Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.696.560.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 409 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 41 ir para página                         

  1 / 409 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-789775
Autor: Stefanini, Edson; Trajano Filho, Juscélio.
Título: Abordagem clínica da congestão pulmonar aguda no cardiopata / Clinical approach to acute pulmonary congestion in heart disease
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;26(1):39-45, jan.-mar.2016.
Idioma: pt.
Resumo: A congestão pulmonar aguda no paciente com doença cardíaca é uma manifestação clínica de extrema gravidade, ocorrendo em aproximadamente 25% dos casosde insuficiência cardíaca aguda. O diagnóstico é essencialmente clínico, baseado na anamnese e exame físico. Os exames complementares não devem retardar o início do tratamento na sala de emergência. Descontrole pressórico, progressão da doença valvar, infarto do miocárdio e arritmias são fatores desencadeantes frequentes paraedema agudo de pulmão. O tratamento inicial fundamenta-se na suplementação de oxigênio e suporte ventilatório, administração de opioides, diuréticos e vasodilatadores endovenosos. Inotrópicos estão indicados na presença de instabilidade hemodinâmicacom disfunção orgânica...

Acute pulmonary congestion in patients with cardiac disease is a clinical manifestation of extreme severity, occurring in approximately 25% of cases of acute heart failure. Diagnosis is essentially clinical, based on history and physical examination. Complementarytests should not delay the start of treatment in the emergency room. Uncontrolled blood pressure, progression of valvular disease, myocardial infarction, and arrhythmias are common triggers for acute pulmonary edema. Initial treatment is based on supplemental oxygen and ventilatory support, administration of opioids, intravenous diuretics, andvasodilators. Inotropic agents are indicated in the presence of hemodynamic instability with organ dysfunction...
Descritores: Edema Pulmonar/complicações
Edema Pulmonar/terapia
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico
Insuficiência Cardíaca/terapia
Átrios do Coração
-Cardiotônicos
Dispneia/complicações
Diuréticos/administração & dosagem
Ecocardiografia Doppler/métodos
Eletrocardiografia/métodos
Fatores de Risco
Morfina/administração & dosagem
Ultrafiltração/métodos
Vasodilatadores/administração & dosagem
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  2 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Chile
Texto completo
Id: biblio-1013820
Autor: Reyna Villasmil, Eduardo; Mejia Montilla, Jorly; Reyna Villasmil, Nadia; Torres Cepeda, Duly; Rondón Tapía, Marta; Fernández Ramírez, Andreina; Briceño Pérez, Carlos.
Título: Furosemida en el control de la hipertensión arterial posparto en preeclámpticas severas / Furosemide in the control of postpartum hypertension in severe preeclamptic women
Fonte: Rev. chil. obstet. ginecol. (En línea);84(2):112-121, 2019. tab.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN OBJETIVO: Establecer la utilidad de la furosemida en el control de la hipertensión arterial posparto en preeclámpticas severa. MÉTODOS: Se realizó un estudio de casos y controles en el Hospital Central "Dr. Urquinaona", Maracaibo, Venezuela. Se incluyeron pacientes con preeclampsia severa, las cuales durante el posparto fueron asignadas al azar para ser tratadas con furosemida, alfametildopa y cloruro de potasio oral (grupo A) o alfa-metildopa oral (grupo B) por 48 horas. Los parámetros evaluados fueron: variaciones en los valores de presión arterial y frecuencia cardiaca, persistencia de hipertensión, parámetros de laboratorio y efectos adversos. RESULTADOS: Para el análisis final estaban disponibles los datos de 198 pacientes en el grupo A y 197 pacientes en el grupo B en cada uno de los grupos. Luego de 48 horas de tratamiento se observaron disminuciones estadísticamente significativas en los valores de presión arterial sistólica y diastólica entre las pacientes tratadas con furosemida y las pacientes del grupo control (p < 0,0001). Se observó persistencia de la hipertensión en 52 pacientes (26,3 %) del grupo A y en 134 pacientes (68,0 %) del grupo B (p < 0,0001). No se encontraron diferencias entre los grupos en la frecuencia cardiaca, valores de laboratorio y efectos adversos (p = ns). CONCLUSIÓN: La furosemida produce disminuciones significativas en los valores promedios de presión arterial sistólica y diastólica, al igual que en la frecuencia de persistencia de hipertensión postparto en preeclámpticas severas.

ABSTRACT OBJECTIVE: To establish the utility of furosemide in the control of postpartum blood pressure in severe preeclamptic patients. METHODS: A case-control study was conducted at the Central Hospital "Dr. Urquinaona", Maracaibo, Venezuela. Patients diagnosed with severe preeclampsia were included, who during the postpartum period were randomized to be treated with furosemide, alpha-methyldopa and oral potassium chloride (group A) or oral alpha-methyldopa (group B) for 48 hours. The parameters evaluated were: variations in blood pressure and heart rate values, the persistence of hypertension, laboratory parameters and adverse effects related to treatment. RESULTS: Data of 198 patients in group A and 197 patients in group B in each of the groups were available for the final analysis. After 48 hours of treatment, statistical significant decreases were observed in the values of systolic and diastolic blood pressure between patients treated with furosemide and patients in the control group (p <0.0001). Persistence of hypertension was observed in 52 patients (26.3 %) of group A and in 134 patients (68.0 %) of group B (p < 0.0001). No differences were found between the groups in heart rate, laboratory values and adverse effects (p = ns). CONCLUSION: Furosemide produces significant decreases in the mean values of systolic and diastolic blood pressure, as well as in the frequency of persistence of postpartum hypertension in severe preeclamptic patients.
Descritores: Pré-Eclâmpsia
Período Pós-Parto
Diuréticos/administração & dosagem
Furosemida/uso terapêutico
Hipertensão
-Assistência Perinatal
Limites: Humanos
Feminino
Gravidez
Adulto
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CL126.2 - Biblioteca Médica Dr. Profesor Hernán Alessandri R.


  3 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Almeida, Dirceu Rodrigues
Texto completo
Texto completo
Id: biblio-970628
Autor: Almeida, Dirceu Rodrigues; Oliveira, Rafaela Rádner Reis de.
Título: Insuficiência cardíaca aguda (ICA) - decisão terapêutica: inotrópicos ou vasodilatadores? / Therapeutic decision in acute heart failure: inotropic agents or vasodilator drugs?
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;28(4):434-439, out.-dez. 2018. ilus, graf.
Idioma: en; pt.
Resumo: A insuficiência cardíaca aguda é a principal causa de hospitalização em pacientes acima de 65 anos, além de possuir altos índices de mortalidade hospitalar. Na sua abordagem terapêutica é mandatório um diagnóstico rápido e pronta caracterização do perfil hemodinâmico, baseando-se nos sinais clínicos de congestão e baixo débito cardíaco, para que possamos instituir a terapêutica com drogas endovenosas para alívio rápido dos sintomas, restabelecer a perfusão adequada dos órgãos e reduzir o risco de morte. As drogas a serem administradas de forma isolada ou em combinação são representadas pela furosemida endovenosa em infusão intermitente e contínua, dependendo do grau de congestão pulmonar e/ou sistêmica, as drogas vasodilatadoras e os agentes inotrópicos. As drogas vasodilatadoras, como o nitroprussiato de sódio e a nitroglicerina via endovenosa são, frequentemente, adicionadas aos diuréticos para o tratamento da insuficiência cardíaca aguda com perfil hemodinâmico B, promovendo estabilidade hemodinâmica mais rápida e pronto alívio da dispneia. O nitroprussiato de sódio é preferível nos pacientes com IC perfil B com níveis elevados de resistência vascular periférica e grave congestão pulmonar. Já a nitroglicerina é preferível nos pacientes com cardiopatia isquêmica ou com insuficiência coronariana aguda associada à insuficiência cardíaca. Os agentes inotrópicos positivos estão indicados nos pacientes com IC aguda e evidências de baixo débito cardíaco (perfil hemodinâmico C), a fim de garantir a melhora da perfusão tissular mediante aumento do débito cardíaco, principalmente, nos pacientes hipotensos e com piora da função renal. A associação de inotrópicos com vasodilatadores deve ser considerada quando existe a combinação de baixo débito cardíaco e aumento significativo de resistência vascular pulmonar e ou sistêmica

Acute heart failure is the leading cause of hospitalization in patients over 65 years of age and is accompanied by high hospital mortality rates. In its therapeutic approach, rapid diagnosis and prompt characterization of the hemodynamic profile based on clinical signs of congestion and low cardiac output are mandatory so that we can provide intravenous drug therapy for rapid symptom relief to restore adequate organ perfusion and reduce the risk of death. Drugs to be used alone or in combination are represented by intravenous furosemide in intermittent infusion and continue to depend on the degree of pulmonary and/or systemic congestion, vasodilator drugs, and inotropic agents. Vasodilator drugs, such as sodium nitroprusside and intravenous nitroglycerin, are often added to diuretics for the treatment of acute cardiac insufficiency with hemodynamic profile B, promoting faster hemodynamic stability and prompt relief of dyspnea. Sodium nitroprusside is preferable in patients with hemodynamic profile B with high peripheral vascular resistance and severe pulmonary congestion. Nitroglycerin is preferable in patients with ischemic heart disease or acute coronary insufficiency associated with heart failure (HF). Positive inotropic agents are indicated in patients with acute HF and evidence of low cardiac output (hemodynamic profile C) to ensure improvement in tissue perfusion by increasing cardiac output, especially in patients with hypotension and worsening renal function. The association of inotropes and vasodilators should be considered when there is a combination of low cardiac output and significant increase in pulmonary and/or systemic vascular resistance
Descritores: Vasodilatadores/uso terapêutico
Doença Aguda
Insuficiência Cardíaca/terapia
-Terapêutica
Cardiotônicos
Doenças Cardiovasculares
Diuréticos/uso terapêutico
Dobutamina/uso terapêutico
Hemodinâmica
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  4 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-538339
Autor: Fraga, Raffael Francisco Pires; Buglia, Susimeire; Negrão, Carlos Eduardo.
Título: Teste ergométrico na hipertensão arterial: como interpretar as respostas e sua aplicação prática / The exercise stress test in hypertension: how to interpret and its practical application
Fonte: Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo;19(3):397-411, jul.-set. 2009. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: O teste ergométrico é exame útil no diagnóstico, prognóstico e seguimento de diferentes doenças cardiovasculares. Diante dessas aplicações, sua solicitação complementar é frequente em pacientes com hipertensão arterial, uma vez que a prevalência de doença coronária é alta nessa população. A observância correta de algumas recomendações torna o método valioso no auxílio ao processo de decisão clínica. Em pacientes com diagnóstico estabelecido de hipertensao arterial, medidas de pressão arterial obtidas durante exercício físico dinâmico podem ser usadas, como: a) avaliação funcional e do comportamento da pressão arterial em indivíduos envolvidos em programas de atividade física: b) avaliação prognóstica de risco cardiovascular; identificação precoce de futuros pacientes hipertensos; d) avaliação prognóstica de lesões de órgãos-alvo; e e) verificação da eficácia terapêutica. Contudo as dificuldades de interpretação dos dados...
Descritores: Hipertensão/terapia
Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial/métodos
Teste de Esforço/métodos
-Bloqueadores dos Canais de Cálcio/sangue
Diuréticos/urina
Ensaios Clínicos como Assunto
Limites: Humanos
Masculino
Adulto
Responsável: BR44.1 - Serviço de Biblioteca, Documentação Científica e Didática Prof. Dr. Luiz Venere Décourt


  5 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-912142
Autor: Rosembaun, A; Winter, M.
Título: ¿Son efectivos los diuréticos en la enfermedad de Ménière? / Are diuretics effective for Ménière`s disease?
Fonte: Medwave;18(2):e7187, 2018.
Idioma: en; es.
Resumo: INTRODUCCIÓN: La enfermedad de Ménière es una anomalía del oído interno caracterizada por episodios de vértigo espontáneo, hipoacusia fluctuante y tinnitus. Los diuréticos han sido ampliamente utilizados para el tratamiento de las crisis de esta enfermedad, pero existe controversia respecto a su eficacia. MÉTODOS: Para responder esta pregunta utilizamos Epistemonikos, la mayor base de datos de revisiones sistemáticas en salud, la cual es mantenida mediante búsquedas en múltiples fuentes de información, incluyendo MEDLINE, EMBASE, Cochrane, entre otras. Extrajimos los datos desde las revisiones identificadas, reanalizamos los datos de los estudios primarios y preparamos una tabla de resumen de los resultados utilizando el método GRADE. RESULTADOS Y CONCLUSIONES: Identificamos tres revisiones sistemáticas que en conjunto incluyen diecinueve estudios primarios, de los cuales, cuatro son ensayos aleatorizados. Concluimos que no está claro si el uso de diuréticos lleva a una mejoría sintomática del vértigo o a una disminución objetiva de la hipoacusia en pacientes con enfermedad de Ménière, porque la certeza de la evidencia es muy baja.

INTRODUCTION: Ménière`s disease is an inner ear disorder characterized by episodes of spontaneous vertigo, fluctuating hearing loss and tinnitus. Diuretics have been widely used for the treatment of attacks, but there is controversy about their effectiveness. METHODS: To answer this question we used Epistemonikos, the largest database of systematic reviews in health, which is maintained by screening multiple information sources, including MEDLINE, EMBASE, Cochrane, among others. We extracted data from the systematic reviews, reanalyzed data of primary studies, conducted a meta-analysis and generated a summary of findings table using the GRADE approach. RESULTS AND CONCLUSIONS: We identified three systematic reviews including nineteen studies overall, of which four were randomized trials. We concluded it is not clear whether diuretics lead to a symptomatic improvement of vertigo or an objective decrease in hearing loss in patients with Ménière`s disease, because the certainty of the evidence is very low.
Descritores: Diuréticos/uso terapêutico
Doença de Meniere/tratamento farmacológico
-Zumbido/etiologia
Zumbido/tratamento farmacológico
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Vertigem/etiologia
Vertigem/tratamento farmacológico
Bases de Dados Factuais
Resultado do Tratamento
Perda Auditiva/etiologia
Perda Auditiva/tratamento farmacológico
Doença de Meniere/fisiopatologia
Tipo de Publ: Metanálise
Responsável: CL1.1 - Biblioteca Central


  6 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id: biblio-1140680
Autor: RIBEIRO, Marcelo; MENDES, Sabrina Kelly Ramos; CHIATTONE, Maria Fernanda; ARCHONDO, Márcia Eugênia del. Llano.
Título: Avaliação de potássio, sódio e cálcio em neonatos com displasia broncopulmonar em uso de diuréticos / Evaluation of potassium, sodium and calcium in neonates with bronchopulmonary dysplasia using diuretics.
Fonte: São Paulo; s.n; 2019.
Idioma: pt.
Resumo: Os diuréticos, no tratamento da Displasia Broncopulmonar (DBP), têm como função diminuir a retenção hídrica e auxiliar a reabsorção do edema intersticial dos pulmões. É uma doença crônica causada pela inflamação da membrana pulmonar e sua morbidade é mais comum em recém-nascidos com extremo baixo peso (EBP). O tratamento com diuréticos incluem os de alça, os tiazídicos e os poupadores de potássio. Objetivo: analisar possíveis efeitos da terapia com diuréticos sobre os íons de cálcio, sódio e potássio de amostras de sangue e urina dos neonatos diagnosticados com Displasia Broncopulmonar. Resultados: As concentrações séricas de sódio apresentaram variações abaixo dos valores mínimos de referência sendo suas alterações creditadas ao uso farmacológico. Outros resultados apresentaram limitações sendo um dificultador do estudo. Palavras-chave: displasia broncopulmonar; prematuridade; diuréticos; eventos adversos
Descritores: Displasia Broncopulmonar
-Recém-Nascido Prematuro
Diuréticos/efeitos adversos
Responsável: BR45.1 - Biblioteca
BR45.1


  7 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: biblio-1100723
Autor: Cuffaro, Paula.
Título: Los betabloqueantes no son fármacos de primera línea en el tratamiento de la hipertensión arterial / Beta-blockers are not first-line treatment drugs in hypertension
Fonte: Evid. actual. práct. ambul;20(3):69-70, 2017. ilus, tab.
Idioma: es.
Descritores: Antagonistas Adrenérgicos beta/uso terapêutico
Hipertensão/tratamento farmacológico
Anti-Hipertensivos/uso terapêutico
-Atenolol/uso terapêutico
Literatura de Revisão como Assunto
Bloqueadores dos Canais de Cálcio/uso terapêutico
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Metanálise como Assunto
Antagonistas Adrenérgicos beta/efeitos adversos
Doença das Coronárias/prevenção & controle
Acidente Vascular Cerebral/prevenção & controle
Diuréticos/uso terapêutico
Antagonistas de Receptores de Angiotensina/uso terapêutico
Revisões Sistemáticas como Assunto
Parada Cardíaca/prevenção & controle
Hipertensão/mortalidade
Anti-Hipertensivos/efeitos adversos
Limites: Humanos
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Adulto Jovem
Tipo de Publ: Comentário
Responsável: AR2.1 - Biblioteca Central


  8 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-1057100
Autor: Reis, Thiago.
Título: Acute kidney injury
Fonte: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992);66(supl.1):s68-s74, 2020. tab, graf.
Idioma: en.
Descritores: Diuréticos/uso terapêutico
Injúria Renal Aguda/tratamento farmacológico
Furosemida/uso terapêutico
-Equilíbrio Hidroeletrolítico
Biomarcadores/análise
Terapia de Substituição Renal
Injúria Renal Aguda/fisiopatologia
Injúria Renal Aguda/mortalidade
Taxa de Filtração Glomerular
Limites: Humanos
Tipo de Publ: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME


  9 / 409 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-838718
Autor: Costa, Mario Augusto Cray da; Lirani, Wesley; Wippich, Ana Caroline; Lopes, Luana; Tolentino, Eduardo de Souza; Zampar, Beatriz; Schafranski, Marcelo Derbli.
Título: Comparison of Two Central Venous Pressure Control Strategies to Prevent Atrial Fibrillation After Coronary Artery Bypass Grafting / Comparação de Duas Estratégias de Controle de Pressão Venosa Central na Prevenção de Fibrilação Atrial em Pós-Operatório de Revascularização do Miocárdio
Fonte: Arq. bras. cardiol;108(4):297-303, Apr. 2017. tab.
Idioma: en.
Resumo: Abstract Background: Atrial fibrillation (AF) takes place in 10-40% of patients undergoing coronary artery bypass grafting (CABG), and increases cardiovascular mortality. Enlargement of atrial chambers is associated with increased AF incidence, so patients with higher central venous pressure (CVP) are expected to have larger atrial distension, which increases AF incidence. Objective: To compare post-CABG AF incidence, following two CVP control strategies. Methods: Interventional, randomized, controlled clinical study. The sample comprised 140 patients undergoing CABG between 2011 and 2015. They were randomized into two groups, G15 and G20, with CVP maintained ≤ 15 cmH2O and ≤ 20 cmH2O, respectively. Results: 70 patients were included in each group. The AF incidence in G15 was 8.57%, and in G20, 22.86%, with absolute risk reduction of 14.28%, and number needed to treat (NNT) of 7 (p = 0.03). Mortality (G15 = 5.71%; G20 = 11.42%; p = 0.07), hospital length of stay (G15 = 7.14 days; G20 = 8.21 days; p = 0.36), number of grafts (median: G15 = 3, G2 = 2; p = 0.22) and cardiopulmonary bypass use (G15 = 67.10%; G20 = 55.70%; p = 0.22) were statistically similar. Age (p = 0.04) and hospital length of stay (p = 0.001) were significantly higher in patients who developed AF in both groups. Conclusion: Keeping CVP low in the first 72 post-CABG hours reduces the relative risk of AF, and may be useful to prevent AF after CABG.

Resumo Fundamento: A fibrilação atrial (FA) ocorre em 10-40% dos pacientes submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica (RM), e eleva a mortalidade cardiovascular. Como o aumento dos átrios está associado ao aumento da incidência de FA, espera-se que pacientes com pressão venosa central (PVC) mais alta tenham maior distensão atrial, o que eleva a incidência dessa arritmia. Objetivo: Comparar a incidência de FA em pós-operatório de RM, seguindo duas estratégias de controle de PVC. Métodos: Estudo clínico randomizado controlado intervencionista. A amostra foi composta por 140 pacientes submetidos a RM entre 2011 e 2015. Os pacientes foram randomizados em dois grupos, G15 e G20, mantidos com PVC máxima de 15 cmH2O e 20 cmH2O, respectivamente. Resultados: Foram incluídos 70 pacientes em cada grupo. A incidência da arritmia em G15 foi de 8,57% e, no G20, de 22,86%, com redução de risco absoluto de 14,28% e número necessário para tratar (NNT) de 7 (p = 0,03). Mortalidade (G15 = 5,71%; G20 = 11,42%; p = 0,07), tempo de internamento (G15 = 7,14 dias; G20 = 8,21 dias; p = 0,36), número de enxertos (medianas: G15 = 3, G2 = 2; p = 0,22) e uso de circulação extracorpórea (G15 = 67,10%; G20 = 55,70%; p = 0,22) mostraram-se estatisticamente semelhantes. A idade (p = 0,04) e o tempo de internamento (p = 0,001) foram significativamente maiores nos pacientes que desenvolveram FA nos dois grupos. Conclusão: Manter a PVC com valores mais baixos nas primeiras 72h após a cirurgia de RM reduz o risco relativo de FA e pode ser uma ferramenta útil na prevenção da FA após RM.
Descritores: Fibrilação Atrial/etiologia
Fibrilação Atrial/prevenção & controle
Pressão Venosa Central/fisiologia
Ponte de Artéria Coronária/efeitos adversos
-Período Pós-Operatório
Fibrilação Atrial/epidemiologia
Pressão Venosa Central/efeitos dos fármacos
Ponte de Artéria Coronária/mortalidade
Incidência
Estudos Prospectivos
Fatores Etários
Diuréticos/administração & dosagem
Furosemida/administração & dosagem
Tempo de Internação/estatística & dados numéricos
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Responsável: BR1.1 - BIREME


  10 / 409 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Acúrcio, Francisco de Assis
Texto completo
Id: biblio-952735
Autor: Silva, Michael Ruberson Ribeiro da; Diniz, Leonardo Maurício; Santos, Jéssica Barreto Ribeiro dos; Reis, Edna Afonso; Mata, Adriana Rodrigues da; Araújo, Vânia Eloisa de; Álvares, Juliana; Acurcio, Francisco de Assis.
Título: Uso de medicamentos e fatores associados à polifarmácia em indivíduos com diabetes mellitus em Minas Gerais, Brasil / Drug utilization and factors associated with polypharmacy in individuals with diabetes mellitus in Minas Gerais, Brazil
Fonte: Ciênc. Saúde Colet;23(8):2565-2574, Aug. 2018. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar o uso de medicamentos, a prevalência e os fatores associados à polifarmácia em pacientes com diabetes mellitus (DM) em Minas Gerais. Realizou-se um estudo transversal com descrição dos medicamentos em uso e análise da associação entre características sociodemográficas e clínicas com polifarmácia, por meio de regressão logística. Dos 2619 entrevistados, 56,5% estavam em polifarmácia. Medicamentos para DM, agentes no sistema renina-angiotensina e diuréticos foram os mais usados. Fatores como envelhecimento, presença de comorbidades e maior acesso aos serviços de saúde foram associados à polifarmácia. Observou-se elevada prevalência de polifarmácia, o que requer um cuidado adequado e melhor qualidade do uso de medicamentos para essa população.

Abstract The objective of this study was to evaluate the use of drugs and the factors associated with polypharmacy in patients with diabetes mellitus (DM) in Minas Gerais. Descriptive analysis of drugs in use and logistic regression to estimate the association between socio-demographic and clinical characteristics with polypharmacy were performed. Of the 2619 respondents, 56.5% were in polypharmacy. Drugs for DM, agent in renin-angiotensin system, and diuretics are the most frequently used. Factors such as age, comorbidities and increased access to health services were associated with polypharmacy. It was observed high prevalence of polypharmacy, which requires a suitable care and better quality of drug use in this population.
Descritores: Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem
Polimedicação
Diabetes Mellitus/tratamento farmacológico
Acesso aos Serviços de Saúde
-Sistema Renina-Angiotensina/efeitos dos fármacos
Brasil
Modelos Logísticos
Prevalência
Fatores Etários
Diuréticos/administração & dosagem
Uso de Medicamentos
Hipoglicemiantes/administração & dosagem
Pessoa de Meia-Idade
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Idoso
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 41 ir para página                         
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde