Base de dados : LILACS
Pesquisa : D26.255 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 98 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 10 ir para página                        

  1 / 98 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-1238428
Autor: Costa Neto, Julio.
Título: Possibilidades secundárias no tratamento da hanseníase / Secondary possibilities in lweprosy's therapy.
Fonte: s.l; s.n; set. 2000. 5 p.
Idioma: pt.
Descritores: Antibacterianos/uso terapêutico
Canamicina
Cefalosporinas
Ciclosserina
Claritromicina
Estreptomicina
Etionamida
Formas de Dosagem
Hanseníase/prevenção & controle
Hanseníase/tratamento farmacológico
Minociclina
Proteínas na Dieta
Quinolonas
Terapias Complementares
Vacina BCG
Vitamina E
Óleos Vegetais
Responsável: BR191.1 - Biblioteca e Centro de Documentação Luiza Keffer
[{"text": "BR191.1", "_a": "08341/s"}]


  2 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1097037
Autor: Starling, Flávio Mascarenhas; Camargos, Einstein Francisco; Ferreira, Felipe; Freitas, Marco Polo Dias; Costa, José Reinaldo Silva; Medeiros-Souza, Patrícia.
Título: Unavailability of appropriate doses and need for tablet splitting of psychotropic drugs by geriatric patients / Indisponibilidade de doses apropriadas e necessidade de fracionamento de medicamentos psicotrópicos por pacientes geriátricos
Fonte: Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.);13(3):126-132, jul-set.2019. tab.
Idioma: en.
Resumo: BACKGROUND: Tablet splitting appears common in older adults, but its safety, and the factors associated with this practice, remain unclear. OBJECTIVE: To identify which psychotropic drugs are most often split, which doses are intended with this practice, and whether these doses are provided by the Brazilian Unified Health System (SUS) or commercially available. METHODS: Cross-sectional descriptive study of 632 geriatric outpatients. The number of individuals who split tablets was identified, as well as the psychotropic drugs they used and split. The availability of these drugs on the SUS network and on the market was assessed by checking the 2017 National Formulary of Essential Medicines (RENAME 2017) and the Dictionary of Proprietary Medicinal Products (Dicionário de Especialidades Farmacêuticas) respectively. RESULTS: Tablet splitting was reported by 178 patients (28.2%). This practice was significantly more common among those aged 80 years or older. Tablet splitting was significantly associated with a greater number of medical visits and a higher pill burden. The most commonly affected therapeutic classes were antipsychotics (23.9%), other psychotropic drugs (18.7%) and antidepressants (12.3%). Of the 20 psychotropic drugs split, 45% were available on the SUS. CONCLUSIONS: Tablet splitting poses a challenge, as there is no guarantee of uniformity of concentration of the active ingredient in the split halves. Although the psychotropic drugs that were split in this sample are commercially available, most were not available from SUS in the desired dose forms for older adults.

INTRODUÇÃO: O fracionamento de comprimidos é comum em pacientes geriátricos, mas a segurança e os fatores associados a essa prática permanecem incertos. OBJETIVO: Identificar quais medicamentos psicotrópicos são mais frequentemente fracionados, quais doses se destinam a essa prática e se essas dosagens são fornecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ou comercialmente disponíveis. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal de 632 pacientes ambulatoriais geriátricos. O número de indivíduos que fracionou os comprimidos foi identificado, bem como os medicamentos psicotrópicos que foram usados e fracionados. A disponibilidade desses medicamentos na rede SUS e no mercado foi avaliada através da verificação do Formulário Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) de 2017 e do Dicionário de Especialidades Farmacêuticas, respectivamente. RESULTADOS: A partição de comprimidos foi relatada por 178 pacientes (28,2%). Essa prática foi significativamente mais comum entre aqueles com 80 anos ou mais. O fracionamento dos comprimidos foi significativamente associado a um maior número de consultas médicas e a uma maior carga de comprimidos. As classes terapêuticas mais comumente afetadas foram antipsicóticos (23,9%), outros medicamentos psicotrópicos (18,7%) e antidepressivos (12,3%). Dos 20 medicamentos psicotrópicos fracionados, 45% estavam disponíveis no SUS. CONCLUSÕES: O fracionamento de comprimidos representa um desafio, pois não há garantia de uniformidade de concentração do ingrediente ativo nas metades fracionadas. Embora os medicamentos psicotrópicos fracionados nesta amostra estejam disponíveis comercialmente, a maioria não estava disponível no SUS nas formas de dosagem desejadas para a população geriátrica.
Descritores: Psicotrópicos/administração & dosagem
Antipsicóticos/administração & dosagem
Medicamentos Essenciais/administração & dosagem
Medicamentos Fracionados
Antidepressivos/administração & dosagem
-Pacientes Ambulatoriais
Saúde do Idoso
Estudos Transversais
Formas de Dosagem
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR275.1 - Biblioteca


  3 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-843392
Autor: Li, Xiao-Qin; Ye, Zhao-Ming; Wang, Jian-Bing; Fan, Cai-Rong; Pan, Ai-Wu; Li, Cong; Zhang, Ren-Bing.
Título: Mucoadhesive buccal films of tramadol for effective pain management / Filmes bucais mucoadesivos de tramadol para o controle eficaz da dor
Fonte: Rev. bras. anestesiol;67(3):231-237, Mar.-June 2017. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: S&T of Zhejiang Province.
Resumo: Abstract Background and objectives: Tramadol hydrochloride is a centrally-acting synthetic opioid analgesic binding to specific opioid receptors. It is used in the management of chronic pain and is recommended as first line drug in the treatment of postoperative or orthopedic injury induced acute pain. The present work is designed to prepare and evaluate mucoadhesive buccal film of tramadol hydrochloride as a novel form of prolonged analgesia for patients with orthopedic injuries. Methods: Buccal films of tramadol hydrochloride were prepared by solvent casting method. The prepared films were evaluated for the various evaluation parameters like thickness, surface pH, weight uniformity, content uniformity, folding endurance, swelling index, in vitro drug release study, in vitro test for mucoadhesion and in vivo studies (primary mucosal irritancy test and analgesic activity). Results: All the formulations exhibited good results for physicochemical characterizations. In in vitro drug release study the films exhibited controlled release more than 12 hours. The formulation BFT2 (containing chitosan and PVP K-90) showed no irritant effect on buccal mucosa and elicit the significant in vivo analgesic activity with 57.14% analgesia against that of standard (61.04%). It was concluded that the mucoadhesive films of tramadol hydrochloride can be effectively used to alleviate the severe pain of orthopedic injuries with prompt onset and prolonged action.

Resumo Justificativa e objetivos: O cloridrato de tramadol é um analgésico opioide de ação central que se liga a receptores opioides específicos. É usado no tratamento de dor crônica e recomendado como fármaco de primeira linha para o tratamento no pós-operatório ou em dor aguda induzida por lesão ortopédica. O presente estudo visa a preparar e avaliar o filme bucal mucoadesivo de cloridrato de tramadol como uma nova forma de analgesia prolongada para pacientes com lesões ortopédicas. Método: Filmes bucais de cloridrato de tramadol foram preparados pelo método de evaporação de solvente. Os filmes preparados foram avaliados para os vários parâmetros de avaliação, como espessura, pH da superfície, uniformidade do peso, uniformidade do conteúdo, resistência a dobras, índice de intumescimento, estudo de liberação da droga in vitro, teste in vitro para mucoadesão e estudos in vivo (teste de irritação da mucosa primária e atividade analgésica). Resultados: Todas as formulações apresentaram bons resultados para caracterizações físico-químicas. Em estudo de libertação de droga in vitro, os filmes exibiram liberação controlada por mais de 12 horas. A formulação de BFT2 (com quitosana e PVP K-90) não mostrou efeito irritante sobre a mucosa bucal e provocou uma atividade analgésica significativa in vivo com 57,14% de analgesia versus a do padrão (61,04%). Concluiu-se que os filmes mucoadesivos de cloridrato de tramadol podem ser usados eficazmente para aliviar a dor intensa de lesões ortopédicas com início rápido e ação prolongada.
Descritores: Tramadol/administração & dosagem
Adesivos
Sistemas de Liberação de Medicamentos
Manejo da Dor/métodos
Analgésicos Opioides/administração & dosagem
-Resultado do Tratamento
Ratos Wistar
Formas de Dosagem
Mucosa Bucal
Limites: Animais
Masculino
Ratos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  4 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-724343
Autor: Anon.
Título: Reglas para la administracion segura de medicamentos / Drug administration rules
Fonte: Notas enferm. (Córdoba);14(23):35-36, jul. 2014.
Idioma: es.
Descritores: Formas de Dosagem
Vias de Administração de Medicamentos
-Qualidade de Produtos para o Consumidor
Responsável: AR475.1 - Biblioteca de la Escuela de Enfermería


  5 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-595302
Autor: Anon.
Título: Seguridad en la administracion de farmacos: ficha N 17
Fonte: Notas enferm. (Córdoba);11(17):27-28, jul. 2011.
Idioma: es.
Descritores: Farmacologia Clínica
Vias de Administração de Medicamentos
-Formas de Dosagem
Limites: Humanos
Responsável: AR475.1 - Biblioteca de la Escuela de Enfermería


  6 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-595303
Autor: Pignato, Elizabeth; Sandivares, Flavio.
Título: Protocolo de administración de medicamentos en enfermeria / Nursing protocol in drug administration
Fonte: Notas enferm. (Córdoba);10(16):5-8, dic. 2010.
Idioma: es.
Resumo: Entre los cuidados y diferentes actividades que realiza la enfermera, debe recorocerse que la administracion de medicamentos es una responsabilidad crucial, que no puede ser subestimada ya que los habitos poco cuidadosos y las distracciones pueden poner en peligro la vida de las personas. La falta de comunicacion entre los miembros del equipo de salud es una causa habitual de errores de medicacion. Al menos uno de cada 10 errores se deben al uso de nombres erroneos de medicamentos, confusiones en la dosificacion o falta de comprension de las abreviaturas.
Descritores: Fidelidade a Diretrizes
Formas de Dosagem
Formas de Dosagem/normas
Vias de Administração de Medicamentos
Limites: Humanos
Responsável: AR475.1 - Biblioteca de la Escuela de Enfermería


  7 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-670822
Autor: Paladino, Miguel.
Título: Diseño y optimización de los regímenes de dosificación. ¿Por qué las drogas no actúan siempre igual? / Outline and optimization of the regimen of dosification. ¿Why the drugs not act always igual?
Fonte: Actas peru. anestesiol;11(2):106-118, jul.-dic. 1998. tab.
Idioma: es.
Descritores: Agonistas Adrenérgicos beta
Farmacocinética
Formas de Dosagem
Homeostase
Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: PE1.1 - Oficina Universitária de Biblioteca


  8 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-842660
Autor: SALOMÉ, GERALDO MAGELA; FERREIRA, LYDIA MASAKO.
Título: Impact of non-adherent Ibuprofen foam dressing in the lives of patients with venous ulcers / Impacto do curativo de espuma não aderente com Ibuprofeno na vida dos pacientes com úlcera venosa
Fonte: Rev. Col. Bras. Cir;44(2):116-124, Mar.-Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Objective : to evaluate pain in patients with lower limb venous ulcer who used non-adherent Ibuprofen foam dressing (IFD). Methods : we conducted a prospective study of patients with lower limb venous ulcers treated from April 2013 to August 2014. We used the Numerical Scale and McGill Pain Questionnaire, performing the assessments at the moment of inclusion of the patient in the study and every eight days thereafter, totaling five consultations. We divided the patients into two groups: 40 in the Study Group (SG), who were treated with IFD, and 40 in the Control Group (CG), treated with primary dressing, according to tissue type and exudate. Results : at the first consultation, patients from both groups reported intense pain. On the fifth day, SG patients reported no pain and the majority of CG reported moderate pain. Regarding the McGill Pain Questionnaire, most patients of both groups reported sensations related to sensory, affective, evaluative and miscellaneous descriptors at the beginning of data collection; after the second assessment, there was slight improvement among the patients in the SG. After the third consultation, they no longer reported the mentioned descriptors. CG patients displayed all the sensations of these descriptors until the fifth visit. Conclusion : non-adherent Ibuprofen foam dressing is effective in reducing the pain of patients with venous ulcers.

RESUMO Objetivo: avaliar a dor em pacientes portadores de úlcera venosa de membros inferiores que utilizaram curativo de espuma não aderente com Ibuprofeno (CEI). Métodos: estudo prospectivo de pacientes portadores de úlceras venosas de membros inferiores tratados no período de abril de 2013 a agosto de 2014. Foram utilizados os questionários Escala Numérica e Questionário de Dor de McGille, as avaliações eram feitas no momento da inclusão do paciente no estudo e a cada oito dias, totalizando cinco consultas. Os pacientes foram divididos em dois grupos: 40 no Grupo Estudo (GE), que foram tratados com CEI, e 40 no Grupo Controle (GC), tratados com curativo primário, conforme o tipo de tecido e exsudato. Resultados: na primeira consulta os pacientes de ambos os grupos relataram dor intensa. No quinto dia os pacientes do GE relataram ausência de dor e a maioria do GC relatou dor moderada. Com relação ao Questionário de Dor de McGill, a maioria dos pacientes de ambos os grupos, no início da coleta de dados, relataram sensações relacionadas aos descritores sensorial, afetivo, avaliativo e miscelânea, sendo que entre os pacientes do GE houve discreta melhora após a segunda consulta. Após a terceira consulta já não referiram os descritores citados. Os pacientes do GC manifestaram todas as sensações desses descritores até quinta a consulta. Conclusão: o curativo de espuma não aderente com Ibuprofeno é eficaz na redução da dor de pacientes portadores de úlceras venosas.
Descritores: Bandagens
Úlcera Varicosa/terapia
Ibuprofeno/administração & dosagem
Analgésicos não Narcóticos/administração & dosagem
Manejo da Dor
-Dor/etiologia
Úlcera Varicosa/complicações
Medição da Dor
Estudos Prospectivos
Formas de Dosagem
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 98 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: lil-500613
Autor: Souza, Maria Clara Padovani de; Goulart, Marta Aparecida; Rosado, Viviane; Reis, Adriano Max Moreira.
Título: Utilização de medicamentos parenterais em frascos-ampola em uma unidade pediátrica de um hospital universitário / Utilization of parenteral drugs in vials at a pediatric unit of a university hospital / Uso de medicamentos parenterales en frascos-ampolla en un servicio pediátrica de un hospital universitario
Fonte: Rev. Esc. Enferm. USP;42(4), dez. 2008. tab.
Idioma: en; pt.
Resumo: Este estudo observacional determinou a freqüência de utilização de medicamentos parenterais em frascos-ampola em uma unidade pediátrica, e identificou as ações da equipe de enfermagem associadas ao preparo e administração desses medicamentos. Os dados foram coletados por meio da prescrição médica e observação direta dos medicamentos nas geladeiras e armários da unidade. A apresentação em frascos-ampola foi prescrita para 30,8 por cento dos pacientes. Foram observados aspectos quanto à reconstituição, ao armazenamento, à temperatura e à rotulagem dos medicamentos, fatores importantes para utilização segura dos mesmos. As informações pesquisadas para avaliar o processo de preparo e de administração estavam todas presentes em apenas 6,8 por cento dos medicamentos. A identificação correta dos frascos-ampola é importante para o uso seguro dos medicamentos. O treinamento da equipe de saúde e a adoção de diretrizes de terapia endovenosa são instrumentos essenciais para otimizar o processo de utilização de medicamentos parenterais.

This observational study aimed to determine the frequency of utilization of vials containing parenteral medications in a pediatric unit, and to identify nursing team actions related to their preparation and administration. Data were collected from prescription forms and by checking these drugs in the refrigerator and stocks at the unit. Vials were prescribed to 30.8 percent of patients. Aspects such as: reconstitution, storage, temperature and drug label were observed. Only 6.8 percent of the drugs had all the information researched in order to evaluate the process of preparation and administration. The correct identification of vials is important for the safe use of medication. Training programs for the healthcare team and the adoption of intravenous therapy guidelines are essential tools to optimize the utilization of parenteral medication.

Este estudio de observación determinó la frecuencia para utilizar medicamentos parenterales en frascos-ampolla en una unidad pediátrica, identificando las acciones del equipo de enfermería con respecto a su preparación y administración. Para la recolección de datos se utilizó la prescripción médica y la observación directa de los medicamentos en los frigideres y estantes del servicio. La presentación en frascos-ampolla fue prescripta en 30.8 por ciento de los pacientes. Se observó la reconstitución, el almacenamiento, la temperatura y los rótulos de los medicamentos, factores importantes para asegurar su administración. Las informaciones investigadas para evaluar el proceso de preparación y administración estuvieron presentes en apenas 6.8 por ciento de los medicamentos. La correcta identificación de los frascos-ampolla es importante para su administración. El entrenamiento del equipo de salud y la adopción de directrices sobre tratamiento endovenoso son instrumentos esenciales para optimizar la utilización del medicamento parenteral.
Descritores: Embalagem de Medicamentos
Uso de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Infusões Parenterais/estatística & dados numéricos
Preparações Farmacêuticas/provisão & distribuição
-Estudos Transversais
Formas de Dosagem
Armazenamento de Medicamentos/estatística & dados numéricos
Unidades Hospitalares/estatística & dados numéricos
Hospitais Universitários/estatística & dados numéricos
Limites: Criança
Humanos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 98 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-988442
Autor: Zanetti, Maria Olívia Barboza Zanetti; Moraes, Jaqueline Lessa de; Marchetti, Juliana Maldonado; Andrade, Regina Célia Garcia de.
Título: Description of the complexity of prescribed medication regimens in primary health care of Ribeirão Preto - SP
Fonte: Clin. biomed. res;38(1):1-7, 2018.
Idioma: en.
Resumo: Introduction: Pharmacotherapy is the main therapeutic resource for the management of diseases. However, the number of drugs prescribed, dose frequency, and mode of administration can make the treatment more complex and influence treatment outcomes. The aim of this study was to measure the complexity of prescribed medication regimens in primary health care (PHC) services in Ribeirão Preto, Brazil. Methods: This cross-sectional study included 1,009 participants: 889 from primary health units and 120 from family health units in Ribeirão Preto, Brazil. Treatment complexity was assessed using the Medication Regimen Complexity Index (MRCI). Results: MRCI mean scores were 12.5 points (SD = 9.3) and dose frequency was the major contributor to increase the score. The complexity of pharmacotherapy showed a significant correlation with the number of prescribed medications (r = 0.93, p < 0.01), but not with patients' age (r = 0.28, p < 0.01). There is also no difference in complexity between the sexes (p = 0.83) and the types of primary health care service (p = 0.31). An analysis of variance revealed that patients with lower levels of education receive more complex prescriptions (p < 0.01). Conclusions: The pharmacotherapy prescribed in PHC services from Ribeirão Preto, Brazil is complex, and there is a need to concentrate efforts and adopt strategies to simplify drug prescription without compromising patient's clinical status.
Descritores: Prescrições de Medicamentos
Atenção Primária à Saúde
Formas de Dosagem
Quimioterapia Combinada
Adesão à Medicação
-Fatores Socioeconômicos
Estudos Transversais
Resultado do Tratamento
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Adulto Jovem
Responsável: BR18.1 - Biblioteca FAMED/HCPA



página 1 de 10 ir para página                        
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde