Base de dados : LILACS
Pesquisa : D27.505.696.663.050.500 [Categoria DeCS]
Referências encontradas : 34 [refinar]
Mostrando: 1 .. 10   no formato [Detalhado]

página 1 de 4 ir para página            

  1 / 34 LILACS  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-888150
Autor: Grigera, Julio Daniel; Grigera, Emilio Daniel.
Título: Ultrasound biomicroscopy in acetazolamide-induced myopic shift with appositional angle closure / Biomicroscopia ultrassônica em mudança miópica induzida por acetazolamida no fechamento de ângulo
Fonte: Arq. bras. oftalmol;80(5):327-329, Sept.-Oct. 2017. graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT We report a case of a 49-year-old female who presented to the emergency department with blurred vision and vomiting, hours after taking two tablets of 250 mg of acetazolamide. The anterior chamber was bilaterally flat, with normal intraocular pressure in both eyes. An ultrasound biomicroscopic (UBM) examination showed bilateral ciliary effusion and complete appositional angle closure in all quadrants. Acetazolamide-induced bilateral angle closure was diagnosed. Steroid and cycloplegic therapy were initiated, and acetazolamide was discontinued. The following day, the anterior chamber had regained its volume without substantial change in the effusion size. Three weeks later, complete resolution of the ciliary effusion was verified by means of a third UBM scan.

RESUMO Relatamos um caso de uma mulher de 49 anos que se apresentou ao departamento de emergência informando visão borrada e vômitos, horas após ter tomado dois comprimidos de 250 mg de acetazolamida. A câmara anterior era bilateralmente plana com pressão intraocular normal em ambos os olhos. Um exame de biomicroscopia ultrassônica (UBM) mostrou efusão ciliar bilateral e fechamento completo do ângulo aposicional em todos os quadrantes. O bloqueio angular bilateral induzido por acetazolamida foi diagnosticado. O tratamento com esteróides e cicloplégicos foi iniciado e a acetazolamida foi descontinuada. No dia seguinte, a câmara anterior recuperou seu volume sem alterações substanciais no tamanho da efusão. Três semanas depois, a resolução completa da efusão ciliar foi verificada por meio de uma terceira biomicroscopia ultrassônica.
Descritores: Inibidores da Anidrase Carbônica/efeitos adversos
Microscopia Acústica/métodos
Câmara Anterior/efeitos dos fármacos
Câmara Anterior/diagnóstico por imagem
Acetazolamida/efeitos adversos
Miopia/induzido quimicamente
-Esteroides/uso terapêutico
Resultado do Tratamento
Pressão Intraocular
Midriáticos/uso terapêutico
Miopia/tratamento farmacológico
Miopia/diagnóstico por imagem
Limites: Humanos
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: BR1.1 - BIREME


  2 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-989391
Autor: Ventura, Bruna Vieira; Rabello, Laura Portela; Silvestre, Fernanda; Ventura, Marcelo Carvalho.
Título: Efficacy of preoperative nonsteroidal anti-inflammatory drug and the re-dilation technique in minimizing miosis after femtosecond laser in cataract surgery / Eficácia do AINE pré-operatório e da técnica de re-dilatação em minimizar a miose na cirurgia de catarata com laser de femtosegundo
Fonte: Arq. bras. oftalmol;82(2):111-118, Mar.-Apr. 2019. tab, graf.
Idioma: en.
Resumo: ABSTRACT Purpose: To assess the efficacy of using a nonste­roidal anti-inflammatory drug preoperatively and of applying the re-dilation technique when necessary to minimize pupil size variation when comparing the degree of mydriasis before femtosecond laser pretreatment with that at the beginning of phacoemulsification. Methods: This retrospective study included patients who underwent cataract surgery using the LenSx (Alcon Laboratories, Inc., Fort Worth, TX). Our routine dilating regimen with flurbiprofen, tropicamide, and phenylephrine was used. The re-dilation technique was applied on eyes that manifested with a pupillary diameter that was smaller than the programmed capsulotomy diameter after laser pretreatment. The technique consists of overcoming pupillary contraction by instilling tropicamide and phenylephrine before phacoemulsification. Pupil size was assessed before femtosecond laser application and at the beginning of phacoemulsification. Results: Seventy-five eyes (70 patients) were included. Nine (12%) eyes underwent the re-dilation technique. There was no significant difference in mean pupillary diameter and mean pupillary area between the two studied surgical time points (p=0.412 and 0.437, respectively). The overall pupillary area constriction was 2.4 mm2. Immediately before opening the wounds for phacoemulsification, none of the eyes presented with a pupillary diameter <5 mm, and 61 (85.3%) eyes had a pupillary diameter >6 mm. Conclusion: Preoperative administration of nonsteroidal anti-inflammatory drug and the re-dilation technique resulted in no significant pupil size variation in eyes that were pretreated with the femtosecond laser, when comparing the measurements made before the laser application and at the beginning of phacoemulsification. This approach can avoid the need to proceed with cataract extraction with a constricted pupil.

RESUMO Objetivo: Avaliar a eficácia do uso de anti-inflamatório não-esteróide no pré-operatório e aplicação da técnica de re-dilatação quando necessária para minimizar a variação do tamanho pupilar ao comparar o grau de midríase antes do tra­tamento com laser de femtosegundo no início da facoemulsificação. Métodos: Esse estudo retrospectivo incluiu pacientes que foram submetidos à cirurgia de catarata usando o LenSx (Alcon Laboratories, Inc., Fort Worth, TX). Nosso regime de di­latação de rotina com flurbiprofeno, tropicamida e fenilefrina foi usado. A técnica de re-dilatação doi aplicada em olhos que se manifestaram com um diâmetro pupilar menor do que o diâmetro da capsulotomia programado após o pré-tratamento a laser. A técnica consiste em superar a contração pupilar pela instilação de tropicamida e fenilefrina antes da facoemulsificação. O tamanho pupilar foi avaliado antes da aplicação do laser de femtosegundo e no inicio da facoemulsificação. Resultados: Setenta e cinco olhos (70 pacientes) foram incluídos. Nove (12%) olhos foram submetidos à técnica de re-dilatação. Não houve diferença significativa no diâmetro pupilar médio e na área pupilar média entre os dois tempos cirúrgicos estudados (p=0,412 e 0,437, respectivamente). A constrição global da área pupilar foi de 2,4 mm2. Imediatamente antes de abrir as incisões para a facoemulsificação, nenhum dos olhos apresentava diâmetro pupilar <5 mm e 61 (85,3%) olhos apresentavam um diâmetro pupilar >6 mm. Conclusões: O administração pré-operatória de anti-inflamatório não-esteróide e da técnica de re-dilatação resultaram em uma variação significativa do tamanho pupilar em olhos que foram pré-tratados com laser de femtosegundo, comparando as medidas realizadas antes da aplicação do laser e no inicio da facoemulsificação. Essa abordagem pode evitar a necessidade de prosseguir com a extração da catarata com uma pupila contraída.
Descritores: Miose/prevenção & controle
Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico
Flurbiprofeno/uso terapêutico
Facoemulsificação/métodos
Lasers
Midriáticos/uso terapêutico
-Fenilefrina/uso terapêutico
Tropicamida/uso terapêutico
Miose/etiologia
Miose/patologia
Pupila/efeitos dos fármacos
Estudos Retrospectivos
Facoemulsificação/efeitos adversos
Terapia a Laser/métodos
Pressão Intraocular
Complicações Intraoperatórias/prevenção & controle
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Idoso
Idoso de 80 Anos ou mais
Tipo de Publ: Estudo de Avaliação
Responsável: BR1.1 - BIREME


  3 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: biblio-1093679
Autor: Cuan Aguilar, Yoriel; Montero Díaz, Eric; Álvarez Martínez, Judith; Pérez Candelaria, Eneida; Cárdenas Díaz, Taimi; Hormigó Puertas, Iraisi F.
Título: Midriáticos intracamerales en la cirugía de catarata / Intracameral mydriatics in cataract surgery
Fonte: Rev. cuba. oftalmol;32(1):e691, ene.-mar. 2019.
Idioma: es.
Resumo: RESUMEN Durante la cirugía de catarata, la inducción de la dilatación de la pupila (midriasis) y el mantenimiento de un grado adecuado de esta a lo largo de toda la operación son elementos críticos para la eliminación y el reemplazo exitoso del cristalino. Una pupila pequeña o un cierre pupilar durante la cirugía hacen que esta sea un desafío desde el punto de vista técnico y aumente el riesgo de complicaciones transquirúrgicas, por lo que una midriasis adecuada y mantenida ha permanecido hasta nuestros días como un pilar fundamental para maximizar la seguridad y los resultados refractivos de la cirugía de catarata moderna. Esta midriasis se consigue habitualmente con la aplicación previa de colirios anticolinérgicos y simpaticomiméticos, con los cuales el tiempo de espera para la dilatación pupilar es frecuentemente más largo que el procedimiento quirúrgico; tienen una significativa absorción sistémica que pueden aumentar el riesgo de efectos secundarios cardiovasculares, y el efecto midriático tiende a desaparecer durante la cirugía. Con el objetivo de acceder a la información actualizada sobre los fármacos midriáticos más usados de modo intracameral, sus dosis y formas de aplicación durante la cirugía de catarata, se realiza el presente trabajo de revisión(AU)

ABSTRACT In cataract surgery, induction and maintenance of an adequate degree of pupil dilation (mydriasis) throughout the operation are critical elements for the successful removal and replacement of the crystalline lens. A small pupil or pupil closure during surgery pose a technical challenge and increase the risk of intraoperative complications. This is the reason why adequate, maintained mydriasis has remained to this day a fundamental pillar to maximize both safety and satisfactory refractive results in modern cataract surgery. Mydriasis is normally achieved with the previous application of anticholinergic and sympathomimetic eye drops, for which the waiting time for pupil dilation is often longer than the surgical procedure, they have significant systemic absorption which may increase the risk of cardiovascular side effects, and the mydriatic effect tends to vanish during surgery. A bibliographic review was conducted with the purpose of accessing updated information about the most commonly used intracameral mydriatic drugs, their doses and modes of application during cataract surgery(AU)
Descritores: Fenilefrina/administração & dosagem
Extração de Catarata/efeitos adversos
Lidocaína/administração & dosagem
Midriáticos/uso terapêutico
Limites: Humanos
Responsável: CU1.1 - Biblioteca Médica Nacional


  4 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: biblio-844064
Autor: Portes, Arlindo José Freire; Fonseca, Anna Carolina Silva da; Ruliere, Camila Monteiro; Ferreira, Luiz Felipe Lobo; Souza, Nicole Martins de.
Título: Efeito midriático da fenilefrina a 10% na comparação entre a autoinstilação de gota em olhos abertos e a vaporização em olhos fechados / Phenylephrine 10% mydriatic effect: comparison between self instillation of eye drop in open eyes and spray in closed eyes
Fonte: Rev. bras. oftalmol;76(1):28-32, Jan.-Feb. 2017. tab.
Idioma: pt.
Resumo: RESUMO Objetivo: Comparar a eficácia fenilefrina a 10% aplicada pelo próprio paciente por vaporização em olho fechado em relação à instilação de gota em olho aberto em indivíduos que irão realizar exame de fundoscopia e avaliar o nível de dificuldade e a adequação técnica entre os métodos de administração. Métodos: Ensaio clínico controlado, randomizado e pareado realizado em 2014 envolvendo 100 olhos de 50 pacientes na Policlínica Ronaldo Gazolla - RJ, sem doenças oculares ou sistêmicas que comprometiam a dilatação pupilar. Os pacientes foram submetidos à instilação de 1 gota de fenilefrina a 10% e aplicação de vaporizador do mesmo midriático no olho contralateral. O olho em que se instilou o colírio permaneceu aberto, enquanto o olho vaporizado ficou fechado durante as aplicações da medicação. O diâmetro pupilar foi medido antes da aplicação, 10, 20 e 30 minutos após. O processo de instilação ou vaporização foi observado quanto a sua adequação técnica por um dos autores. Após o processo foi perguntado ao paciente questões pré-formuladas sobre a praticidade de ambos os métodos. Resultados: A diferença de midríase média entre os grupos de olhos avaliados em um determinado tempo foi no máximo 0,3 mm , o que não foi clinicamente ou estatisticamente significativo (ANOVA: F = 1,97 e p = 0,163609) . Porém, ao longo do tempo, a diferença entre o diâmetro da pupila no tempo inicial e no tempo de 30 minutos foi 1,15 mm para os olhos vaporizados e 1,58 mm para os olhos instilados com gotas (ANOVA: F = 129,22 e p ≤ 0,0001). Percentual de 60% dos pacientes tocaram a ponta do frasco de colírio nos olhos, enquanto que 12% tocaram o orifício na ponta do vaporizador com os dedos (p < 0,000001). Setenta de dois por cento (72%) consideraram a instilação de gotas fácil ou muito fácil enquanto 62% consideraram a vaporização em olho fechado fácil ou muito fácil (p = 0,238). Conclusão: A instilação de gotas em olhos abertos e a vaporização de olhos fechados da fenilefrina a 10% apresentou eficácia clínica semelhante. A vaporização foi mais segura e apresentou nível de dificuldade um pouco maior do que a instilação, apesar dos pacientes serem experientes para instilar gotas e inexperientes para vaporizar a medicação em olho fechado.

ABSTRACT Objective: To compare the effectiveness of phenylephrine 10% applied by a spray onto the eye closed over drop instillation onto an open eye on patients who will perform ophthalmoscopy and assess the level of difficulty and technical adequacy of the administration methods. Methods: The study was a clinical trial, controlled, randomized and paired, performed in 2014, involving 100 eyes of 50 patients in the Polyclinic Ronaldo Gazolla - RJ, with no ocular or systemic diseases that compromised the pupillary dilation. Patients underwent 10% phenylephrine eye drop instillation onto one open eye and spray application onto the other eye, which was closed. Pupillary diameter was measured before application and 10, 20, 30 minutes after. The process of instillation or vaporization was observed for its technical correctness by one of the authors. A questionnaire was asked to the patient about the difficulty of both methods after topical administration. Results: The average mydriasis difference between the eye groups assessed at a given time was at most 0.3 mm, which was not clinically or statistically significant (ANOVA: F = 1.97 and p = 0.163609). However, over time, the difference between the average pupil diameter before application and after 30 minutes was 1.15 mm to vaporized eyes and to 1.58 mm in eyes instilled with drops (ANOVA: F = 129, 22 and p ≤ 0.0001). Sixty per cent of patients touched the tip of the eye drop bottle onto the eye, while 12% touched the tip of the vaporizer with their fingers (p <0.000001). Seventy two percent (72%) considered the drops instillation easy or very easy, while 62% considered vaporization in a closed eye easy or very easy (p = 0.238). Conclusion: The instillation of drops phenylephrine 10% in open eyes and the vaporization onto closed eyes showed similar clinical efficacy. Vaporization was safer and a little more difficult than instillation, despite the patients being experienced for instilling drops and inexperienced to vaporize the medication in a closed eye.
Descritores: Administração Tópica
Olho/efeitos dos fármacos
Midriáticos/administração & dosagem
Soluções Oftálmicas/administração & dosagem
Fenilefrina
-Instilação de Medicamentos
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Inquéritos e Questionários
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  5 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-728659
Autor: Arici, Ceyhun; Turk, Adem; Ceylan, Osman Melih; Kola, Mehmet; Hurmeric, Volkan.
Título: Effects of 1% cyclopentolate hydrochloride on anterior segment parameters obtained with Pentacam in young adults / Efeitos do cloridrato ciclopentolato 1% sobre os parâmetros do segmento anterior obtidos com Pentacam em adultos jovens
Fonte: Arq. bras. oftalmol;77(4):228-232, Jul-Aug/2014. tab.
Idioma: en.
Resumo: Purpose: To investigate the effects of topically applied 1% cyclopentolate hydrochloride on anterior segment parameters obtained with a Pentacam rotating Scheimpflug camera in healthy young adults. Methods: Anterior segment analyses of 25 eyes from 25 young adults (Group 1), before and after 45 min of 1% cyclopentolate hydrochloride application, were performed. For a control group (cycloplegia-free, Group 2), 24 eyes of 24 age- and sex-matched healthy cases were evaluated twice at 45 min intervals. The results obtained from the groups were compared statistically. Results: The mean ages of the groups were 23.04 ± 3.42 (range, 18-29) and 22.4 ± 2.05 (range, 18-27) years for Groups 1 and 2, respectively (p=0.259). In Group 1, measurements between the two analyses were significantly different for the values of anterior chamber depth (ACD), anterior chamber angle (ACA), and anterior chamber volume (ACV) (p<0.05), whereas no statistical difference was found for the central corneal thickness (CCT) and keratometry (K1, K2) measurements. In Group 2, none of these parameters were statistically different between the two analyses. Conclusions: Topically applied 1% cyclopentolate hydrochloride caused an increase in the ACD and ACV values, and a decrease in the ACA value. However, it had no significant effect on the CCT and keratometry measurements. It is important to consider these effects when using the Pentacam device on young adults with cycloplegia and when applying it for various reasons. .

Objetivo: Pesquisar os efeitos do cloridrato de ciclopentolato a 1%, aplicado topicamente, em parâmetros do segmento anterior medidos com a câmera de Scheimpflug Pentacam em adultos jovens e saudáveis. Métodos: A análise do segmento anterior, de 25 olhos de 25 jovens adultos (Grupo 1), antes e após 45 minutos da aplicação de cloridrato ciclopentolato a 1%, foram realizados. Como grupo controle (sem cicloplegia, Grupo 2), 24 olhos de 24 pacientes saudáveis pareados por idade e sexo, foram avaliados duas vezes em intervalos de 45 minutos. Os resultados obtidos com os grupos foram comparados estatisticamente. Resultados: A média de idade dos grupos foram 23,04 ± 3,42 (18-29 anos) e 22,4 ± 2,05 (18-27) anos, respectivamente (p=0,259). No Grupo 1, as medidas entre os dois exames foram significativamente diferentes para os valores de profundidade da câmara anterior (ACD), ângulo da câmara anterior (ACA), e do volume da câmara anterior (ACV) (p<0,05 para todos), enquanto que não foram diferentes para a espessura corneana central (CCT) e ceratometria valores (K1, K2). No Grupo 2, nenhum destes parâmetros foi diferente entre os dois exames. Conclusões: Aplicação tópica de cloridrato de ciclopentolato a 1% causou um aumento nos valores de ACD e ACV e uma diminuição nos valores da ACA. No entanto, ele não teve nenhum efeito significativo sobre as medidas de CCT e ceratometria. É importante considerar esses efeitos sobre as medidas tomadas com Pentacam em adultos jovens com cicloplegia quando aplicá-las em diferentes situações. .
Descritores: Segmento Anterior do Olho/efeitos dos fármacos
Ciclopentolato/farmacologia
Midriáticos/farmacologia
Erros de Refração
-Biometria
Estudos de Casos e Controles
Córnea/anatomia & histologia
Estudos Prospectivos
Turquia
Limites: Adolescente
Feminino
Humanos
Masculino
Adulto Jovem
Responsável: BR1.1 - BIREME


  6 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Cuba
Texto completo
Id: lil-628129
Autor: Rodríguez Pargas, Aymed; Ríos Díaz, Arllettys; Chaves Pardo, Iris; Estrada Vidal, Jorge.
Título: Desprendimiento de retina seroso con lupus fijo discoides y nefropatía por inmunoglobulina A / Serous retinal detachment in a patient with discoid fixed lupus and nephropathy by immunoglobulin A
Fonte: Arch. méd. Camaguey;16(2):221-228, mar.-abr. 2012.
Idioma: es.
Resumo: El desprendimiento seroso de retina produce disminución de la agudeza visual debido al paso de fluido procedente de la coroides hacia el espacio subretiniano. Esta enfermedad tiene varias causas, entre las que se encuentran las idiopáticas, congénitas, posquirúrgicas, secundarias e uveítis infecciosas, autoinmune, vascular, hematológicas y neoplásicas.Objetivo: describir el caso inusual de un paciente joven con desprendimiento seroso de retina asociado a lupus fijo discoide y nefropatía por inmunoglobulina A con respuesta satisfactoria al uso de esteroides.Caso clínico: se presenta un paciente masculino de 18 años de edad que acudió a consulta de retina del centro oftalmológico del Hospital Universitario Manuel Ascunce Domenech, por disminución súbita de la agudeza visual en ambos ojos con diagnóstico inicial de coroidopatia serosa central, que posteriormente evolucionó hacia desprendimientos serosos bilaterales con afectación de todo el polo posterior. Por sus antecedentes se interconsultó con el especialista en dermatología y nefrología, donde se decidió iniciar tratamiento con esteroides a altas dosis, vitaminoterapia endovenosa, así como antiinflamatorios y midriáticos ciclopléjicos tópicos con respuesta excelente a la terapia

Serous retinal detachment causes visual acuity decrease due to the passage of fluid from the choroid into the subretinal space. This disease has several causes including idiopathic, congenital, postoperative, and secondary to infectious uveitis, autoimmune, vascular, hematological and neoplastic ones.Objective: to describe an unusual case of a young patient with serous retinal detachment associated with discoid fixed lupus and nephropathy by immunoglobulin A with satisfactory response to steroids use.Clinical case: a male patient of 18 years old was presented in the retina office of the Ophthalmological Center at the University Hospital Manuel Ascunce Domenech with sudden decrease of visual acuity in both eyes with an initial diagnosis of serous central choroidopathy, which later progressed into bilateral serous detachments with entire posterior pole involvement. By his antecedents, a specialty consultation in dermatology and nephrology was carried out, deciding to initiate treatment with high-dose steroids, intravenous vitamin therapy, and anti-inflammatory and topical cycloplegic mydriatic with excellent response to therapy
Descritores: Anti-Inflamatórios
Descolamento Retiniano/tratamento farmacológico
Glomerulonefrite por IGA/complicações
Lúpus Eritematoso Discoide/complicações
Metilprednisolona/uso terapêutico
Midriáticos/uso terapêutico
Vitaminas/uso terapêutico
Limites: Humanos
Adolescente
Masculino
Tipo de Publ: Relatos de Casos
Responsável: CU1.3 - CPICM - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas


  7 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo
Id: lil-598662
Autor: Vargas-Sánchez, Carmen; Maldonado-Valenzuela, Juan José; Pérez-Durillo, Francisco Tomás; González-Calvo, José; Pérez-Milena, Alejandro.
Título: Cribado de retinopatía diabética mediante retinografía midriática en atención primaria / Coverage and results of a screening program for diabetic retinopathy using mydriatic retinography in primary health care
Fonte: Salud pública Méx;53(3):212-219, mayo-jun. 2011. ilus, graf, tab.
Idioma: es.
Resumo: OBJETIVOS: Conocer la cobertura de un programa de cribado de retinopatía diabética en atención primaria y la concordancia entre médicos de familia (MF) y oftalmólogos. MATERIAL Y MÉTODOS: Estudio observacional transversal. Revisión de retinografías midriáticas de pacientes con diabetes mellitus tipo 2 (2007-2008) solicitadas por MF de tres centros de salud urbanos en Jaén,España. RESULTADOS: En total 296 retinografías (2007) y 380 (2008) (cobertura=26 por ciento±2.4).Retinografías patológicas: 181 MF (27 por ciento±1.3) y 59 (9 por ciento±0.3) oftalmólogos. Concordancia global moderada (kappa=0.408±0.039), que mejora del primer al segundo año (0.34 y 0.45; p<0.001, prueba χ2). La interpretación de los MF tiene sensibilidad, 97 por ciento, especificidad, 80 por ciento, VPP, 33 por ciento, VPN, 100 por ciento, cociente de probabilidad positivo, 4.88 y negativo, 0.04. Hay variabilidad en cobertura y concordancia entre centros de salud. CONCLUSIONES: La retinografía midriática realizada e interpretada por MF es útil como cribado de retinopatía en diabéticos. En el segundo año se mejora cobertura, valores predictivos y cocientes de probabilidad, aunque se debe homogeneizar la interpretación.

OBJECTIVE: To identify the coverage of a diabetic retinopathy screening program in primary health care and to assess agreement between ophthalmologists and family physicians (FP) regarding retinography evaluations of diabetic patients. MATERIALS AND METHODS: Cross-sectional observational study,with a review of diabetic patients' mydriatic retinographies (2007-2008) from three urban primary health centers (PHC)(Jaén-Spain). RESULTS: A total of 296 retinographies in 2007 and 380 in 2008 (coverage=26 percent±2,4) were reviewed. Pathological retinographies were identified by 181 FPs (27 percent±1,3) and 59 (9 percent±0,3) ophthalmologists.Total agreement was moderate (kappa=0,408±0,039).Agreement was better in the latter year (0,45 vs 0,34; p<0,001 test χ2). FP evaluations showed 97 percent sensitivity,80 percent specificity,33 percent positive predictive value, 100 percent negative predictive value, 4, 88 positive likelihood ratio and 0,04 negative likelihood ratio. We find variability in coverage and agreement between PHC. CONCLUSIONS: Mydriatic retinographies performed and evaluated by FPs are useful to retinopathy screening of diabetic patients. Coverage, predictive values and likelihood ratio were better in the latter year, although the interpretation should be homogenized.
Descritores: Retinopatia Diabética/diagnóstico
Programas de Rastreamento
Fotografação/métodos
Atenção Primária à Saúde/estatística & dados numéricos
-Estudos Transversais
/sangue
DIABETES MELLITUS, TYPE TEMEFOS/sangue
/complicações
DIABETES MELLITUS, TYPE TEMEFOS/complicações
Retinopatia Diabética/sangue
Retinopatia Diabética/epidemiologia
Hemoglobina A Glicada/análise
Interpretação de Imagem Assistida por Computador
Midriáticos
Programas de Rastreamento/métodos
México/epidemiologia
Variações Dependentes do Observador
Oftalmologia
Valor Preditivo dos Testes
Prevalência
Sensibilidade e Especificidade
Espanha/epidemiologia
Telemedicina
Limites: Idoso
Feminino
Humanos
Masculino
Pessoa de Meia-Idade
Tipo de Publ: Estudo Multicêntrico
Responsável: BR1.1 - BIREME


  8 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
Id: lil-563811
Autor: Vidal, Kempis; Vidal, Inés; Antes, Adrián.
Título: Acción midriática de la beta-iso-eucaína en humanos / Mydriatic action of beta-iso-eucain in humans
Fonte: Rev. méd. Urug;26(3):196-197, set. 2010. ilus.
Idioma: es.
Descritores: Córnea
Midriáticos/farmacologia
Limites: Humanos
Responsável: UY6.1 - Biblioteca


  9 / 34 LILACS  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-553465
Autor: Lima, Fernando Paulo Alves; Tecchio, Letícia Trevisan; Ferreira, Luciana Amizo; Magarifuchi, Maurício; Machado, Ricardo Giacometti.
Título: Avaliação do comportamento da pressão intraocular em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto assimétrico submetidos ao teste provocativo da ibopamina / Evaluation of the intraocular pressure behavior in patients with assimetric primary open-angle glaucoma submitted to ibopamine provocative test
Fonte: Rev. bras. oftalmol;69(3):165-169, maio-jun. 2010. tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar o efeito da ibopamina a 2 por cento tópica e comparar a variação na pressão intraocular (PIO) em olhos com glaucoma primário de ângulo aberto assimétrico (GPAA). MÉTODOS: Quinze pacientes (30 olhos) com GPAA com evolução assimétrica da neuropatia entre os dois olhos, onde comparamos em cada paciente a resposta a ibopamina e o defeito perimétrico, caracterizado por uma diferença de pelo menos 5dB de MD entre os olhos. O teste estatístico utilizado foi o t Student bicaudal e para significância estatística estabeleceu-se p <0,05. RESULTADOS: Em 80 por cento dos casos, (12/15 pacientes) o olho mais afetado pelo defeito perimétrico apresentou um aumento da PIO e/ou uma variaçã da PIO pós-ibopamina maior, sendo o resultado estatisticamente significativo (p<0,0001 e p = 0,0006), respectivamente. CONCLUSÃO: Este estudo mostrou que o defeito perimétrico no GPAA é significativamente relacionado com a positividade do teste de ibopamina sendo que olhos com maior defeito no campo visual apresentam maiores picos de PIO (max-PIO) pós-ibopamina e/ou uma maior variação em relação a sua PIO prévia ao teste (v-PIO).

OBJECTIVE: To evaluate the topic 2 percent ibopamine effect in the intraocular pressure (IOP) of eyes with assimetric primary open-angle glaucoma (POAG). METHODS: 15 patients (30 eyes) with primary open-angle glaucoma showing assimetric nerve disease evolution were assessed. We compared in all patients, the ibopamine response and the visual field defect between both eyes. The visual field, to be considered, should have at least 5 dB in MD difference between them. The statistical analysis was done with the Two-Tailed Student Test, with a Statistics significance of p<0.05. RESULTS: In 80 percent of the cases, (12/15 patients), the most affected eye in the visual field presented a greater variation and/or higher intraocular pressure after the ibopamine provocative test. The difference was statistically significant (p<0.00001 and p= 0.0006) respectively. CONCLUSION: This study showed that the visual field defect in GPAA is significantly connected with the positivity of the ibopamine test. The most affected eyes in the visual field presented a higher intraocular pressure (max-PIO) and/or a greater variation (v-PIO) after the ibopamine provocativetest.
Descritores: Desoxiepinefrina/administração & dosagem
Desoxiepinefrina/análogos & derivados
Glaucoma de Ângulo Aberto/tratamento farmacológico
Pressão Intraocular
Midriáticos
Soluções Oftálmicas/administração & dosagem
Campos Visuais
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Pessoa de Meia-Idade
Idoso de 80 Anos ou mais
Responsável: BR1.2 - Biblioteca Central


  10 / 34 LILACS  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Texto completo
Id: lil-521473
Autor: Pigini, Mara Agi; Ávila, Marcos Pereira; Magacho, Leopoldo.
Título: Efeitos da ibopamina 2 por cento tópica nos resultados da campimetria visual computadorizada / Effects of 2 percent ibopamine eye drops on computerized visual field results
Fonte: Arq. bras. oftalmol;72(3):365-369, May-June 2009. graf.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Avaliar os efeitos do uso do colírio de ibopamina a 2 por cento nos resultados da campimetria visual computadorizada em indivíduos normais. MÉTODOS: Voluntários oriundos do CEROF-UFG, sem alterações ao exame oftalmológico que pudessem afetar o campo visual foram selecionados. Os indivíduos foram submetidos a exame de perimetria computadorizada SITA-standard 24-2 antes e após dilatação com o colírio de ibopamina a 2 por cento ou ciclopentolato, com intervalo mínimo de 3 dias entre si e em ordem aleatória. Índices globais e número de pontos alterados foram comparados entre os grupos. RESULTADOS: Foram avaliados 30 olhos de 30 indivíduos normais. Não houve diferença estatisticamente significativa entre o "mean deviation" (MD) nos pacientes não dilatados e nos mesmos após a instilação da ibopamina (MD: -1,05 ± 0,26 dB vs. -1,47 ± 0,20 dB, P=0,08), o que ocorreu após cicloplegia (MD: -3,19 ± 0,29 dB), P<0,001 para ambos. Na avaliação entre cicloplegia e pré-dilatação, nota-se significância para o "pattern standard deviation" (P=0,04), o que não ocorreu na avaliação com ibopamina. O número de pontos alterados no "pattern deviation" não apresentou diferença significativa entre todos os pares. Quanto ao número de pontos do "total deviation", houve diferença estatisticamente significativa antes da dilatação e após o uso do cicloplégico (n: 8,86 ± 1,51 vs. 25,72 ± 2,96 pontos, P<0,001) e entre olhos após a instilação do cicloplégico e da ibopamina (ibopamina: 9,75 ± 1,85 pontos, P<001). CONCLUSÃO: O colírio de ibopamina 2 por cento aparentemente não afeta os resultados da perimetria computadorizada em indivíduos normais.

PURPOSE: To evaluate the influence of 2 percent ibopamine eye drops on the results of computerized visual field exams. METHODS: Normal volunteers from CEROF-UFG were selected, with no variance in the ophthalmologic examination that could affect the visual field test. The volunteers underwent computerized visual field test before and after dilation with 2 percent ibopamine eye drop or cyclopentolate, with a minimum interval of three days between them and in a random order. Global indices and number of altered points were compared between the groups. RESULTS: Thirty eyes of 30 normal individuals were selected. There was no statistically significant difference on Mean Deviation (MD) before and after dilation with ibopamine (MD: -1.05 ± 0.26 dB vs. -1.47 ± 0.20 dB, P=0.08). However, after cycloplegia (MD: -3.19 ± 0.29 dB), there was a significant difference on MD (P<0.001 for both ibopamine and pre-dilation). No significant difference was detected in the Pattern Standard Deviation when comparing ibopamine with pre-dilation and cycloplegia values, but it was statistically significant comparing pre-dilation to cycloplegia (P=0.04). The number of altered points in the Pattern Deviation graphic were not significant comparing all pairs. There was a statistically significant difference in the number of altered points in the total deviation graphic before dilation and after cycloplegia (n: 8.86 ± 1.51 vs. 25.72 ± 2.96 points, P<0.001), and comparing cycloplegia with ibopamine (ibopamine: 9.75 ± 1.85 points, P<0.001). CONCLUSION: Ibopamine 2 percent eye drops seem to not modify the results of visual field tests in normal individuals.
Descritores: Desoxiepinefrina/análogos & derivados
Midriáticos/administração & dosagem
Testes de Campo Visual
Campos Visuais/efeitos dos fármacos
-Ciclopentolato/administração & dosagem
Interpretação Estatística de Dados
Desoxiepinefrina/administração & dosagem
Processamento de Imagem Assistida por Computador
Soluções Oftálmicas/administração & dosagem
Fatores de Tempo
Limites: Adulto
Feminino
Humanos
Masculino
Tipo de Publ: Estudo Comparativo
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 4 ir para página            
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde