Base de dados : LILACS
Pesquisa : D23.101.137 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 57 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 6 ir para página                

  1 / 57 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-729295
Autor: Garcia, Thiago Ghorayeb; Ghorayeb, Nabil.
Título: Exercícios físicos de alta intensidade: risco cardiovascular / High intensity exercise: cardiovascular risk
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;24(1):61-65, jan.-mar. 2014.
Idioma: pt.
Resumo: A prática regular de atividade física proporciona benefícios para a saúde, tanto na prevenção primária quanto no tratamento das doenças cardiovasculares; Existe uma forte e inversa associação entre atividade física e mortalidade cardiovascular e geral. Mesmo em quantidade modesta de exercício físico confere benefícios para saúde, e estes benefícios aumentam de uma forma dose-dependente, porém, é possível que exista um limite seguro de dose de atividade física, para além do qual não haja aumento dos benefícios ou mesmo os efeitos adversos da atividade física podem superar seus benefícios. Apesar de quase todos os estudos epidemiológicos mostrarem benefício cardiovascular da atividade física habitual, o exercício físico de alta intensidade pode causar alterações cardíacas agudas e a remodelação crônica do coração de atleta, sendo que o significado clínico destas alterações ainda é incerto. Este artigo procura revisar as possíveis consequências da atividade física de alta intensidade e longa duração.

Regular physical activity provides a variety of health benefits, both in primary prevention as well as in the treatment of chronic cardiovascular disease. There is a Strong and inverse association between physical activity and cardiovascular and overall mortality. Even a modest amount of exercise confers health benefits, and these benefits increase in a dose-dependent manner, but it is possible that there is a safe upper-dose limit of physical activity beyond which there is no increase in benefits or even the adverse effects of physical activity amy outweigh its benefits. Although almost all epidemiological studies show cardiovascular benefit of physical activity, high intensity exercise can cause acute cardiac changes and chronic remodeling of the athlete's heart, but the clinical significance of these changes is still uncertain. This article reviews the possible consequences of chronic high intensity physical activity.
Descritores: Atividade Motora
Doenças Cardiovasculares/fisiopatologia
Esforço Físico
Exercício/fisiologia
Fatores de Risco
Tolerância ao Exercício/fisiologia
-Arritmias Cardíacas
Atletas
Biomarcadores Farmacológicos/análise
Esportes
Fibrilação Atrial/complicações
Frequência Cardíaca
Remodelamento Atrial/fisiologia
Traumatismos em Atletas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-749115
Autor: Sayeg, Norton.
Título: Doença de Alzheimer prodrômica. MCI, biomarcadores, prevenção e novas drogas / Alzheimer´s disease prodromal AD, mild cognitive impairment, prevention and new drugs
Fonte: RBM rev. bras. med;72(5):217-226, maio 2015.
Idioma: pt.
Resumo: Este artigo discute dois novos conceitos: doença de Alzheimer prodrômica (DAp) e deficiência cognitiva leve / mild cognitive impairment (MCI). Aborda a questão dos biomarcadores e da perspectiva futura de tratamentos e prevenção.
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos
Preparações Farmacêuticas
Prevenção de Doenças
Responsável: BR12.1 - Biblioteca Setorial da Ciências da Saúde


  3 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1001019
Autor: Solcà, Manuela da Silva.
Título: Avaliação de biomarcadores de gravidade em cães naturalmente infectados por Leishmania infantum classificados clinicamente e estratificados quanto à carga parasitária em estudos de corte transversal / Evaluation of biomarkers of severity in dogs naturally infected with Leishmania infantum classified clinically and stratified for parasite load in cross-sectional studies.
Fonte: Salvador; s.n; 2016. 151 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: INTRODUÇÃO: A leishmaniose visceral (LV) é, principalmente, causada pelo protozoário Leishmania infantum nas Américas, podendo acometer o Homem e animais. Dentre estes, o cão é considerado o principal reservatório doméstico do parasito. O curso da LV canina (LVC) varia entre os animais, podendo alguns se mostrar resistentes à infecção, se mantendo subclínicos, e outros susceptíveis, que irão desenvolver sinais da doença. O estado de resistência ou susceptibilidade à LVC reflete na gravidade da infecção do animal, e não pode ser definido pelo quadro clínico apresentado ou por qualquer parâmetro isolado de resposta imune. OBJETIVO: Avaliar a carga parasitária como biomarcador parasitológico, as proteínas LJM11/LJM17 como biomarcadores de exposição à saliva do vetor, e identificar biomarcadores inflamatórios de gravidade da infecção por L. infantum em cães. Primeiramente, foi realizada a padronização de uma ferramenta diagnóstica de PCR quantitativa (qPCR), utilizando diferentes amostras biológicas (aspirado esplênico, linfonodos, pele, sangue, medula óssea e swab conjuntival) de cães sintomáticos provenientes da área endêmica de Jequié-BA. A avaliação da carga parasitária de L. infantum teve seu desempenho comparado com outras técnicas diagnósticas (cultura de aspirado esplênico, teste rápido e ELISA para LVC) empregando a análise de classe latente (ACL). Para essa análise, foi construída uma variável latente a ser empregada como padrão ouro para avaliação da acurácia desses métodos. Na avaliação inicia dos cães sintomáticos, a qPCR detectou DNA do parasita em 100%...

INTRODUCTION: In the Americas, visceral leishmaniasis (VL) is caused by the protozoan Leishmania infantum, which can affect humans and animals. Among these, dog is considered the main domestic reservoir of this parasite. Canine VL (CVL) clinical outcome varies among animals, some of which may be resistant to infection remaining subclinical, and others may be susceptible showing signs of the disease. The state of resistance or susceptibility to CVL reflects on the severity of infection in the animal and cannot be defined solely by the clinical condition presented or by any isolated parameter of the immune response. OBJECTIVE: Assess parasite load as parasitological biomarkers, LJM11/LJM17 proteins as sandfly saliva exposure biomarkers, and identify inflammatory biomarkers that indicates L. infantum infection severity in dogs. Firstly, we performed the standardization of a quantitative PCR diagnostic tool (qPCR) using different biological samples (splenic aspirate, lymph nodes, skin, blood, bone marrow and conjunctival swab) of symptomatic dogs from the endemic area of Jequié-BA. The evaluation of the parasitic load of L. infantum had its performance compared to other diagnostic techniques (splenic aspirate culture, rapid test and CVL ELISA) using latent class analysis (LCA). In this analysis, a latent variable was constructed to be used as a gold standard to evaluate the accuracy of these methods. In the initial evaluation of the symptomatic dogs, qPCR detected DNA from the parasite in 100%...
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos/análise
Biomarcadores Farmacológicos/sangue
Biomarcadores Farmacológicos/urina
Reação em Cadeia da Polimerase/estatística & dados numéricos
Reação em Cadeia da Polimerase/métodos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR344.1 - Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de SantAnna
BR344.1 – Biblioteca de Ciências Biomédicas Eurydice Pires de Sant'Anna


  4 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-983092
Autor: Pedranti, Mauro.
Título: Estudio de marcadores de infección e inmunidad frente a parvovirus B19 en Córdoba, Argentina.
Fonte: Córdoba; s.n; 2017. 99 p. tab, graf.
Idioma: es.
Tese: Apresentada a Universidad Nacional de Córdoba. Facultad de Ciencias Médicas. Secretaría de Graduados en Ciencias de la Salud. Doctor en Ciencias de la Salud para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: RESUMEN: El parvovirus B19 (B19V), descubierto en 1974, es un patógeno humano de distribución global. Si bien su infección puede transcurrir de manera asintomática, es conocido por ser capaz de causar un amplio espectro de manifestaciones clínicas como son el eritema infeccioso, artropatías, crisis aplásica en individuos con recambio acelerado de glóbulos rojos por una enfermedad de base, y anemia crónica en inmunocomprometidos, entre otras patologías en las que aún se investiga la causalidad del B19V. La infección durante el embarazo es un riesgo potencial para el feto...

ABSTRACT: Parvovirus B19 (B19V), discovered in 1974, is a pathogen of global distribution. While the infection can be asymptomatic, it is known for being able to cause a wide range of clinical manifestations such as erythema infectiosum (or fitth disease), arthropathy, aplastic crisis in persons with accelerated red blood cell renewal due to a base disease, and chronic anemia in immunocompromised individuals, among other pathologies inwhich B19V causality is still under research. In addition, infection during pregnancy is a potential risk for the fetus...
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos/análise
Infecções por Parvoviridae/diagnóstico
Infecções por Parvoviridae/imunologia
/imunologia
PARVOVIRUS BABO BLOOD-GROUP SYSTEM, HUMAN/imunologia
-Argentina/epidemiologia
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Tipo de Publ: Estudos de Validação
Responsável: AR32.1 - Biblioteca Prof. Dr. J. M. Allende
AR32.1; TCS, P-7 2017


  5 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-972022
Autor: Sampaio, Tiago Lima.
Título: Efeito nefroprotetor do α bisabolol na lesão renal aguda em modelos de isquemia reperfusão.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2016. 90 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A Isquemia/Reperfusão (I/R)é um fenômeno complexo, que contribui para a mortalidade e morbidade e é um fator predisponente para o estabelecimento da Lesão Renal Aguda (LRA). Várias estratégias e recursos são utilizados pelascélulas para prevenir ou diminuir a injúria celular causada pelo estresse oxidativo. Dessa forma, ressalta-se a importância do estudo utilizando substâncias como o (-)-α-Bisabolol, o qual apresenta um potencial antioxidante. Ademais, o estudo de ferramentaspara diagnóstico precoce do desenvolvimento da lesão renal utilizando biomarcadores cada vez mais sensíveis e específicos, como ressaltado neste trabalho o KIM-1, pode auxiliar na detecção da injúria e acompanhamento da progressão do processo de melhorae cura. Logo, o presente trabalho tem como objetivo estudar os possíveis efeitos nefroprotetores do (-)-α-Bisabolol na Lesão Renal Aguda (LRA) em modelos de Isquemia/Reperfusão (I/R), bem como estudar obiomarcador KIM-1 como preditor precoce da injúria renal. Ratos Wistar machos foram submetidos aoprocedimento cirúrgico de nefrectomia direita e clampeamento da artéria renal esquerda. Amostras de urina, sangue e tecido renal foram coletadas para avaliações adicionais. Um modelo in vitro de I/R foi realizado em cultura de linhagens de células tubulares renais LLC-MK2 para avaliar a viabilidade celular pelo ensaio de redução do MTT...

Ischemia / reperfusion (IR) isa complex phenomenon that contributes to mortality and morbidity and is a predisposing factor for the establishment of acute kidney injury (AKI). Various strategies and resources are used by cells to prevent or decrease the cellular injury caused by oxidative stress. Thus, it emphasizes the importance of studying using substances such as (-)-α-Bisabolol, which has an antioxidant potential. Furthermore, the study of strategies for early detection of developing kidney damage using increasingly sensitive and specific biomarkers, as pointed out in this paper the KIM-1, can aid in the detection of injury and follow the progression of improvement and healing process. Thus, this paper aims to study the possible nephroprotectiveseffects of (-)-α-Bisabolol in AcuteKidney Injury (AKI) in models of ischemia/reperfusion (I/R), as well as study the KIM-1 biomarker as a predictor early renal injury. Male Wistar rats underwent surgical procedure right nephrectomy and clamping of the left renal artery. Samples of urine, blood and kidney tissue were collected for further evaluation. An in vitro model of I/R was performed in a culture of renal tubular cell lines, LLC-MK2 to assess cell viability by the MTT reduction assay...
Descritores: Lesão Renal Aguda
Biomarcadores Farmacológicos
Sesquiterpenos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde
BR6.1


  6 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-971901
Autor: Lima, Erika Gondim Gurgel Ramalho.
Título: Análise comparativa dos efeitos renais causados pelos contrastes de alta osmolalidade, baixaosmolalidade e isosmolar: papel do KIM-1 como detector precoce de injúria renal.
Fonte: Fortaleza; s.n; 2016. 89 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade Federal do Ceará para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Os meios de contraste iodados são utilizados há mais de 60 anos, sendo imprescindíveis naprática médica. Dentre as complicações decorrentes da utilização dos contrastes, destaca-se anefropatia induzida por contraste (NIC), que representa a terceira causa mais comum deinsuficiência renal adquirida e está associada com altas mortalidade e morbidade. O objetivodo estudo foi comparar os efeitos renais dos contrastes de alta osmolalidade, baixa osmolalidadee isosmolar; verificar a participação do KIM-1 como preditor precoce da NIC; e avaliar o efeitodos meios de contraste em células tubulares renais LLC-MK2.Os experimentos foramrealizados em ratos Wistar, com três tipos de contraste, em duas dosagens e em tempos de 24,48 e 72 horas. Em seguida, foram realizadas análises bioquímicas de biomarcadores clássicose do KIM-1 urinário, e análises histológicas...

Iodinated contrast media have been used in the last 60 yearsand are indispensable in medical practice. Among the complications arising from the use of contrastmedia, is contrast-induced nephropathy (CIN), which is the third most common cause of acquired renal failureand is associated with high mortality and morbidity.The aim of the study was to compare the renal effects of high-osmolar, low-osmolar and iso-osmolar contrastmedia; to verify the role of KIM-1 as an early predictor of CIN; and evaluate the effect of contrast media on LLC-MK2renal tubular cells.The experiments were performed in Wistar rats, with three types of contrast,attwo doses and times of 24, 48 and 72 hours.
Descritores: Meios de Contraste
Lesão Renal Aguda
Biomarcadores Farmacológicos
Limites: Seres Humanos
Responsável: BR6.1 - BCS - Biblioteca de Ciências da Saúde
BR6.1


  7 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-941603
Autor: Ribeiro, Isabela Gomes.
Título: Aspectos clínicos-laboratoriais, perfil de quimiocinas e micropartículas circulantes em pacientes portadores da infecção crônica pelo VHC antes e durante a terapia tripla.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2015. 93 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Diante de constantes avanços no entendimento da infecção pelo VHC e mudanças no esquema terapêutico, torna-se necessário uma melhor compreensão da cinética de biomarcadores imunológicos ao longo do tratamento triplo e a sua importância na monitoração terapêutica e no alcance da resposta virológica sustentada (RVS) pelos pacientes ao término do tratamento. Neste estudo foi realizada uma caracterização cinética dos aspectos clínico-laboratoriais, perfil de quimiocinas e micropartículas circulantes em pacientes com infecção crônica pelo VHC, antes e durante a terapia tripla com interferon peguilado, ribavirina e inibidor de protease (telaprevir ou boceprevir). Foram avaliados 20 pacientes infectados com o vírus VHC com genótipo 1 em tratamento com terapia tripla e 20 indivíduos saudáveis, doadores de sangue, que compuseram o grupo controle para o estabelecimento dos valores de referência para análise de quimiocinas e micropartículas (MPs) circulantes. As quimiocinas CCL2/MCP-1, CCL5/RANTES, CXCL8/IL-8, CXCL9/MIG e CXCL10/IP10 e MPs derivadas de eritrócitos, células endoteliais, plaquetas, leucócitos e suas subpopulações foram quantificadas em soro e plasma, respectivamente,empregando citometria de fluxo,comparando os dados antes do tratamento (AT) e durante o tratamento (DT) nassemanas 2, 4, 8, 12, 24 e 48. Nossos resultados demonstraram que 70,0% dos pacientes eram do sexo masculino e 35,0% do sexo feminino, com idade média de 58,5 anos. Dos vinte pacientes avaliados 75,0% apresentavam o genótipo 1b e 30,0% o genótipo 1a do VHC. Quatorze pacientes completaram o tratamento triplo com 86,7% de RVS. Na análise de quimiocinas, houve um aumento de CCL2 na semana 12 em comparação com AT. CXCL8 aumentou na semana 12 em comparação com AT. CXCL9 e CXCL10 diminuíram na semana 24 em relação à semana 12 DT.

Na análise da frequência de MPs, aquelas originadas de neutrófilos diminuíram nas semanas 2 e 24, em comparação com a AT, diminuíram na semana 24 em comparação com a semana 8 DT e aumentaram na semana 8 em relação à semana 2 DT. As micropartículas derivadas de monócitos diminuíram nas semanas 2, 12 e 24 em comparação com AT e aumentaram na semana 48 em relação à semana 24. As MPs derivadas de linfócitos TCD3+diminuíram nas semanas 12, 24 e 48 em comparação com AT e nas semanas 24 e 48 em relação à semana 4 DT. Já aquelasoriginadas de linfócitos TCD4+ diminuíram nas semanas 12 e 24 em comparação com AT e diminuíram na semana 12 em comparação com a semana 4 DT.

Avaliações adicionais que utilizaram ferramentas de análise de sistemas biológicos revelaram que antes do tratamento houve uma elevação de enzimas hepáticas e frequências dasMPs nos pacientes, e a freqüência de altos produtores de quimiocinas foi baixa. Após o tratamento, houve uma diminuição progressiva das enzimas hepáticas e micropartículas, que foi acompanhado por aumento de quimiocinas com um pico na semana 12 do tratamento. Na semana 24 do tratamento, houve uma redução na maioria dos biomarcadores em comparação com a frequência mostrada antes do tratamento, exceto para CCL2 e CCL5 que ainda estavam sendo secretadas ao final do tratamento. Em suma, as análises do presente estudo mostraram que houve um declínio dos marcadores de agressão hepática, dos níveis de quimiocinas e da frequência de micropartículas no decorrer do tratamento, sugerindo, em síntese, que o tratamento e a redução ou eliminação do VHC promove um ambiente imunomodulador com retorno da resposta imunológica dentro dos padrões esperados na ausência da infecção viral. Para grande maioria dos pacientes que terminaram o tratamento, esse panorama está associado ao alcance de resposta virológica sustentada e, consequentemente, ao sucesso do tratamento triplo.
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos/análise
Hepatite C/terapia
Vírus de Hepatite/patogenicidade
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.362 3, R484a, 2015


  8 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-939307
Autor: Ribeiro, Fernanda Ludolf.
Título: Seleção de um painel de antígenos biomarcadores de Schistosoma mansoni através de análises do proteoma sorológico.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2012. 133 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Apesar do grande esforço na tentativa de controlar a esquistossomose, esta doença continua sendo uma das mais prevalentes no mundo. Novas intervenções são uma prioridade importante para a eliminação da esquistossomose, uma vez que o controle da doença tem sido baseado essencialmente na quimioterapia, a qual não previne a reinfecção. O desenvolvimentode uma vacina para a esquistossomose para proteção a longo prazo, bem como de um novo teste de diagnóstico, constituirá um grande avanço para o controle da doença. A compreensão da resposta imunológica associada com os estados de infecção/proteção pode constituir a base da descoberta de novos antígenos biomarcadores para vacina e diagnóstico para a esquistossomose. Recentes avanços na área pós-genômica têm permitido uma busca mais racional por biomarcadores. Inicialmente, eletroforese bidimensional (2-DE) de extratoproteico total de diferentes fases de desenvolvimento do Schistosoma mansoni foi realizada, obtendo-se um perfil de separação de spots proteicos com boa resolução com os extratos de todas as fases, mas com um perfil distinto entre eles.

Posteriormente, proteínas do extratoproteico de verme adulto, total e de tegumento, foram separaradas por 2-DE e, então, incubadas com amostras de soro de indivíduos infectados (INF) e não infectados de área endêmica (NE) e de indivíduos não infectados de área não endêmica (NI) para esquistossomose em experimento de Western-blotting bidimensional (2D-WB). No total, 47 proteínas imunogênicas foram identificadas por espectrometria de massas. Embora a maioria dos spots proteicos sejam imunogênicos aos diferentes pools de soro, nove spots proteicos reagiram exclusivamente com o pool de soro INF e um com o pool de soro NE. Algumas glicoproteínas foram identificadas no extrato proteico total de verme adulto de S. mansoni usando o método Periodic Acid-Schiff e lectina-blotting. No entanto, o tratamento com periodato/borohidreto indicou que a porção glicídica não tem influência sobre a reatividade das proteínas aos diferentes pools de soro utilizados nos experimentos de 2D-WB. Westernblotting de duas proteínas recombinantes, selecionadas dos experimentos de 2D-WB, mostrou um perfil de reconhecimento pelos diferentes pools de soro semelhante ao das proteínas nativas. Dentre as proteínas imunogênicas identificadas nos experimentos de 2D-WB, 27 foram expressas in vitro com sucesso, as quais serão utilizadas em experimentos futuros em um microarranjo de proteínas. A associação de eletroforese bidimensional e Western-blotting permitiu a seleção de um painel de antígenos proteicos capazes de distinguir os estados de suscetibilidade e resistência à esquistossomose mansônica. Estes antígenos poderão ser utilizados como biomarcadores no desenvolvimento de uma vacina e/ou de um novo teste diagnóstico para a doença.
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos/análise
Proteoma/uso terapêutico
Schistosoma mansoni/patogenicidade
Esquistossomose mansoni/genética
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Animais
Cobaias
Camundongos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.963, R484s, 2012


  9 / 57 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-937893
Autor: Silveira, Amanda Cardoso de Oliveira.
Título: Avaliação de biomarcadores imunológicos associados à terapêutica específica da fase aguda da esquistossomose mansônica humana.
Fonte: Belo Horizonte; s.n; 2011. xxiv,141 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: Nesse estudo foram avaliadas as principais alterações clínico-laboratoriais, ultra-sonográficas. e imunofenotípicas induzidas em pacientes portadores da fase aguda da esquistossomose mansoni (AGD-AT) e o impacto que a terapêutica específica com praziquantel teria em um ano (AGD-PT I) e dois anos (AGD-PT II) após o tratamento. Amostras de fezes e sangue periférico dos pacientes foram coletadas para realização do exame parasitológico e hemograma, respectivamente. Posteriormente, os pacientes foram submetidos ao exame ultrasonográfico para avaliar comprometimento hepático e/ou esplênico. Em seguida, foi realizada a determinação dos níveis plasmáticos de IgE total, óxido nítrico (NO), citocinas e quimiocinas. Além disso, foram realizadas avaliações do perfil imunofenotípico de leucócitos circulantes e dosagem de NO, citocinas e quimiocinas em sobrenadantes de cultura de granulócitos do sangue periférico. Os resultados mostraram reduções da concentração de. hemoglobina, percentual do hematócrito, número de plaquetas e global de leucócitos no grupo AGD-PT II, com algumas alterações ultra-sonográficas (hepatomegalia e esplenomegalia) persistentes. Em relação às avaliações plasmáticas no grupo AGD-PT II, foi observado redução dos níveis de IgE total quando comparados aos grupos CT, AGD-AT e AGD-PT I, NO em comparação com o grupo AGD-AT, CXCL-8 em comparação com o grupo AGD-AT, GM-CSF em comparação com o grupo AGD-PT I e CCL24 em comparação com o grupo CT.

Nos dados referentes à avaliação dos sobrenadantes de cultura de granulócitos do grupo. AGD-PT II, frente ao estímulo com SWAP, foi observado redução dos níveis de óxido nítrico quando comparado ao grupo AGD-AT e CXCL-8 em relação ao grupo AGD-PT I. Na avaliação do perfil imunofenotípico do grupo AGD-PT II, os resultados mostraram reduções progressivas nos números absolutos das moléculas CD28, CD80, CD86, CD23, CD25, HLADR, CD69, CD64, CD18, CD44, CD54, CCR2 e CCR3 em eosinófilos, CD80, CD86, CD11 e CCR2 em neutrófilos e número absoluto de linfócitos TCD3+ e suas subpopulações CD4+ e CD8+, bem como os marcadores CD28 e CD18 em comparação ao grupo AGD-PT I. Com base nos achados desse estudo sugere-se que dois anos após terapêutica específica com. praziquantel, a grande maioria das alterações observadas nos pacientes portadores da forma clínica aguda da esquistossomose, antes e persistentes um ano após o tratamento, tenham sido normalizadas, sugerindo que o tratamento pode promover, a longo prazo, a reversibilidade das alterações imunofenotípicas das principais populações celulares envolvidas no contexto da infecção esquistossomótica aguda
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos/análise
Schistosoma mansoni/parasitologia
Esquistossomose mansoni/imunologia
Limites: Masculino
Feminino
Seres Humanos
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 616.963, S587a, 2011. 016031


  10 / 57 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-871073
Autor: Fujimori, Mahmi.
Título: Relação do sobrepeso e obesidade materna sobre parâmetros imunológicos, bioquímicos e hormonais do sangue e colostro humano / Influence of overweight and maternal obesity on immunological, biochemical and hormonal parameters of blood and human colostrum.
Fonte: São Paulo; s.n; 2016. 101 p.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde, Ciclos de Vida e Sociedade para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Introdução: A obesidade materna durante a gestação é caracterizada por um estado exagerado de inflamação comparado às gestações mães sem excesso de peso. Existem evidencias de que um delicado balanço de componentes pró e anti-inflamatórios é transferido da mãe para a criança através da amamentação. Não se sabe se a inflamação sistêmica materna que está presente em mulheres obesas influencia no perfil de citocinas e hormônios do sangue e colostro. Objetivos: Avaliar os perfis de citocinas TH1, TH2, TH3, TH17 no sangue e colostro de mães com excesso massa corporal, e verificar os parâmetros bioquímicos, imunológicos e hormonais do sangue e colostro humano. Método: Foram avaliadas 68 mães, assim distribuídas: eutróficas (n=25), sobrepeso (n=24) e obesidade (n=19). As concentrações de glicose, triglicérides e colesterol total foram mensuradas por método colorimétrico enzimático, e de proteínas totais por método colorimétrico. Teor de gordura e calorias do colostro foram obtidos por método do Crematócrito. Os hormônios leptina e adiponectina foram quantificados por método imunoenzimático de ELISA. Imunoglobulinas, proteínas do complemento (C3 e C4) e PCR por turbidimetria. As concentrações de citocinas foram avaliadas por Citometria de fluxo. Resultados: Observou-se maiores níveis de glicose, teor de gordura, calorias e IgA no colostro de mães obesas.

Introduction: Maternal obesity during pregnancy is characterized by an exaggerated state of inflammation compared to mothers without excess weight. There is evidence that a delicate balance of proinflammatory and anti-inflammatory compounds is transferred from mother to infant via breastfeeding. It is unknown whether the maternal systemic inflammation that is present in obese women influences the cytokine levels of colostrum. Objective: To evaluate the cytokine profile Th1, TH2, TH3, TH17 of blood and colostrum of overweight and obese mothers, and verify biochemical, hormonal and immunological parameters of human blood and colostrum. Methods: Were evaluated 68 mothers that were divided according to their BMI status: lean (n=25), overweight (n=24) and obese (n=19). The concentrations of glucose, triglycerides and total cholesterol were measured by colorimetric enzymatic method, and total proteins by colorimetric method. Fat content and calories of colostrum were obtained by Creamatocrit method. The hormones leptin and adiponectin were measured by ELISA technique. Immunoglobulins and complement protein (C3 and C4) and PCR by Turbidimetric method. Concentrations of cytokines were assessed by flow cytometry. Results: We observed higher glucose levels, fat content, calories and IgA in colostrum of obese mothers. Serum concentrations of triglycerides, cholesterol, IgA, CRP, C3 and C4 complement proteins were significantly higher in obese mothers.
Descritores: Biomarcadores Farmacológicos/análise
Colostro/química
Mães
Obesidade
Sobrepeso
Proteínas Sanguíneas/análise
-Colorimetria
Fatores Imunológicos/análise
Hormônios/análise
Inflamação
Limites: Seres Humanos
Feminino
Gravidez
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência
BR67.1; DR, 1307. CM. 56256/2016; BR67.1; DR, 1307, revisada. CM. 56324/2016



página 1 de 6 ir para página                
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde