Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.696.399.472.858 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 132 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 14 ir para página                         

  1 / 132 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-1038586
Autor: Prates, J. F; Brair, V. L; Maia, A. L. R. S; Souza-Fabjan, J. M. G; Brandão, F. Z; Bonato, G. C; Fonseca, J. F.
Título: Use of human intravaginal tampon embedded with natural progesterone induces synchronous estrus in Santa Inês ewes / Uso de tampão intravaginal humano embebido com progesterona humana para indução e sincronização de estro em ovelhas Santa Inês
Fonte: Arq. bras. med. vet. zootec. (Online);71(1):345-348, jan.-fev. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Projeto: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; . Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais.
Resumo: Este estudo avaliou a eficiência de três protocolos de indução de estro síncronizado em ovelhas da raça Santa Inês. Vinte e quatro ovelhas adultas foram equitativamente distribuídas em três grupos, de acordo com ordem de parto, peso corporal (kg) e escore da condição corporal. As ovelhas receberam implante vaginal de progesterona natural por seis dias mais 37,5µg de d-cloprostenol laterovulvar e 300UI de eCG i.m., 24 horas antes da remoção do dispositivo. Ovelhas controle receberam CIDR330mg de progesterona, e as demais receberam dispositivo absorvente intravaginal humano, tamanho mini, embebido com 200 (OB200) ou 400mg (OB400) de progesterona. Coletas de sangue foram feitas nos momentos D0 (antes da inserção dos dispositivos), D0+6h e diariamente, até um dia após retirada do dispositivo (D7). A progesterona (ng/mL) foi semelhante (P>0,05) em todos os tratamentos ao longo do período experimental, exceto no dia da remoção do dispositivo, quando as ovelhas controle (2,5±0,3) tiveram progesterona superior (P<0,05) às ovelhas OB200 (0,6±0,1) e OB400 (1,2±0,4). O percentual de animais em estro (100,0, 62,5 e 100,0%) foi semelhante (P>0,05) e o intervalo para o estro (46,3±3,9a, 26,4±4,5b e 31,2±5,8a,b) foi diferente (P<0,05) entre os animais dos grupos controle, OB200 e OB400, respectivamente. A taxa de concepção das ovelhas foi de 50,0% (4/8) para cada grupo (P>0,05). Dispositivos humanos e fonte de progesterona podem ser usados para induzir o estro sincronizado em ovelhas Santa Inês.(AU)
Descritores: Progestinas/administração & dosagem
Progesterona/uso terapêutico
Administração Intravaginal
Ovinos
Sincronização do Estro/efeitos dos fármacos
Fertilidade
Limites: Animais
Feminino
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  2 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-754428
Autor: Braga, Giordana Campos; Vieira, Carolina Sales.
Título: Anticoncepcionais reversíveis de longa duração: Implante Liberador de Etonogestrel (Implanon®) / Long-acting reversible contraceptives: etonogestrel-releasing implant (Implanon®)
Fonte: Femina;43(suppl.1):7-14, 2015. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Apesar do crescente número de usuárias de métodos contraceptivos, 41% das gestações mundiais não foram planejadas. Os métodos de longa duração são uma alternativa eficaz de reduzir o número de gestações não planejadas diminuindo, assim, taxas de mortalidade materna e infantil. O implante é um método reversível de longa duração, com alta eficácia e taxa de continuidade. Este estudo tem como proposta fazer uma revisão sobre o implante liberador de etonogestrel, seus efeitos adversos e benefícios contraceptivos e não contraceptivos.(AU)

Despite the growing number of users of contraceptive methods, 41% of worldwide pregnancies were unplanned. Long acting reversible contraceptives (LARCS) are an effective alternative to reduce the number of unplanned pregnancies thereby reducing maternal and child mortality. The implant is a LARC, with high efficacy and continuation rate. This study has the objective to review the use of the etonogestrel-releasing implant, its adverse effects and contraceptive and non-contraceptive benefits.(AU)
Descritores: Progestinas/efeitos adversos
Contracepção Reversível de Longo Prazo/efeitos adversos
Contracepção Reversível de Longo Prazo/instrumentação
Contracepção Reversível de Longo Prazo/métodos
Contracepção Reversível de Longo Prazo/estatística & dados numéricos
-Pacientes Desistentes do Tratamento
Análise Custo-Benefício
Aconselhamento Diretivo
Gravidez não Planejada
Contraindicações de Medicamentos
Limites: Feminino
Gravidez
Responsável: BR1365.1 - Biblioteca Biomédica A - CB/A


  3 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Texto completo
Id: lil-745411
Autor: Sánchez, Sixto; Casquero, Jorge; Chávez, Susana; Liendo, George.
Título: Características y efectos del uso de hormonas femeninas en transexuales masculinos en Lima, Perú / Characteristics and effects of female hormones used by male transsexuals in Lima, Peru
Fonte: An. Fac. Med. (Perú);75(4):313-317, oct.-dic. 2014. tab.
Idioma: es.
Resumo: Introducción: En el proceso de feminización, los transexuales masculinos usan hormonas sexuales femeninas, cuya seguridad en el sexo genéticamente masculino no ha sido definida. Objetivos: Evaluar el grado de conocimiento y prácticas de la administración de hormonas femeninas, la frecuencia de uso, reacciones adversas, fuentes de información y acceso a estos productos por parte de transexuales femeninos. Diseño: Investigación cualitativa y cuantitativa prospectiva comunitaria. Lugar: Lima. Participantes: Transexuales masculinos de 18 años o más. Intervenciones: Cuatro transexuales capacitados identificaron mediante la modalidad æbola de nieveÆ a transexuales femeninos. Luego, se les realizó una entrevista semi-estructurada validada, el examen clínico respectivo y la toma de una muestra de 10 mL de sangre venosa. Medidas de resultados: El nivel de conocimiento, redes y calidad de información recibida, lugares de adquisición y efectos de las hormonas femeninas. Resultados: Solo el 11,8 por ciento de los participantes conseguía las hormonas con receta médica y poseía conocimiento sobre su efecto. Los principales efectos secundarios presentados fueron sensibilidad mamaria y aumento del peso corporal (88,2 por ciento), y disminución de la libido y erección (58,8 por ciento). La hormona más usada fue una combinación de dihidroxiprogesterona y estradiol vía intramuscular (47,1 por ciento). Conclusiones: Es necesario implementar servicios multidisciplinarios que cubran las necesidades de salud, incluyendo la de feminización que tiene esta población, y así evitar o disminuir el riesgo inherente a este proceso...

Introduction: In the feminization process, some male transsexuals use synthetic female hormones whose safety has not been defined in genetically male persons. Objectives: To evaluate the degree of knowledge, frequency of use, type of administration, adverse effects and source of information on female hormones in male transsexual persons. Design: Qualitative and quantitative community prospective study. Place: Lima. Participants: Male transsexuals 18 years old or older who had been using female hormones for 6 months or more. Interventions: Four trained male transsexuals identified new male transsexuals by the æsnow ballÆ method. Then, subjects were interviewed, underwent physical examination, and a 10 mL blood sample was obtained. Main outcome measures: Level of knowledge, quality of information received, acquisition source, and side effects of female hormones. Results: Only 11.8 per cent of the participants obtained the hormones by medical prescription and had some knowledge about their effects. Most common side effects were breast tenderness and weight gain (88.2 per cent), and decline of libido and erection (58.8 per cent). A combination of dihydroxyprogesterone plus estriol IM was the most common female hormone used (47.1 per cent). Conclusions: Implementation of multidisciplinary services that meet this population health needs is necessary to decrease risks...
Descritores: Antagonistas de Androgênios
Feminização
Hormônios, Substitutos de Hormônios e Antagonistas de Hormônios
Pessoas Transgênero
Progestinas
Terapia de Reposição Hormonal
Transexualidade
-Estudos de Avaliação como Assunto
Estudos Prospectivos
Estudos Transversais
Pesquisa Qualitativa
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: PE13.1 - Oficina de Biblioteca, Hemeroteca y Centro de Documentación


  4 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-995567
Autor: Núcleo de Telessaúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Título: TeleCondutas: sangramento uterino anormal / TeleGuides: abnormal uterine bleeding.
Fonte: Porto Alegre; Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Telessaúde; 2018.
Idioma: pt.
Resumo: Sangramento uterino anormal (SUA) é caracterizado por diferentes padrões de sangramento menstrual que variam de alteração no volume, irregularidades na duração e no ciclo menstrual. A condição costuma impactar na qualidade de vida das mulheres, sendo um problema de saúde frequente no atendimento da Atenção Primária à Saúde, acometendo cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva. As principais causas do sangramento uterino anormal são disfunções ovulatórias, gravidez, anormalidades estruturais, distúrbios de coagulação e causas iatrogênicas. Esta guia apresenta informação que orienta a conduta para casos de sangramento uterino anormal no contexto da Atenção Primária à Saúde, incluindo: classificação, etiologias de SUA por faixa etária, avaliação diagnóstica, tratamento, encaminhamento para serviço especializado.
Descritores: Hemorragia Uterina/diagnóstico
Hemorragia Uterina/terapia
-Atenção Primária à Saúde
Progestinas/uso terapêutico
Encaminhamento e Consulta
Hormônio Liberador de Gonadotropina/agonistas
Estradiol/uso terapêutico
Estrogênios/uso terapêutico
Miomectomia Uterina/instrumentação
Histerectomia/instrumentação
Medroxiprogesterona/uso terapêutico
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Guia de Prática Clínica
Responsável: BR1.1 - BIREME


  5 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-346124
Autor: Anon.
Título: Estudio sobre la calidad de la vida de mujeres posmenopáusicas tratadas con estrógenos más progestágenos / Study on the quality of life of postmenopausal women treated with estrogen plus progestin
Fonte: Rev. panam. salud pública = Pan am. j. public health;13(4):252-253, abr. 2003.
Idioma: es.
Descritores: Menopausa/metabolismo
Terapia de Reposição de Estrogênios/estatística & dados numéricos
Terapia de Reposição Hormonal/estatística & dados numéricos
-Progestinas/administração & dosagem
Estrogênios/administração & dosagem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Wender, Maria Celeste Osório
Urbanetz, Almir Antonio
Texto completo
Id: lil-694479
Autor: Albernaz, Marco Aurélio(coord); Wender, Maria Celeste Osório(coord); Pompei, Luciano de Melo(coord); Fernandes, César Eduardo(coord); Frasson, Antonio Luiz(coord); Pinto-Neto, Aarão Mendes; Urbanetz, Almir Antonio; Millen, Eduardo Camargo; Garcia, Guilherme Novita; Torresan, Renato Zocchio; Machado, Rogério Bonassi.
Título: Consenso sobre terapia hormonal e câncer de mama / Consensus on hormone therapy and breast cancer
Fonte: Femina;41(2):55-80, março - abril. ilus.
Idioma: pt.
Descritores: Neoplasias da Mama/etiologia
Menopausa/efeitos dos fármacos
Terapia de Reposição de Estrogênios/efeitos adversos
Terapia de Reposição Hormonal/efeitos adversos
Estrogênios/efeitos adversos
-Progestinas/efeitos adversos
Climatério
Literatura de Revisão como Assunto
Cimicifuga/efeitos adversos
Fatores de Risco
Medicina Baseada em Evidências
Estudos Observacionais como Assunto
Isoflavonas/efeitos adversos
Limites: Humanos
Feminino
Tipo de Publ: Relatório Técnico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  7 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-849349
Autor: Brasil. Ministério da Saúde.
Título: Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas: endometriose / Clinical protocol and therapeutic guidelines: endometriosis.
Fonte: s.l; s.n; [2014].
Idioma: pt.
Descritores: Protocolos Clínicos/normas
Endometriose/diagnóstico
Endometriose/tratamento farmacológico
Endometriose/cirurgia
-Anticoncepcionais Orais/administração & dosagem
Danazol/administração & dosagem
Gosserrelina/administração & dosagem
Laparoscopia/métodos
Leuprolida/administração & dosagem
Progestinas/administração & dosagem
Pamoato de Triptorrelina/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Guia de Prática Clínica
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-846493
Autor: Ribeiro, Vânia Maria França; Satrapa, Rodolpho; Diniz, Jefferson Viana Alves; Fêo, Haline Ballestero; Flórez, Luis Mauricio Montoya; Satrapa, Rafael Augusto; Oba, Eunice.
Título: Synchronization of estrus in paca (Cuniculus paca L. ): possible impacts on reproductive and productive parameters / Sincronização do estro em pacas (Cuniculus paca L. ): possíveis impactos sobre parâmetros reprodutivos e produtivos
Fonte: Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online);54(1):27-35, 2017. ilus..
Idioma: en.
Resumo: Estrus synchronization is a reproductive biotechnology used to improve artificial insemination or pairing through the manipulation of the estrous cycle at a desirable time. Employing this technique in captive pacas (Cuniculus paca L.) is important because it creates expectation of meeting the demand for paca meat and, consequently, reduces poaching. Thus, this research aims to verify the effect of a progestogen implant associated with two doses of eCG on the synchronization and induction of fertile estrus. Twenty-seven adult pacas were used, 18 non-pregnant females and nine males, divided into three groups. G1 and G2 females groups (treatments) received 1.5 mg Norgestomet and were injected intramuscularly, seven days later, with 0.13 mg of prostaglandin. After 24 hours the implants were removed and the animals immediately received 25 IU and 50 IU of ECG intramuscularly, respectively. The mating of the three groups took place on the same days. G3 females' group (control) showed estrus on different days after D0. Females under treatment displayed estrus only after removing the implant (D8). G1, G2, and G3 pregnancy rates were 100%, 66%, and 50%, respectively. Regarding births per parturition, 100% of G1 and G3 produced one offspring, while 50% of G2 produced two. Progestogen in the form of subcutaneous implants was effective in mimicking the luteal phase of the estrous cycle. After removal, implants favored the occurrence of a fertile estrus. As a conclusion, further studies must be conducted in order to establish in-depth possible association between 50 IU of eCG, and the occurrence of twin pregnancies.(AU)

A sincronização é uma biotécnica reprodutiva que melhora a porcentagem de cobertura por meio da manipulação do ciclo estral. Empregar esta biotécnica em pacas de cativeiro (Cuniculus paca L.) é importante, pois cria-se a expectativa de que a demanda pela carne seja atendida e a caça ilegal diminua. O objetivo da pesquisa foi verificar o efeito de implantes de progestágenos associados a duas doses de gonadotrofina coriônica equina (eCG) na sincronização e indução de cios férteis de pacas. Foram utilizadas 18 fêmeas não prenhas e nove machos, divididos em três grupos. Fêmeas do G1 e G2 receberam implantes com 1,5mg de Norgestomet e, sete dias depois, 0,13mg de prostaglandina via intramuscular (IM). No dia 8 (D8), foram retirados os implantes e G1 e G2 receberam 25 UI e 50 UI de eCG, IM, respectivamente; G3 foi o controle. O pareamento nos três grupos aconteceu nos mesmos dias. As fêmeas do G3 apresentaram cio alguns dias após o dia zero (D0). Fêmeas que receberam tratamento apresentaram cio só após a retirada do implante no dia 8 (D8). As taxas de prenhez de G1, G2 e G3 atingiram 100%, 66% e 50%, respectivamente. Em relação a filhotes por parto, 100% do G1 e G3 produziram uma cria, enquanto 50% do G2 produziram duas crias. O progestágeno do implante foi eficaz em mimetizar a fase lútea do ciclo estral. Após a remoção, o tratamento hormonal favoreceu a ocorrência de cio fértil. Outros estudos devem ser realizados a fim de estabelecer uma possível associação entre 50 UI de eCG e a ocorrência de gestações gemelares.(AU)
Descritores: Gonadotropina Coriônica/análise
Cuniculidae/fisiologia
Estro
Sincronização do Estro
Tamanho da Ninhada de Vivíparos/efeitos dos fármacos
Progestinas/administração & dosagem
-Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos
Roedores/fisiologia
Limites: Animais
Responsável: BR68.1 - Biblioteca Virginie Buff D'Ápice


  9 / 132 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-835630
Autor: Martirea, Adolfo Luis.
Título: Progestágenos y cáncer de mama / Progestogens and breast cancer
Fonte: Rev. Hosp. Matern. Infant. Ramon Sarda;33(3):124-127, 2014. graf.
Idioma: es.
Descritores: Neoplasias da Mama/etiologia
Neoplasias da Mama/terapia
Progestinas/biossíntese
Progestinas/uso terapêutico
-Antineoplásicos Hormonais/uso terapêutico
Estrogênios/biossíntese
Moduladores de Receptor Estrogênico/uso terapêutico
Pós-Menopausa
Sulfatases/metabolismo
Limites: Humanos
Feminino
Responsável: AR1.1 - Biblioteca Rafael Herrera Vegas


  10 / 132 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-771993
Autor: Marqui, Alessandra Bernadete Trovó de.
Título: Evaluation of endometriosis-associated pain and influence of conventional treatment: a systematic review / Avaliação da dor associada à endometriose e influência do tratamento convencional: uma revisão sistemática
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);61(6):507-518, Nov.-Dec. 2015. tab.
Idioma: en.
Resumo: SUMMARY Endometriosis is a chronic gynecological disease characterized by sustained painful symptoms that are responsible for a decline in the quality of life of sufferers. Conventional treatment includes surgical and pharmacological therapy aiming at reducing painful symptoms. This study aimed to evaluate pain levels in women with endometriosis, focusing on the influence of conventional treatment in controlling this variable. To do so, a literature search was conducted in the Medline/Pubmed databases, with 119 scientific articles found. After applying the inclusion and exclusion criteria, 27 were selected for reading and elaboration of this review. Thus, 9 studies evaluated the contribution of surgery, 17 the use of drugs to reduce pain levels in patients with endometriosis and one assessed surgical and medical treatment. The main results of these searches are presented and discussed in this revision. Surgery and the use of drugs provided reduced pain scores in patients with endometriosis but nevertheless exhibit disadvantages, such as risk of recurrence and side effects, respectively. Treatment of endometriosis is, therefore, a challenge for gynecologists and patients, as they must select the best therapeutic approach for this disease. However, improved quality of life in these patients has been obtained with the use of conventional treatment.

RESUMO A endometriose é uma doença ginecológica crônica caracterizada por quadros álgicos constantes responsáveis pela redução da qualidade de vida das portadoras. O tratamento convencional, que inclui o cirúrgico e farmacológico, tem por finalidade reduzir os sintomas de dor. Este estudo teve por objetivo avaliar os níveis de dor nas mulheres com endometriose, com enfoque na influência do tratamento convencional no controle dessa variável. Para isso, foi realizada uma pesquisa bibliográfica no Medline/PubMed e foram encontrados 119 artigos científicos, sendo que, após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 27 foram selecionados para leitura e elaboração desta revisão. Desse modo, nove estudos avaliaram a contribuição da cirurgia; dezessete, o uso de medicamentos para redução nos níveis de dor em pacientes com endometriose; e um, o tratamento cirúrgico e medicamentoso. Os principais resultados dessas pesquisas estão apresentados e discutidos nesta revisão. A cirurgia e o uso de medicamentos proporcionaram redução nos escores de dor nas pacientes com endometriose, no entanto, exibem desvantagens como risco de recorrência e efeitos colaterais, respectivamente. Assim, o tratamento para endometriose é um desafio para ginecologistas e pacientes, uma vez que é necessário selecionar a melhor abordagem terapêutica para essa doença. Entretanto, melhora na qualidade de vida das pacientes foi obtida com o emprego do tratamento convencional.
Descritores: Endometriose/tratamento farmacológico
Estrogênios/uso terapêutico
Medição da Dor/métodos
Dor Pélvica/tratamento farmacológico
Progestinas/uso terapêutico
-Doença Crônica
Quimioterapia Combinada
Endometriose/complicações
Endometriose/cirurgia
Laparoscopia/efeitos adversos
Laparoscopia/normas
Dor Pélvica/etiologia
Dor Pélvica/cirurgia
Qualidade de Vida
Limites: Feminino
Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 14 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde