Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.389.500.368 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1103265
Autor: Silva, Andreza Gomes da; Fernandes, Maurício Avelar; Belfort, Ilka Kassandra Pereira; Borges, Mirlley Cristina Ferreira; Marinho, Suanne Ferreira; Monteiro, Sally Cristina Moutinho.
Título: Prevalência de coprescrição clinicamente significativa de psicofármacos inibidores da enzima CYP2D6 em usuários de um centro de atenção psicossocial / The prevalence of co-prescription of clinically relevant CYP enzyme inhibitor psychotropic drugs in psychosocial care center users
Fonte: J. Health Biol. Sci. (Online);8(1):1-7, 01/01/2020. ilus.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: mensurar a prevalência da coprescrição de psicofármacos inibidores clinicamente significativos da enzima CYP2D6. Métodos: estudo transversal realizado com usuários do Centro de Atenção Psicossocial de um município da Amazônia Legal. Os dados foram coletados de prontuário (medicamentos e diagnóstico clínico) e questionário semiestruturado (sociodemográficos). As informações referentes às medicações (substrato/inibidor da CYP2D6) foram consultadas no Micromedex®, Drug Interaction Checker, Food and Drug Administration e The Pharmacogene Variation Consortium. Os dados foram interpretados utilizando estatística descritiva percentual simples, considerando a média e o desvio-padrão. Para a confecção do banco de dados, utilizou-se o Office Excel®2010. Estudo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob o Parecer nº 289.937. Resultados: participaram deste estudo 43 pessoas com média de idade de 40,98 (±11,04) anos, sendo 55,81% do sexo masculino, 81,39% solteiros, 88,37% não brancos (pretos/pardos), 58,14% estudaram até o ensino médio e 62,79% tiveram diagnóstico F20 (esquizofrenia e subdivisões). Entre a população estudada, 100% (43/43) faziam uso diário de haloperidol, e 95,34% (41/43) encontravam-se em uso rotineiro de mais de uma droga metabolizada pela enzima CYP2D6. Verificou-se que 93% (40/43) dos participantes continham coprescrição de substratos e inibidores da enzima CYP2D6, sendo a maior prevalência de prescrições envolvendo ácido valproico, clorpromazina, levomepromazina, prometazina e risperidona. Conclusão: o estudo pôde mensurar alta prevalência de coprescrição de psicofármacos inibidores clinicamente significativos da enzima CYP2D6.

Introduction: Clinically significant adverse drug reactions are seldomly frequent, but their incidence rises when there is co-prescription, especially psychoactive drugs metabolized by the enzyme CYP2D6. Objective: To measure the prevalence of co-prescription of clinically significant CYP2D6 enzyme inhibitors. Methods: Cross-sectional study conducted with users of the Center for Psychosocial Attention in a city of Legal Amazon. Sociodemographic, health and drug profile data were collected from patients' records. Possible enzymatic inductions or inhibitions were researched in Micromedex®, Drug Interaction Checker, Food and Drug Administration e The Pharmacogene Variation Consortium. The data were interpreted using simple percentage descriptive statistics, considering the mean and standard deviation. To make the database, Office Excel®2010 was used. The research has the approval of the Research Ethics Committee under opinion no. 289,937. Results: Forty-three people with a mean age of 40.98 (±11.04) years participated in this study, 24 (55.81%) men, 81,39% single, 88,37% non-white, 58,14% have high school and 62,79% were diagnosed with schizophrenia. Among the studied population, 100% (43/43) used haloperidol daily and 95.34% (41/43) used more than one drug inhibitor or metabolized by the CYP2D6 enzyme. It was found that 93% of the participants contained co-prescription of CYP2D6 substrates and inhibitors, with the highest prevalence of prescriptions involving valproic acid, chlorpromazine, levomepromazine, promethazine and risperidone. Conclusion: The study was able to measure the high prevalence of co-prescription of clinically significant CYP2D6 inhibitor drugs in the studied population.
Descritores: Psicotrópicos/uso terapêutico
Medicamentos sob Prescrição/uso terapêutico
Inibidores do Citocromo P-450 CYP2D6/uso terapêutico
Transtornos Mentais/tratamento farmacológico
-Psicotrópicos/efeitos adversos
Esquizofrenia/tratamento farmacológico
Estudos Transversais
Interações Medicamentosas
Inibidores do Citocromo P-450 CYP2D6/efeitos adversos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Responsável: BR1780.2



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde