio Renato Manzolli.
Título: Papel das proteínas intracelulares nod e da proteína adaptadora myD88 na regulação de espressão de RANKL e modulação da resposta inflamatória induzidos por antígenos bacterianos in vitro: estudo em células relevantes de periodonto / Role of nod an myD88 proteins on the regulation of bacterial antigen-induced expression of RANKL and on the modulation of inflammation: a study on relevant cells of the periodontium.
Fonte: Araraquara; s.n; 2009. 154 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Odontologia para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: A reabsorcao do osso alveolar e uma das principais caracteristicas associadas a progressao da doenca periodontal. Apesar da enorme complexidade da microbiota envolvida, considera-se que bacterias Gram-negativas tenham um papel relevante em sua etiopatogenese. Um dos fatores de virulencia destes microrganismos e representado por um componente de sua parede externa denominado lipopolissacarideo (LPS). A presenca de LPS na proximidade dos tecidos periodontais e capaz de induzir a producao de diversos mediadores inflamatorios que levam a degradacao tanto do tecido conjuntivo quanto osseo. Atualmente acredita-se que a interacao do ligante do receptor-ativador do fator nuclear kappa-B (RANKL) com seu receptor (RANK) presente em precursores hematopoieticos e necessaria e suficiente para a inducao da diferenciacao de osteoclastos. Por outro lado, a ligacao de RANKL com seu falso-receptor, denominado osteoprotegerina (OPG), reduz sua biodisponibilidade e inibe, desta forma, a osteoclastogenese. Assim, a razao da expressao de RANKL e OPG e considerada como o principal determinante do “turnover” do tecido osseo. A producao de RANKL e OPG depende das vias de sinalizacao ativadas, as quais sao influenciadas pela natureza do estimulo extracelular. Atualmente, a familia de receptores NLRs (nod-like receptors) foi identificada como receptor intracelular para componentes bacterianos e agentes moduladores de diferentes vias de sinalizacao. Considerando a relevancia do LPS bacteriano na patogenese da doenca periodontal, o papel do RANKL no processo de reabsorcao ossea e a possivel implicacao das proteinas Nod na transducao de sinais regulando a expressao de RANKL, o objetivo geral deste projeto foi estudar os mecanismos de regulacao da expressao de RANKL induzido por LPS bacteriano em celulas relevantes do periodonto (macrofagos, osteoblastos e fibroblastos). Os objetivos especificos propostos...

Bone resorption is one of the major characteristics of destructive periodontal disease. Despite the great number of different bacterial species in the dental biofilm, Gramnegative microorganisms were demonstrated to have a very important role on periodontal disease pathogenesis. Lipopolysaccharide (LPS) is a bacterial cell wall component, which is acknowledged as one of the main virulence factors of these microorganisms. The mere presence of LPS in proximity with the periodontal tissues initiates the expression and production of inflammatory mediators and other cytokines which can culminate in degradation of both soft and hard tissues. It is currently accepted that the interaction between receptor-activator of nuclear factor kappa-B ligand (RANKL) and its receptor (RANK) is both necessary and sufficient to induce osteoclast differentiation and activation. However, RANKL can interact with its soluble decoy receptor osteoprotegerin (OPG) inhibiting osteoclastogenesis by decreasing the bioavailability of RANKL. Production of RANKL/OPG is the result of the signaling pathways activated by external stimuli. Recently, the NLR (nod-like receptors) family was identified as cytosolic receptors for bacterial components and also, as capable of modulating different signaling pathways. Considering the relevance of LPS and RANKL in bone resorption and the possible implication of Nod proteins in signal transduction regulating RANKL expression, the aim of this study was to evaluate the influence of different intracellular signaling pathways on the regulation of RANKL expression induced by LPS in relevant cells of the periodontium (macrophages, osteoblasts and fibroblasts). The specific objectives proposed were to determine after LPS and interleukin-1 beta stimulation the role of MyD88-dependent and independent signaling pathways, Nod1 and Nod2 on the expression of RANKL, OPG, IL-10 and IFN-beta...
Descritores: FATOR ACETATE KINASE DE DIFERENCIACAO MIELOIDE
Sistema de Sinalização das MAP Quinases
NF-kappa B
Proteínas Adaptadoras de Sinalização NOD
Receptor Ativador de Fator Nuclear kappa-B
Responsável: BR39.2 - Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves
BR39.2



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde