Base de dados : LILACS
Pesquisa : D20.215.784.500.534 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 42 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 42 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1161320
Autor: Siufi, Angel; Boada, Nancy.
Título: Síndrome de abstinencia neonatal / Neonatal narcotic with drawal
Fonte: Clin. perinatol. argent;1:41-94, 1999-2000. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Naloxona/uso terapêutico
Síndrome de Abstinência Neonatal/diagnóstico
Síndrome de Abstinência Neonatal/etiologia
Síndrome de Abstinência Neonatal/tratamento farmacológico
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/complicações
Ópio/efeitos adversos
-Cannabis/efeitos adversos
Clonidina/uso terapêutico
Clorpromazina/uso terapêutico
Diazepam/uso terapêutico
Dietilamida do Ácido Lisérgico/efeitos adversos
Etanol/efeitos adversos
Fenobarbital/uso terapêutico
Metadona/uso terapêutico
Morfina/efeitos adversos
Recém-Nascido
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/epidemiologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/fisiopatologia
Limites: Feminino
Humanos
Gravidez
Recém-Nascido
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Revisão
Responsável: AR144.1 - CIBCHACO - Centro de Información Biomedica del Chaco


  2 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-787624
Autor: Sadeghi, Mostafa; Yekta, Reza Atef; Azimaraghi, Omid; Barzin, Gilda; Movafegh, Ali.
Título: Evaluation of spinal anesthesia blockade time with 0. 5% hyperbaric bupivacaine, with or without sufentanil, in chronic opioid users: a randomized clinical trial / Avaliação do tempo de bloqueio da raquianestesia com bupivacaína a hiperbárica 0, 5%, com ou sem sufentanil, em usuários crônicos de opioides: um estudo clínico randômico
Fonte: Rev. bras. anestesiol;66(4):346-350tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Objective: The primary outcome of this study was to evaluate the effect of adding sufentanil to hyperbaric bupivacaine on duration of sensory blockade of spinal anesthesia in chronic opioid users in comparison with non-addicts. Methods: Sixty patients scheduled for orthopedic surgery under spinal anesthesia were allocated into four groups: group 1 (no history of opium use who received intrathecal hyperbaric bupivacaine along with 1 mL saline as placebo); group 2 (no history of opium use who received intrathecal bupivacaine along with 1 mL sufentanil [5 µg]); group 3 (positive history of opium use who received intrathecal bupivacaine along with 1 mL saline as placebo) and group 4 (positive history of opium use who received intrathecal bupivacaine along with 1 mL sufentanil [5 µg]). The onset time and duration of sensory and motor blockade were measured. Results: The duration of sensory blockade in group 3 was 120 ± 23.1 min which was significantly less than other groups (G1 = 148 ± 28.7, G2 = 144 ± 26.4, G4 = 139 ± 24.7, p = 0.007). The duration of motor blockade in group 3 was 145 ± 30.0 min which was significantly less than other groups (G1 = 164 ± 36.0, G2 = 174 ± 26.8, G4 = 174 ± 24.9, p = 0.03). Conclusions: Addition of 5 µg intrathecal sufentanil to hyperbaric bupivacaine in chronic opioid users lengthened the sensory and motor duration of blockade to be equivalent to blockade measured in non-addicts.

Resumo Objetivo: Avaliar o efeito da adição de sufentanil à bupivacaína hiperbárica na duração do bloqueio sensorial da raquianestesia em usuários crônicos de opioides em comparação com não adictos. Métodos: Foram distribuídos em quatro grupos 60 pacientes agendados para cirurgia ortopédica sob raquianestesia: Grupo 1 (sem história de uso de ópio, recebeu bupivacaína hiperbárica intratecal juntamente com 1 mL de solução salina como placebo); Grupo 2 (sem história de uso de ópio, recebeu bupivacaína intratecal juntamente com 1 mL de sufentanil [5 µg]); Grupo 3 (com história de uso de ópio, recebeu bupivacaína intratecal juntamente com 1 mL de solução salina como placebo) e Grupo 4 (com história de uso de ópio, recebeu bupivacaína intratecal juntamente com 1 mL de sufentanil [5 µg]). O tempo de início e a duração dos bloqueios sensitivo e motor foram registrados. Resultados: A duração do bloqueio sensorial no Grupo 3 foi de 120 ± 23,1 min, um tempo significativamente menor do que nos outros grupos (G1 = 148 ± 28,7, G2 = 144 ± 26,4, G4 = 139 ± 24,7, p = 0,007). A duração do bloqueio motor no Grupo 3 foi de 145 ± 30,0 min, um tempo significativamente menor do que nos outros grupos (G1 = 164 ± 36.0, G2 = 174 ± 26.8, G4 = 174 ± 24,9; p = 0,03). Conclusões: A adição de 5 µg de sufentanil intratecal à bupivacaína hiperbárica em usuários crônicos de opioides aumenta a duração dos bloqueios sensorial e motor de forma equivalente ao bloqueio avaliado em não adictos.
Descritores: Ópio/farmacologia
Bupivacaína/farmacologia
Sufentanil/farmacologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/complicações
Analgésicos Opioides/farmacologia
Raquianestesia/métodos
-Fatores de Tempo
Doença Crônica
Quimioterapia Combinada
Usuários de Drogas
Anestésicos Locais/farmacologia
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-658508
Autor: Adler, Ubiratan Cardinalli; Madureira Padula, Ana Elisa; Cesar, Amarilys de Toledo; Adler, Maristela Schiabel; Galduróz, José Carlos Fernandes.
Título: Homeopathic potencies of Opium in alcohol dependence: exploratory open-label study / Potências homeopáticas de Opium na dependência do álcool: estudo exploratório e aberto / Potencias homeopáticas de Opium en alcoholismo: estudio exploratorio abierto
Fonte: Int. j. high dilution res;11(38), march 31, 2012. tab.
Idioma: en.
Resumo: The conventional pharmacological options for the treatment of alcoholism are limited, which led to the search for solutions in alternative or complementary medicine (CAM). Homeopathy is a CAM modality recognized as medical specialty in Brazil. According to the clinical experience of the early homeopaths, Opium was used to treat patients with alcohol dependence. Aim: to perform a preliminary assessment of the effectiveness and tolerability of fifty-millesimal potencies of Opium in the treatment of alcohol-dependent patients. Methods: exploratory, prospective, open-label trial, with pre-treatment measures as control. Confidence intervals were used to estimate the magnitude of the clinical differences. Results: a total of 14 patients were included, from which 12 were evaluated (intention to treat analysis - ITT). There was a significant reduction in the average daily alcohol consumption (-29.37 units of alcohol/day; 95% CI=10.63; 48.11) and in the severity of alcohol dependence, measured by the mean score of the Short Alcohol Dependence Data questionnaire (-10.17; 95% CI= 4.12; 16.22). No serious adverse events were reported. Randomized controlled studies with larger samples are needed.

Contexto: as opções farmacológicas convencionais para o tratamento do alcoolismo ainda são limitadas, contribuindo para a busca de soluções na medicina alternativa ou complementar (CAM). A homeopatia é uma modalidade de CAM reconhecida como especialidade médica no Brasil. Na experiência clínica dos primeiros homeopatas, Opium era usado no tratamento de pacientes com dependência do álcool. Objetivo: avaliação preliminar da efetividade e da tolerabilidade de dinamizações homeopáticas de Opium no tratamento de pacientes dependentes do álcool. Métodos: estudo exploratório, prospectivo e aberto, com medidas pré-tratamento como controle. Intervalos de confiança foram utillizados para se estimar a magnitude das diferenças clínicas. Resultados: 14 pacientes foram incluídos e 12 avaliados (análise segundo a intenção de tratar- ITT). Houve uma redução clinicamente significativa no consumo médio diário de álcool (-29,37 unidades de álcool/dia, 95% CI=10,63; 48,11) e na severidade da dependência do álcool, medida pelo escore médio do questionário Short Alcohol Dependence Data (-10,17 pontos 95% CI= 4,12; 16,22). Não foram relatados ou observados eventos adversos graves. Os resultados justificam estudos maiores, randomizados e controlados.
Descritores: Alcoolismo
Homeopatia
Ópio/uso terapêutico
Limites: Humanos
Adulto
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  4 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-697415
Autor: Adler, Ubiratan Cardinalli; Saraiva, Ilma Barreto Garcia; Almeida, Maria Flora de; Jezierski, Marta; Cesar, Amarilys de Toledo; Martinez, Edson Zangiacomi; Galduróz, José Carlos Fernandes.
Título: Homeopatia na fissura por cocaína-crack: estudo randomizado, duplo-cego e placebo controlado (Estudo COCACRACK): [Carta ao Editor] / Homeopathy in crack-cocaine craving: randomized, placebo controlled, double-blind study (COCACRACK study): [Carta ao Editor]
Fonte: Rev. psiquiatr. clín. (São Paulo);40(6):241-242, 2013. tab.
Idioma: en; pt.
Descritores: Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína/terapia
Homeopatia
-Ópio
Cocaína Crack
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Carta
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Lemos, Tadeu
Texto completo
Id: biblio-868081
Autor: Serrano, Alan Indio; Lemos, Tadeu; Vieira, Guilherme Mello; Cremones, Evelyn; Macarini, Anna Paula G; Knoll, Rosalie Kupka.
Título: Abuso e dependência de derivados do ópio: protocolo clínico / Abuse and dependence on opium derivatives: clinical protocol.
Fonte: Florianópolis; Santa Catarina (Estado). Secretaria da Saúde; [2014].
Idioma: pt.
Descritores: Usuários de Drogas
Transtornos Relacionados ao Uso de Opioides/diagnóstico
Ópio
-Protocolos Clínicos
Serviços de Saúde Mental
Metadona/uso terapêutico
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/psicologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/terapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-665476
Autor: Bidani, Navneet.
Título: Epilepsia de água quente numa mulher grávida: relato de caso / Hot water epilepsy in a pregnant woman: case report
Fonte: Rev. homeopatia (Säo Paulo);75(3/4):19-22, 2012. graf.
Idioma: pt.
Resumo: A epilepsia de água quente é uma forma singular de epilepsia reflexa desencadeada por se banhar e jorrar água quente na cabeça. Embora seja mais frequente em crianças e predomine no sexo masculino, o presente artigo discute o caso de uma mulher grávida de 28 anos de idade que apresentava convulsões reflexas ao jorrar água na cabeça ao tomar banho. O tratamento homeopático constitucional teve sucesso terapêutico.

Hot water epilepsy is a unique form of reflex epilepsy triggered by bathing and pouring hot water over the head. Although it is mostly seen in infants and children, with predominance in males, the present article discusses the case of a 28-year-old pregnant woman with reflex seizures triggered by pouring hot water over the head while having a bath during pregnancy and successfully treated with constitutional homeopathic medication.
Descritores: Água/efeitos adversos
Banhos/efeitos adversos
Epilepsia
Epilepsia Reflexa
Ópio
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR926.1 - Biblioteca Artur de Almeida Rezende Filho


  7 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-655712
Autor: Irving, Lillian.
Título: Legalizar las drogas / Legalizing drugs
Fonte: Rev. cient. (Guatem.);4(1):58-58, 2008.
Idioma: es.
Descritores: Fentanila
Meperidina
Morfina
Ópio
Psicotrópicos
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: GT5.3 - CEDOBF - Centro de Documentación y Biblioteca de Farmacia


  8 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-624936
Autor: Martins, Rodrigo Tomazini; Almeida, Daniel Benzecry de; Monteiro, Felipe Marques do Rego; Kowacs, Pedro André; Ramina, Ricardo.
Título: Receptores opioides até o contexto atual / Opioid receptors to date
Fonte: Rev. dor;13(1):75-79, jan.-mar. 2012.
Idioma: pt.
Resumo: JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à finalidade do ambulatório e os fármacos utilizados rotineiramente, o objetivo deste estudo foi rever e atualizar os conhecimentos sobre os receptores opioides e como complemento de estudo após palestra apresentada aos integrantes da equipe. CONTEÚDO: Foram revisados desde os aspectos históricos até os conhecimentos mais recentes sobre receptores opioides, descritos seus subtipos e mecanismos de ação. Para tal, foram consultadas referências indexadas pelo Pubmed. CONCLUSÃO: Com os dados presentes na literatura atual, concluiu-se que ainda existe muito a ser pesquisado sobre o tópico, visando medicações mais seguras e novas técnicas biomoleculares ainda são necessárias.

BACKGROUND AND OBJECTIVES: Due to the objective of the outpatient setting and to routinely used drugs, this study aimed at reviewing and updating the knowledge about opioid receptors and worked as a study complement after a lecture presented to team members. CONTENTS: We have reviewed from historical aspects to most recent developments about opioid receptors, in addition to describing subtypes and action mechanisms. For such, Pubmed-indexed references were queried. CONCLUSION: After reviewing current literature data, we have concluded that there is still a lot to be researched about the topic, aiming at safer drugs, and new biomolecular techniques are still needed.
Descritores: Analgésicos Opioides
História da Medicina
Morfina
Antagonistas de Entorpecentes
Ópio
Papaver
Receptores Opioides
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 42 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-620234
Autor: González, Gerardo; Romero-González, Mauricio.
Título: Alternativas farmacológicas para el tratamiento de la dependencia a la heroína: un nuevo reto en Colombia / Pharmacological alternatives for the treatment of heroin dependence: a new challenge in Colombia
Fonte: Rev. colomb. psiquiatr;39(Supl):188S-212S, 2010.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: En Colombia, la prevalencia de los problemas relacionados con la dependencia a la heroína ha ido en aumento desde los años noventa. Método: Luego de contextualizar este problema, el artículo se centra en los hallazgos científicos, las indicaciones y limitaciones farmacoterapéuticas de la gama de medicamentos existentes para el manejo agudo del síndrome de abstinencia, conocido comúnmente como la desintoxicación. Resultados: Las opciones farmacológicas disponibles incluyen agonistas opioides, agonistas opiáceos parciales, los antagonistas opioides y agonistas alfa-2 adrenérgicos. Conclusión: Aunque el tratamiento integral de la dependencia de heroína incluye intervenciones psicoterapéuticas, esta revisión señala que el enfoque, tal vez, más exitoso para controlar el síndrome agudo de abstinencia de la suspensión abrupta de la heroína es la sustitución con metadona o buprenorfina seguido por una reducción gradual de las dosis, al tiempo que se promueven cambios de estilos de vida duraderos y la prevención de recaídas...

Introduction: In Colombia, the prevalence of problems associated with heroin dependence has increased since the nineties. Method: After contextualize this issue, the article focuses on the scientific findings, indications, and pharmacotherapeutic limitations of the range of existing medications to treat acute withdrawal syndrome, commonly known as detoxification. Results: The pharmacological options available include opioid agonists, opioid partial agonists, antagonists and alpha-2 adrenergic agonists. Conclusion: Although the comprehensive treatment of heroin dependence include psychotherapeutic interventions, this review indicates that the approach, perhaps more successful in controlling acute withdrawal syndrome after abrupt discontinuation of heroin is methadone or buprenorphine followed by a gradual reduction in dose, while promoting lifestyle changes sustainable and relapse prevention...
Descritores: Heroína
Ópio
Responsável: CO78 - Asociación Colombiana de Psiquiatría


  10 / 42 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id: lil-591633
Autor: Michel, Oswaldo da Rocha.
Título: Saúde pública: riscos e humanismo / Public health: risks and humanism.
Fonte: Rio de Janeiro; Revinter; 2002. 177 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Descritores: Drogas Ilícitas/farmacologia
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
-Bebidas Alcoólicas
Alucinógenos/farmacologia
Anabolizantes/farmacologia
Cannabis
Cocaína/farmacologia
Ópio/farmacologia
Psicofarmacologia
Psicotrópicos/farmacologia
Religião
Tabaco
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; 362.29, M623s



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde