Base de dados : LILACS
Pesquisa : D25.720.327 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 78 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 8 ir para página                    

  1 / 78 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-725425
Autor: Anon.
Título: An interview with Nigel Harradine
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);19(4):30-37, Jul-Aug/2014. tab.
Idioma: en.
Descritores: Ortodontia/tendências
-Fios Ortodônticos
Ortodontia Corretiva/tendências
Aço Inoxidável/química
Estresse Mecânico
Fatores de Tempo
Titânio/química
Extração Dentária
Fenômenos Biomecânicos
Marketing de Serviços de Saúde
Protocolos Clínicos
Braquetes Ortodônticos/classificação
Desenho de Aparelho Ortodôntico
Fricção
Torque
Elastômeros/química
Materiais Dentários/química
Procedimentos de Ancoragem Ortodôntica/instrumentação
Reino Unido
Má Oclusão/terapia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Entrevista
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Cardoso, Jefferson Rosa
Texto completo
Id: lil-751401
Autor: Furquim, Rachel D'Aurea; Pascotto, Renata Correa; Rino Neto, José; Cardoso, Jefferson Rosa; Ramos, Adilson Luiz.
Título: Low-level laser therapy effects on pain perception related to the use of orthodontic elastomeric separators
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):37-42, May-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: INTRODUCTION: Some patients refer to pre-banding orthodontic separation as a painful orthodontic procedure. Low-level laser therapy (LLLT) has been reported to have local analgesic effect. OBJECTIVE: The aim of this single-blind study was to investigate the perception of pain caused by orthodontic elastomeric separators with and without a single LLLT application (6J). METHODS: The sample comprised 79 individuals aged between 13 and 34 years old at orthodontic treatment onset. Elastomeric separators were placed in first maxillary molars at mesial and distal surfaces and kept in place for three days. The volunteers scored pain intensity on a visual analogue scale (VAS) after 6 and 12 hours, and after the first, second and third days. One third of patients received laser applications, whereas another third received placebo applications and the remaining ones were controls. Applications were performed in a split-mouth design. Thus, three groups (laser, placebo and control) were assessed. RESULTS: No differences were found among groups considering pain perception in all periods observed. CONCLUSION: The use of a single-dose of LLLT did not cause significant reduction in orthodontic pain perception. Overall pain perception due to orthodontic separator placement varied widely and was usually mild. .

INTRODUÇÃO: alguns pacientes referem-se à separação ortodôntica pré-bandagem como um procedimento doloroso. Tem sido relatado que a terapia com laser de baixa intensidade (LLLT) produz um efeito analgésico local. OBJETIVO: o objetivo deste estudo simples-cego foi investigar a percepção da dor causada por elásticos ortodônticos separadores, com ou sem uma única aplicação de LLLT (6J). MÉTODOS: a amostra foi composta por 79 indivíduos com 13-34 anos de idade no início do tratamento ortodôntico. Elásticos separadores foram colocados nos molares superiores, nas proximais mesial e distal, e mantidos por três dias. Os voluntários marcaram a intensidade da dor em uma escala visual analógica (EVA) após 6 horas, 12 horas, 1 dia, 2 dias e 3 dias. Um terço dos dentes separados recebeu aplicações de laser; outro terço, aplicações placebo; e os demais foram usados como controle. As aplicações foram realizadas segundo um desenho metodológico de boca dividida. Portanto, foram comparados três grupos: laser, placebo e controle. RESULTADOS: não foram encontradas diferenças entre os grupos, em relação à percepção de dor, em nenhum dos períodos observados. CONCLUSÕES: a utilização da LLLT em dose única não causou redução significativa na dor ortodôntica. Além disso, a percepção geral da dor devida à colocação de separadores ortodônticos variou muito e foi, geralmente, leve. .
Descritores: Aparelhos Ortodônticos
Desenho de Aparelho Ortodôntico
Elastômeros/química
Terapia com Luz de Baixa Intensidade/métodos
Percepção da Dor/efeitos da radiação
-Placebos
Técnicas de Movimentação Dentária/instrumentação
Medição da Dor/métodos
Método Simples-Cego
Seguimentos
Lasers Semicondutores/uso terapêutico
Limites: Humanos
Adolescente
Adulto
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-751409
Autor: Pithon, Matheus Melo; Ferraz, Caio Souza; Rosa, Francine Cristina Silva; Rosa, Luciano Pereira.
Título: Sterilizing elastomeric chains without losing mechanical properties. Is it possible?
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);20(3):96-100, May-Jun/2015. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: OBJECTIVE: To investigate the effects of different sterilization/disinfection methods on the mechanical properties of orthodontic elastomeric chains. METHODS: Segments of elastomeric chains with 5 links each were sent for sterilization by cobalt 60 (Co60) (20 KGy) gamma ray technology. After the procedure, the elastomeric chains were contaminated with clinical samples of Streptococcus mutans. Subsequently, the elastomeric chains were submitted to sterilization/disinfection tests carried out by means of different methods, forming six study groups, as follows: Group 1 (control - without contamination), Group 2 (70°GL alcohol), Group 3 (autoclave), Group 4 (ultraviolet), Group 5 (peracetic acid) and Group 6 (glutaraldehyde). After sterilization/disinfection, the effectiveness of these methods, by Colony forming units per mL (CFU/mL), and the mechanical properties of the material were assessed. Student's t-test was used to assess the number of CFUs while ANOVA and Tukey's test were used to assess elastic strength. RESULTS: Ultraviolet treatment was not completely effective for sterilization. No loss of mechanical properties occurred with the use of the different sterilization methods (p > 0.05). CONCLUSION: Biological control of elastomeric chains does not affect their mechanical properties. .

OBJETIVO: verificar os efeitos de diferentes métodos de esterilização/desinfecção nas propriedades mecânicas de elásticos ortodônticos em cadeia. MÉTODOS: segmentos de elástico em cadeia com 5 elos cada foram enviados para esterilização em radiação gama com cobalto 60 (20 KGy). Após esterilização, esses foram contaminados com amostras clínicas de Streptococcus mutans. Passado esse período, foram submetidos aos testes de esterilização/desinfecção por diferentes métodos, formando seis grupos de estudo, assim denominados: Grupo 1 (controle - sem ter sido contaminado), Grupo 2 (álcool 70°GL), Grupo 3 (autoclave), Grupo 4 (ultravioleta), Grupo 5 (ácido peracético) e Grupo 6 (glutaraldeído). Após esterilização/desinfecção, avaliou-se a efetividade desses métodos, por meio de contagem de unidades formadoras de colônias por mL (UFC/mL), e as propriedades mecânicas desses materiais. Utilizou-se o teste t de Student para avaliar o número de UFC, além do ANOVA e, posteriormente, do teste de Tukey para avaliação da força. RESULTADOS: verificou-se que o ultravioleta não obteve eficácia total quanto à esterilização. E não ocorreu perda das propriedades mecânicas dos elásticos, com os diferentes métodos de esterilização utilizados (p > 0,05). CONCLUSÃO: o controle biológico de elásticos em cadeia não interfere nas suas propriedades mecânicas. .
Descritores: Aparelhos Ortodônticos/microbiologia
Esterilização/métodos
Elastômeros/química
Materiais Dentários/química
-Ácido Peracético/uso terapêutico
Streptococcus mutans/efeitos dos fármacos
Streptococcus mutans/efeitos da radiação
Estresse Mecânico
Fatores de Tempo
Raios Ultravioleta
Teste de Materiais
Desinfecção/métodos
Glutaral/uso terapêutico
Radioisótopos de Cobalto/uso terapêutico
Desinfetantes de Equipamento Odontológico/uso terapêutico
Compostos Radiofarmacêuticos/uso terapêutico
Elastômeros/efeitos da radiação
Materiais Dentários/efeitos da radiação
Etanol/uso terapêutico
Elasticidade
Carga Bacteriana/efeitos dos fármacos
Carga Bacteriana/efeitos da radiação
Raios gama/uso terapêutico
Temperatura Alta
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-828659
Autor: Kawabata, Edilene; Dantas, Vera Lucia; Kato, Carlos Brito; Normando, David.
Título: Color changes of esthetic orthodontic ligatures evaluated by orthodontists and patients: a clinical study
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);21(5):53-57, Sept.-Dec. 2016. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective: To evaluate in vivo changes in the color of esthetic elastomeric ligatures from different manufacturers. Methods: Four widely used commercial brands of elastomeric ligatures were selected and used in 20 adult patients in a split-mouth design. The ligatures were evaluated by orthodontists and patients in a double-blind manner on the day the ligatures were placed (T0) and 30 days after intraoral exposure (T1) by means of a system of staining scores. Groups were compared by Friedman test with p < 0.05. Results: Orthodontists and patients reported similar staining scores (p > 0.05). Results showed that all brands underwent significant staining when exposed to the intraoral environment. Modular-crystal MorelliTM (Sorocaba, SP, Brazil) showed the highest degree of staining with the median reaching the maximum value (3); while the other brands (3M UnitekTM, American OrthodonticsTM and GAC DentsplyTM) showed the median equal to 1 (p < 0.001). A large individual variability in the degree of staining was also found for all brands. Conclusions: All four brands of esthetic ligatures showed significant staining, which appeared to be more pronounced for the MorelliTM brand. Changes in color of the elastomeric ligatures were perceived similarly by patients and orthodontists. The industry needs to improve the color stability of esthetic ligatures.

RESUMO Objetivo: avaliar, in vivo, as alterações na cor de elastômeros estéticos de diferentes fabricantes. Métodos: quatro marcas comerciais de elastômeros amplamente utilizados foram selecionadas e utilizadas em 20 pacientes adultos, por meio desse estudo com delineamento do tipo boca dividida. As ligaduras foram avaliadas por ortodontistas e pacientes, com método duplo-cego, no dia que as ligaduras foram instaladas (T0) e após 30 dias em exposição ao meio intrabucal (T1), atribuindo escores ao manchamento dessas. Os grupos foram comparados pelo teste de Friedman, com p < 0,05. Resultados: os ortodontistas e pacientes relataram escores semelhantes de manchamento (p > 0,05). Os resultados mostraram que todas as marcas analisadas apresentaram alterações significativas na coloração, quando foram expostas ao ambiente intrabucal. O modelo Modular-cristal (Morelli, Sorocaba/SP, Brasil) mostrou o maior grau de manchamento, com a mediana atingindo o valor máximo (3), enquanto nas outras marcas (3M Unitek, American Orthodontics e GAC Dentsply) a mediana foi igual a 1 (p < 0,001). Também se verificou uma grande variabilidade individual no grau de manchamento, para todas as marcas. Conclusões: Todas as quatro marcas de elastômeros estéticos mostraram manchamento significativo, que pareceu ser mais pronunciado para a marca Morelli. As alterações de cor nos elastômeros foram percebidas de forma semelhante pelos pacientes e pelos ortodontistas. Assim, a indústria precisa melhorar a estabilidade de cor dos elastômeros estéticos.
Descritores: Aparelhos Ortodônticos
Cor
Elastômeros
Estética Dentária
-Método Duplo-Cego
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Estudo Clínico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-840224
Autor: Nakhaei, Samaneh; Agahi, Raha Habib; Aminian, Amin; Rezaeizadeh, Masoud.
Título: Discoloration and force degradation of orthodontic elastomeric ligatures
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);22(2):45-54, Mar.-Apr. 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT OBJECTIVE: The aim of the present study was to evaluate color changes and force degradation of orthodontic elastomeric ligatures in different stretching patterns during a 8-weeks period. METHODS: Two elastomers with the minimum and two with the maximum color changing, and gray elastomers of two brands (American Orthodontics and Ortho Technology) were selected according to an opinion poll with clinicians and color changes after 4 weeks of intraoral use were evaluated. These elastomers were mounted on special jigs fabricated using a CAD-CAM technique, underwent different stretching patterns and the force was measured in 0, 24 hours, 2, 4 and 8 weeks. During in vivo part of the study, force levels of elastomers were measured after 4 weeks on a material testing machine. Data were analyzed with four-way ANOVA and Tukey post hoc tests. RESULTS: All the elastomers showed color changing but the degree of color stability was significantly different. The mean force degradation was higher in 1-mm stretch groups. After 8 weeks, the average residual force of elastomers was 1.45 ± 0.18 N and the maximum force decay was seen in the elastomers that exhibited the maximum initial force. CONCLUSION: There is significant relationship between the stretching pattern and the amount of residual force of elastomers. Elastomers with higher initial forces exhibited higher percentages of force loss after 8 weeks. It seems that there is a relationship between initial color and color changing of elastomers.

RESUMO OBJETIVO: o objetivo do presente estudo foi avaliar as alterações de cor e a degradação da força de ligaduras elásticas em diferentes padrões de estiramento, durante um período de 8 semanas. MÉTODOS: duas ligaduras elásticas com alteração mínima de cor, duas com alteração máxima de cor e ligaduras elásticas na cor cinza de duas marcas comerciais (American Orthodontics e Ortho Technology) foram selecionadas de acordo com uma pesquisa de opinião com clínicos, e mediante a avaliação das alterações de cor após quatro semanas em uso intrabucal. Essas ligaduras elásticas foram montadas em jigs fabricados por meio da técnica CAD-CAM e foram expostas a diferentes padrões de estiramento, e a força foi medida nos tempos de 0h, 24h; 2, 4 e 8 semanas. Durante a parte in vivo do estudo, os níveis de força das ligaduras elásticas foram medidos após 4 semanas, em uma máquina de teste de materiais. Os dados foram analisados com os testes ANOVA de quatro vias e post-hoc de Turkey. RESULTADOS: todas as ligaduras elásticas mostraram alterações de cor, mas houve diferenças significativas quanto ao grau de estabilidade da cor. A média de degradação da força foi mais alta nos grupos com estiramento a 1 mm. Após 8 semanas, a média da força residual nas ligaduras elásticas foi de 1,45 ± 0,18 N e a maior degradação na força foi observada nas ligaduras elásticas que apresentaram a maior força inicial. CONCLUSÃO: há uma relação significativa entre o padrão de estiramento e a quantidade de força residual nas ligaduras elásticas. As ligaduras elásticas com as maiores forças iniciais exibiram as mais altas porcentagens de degradação da força após 8 semanas. É, também, possível que haja uma relação entre a cor inicial da ligadura elástica e sua alteração de cor.
Descritores: Aparelhos Ortodônticos
Estresse Mecânico
Cor
Elastômeros/química
-Polímeros
Resistência à Tração
Fatores de Tempo
Teste de Materiais
Desenho de Aparelho Ortodôntico
Desenho Assistido por Computador
Análise do Estresse Dentário
Elasticidade
Fenômenos Mecânicos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1249708
Autor: Miranda, Amanda Galindo Florêncio; Godoi, Ana Paula Terossi de; Menezes, Carolina Carmo de; Vedovello Filho, Mário; Venezian, Giovana Cherubini.
Título: The influence of elastomeric ligatures pigmentation on smile aesthetics during orthodontic treatment
Fonte: Dental press j. orthod. (Impr.);26(2):e2119199, 2021. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Aim: To assess the influence of elastomeric ligatures, subjected to a previous in vitro pigmentation process using different substances, on smile aesthetics during orthodontic treatment, from the perception of students and professionals. Methods: Eight elastomeric ligatures of five commercial brands (3M/Unitek, American Orthodontics, Morelli, Ortho Technology, and Orthometric) (n=8) were immersed in coffee, Coca-Cola, and red wine for one minute per day, for 28 days; and another group of ligatures was immersed in artificial saliva. All samples were photographed and subsequently analyzed using the Adobe Photoshop software, by the RGB method. Afterwards, the pigmented ligatures were inserted in a patient wearing orthodontic brackets, and zoomed photographs of the smile were taken and presented to 40 evaluators, who filled in a satisfaction scale sheet to express their opinion on the smile aesthetics of each photograph. The color data were subjected to analysis of variance (ANOVA) and Tukey tests. Results: The substance with the highest pigmentation potential was coffee (p< 0.05) followed by red wine (p< 0.05). Comparison among the brands used in this study showed that American Orthodontics and Orthometric had the lowest degree of pigmentation when immersed in coffee and red wine (p< 0.05), respectively. However, the brand that showed the highest level of satisfaction among the evaluators was Ortho Technology. Conclusions: The presence of pigmented elastomeric ligatures affected smile aesthetics, when compared with the control group.

RESUMO Objetivo: Avaliar a influência das ligaduras elásticas submetidas a um processo prévio de pigmentação in vitro, com diferentes substâncias, na estética do sorriso durante o tratamento ortodôntico, segundo a percepção de alunos e profissionais. Métodos: Oito ligaduras elásticas de cinco marcas comerciais (3M Unitek, American Orthodontics, Morelli, Ortho Technology e Orthometric) (n = 8) foram imersas em café, Coca-Cola e vinho tinto por um minuto por dia, por 28 dias, e outro grupo de ligaduras foi imerso em saliva artificial. Todas as amostras foram fotografadas e posteriormente analisadas no software Adobe Photoshop, pelo método RGB. Em seguida, as ligaduras pigmentadas foram inseridas em um paciente com braquetes ortodônticos, e fotografias ampliadas do sorriso foram tiradas e apresentadas a 40 avaliadores, que preencheram uma escala de satisfação para representar sua opinião sobre a estética do sorriso de cada fotografia. Os dados de cor foram submetidos à análise de variância (ANOVA) e testes de Tukey. Resultados: A substância com maior potencial de pigmentação foi o café (p< 0,05), seguido do vinho tinto (p< 0,05). A comparação entre as marcas utilizadas nesse estudo mostrou que a American Orthodontics e a Orthometric apresentaram o menor grau de pigmentação quando imersas em café e vinho tinto (p< 0,05), respectivamente. Porém, a marca que apresentou maior nível de satisfação entre os avaliadores foi a Ortho Technology. Conclusões: A presença de ligaduras elásticas pigmentadas afetou a estética do sorriso, quando comparada à do grupo controle.
Descritores: Braquetes Ortodônticos
Elastômeros
Estética Dentária
-Teste de Materiais
Pigmentação
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-796056
Autor: Leal, André Giacomelli; Pagnan, Leonardo Brancia; Kondo, Raphael Teruaki; Foggiatto, José Aguiomar; Agnoletto, Guilherme José; Ramina, Ricardo.
Título: Elastomers three-dimensional biomodels proven to be a trustworthy representation of the angiotomographic images / Biomodelos tridimensionais de elastômero provaram ser uma representação confiável de imagens angiotomográficas
Fonte: Arq. neuropsiquiatr;74(9):713-717, Sept. 2016. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Intracranial aneurysm (IA) rupture is responsible for 80% of spontaneous arachnoid hemorrhages and associated with an extremely high mortality rate. Two possible surgical interventions are endovascular embolization and microsurgical clipping. Three-dimensional (3D) prototyping models help in surgical planning minimizing perioperative risks in both methods and reducing operating time. Methods 3D biomodels were printed with flexible material (elastomer) using angiotomographic DICOM acquired images and compared to 3D digital subtraction angiography (DSA) images. Results 3D biomodels represented the aneurysm angioarchitecture exactly, especially the neck and domus features. Conclusion Elastomers 3D biomodels proved to be a trustworthy representation of the angiotomographic images and could be used to help surgical planning in IA treatment.

RESUMO A ruptura dos aneurismas intracranianos é responsável por 80% das hemorragias subaracnóideas espontâneas e está associada a uma taxa de mortalidade extremamente alta. Duas intervenções cirúrgicas viáveis são embolização endovascular e clipagem microcirúrgica. Os modelos de prototipagem tridimensional (3D) auxiliam no planejamento cirúrgico e na diminuição dos riscos intra-operatórios nos dois procedimentos e redução do tempo da cirurgia. Métodos Foram impressos biomodelos em 3D com material flexível (elastômero) utilizando imagens DICOM de angiotomografia e comparados com imagens de angiografia por subtração digital em 3D (DAS). Resultados Biomodelos em 3D representam com exatidão a angioarquitetura do aneurisma, particularmente os detalhes do colo e domus. Conclusão Biomodelos em 3D com elastômeros mostraram ser uma representação confiável das imagens angiotomográficas, podendo ser utilizados no planejamento cirúrgico no tratamento de IA.
Descritores: Tomografia Computadorizada por Raios X/métodos
Angiografia Digital/métodos
Aneurisma Intracraniano/diagnóstico por imagem
Elastômeros
Imageamento Tridimensional/métodos
Modelos Anatômicos
-Fatores de Tempo
Reprodutibilidade dos Testes
Impressão Tridimensional
Treinamento por Simulação/métodos
Microcirurgia/métodos
Limites: Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1050140
Autor: Santos, Jéssica Laís Sampaio Dos; Almeida-Pedrin, Renata Rodrigues De; Mendonça, Daniela Lasmar De; Valarelli, Danilo Pinelli.
Título: Comparação da degradação da força de elásticos ortodônticos intermaxilares de látex e sintéticos quando submetidos à distensão em saliva artificial / Comparison of force degradation intermaxilary latex and synthetic orthodontic elastics distended in artificial saliva
Fonte: Rev. Salusvita (Online);37(1):7-16, 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: os elásticos intermaxilares sintéticos surgiram como uma alternativa para uso ortodôntico em pacientes com sensibilidade ao látex, porém, diferenças podem ser observadas quando comparados aos elásticos naturais de látex. Objetivo: comparar a quantidade de degradação de força dos elásticos intermaxilares sintéticos e de látex quando distendidos em saliva artificial, a fim de buscar parâmetros clínicos para o uso de um protocolo sobre a frequência de troca desses elásticos nas terapias ortodônticas em pacientes com sensibilidade ao látex ou não. Metodologia: foram utilizados dois grupos contendo 30 elásticos cada. O grupo 1 com 30 elásticos de látex da marca Morelli de força média e diâmetro de 5/16" e o grupo 2, 30 elásticos sintéticos, sem látex, também da marca Morelli de força média e diâmetro de 5/16". Eles foram distendidos 4cm e submersos em saliva artificial a 37 graus Celsius e tiveram força mensurada com dinamômetro ortodôntico ao início e nos intervalos de 24, 48, 72 e 120 horas após a imersão. A avaliação da degradação da força foi realizada calculando o percentual de força perdida em relação à força inicial em cada intervalo de tempo, para cada grupo testado separadamente e também entre eles. Resultados e Discussão: a média de valores dos elásticos tanto de silicone quanto de látex teve um percentual parecido quanto à degradação de forças, visto que após as primeiras 24 horas ocorreu o maior declínio de força, de aproximadamente 11% ambos os elásticos. Após 48 horas esse percentual não se alterou significativamente. Conclusão: elásticos devem ser trocados em até 48 horas para que a força aplicada se mantenha em índices aceitáveis.

Introduction: synthetic intermaxillary elastics have emerged as an alternative for orthodontic use in patients with latex sensitivity, but differences can be observed when compared to natural latex elastics. Objective: compare the amount of force degradation of synthetic intermaxillary elastics and latex when distended in artificial saliva in order to find clinical parameters for the use of a protocol on the frequency of exchange of these elastics in orthodontic therapies in patients with latex sensitivity or not. Method: for this, two groups containing 30 elastics were used. Group 1 with 30 medium strength and diameter 5/16 "Morelli latex elastics and group 2, 30 synthetic latex-free elastics, also of the medium strength and 5/16" diameter Morelli brand. They were stretched 4cm and submerged in artificial saliva at 37 degrees Celsius and had strength measured with orthodontic dynamometer at the beginning and at the intervals of 24, 48, 72 and 120 hours after immersion. The force degradation assessment was performed by calculating the percentage of force lost in relation to the initial force at each time interval, for each group tested separately and also between them. Results and discussion: the mean elastic values of both silicone and latex had a similar percentage for the degradation of forces, since after the first 24 hours the greatest force decline occurred, of approximately 11% both elastics. After 48 hours this percentage did not change significantly. Conclusion: elastics should be changed within 48 hours so that the force applied remains at acceptable rates.
Descritores: Elastômeros
-Saliva Artificial
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR36.1 - Biblioteca


  9 / 78 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-614377
Autor: Arruda, Priscila Campos de; Matta, Edgard Norães Rodrigues da; Silva, Silvio Chagas da.
Título: Influência do grau de ativação na deformação plástica de elasticos ortodônticos em cadeia / Influence of the degree of activation on the plastic deformation of orthodontic elastic chain
Fonte: Pesqui. bras. odontopediatria clín. integr;11(01):85-90, jul. 2011.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: Avaliar a influência do grau de ativação na deformação plástica de elásticos ortodônticos em cadeia em função do tempo que permaneceram estirados. Método: Foram testadas 72 amostras de cadeia elástica da marca Morelli, tamanho médio cristal, que foram mantidas em um jig confeccionado, especialmente, para este fim, com diferentes graus de ativação, 30%, 50% e 70% dos seus comprimentos iniciais, sendo avaliadas 24 cadeias elásticas para cada grau de ativação. Os elásticos foram mantidos em suas embalagens plásticas originais, como recomendado pelo fabricante, até serem testados. O jig com os elásticos foram conservados em um recipiente plástico contendo saliva artificial e mantidos em uma estufa artesanal com temperatura controlada de 37ºC ± 1ºC por todo o tempo do experimento, sendo removidos deste ambiente somente ao final de 3 semanas de ativação. As medidas dos comprimentos iniciais e finais de seis elos de cada cadeia elástica foram realizadas utilizando-se um paquímetro digital de precisão e o percentual de deformação plástica foi calculado em relação ao comprimento inicial. A comparação entre os valores médios de deformação plástica sofrida pelos elásticos nos diferentes graus de ativação foi realizada estatisticamente com o auxílio do programa SPSS (Statistical Package for Social Sciences), versão 15.0. Resultados: Os valores médios encontrados, 13,89%, 20,66% e 30,68% de deformação plástica, para os diferentes graus de ativação, respectivamente, foram submetidos a teste estatístico análise de variância (ANOVA) com nível de significância de 5%, tendo sido encontrada significância estatística entre os mesmos. Conclusão: O grau de ativação influenciou de forma significativa a deformação plástica sofrida pelos elásticos testados.

Objective: To evaluate the influence of the degree of activation on the plastic deformation of orthodontic elastic chains according to the stretching duration. Methods: Seventy-two samples of medium size crystal orthodontic elastic chains from the commercial brand Morelli were maintained in a custom-made jig with different degrees of activation (30%, 50% and 70%) of their initial lengths, being 24 elastic chains for each degree of activation. The elastics were maintained in their original plastic packages, as recommended by the manufacturer, until the moment of testing. The jig with the elastics were kept in a plastic recipient containing artificial saliva and stored in an artisanal stove with controlled temperature of 37§C ñ 1§C during the whole experiment, being removed only after 3 weeks of activation. The initial and final lengths of 6 rings of each elastic chain were measured using a precision digital caliper and the percentage of plastic deformation in relation to the initial length was calculated. Comparison among the mean values of plastic deformation suffered by the elastics with the different degrees of activation was performed using the SPSS (Statistical Package for Social Sciences) software, version 15.0. Data were analyzed statistically by ANOVA with significance level of 5%. Results: The mean values of plastic deformation for the 30%, 50% and 70% degrees of activation were 13.89%, 20.66% and 30.68%, respectively, with statistically significant difference (p<0.05) among them. Conclusion: The degree of activation influenced significantly the plastic deformation suffered by the elastics evaluated in this study.
Descritores: Aparelhos Ortodônticos
Elastômeros
Látex/análise
Teste de Materiais
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 78 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho
Texto completo
Id: biblio-874354
Autor: Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho; Vitti, Rafael Pino; Mendonça, Márcio José; Consani, Rafael Leonardo Xediek; Correr Sobrinho, Lourenço.
Título: Estudo da precisão dimensional de modelos de gesso confeccionados com diferentes técnicas e materiais de moldagem elastoméricos / Study of dimensional accuracy of stone models made with different techniques and elastomeric impression materials
Fonte: RFO UPF;15(2):[139-144], maio-ago. 2010. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: O objetivo este estudo foi mensurar e comparar a precisão dimensional de modelos de gesso confeccionados por meio de três técnicas de moldagem (técnicado reembasamento, dupla mistura e moldeira individual), com seis diferentes marcas comerciais de elastômeros (Express®, Futura AD®, Clonage®, Silon APS®, Optosil/Xantopren® e Zetaplus/Oranwash®). Métodos: Inicialmente, foi obtido um modelo metálico padrão simulando uma arcada inferior com pontos de referêncianos dentes 33 (CE), 43 (CD), 37 (ME) e 47 (MD), que foi utilizado para a realização das moldagens. Foram medidas as distâncias entre os dentes CD-CE, MD-ME, MECE e MD-CD. Após os procedimentos de moldagem e confecção dos corpos-de-prova, os modelos foram avaliados num microscópio comparador com aumentode 30x e os valores das distâncias, analisados estatisticamente por meio da análise de variância com dois fatores,sendo as médias comparadas pelo teste de Tukey (5 por cento). Resultados e Conclusão: Os dados demonstraramque os silicones polimerizados por adição foram os materiais que mostraram melhores resultados de precisão dimensional, ao passo que os silicones polimerizados por condensação apresentaram os piores resultados. Não foram encontradas diferenças entre as três técnicasde moldagem
Descritores: Elastômeros
Materiais para Moldagem Odontológica
Técnica de Moldagem Odontológica
Responsável: BR337.1 - Biblioteca



página 1 de 8 ir para página                    
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde