Base de dados : LILACS
Pesquisa : D20.215.784.844 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 100 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 100 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1020717
Autor: Valentino, Giovanna; Acevedo, Mónica; Villablanca, Claudia; Álamos, Mirelly; Orellana, Lorena; Adasme, Marcela; Baraona, Fernando; Navarrete, Carlos.
Título: La ingesta de "once", en reemplazo de la cena, se asocia al riesgo de presentar síndrome metabólico / Five o'clock tea and the risk of metabolic syndrome
Fonte: Rev. méd. Chile;147(6):693-702, jun. 2019. tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: Background: Seventy four percent of Chileans replaced the traditional dinner for the consumption of "five o'clock tea" (5CT), a mealtime that includes bread and is simliar to western breakfast. The latter favors the intake of unhealthy foods. Aim: To study whether the consumption of "5CT", instead of dinner, could be a risk factor for the development of metabolic syndrome (MetSyn). Material and Methods: Anthropometric parameters, mean blood pressure, lipid profile, thyroid stimulating hormone and fasting glucose were measured in 489 subjects aged 39 ± 12 years (33% women) who attended a primary cardiovascular prevention (CV) program. A 24-hour recall and usual meal times were registered during a dietary interview. To determine the association between the consumption of "5CT" or dinner and the probability of presenting two or more components of MetSyn, we built an odds proportional model adjusted by age and sex. In addition, severity for MetSyn was calculated. Results: Nineteen percent of participants had MetSyn and 39%, two or more MetSyn components. Those who consumed "5CT" instead of dinner, had 54% more probability of having 2 or more MetSyn components (Odds ratio = 1.54, confidence intervals 1.032.32, p = 0.04). Participants who included processed carbohydrates in their last meal had a higher probability of having components of MetSyn. This probability decreased among participants who ate dinner with a low proportion of refined carbohydrates. Conclusions: Subjects who eat "5CT", instead of dinner as the last meal, have a higher cardiometabolic risk and MetSyn severity.
Descritores: Chá/metabolismo
Síndrome Metabólica/etiologia
Dieta/efeitos adversos
Comportamento Alimentar/fisiologia
Refeições/fisiologia
-Índice de Gravidade de Doença
Modelos Logísticos
Chile
Fatores Sexuais
Estudos Transversais
Inquéritos e Questionários
Fatores de Risco
Fatores Etários
Medição de Risco
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  2 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1145548
Autor: Tatekalva, Pranati; Subbaiyan, Haripriya; Kumar, Shanmugam Rajesh.
Título: Comparative evaluation of antimicrobial potential of herbal extracts on Streptococcus mutans and Enterococcus faecalis An in vitro study / Avaliação comparativa do potencial antimicrobiano de extratos de ervas em Streptococcus mutans e Enterococcus faecalis: estudo in vitro
Fonte: Braz. dent. sci;24(1):1-7, 2021. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Though aloe vera extract, green tea extract and coriander oil are proven antimicrobial agents, very little information is available regarding its effects on oral bacteria, Streptococcus mutans, which is responsible for initiating caries and Enterococcus faecalis, responsible for failure of root canal treatment. Objective: To find the antimicrobial activity of aloe vera extract, black tea extract and coriander oil against S. mutans and E. faecalis. Materials and Methods: The agar well diffusion method was used to determine the antibacterial activity of Aloe vera extract, black tea extract and coriander oil. Different concentration of prepared plant extracts and coriander seed oil (50 & 100 µl) was incorporated into the wells and the plates containing S. mutans and E. faecalis were incubated at 37 °C for 24 h. The antibiotic (amoxicillin 30 µl) was used as positive control. Zone Of Inhibition (ZOI) was recorded in each plate. Results: For S. mutans, the maximum ZOI was created by coriander oil with a diameter of 25.00±0.58 mm at 50 µl and for E. faecalis, maximum ZOI was created by aloe vera extract 16.00±0.58 mm at 100 µl concentration which were far better than the control: amoxicillin 30 µl concentration. Conclusion: The extracts of Aloe vera, black tea and coriander oil, showed significant activity against the investigated microbial strains, Streptococcus mutans and Enterococcus faecalis which further helps in the development of new topical agents that help in reducing the numbers of these organisms present in the oral cavity. (AU)

Embora o extrato de aloe vera, extrato de chá verde e óleo de coentro sejam agentes antimicrobianos comprovados, há pouca informação disponível sobre seus efeitos nas bactérias orais, Streptococcus mutans, que é responsável por iniciar cáries e Enterococcus faecalis, responsável pela falha do tratamento de canal radicular. Objetivo: Avaliar a atividade antimicrobiana do extrato de aloe vera, extrato de chá preto e óleo de coentro contra S. mutans e E. faecalis. Materiais e Métodos: O método de difusão em agar foi usado para determinar a atividade antibacteriana do extrato de Aloe vera, extrato de chá preto e óleo de coentro. Diferentes concentrações dos extratos de plantas e óleo de semente de coentro (50 e 100 µl) foram preparados e colocados nos poços e nas placas contendo S. mutans e E. faecalis e foram incubadas a 37°C por 24 h. O antibiótico (amoxicilina 30 µl) foi utilizado como controle positivo. A zona de inibição (ZOI) foi registrada em cada placa. Resultados: Para S. mutans, a ZOI máxima foi obtida com o óleo de coentro com um diâmetro de 25,00 ± 0,58 mm a 50 µl e para E. faecalis, a ZOI máxima foi obtiada pelo extrato de aloe vera 16,00 ± 0,58 mm na concentração de 100 µl, as quais foram melhores do que o controle: concentração de 30 µl de amoxicilina. Conclusão: Os extratos de Aloe vera, chá preto e óleo de coentro apresentaram atividade significativa contra as cepas microbianas investigadas, Streptococcus mutans e Enterococcus faecalis auxiliando no desenvolvimento de novos agentes tópicos visando a redução do número desses organismos presentes no cavidade oral. (AU)
Descritores: Streptococcus mutans
Chá
Enterococcus faecalis
Aloe
Microbiota
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  3 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1121989
Autor: Degirmenci, Alperen; Kara, Emine; Degirmenci, Beyza Unalan; Ozcan, Mutlu.
Título: Evaluation the Effect of Different Antioxidants Applied After Bleaching on Teeth Color Stability / Avaliação do efeito de diferentes antioxidantes aplicados após o clareamento na estabilidade da cor dos dentes
Fonte: Braz. dent. sci;23(4):1-9, 2020. tab, ilus.
Idioma: en.
Resumo: Objective: Vital bleaching is a popular treatment option for discolored teeth; but at post-treatment stage, loss of adhesion is highly reported. Literature focused on antioxidant application for the answer of this issue. The aim of this study was to compare the effects of six different antioxidants on color stability of bleached teeth. Material and Methods: This study included total of 84 extracted intact non-carious lower incisors. 35% hydrogen peroxide was applied on the labial surfaces of specimens in accordance with manufacturer's instructions. The bleached teeth were divided into 7 groups. No antioxidants were applied to the control group. For the experimental groups, the following antioxidants were applied for 10 minutes each: 5% proanthocyanidin, 5% sodium ascorbate, 5% lycopene, %5 green tea, %5 white tea and %5 α-tocopherol. CIE L*, a* and b* values of the teeth were measured by a spectrophotometer. One-way ANOVA was used to determine the differences among the groups. Multiple comparisons were examined with Tukey HSD. Results: The one-way ANOVA test revealed a statistically significant difference between the groups (p < 0.005). Highest color change was observed in lycopene group and the lowest in green tea group. Conclusion: Proanthocyanidin, white tea and green tea could be considered as post-bleaching antioxidant alternatives based on their herbal nature. (AU)

Objetivo: O clareamento vital é uma opção popular de tratamento para dentes descoloridos, mas na fase pós-tratamento, a perda de adesão é altamente relatada. A literatura enfocou a aplicação de antioxidantes para a resposta desta questão. O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos de seis diferentes antioxidantes na estabilidade da cor de dentes clareados. Material e Métodos: Este estudo incluiu um total de 84 incisivos inferiores extraídos, intactos e não cariados. Peróxido de hidrogênio a 35% foi aplicado nas superfícies labiais dos espécimes de acordo com as instruções do fabricante. Os dentes clareados foram divididos em 7 grupos. Nenhum antioxidante foi aplicado ao grupo controle. Para os grupos experimentais, os seguintes antioxidantes foram aplicados por 10 minutos cada: proantocianidina a 5%, ascorbato de sódio a 5%, licopeno a 5%, chá verde a 5%, chá branco a 5% e α-tocoferol a 5%. Os valores CIE L *, a * e b * dos dentes foram medidos por um espectrofotômetro. ANOVA um fator foi usada para determinar as diferenças entre os grupos. As comparações múltiplas foram examinadas com Tukey HSD. Resultados: O teste ANOVA revelou uma diferença estatisticamente significativa entre os grupos (p <0,005). A maior mudança de cor foi observada no grupo do licopeno e a menor no grupo do chá verde. Conclusão: Proantocianidina, chá branco e chá verde podem ser considerados como alternativas antioxidantes pós-clareamento com base em sua natureza fitoterápica. (AU)
Descritores: Chá
alfa-Tocoferol
Proantocianidinas
Licopeno
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação


  4 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-542104
Autor: Falkowski, Gislaine Janaína Sanchez; Jacomassi, Ezilda; Takemura, Orlando Seiko.
Título: Qualidade e autenticidade de amostras de chá de camomila (Matricaria recutita L. – Asteraceae) / Quality and authenticity of samples of chamomile tea (Matricaria recutita L. - Asteraceae)
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;68(1):64-72, jan.-abr. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: Com o objetivo de avaliar a qualidade dos chás de camomila (Matricaria recutita), comercializadas na cidade de Umuarama-Paraná, essas amostras foram analisadas quanto à autenticidade do produto, características organolépticas, pureza, teor de umidade e cinzas totais, rotulagem e peso médio, em relação aos correspondentes dados indicados no rótulo da embalagem. A presente análise mostrou a presença de taxas de impurezas acima de 5% em 85,7% das amostras de chá em forma de capítulos florais íntegros e em 100% das amostras comercializadas na forma de sachet. O elevado teor de matéria orgânica estranha altera as características organolépticas do chá. Quanto aos descritivos nos rótulos da embalagem dos produtos verificou-se a falta de informações, o qual indica a não conformidade com a legislação vigente. Os dados do presente trabalho mostram que a maioria dos produtos comercializados não se encontrava em concordância com a legislação vigente. Torna-se, portanto, necessária maior assiduidade na ação fiscalizadora dos produtos alimentícios comercializados pela Vigilância Sanitária.
Descritores: Camomila
Asteraceae
Chá
Controle de Qualidade
Matricaria
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  5 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-542101
Autor: Carvalho, Suzana; Stuart, Rodrigo Makowiecky; Pimentel, Ida Chapaval; Dalzoto, Patricia do Rocio; Gabardo, Juarez; Zawadneak, Maria Aparecida Cassilha.
Título: Contaminação fúngica em chás de camomila, erva-doce e erva-mate / Fungi contamination in the chamomile, anis and mate teas
Fonte: Rev. Inst. Adolfo Lutz;68(1):91-95, jan.-abr. 2009. tab.
Idioma: pt.
Resumo: A avaliação da qualidade microbiológica de produtos armazenados, utilizados como plantas medicinais, é fundamental para garantir a segurança alimentar, em função do potencial micotoxigênico apresentado por algumas espécies de fungos. No presente trabalho foram realizados o isolamento, a quantificação e a identificação de fungos potencialmente produtores de micotoxinas em amostras de chás de camomila (Chamomilla recutita L.), erva-doce (Pimpinella anisum L.) e erva-mate (Ilex paraguariensis St.-Hil.), adquiridas em estabelecimentos comerciais da cidade de Curitiba, PR, Brasil. As amostras foram analisadas nas formas de infusão fria, de infusão tradicional e de cocção. Não houve diferenças significativas nos valores de UFC/g nas amostras de camomila, erva-mate e erva-doce analisadas na forma de infusão. Foram observadas diferenças significativas em amostras de camomila e erva-doce em forma de infusão fria em relação às demais formas de processamento de amostras, contudo essas não foram evidentes nas amostras de erva-mate. Os principais gêneros de fungos isolados das amostras analisadas foram Aspergillus sp (35,9%); Penicillium sp (9,4%); Fusarium sp (0,21%); Rhizopus sp (11,5%), Ulocladium sp (18,4%) e Mycelia sterilia (6,84%). Entre os fungos potencialmente toxigênicos, o Aspergillus sp foi o mais frequente nos três tipos de chás, seguido de Penicillium sp e Fusarium sp. Considerando que os fungos com potencial micotoxigênico persistem mesmo após a infusão ou cocção, recomenda-se que estratégias sejam desenvolvidas para garantir a qualidade e a segurança alimentar dos produtos consumidos pela população.
Descritores: Chá
Ilex paraguariensis
Matricaria
Micotoxicose
Micotoxinas
Pimpinella
Responsável: BR91.2 - Centro de Documentação


  6 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-781392
Autor: Camargo, L E A; Pedroso, L S; Vendrame, S C; Mainardes, R M; Khalil, N M.
Título: Antioxidant and antifungal activities of Camellia sinensis (L) Kuntze leaves obtained by different forms of production / Atividade antioxidante e antifúngica das folhas de Camellia sinensis (L) Kuntze, obtidas por diferentes formas de produção
Fonte: Braz. j. biol;76(2):428-434, Apr.-June 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: Abstract The antioxidant and anticandidal activities of leaves obtained from Camellia sinensis by non-fermentation (green and white teas), semi-fermentation (red tea) and fermentation method (black tea) were investigated. It was evaluated the total phenolic content by Folin-Ciocalteau assay; antioxidant capacities were evaluated in vitro using DPPH and ABTS radicals, hypochlorous acid and superoxide anion scavenger assays, induced hemolysis, lipid peroxidation by conjugated diene formation and myeloperoxidase activity. Anticandidal activity was performed on three strains of Candida spp. The results showed that non-fermented teas have a higher concentration of phenolic compounds, and then presented the best inhibitory activity of AAPH-induced hemolysis, the best inhibition of conjugated diene formation and more pronounced antioxidant activity in all tests. The highest anticandidal activity was obtained from fermented tea, followed by non-fermented tea. These results indicate that the antioxidant activity demonstrated has no direct relation with the anticandidal activity.

Resumo A atividade antioxidante e antifúngica das folhas obtidas da Camellia sinensis pelos métodos de não-fermentação (chás verde e branco), semi-fermentação (chá vermelho) e fermentação (chá preto) foram investigadas. Foi avaliado o conteúdo total de compostos fenólicos pelo método de Folin-Ciocalteau; a capacidade antioxidante foi avaliada in vitro usando os radicais artificiais DPPH e ABTS, o ácido hipocloroso, ensaios do ânion superóxido, hemólise induzida, peroxidação lipídica por formação de dienos conjugados e atividade da Mieloperoxidase. A atividade antifúngica foi obtida sobre três cepas de Candida spp. Os resultados obtidos mostram que os chás não fermentados apresentam a maior concentração de compostos fenólicos e também, apresentam a melhor atividade inibitória, sobre hemólise induzida por APPH, sobre a formação de dienos conjugados e a mais pronunciada atividade antioxidante sobre todos os testes. A maior atividade antifúngica foi obtida pelo chá fermentado, seguido pelo semi-fermentado e não-fermentados. Os resultados obtidos demonstram que a atividade antioxidante observada não apresenta relação com a atividade antifúngica.
Descritores: Folhas de Planta/química
Camellia sinensis/química
Antifúngicos/farmacologia
Antioxidantes/farmacologia
-Oxirredução
Fenóis/análise
Chá/química
Extratos Vegetais
Peroxidação de Lipídeos
Peroxidase/metabolismo
Fermentação
Hemólise
Antifúngicos/análise
Antioxidantes/análise
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828080
Autor: Formentini, M A; Alves, L F A; Schapovaloff, M E.
Título: Insecticidal activity of neem oil against Gyropsylla spegazziniana (Hemiptera: Psyllidae) nymphs on Paraguay tea seedlings / Atividade inseticida de óleo de nim contra ninfas de Gyropsylla spegazziniana (Hemiptera: Psyllidae) em mudas de erva-mate
Fonte: Braz. j. biol;76(4):951-954, Oct.-Dec. 2016. tab.
Idioma: en.
Projeto: MCT/CNPq.
Resumo: Abstract Gyropsylla spegazziniana (Paraguay tea ampul) is one of the most important pests of Paraguay tea plants, and prohibition of synthetic insecticide use for control of this pest has led to the search for alternative methods. This laboratory study aimed to compare different control strategies for G. spegazziniana, utilizing a commercial neem seed oil product. Paraguay tea seedlings were treated with neem oil solution both pre- and post-infestation with 5th instar nymphs. The systemic action of neem oil was also evaluated by treating plant soil with the neem oil solution, followed by transfer of the insects to plants 24 h post-treatment. Spray treatments were effective against the pest, especially post-infestation (80% mortality), demonstrating the potential of neem oil for control of the Paraguay tea ampul. No significant effects were observed with respect to systemic activity.

Resumo Gyropsylla spegazziniana (ampola da erva-mate) é uma das principais pragas da erva-mate, tanto em áreas de plantio como em viveiros. A proibição do uso de inseticidas para o controle de pragas da cultura tem levado à busca de alternativas. Este trabalho visou avaliar comparativamente, em laboratório, estratégias de aplicação de um produto comercial à base de óleo de nim sobre G. spegazziniana, em solução a 5%. Os testes foram realizados em mudas de erva-mate, tratadas pré e pós-infestação com ninfas de 5º instar do inseto, para avaliação de contato. Também, avaliou-se a ação sistêmica do óleo de nim, aplicando-se a solução do produto no solo da muda de erva-mate, seguido da transferência dos insetos após 24 h. Verificou-se que os tratamentos via pulverização foram eficientes contra a praga, principalmente na aplicação pós-infestação (80% de mortalidade), comprovando o potencial inseticida do óleo de nim contra a ampola-da-erva-mate em mudas. Entretanto, em relação à atividade sistêmica, não foram observados efeitos consideráveis sobre a praga.
Descritores: Glicerídeos/farmacologia
Hemípteros/crescimento & desenvolvimento
Hemípteros/efeitos dos fármacos
Repelentes de Insetos/farmacologia
Ninfa/efeitos dos fármacos
-Paraguai
Solo
Chá
Terpenos/farmacologia
Plântula
Limites: Animais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-781760
Autor: Acuña Navarro, Eric Dario; Vilchez Fuentes Rivera, Katherine; Delgado-Cotrina, Leyla; Tay Chu Jon, Lidia Yileng.
Título: Resolviendo mitos sobre indicaciones al paciente durante el blanqueamiento dental / Solving myths about bleaching indications
Fonte: Rev. estomatol. Hered;25(3):232-237, jul.-sept. 2015.
Idioma: es.
Resumo: El blanqueamiento dental es un tratamiento común en pacientes con alta exigencia estética. Existen diversas indicaciones que los profesionales les brindan a sus pacientes para no alterar los resultados y llegar al color deseado por el paciente. Entre ellas tenemos la disminución del consumo de bebidas oscuras (como el té o el café) y el dejar de fumar. Sin embargo, muchas veces estas recomendaciones no tienen sustento en evidencia científica. Encontramos en la literatura estudios que demuestran que estas indicaciones no son totalmente válidas. Es por eso que el objetivo de este artículo de revisión es resaltar la evidencia científica sobre consumo de estos productos durante el blanqueamiento, si es que afectan la efectividad de este tratamiento y aclarar los puntos en los que el clínico general puede tener dudas. Para ello se discutirá la relación del blanqueamiento dental con la ingesta de bebidas, alimentos y hábitos que pueden pigmentar los dientes...

Dental bleaching is a common treatment in patients with high aesthetics request. Different indications are given by professionals for improving bleaching results as wished by the patient. Among the directions given to the patients, itÆs indicated to decrease the consume of dark beverages (like tea or coffee) and avoiding smoke. ItÆs important to note that many of theses indications donÆt have scientific evidence. Studies show that these indications are not totally real. The purpose of this article is to show the scientific evidence about the consume of these products during bleaching, and if this impact the effectiveness of the treatment and clear up the doubts that the professional may have. The relation between dental bleaching and the consume of drinks, food and habits that may cause pigmentation of teeth...
Descritores: Chá
Clareamento Dental
Café/efeitos adversos
Fumar/efeitos adversos
Vinho/efeitos adversos
Limites: Humanos
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  9 / 100 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-568220
Autor: Rosales Rojas, Leonor; Larrucea Verdugo, Carlos; Castro Barahona, Ramiro; Acevedo Avila, Ariel; Leiva Ledea, Marjorie.
Título: Recidiva del grado de clareamiento dental por té: in vitro / Relapse of dental bleaching after the consumption of tea: in vitro study
Fonte: Rev. estomatol. Hered;20(2):69-77, abr.-jun. 2010. ilus, tab, graf.
Idioma: es.
Resumo: INTRODUCCION: El referente estético en nuestra sociedad viene determinado por varios factores, el que más insatisfacción produce es un color anómalo del diente, por eso que al mejorar su color dental, los pacientes esperan buenos resultados y duraderos. OBJETIVO: Determinar la recidiva de color experimentado por piezas dentarias clareadas y posteriormente sumergidas en solución de té. METODOLOGIA: Utilizamos 42 incisivos centrales sanos de bovinos de 3 y 4 años, preparados en probetas cilíndricas acrílicas, mantenidos en saliva artificial a 37ºC, a 100% de humedad, divididas en: grupo experimental (GC), tratado con peróxido de carbamida al 35% gel por 30 minutos y Grupo Control (GNC) no tratado. A ambos medimos color inicial con espectrofómetro Vita Easyshade® y sumergieron en solución de Té por 10 minutos. Medimos el nuevo color, realizando este procedimiento 50 veces. RESULTADOS: Analizados con, Pruebas T y Análisis de Regresión Lineal, tanto el GC como el GNC presentan el primer cambio de color con la primera inmersión en té. El segundo cambio para el GE (p < 0,029) es en la segunda inmersión y para el GC entre la tercera y cuarta. El cambio de color máximo fue alcanzado por el GNC entre las 20 a 30 inmersiones, sin embargo, el GC lo hace entre la 10 y 20 inmersión. CONCLUSIONES: Las piezas clareadas presentan mayor regresión del color que las piezas no tratadas. Además un color inicial claro determina cambios de más intensidad en menor tiempo y sin un patrón definido de progresión.

INTRODUCTION: Esthetic model in our society comes determined by several factors, one of the more important dissatisfaction is an anomalous color of the tooth for that reason patients are wating for good and long lasting results when improving the color of their teeth. OBJETIVE: To determine the color regression experienced by bleached teeth that were later plunged in a solution of tea. METHODOLOGY: 42 central permanent healthy incisor teeth from 3-4 year old bovine, supported in cylindrical acrylic and maintain in artificial saliva at 37ºC for 100% of humidity, were divided in: experimental group (CG), treated with Carbamide Peroxide 35% gel for 30 minutes and Control Group (NCG) not treated. In both, the initial color was measured with Vita Easyshade® Instruments and then plunged into Tea solution for 10 minutes. The new color was measured, and the procedure was repeated 50 times. RESULTS: Analyzed with, T tests and Analysis of Lineal Regression, both the GG and the NCG present the first change of color with the first dip in Tea. The second change for the CG (p < 0.029) is in the second dip and for the CG between the third and fourth dip. The change of maximum color was reached by the NCG between 20 to 30 dips, nevertheless, the CG dip does it between the 10 to 20 immersions. CONCLUSIONS: Bleached teeth present the highest return regression of the color that the not treated. In addition an initial clear color determines changes of more intensity in less time and without a definite form of progression.
Descritores: Clareamento Dental
Descoloração de Dente
Técnicas In Vitro
Chá
Limites: Bovinos
Animais
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  10 / 100 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1116160
Autor: Macena, Thássia Fernandes Santana de; Boyarski, Daiara Rakeli Simão; Barbosa, Denise Rocha Ramos; Clemente, Rodolfo Castilho.
Título: Quantificação de compostos fenólicos, poder antioxidante e teor de açúcares em produtos comerciais a base de Camellia sinensis L / Quantification of phenolic compounds, antioxidant power sugar content in commercial products based on Camellia sinensis L
Fonte: Demetra (Rio J.);15(1):e43410, jan.- mar.2020. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Objetivo: Analisar e comparar quantitativamente compostos fenólicos, capacidade antioxidante e açúcares presentes em infusões e extratos solúveis de Camellia sinensis L. Método: O estudo apresenta delineamento inteiramente casualizado, utilizando amostras por conveniência. Foram adquiridas três amostras aleatórias de cada tipo de chá. As análises de compostos fenólicos totais e flavonoides foram determinadas pelo método colorimétrico de Folin-Ciocalteu e cloreto de alumínio, respectivamente, taninos totais por complexação com caseína e os condensados pelo método do butanol-HCl. A capacidade antioxidante, pela metodologia do ferricianeto e sequestro de radicais livres pelo radical 2,2-difenil-1-picril-hidrazil, e os açúcares redutores e não redutores, através do reagente ácido 3-5-dinitrossalicílico. Resultado: Os extratos infusos apresentaram quantidades significativamente maiores de compostos fenólicos totais e flavonoides em comparação ao solúvel. Esse comportamento foi o mesmo para os taninos e atividade antioxidante. As infusões obtiveram maior poder redutor e capacidade de redução do radical livre. Os extratos solúveis foram destaque, com maior presença de açúcares. Esses resultados foram confirmados pela literatura e não houve trabalhos realizados com extratos solúveis e metodologias semelhantes ao realizado aqui para comparação. Conclusão: As infusões estudadas no presente trabalho foram mais ricas em compostos bioativos e antioxidantes, favorecendo seus benefícios para a população, tendo os extratos solúveis maior presença de açúcares adicionais. (AU)

Objective: To analyze and quantitatively compare phenolic compounds, antioxidant capacity and sugars present in infusions and soluble extracts of Camellia sinensis L, Methods: The study presents a completely randomized design, using samples for convenience, Three random samples of each type of tea, The analyzes of total phenolic compounds and flavonoids were determined by the Folin-Ciocalteu colorimetric method and aluminum chloride, respectively, total tannins by complexation with casein and condensates by the butanol-HCl method, The antioxidant capacity, by ferricyanide methodology and free radical scavenging by the radical 2,2-diphenyl-1- picryl-hydrazil, and reducing and non-reducing sugars, through the reagent 3-5 dinitrosalicylic acid, Result:: The infused extracts showed significantly higher amounts of total phenolic compounds and flavonoids compared to the soluble, This behavior was the same for tannins and antioxidant activity, The infusions obtained greater reducing power and capacity to reduce free radicals, Soluble extracts were highlighted, with a greater presence of sugars, These results were confirmed by the literature and there were no studies carried out with soluble extracts and methodologies similar to that performed here for comparison, Conclusion: The infusions studied in the present study were richer in bioactive and antioxidant compounds, favoring their benefits for the population, with soluble extracts having a greater presence of additional sugars. (AU)
Descritores: Chá
Camellia sinensis
-Açúcares
Compostos Fenólicos
Antioxidantes
Responsável: BR1691.1 - Biblioteca CEH/A



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde