Base de dados : LILACS
Pesquisa : D12.776.826.701.500.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 2 [refinar]
Mostrando: 1 .. 2   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 2 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-745947
Autor: Ramos, Clariana V.; Dumith, Samuel C.; César, Juraci A..
Título: Prevalence and factors associated with stunting and excess weight in children aged 0-5 years from the Brazilian semi-arid region / Prevalência e fatores associados ao déficit de altura e excesso de peso em crianças de 0 a 5 anos do semiárido
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);91(2):175-182, Mar-Apr/2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To analyze the prevalence of excess weight and low height, and identify associated factors among children younger than five years. METHODS: Cross-census study. A total of 1,640 children from two municipalities in Piauí, Brazil were included. RESULTS: The prevalence of low height was 10.9% (95% CI: 9.3 to 12.4), inversely associated with mother's younger age and low level of education, lower socioeconomic status, mothers who had fewer than six prenatal consultations, and households that had more than one child younger than 5 years. Excess weight prevalence was 19.1% (95% CI: 17.2 to 21.0), and remained inversely associated with lower maternal age, low maternal education, and cesarean delivery. Stunting was greater in children aged between 12 and 23 months, while excess weight decreased with age. CONCLUSIONS: It is noteworthy that the stunting rate, although decreasing, is still high, while the prevalence of excess weight, even in this very poor area, already exceeds the expected percentage for a population with better socioeconomic level. .

OBJETIVO: Analisar a prevalência de excesso de peso e déficit de altura e identificar fatores associados entre menores de cinco anos. MÉTODOS: Estudo censitário transversal. Foram incluídas 1.640 crianças de dois municípios do Piauí, Brasil. RESULTADOS: A prevalência de déficit de altura foi 10,9% (IC95%: 9,3-12,4), inversamente associado com menor idade e escolaridade materna, menor condição socioeconômica, mães que fizeram menos de seis consultas pré-natal e se nessas casas havia mais de uma criança menor de cinco anos. O excesso de peso teve prevalência de 19,1% (IC95%: 17,2-21,0) e manteve-se inversamente associado com menor idade da mãe, baixa escolaridade materna e parto cesáreo. O déficit de altura foi maior para crianças entre 12 e 23 meses, enquanto o excesso de peso diminuiu com a idade. CONCLUSÕES: Destaca-se que o déficit de altura, embora esteja diminuindo, ainda é elevado, enquanto a prevalência de excesso de peso, mesmo nessa área muito pobre, já supera o percentual esperado para uma população com melhores condições socioeconômicas. .
Descritores: Densidade Óssea
Metilação de DNA
Regiões Promotoras Genéticas
Receptor X Retinoide alfa/genética
-Ilhas de CpG
Ensaio de Desvio de Mobilidade Eletroforética
Estudos Prospectivos
Vitamina D/análogos & derivados
Vitamina D/sangue
Limites: Adulto
Criança
Pré-Escolar
Feminino
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 2 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-690588
Autor: Lima, Luciana Otero; Bruxel, Estela Maria; Hutz, Mara Helena; Van der Sand, Cézar Roberto; Van der Sand, Luiz Carlos; Ferreira, Maria Elvira Wagner; Pires, Renan Canibal; Fiegenbaum, Marilu; Almeida, Silvana.
Título: Influence of PPARA, RXRA, NR1I2 and NR1I3 gene polymorphisms on the lipid-lowering efficacy and safety of statin therapy / Influência de polimorfismos nos genes PPARA, RXRA, NR1I2 e NR1I3 na eficácia hipolipemiante e na segurança da terapia com estatinas
Fonte: Arq. bras. endocrinol. metab;57(7):513-519, out. 2013. tab.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: The aim of the present study was investigate the association between six genetic variants in the nuclear receptor genes PPARA, RXRA, NR1I2 and NR1I3 and the lipid-lowering efficacy and safety of statin therapy. SUBJECTS AND METHODS: The study was carried out on 240 Brazilian hypercholesterolemic patients on simvastatin and atorvastatin therapy. The polymorphisms were analyzed by PCR-based methods. RESULTS: The NR1I3 rs2307424 genotype distribution was different between subjects with and without adverse drug reactions. Among subjects in the ADR group, no T/T homozygotes were observed for this polymorphism, while in the non-ADR group the frequency of this genotype was 19.4% (P = 0.007, after multiple testing corrections P = 0.042). CONCLUSION: The polymorphisms investigated in PPARA (rs1800206), RXRA (rs11381416), and NR1I2 (rs1523130) did not influence the lipid-lowering efficacy and safety of statin. Our results show the possible influence of NR1I3 genetic variant on the safety of statin.

OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar a associação de seis variantes genéticas nos genes de receptores nucleares PPARA, RXRA, NR1I2 e NR1I3 na eficácia hipolipemiante e na segurança da terapia com estatinas. SUJEITOS E MÉTODOS: O estudo foi realizado com 240 pacientes hipercolesterolêmicos em terapia com sinvastina e atorvastatina. Os polimorfismos foram analisados por meio de métodos baseados em PCR. RESULTADOS: A distribuição da frequência genotípica do polimorfismo NR1I3 rs2307424 foi diferente entre os pacientes com e sem efeito adverso à medicação; entre os sujeitos do grupo com efeitos adversos, nenhum homozigoto T/T foi observado, enquanto no grupo de indivíduos sem efeitos adversos a frequência desse genótipo foi 19,4% (P = 0,007, após correção para múltiplos testes P = 0,042). CONCLUSÃO: Os polimorfismos investigados nos genes PPARA (rs1800206), RXRA (rs11381416) e NR1I2 (rs1523130) não foram associados com eficácia hipolipemiante e segurança da terapia com estatinas. Nossos resultados mostram uma possível influência de variantes do gene NR1I3 (rs2307424) no desenvolvimento de efeitos adversos à terapia com estatinas.
Descritores: Anticolesterolemiantes/uso terapêutico
Dislipidemias/tratamento farmacológico
Polimorfismo Genético
PPAR alfa/genética
Receptores Citoplasmáticos e Nucleares/genética
Receptores de Esteroides/genética
Receptor X Retinoide alfa/genética
-Alelos
Anticolesterolemiantes/efeitos adversos
Dislipidemias/genética
Genótipo
Ácidos Heptanoicos/efeitos adversos
Ácidos Heptanoicos/uso terapêutico
Lipídeos/sangue
Reação em Cadeia da Polimerase
Pirróis/efeitos adversos
Pirróis/uso terapêutico
Fatores de Risco
Sinvastatina/efeitos adversos
Sinvastatina/uso terapêutico
Resultado do Tratamento
Limites: Adulto
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde