Base de dados : LILACS
Pesquisa : D26.593 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 7 [refinar]
Mostrando: 1 .. 7   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 7 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-701818
Autor: Cañizares Luna, Oscar; Sarasa Muñoz, Nélida.
Título: La maestría pedagógica no es una panacea / The pedagogical mastery is not a panacea
Fonte: Edumecentro;6(1):293-298, ene.-abr. 2014. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Ensino
Educação Médica
Panaceia
Responsável: CU425.1 - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas de Villa Clara


  2 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: biblio-933760
Autor: Machado, Cristiane de Cássia Soares(aut).
Título: Prospecção de marcadores morfológicos, anatômicos, micro e macromoleculares de Solanum cernuum Vell (Solanaceae).
Fonte: Rio de Janeiro/Belo Horizonte; s.n; 2001. xii, 105 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz/Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A maioria das plantas medicinais consumidas pela população e utilizada pela indústria farmacêutica é geralmente imprecisa na sua identificação toxonômica. Isto afeta a qualidade e eficácia da droga vegeral, além do uso dos fitoterápicos em geral. Com o objetivo de contribuir para o controle de qualidade de drogas comercializadas, inteiras ou trituradas, buscamos marcadores para autenticação de vegetais, que utilizem, além das características morfológicas e anatômicas, seu perfil micromolecular e genômico. Utilizamos neste estudo a 'panacéia', um vegetal largamente utilizado pela população de Minas Gerais como hemostático, sudorífero e diurético, dentre outros usos. Uma das espécies conhecidas por este nome é a Solanum cernuum Vell., da família Solanacease, que pode ser adquirida sem receituário em várias farmácias de BH. Nesta espécie, os caracteres morfológicos podem ser empregados para a identidicação, se as plantas forem comercializadas inteiras. Porém, em plantas trituradas, a presença dos ápices dos tricomas, pode ser um indicativo da presença da espécie. Neste estudo, um perfil cromatográfico característico do extrato de folhas de S. cernuum foi obtido por CCD e por CLAE. Duas substâncias foram isoladas deste extrato, identificadas como glicosídeos flavônicos. Análise do perfil de amplificação obtido por RAPD e por amplificação de regiões espaçadoras do DNA ribossomal mostraram perfis característicos para S. cernuum. Cinco amostras de panacéia do comércio de BH foram analisadas em paralelo com o padrão de S. cernuum. Constatamos que a amostra da Catedral Farmácia Homeopática, não continha S. cernuum. A confirmação da presença ou ausência da espécie é possível utilizando apenas um dos métodos propostos. Entretanto, recomendamos que pelo menos dois métodos sejam empregados, para que tenhamos resultados mais confiáveis.
Descritores: Panaceia/química
Panaceia/isolamento & purificação
Plantas Medicinais/química
Solanaceae/anatomia & histologia
Solanaceae/química
-Biomarcadores/análise
Biomarcadores/química
Medicamentos sem Prescrição/uso terapêutico
Controle de Qualidade
Solanum/anatomia & histologia
Solanum/química
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 615.321 TE, M149d, 2001. 009977


  3 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-618620
Autor: Acerbi Cremades, Norma.
Título: Simbolismo de la serpiente em las ciencias de la salud / Symbolism of the serpent in health sciences
Fonte: Rev. salud pública (Córdoba);15(1):76-82, 2011.
Idioma: es.
Resumo: La Humanidad llega a nuestros días después de haber pasado por diferentes etapas. Separadas por grandes distancias, tiempos, mitos y costumbres, en casi todas lasculturas del mundo antiguo, primaron las divinidades queacompañadas por ofidios, tenían relación con la vida, la salud,la fecundidad o la longevidad.Desde el punto de vista del historiador de la Medicina, nos introducimos en un tema de antropología cultural, enun intento resumido de explicar la presencia de la serpienteen los caduceos de las Ciencias de la Salud. Los asiáticos reverenciaron a la cobra; los africanos alpitón; los aborígenes australianos, a la serpiente arco iris y los americanos, a la cascabel. Templos en honor de la diosa serpiente fueron erigidos por druidas y navajos; por chinos; brahmanes y apaches. La serpiente se convirtió en símbolo de la sabiduría; riqueza;prudencia; fortaleza; salud; convalecencia; longevidad; rejuvenecimiento e inmortalidad.

Humanity comes to our days after having gone through different stages. Separated by great distances, time, myths and customs, in almost every culture of the ancient world, deities were paramount and, accompanied by ophidians were related to life, health, fertility or longevity. From the point of view of the historian of Medicine, we introduce ourselves in a topic of cultural anthropology, in a summarized attempt to explain the existence of the serpent in the caduceus of Health Sciences. Asian people used to venerate the cobra, Africans the python; Australian aborigines enerated the rainbow snake and American aborigines, the rattlesnake. Druids, Navajos and Chinese people, as well as Brahmins and Apaches erected templesto honor the serpent goddess. The serpent became a symbol of wisdom, wealth, prudence, strength, health, convalescence, longevity, ejuvenation and immortality.
Descritores: Bengala
Emblemas e Insígnias
Panaceia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Responsável: AR32.1 - Biblioteca Prof. Dr. J. M. Allende


  4 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Castiel, Luís David
Texto completo
Id: lil-608279
Autor: Vasconcellos-Silva, Paulo R; Castiel, Luis David; Bagrichevsky, Marcos; Griep, Rosane Harter.
Título: Panacéias disseminadas pela Internet e pacientes vulneráveis: como conter um mercado de ilusões? / Panaceas disseminated over the Internet and vulnerable patients: how to check a market of illusions?
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;29(6):469-474, June 2011. tab.
Idioma: pt.
Resumo: O presente artigo discute a proliferação de curas e terapias fraudulentas que surgem e evanescem cotidianamente na Internet. A clientela dessas fraudes, vulnerabilizada pela doença e pela perspectiva da morte, utiliza a Internet para adquirir produtos que seriam possivelmente ignorados em outros contextos. Tal vulnerabilidade se liga a contingências físicas desgastantes que comprometem a capacidade de decisão. A tentativa de controlar o fenômeno das fraudes de forma estritamente racional, sem levar em conta a vulnerabilidade desse consumidor que pouco tem a perder e sem considerar suas demandas de integralidade, pode conduzir a resultados desapontadores, já que as panacéias parecem estar preenchendo os lapsos deixados por estruturas assistenciais que têm sido insensíveis à imaterialidade dos medos humanos.

This article discusses the proliferation of medical quackery and fraud appearing and disappearing daily on the Internet. The customers of these scams, made vulnerable by disease or the prospect of death, use the Internet to buy products that would probably be ignored in other contexts. This vulnerability is linked to strenuous physical demands that compromise the ability to make decisions. The attempt to control the phenomenon of fraud as strictly rational, without taking into account the vulnerability of consumers who have little to lose and not considering their demands for comprehensive care, can lead to disappointing results, since these nostrums seem to be filling the gaps left by health care structures that have been insensitive to the immaterial nature of human fears.
Descritores: Publicidade
Internet
Panaceia
Charlatanismo/prevenção & controle
Automedicação
Populações Vulneráveis
-Atitude Frente a Saúde
Publicidade/métodos
Publicidade/normas
Cultura
Fraude
Disseminação de Informação
Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde
Comunicação Persuasiva
Charlatanismo/estatística & dados numéricos
Populações Vulneráveis/psicologia
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-539649
Autor: Machado, Cristiane de Cássia Soares.
Título: Prospecção de marcadores morfológicos, anatômicos, micro e macromoleculares de Solanum cernuum Vell (Solanaceae) / Prospecting markers of morphological, anatomical, micro and macromolecular of Solanum cernuum Vell (Solanaceae).
Fonte: Rio de Janeiro; s.n; 2001. xii,105 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A maioria das plantas medicinais consumidas pela população e utilizada pela indústria farmacêutica é geralmente imprecisa na sua identificação toxonômica. Isto afeta a qualidade e eficácia da droga vegeral, além do uso dos fitoterápicos em geral. Com o objetivo de contribuir para o controle de qualidade de drogas comercializadas, inteiras ou trituradas, buscamos marcadores para autenticação de vegetais, que utilizem, além das características morfológicas e anatômicas, seu perfil micromolecular e genômico. Utilizamos neste estudo a 'panacéia', um vegetal largamente utilizado pela população de Minas Gerais como hemostático, sudorífero e diurético, dentre outros usos. Uma das espécies conhecidas por este nome é a Solanum cernuum Vell., da família Solanacease, que pode ser adquirida sem receituário em várias farmácias de BH. Nesta espécie, os caracteres morfológicos podem ser empregados para a identidicação, se as plantas forem comercializadas inteiras. Porém, em plantas trituradas, a presença dos ápices dos tricomas, pode ser um indicativo da presença da espécie. Neste estudo, um perfil cromatográfico característico do extrato de folhas de S. cernuum foi obtido por CCD e por CLAE. Duas substâncias foram isoladas deste extrato, identificadas como glicosídeos flavônicos. Análise do perfil de amplificação obtido por RAPD e por amplificação de regiões espaçadoras do DNA ribossomal mostraram perfis característicos para S. cernuum. Cinco amostras de panacéia do comércio de BH foram analisadas em paralelo com o padrão de S. cernuum. Constatamos que a amostra da Catedral Farmácia Homeopática, não continha S. cernuum. A confirmação da presença ou ausência da espécie é possível utilizando apenas um dos métodos propostos. Entretanto, recomendamos que pelo menos dois métodos sejam empregados, para que tenhamos resultados mais confiáveis.
Descritores: Panaceia/isolamento & purificação
Panaceia/química
Plantas Medicinais/química
Solanaceae/anatomia & histologia
Solanaceae/química
-Biomarcadores/análise
Biomarcadores/química
Medicamentos sem Prescrição/uso terapêutico
Controle de Qualidade
Solanum/anatomia & histologia
Solanum/química
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 615.321 TE, M149d, 2001. 009977


  6 / 7 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-536121
Autor: Machado, Cristiane de Cássia Soares.
Título: Prospecção de marcadores morfológicos, anatômicos, micro e macromoleculares de Solanum cernuum Vell (Solanaceae) / Prospecting markers of morphological, anatomical, micro and macromolecular of Solanum cernuum Vell (Solanaceae).
Fonte: Rio de Janeiro/Belo Horizonte; s.n; 2001. xii,105 p. ilus.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas René Rachou para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: A maioria das plantas medicinais consumidas pela população e utilizada pela indústria farmacêutica é geralmente imprecisa na sua identificação toxonômica. Isto afeta a qualidade e eficácia da droga vegetal, além do uso dos fitoterápicos em geral. Com o objetivo de contribuir para o controle de qualidade de drogas comercializadas, inteiras ou trituradas, buscamos marcadores para autenticação de vegetais, que utilizem, além das características morfológicas e anatômicas, seu perfil micromolecular e genômico. Utilizamos neste estudo a 'panacéia', um vegetal largamente utilizado pela população de Minas Gerais como hemostático, sudorífero e diurético, dentre outros usos. Uma das espécies conhecidas por este nome é a Solanum cernuum Vell., da família Solanacease, que pode ser adquirida sem receituário em várias farmácias de BH. Nesta espécie, os caracteres morfológicos podem ser empregados para a identidicação, se as plantas forem comercializadas inteiras. Porém, em plantas trituradas, a presença dos ápices dos tricomas, pode ser um indicativo da presença da espécie. Neste estudo, um perfil cromatográfico característico do extrato de folhas de S. cernuum foi obtido por CCD e por CLAE. Duas substâncias foram isoladas deste extrato, identificadas como glicosídeos flavônicos. Análise do perfil de amplificação obtido por RAPD e por amplificação de regiões espaçadoras do DNA ribossomal mostraram perfis característicos para S. cernuum. Cinco amostras de panacéia do comércio de BH foram analisadas em paralelo com o padrão de S. cernuum. Constatamos que a amostra da Catedral Farmácia Homeopática, não continha S. cernuum. A confirmação da presença ou ausência da espécie é possível utilizando apenas um dos métodos propostos. Entretanto, recomendamos que pelo menos dois métodos sejam empregados, para que tenhamos resultados mais confiáveis.
Descritores: Panaceia/isolamento & purificação
Panaceia/química
Plantas Medicinais/química
Solanaceae/anatomia & histologia
Solanaceae/química
-Biomarcadores/análise
Biomarcadores/química
Medicamentos sem Prescrição/uso terapêutico
Controle de Qualidade
Solanum/anatomia & histologia
Solanum/química
Responsável: BR1719.1 - Biblioteca do CPqRR
BR1719.1; 615.321 TE, M149d, 2001. 009977


  7 / 7 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Venezuela
Texto completo
Id: lil-522895
Autor: Zighelboim, Itic; Sánchez R, Williams.
Título: ¿Cesárea una panacea? / Cesarean section a panacea?
Fonte: Rev. obstet. ginecol. Venezuela;67(4):217-221, dic. 2007. tab.
Idioma: es.
Descritores: Cesárea/métodos
Panaceia
-Obstetrícia
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Editorial
Responsável: VE1.1 - Biblioteca Humberto Garcia Arocha



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde